Tag Archives: Ase Music

Joppa: a aura obscura do single ‘Elephant’s Paw’

Brasileiros radicados em Nova York lançam segundo single

Crédito: Clever Balázs Sangalaza

A banda Joppa, que conta com Joppa (vocal), André Vasconcelos (guitarra), Apoena (baixo), Vinny (bateria) e João Nogueira (teclado), músicos brasileiros radicados em Nova York, estreou com o single “Stonehead” e agora apresenta “Elephant’s Paw”. O líder e vocalista Joppa descreve que seu objetivo é “fazer músicas que tenham uma sonoridade obscura”. Assim, a musicalidade pode ser descrita como um rock/metal diversificado, com referências desde bandas mais tradicionais, passando pelo som industrial, psicodélico, stoner e chegando até o doom, o progressivo e, ainda, com nuances inspiradas no black metal. “Além de Black Sabbath, All Them Witches, The Black Angels, Darkthrone, Ty Segall, Electric Wizard e outros grupos, estilos como Dark Ambient e Dungeon Synth também servem de inspiração para as minhas composições”, revelou o vocalista e compositor.

Confira o single “Elephant’s Paw” em https://youtu.be/j4hdXwN_aIs

Com música e letra de Joppa, o single foi gravado no Ghidra Studios, em Nova York, tendo produção a cargo de Apoena e André Vasconcelos, e mixagem/masterização por Apoena. “Elephant’s Paw traz uma sonoridade de rock e metal, focada no peso da guitarra e no groove da bateria, mas, ao longo dela, os teclados vão tomando mais espaços e deixando-a mais indefinida, até chegarmos na sessão final, que é mais expansiva e não tem groove algum”, explicou Joppa.

Até o final de 2017 Joppa vivia em Boston, mas, após conflitos de diferenças na visão musical, acabou deixando sua antiga banda e se mudou para Nova York, onde conseguiu se reorganizar. Obteve o apoio artístico de João Nogueira, um dos principais músicos brasileiros ativos na cena de rock americana. Líder do Stone Giant, com o qual teve duas passagens no festival Lolapalooza, também integra o The Claypool Lennon Delirium, liderado por Les Claypool (Primus) e Sean Lennon, que atualmente promove o álbum “South of Reality”.

Joppa, então, integrou à sua banda o produtor e baixista Apoena (RANN) e André Vasconcelos (RANN), eleito um dos melhores guitarristas de Nova Iorque pela publicação Behind The Scenes NYC. Para a bateria o grupo optou por algo diferente e convidou um guitarrista, Vinny, como prova de que a preocupação maior era com o bom gosto nas escolhas e a objetividade na performance, qualidades que Vinny domina também na bateria.

Site relacionado: https://www.joppaband.com

Ouça no Spotify em https://is.gd/FwSLaW


Faces Of Death apresenta lyric video para ‘Priest From Hell’

Letra mostra indignação às instituições que enganam fiéis, vendendo o medo e aproveitam momentos de fragilidade das pessoas

Foto: Davi Oliveira

O trio paulista Faces Of Death, que atualmente encontra-se em processo de composição do sucessor de “From Hell”, apontado como um dos destaques de 2018 pela imprensa especializada no metal, apresenta o lyric video para a faixa “Priest From Hell”. “O designer José Marcos nos presenteou com este lyric video. Ele entendeu o recado que queríamos passar, pois não concordamos com esta lavagem cerebral que as instituições religiosas fazem com os fiéis. A música representa um grito de revolta contra a imposição do pensamento vigente que aprisiona e escraviza a mente humana de modo geral. A letra é nada mais que uma forma de mostrar a indignação às instituições que enganam os fiéis vendendo o medo e aproveitando de momentos de fragilidade das pessoas”, explicou Laurence Miranda. “Minha influência veio do disco ‘Gods of Violence’, do Kreator. E o ‘Sacerdote do Inferno’, como aponta o título, são os padres, pastores e todos que, de alguma forma, enganam as pessoas para tirar dinheiro delas”, acrescentou o vocalista e guitarrista.
 
Veja o lyric video de ‘Priest From Hell’ em https://youtu.be/XP7iISS-Udk
 
O designer José Marcos contou como resolveu homenagear o Faces of Death com o lyric video. “Escuto metal desde a adolescência e como a banda Faces of Death passa a energia e a força que sempre admirei e curti neste padrão musical. Assim, com o conhecimento que adquiri, achei que poderia criar algo que passasse o sentimento que tenho quando escuto suas músicas. É uma  homenagem de quem curte e admira muito o trabalho da banda.”
 
O canal do YouTube do Faces of Death também conta com o lyric video para “King of Darkness” e o clipe de “Fucking Human Gods”, além do clipe para a versão de “Black Magic”, clássico do Slayer, lançado recentemente. “O Slayer sempre nos inspirou a tocar. Como já tocamos ‘Black Magic’ em nossos shows, decidimos fazer esta homenagem para agradecer o que a banda representa para nós e para todos que tocam thrash metal”, concluiu Laurence Miranda.
 
Faces of Death
Criado na cidade de Pindamonhangaba (SP) em 1990, o Faces of Death logo chamou a atenção com seu thrash metal. Na época, o grupo soltou duas demos, mas não chegou a gravar um registro oficial. Após quase duas décadas inativo, retomou as atividades em 2016 e passou a tirar o atraso, lançando o EP “Consummatum Est” (2017) e o debut, “From Hell”, em 2018. Laurence Miranda (vocal e guitarra), Felipe Rodrigues (guitarra), Sylvio Miranda (baixo) e Sidney Ramos (bateria) seguem compondo músicas novas para lançar o segundo álbum, sucessor de “From Hell”, em 2020.


 
Site relacionado: www.facebook.com/facesofdeathband
 
Contato para shows e merch: facesofdeath@hotmail.com

Tank: show no Manifesto Bar reagendado para dezembro

Turnê do lendário grupo inglês de heavy metal pela América do Sul passa de agosto para dezembro

O grupo inglês Tank, que surgiu na fase da New Wave of British Heavy Metal e tinha ligação direta com o Motörhead, retornará ao Brasil. Em São Paulo, o show, que ocorreria em 18 de agosto no Manifesto Bar, foi reagendado para o dia 7 de dezembro (sábado), coincidindo com as novas datas da turnê pela América do Sul, que será mais extensa. “Estamos ansiosos para voltar ao Brasil com esta formação para apresentar um repertório que será matador”, disse o guitarrista Mick Tucker. “O lado bom da mudança de data é que poderemos apresentar para vocês alguma música nova, inédita, que fará parte de nosso novo álbum”, acrescentou.

Atualmente, a banda trabalha no sucessor “Re-Ignition”, disco de regravações que marcou a estreia em estúdio do vocalista David Readman (Pink Cream 69) ao lado de Mick Tucker e Cliff Evans (guitarras), Randy van der Elsen (baixo) e Bobby Schottkowski (bateria, ex-Sodom). “Re-Ignition” traz novas roupagens para clássicos como “(He Fell in Love With A) Stormtrooper”, “Shellshock” (com participação de Dani Filth, do Cradle of Filth), “This Means War”, “Honour and Blood”, “Blood, