Tag Archives: Andreas Kisser

Andreas Kisser e Convidados apresentam: Instrumental Acoustic Metal

Show reunirá artistas e singles de peso no heavy metal instrumental

Blue Note SP apresenta Andreas Kisser e Convidados apresentam: Instrumental Acoustic Metal

• SOBRE O ARTISTA •
Show reune artistas e singles de peso no heavy metal instrumental
O líder do Sepultura Andreas Kisser homenageia os grandes hits do heavy metal em projeto paralelo. O show conta com os singles mais conhecidos do heavy metal, mas com som instrumental. “A ideia é fazer com que o público cante as músicas ao invés de ter um vocalista, explica Andreas.

No violão e na guitarra estarão Andreas e seu filho Yohan Kisser, e o parceiro de estrada Márcio Sanches; Amilcar Christófaro (Torture Squad) na bateria; Luiz Eduardo Mariutti (Angra, Firebox, Shaman, Henceforth) no baixo, instrumento que o consagrou o melhor baixista brasileiro e um dos melhores do mundo.

• SERVIÇO •
Blue Note SP apresenta Andreas Kisser e Convidados apresentam: Instrumental Acoustic Metal
Data: sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Horários:
Abertura da casa – 21h
Única sessão – 22h30

• INGRESSOS •
R$80 inteira / R$40 meia

• VENDAS •
Online – https://checkout.tudus.com.br/blue-note-sao-paulo-andreas-kisser-e-convidados-apresentam-instrumental-acoustic-metal/selecione-seus-ingressos

Armazém Entretenimento
Av. Paulista, 854 – Quiosque 12, Piso Paulista – Atrás da escada rolante, final do corredor
Central de vendas: (11) 945451511
Sem cobrança de taxa de conveniência
Funcionamento: De segunda a sábado das 9h às 20h30. Domingos e feriados: das 12h às 17h30.

Bilheteria oficial – Blue Note São Paulo
Endereço: Avenida Paulista, 2073, Consolação (2º andar)
Funcionamento: Segunda de 11h às 19h, Terça a Sábado 11h às 22h30 e Domingo de 14h às 22h30

• Blue Note São Paulo •
Conjunto Nacional – Av. Paulista, 2073 – 2º andar

• Siga nossas redes sociais •
facebook.com/bluenotesaopaulo
instagram.com/bluenotesp

PARQUE DA JUVENTUDE RECEBE PROJETO BRASIL GUITARRAS

Pela primeira vez São Paulo reúne no mesmo palco dez entre os melhores guitarristas brasileiros, em show gratuito

Pela primeira vez São Paulo receberá no Parque da Juventude, no próximo dia 08 de dezembro, o “Projeto Brasil Guitarras” – encontro que reúne dez dentre os melhores guitarristas brasileiros em um mesmo palco, em show gratuito. Com curadoria de Reco do Bandolim, presidente do Clube do Choro de Brasília, o projeto que nasceu em 2015, já passou por Belo Horizonte, Brasília e Salvador e foi visto por mais de 100 mil pessoas.

O show irá traçar um panorama da guitarra no Brasil e contemplará músicas de grande simbologia nacional. O repertório foi escolhido pelos dez guitarristas que irão participar desta edição: Andreas Kisser, Armandinho Macedo, Edu Ardanuy, Edgard Scandurra, Frank Solari, Faísca, Nuno Mindelis, Luiz Carlini, Marcelo Barbosa e Robertinho do Recife.

O ‘Projeto Brasil Guitarras’ também busca fortalecer a economia criativa dos locais onde acontece, através de práticas de indução e inclusão sócio-produtiva com a realização de oficina cultural, adoção de boas práticas culturais e  de sustentabilidade na produção de eventos.

Line Up – apresentação em duplas e no final todos tocarão juntos.

– Marcelo Barbosa
– Frank Solari
– Faiska
– Nuno Mindelis
– Edu Ardanuy
– Andreas Kisser
– Edgard Scandurra
– Luiz Carlini
– Armandinho
– Robertinho do Recife

ATIVIDADES PARALELAS

Entre as atividades paralelas destaque para a Oficina de Lutheria, ministradas por Luthier Elifas Santana e do guitarrista Armandinho Macedo, para alunos da ETEC (Escolas Técnicas Estaduais). Essa atividade visa engajar, qualificar e despertar o interesse de jovens empreendedores de comunidades periféricas da cidade em novas oportunidades de negócios no setor cultural..

Na área de sustentabilidade a proposta é divulgar movimento em prol da despoluição do Rio Pinheiros. Para isso, serão incentivados o ‘Movimento Volta Pinheiros’, que promove ações para trazer a despoluição do rio novamente à pauta dos paulistanos (http://www.voltapinheiros.com.br/) .

Na área de responsabilidade social, o evento recolherá alimentos não perecíveis para doação. Os alimentos serão recolhidos na entrada próxima área do show e posteriormente doados para a Casa André Luiz de Assistência a Crianças Carentes.

Evento conta com o apoio da Skol (através da Lei Rouanet) e Caixa Econômica Federal. Realização: Ministério da Cultura e Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

Serviço

Local: Parque da Juventude – Av. Cruzeiro do Sul, 2630(ao lado do Metrô Carandiru)- Santana- Telefone(11) 2089-8600
Data : 08/12/2018- sábado
Horário: 16h
Abertura dos portões: 9 h
Duração: das 16h às 21h
Gratutio
Classificação indicativa: Livre
Capacidade: 10 mil pessoas
Estacionamento: em estacionamentos na região
Acessibilidade motora
Homepage: http://brasilguitarras.com.br/






Tosco: Show com CJ Ramone e Killmister em Santos neste domingo

No próximo domingo (18), o Tosco toca ao lado de CJ Ramone e Killmister, em Santos, no Arena Club (Avenida Senador Pinheiro Machado, 33, Vila Matias, Santos), às 19h. Para mais informações, siga a página do evento no Facebook:

https://www.facebook.com/events/1978909768822583/

Recentemente o Tosco, participou do programa Pegadas de Andreas Kisser da 89FM. Eles aproveitaram para lançar seu álbum de estreia, “Revanche”. O Pegadas de Andreas Kisser vai ao ar todos os domingos, das 19h às 20h, e é apresentado pelo guitarrista do Sepultura, Andreas Kisser e seu filho Yohan Kisser.

Ouça como foi:

O Tosco vem sendo considerado uma das grandes revelações de 2018 por sua mistura brutal de Thrash e Hardcore, com letras extremamente ácidas e diretas.

Confira a participação da banda no programa É Noize da AllTV:

Ouça “Revanche” no Spotify:

A formação do Tosco traz Osvaldo Fernandez (vocal), Ricardo Lima (guitarra), Anderson Casarini (baixo) e Paulo Mariz (bateria).

