DEPOIS DE SHOW ‘SOLD OUT’ NO CARIOCA CLUB, IRA! TEM NOVA APRESENTAÇÃO MARCADA PARA DEZEMBRO

Depois do enorme sucesso do show do dia 01 de maio – onde todos os ingressos foram esgotados – o Ira! anunciou mais um show no Carioca Club; Dia 08/12 (domingo). A abertura dessa vez ficará por conta da banda Golpe de Estado.

Para aqueles que não quiserem ficar de fora dessa grande festa, os ingressos já estão disponíveis no Clube do Ingresso:
https://www.clubedoingresso.com/evento/ira-cariocaclub-08-12-2019?fbclid=IwAR2DPP_v22H37yz7ut_0e2cF3V2dJNDoQG2IwIHWHhsbOvF2h0N9jxXCeM0

“Mesmo com o anúncio do fim dos ingressos, apareceram muitas pessoas na esperança de conseguir entrar. O que acabou sendo impossível, já que o Carioca Club estava completamente abarrotado de gente. Por isso resolvemos marcar mais uma data para que muitos possam curtir o show dos caras”, disse Tiago Claro, da TC7 Produções, uma das produtoras responsáveis pelo show que rolou no dia 1 de maio – e do próximo, dia 08/12.

O Golpe de Estado – que fará a abertura – lançou recentemente o seu novo single, “A Fila Vai andar”, a primeira música inédita desde o álbum “Direto Do Fronte” (2012), quando ainda contavam com o saudoso Helcio Aguirra. Eles estão divulgando o DVD “30 Anos Ao Vivo”, em show que contou com vários convidados como o ex-vocalista Catalau, Andreas Kisser (Sepultura), Luiz Carlini (Tutti Frutti), Rogerio Fernandes (Carro Bomba, ex-Golpe de Estado), entre outros.  

A formação do Golpe de Estado é Nelson Brito (baixo), João Luiz (vocal), Marcelo Schevano (guitarra) e Robby Pontes (bateria).

No repertório do Ira! estarão todos os sucessos, como “Tarde Vazia”, “O Girassol”, Núcleo Base”, Dias de Luta”, “Eu Quero Sempre Mais”, “Pobre Paulista”, “Flores Em Você”, “Longe De Tudo”, “Tolices”, “Envelheço Na Cidade”, entre outros.

Da formação original estão os lideres, Nasi (vocal) e Edgard Scandurra (guitarra, violão e vocal). Além deles, completam a banda, Daniel Scandurra (baixo), Johnny Boy (teclados) e Evaristo Pádua (bateria).

O Ira! foi formado em 1981, na cidade de São Paulo.  Em 2007 eles resolveram encerras as atividades, mas em 2014 retornou aos palcos.

A banda tem discos bastante cultuados no Rock nacional, como “Mudança de Comportamento” (85), “Vivendo e Não Aprendendo” (86), “Clandestino” (90), “Meninos da Rua Paulo” (91), entre outros.  Em 2004 eles se reinventaram e conseguiram sucesso estrondoso com “Acústico MTV”, disco acústico e ao vivo, com versões repaginadas de seus clássicos.

A produção é da TC7 Produções e Carioca Club

Divulgação

SERVIÇO:

IRA! – De volta ao Carioca Club depois de show esgotado em maio!

Abertura: Golpe de Estado

Dia 08/12 – Domingo
Horário: abertura das portas; 18h /Show; 20h

Local: Carioca Club (R. Cardeal Arcoverde, 2899, Pinheiros, São Paulo – próximo ao metrô Faria Lima)

Ingressos online:  https://www.clubedoingresso.com/evento/ira-cariocaclub-08-12-2019?fbclid=IwAR2DPP_v22H37yz7ut_0e2cF3V2dJNDoQG2IwIHWHhsbOvF2h0N9jxXCeM0

Ingressos físicos podem ser encontrados nas bilheterias do Carioca Club

Valores:
1º Lote – Pista – Meia-entrada R$ 50,00
1º Lote – Pista – Promocional (doe 1kg de alimento não perecível)R$ 60,00
1º Lote – Pista – Inteira R$ 100,00
1º Lote – Camarote – Meia-entrada R$ 80,00
1º Lote – Camarote – Promocional (doe 1kg de alimento não perecível) R$ 80,00
1º Lote – Camarote – Inteira R$ 160,00

Menores de 16 anos entrada permitida com acompanhamento integral do pai, mãe ou responsável legal

Produção: TC7 Produções & Carioca Club

Imprensa: lpmetalpress@gmail.com

Página relacionadas:
www.facebook.com/oficialira/
www.facebook.com/bandagolpedeestado/
www.facebook.com/tc7producoes/
www.facebook.com/CariocaClub/
www.facebook.com/lpmetalpress/

NECROPHOBIC: SUECOS VETERANOS FAZEM SUA ESTRÉIA NO SETEMBRO NEGRO FEST 2019

A veterana banda sueca Necrophobic fará sua estreia na América do Sul. Eles tocam na 13ª edição do Setembro Negro, que acontece nos dias 06, 07 e 08 de setembro (sexta, sábado e domingo), no Carioca Club (Rua Cardeal Arcoverde, 2899, Pinheiros – próximo à estação Faria Lima do Metrô). Nessa edição serão 17 bandas internacionais e 6 nacionais. O Necrophobic tocará no segundo dia.

A Tumba Productions escalou além do Necrophobic, as bandas, At War, Cirith Ungol, Dead Congregation, Demolition Hammer, Baixo Calão, Expose Your Hate, Full Of Hell, Incantation, Rotten Sound, Grave Desecrator, Impurity, Legion of the Damned, Midnight, Monolord, Monstrosity, Necrophobic, Pathologic Noise, Gorgasm, Svarttjen, Shaytan, Night Demon, UADA e Vomitory.

Para outras informações, siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/338928753628787/

O Necrophobic foi formado em 1989, em Estocolmo, Suécia, com uma mistura perfeita entre Death e Black Metal – com letras sombrias e satânicas, características do Black Metal. O nome da banda foi uma homenagem ao Slayer, já que criaram a partir da música “Necrophobic” (Reign In Blood, 1986)

Eles possuem 8 álbuns e 3 EP’s. O mais recente é “Mark Of The Necrogram”, lançado no ano passado. Os 4 primeiros álbuns, “The Nocturnal Silence” (93), “Darkside” (97), “The Third Antichrist” (99) e “Bloodhymns” (02), são os grandes clássicos da banda.

A formação do Necrophobic traz Anders Strokirk (vocal), Sebastian Ramstedt (guitarra), Johan Bergebäck (guitarra), Alex Friberg (baixo) e Joakim Sterner (bateria).

Assista o vídeo de “Pesta”:
https://www.youtube.com/watch?v=6ApYgfDc308

O Setembro Negro Fest 2019, será um grande banquete para os fãs do Metal, com bandas de gêneros como Death, Thrash, Black, Doom, GrindCore, Stoner e Heavy Metal.

Como na edição passada, haverá merchandise das bandas participantes e do festival. Além do serviço de bar e cozinha disponível no Carioca Club, este ano teremos também a opção de cerveja artesanal e alimentação alternativa. Visando a preocupação com os 03 dias de festival, o Setembro Negro fez parceria com a DKCast que irá oferecer o Chopp Ashby nas opções Pilsen, IPA e vinho, e também, lanches no bar da DKCast que estará exposto na área externa (área de fumante).

