Festival “Dia Mundial do Rock” de Botucatu, é oficialmente integrado como parte do calendário cultural do estado de São Paulo no Diário Oficial

Uma batalha se vence com várias lutas diárias, essa metáfora cabe com perfeição na vida do produtor e organizador do festival, “Dia Mundial do Rock”, Douglas Iglesias, que sempre é realizado dia 13 de julho em Botucatu/SP, passou por alguns problemas que culminaram no atraso e adiamento do mesmo e sua realização, somente podendo ser concretizada entre os dias 15,16 e 17 de novembro.

Na luta diária para fomentar o Rock/Metal em sua região, o evento é organizado e pensado meses ou até mesmo, um ano antes de sua execução. Com ideais que se parecem com os grandes festivais de Metal na Europa, onde bandas de diversos estilos se apresentam conjuntamente, sem qualquer distinção de gênero e jamais segmentando o festival para um único público. O “Dia Mundial do Rock” de Botucatu, comprova que várias tribos podem sim andar e curtir um mesmo role, apreciando, apoiando e reverenciando obras distintas e de altíssima qualidade.

Realizado desde 2013, definitivamente o festival é o maior do estilo feito no interior do estado de São Paulo. A conquista por mais morosa, gradativa e devagar que possa parecer, uma hora chega, e, esse dia de celebrar, finalmente é chegado e oficializado.

Acaba de ser publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, que, “Dia Mundial do Rock” é oficialmente reconhecido como parte do calendário do Estado de São Paulo e sua realização fará parte íntegra da cultura local.

Confira:

Essa é uma vitória não só de Douglas ou da cidade de Botucatu, mas sim, uma vitória do Underground brasileiro que vê nesse evento, a fomentação, apoio e estrutura impecável para que, músicos e artistas do país, apresentem suas obras com honra, ética, respeito e qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Navigation