Siga o Tosco em seus canais oficiais:
www.facebook.com/TOSCOthrashcore-187018881838980/
www.instagram.com/tosco_thrashcore_metal/
https://www.youtube.com/channel/UC8iwXI0cEN4wdjqo8TvodbQ






Autovoid Redemption: Ouça a entrevista no programa Pegadas de Andreas Kisser

Recentemente o trio Autovoid Redemption esteve no programa Pegadas de Andreas Kisser da 89FM – que vai ao ar todos os domingos, das 20h às 21h e tem apresentação de Andreas Kisser, e seu filho Yohan Kisser – onde foram entrevistados e apresentaram músicas de seu EP de estreia, “Special Place”. Nesta edição do “Pegadas”, também estiveram as garotas do Sinaya. Ouça:

No dia 17 de novembro (sábado), acontece em Santo André a primeira edição do “Redemption Fest”, com as bandas Giant Jellyfish, Superchiadeira e o Autovoid Redemption (veja serviço abaixo!)

O Autovoid Redemption vem sendo considerada uma das grandes revelações do Stoner Metal nacional. Eles lançaram recentemente o videoclipe de “Special Place”, música de seu EP de estreia, que leva o mesmo nome. Assista:

Assista a participação no programa É Noize da AllTV:

A formação do Autovoid Redemption traz Rafael Marim (bateria), Davi Calherani (guitarra e vocais) e Fernando Hammermeister (baixo).

Acompanhe o Autovoid Redemption em seus canais oficiais:
www.facebook.com/autovoidredemptionofficial/
www.instagram.com/autovoidredemption/
www.youtube.com/channel/UCnGfLhPU8GUozAyyN3_bwEA

SERVIÇO:
“Redemption Fest”
Show com as bandas:
Giant Jellyfish (ABC)
Superchiadeira (SP)
Autovoid Redemption (ABC)
Dia: 17/11 (sábado)
Horário: 19h
Local: Vermeio Rock Pub
Endereço: Rua Luiz Miguel da Silva, 126, Santo André

Ingressos: R$10,00 (no local!)

Página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/514718762383875/






SEPULTURA VOLTA A SÃO PAULO PARA O ENCERRAMENTO DA MACHINE MESSIAH WORLD TOUR NA AUDIO SÃO PAULO

Por Thiago Tavares

O dia 27 de outubro sem sombra de dúvidas não sairá da memória dos headbangers de São Paulo que compareceram ao Audio Club, para assistirem e apreciarem uma das maiores bandas de metal do país, respeitado em praticamente todos os lugares por onde passam neste mundo. Os caras do Sepultura, formado por Derick Green, Andreas Kisser, Paulo Junior e Eloy Casagrande, passaram por terras paulistas para esta que pode ser a última apresentação da banda, encerrando-se assim a tour do último CD intitulado Machine Messiah, de 2017, disco esse com muitos elogios da crítica especializada.

Mas a noite não ficaria apenas restrita a show dos mineiros. A banda convidou outros dois grupos para iniciar os trabalhos e assim, aquecer os motores para o caos e o terror que aconteceria logo mais tarde.

Pontualmente, as 21hrs subiu ao palco da Áudio, uma banda que nós do Ponto ZerØ vem acompanhando seu trabalho impecável que vem conquistando um público até que desconhecido, mas se depender do barulho que fazem, os caras conquistaram mais admiradores. De Santo André, os caras da banda MX, fizeram um som com competência, apresentando música de álbuns antigos e priorizando músicas do mais recente trabalho, intitulado A Circus Called Brazil, onde depois de certo tempo em pausa, ressurgem com um trabalho muito bem produzido e com certeza, já estão colhendo os frutos. A apresentação que foi em torno de 40 minutos agradou bastante os presentes.

Após a apresentação da MX, apresentou-se os conterrâneos do Sepultura, banda essa que até a apresentação de sábado não tinha conhecido, mas após a mesma, tenho que abrir os olhos e os ouvidos.

As 22hrs adentram ao palco da Audio o Eminence. Formado por Alan Wallace (Guitarra), Bruno Paraguay (Vocal), Davidson Mainart (Baixo) e André Marcio (Bateria), a banda mineira formada em 1995 apresentou seus maiores sucessos com sua discografia de 4 CDs de um grupo que vem lutando de forma incansável para divulgar seus trabalhos, isso porque já tocaram em diversos países, mas dificilmente se vê no Brasil. No show foi possível a técnica vocal de Bruno Paraguay nas músicas e uma cozinha bastante competente nos arranjos e as músicas executadas por eles agitaram o público presente, que aumentava a cada instante, mas quem viu o Eminence, gostou bastante. Abro um parêntese aqui e peço mais shows deles em sampa, afinal, temos que valorizar o que criamos de bom por aqui.

E após a apresentação da primeira leva de mineiros, iria vir a segunda leva de mineiros de responsa, e que responsabilidade eles carregam, levantando o nome do Brasil mundo afora e disseminando para os quatro cantos que sabemos fazer um metal de qualidade e que o respeito deve sim ser respaldado a eles.

E as 23hrs a espera já tinha acabado. A casa realmente chegou a sua lotação máxima para ver a banda que é sinônimo de representatividade do metal do Brasil para o mundo inteiro. O Sepultura sobe ao palco tocando o terror já agitando a galera com uma música do último álbum: I’am The Enemyonde a primeira de diversos moshs que foram feitos até o fim do show.

E aparentemente o Sepultura veio com um set arrebatador, não focando no novo trabalho, mas também priorizou “algumas coisas velhas”, palavras do guitarrista Andreas Kisser ao se referir a clássicos da banda, onde convenhamos, hoje é complicado fazer um setlist do Sepultura de forma justa, pois dificilmente deixar alguma música, as mais clássicas, é quase uma heresia.

O set em si foi meio que voltar ao tempo. Ouvir novamente Territory (1996), Choke (1998), Desperate Cry (1992) colocaram a galera em êxtase, relembrando os áureos tempos de MTV que valorizavam e muito os videoclipes. A porradaria rolou a solta, Derirck cantando horrores, em sua melhor performance, a cozinha mostrando um nível de técnico monstruoso.

Foi mais de uma hora e quinze minutos de apresentação arrebatadora, onde o bis não poderia faltar a nata do grupo mineiro: Troops Of Doom, Slave New World, Resistant Parasites (Machine Messiah) Ratamahatta e a cereja do bolo que poucos conhecem… uma tal de Roots Bloody Roots.

O show foi ímpar, onde se possível tocar mais duas horas, os caras tocaram tranquilamente, pois realmente a energia do público era surpreendente, cantando as músicas do início ao fim e o povo de sampa representou demais indo ao show, lotou a casa e fez de uma apresentação, um verdadeiro espetáculo.

Em nome do Ponto ZerØ, agradecemos a Adriana Baldin pelo fornecimento das credenciais do evento.