SERVIÇO:
SETEMBRO NEGRO FEST 13ª edição
Dias 06, 07 e 08 de setembro
Local: Carioca Club (Rua Cardeal Arcoverde, 2899, Pinheiros – próximo à estação Faria Lima do Metrô)

SEX 06.09.19

18:00 – PORTAS
19:00 – 19:35 – SHAYTAN (35”)
19:50 – 20:30 – GRAVE DESECRATOR (40”)   
20:45 – 21:30 – GORGASM (45”)
21:45 – 22:35 – LEGION OF THE DAMNED (50”)
22:50 – 23:50 – AT WAR (60”)  

SAB 07.09.19 

12:00 – PORTAS
13:00 – 13:35 – BAIXO CALÃO (35”)
13:50 – 14:25 – EXPOSE YOUR HATE (35”)
14:40 – 15:20 – FULL OF HELL (40”) 
15:35 – 16:20 – UADA (45”)    
16:35 – 17:20 – ROTTEN SOUND (45”) 
17:35 – 18:25 – MONOLORD (50”) 
18:40 – 19:30 – NECROPHOBIC (50”) 
19:45 – 20:35 – VOMITORY (50”) 
20:50 – 21:50 – DEMOLITION HAMMER (60”) 

DOM 08.09.19  

12:00 – PORTAS
13:00 – 13:35 – PATHOLOGIC NOISE (35”)
13:50 – 14:25 – IMPURITY (35”)
14:40 – 15:20 – SVARTTJERN (40”) 
15:35 – 16:20 – NIGHT DEMON (45”)    
16:35 – 17:20 – DEAD CONGREGATION (45”) 
17:35 – 18:25 – MIDNIGHT (50”) 
18:40 – 19:30 – MONSTROSITY (50”) 
19:45 – 20:35 – INCANTATION (50”) 
20:50 – 21:50 – CIRITH UNGOL (60”)

INGRESSOS:
PISTA 1 DIA
Promocional Lote 1 – R$ 170 (350 ingressos ou de 01.02 a 01.05) 
Promocional Lote 2 – R$ 190 (350 ingressos ou de 02.05 a 05.09)
Promocional Lote 3 – R$ 222 (300 ingressos ou de 06.09 a 08.09 – NA PORTA)

COMBO PISTA (03 DIAS)
Promocional Lote 1 – R$ 450 (350 ingressos ou de 01.02 a 01.05)
Promocional Lote 2 – R$ 500 (350 ingressos ou de 02.05 a 05.09)
Promocional Lote 3 – R$ 666 (300 ingressos ou até 06.09)

————————————————————————————

CAMAROTE 1 DIA
Promocional Lote 1 – R$ 220 (60 ingressos ou de 01.02 a 01.05) 
Promocional Lote 2 – R$ 250 (50 ingressos ou de 02.05 a 05.09)
Promocional Lote 3 – R$ 300 (40 ingressos ou de 06.09 a 08.09 – NA PORTA)

COMBO CAMAROTE (03 DIAS)
Promocional Lote 1 – R$ 600 (60 ingressos ou de 01.02 a 01.05)
Promocional Lote 2 – R$ 700 (50 ingressos ou de 02.05 a 05.09)
Promocional Lote 3 – R$ 900 (40 ingressos até 06.09)

***TODOS os ingressos já estão com preço promocional (ou meia-entrada)
————————————————————————————

INGRESSOS:
Online: https://www2.clubedoingresso.com/evento/setembronegro

PONTOS DE VENDA:

SÃO PAULO: 
-Bilheteria do Carioca Clube (R. Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros)
-Loja 255 da Galeria do Rock (Av. São João, 439 – 1º Andar – Loja 255 – Centro)
-Contem 1G do Metro Boulevard Tatuapé (Rua Gonçalves Crespo, 78 – Tatuapé)
-Tattoo Company SP (Alameda Itu, 1124 – Cerqueira César) 
-Ksa do Surf do Shopping Largo 13 (Rua Amador Bueno, 299 – Santo Amaro)
-Uppcell da Praca da Arvore (Rua General Serra Martins, 87 – Bosque da Saúde)
-Uppcell Plaza Sul (Praça Leonor Kaupa, 100 – Jardim da Saúde)
-Belíssima (Estrada do Campo Limpo, 4213 A – Pirajussara)
-School of Rock (Rua Eleonora Cintra, 82 – Anália Franco)

ALPHAVILLE:
-Absurdo Alphaville (Alameda Araguaia, 2081 – Alphaville)

GUARULHOS:
-Maria Loka Urban Shop (Rua Paulo Lenk, 16 – Centro)

OSASCO:
-Crow Rock Wear (Rua Dona Primitiva Vianco, 195 – Osasco)

SANTO ANDRÉ:
-Metal Music (Rua Álvaro de Azevedo, 159 – Centro)

SÃO CAETANO DO SUL:
-School of Rock (Rua São Paulo, 1154)

BELO HORIZONTE:
-Days Music Store (Rua Alagoas, 730 – Loja 04 – Funcionários)

CURITIBA:
-Loja Dr Rock no Shopping Metropolitan (Rua Emiliano Perneta, 297 – Loja 04 – Centro)
-Loja Sweet Bath no Shopping Palladium (Av Presidente Kennedy, 4121 – Loja 1127 – Piso L1 – Portão)

RIO DE JANEIRO:
-Sempre Musica Catete (Rua Correa Dutra, 99 – Sobreloja 216 – Catete)
-Scheherazade (Rua Conde de Bondem, 346 – Loja 209 – Tijuca)

Produção Tumba Productions
www.tumbaproductions.com.brtumbaprod@uol.com.br

Imprensa: lpmetalpress@gmail.com

Censura: 16 Anos

APOIO: Roadie Crew / DK Cast / Ashby Cervejaria / LP Metal Press / Rock Brigade

Páginas relacionadas:
www.tumbaproductions.com.br
www.facebook.com/tumbaproductions/
www.facebook.com/SetembroNegroFestival/
www.facebook.com/ATWARtheband/
www.facebook.com/cirithungolofficial/
www.facebook.com/demolitionhammerofficial/
www.facebook.com/IncantationOfficial/
www.facebook.com/LOTDOfficial/
www.facebook.com/vomitoryband/
www.facebook.com/MonstrosityOfficial/
www.facebook.com/midnightviolators/
www.facebook.com/deadcongregation/
www.facebook.com/monolordsweden/
www.facebook.com/nightdemonband/
www.facebook.com/RottenSoundOfficial/
www.facebook.com/AnalSkewer/
www.facebook.com/necrophobic.official/
www.facebook.com/impuritybrasil/
www.facebook.com/OfficialUADA/
www.facebook.com/fullofhell/
www.facebook.com/baixocalaogrindcore/
www.facebook.com/exposeyourhate/
www.facebook.com/gravedesecrator666/
www.facebook.com/pathologicnoise/
www.facebook.com/shaytanmetal/
www.facebook.com/svarttjern/
www.facebook.com/lpmetalpress/
www.facebook.com/CariocaClub/

ODIN’S KRIEGER FEST REÚNE REPRESENTANTES NACIONAIS DA CENA FOLK E MEDIEVAL

Com quatro grandes nomes da cena folk e medieval do Brasil, a nova edição do Odin’s Krieger Fest já é no dia 25 de maio (um sábado), em São Paulo. No Fabrique Club, Terra Celta, Hugin Munin, Confraria da Costa e Taberna Folk, cada banda com uma sonoridade única e explosiva, demonstrará porque este universo é tão carismático e musicalmente rico em detalhes. O evento, como já é tradição, também abriga exposições, vendas de produtos medievais e muito hidromel – sim, a bebida dos deuses!

Nada mais folk do que voltar às raízes e prestar um tributo ao passado, uma reverência aos primeiros anos do Odin’s Krieger Fest, hoje um dos principais festivais de música folk e medieval do Brasil. A edição de 2019, portanto, assim como aquelas entre 2011 e 2016, tem no line up apenas bandas nacionais com passagens de sucesso pelo evento. Terra Celta, Hugin Munin, Confraria da Costa e Taberna Folk sobem ao palco do Fabrique Club (São Paulo) no dia 25 de maio para shows completos, de longa duração. E claro que um OKF não aconteceria sem hidromel, exposições e vendas de produtos medievais.

Com 14 anos de estrada e participações vitoriosas em festivais do Brasil e Europa (tocou no Rock in Rio Lisboa), a Terra Celta retorna ao OKF para mais uma vez mostrar o impecável e cristalino trabalho autoral influenciado por música folk, especialmente da Irlanda, Escócia e Bretanha. O sexteto de Londrina é conhecido por apresentações explosivas, com interação constante com o público e um alto-astral ímpar, a partir de ritmos dançantes e pitadas de rock n’ roll em algumas canções.

Representante da música pesada nesta edição, a banda paulista Hugin Muginpertence ao alto escalão do folk metal da América Latina e também tem trajetória de sucesso além-mar. Os vickings brasileiros, como são conhecidos, têm uma discografia de respeito: são quatro discos completos, Eps e um ao vivo, sempre enaltecendo a fúria e os vocais guturais, que muito lembram o monumental Amon Amarth. Devido à relação da banda com o Odin’s Krieger, o Hugin Mugin gravará um videoclipe com imagens captadas neste show do dia 25 de maio.

