ENTREVISTA: TARJA TURUNEN

A famosa cantora finlandesa Tarja Turunen há muito não precisa ser relacionada à banda que um dia fez parte. Com uma carreira sólida e de sucesso, ela desembarca no Brasil mais uma vez em Outubro para vários shows. Nós do Ponto ZerØ fizemos uma entrevista com ela, onde ela conta como está a expectativa sobre os próximos shows, novos membros na sua banda, sobre seus dois novos trabalhos e muito mais! Vem conferir!

PØ – Nós podemos ver que você está sempre trabalhando em mais de um álbum por vez e sempre tem algum projeto em andamento. Como você equilibra o seu tempo para gravar álbuns, fazer turnês, curtir seu tempo livre e estar com sua família?
TarjaHehe… Você falando assim parece muito trabalho mesmo e nada de tempo livre! Bom, o fato é que agora eu estou curtindo o meu trabalho mais do que nunca na minha vida. Na verdade, eu ter me tornado mãe não mudou em nada meu modo de trabalho, porque nossa filha de 3 anos aceitou totalmente o estilo de vida que temos como uma família viajante e artística. Ela esteve em todos os lugares comigo até agora desde que nasceu e ela também estará no Brasil muito em breve. Se eu não me sentisse realmente livre com meu trabalho e minhas decisões, eu também não seria capaz de ser produtiva e criativa. Eu espero que meu público e fãs possam ver a minha felicidade nos meus trabalhos. Vocês não devem se preocupar se estou muito ocupada, porque estou sendo cuidadosa e tirando tempo livre quando necessário. Porém, sem o meu parceiro da vida, que me entende e me apóia, nada disso seria possível. Eu tenho tido muita sorte.

PØ – O seu novo álbum de rock está chegando em breve. O que podemos esperar dele?
TarjaOs elementos que estou usando neste álbum são os mesmos normalmente em meus álbuns. A diversidade entre as músicas também. Estou muito feliz com os resultados de produção até agora e acho que é o melhor álbum de rock da minha carreira. Vocês podem esperar mudanças de humor e instrumentais surpreendentes, como sempre em meus álbuns.

PØ – Você acaba de lançar seu primeiro álbum clássico, Ave Maria En Plein Air. Como essa ideia surgiu?
TarjaA ideia de gravar este álbum surgiu muitos anos atrás com a ajuda e apoio do organista Kalevi Kiviniemi, com quem tenho trabalhado por vários anos. Ele sugeriu que eu gravasse um álbum desse tipo porque ele, além do meu público nos shows clássicos, sempre gostaram muito quando canto Ave Marias. Eu sempre amei cantar Ave Marias, desde que comecei ter aulas de canto lírico. Acho que minha voz soa melhor em música de câmara e este é o estilo de música que mais tenho estudado como cantora lírica. Durante os anos eu quase sempre incluí Ave Marias nos meus shows tradicionais de Natal, então decidi escrever uma sozinha alguns anos atrás para a turnê seguinte e esta Ave Maria também foi inclusa no álbum.

PØ – Quais são as maiores diferenças em como você se prepara para uma turnê como a Colours in the Road comparando com uma turnê de Natal?
TarjaPara uma turnê clássica eu tenho que treinar minha técnica de canto e estudar a programação do show muito mais do que para os shows de rock. Eu ainda estou tendo aulas de canto quando preciso para ficar melhor em canto lírico. Se estou na Argentina antes de uma turnê clássica, sempre vou ver minha professora de canto e recebo a ajuda para preparar a programação do concerto. Para as turnês de rock eu preciso ficar mais preparada fisicamente do que para as clássicas, porque vocês já devem ter me visto correndo pra todo lado durante meus show de rock e pra isso eu preciso estar numa condição boa :).

PØ – Você tem vários shows no Brasil em breve. Como se sente sobre esta turnê que está chegando?
TarjaEu sempre amo visitar o Brasil. Desta vez estou mais feliz ainda por ter a chance de ver mais do seu país do que o normal, porque há muitos shows nesta turnê. Quero agradecer a vocês pela oportunidade!! Tenho certeza que vamos curtir muito durante os shows, ter muita diversão e compartilhar emoções!