Sepultura – Setlist
I Amthe Enemy
Phantom Self
Kairos
Territory
Inner Self
Sworn Oath
False
Against
Choke
Boycott
Corrupted
Machine Messiah
Desperate Cry
Refuse/Resist
Arise

Encore
Troops Of Doom
Slave New World
Resistant Parasites
Ratamahatta
Roots Bloody Roots






Sepultura volta a São Paulo com a turnê Machine Messiah

“Bow down to Machine Messiah. Give me your praise. I’ll keep you safe”. Mais uma vez, os súditos do Sepultura podem se curvar e reverenciar Machine Messiah, 14º disco de estúdio da banda, o mais completo e envolvente que a banda fez na era Derrick Green. Reverências também ao vocalista que está completando 20 anos de Sepultura. Duas décadas de uma fúria devastadora nos vocais que o colocou entre os gigantes do heavy metal mundial.

Após uma movimentada turnê que passou pela Àsia, Europa, Austrália, Nova Zelândia entre outros países, o Sepultura volta à São Paulo em outubro com a turnê Machine Messiah. O heavy metal continua em segurança. Curvem-se, eles estão voltando.

Serviço Sepultura – Audio
Tour Machine Messiah
Bandas Convidadas:  Eminence  (BH) e MX (ABC Paulista)
Data: 27 de outubro (sábado)
Abertura da casa: 20h00
Classificação: 18 anos
Local: Audio
Endereço: Av. Francisco Matarazzo, 694 – Barra Funda – São Paulo – SP
Capacidade da casa: 3.200 pessoas
Acesso para deficientes: sim
Local para alimentação: sim
Wifi: sim
Venda Ingressos: Bilheteria Audio (de segunda a sábado das 13h às 20h)
Site ou aplicativo Ticket360 – https://www.ticket360.com.br/evento/9312/sepultura
Cartões: Visa, Master, Amex, Hipercard






Rock in Rio anuncia primeiras atrações

Organização traz dia dedicado ao metal: IRON MAIDEN, Scorpions, Megadeth e Sepultura em uma noite emblemática

Espaço Favela, nova área do Rock in Rio, também divulga seu primeiro headliner, a banda Canto Cego, da Favela da Maré.

Evento reforça datas oficiais: 27, 28 e 29 de setembro, 3, 4, 5 e 6 de outubro de 2019, na Cidade do Rock, na Barra da Tijuca.

O Rock in Rio vai oferecer não só uma noite para recordar, mas também histórica. Depois de uma edição sem os tradicionais metaleiros na Cidade do Rock, em 2017, a organização do Rock in Rio traz um presente especial aos fãs e anuncia, para 2019, um dia inteiro dedicado a esse gênero musical. Será um revival da primeira edição do evento, em 1985, quando as noites com essas bandas de heavy metal levaram até 300 mil pessoas ao evento. Trinta e três anos depois, com o IRON MAIDEN como headliner, os alemães do Scorpions, os americanos do Megadeth e os brasileiros do Sepultura, o Rock in Rio promete mais uma noite memorável, no dia 4 de outubro. Além do Palco Mundo, o Rock in Rio anuncia seu primeiro nome do Espaço Favela, uma nova área do festival, a banda Canto Cego, formada na Favela da Maré. Estes anúncios marcam o início da contagem regressiva de um ano para o Rock in Rio 2019, que acontecerá nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro de 2019, na Cidade do Rock, na Barra da Tijuca (Parque Olímpico — Av. Salvador Allende, s/n).

Para Roberto Medina, presidente do Rock in Rio, anunciar toda a programação para o Palco Mundo na noite de metal é uma maneira de homenagear essa comunidade de metal, que em 2017, não foi representada. “Para a edição de 2019, começamos nosso booking com o foco neste público, porque eles fazem parte da alma do Rock in Rio quando invadem a Cidade do Rock de preto. Anunciar todas as atrações como este anúncio é como dar um presente para eles”, afirma Medina lembrando que “a reunião destes ícones da música em uma única noite será outro momento histórico que o Rock in Rio proporcionará para quem vai nos visitar. É como assistir a um filme e relembrar uma história que começou com eles há 33 anos”, comenta.

O IRON MAIDEN foi uma das primeiras atrações já anunciadas ao Rock in Rio, tocando na noite de abertura da lendária edição de 1985, em 11 de janeiro. Outras performances inesquecíveis na Cidade do Rock se seguiram quando foram headliner nas edições de 2001 e 2013, quando os 90 mil ingressos foram vendidos em poucas horas. Em outubro de 2019, os britânicos tocam no festival pela quarta vez e vão apresentar o show da sua última turnê Legacy Of The Beast, que está sendo saudada pelos fãs e pela mídia como o show mais extravagante e visualmente impressionante da carreira da banda com um repertório de sucessos de décadas e favoritos dos fãs, incluindo algumas músicas não tocadas ao vivo por muitos anos.

IRON MAIDEN é uma instituição. Ao longo de 43 anos, eles passaram a incorporar um espírito de independência criativa destemida e dedicação feroz aos seus fãs, o que lhes rendeu seguidores que abrangem todas as culturas, gerações e fusos horários. Com mais de 2.000 performances ao vivo, dezenas de milhões de fãs e 16 álbuns de estúdio, IRON MAIDEN é uma das bandas de rock mais influentes e reverenciadas de todos os tempos.

Outra atração neste dia para relembrar e que coincidentemente marcou a história do maior festival de música e entretenimento do mundo, a banda Scorpions também estave lá em 1985, nos dias 15 e 19 de janeiro, e agora eles estão de volta para sua segunda apresentação no Rock in Rio como “special guests”. Dos cinco integrantes, o vocalista Klaus Meine e os guitarristas Rudolf Schenker e Matthias Jabs irão reviver a emoção de um grande público cantando seus maiores sucessos como “Wind of Change”, “Rock You Like a Hurricane” e “The Zoo”. Desde 1965, a banda de hard rock já gravou 19 álbuns de estúdio e vendeu cerca de 160 milhões de cópias em mais de 50 anos e eles ainda têm uma agenda muito ocupada. Em seu currículo, eles têm diversos prêmios, entre eles na categoria Lendas do Rock, no World Music Awards.

Já o Megadeth se apresentou no Rock in Rio II, em 1991, e nesta oitava edição no Brasil, os americanos trazem um carioca entre seus integrantes: o guitarrista Kiko Loureiro, ex-Angra, que ingressou na banda de thrash metal em 2015. O convite veio do vocalista Dave Mustaine, que fundou o Megadeth em 1983. Para esta edição, o Megadeth fará a   Dystopia World Tour, que já passou por vários países. Em seus 34 anos de atividade, o Megadeth foi indicado para 12 Grammys e ganhou em 2017 com a música “Dystopia” na categoria Best Metal Performance. Eles prometem trazer vários sucessos para a Cidade do Rock como o clássico “Symphony of Destruction”.