Outra sexteto do OKF 2019 vem de Curitiba, a Confraria da Costa e seu rock pirata, uma sonoridade envolvente e divertida com elementos de folk, blues e música cigana, com letras em português. A banda existe desde 2010 e o último lançamento é o elogiadíssimo Motim, uma aventura por meio de ritmos e experimentos sonoros com muita poética e sarcasmo.

Taberna Folk é o representante máximo da cena medieval brasileira, que muito ajudou no crescimento deste gênero em nosso país. O grupo está há mais de uma década na ativa e frequentemente participa de eventos temáticos, requisitados pelo profundo conhecimento de sonoridades e timbres de instrumentos típicos medievais. O repertório consiste em temas tradicionais medievais, célticos, germânicos, nórdicos e até mesmo temas de filmes épicos, assim como músicas autorais.

Conheça a história do Odin’s Krieger Fest e saiba mais sobre cada edição em www.okfproducoes.com.br.

SERVIÇO 
Odin’s Krieger Fest 2019 
Evento: https://www.facebook.com/events/392409464850293 
Data: 25 de maio de 2019 
Horário: das 14 às 22 horas 
Local: Fabrique Club 
Endereço: Rua Barra Funda, 1071 – Barra Funda/SP 
Ingressos: R$ 60 (3º lote limitado) 
Online: https://pixelticket.com.br/eventos/3241/odin-s-krieger-fest-2019 
Físico: Riot Store (Galeria do Rock – pagamento somente em dinheiro) 
Censura: 16 anos

VENOMOUS APRESENTA INOVAÇÕES EM NOVO SINGLE

“Black Embrace” integrará o repertório do sucessor de “Defiant”

Foto: Caike Scheffer


Após fazer barulho com a boa repercussão da versão de “Nothing to Say” (Angra), que contou com a participação das vocalistas May Puertas (Torture Squad) e Fernanda Lira (Nervosa) e do guitarrista Guilherme Mateus (Bruno Sutter), o quinteto paulistano de death metal melódico Venomous apresenta “Black Embrace”, seu novo single. “A música fala basicamente sobre a depressão. Trata da sensação de não pertencer a esse mundo e o consequente isolamento, que vai tornando tudo a sua volta em sombras. A letra se desenvolve quando o protagonista resolve compreender e abraçar suas sombras, suas dores, perdas e derrotas. É o caminho da aceitação de si mesmo e daquilo que o cerca. O abraço sombrio que traz a força necessária para seguir em frente e, apesar de tudo, ser você mesmo”, explicou o vocalista Tigas Pereira.
 
Para ouvir “Black Embrace”, acesse: https://youtu.be/uEY1jF_nSEI
 
“Black Embrace”, gravado no estúdio Dual Noise e produzido pelo renomado Rogério Wecko e pela banda, também marca a estreia do baixista Renato Castro. “Ele trouxe muito peso, experiência e presença, iniciando uma nova era na banda”, analisou Gui Calegari. “‘Black Embrace’ partiu da ideia de fazer algo novo em nossa história. Por isso, optamos pelas guitarras de sete cordas. Queríamos contar uma historia através dos instrumentos e, como sempre, trouxemos muita melodia. Porém, como tínhamos timbres mais pesados para trabalhar, o foco foi em criar riffs brutais”, detalhou o guitarrista.
 
“Black Embrace” faz parte do segundo álbum completo, sucessor de “Defiant” (2018), que será lançado no segundo semestre. “Trouxemos referências nunca usadas na banda, até por usarmos guitarras de sete cordas pela primeira vez. Tem um pouco de tudo o que fizemos, mas levando a um novo patamar e explorando novas facetas que estão no segundo álbum”, adiantou o guitarrista Ivan Landgraf.
 
O show de lançamento do single ocorre no dia 31 de maio no Manifesto Bar, em São Paulo (SP), em noite que ainda trará Unscarred (Pantera Cover) e Chemical Warfare (Slayer Cover) – infos sobre o evento em https://is.gd/gqtWf3
 
“Mesmo gravando e compondo nunca deixamos os palcos de lado! Este show será ainda mais especial, pois contaremos com as participações especiais de May Puertas e Fernanda Lira, que gravaram a versão de ‘Nothing to Say’, do Angra, conosco”, concluiu Calegari.
 
Site relacionado: https://www.facebook.com/venomousoficial/
 
Ouça “Black Embrace” no Spotify em https://is.gd/mJx1xW
 
Contato para shows: venomousoficial@gmail.com


ENDUST LANÇA VIDEOCLIPE DE “SOMEONE TO BLAME”

A banda Endust acaba de divulgar videoclipe inédito da faixa “Someone To Blame”, após lançamento do álbum “All Ends In Dust” em todas as plataformas digitais. O CD físico está à venda na Die Hard e também com os músicos pelas redes sociais.

Assista o vídeo de “Someone To Blame”: https://youtu.be/ai0p8GDPesU

O Endust é formado por Leandro Caçoilo (vocal), Glauco Rezende (guitarra e baixo) e Fernando Arouche (bateria). A banda carrega influências de Thrash Metal misturado com Metal Progressivo de maneira bastante criativa. Natural de Jundiaí, no interior de São Paulo, o grupo mostra um álbum com o de melhor de cada gênero, mas soando autoral e original.

“Foi um disco feito 100% pelos integrantes da banda. Desde a composição até a mixagem final, e por isso, levou um pouco mais de tempo do que o normal para ser concluído, mas é por esse motivo que ele é tão especial para mim, além de ser o primeiro álbum completo da minha carreira”, disse Glauco Rezende.

Compre o CD na Die Hard: https://bit.ly/2TupvcF
Escute o álbum nas plataformas digitais: https://fanlink.to/bxc5
Compre no site oficial da Endust: http://endust.loja2.com.br/

O projeto da banda foi iniciado em 2009 por Glauco Rezende (guitarra) e Fernando Arouche (bateria), em Jundiaí, São Paulo. Ainda sem um nome definido, eles seguiram compondo músicas, trazendo suas principais influências, como thrash, metalcore e prog metal. Em 2015, com as músicas do primeiro álbum prontas e o nome Endust definido, o vocalista Leandro Caçoilo, que já pertenceu e pertence a várias bandas do metal brasileiro, se juntou ao projeto. Em 2018, a banda terminou a produção do seu primeiro disco, chamado “All Ends In Dust”, que traz elementos dos estilos mais pesados do metal, combinados com a voz melódica de Leandro Caçoilo.

Link relacionado:
https://www.facebook.com/official.endust

Divulgação

Suecos do Graveyard tocam em São Paulo neste sábado

Neste sábado os suecos do Graveyard se apresentam em São Paulo. O show acontece no Fabrique Club (R. Barra Funda, 1071 – Barra Funda – São Paulo – ao lado do terminal Barra Funda). A abertura ficará a cargo da banda Grindhouse de São Paulo.

Veja os horários de sábado:
18h – Portas
19h – Grindhouse
20h30 – Graveyard

Confira mais informações sobre o show de São Paulo:
https://www.facebook.com/events/2173390176254248/

Veja um pequeno teaser da tour:
https://www.facebook.com/xaninhodiscosbrazil/videos/433633477464700/

O Graveyard foi formado em 2006, em Gothemburg, na Suécia. Eles definem seu som como uma mistura de classic heavy rock, blues e psychodelia.

Eles possuem 5 álbuns, sendo “Peace”, o mais recente, lançado em 2018. No Brasil eles são bastante conhecidos pelos álbuns “Hisingen Blues” (2011) e “Innocence & Decandence” (2015).

Devido à forte cena que a Europa vive, de bandas com essa sonoridade calcada nos anos 70, o Graveyard se tornou uma das maiores sensações da atualidade.

A formação do Graveyard traz Joakim Nilsson (guitarra e vocal), Jonathan Ramm (guitarra), Truls Mörck (baixo) e Oskar Bergenheim (bateria).

