SESC BELENZINHO RECEBE DEAF KIDS NO PROJETO MÚSICA EXTREMA

Foto: Jean Ribeiro

No dia 22 de novembro de 2019, acontece mais uma edição do projeto Música Extrema, que traz mensalmente ao Sesc Belenzinho shows de gêneros e estilos como noise, minimalismo, concretismo, heavy metal, hardcore e grindcore. Desta vez o convidado é o Deaf Kids, que apresenta pela primeira vez no Brasil show de seu novo álbum Metaprogramação. A abertura fica por conta do duo paulista Test.

Com um som ao mesmo tempo agressivo e psicodélico, o Deaf Kids mistura o ritmo hipnótico característico da banda os beats brutais do D-beat (uma das batidas do punk e hardcore). As letras seguem este estilo alucinante, com versos que vão de sonhos a delírios.

Em março deste ano, o grupo lançou seu terceiro disco de estúdio, Metaprogramação, cujas canções compõem o setlist da apresentação que acontece no Sesc Belenzinho – entre elas Vox DeiAlucinações de ComandoPacto De MáscarasMente BicameralEstímulos Alucinatórios Verbauditivos ITemplo Do CaosEspirais Da LoucuraVírus Da Imagem do Ser e A Experiência Holotrópica. Antes de voltar ao Brasil, o grupo fluminense, formado por Douglas (guitarra e voz), Angu (baixo) e Mariano (bateria) passou meses em turnê por países europeus e Estados Unidos.

Deaf Kids foi formado em 2010 na cidade industrial de Volta Redonda/RJ, inicialmente como um projeto solo de Douglas Leal. Em seguida, Marcelo (baixo) e Robinho (bateria) entraram na banda – tempos depois Robinho foi substituído por Lucas Mariano, seguindo até hoje nessa formação. Nove anos, nove lançamentos e mais de quatrocentos shows com extensivas turnês pelo Brasil e Europa e passagens por aclamados festivais internacionais como Supersonic/UK, Obscene Extreme/CZ, Integraciones/Peru, Punk Illegal/SWE e nacionais como Festival DoSol/RN, Coquetel Molotov/PE, Bananada/GO e Porão do Rock/DF. Em 2015 os integrantes da banda se mudam para viver juntos na cidade de São Paulo, e compondo e criando como uma unidade, o grupo começa a misturar os gostos musicais e estéticos de cada um com um interesse comum em grooves hipnotizantes e ritmos psicodélicos ao redor do mundo.

Test faz uma mistura de death, grind e black metal. Com dois integrantes – João Kombi (guitarra e voz) e Barata (bateria), o grupo surgiu em 2010 primeiro como um ‘movimento’ para ocupar e tocar em espaços públicos. Nove anos depois, o duo tem dez álbuns e mais de 500 apresentações pelo Brasil, EUA, México, Argentina e Europa. A banda já dividiu palcos com Brujeria, Napalm Death, Exodus, Dillinger Escape Plan, Cavalera Conspiracy, Cripple Bastards, Obituary, Death DTA, Mayhem, Sepultura e Krisiun, entre outros, além de participar de dois dos maiores festivais de música extrema do mundo: o Obscene Extreme na República Tcheca e o Maryland Deathfest nos EUA.

DEAF KIDS   Abertura: TEST Dia 22 de novembro de 2019. Sexta, às 21h30
Local: Comedoria (650 lugares)
Ingressos: R$ 30,00 (inteira); R$15,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante) e R$9,00 (credencial plena do Sesc – trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes). Ingressos disponíveis nas bilheterias das unidades do Sesc. Limite de 2 ingressos por pessoa
Recomendação etária: 18 anos
Duração: 100 minutos

Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000.
Belenzinho – São Paulo (SP)
Telefone: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho

Estacionamento
De terça a sábado, das 9h às 22h. Domingos e feriados, das 9h às 20h.
Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional.
Para espetáculos pagos, após as 17h: R$ 7,50 (Credencial Plena do Sesc – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo). R$ 15,00 (não credenciados).

Transporte Público
Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Navigation