Abrindo a noite do Palco Mundo, a banda que colocou o Brasil no mapa mundial de Heavy Metal e com extensa carreira internacional, o Sepultura volta ao Palco Mundo reforçando sua longa parceria com os palcos do evento. Presentes em diversas edições do festival, começando pelo Brasil em 1991, assim como nas edições em Lisboa e Las Vegas, o Sepultura, mais uma vez, celebra a noite do metal com os amantes do gênero. Seu mais recente álbum, Machine Messiah, foi lançado em 2017 e alcançou suas melhores posições na Suíça, Alemanha, Áustria, Bélgica e Portugal, sua carreira traduz a excelência de seu trabalho, que começou em 1984, em Belo Horizonte, Minas Gerais. A banda já ultrapassou os 20 milhões de álbuns vendidos.

Espaço Favela já tem sua primeira atração – Banda Canto Cego fecha a noite nesta nova área do evento

Além de todas as atrações de metal do Palco Mundo, a organização do Rock in Rio apresenta o primeiro headliner do Espaço Favela: a banda Canto Cego, que iniciou seu processo criativo há oito anos na favela da Maré e já ganhou palcos do Brasil e de outros países, como a Suíça, quando se apresentou no Montreux Jazz Festival, realizando ainda uma turnê pelo país.

A inspiração do nome Canto Cego, que nasceu em 2010, veio de dentro da Maré, onde o grupo formado por Roberta Dittz, Rodrigo Solidade, Magrão Kovok e Ruth Rosa ensaiou sem parar por mais de dois anos até ganhar corpo para encarar os desafios sombrios que a música propõe. A partir de um misto de poesia e batidas pesadas do rock, eles tinham o objetivo de gerar uma reflexão em quem os ouvisse abordando a dicotomia dos mundos. Sem saber como começar, se inscreviam em festivais, os quais os ajudaram a desbravar o mercado conquistando prêmios, como 1º lugar do Festival de Nova Música Brasileira (2012), e a tocar efetivamente com bandas renomadas como Detonautas, Biquini Cavadão, Ira, Fresno e Ultraje a Rigor em palcos do Rio de Janeiro e de outras cidades do país, como São Paulo, Salvador, Recife, Fortaleza, João Pessoa… Desde então, não parou mais. Agora, chega ao Espaço Favela, do Rock in Rio, ganha holofote e voz para encarar uma plateia de milhares de pessoas. E se estar no festival de Montreux os deixou com o coração fervendo, como eles mesmos relatam, a expectativa para o Rock in Rio será mais um divisor de águas em suas vidas.

“Estamos fazendo uma curadoria de peso nas favelas, buscando conteúdos genuínos de muita qualidade e evidenciando o potencial incrível das comunidades. Queremos mostrar para as bandas que se apresentarão que acima de tudo, elas podem e devem estar ali. São poderosas e só precisam do holofote direcionado corretamente. Porque a voz, eles já têm. As bandas que apresentaremos estão prontas para mostrar seus trabalhos e nós estamos prontos para recebê-las. O Espaço Favela não é um lugar de assistencialismo”, garante Zé Ricardo, diretor artístico do Espaço Favela e do Palco Sunset.

Com cenografia lúdica e bem colorida, o Espaço Favela vai levar para a Cidade do Rock toda a cultura artística e capacidade empreendedora das comunidades do Rio de Janeiro. Uma curadoria de bons talentos que vem destes locais, mas que muitas vezes não tem tanta representatividade, vai dar voz a esta parte da população. Curador artístico do palco, Zé Ricardo, fez uma busca dentro das favelas do Rio de Janeiro para trazer ao festival toda a diversidade e potências culturais que existem por lá. O público terá a oportunidade de conferir apresentações de orquestra, artistas dos mais variados ritmos deste MPB até Funk, além de declamações de poesia e dança.

“A música tem poder de transformação e é isso que será reforçado no espaço. Dentro das comunidades existe arte e uma grande economia criativa. É preciso dar voz ao artístico e abrir este diálogo com a população como um todo”, conta Zé Ricardo.

O Espaço Favela contará ainda com bares, escolhidos por meio de uma parceria com o Sebrae, em uma cenografia deslumbrante que, em dimensões, pode ser considerada maior que o Palco Mundo.

Em breve novos nomes serão anunciados nos canais oficiais do evento, mas pelo ponto de partida, o público pode esperar mais uma edição inesquecível em 2019.  Em breve serão também anunciadas as informações sobre a venda antecipada do Rock in Rio Card, que será realizada em novembro ainda desse ano.

Sobre o Rock in Rio

O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo. Criado em 1985 e com 33 anos de vida, é parte relevante da história da música mundial. O evento já soma 19 edições, 112 dias e 2.038 atrações musicais. Ao longo destes anos, mais de 9,5 milhões de pessoas passaram pelas Cidades do Rock. Nas redes sociais, os números da edição de 2017 são bem impactantes. São 143 milhões de pessoas alcançadas por conversas espontâneas sobre o Rock in Rio e 41,9 milhões de visualizações de vídeos nas redes do festival somente durante os dias de evento.

Nascido no Rio de Janeiro, o Rock in Rio conquistou não só o Brasil como, também, Portugal, Espanha e Estados Unidos, sempre com a ambição de levar todos os estilos de música aos mais variados públicos.

Muito mais que um evento de música, o Rock in Rio pauta-se também por ser um evento responsável e sustentável.  Em 2001, por meio do projeto social “Por um mundo melhor”, assumiu o compromisso de conscientizar as pessoas para o fato de que pequenas atitudes no dia a dia são o caminho para fazer do mundo um lugar melhor para todos. Em 2013, o Rock in Rio recebeu a certificação da norma ISO 20121 – Eventos Sustentáveis, um reconhecimento do poder realizador da marca que desenvolve diversas ações com vista à construção de um mundo melhor, como a criação de 212,5 mil empregos diretos e indiretos no total das 19 edições, e mais de R$ 100 milhões investidos em causas socioambientais e a construção de um legado positivo para as cidades onde o evento é realizado. Em 2016, foi anunciado o projeto socioambiental do Rock in Rio Amazonia Live, que estará presente nas edições do festival até 2019 em todos os países onde o evento é realizado. Com o projeto, já foram angariadas mais de 73 milhões de árvores por meio de doações.

Mais informações:
http://rockinrio.com/






Setembro Negro Fest: Programa Pegadas de Andreas Kisser faz especial do festival que acontece na semana que vem

Na semana que vem acontece a volta de um dos festivais mais tradicionais do Brasil; o Setembro Negro, que depois de um hiato, chega em sua 12ª edição, e acontece nos dias 29 (sábado) e 30/09 (domingo), no Carioca Club (R Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – Sao Paulo/SP)

O cast do festival contará com as bandas Aeternus, Enthroned, Human Atrocity, Morbid Saint, Schirenc Plays Pungent Stench, Purgatory, Razor, Vulcano, At The Gates, Manger Cadavre?, Wolfbrigade, Amen Corner, Decomposed God, Taake, Infested Blood e Coven.