Produção: xaninhodiscos@gmail.com / www.xaninhodiscos.com.br

Imprensa:
lpmetalpress@gmail.com / www.facebook.com/lpmetalpress/

SERVIÇO:
Xaninho Discos orgulhosamente apresenta:
Graveyard pela primeira vez em São Paulo

Data: 18/05/2019 (Sábado)
Local: Fabrique Club
Endereço: R. Barra Funda, 1071 – Barra Funda – São Paulo (próximo ao Terminal Barra Funda!)

Abertura da casa: 18h00
Grindhouse : 19h00
Graveyard : 20h30

Classificação etária: 16 anos
14 e 15 anos: entrada permitida com responsável legal, mediante apresentação de documento

INGRESSOS ANTECIPADOS:
Pista meia ou promocional: R$ 130,00* (2° Lote)

*O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento (não perecível) na entrada do evento.

Pontos de venda sem taxa:
– LOJA 255
Rua Vinte Quatro de Maio, 62 – GALERIA DO ROCK – 255

VENDA ONLINE:
https://ticketbrasil.com.br/show/6690-graveyard-saopaulo-sp/

Informações:
xaninhodiscos@gmail.com
www.xaninhodiscos.com.br

Imprensa:
lpmetalpress@gmail.com / www.facebook.com/lpmetalpress/

Páginas relacionadas:
www.facebook.com/graveyardofficial/
www.instagram.com/graveyardmusic/
https://twitter.com/graveyard
www.facebook.com/xaninhodiscosbrazil/

SYMPHONY X VOLTA AO BRASIL PARA TURNÊ COM OS MAIORES SUCESSOS

Com produção da Top Link Music, a lendária banda Symphony X retorna para a América Latina, incluindo o Brasil, no mês de julho. A banda norte-americana retorna ao país após turnê que faz na Europa neste momento, que começou na França, na semana passada, e vai até meados de junho de 2019. Datas, cidades e locais dos shows no Brasil serão divulgados em breve pela produtora. 


Criado pelo guitarrista Michael Romeo, o Symphony X surgiu em New Jersey (EUA), em 1994. Nestes 25 anos, gravou discos cultuados por fãs de metal, como “The Divine Wings of Tragedy” (de 1997) e “Paradise Lost” (2007). A turnê vai contar com os maiores clássicos da banda ao vivo em versões inovadoras. “Estamos muito animados com a próxima turnê no Brasil. Não vejo a hora de voltar para a estrada e estou ansioso para ver todos de novo em breve”, disse Michael Romeo. 


O Symphony X está em turnê apresentando seus maiores sucessos incluindo apresentações em diversos festivais. O último álbum de estúdio da banda é “Underworld”, lançado pela Nuclear Blast. Fortemente inspirado pelo poeta italiano Dante Alighieri, o disco baseou-se nos temas da “Divina Comédia”, mais notavelmente a parte sobre “Inferno”. Como homenagem ao uso de Dante, a banda utilizou o motivo no contexto lírico e melódico.Atualmente formado por Russell Allen (vocal), Michael Romeo (guitarra), Michael Pinnella (teclado), Michael LePond (baixo) e Jason Rullo (bateria), o Symphony X segue apresentando metal progressivo que tornou a banda uma das maiores do gênero em todo o mundo e apreciada pelos seus milhares de fãs. 


Links relacionados:

https://www.facebook.com/symphonyx/

https://www.facebook.com/toplinkmusicoficial/

Divulgação


TREND KILL GHOSTS LANÇA SINGLE COM PARTICIPAÇÃO DE RALF SCHEEPERS

Banda aposta no power metal clássico em álbum de estreia, “Kill Your Ghosts”

A banda de power metal Trend Kill Ghosts, formada em 2018 por Diogo Nunes (vocal), Rogério Oliveira (guitarra), Danilo Perez (baixo) e Leandro Tristani (bateria), antecipa o lançamento do álbum “Kill Your Ghosts”, previsto para o início de julho, com o single e lyric video de “Ghost’s Revolution”. Indo de encontro com seu estilo, inspirado em nomes como Gamma Ray, Helloween, Avantasia, Savatage e Stratovarius, a música traz a presença do icônico vocalista alemão Ralf Scheepers (Primal Fear, ex-Gamma Ray e Tyran’ Pace). “A música ‘Ghost’s Revolution’ tem uma estrutura baseada em Gamma Ray e a letra fala a respeito do meu reencontro com Diogo. Nós havíamos tocado juntos no passado e agora nosso objetivo é superar os erros e obstáculos que nos impediram de alcançar os objetivos no passado”, explicou Rogério Oliveira. “Ter uma lenda como Ralf Scheepers participando dos vocais elevou o poder da música. Este single realmente vem surpreendendo, pois, além da participação especial, mostramos os elementos clássicos do power metal, com influências claras de Gamma Ray, Helloween, Edguy e Avantasia”, completou Diogo Nunes.

Quando gravou as suas partes, Scheepers postou um vídeo no stories de seu Instagram em que falou “Acabei de finalizar as vozes para o Trend Kill Ghosts. Gravei um dueto com Diogo e ficou incrível!”.

Para ver o lyric video, acesse: https://youtu.be/9nvPyKxBD-s

O primeiro single, porém, foi “Frozen”, que abriu caminho para “Ghost’s Revolution”. Além de Scheepers, o álbum “Kill Your Ghosts” traz Raphael Dantas (SoulSpell, Ego Abscence) e May Puertas (Torture Squad) como convidados especiais. “Estamos finalizando o álbum, que trará oito faixas totalmente influenciadas pelo power metal. Ao contrário de alguns anos atrás, parece que a procura por este estilo vem voltando e muitas bandas voltaram a fazer o que realmente gostam. Isto é o mais importante”, concluiu Diogo Nunes.

Site relacionado: www.facebook.com/tkgband

Foto: Marcelo Buck


VOCALISTA CHARLOTTE CONVIDA FÃS PARA SHOW DA DELAIN EM LIMEIRA

Na próxima quinta-feira, 16 de maio, sob realização da produtora de eventos Circle Of Infinity Produções as bandas Delain e Vuur estarão se apresentando em Limeira no Studio Mirage a partir das 19:00.

Para este ocasião em especial a vocalista Charlotte gravou um vídeo convidando os fãs em geral para esta apresentação em Limeira, confira o vídeo na integra:https://www.youtube.com/watch?v=xFkkVzQ-gQs

Formada no ano de 2002, a banda Delain lançou cinco álbuns em estúdio, uma demo e possuí três EP’s, sendo o mais recente intitulado “Hunter’s Moon” foi lançado em 2019. A formação da banda conta com Charlotte Wessels como vocalista, Timo Somers e Merel Bechtold nas guitarras, Otto Schimmelpenninck van der Oije no baixo, Martijn Westerholt nos teclados e Joey Marin de Boer na bateria.

Outra grande atração que estará se apresentando é a banda Vuur, o grupo foi formado em 2016 por Anneke van Giersbergen e sua respectiva discografia conta até o momento com o único registro oficial intitulado “In This Moment We Are Free – Cities”, cujo lançamento ocorreu no ano de 2017. Anneke Van Giersbergen tornou-se mundialmente conhecida por seus trabalhos junto com a banda The Gathering e projeto denominado Agua de Annique.

Serviço:
DELAIN, VUUR: 16/05/2019 – STUDIO MIRAGE – LIMEIRA/SP
Atrações: Delain, Vuur
Quando: 16 de maio de 2019Horário: 19:00
Onde: Studio Mirage
Endereço: Avenida Professor Joaquim de Michieli, nº 755 – Jardim Esmeralda – Limeira/SP
Censura: 18 anos

Vídeo promocional :https://www.youtube.com/watch?v=xFkkVzQ-gQs

Público adquirente de ingressos que não são estudantes devem levar 01 quilo de alimento.
Ingressos – Vendas:
Internet (Pista): http://www.circleofinfinityproducoes.com/events/delain-vuur-anneke-van-giersbergen-em-limeira
Internet (Vip/Mezanino – Limitado): http://www.circleofinfinityproducoes.com/events/delain-vuur-anneke-van-giersbergen-vip-limeira
Em Limeira: Loja Sintonia – Rua Drº Trajano Camargo, nº 264, centro – Limeira/SP
Em Vinhedo: Attitude Headbangers House – Rua Corvina, nº 64 – Aquários – Vinhedo/SP
Em Americana: Heavy Metal Rock – Rua 30 de julho, nº 244 – Americana/SP

Informações:
http://www.circleofinfinityproducoes.com
https://www.facebook.com/circleofinfinityproducoes
https://www.instagram.com/coilimeira
Fonte:

Elf Rocket Entertainment
https://www.elfrocket.com

Javali faz show de lançamento do novo álbum em SP nessa sexta

Sexta (17/05) a banda Javali fará o show de lançamento de seu novo álbum, “Life Is A Song”, que foi disponibilizado inicialmente em todas as plataformas digitais. A versão física (CD) foi lançada via Voice Music. A abertura do show ficará por conta da banda Régio Primata.