PØ – Nós podemos ver que você viaja bastante, seja em turnês ou de férias. Há algum lugar que você ainda não teve a chance de ir, ou algum lugar em especial que gostaria de fazer um show?
TarjaEu gostaria de fazer shows em algum lugar na África ou mais na Ásia. Algumas ilhas isoladas, com alguns habitantes locais também seria uma experiência maravilhosa, assim a banda e equipe toda poderiam curtir juntas o ambiente maravilhoso.

PØ – Você tem um novos bateristas agora. Como foi o processo para achar alguém para substituir Mike Terrana?
TarjaEu vi vários bateristas antes de conhecer Thomas Heinz e Moritz Müller. Os dois tem estilos muito distintos, mas são ótimos bateristas e talentosos. Na verdade tem sido ótimo trabalhar com bateristas que apoiam meu entendimento sobre música e que querem fazê-las soarem ainda melhor que nos meus álbuns. Estou muito feliz por ter achado esses caras. Eles me mandaram vídeos onde tocam músicas minhas no estúdio, então eu pude vê-los antes de começar a trabalhar com eles de fato. Algo que é muito importante pra mim quando se trata em escolher as pessoas com quem trabalho é a personalidade delas. Você tem que conseguir estar com a pessoa 24 horas por dia e trabalhar sem ter a pressão de que há diferenças pessoais ou dificuldades no processo de criar arte. Eu já trabalhei com pessoas que não foram legais, então eu procuro evitar isso ao máximo.

PØ – Você pensa às vezes sobre o que estaria fazendo se a música não fosse seu meio de ganhar a vida?
TarjaÉ muito difícil até mesmo começar a pensar no que eu estaria fazendo se não fosse música. Eu sempre amei teatro, então talvez você poderia me encontrar atuando, mas como eu disse… Muito difícil de imaginar a vida sem turnês, escrever músicas, fazer shows, sem criar algo.

PØ – Você tem uma carreira longa e maravilhosa com muitos momentos bons na sua vida. Você já pensou em escrever um livro sobre sua vida ou carreira?
TarjaMuitos editores têm me pedido pra escrever um livro sobre minha vida, mas eu não vejo isto acontecendo agora. Eu ainda sou muito “jovem” pra isso, apesar de ter sido muito sortuda e ter vivido muitas coisas na minha vida. Talvez chegue um dia no futuro que eu sinta que é a hora certa e então vocês serão os primeiros a saber.

PØ – Então é isso, muito obrigada pela entrevista, Tarja!
TarjaQuero agradecer muito a vocês por todo amor e apoio. É muito especial pra mim poder finalmente visitar cidades que eu nunca estive, nem mesmo como turista, e retornar àquelas que já fui tão bem recebida. Obrigada por aceitar à mim e à minha arte! Eu amo todos vocês e vamos curtir juntos em breve! Mal posso esperar pra ver todos vocês!

Os ingressos para as apresentações já estão à venda nos links mencionados abaixo:

17/outubro – Recife, no Clube Portugues:
https://ticketbrasil.com.br/show/2919-tarjaturunen-pe/

18/outubro – Fortaleza, no Complexo Armazém:
http://www.ticket4u.com.br/

21/outubro – Belo Horizonte, no Music Hall:
http://www.centraldoseventos.com.br/comprar/tarja-em-bh-21-de-outubro

23/outubro – Salvador, no Cais Dourado.
http://www.ingressorapido.com.br/evento.aspx?ID=39752

24/outubro – São Paulo, no HSBC Brasil.
http://www.ingressorapido.com.br/Evento.aspx?ID=39018

25/outubro – Curitiba, no Vanilla Music Hall:
https://ticketbrasil.com.br/show/2857-tarjaturunen-pr/

28/outubro – Porto Alegre, no Teatro do Bourbon Country.
http://www.ingressorapido.com.br/Evento.aspx?ID=41608

Outras informações: www.toplinkmusic.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Navigation