O programa Pegadas de Andreas Kisser da 89FM, apresentou um especial sobre o festival. O guitarrista do Sepultura e seu filho Yohan Kisser, destacaram a importância do Setembro Negro. Ouça, aqui:

https://soundcloud.com/user-912278236/pegadas-09-09-18-especial-setembro-negro-fest

Para mais informações sobre o Setembro Negro, siga a página do evento no Facebook:

https://www.facebook.com/events/2045030379098810/

SERVIÇO: 12ª Edição FESTIVAL SETEMBRO NEGRO
Dias: 29 e 30 de Setembro (Sábado e domingo)
Local: Carioca Club Pinheiros (R Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – São Paulo/SP)
Tel. (11) 3813-8598 / www.cariocaclub.com.br

PROGRAMAÇÃO:

Sábado (29/09)
13:00 – ABERTURA PORTAS
14:00 – 14:30 – HUMAN ATROCITY (30”)
14:45 – 15:20 – INFESTED BLOOD (35”)
15:35 – 16:15 – PURGATORY (40”)
16:30 – 17:10 – AETERNUS (40”)
17:25 – 18:10 – TAAKE (45”)
18:25 – 19:15 – VULCANO (50”)
19:30 – 20:30 – RAZOR (60”)
20:45 – 21:55 – COVEN (70”)

Domingo (30/09)
14:00 – ABERTURA PORTAS
15:00 – 15:30 – MANGER CADAVRE (30”)
15:45 – 16:20 – DECOMPOSED GOD (35”)
16:35 – 17:15 – AMEN CORNER (40”)
17:30 – 18:10 – ENTHRONED (40”)
18:25 – 19:10 – MORBID SAINT (45”)
19:25 – 20:15 – SCHIRENC PLAYS PUNGENT STENCH (50”)
20:30 – 21:30 – WOLFBRIGADE (60”)
21:45 – 22:55 – AT THE GATES (70”)

INGRESSOS:
http://www.clubedoingresso.com/setembronegrofestival

Página oficial do festival: www.facebook.com/SetembroNegroFestival

Página oficial da Tumba Produções: www.facebook.com/tumbaproductions

E-mail: tumbaprod@uol.com.br

Páginas relacionadas:
www.facebook.com/TheOfficialCoven/
www.facebook.com/AtTheGatesOfficial/
www.facebook.com/RazorThrashBand/
www.facebook.com/lycanthropunks/
www.facebook.com/Schirenc.Plays.Pungent.Stench/
www.facebook.com/taakeofficial/
www.facebook.com/Frater.Silurian/
www.facebook.com/morbidsaintofficial/
www.facebook.com/VULCANOMETAL/
www.facebook.com/Aeternusofficial/
www.facebook.com/AMEN-CORNER
www.facebook.com/decomposedgodofficial/
www.facebook.com/mangercadavre/
www.facebook.com/Purgatory666/
www.facebook.com/infested.blood/
www.facebook.com/humanatrocityband/
www.facebook.com/lpmetalpress/
www.facebook.com/SetembroNegroFestival
www.facebook.com/tumbaproductions






Clássico do Korzus ganha versão em vinil vermelho, 180 gramas lançado pelo selo da Monstros Discos

Depois do estrondoso sucesso da versão em vinil do A Sétima Efervescência, do Júpiter Maçã, a Monstro Discos lança mais um álbum da sua chamada “Série Ouro”. Dessa vez, é um clássico do metal nacional, Ties of Blood, do Korzus, que ganha uma versão luxuosa, em vinil vermelho, 180 gramas e com capa gatefold!

Lançado originalmente em 2004, Ties of Blood é um dos discos mais aclamados do Korzus e um dos álbuns responsáveis pela consolidação do thrash metal no Brasil.

Poderoso, enérgico e técnico, o disco traz ainda participações especiais bem interessantes, como Hélcio Aguirra (Harppia e Golpe de Estado), Andréas Kisser (Sepultura), João Gordo e Boka (Ratos de Porão) e André Matos (Shaman, Angra), em uma participação muito curiosa na música Evil Sight, onde ele arrisca um vocal mais gutural, totalmente diferente de tudo que já fez.

Entre os destaques do disco estão Guilty Silence, a primeira faixa, na qual Marcello Pompeu aparece com um vocal muito poderoso e inteligível, não se limitando a urrar, mas também a interpretar. “E isso está presente em todas as músicas, lembrando muito Tom Araya no auge do Slayer, da época do Reign in Blood”, afirmou Ewerton Laraia, no site Whiplash. “O disco continua soberbo em faixas como What are You Looking for e Never Get Me Down, com um show de riffs de guitarra da dupla Heros Trench (é um absurdo o que esse cara toca!) e Silvio Golfetti”, completou o crítico.

No mesmo site, uma outra análise diz que “o Korzus investe neste lado mais técnico e inova com solos bem trabalhados e duelos de guitarra”. “A cozinha formada pelo veterano Dick Siebert e o novato Rodrigo Oliveira é maravilhosa, com uma pegada que eu não via há anos na cena thrash nacional”, destacava ainda Bruno Sanchez.

Já a análise da Roadie Crew, feita por Ricardo Batalha e Ricardo Campos, afirmava que “Ties Of Blood apresenta um Korzus revigorado e em sua melhor fase”.

Na época de seu lançamento, Ties of Blood recebeu outras grandes avaliações de críticos e do público e figurou nas listas de melhores do ano de algumas das principais publicações do País.

Agora, o álbum ganha uma versão inédita em vinil vermelho, 180 gramas, remasterizado e com capa gatefold, para dar ainda mais destaque à capa e ao encarte. O disco já está disponível numa pré-venda, com preço promocional e entrega prevista para 25 de outubro, pelo site da Monstro (www.lojamonstro.com.br).






RESENHA: Berti Rock Fest

Por: Mila Pinheiro

Mais em casa do que nunca!!!

No último Sábado, dia 20, rolou a terceira edição do Berti Rock Fest. Um festival com várias bandas sacudindo a tenda de eventos de Bertioga, litoral de São Paulo.

As bandas Torre 47, Atitude Caiçara, Luau Eletro, Aphophanous, Duo Man’s e Mr Jaw agitaram a galera até as 23hs com sons que iam desde autoral com qualidade até clássicos do rock ao som de violão e violino!!!

O clima do fest era de respeito tanto no palco quanto com os fãs. A estrutura muito bem organizada contava com espaço vip para cadeirantes e fãs portadores de necessidades especiais.

Teve fã que viajou de moto do Rio de Janeiro até Bertioga para ver o show!!!

Por volta da meia noite, Claustrofobia subiu ao palco, o show foi simplesmente destruidor. Rolou participação especial de Andreas Kisser na faixa “Curva” e os fãs foram á loucura. Em determinado momento no show, vi um dos fãs, ajoelhado no chão, chorando e cantando sem acreditar que estava ali!

Kisser Clan fechou o festival com grandes sucessos do metal. Yohan definitivamente mostrou que é herdeiro legítimo de toda o talento e toda a competência de Andreas.