O show será no Aurora Club (antigo Café Aurora), em São Paulo, capital, a partir das 21h. Os ingressos podem ser adquiridos no local a R$ 20,00.

Para mais informações, siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/719161188498704/

O Aurora Club é uma das casas mais tradicionais de show de São Paulo. Foi inaugurado em 1988 no bairro do Bixiga, centro de São Paulo explorando um ambiente rústico das antigas construções. O Aurora Club fica na Rua Treze de Maio, 112, no Bixiga.

O Javali apresentará músicas de seus 27 anos de carreira – quatro CD’s de estúdio e um ao vivo.

O CD de “Life Is A Song” traz como novidade a faixa bônus “Read My Mind”, música que foi lançada como um ‘single’ em 2018, e que também podia ser ouvida apenas nas plataformas digitais.  Além da faia bônus, o disco ainda traz 6 (seis) composições inéditas, que foram gravadas em São Paulo no segundo semestre de 2018, no “Studio Atmosphera”, ficando a captação e registro a cargo do produtor Edinho Junior enquanto que a mixagem e masterização contaram com o talento de Thiago Bianchi  (Noturnall), e foram feitas no estúdio “Fusão”.

A arte da capa foi desenvolvida pelo artista renomado João Duarte (JDuarteDesign), que já é parceiro da banda, tendo criado os elogiados trabalhos anteriores, incluindo o site oficial. 

Assista o videoclipe de “Runaway”, faixa do novo álbum:
https://www.youtube.com/watch?v=H5VzBWuQj6Y

A formação do Javali traz Marcelo Frizzo (baixo e vocal), Jaeder Menossi (guitarra) e Loks Rasmussen (bateria)

Para adquirir o CD, entre em contato pelo e-mail; javalibanda@gmail.com

Acompanhe o Javali em seus canais oficiais:
www.facebook.com/bandajavali
www.youtube.com/javalibanda
www.instagram/bandajavali
www.popjavali.com.br

Kryour lança ‘Where Treasures Are Nothing’, seu álbum de estreia

Trabalho conceitual, que se forma em uma história de vida, vem embalado com um som entre o death metal melódico e o metalcore

Praticando um som versátil, entre o death metal melódico e o metalcore, Gustavo Iandoli (vocal e guitarra), Wesley Peira (guitarra), Gustavo Muniz (baixo) e Matheus Carrilho (bateria) apresentam “Where Treasures Are Nothing”, trabalho conceitual que narra fatos do nascimento até a morte e aborda os valores humanos. “O repertório do álbum se forma em uma história de vida e retrata valores humanos sob a ótica da ansiedade e da depressão”, observou Gustavo Iandoli. “Acredito que entrega e paixão o define, pois esperamos muito por esse momento e demos tudo na produção. As gravações foram bem detalhadas e deixamos com que as algumas ideias aparecessem dentro do estúdio. Assim, tudo foi fluindo da melhor maneira”, acrescentou. 

Sobre a concepção musical, o vocalista e guitarrista explica que o estilo foi sendo moldado de forma natural. “Nós fomos criando sem muito compromisso a atender certos subgêneros do metal. Existem algumas influências individuais dos integrantes, mas seguimos com o que queríamos fazer. Uma grande referência que tivemos foi o Gojira, admiramos muito o trabalho deles e tivemos influência na parte da produção.”

“Where Treasures Are Nothing” contou com produção a cargo de Diego Castro (The Ocean Revives, Purge, Abstracted, Summeria) e teve arte de capa de Carlos Fides (Almah, FlowerLeaf, Evergrey, Semblant, Noturnall, Trezzy, Silver Mammoth). 

Ouça no Spotify em https://is.gd/HrwgMC
Ouça no Deezer em https://is.gd/cz3MLj

O material foi antecipado com o single e videoclipe “Restless Silence”, que retrata a visão de uma pessoa cuja mente é acelerada e pensativa. “Por tamanha inquietação interna, ela não consegue se expressar direito e, então, vem a angústia. A falta de controle de seus pensamentos ocasiona impactos em sua vida e em seu comportamento, pois a ansiedade passa a pressionar respostas precipitadas sobre os objetivos e os planos de vida”, explicou Iandoli.

Veja o clipe de “Restless Silence” em https://youtu.be/Z9iertirMwM

O repertório de é “Where Treasures Are Nothing” o seguinte:
Beginning of Innocence
Anxiety
Chaos of My Dream
Restless Silence
Theater of Destiny
Rainy
Falling In Oblivion
My Conjugué
The Leaving
When We Got To Go

Existem algumas músicas instrumentais que dão uma dinâmica melhor para o repertório. Sempre terá uma música que pode atender quem quiser ouvir algo mais leve ou mais pesado. ‘Anxiety’ e ‘My Conjugué’ têm uma intensidade um pouco maior do que as outras, enquanto ‘Theater of Destiny’ tem um peso maior por conta da afinação mais baixa que usamos na gravação. Porém, sinto que ‘The Leaving’ carrega algo muito especial, uma motivação que talvez não consiga explicar. Tudo tem uma perspectiva mais humana, além do acúmulo de aprendizados e progressos pessoais“, concluiu Gustavo Iandoli.

Site relacionado: https://www.facebook.com/kryour/
Mídias sociais: @kryour

Contato para shows: kryour.band@gmail.com | (11) 96131-5003

Nota na ASE Music: https://is.gd/z5Jzg3

Jello Biafra sobre o poster censurado e a turnê do falso Dead Kennedys no Brasil

Estou em choque. Estou deprimido. E antes de mais nada, como foi que eles deixaram tudo isso acontecer? Essa é mais uma das razões (e existem muitas) do porque eu não querer mais tocar com esses caras, independente de quantos milhões de dólares sejam oferecidos. A banda acabou em 1986.

Eu adorei a arte do poster e achei a ideia SENSACIONAL. Me sinto honrado sempre que posso usar algo tão maravilhoso (feito com seriedade!) para algum dos meus projetos. Se algum dia eu conseguir uma cópia desse poster, eu quero enquadrá-lo e pendurar na minha sala ou no escritório da Alternative Tentacles.

Mas qual é o grande problema? De todas as grandes artes políticas e anti-fascistas usadas para promover o Dead Kennedys ao longo dos anos, esta é a primeira vez que eu tomo conhecimento desses caras serem contra um poster político. Por que este? E por que agora?

Valentões fascistas realmente ameaçaram a banda e disseram que haveria violência caso os shows acontecessem? Eles ameaçaram o promotor e as casas de show? Ou alguém ficou preocupado com o fato dos apoiadores do Bolsonaro não comprarem camisetas suficiente da banda nos shows?

Em um post de Facebook recém apagado, foi dito que eles não devolveriam o dinheiro dos ingressos aos fãs. Ao invés disso, comunicaram que iriam doar os valores recebidos como adiantamento para a “caridade” ($42.000 DÓLARES AMERICANOS!) O promotor acaba de me dizer que ele recebeu o dinheiro de volta e agora os fãs que compraram os ingressos serão reembolsados! IHAAAA!

Se as ameaças de violência contra fãs inocentes foram realmente verídicas, bem, isso muda as coisas.

Eu tenho certeza que meus antigos companheiros de banda se lembram do terrível episódio de violência que ocorreu quando o verdadeiro Dead Kennedys tocou em Leicester, Inglaterra, em 1982. Os verdadeiros fascistas da Inglaterra [algo como uma Ku Klux Klan do país na época] se juntaram a alguns roadies do The Exploited e atacaram o show. Eu tive de me esquivar deles, no melhor estilo Muhammad Ali, por quase toda nossa apresentação enquanto eles subiam no palco e tentavam me acertar. O Dave do MDC acabou indo para o hospital com a cabeça rachada.

Nós também nunca conseguimos esquecer dos ataques pré-planejados pela polícia em diversos outros shows, onde policiais completamente descontrolados giravam seus cassetetes acertando a todos [incluindo o Peligro] DENTRO das casas de shows. E eu não estou falando somente da Polícia de Los Angeles.

Mas, “…A banda sente que não tem conhecimento suficiente para falar sobre assuntos políticos de outros países.”?? Vocês estão tirando com a minha cara?!?!? Essa banda já esteve no Brasil 2 ou 3 vezes! O que eles tem a dizer então sobre “Holiday in Cambodia”? E sobre “Bleed For Me”, cuja letra eu escrevi  para as vítimas das guerras sujas da América Latina? Eles tem ciência sobre as capas dos discos da banda? Alguma vez na vida eles leram minhas letras nos encartes dos discos?

Como é possível que eles não tenham noção do que acontece no resto do mundo? Todos nós estamos conectados atualmente. O East Bay Ray não é uma pessoa burra. Eu imagino, pela forma como o texto foi escrito, que ele mesmo escreveu a declaração anti-poster do Brasil. E eu não sei se ele mostrou o texto para os outros caras da banda antes de postar.


Ray é uma pessoa muito bem educada, sempre se interessou por leitura e é o único membro original do Dead Kennedys que possui formação acadêmica. Me lembro dele como uma pessoa culta, sempre lendo artigos interessantes e aprofundados da revista The New Yorker. A recente edição do dia 1 de Abril trouxe um artigo bastante assustador expondo Bolsonaro e seu movimento. Mas mesmo antes disso, eu tenho 99% de certeza que o Ray sabia muito bem quem é o Bolsonaro – e o que ele representa.

Por que eu sei disso? Porque a maioria dos americanos sabem, até mesmo aqueles que têm metade do cérebro funcionando. Eu não posso falar pelos apoiadores idiotas do Trump.

Sim nós estamos preocupados com o Brasil. Porque nós nos importamos com o Brasil. E porque nós nos preocupamos com o mundo.

Nós tememos pela situação dos brasileiros. Tememos pela Amazônia. Tememos pelas tribos indígenas que poderão ser massacradas. Nós não queremos que mais nenhum inocente morra como aconteceu com a Marielle Franco. Sim, a notícia de seu assassinato chegou até os noticiários americanos.

E, meus caros amigos, nós admiramos e respeitamos muito cada um que tenha a coragem de se posicionar contra o Bolsonaro e seus apoiadores fascistas metidos a valentões.

Minha banda, The Guantanamo School of Medicine, não poderá ir ao Brasil por algum tempo. Estamos gravando no momento e existem assuntos internos que precisam de nossa atenção agora.

Mas saibam que vocês estão em nossos corações.

Vocês não foram esquecidos.

Vocês não estão sozinhos.

FODA-SE O FASCISMO

Jello Biafra

Final Disaster: Em vídeo banda abre seleção para nova vocalista

O Final Disaster abriu seleção para a entrada de uma nova vocalista. Eles gravaram um vídeo onde convidam as garotas para enviarem material – com vídeos, fotos, links onde possam avaliar o talento da candidata, e então possam convidar para um ensaio/teste com a banda.

Basta enviar material para o email finaldisasterofficial@gmail.com, ou envie mensagem no inbox do Facebook, ou direct message do Instagram.

Assista:
https://youtu.be/iqZHqWGDQr4

A formação do Final Disaster traz Kito Vallim (vocal), Daniel Crivello (guitarra), Rodrigo Alves (guitarra), Felipe KBÇA (baixo) e Bruno Garcia (bateria).

Acompanhe o Final Disaster em seus canais oficiais:
www.finaldisaster.net
www.facebook.com/FinalDisaster
www.instagram.com/finaldisasterofficial

Extrema: italianos lançam álbum “Headbanging Forever” e videoclipe de “For The Loved And The Lost”

A banda de thrash metal italiana Extrema acaba de lançar seu sétimo álbum de estúdio “Headbanging Forever” via Rockshots Records. Para promover o trabalho, o grupo acaba de lançar o novo vídeoclipe de ‘For The Loved And The Lost’ para os fãs. O vídeo foi dirigido e editado por Daniele Farina, que já dirigiu outros três videoclipes do Extrema. O vídeo foi filmado em Orlando, na Flórida e os bailarinos presentes no vídeo representam “As Catrinas dos Dias dos Mortos”.

Assista o videoclipe de “For The Loved And The Lost”: https://youtu.be/GlKb41YW5I8

Encomende no site: http://bit.ly/EXTREMA_Store
Ouça no Spotify: https://spoti.fi/2Hbom71

O álbum está disponível em CD Digipack Deluxe ou Vinyl Gatefold “Limited Colored Edition” com pôster assinado. Para este trabalho, a banda recrutou Gustavo Sazes (Angra, Machine Head, Iced Earth, entre outros) para criar a capa do álbum.

Confira o tracklist de “Headbanging Forever”:
01. The Call
02. Borders Of Fire
03. For The Loved And The Lost
04. Heavens Blind
05. Pitch Black Eyes
06. Headbanging Forever
07. Believer
08. Invisible
09. Paralyzed
10. The Showdown

A formação original da Extrema foi estabelecida entre 1985 e 1986 em Milão, Itália. Em pouco tempo, a banda liderada pelo guitarrista Tommy Massara conseguiu um enorme sucesso. Tommy é o único membro remanescente da formação original, e ao longo dos anos ele também desempenhou o papel de produtor artístico e executivo.

Centenas de shows tornaram a banda cada vez mais aberta a um caminho de crescimento constante, capaz desde o início de influências externas ao heavy metal ao estilo de thrash metal californiano. Uma cena com a qual a banda compartilhou o máximo cuidado para o lado técnico da música e uma presença devastadora no palco. A reputação da banda como músicos e artistas continuou crescendo em um contexto perpétuo ao vivo, com extensas turnês e a participação em festivais de prestígio com nomes como Metallica, Slayer, Motorhead, entre outras.

Em maio de 2017, a banda recebeu o novo vocalista Tiziano Spigno. Graças à sua entrada, a Extrema pode finalmente libertar toda a criatividade reprimida nos últimos anos: uma abordagem direta e envolvente que é – ao mesmo tempo – também variada, corajosa e experimental, resultando no novo álbum “Headbanging Forever”.

EXTREMA é:
Tiziano “Titian” Spigno – Vocal
Tommy Massara – Guitarras
Gabri Giovanna – Baixo
Francesco “Frullo” Larosa – Bateria

Mais informações:
http://www.extremateam.com/
https://www.facebook.com/extrema.official/
https://twitter.com/extrema_it

Top Link Music: Assista entrevista de Paulo Baron no The Noite

Fundador da Top Link Music, Paulo Baron acaba de lançar o livro “Rocking All My Dreams” com histórias do Metal e Rock. O empresário foi um dos convidados do programa The Noite com Danilo Gentili, do SBT, onde contou detalhes sobre o livro e curiosidades históricas da carreira com muito bom humor.

Assista a entrevista de Paulo Baron no The Noite:

Durante todos esses anos de carreira, Paulo Baron sempre dizia que contaria tudo com detalhes em seu livro de memórias. Eis que, ao lado do escritor Emerson Anversa, dedicou boa parte de seu tempo nos últimos anos à criação do livro “Rocking All My Dreams”, que reúne em suas páginas uma lição de foco, força, esperança e muito empenho, e irá proporcionar ao leitor uma viagem em seus próprios sentimentos.

“Quando me decidi a escrever esse livro, foi como abrir um baú cheio de lembranças e histórias. Me lembrei da quantidade de emails e de pessoas que chegaram a mim e me disseram: ‘Você se lembra de que me deu a primeira oportunidade de fotografar, ou trabalhar no show business, ou subir em um palco grande, e hoje sou um artista famoso?’ Olho para meu presente e ainda me sinto com energia e imaginação. Mas quando olho para trás, vejo que se passaram 30 anos, e essa é uma bagagem muito importante”, conta Paulo Baron.