O fim da noite nada mais foi do que as duas bandas juntas no palco tocando “Rock And Roll All Nite” do Kiss e levando os fãs ao delírio numa noite que simplesmente ficou pra história de Bertioga!

Fotografia: Mila Pinheiro Audiovisual
Divulgação: Underground’s Voice (Portugal), Ponto ZerØ e Big Rock n’ Roll.






Pegadas de Andreas Kisser: Assista/ouça programa com líder da Dorsal Atlântica

O programa Pegadas de Andreas Kisser da 89FM, apresentou no último domingo (14/01), uma entrevista ao vivo com o líder da Dorsal Atlântica, Carlos Lopes, que está lançando o novo álbum, “Canudos”. O músico estava recluso nos últimos tempos, mais concentrado em seus trabalhos, como o disco, e a revista em quadrinhos, que conta a história da banda, por sinal, uma das mais importantes do Heavy Metal/Thrash brasileiro. Por isso, ele estava há exatos 10 anos sem aparecer em SP, o que tornou o papo muito interessante.

Confira o vídeo com a entrevista na integra, já que foi transmitido no Facebook do programa: (com os comentários enquanto rolavam as músicas!)

https://youtu.be/WcfT2-bSTjU

E para quem quiser conferir o áudio, com as músicas – que foi apresentado no programa, pela rádio, ouça, aqui:

https://soundcloud.com/user-912278236/pegadas-14-01-18-entrevista-com-carlos-lopes-dorsal-atlantica

O programa Pegadas de Andreas Kisser está em seu sexto ano, e vai ao ar todos os domingos, na 89FM, das 19h às 20h – quando o programa é ao vivo, tem transmissão em vídeo pelo Facebook.  Por lá, já passaram inúmeras bandas e personalidades, como Anthrax, Dave Lombardo, Warrel Dane, Zé do Caixão, Chakal, Angra, Torture Squad, Krisiun, Ghost, etc.

https://www.facebook.com/pegadasdeandreaskisser/






Pegadas de Andreas Kisser: Ouça músicas novas do Drowned e entrevista com Obituary

O programa dessa semana do Pegadas de Andreas Kisser da 89FM, apresentou entrevistas com as bandas Drowned, Project 46 e Obituary.

O Drowned apresentou em primeira mão, duas músicas que estarão em seu novo álbum, “Seven”, que será lançado em 2018.

Já o Obituary, teve um bate-papo com Andreas Kisser, através de seu baterista, Donald Tardy, que falou sobre a expectativa de tocar no Brasil (em SP eles tocam no sábado, 18/11, no Fabrique Club (R. Barra Funda, 1075, na Barra Funda).

Outro que estava de trabalho novo é o Project 46, que lançou nessa sexta seu novo álbum, “Três”.

Ouça o programa que rolou no dia 12/11, aqui:
https://soundcloud.com/user-912278236/pegadas-12-11-17-drowned-donald-tardy-obituary-e-project-46

O programa Pegadas de Andreas Kisser vai ao ar todos os domingos na 89FM, às 19h. Você pode acompanhar de qualquer canto do mundo em www.radiorock.com.br

Como o programa também rolou “ao vivo”, rolou uma ‘Live’ no Facebook, que pode ser conferida na integra, aqui:
https://www.facebook.com/pegadasdeandreaskisser/videos/1958869361035031/






Resenha: GOLPE DE ESTADO na Clash Club em SP

Por: Camilo Ribeiro

Eram 19:45, quando a lendária banda do hard rock nacional GOLPE DE ESTADO foi anunciada e subiu ao palco da Clash Club para a gravação do CD de 30 anos de carreira!

Logo de cara já tivemos a primeira e justa “participação”… A guitarra do eterno Hélcio Aguirra foi reverenciada e cuidadosamente colocada no palco para que pudesse participar desse momento tão especial. Enquanto alguns diziam que a sua Tagima Telecaster deveria ir para o museu, outros suplicavam para que o destino fosse um leilão ou loja, mostrando imenso interesse em ter esta preciosidade.

Músicos em ação com um set list de 21 músicas, começou a rajada de clássicos! Desde músicas como “Undergroud” e Olhos de guerra” do primeiro álbum de 1986, passando por “Hoje é noite de balada” e “ Velha mistura”, fazendo o público delirar… Até “Feira do rato”, esta do álbum “Direto do fronte”, lançado em 2012.

O publico tinha todas as letras na ponta da língua e a lealdade esperada… Não decepcionou!

As participações anunciadas de Catalau, Andreas Kisser entre outros já conhecidos do público pela história com a banda, enriqueceram o registro e certamente a síntese dos 30 anos de vida do time foram bem representados na gravação.

Agradecemos ao Luciano Piantonni por ceder as credenciais para a cobertura deste show! Infelizmente não poderemos publicar fotos do evento, pois ao retornar do evento, todo equipamento fotográfico do nosso colaborador Felipe Domingues foi roubado, sobrando apenas a foto abaixo que foi compartilhada com os demais colaboradores de Ponto ZerØ.






Golpe de Estado: Gravação de CD amanhã em SP, com presença de convidados especiais

Amanhã (10/06), o Golpe de Estado fará um show especialíssimo na Clash Club, em São Paulo. O show terá a participação dos ex-vocalistas Catalau, Rogério Fernandes, do tecladista Mateus Schanoski, e dos guitarristas, Andreas Kisser (Sepultura) e Luiz Carlini (Tutti Frutti).

Na ocasião o Golpe irá gravar um CD ao vivo, comemorativo de 30 anos – e é provável que também façam algo em vídeo!

Assista um trecho do ensaio que rolou nesta quinta (08/06), com Andreas Kisser:

https://www.facebook.com/bandagolpedeestado/videos/1707416165953605

Assista o vídeo onde a banda (e alguns dos convidados!) convidam os fãs para essa grande festa:

https://www.youtube.com/watch?v=7F5MQYcOqoQ&feature=share

Para mais informações, siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/1610853152290554/

O Golpe estará apresentando seu novo vocalista, o renomado João Luiz (Casa das Máquinas e ex-King Bird). Além dele, completam a formação, Marcello Schevano (guitarra, Carro Comba), Nelson Brito (baixo e membro da formação original) e Roby Pontes (bateria)

Curta a página da banda no Facebook:
https://www.facebook.com/bandagolpedeestado/
https://www.facebook.com/fcgolpedeestado/

SERVIÇO:
Golpe de Estado – Show de gravação do CD ao vivo, de 30 anos!
Participações de Andreas Kisser, Catalau, Rogerio Fernandes e Mateus Schanoski.
Dia: 10/06 (Sábado)
Horário: 19h00
Local: Clash Club (Rua Barra Funda, 969, São Paulo – próximo ao Terminal Barra Funda)
Ingressos: (veja os preços!)
https://www.clubedoingresso.com/index.php?route=product/product&product_id=1864






Golpe de Estado: Banda divulga vídeo convidando para o show de sábado

No próximo sábado (10/06), o Golpe de Estado fará um show especialíssimo na Clash Club, em São Paulo. O show terá a participação dos ex-vocalistas Catalau, Rogério Fernandes, do tecladista Mateus Schanoski, e dos guitarristas, Andreas Kisser (Sepultura) e Luiz Carlini (Tutti Frutti).

Não ocasião o Golpe irá gravar um CD ao vivo, comemorativo de 30 anos – e é provável que também façam algo em vídeo!

Assista o vídeo onde a banda (e alguns dos convidados!) convidam os fãs para essa grande festa:

Para mais informações, siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/1610853152290554/

O Golpe estará apresentando seu novo vocalista, o renomado João Luiz (Casa das Máquinas e ex-King Bird). Além dele, completam a formação, Marcello Schevano (guitarra, Carro Comba), Nelson Brito (baixo e membro da formação original) e Roby Pontes (bateria)

Curta a página da banda no Facebook:
https://www.facebook.com/fcgolpedeestado/

SERVIÇO:
Golpe de Estado – Show de gravação do CD ao vivo, de 30 anos!
Participações de Andreas Kisser, Catalau, Rogerio Fernandes e Mateus Schanoski.
Dia: 10/06 (Sábado)
Horário: 19h00
Local: Clash Club (Rua Barra Funda, 969, São Paulo – próximo ao Terminal Barra Funda)






Golpe de Estado confirma participação de Andreas Kisser em show de gravação de CD

Sábado, 10/06, o Golpe de Estado fará um show especialíssimo na Clash Club, em São Paulo. Além das presenças dos ex-vocalistas Catalau, Rogério Fernandes e do tecladista Mateus Schanoski, eles acabam de confirmar um dos maiores guitarristas do Brasil, Andreas Kisser (Sepultura).

Não ocasião estarão gravando o CD ao vivo, comemorativo de 30 anos – é provável que façam algo em vídeo, também!

Siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/1610853152290554/

Andreas Kisser acaba de retornar de uma tour nos EUA, onde o Sepultura foi co-headliner ao lado do Testament, tendo o Prong como banda suporte. Foram quase dois meses direto. Antes o Sepultura havia feito uma tour de um mês e meio na Europa, com as bandas Kreator, Soilwork e Aborted, com a maioria dos shows, sold out. Eles estão divulgando o aclamado novo álbum, “Machine Messiah”.

Ano passado o Golpe fez algo parecido na Clash Club, lotada, com a presença de convidados especiais, emocionando os fãs com seus clássicos e a presença de Catalau.

O Golpe estará apresentando seu novo vocalista, o renomado João Luiz (Casa das Máquinas e ex-King Bird). Além dele, completam a formação, Marcello Schevano (guitarra, Carro Comba), Nelson Brito (baixo e membro da formação original) e Roby Pontes (bateria)

Curta a página da banda no Facebook:
https://www.facebook.com/fcgolpedeestado/

SERVIÇO:
Golpe de Estado – Show de gravação do CD ao vivo, de 30 anos!
Participações de Andreas Kisser, Catalau, Rogerio Fernandes e Mateus Schanoski.
Dia: 10/06 (Sábado)
Horário: 19h00
Local: Clash Club (Rua Barra Funda, 969, São Paulo – próximo ao Terminal Barra Funda)

Ingressos:
Clube do Ingresso
http://www.clubedoingresso.com/golpedeestado?keyword=golpe%20de%20estado
(valores no link!)






Pegadas de Andreas Kisser: Ouça entrevista com os belgas do Aborted

Em turnê com o Sepultura na Europa (com Kreator, Aborted e Soilwork), Andreas Kisser bateu um papo com o belga, Sven De Caluwé, vocalista e líder do Aborted.

O programa foi exibido no último domingo, 26/02, na 89FM.

O Aborted está divulgando seu mais recente trabalho, “RetroGore”, uma verdadeira aula de ‘brutal death metal’.

Ouça a entrevista, aqui:
https://soundcloud.com/89radiorock/pegadas-de-andreas-kisser-26-02-17

O Pegadas de Andreas Kisser vai ao ar todos os domingos na 89FM (quem não está em São Paulo, também pode acompanhar pelo www.radiorock.com.br)

No próximo domingo (05/03), o programa apresentará entrevista com a lendária banda de thrash metal suíça, Poltergeist. Ouça e concorra a prêmios!

Para mais informações:
https://www.facebook.com/pegadasdeandreaskisser/






Claustrofobia lança composição em parceria com Andreas Kisser

10

A banda Claustrofobia, um dos principais nomes da história do heavy metal brasileiro, acaba de lançar “CURVA”, música que traz participação efetiva de Andreas Kisser, guitarrista do Sepultura, e faz parte do tracklisting do tão aguardado novo álbum “DOWNLOAD HATRED”. Este trabalho produzido e mixado pelo renomado Russ Russell (Napalm Death, Dimmu Borgir, The Exploited, Amorphis, New Model Army, Lock Up, entre outros), já tem distribuição pela gravadora canadense PRC Music nos EUA, Canadá, Japão e Rússia, e no Brasil, via Die Hard Records.

Existem certas amizades que são tão fortes, verdadeiras e sinceras, que apenas o simples fato de procurar o melhor boteco para aquela resenha descontraída, acaba rendendo algo muito mais poderoso e criativo do que se pode imaginar.

É justamente em uma história como esta que a banda Claustrofobia, em parceria com ilustríssimo Andreas Kisser, guitarrista do Sepultura, compuseram “CURVA”, música que faz parte do tracklisting oficial do tão aguardado novo álbum “DOWNLOAD HATRED”, que já tem distribuição pela gravadora canadense PRC Music nos EUA, Canadá, Japão e Rússia, e no Brasil, via Die Hard Records.

“CURVA” tem todas as características de uma clássica composição do Claustrofobia, com o toque de um dos grandes heróis do heavy metal mundial. Esta composição, cantada em português, acaba de ser disponibilizada nas principais plataformas como Deezer, iTunes, Spotfy, OneRPM e Google Play, via Wikimetal.

Deezer: http://www.deezer.com/album/13942602
iTunes: https://itunes.apple.com/br/album/curva-feat.-andreas-kisser/id1149657027
Spotfy: https://open.spotify.com/album/4Hc4qPY4YYjAyjjteYh0C4
OneRPM: https://onerpm.com/disco/album&album_number=9281557680
Google Play: https://play.google.com/store/music/album/Claustrofobia_Feat_Andreas_Kisser_Curva?id=Blahquxopwfen7c6n2ze7rss5f4&hl=en

Os músicos aproveitaram que já estavam com o estúdio e o renomado produtor inglês Russ Russell agendado, para este novo disco e não perderam tempo para incluir essa nova faixa, que foi composta totalmente do zero, com apenas dois ensaios, em formato de jam, assim nasceu a música.  Andreas registrou oficialmente todos os solos e suas partes características, no mais puro clima “Chaos A.D”. A letra foi escrita praticamente numa tacada só, dentro do estúdio, relatando o acontecimento do dia com uma reflexão irônica da situação de que todo mundo pode ser um “Curva”, dependendo do contexto.