Ao longo dos anos, muitas pessoas se interessaram em saber como é ser um produtor de shows internacionais: como são os bastidores, como é o dia a dia, como é crescer, cair, se erguer e se superar. O conhecimento não é apenas para um — ele precisa ser compartilhado, e neste livro, “Rocking All My Dreams”, isso é perfeitamente explicado.

O livro foi recentemente lançado na festa da Top Link Music no último dia 03 de maio e está disponível para venda em diversos sites como Submarino, Shoptime, Americanas, Editora Inverso e na maioria das livrarias do Brasil.

Links relacionados:
http://www.toplinkmusic.com/
https://www.facebook.com/toplinkmusicoficial/
https://www.instagram.com/toplinkmusic/

Cradle of Filth inicia histórica turnê pela América Latina, executando o clássico álbum “Cruelty and the Beast” na íntegra

Banda inglesa está na estrada celebrando 21 anos de lançamento de um dos discos mais importantes da história do black metal – foto: divulgação

O cultuado Cradle of Filth, um dos nomes mais venerados do black metal mundial, finalmente está prestes a desembarcar no Brasil. O grupo inglês iniciou recentemente a monumental e histórica passagem da “Lustmord And Tourgasm – Cruelty and the Beast Exclusive shows 2019” pela América Latina, com apresentações irretocáveis em Monterrey e Oaxaca, no México.

Mesmo com a promoção do novo álbum “Cryptoriana: The Seductiveness Of Decay” (2017), Dani Filth (vocal), Martin Skaroupka (bateria), Daniel Firth (baixo), Richard Shaw (guitarra), Ashok (guitarra) e Lindsay Schoolcraft (backing vocal) estão na estrada, para performances especialíssimas e exclusivas, para executar o clássico álbum “Cruelty and the Beast” na integra, além de outras importantes composições da carreira.

Em São Paulo, o show acontece no próximo dia 25 de maio, no palco do Carioca Club. Os ingressos continuam à venda na Galeria do Rock (loja Paranoid) e pelo site do Clube do Ingresso (https://www2.clubedoingresso.com/evento/cradleoffilth-sp). Mais informações no serviço abaixo.

O repertório base desta turnê tem sido o seguinte:
Once Upon Atrocity
Thirteen Autumns and a Widow
Cruelty Brought Thee Orchids
Beneath the Howling Stars
Venus in Fear
Desire in Violent Overture
The Twisted Nails of Faith
Bathory Aria: Benighted Like Usher / A Murder of Ravens in Fugue / Eyes That Witnessed Madness
Portrait of the Dead Countess
Lustmord and Wargasm (The Lick of Carnivorous Winds)
Encore:
Malice Through the Looking Glass
Heartbreak and Seance
Wester Vespertine
Saffron’s Curse
From the Cradle to Enslave

Banda celebra show em Monterrey – foto: divulgação/reprodução Facebook

Recentemente, o príncipe das trevas Dani Filth enviou recado aos fãs brasileiros para que prestigiem a esta performance histórica na capital paulista. Confira em https://www.facebook.com/overloadbrasil/videos/361993884528204.

Lançado em 1998, “Cruelty and the Beast” é um dos trabalhos mais importantes e aclamados na história do black metal. A obra baseada na vida da “Condessa de Sangue” húngara Elizabeth Bathory esbanja uma linha sonora extremamente demoníaca, vampiresca, sinistra e erótica evidenciada sobretudo em clássicos como “Cruelty Brought Thee Orchids”, “Beneath the Howling Stars” e “The Twisted Nails of Faith”. Outro ponto interessante é a magnifica arte gráfica deste disco. 

O espetáculo de terror da “Lustmord And Tourgasm – Cruelty and the Beast Exclusive shows 2019” consiste nas seguintes datas:

Formada em 1991, na cidade de Suffolk, o Cradle of Filth evoluiu originalmente dentro do cenário black metal. Seus temas líricos e imagens são fortemente influenciados pela literatura gótica, poesia, mitologia e filmes de terror. A banda passou por muitas mudanças de formação, restando apenas o vocalista Dani Filth como único membro original.

A banda se libertou do seu nicho original cortejando a publicidade mainstream. Esta maior acessibilidade abriu portas na MTV e frequentes aparições no palco principal de grandes festivais como Ozzfest, Download e até mesmo do mainstream Sziget Festival. Por vezes foram apontados como satânicos por observadores casuais, apesar de suas referências líricas ao satanismo serem poucas e distantes entre si. O uso de imagens satânicas sempre teve o objetivo apenas para o choque de valores a qualquer crença séria.

O gênero particular do Cradle of Filth ainda hoje provoca uma grande quantidade de discussões e seu status como uma banda de black metal ou de outra forma vem sendo debatido desde a época em que o grupo alcançou a fama. A banda citou artistas da primeira onda do black metal como Bathory, Celtic Frost e Mercyful Fate entre suas influências.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/cradleoffilth
https://www.facebook.com/overloadbrasil
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

SERVIÇO SÃO PAULO
Overload orgulhosamente apresenta Cradle of Filth celebrando “Cruelty and the Beast”. 
Lustmord and Tourgasm – Cruelty and the Beast Exclusive shows 2019

Data: sábado, 25 de maio de 2019
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros (próximo ao metrô Faria Lima)
Abertura da casa: 17h30 | Início do show: 19h00
Imprensa: press@theultimatemusic.com
Evento Fb: https://www.facebook.com/events/815686722124743
Classificação etária: 16 anos. 14 e 15 anos: entrada permitida com responsável legal, mediante apresentação de documento
Estacionamento: nas imediações da Tropical Butantã (sem convênio)
Estrutura: ar condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes e enfermaria

# SETORES / PREÇOS (1º lote)
– Pista meia/promocional: R$130
– Mezanino meia/promocional: R$ 190,00
**O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento

# COMPRA PELA INTERNET – https://www2.clubedoingresso.com/evento/cradleoffilth-sp
# PONTO DE VENDA OFICIAL – bilheteria Carioca Club e Galeria do Rock (loja Paranoid)

* Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei;
** A produção do evento NÃO se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais;
*** É expressamente proibida a entrada com câmeras fotográficas e filmadoras profissionais ou semi-profissionais.

Revolução lança música que mistura Simpsons, Titanic, Homem-Aranha e muito mais (VOCÊ TEM QUE OUVIR ISSO)

Prestes a lançar seu quarto disco de estúdio chamado “Era Uma Vez no Brasil”, a banda Revolução agraciou os fãs com uma boa surpresa. A canção “O Romance Ideal” que faz parte do trabalho e chama atenção pela quantidade de referências a casais da cultura pop. O grupo que é conhecido por seu engajamento político, mostra uma de suas outras facetas que sempre alegrou seus seguidores. Veja no vídeo abaixo: 

São muitas citações que vão desde Rose e Jack do filme “Titanic”, a Homer e Marge do desenho “Os Simpsons”. Sobrou até para o casal Eduardo e Mônica, da música homônima da banda Legião Urbana, canção que inclusive tomará as telonas das salas de cinema de todo Brasil em breve. “Foi muito divertido o processo de composição dessa música, a expectativa é que milhares de pessoas possam curtir e cantar conosco nos shows no futuro”, conta Johnny Kiff autor da letra. O músico também assina a direção do lyric video.

A música “O Romance Ideal” promete ser uma das preferidas do público por um bom tempo. Sua sonoridade é leve e o refrão também é daqueles que se canta automaticamente. O disco “Era Uma Vez no Brasil” deve ser lançado em junho, junto com novos shows e vídeos que a banda produz atualmente em sua cidade natal, Belo Horizonte.     

NUCLEAR ASSAULT ATERRORIZA O SESC BELENZINHO TOCANDO OS MAIORES SUCESSO DA BANDA

Texto: Thiago Tavares
Fotos: Felipe Domingues

No último dia 26 de maio, a equipe do Ponto Zero bateu ponto novamente no SESC Belenzinho para a cobertura de um show em que muitos diziam que seria o show do ano naquele local devido a banda que se apresentaria e também faz bastante tempo que não apareciam no Brasil, entretanto, o sumiço desta banda foi proporcional a porradaria apresentada por eles, onde ninguém ficou parado literalmente.