Andreas Kisser comentou sobre como surgiu toda a ideia. “‘CURVA’ surgiu da amizade e admiração mútua. Numa conversa de bar tomando umas cervejas, falando de metal e dos ‘nóia’ que aparecem nas mesas discursando suas vidas e do cotidiano em geral. Foi tudo muito natural e simples. Fomos ao estúdio e num clima de jam escrevemos a música juntos. Estou muito feliz em fazer parte deste novo trabalho do Claustro, que está matador, um dos grandes lançamentos do ano!! DESTROY!”.

Andreas é um raro exemplo de que quando você conhece um ídolo pessoalmente se torna ainda mais fã e não o contrario. É uma honra, um enorme privilégio ter este cara ao nosso lado, interagindo musicalmente e de forma natural, sem forçar a barra ou algo assim, ainda mais que a atitude de gravarmos essa música partiu dele. Com certeza, essa é a música mais preciosa de toda nossa carreira”, declarou o frontman Marcus D’Angelo.

O baterista Caio D’Angelo também FALOU sobre o processo de gravação. “A composição fluiu naturalmente, as ideias bateram e os ritmos de bateria foram se encaixando perfeitamente nos riffs de guitarra, o que resultou nessa grande obra pro Metal Nacional, que é um dos pontos altos do novo disco! 100% Brasil, 100% Malokero! Agradeço ao Andreas pela humildade, inspiração e grande influência”.

“DOWNLOAD HATRED” é o sexto disco da carreira de Claustrofobia. Este trabalho tem previsão de lançamento para a segunda quinzena de setembro via Die Hard, no Brasil, e em outubro, na América do Norte, pela gravadora canadense PRC MUSIC.

O álbum foi produzido e mixado pelo renomado Russ Russell, famoso por já ter trabalhado ao lado de nomes como Napalm Death, Dimmu Borgir, The Exploited, Evile, The Berzerker, Leng Tch’e, Amorphis, New Model Army, Lock Up, entre outros. O produtor inglês veio exclusivamente ao Brasil para atender a banda e acabou acrescentando toques às 10 composições, que são tão “sutis” como um trem em alta velocidade passando por uma pacata cidade do interior. A masterização ficou por conta do norte-americano Brendan Duffey, na Califórnia (EUA).

Toda arte foi idealizada pelo pintor e ilustrador japonês Toshihiro Egawa. O designer é um dos mais concorridos e requisitados deste mercado e já fez vários trabalhou para bandas de mais de 20 países diferentes como Suicide Silence, Krisiun, Heaven Shall Burn, Cryptopsy, Massacre, Vomitory, entre outras.

Ouça já as novas “PAULADA” e “Falling Appart” em https://www.youtube.com/watch?v=nG5GixwRtlA.

Escute “GENERALIZED WORLD INFECTION”, que tem participação de Moyses Kolesne, guitarrista do Krisiun, em https://www.youtube.com/watch?v=P_o-zNnjdxY.

Desde 1994, o Claustrofobia tem seguido a mesma proposta, independente de tendências, transitando do mais sujo underground aos palcos mainstream, com o mesmo respeito e atitude. Já dividiram o palco com grupos consagrados, como Sepultura, Raimundos, Destruction, Napalm Death, Krisiun, Brujeria, In Flames, Ratos de Porão, Paul Di’Anno, Soulfly e Edy Rock e KL Jay (Racionais MC’s). Disco após disco, show após show, o grupo cresceu e tem desenvolvido uma legião fiel de fãs, que faz questão de mostrar a paixão que sente pelo grupo.

Produtores interessados em contratar o espetáculo de Marcus D´Angelo (vocal/guitarra), Douglas Prado (guitarra), Daniel Bonfogo (baixo) e Caio D´Angelo (bateria) devem enviar e-mail paracontato@claustrofobia.com.br.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/claustrofobiaofficial
https://www.facebook.com/andreaskissercombr
https://www.facebook.com/Wikimates
https://www.facebook.com/wikimetalmusic
https://www.facebook.com/prcmusiccanada
https://www.facebook.com/Die-Hard-Records-170964832970139
http://www.viabilizamusic.com.br
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR






Andreas Kisser entrevista Capadocia na 89 FM

O Capadocia, um dos nomes da nova safra de bandas do metal nacional, recentemente concedeu entrevista ao “Pegadas de Andreas Kisser”, programa de rádio voltado aos fãs de rock/metal/hardcore em parceria com a tradicional 89 FM – A Rádio Rock.

Nesta oportunidade, Baffo Neto (vocal) e Marcio Garcia (guitarra) bateram um papo descontraído com Andreas e seu filho Yohan Kissser sobre o lançamento de seu primeiro álbum de estúdio “Leader’s Speech”, relembraram o começo de carreira, primeiros shows e outras curiosidades do grupo.

O programa irá ao ar neste domingo, 05 de julho á partir das 19h e pode ser ouvido pela frequência de rádio 89.1 ou para todo Brasil online no site:

http://www.radiorock.com.br/

Facebook oficial: https://www.facebook.com/Capadociaband






Eyes Of Gaia: Entrevista no programa Pegadas de Andreas Kisser neste domingo

O quinteto Eyes Of Gaia estará no próximo programa, “Pegadas de Andreas Kisser”, que será exibido neste domingo, 26/04, na 89FM (SP), às 19h.

Na ocasião, o grupo – representado por Mario Kohn, Bruno Tourino e Betto Cardoso – fala sobre o excelente momento da banda, e de seu recém lançado, álbum de estreia, “The Power Of Existence” (produzido por Edu Falaschi e Tito Falaschi), com músicas desse trabalho, que serão exibidas durante o programa.

Ouça e concorra a CDs “The Power Of Existence”.

O “Pegadas de Andreas Kisser” é apresentado por Andreas Kisser e seu filho, Yohan Kisser, e está no ar há dois anos, todos os domingos, às 19h.

Quem não quiser ouvir pela rádio, ou não for de São Paulo, pode acompanhar pelo site: www.radiorock.com.br

Além do Eyes Of Gaia, o programa desse domingo, traz entrevista com a veterana banda, Anthares, que divulga seu recém lançado, “O Caos da Razão”.

O Eyes Of Gaia é formado por Mário Kohn (vocais), Bruno Tourino (guitarra), Paulo Virtuoso (guitarra), Rodolfo Liberato (baixo) e Betto Cardoso (bateria).

Acompanhe o Eyes Of Gaia em seus canais oficiais:
www.eyesofgaiaofficial.com
www.facebook.com/eyesofgaiaoficial
www.youtube.com/eyesofgaiaofficial
www.twitter.com/eogofficial
www.soundcloud.com/eyesofgaiaofficial