Formado atualmente por John Connelly (vocal e guitarra), Glenn Evans (bateria), Dan Lilker (baixo, vocal) e Erik Burke (guitarra), a banda de Nova Iorque Nuclear Assault estava disposto a colocar a comedoria do SESC Belenzinho a baixo em dois shows bastante esperados pelo público. Mas dois shows? Sim! A banda se apresentou em duas datas, 25 e 26 de maio (quinta e sexta-feira) para delírio dos headbangers que não perderam tempo e esgotaram os ingressos em pouco tempo, praticamente esgotado em 2 semanas.

O grupo de trash metal estadunidense estava ansioso demais por desembarcar no Brasil, sendo que sua última passagem ocorreu em Agosto de 2015, onde até se cogitava naquela época que seriam as últimas apresentações, algo que não aconteceu e de lá para cá, vem fazendo shows esporádicos. Ao retornar em terras brasileiras, a banda passou antes por Recife (PE), Limeira (SP), Rio de Janeiro (RJ), e Vila Velha (ES) para finalmente encerrar essa passagem com chave de ouro na capital paulista.

Pontualmente as 21h30 min, a banda sobe ao palco sendo ovacionado pela galera presente que lotou a Comedoria do SESC, onde de início, Johon Connelly agradeceu quem estava presente e já iniciou com uma trinca clássica da banda, referente ao segundo álbum da banda intitulada Survive (1988): Rise from the Ashes, Brainwashed e F#.

Entre as três primeiras músicas executadas no show, algo me chamou bastante a atenção e que demonstra que o povo queria muito colocar o terror no SESC Belenzinho. Em Brainwashed, os headbangers começaram a subir ao palco e cantar junto com John Connelly. Enquanto um se jogava para os braços da galera, outro imediatamente subia ao palco, dividia os vocais e também se jogava. Nessa altura do campeonato, os seguranças já não sabiam mais o que fazer, uma vez que o cordão que divide o público do palco já tinha sido rompido. Enfim, a festa já estava completa ao modo dos headbangers mais extremos. Em meio ao povo que já estava eufórico com cada música executada, Connelly gentilmente pediu para que as pessoas subissem sim ao palco, mas que preservassem os equipamentos.

Mais adiante, o grupo apresentou mais do seu trash metal rustico com Vengeance e After the Holocaust, ambas do álbum Game Over (1986). Ambas na execução destas músicas, a galera não ficou parada e foi mosh atrás de mosh, foi algo fora do comum e algo que não tinha visto.

E o povo, ao contrário da primeira noite, resolveu protestar politicamente após a execução de Critical Mass, o povo soltou o coro de “Fuck Bolsonaro”. O baixista Dan Lilker foi na onda e trocou o nome para o norte-americano Donald Trump, algo que também me chamou a atenção em meio a situação política em nosso país e que até mesmo, a liberdade de expressão começou a ser questionada no campo do rock e do heavy metal, algo que já acontece há muito tempo e de pleno conhecimento de todos.

Houve também a parte mais hardcore da banda que foi apresentada, mais para o final do show. O hardcore ficou por conta das faixas My America, Hang the Pope e Lesbians, onde apenas Lilker consegue cantar de forma bem impressionante, devido a sua técnica vocal.

Sem sombra de dúvidas, esta foi uma das melhores apresentações do Projeto Música Extrema e no qual esperamos também que o Nuclear Assault continue pela estrada nessa caminhada, tocando o terror por onde passa, com os grandes sucessos e também com novos trabalhos. Aqui deixo meus parabéns ao SESC pela continuidade do projeto.

Em nome do Ponto ZerØ, agradecemos a Poliana Queiroz, da área de Comunicação do SESC Belenzinho pelo fornecimento das credenciais.

SETLIST NUCLEAR ASSAULT – SESC BELENZINHO 26 DE ABRIL DE 2019

Rise From the Ashes
Brainwashed
F#
Vengeance
Radiation Sickness
New Song
Critical Mass
Game Over
Butt Fuck
Stranded in Hell
Sin
Betrayal
Analogue Man in a Digital World
F# (Wake Up)
My America
Hang the Pope
Lesbians
Trail of Tears

TORTURE SQUAD APRESENTA A MAIS NOVA CERVEJA “BLACK EXISTENCE”

Juntamente com a cervejaria “Normandie Brewery”, será lançado no dia 22 de junho a “Black Existence”, a nova cerveja oficial do Torture Squad.

O proprietário da “Normandie Brewery”, Fábio Chaves, comentou sobre a cerveja dedicada a banda e apresentou quais as especiarias e modelo de cerveja.

“Fortalecendo a parceria entre os Amigos do Porão da Cerveja, Normandie Brewery e Torture Squad, estamos pelo segundo ano fazendo mais um lançamento entre esta união que começou a partir da antecessora Beer of Evil, e agora chegou o momento do lançamento da Black Existence! Uma cerveja estilo Russian Imperial Stout escolhida pelos membros da banda em comemoração ao mais recente álbum “ Far Beyond Existence”.

“Escolhemos cuidadosamente o estilo, para os paladares mais exigentes, uma cerveja forte e encorpada, que foi maturada por meses em barril de carvalho e posteriormente feita uma infusão de Jack Daniel’s para paladares exigentes”. Finaliza Fábio.

O evento de lançamento será realizado no Porão da Cerveja, dia 22 de junho no centro de São Paulo. O evento iniciará a partir das 17h00 contando com uma apresentação da banda e convidados fazendo versões acústicas dos clássicos do Rock e Heavy Metal!

Formação:

May “Undead” Puertas – vocal

Rene Simionato – guitarra

Castor – baixo

Amilcar Christófaro – bateria

Mais informações:

Site Oficial: www.torturesquad.net.br

Facebook: www.facebook.com/torturesquad

YouTube: www.youtube.com/torturesquadband

Roadie Metal Press: https://roadie-metal.com/press/torture-squad/

LEGACY OF KAIN: BANDA LANÇA SINGLE AUTORAL COM PRESENÇA DE FERNANDA LIRA (NERVOSA)

A banda curitibana Legacy Of Kain encontra-se nos preparativos finais para o lançamento de seu álbum, “Paralelo XI” que será lançado digitalmente no dia 16/05 e sua versão física no dia 04/06. Logo após, no dia 07, a banda já inicia a “The Parallel Tour” que terá datas em 5 estados brasileiros além de 5 países sulamericanos. E preparando o seu público para o que virá, o grupo lança o primeiro single autoral do disco, em formato de lyric vídeo para a música “Split In Half”.

Segundo o guitarrista, e produtor da banda, Karim Serri, “a ‘Split In Half’ é uma música baseada em fatos reais que conta um episódio da história dos índios Cinta Larga onde um grupo de garimpeiros invadiu um dos seus acampamentos já com a intenção de matá-los e um desses bandidos, porque não há outro nome para isso, em um episódio de fúria capturou uma índia e seu filho pequeno, pendurou-a de ponta cabeça e partiu-a ao meio com um facão. Infelizmente isso não é ficção. Seguimos lutando por dias melhores, com menos preconceito, menos intolerância, menos discórdia seja ela religiosa ou política, menos divisões e mais paz, mais amor e mais respeito.

“Split In Half” foi composta por Karim Serri (instrumental) e Pedro Ferreira da banda Royal Rage (letra) e repete a frutífera parceria feita com Fernada Lira da banda Nervosa.


Você pode conferir o lyric video (feito por Leon PS) no link abaixo:
https://www.youtube.com/watch?v=wHzBYfn0J2A

Capa por: Carlos Fides (Artside Studio)
– – –
Legacy Of Kain é:
Markos Franzmann – vocal

Karim Serri – guitarra

Tiago Rodrigues – bateria
– – –
“Get Lucky” (Daft Punk cover) feat. Fernanda Lira (Nervosa)

https://youtu.be/x-3-sIOnZOc


“Paralelo XI” – Ao Vivo no Studio Tenda

https://youtu.be/dWkd8pyR-zA
– – –
Ouça a Legacy Of Kain nas plataformas digitais:
Spotify: goo.gl/dRpN6s

Deezer: goo.gl/REyWv1

iTunes: goo.gl/ocgVpf

Soundcloud: goo.gl/xvD7ZW

GooglePlay: goo.gl/qU7p3v
– – –
Contatos: 
Facebook: https://www.facebook.com/legacyofkainbrazil

Instagram: @legacyofkainbrazil

Youtube: https://youtu.be/ktBX_ribIIc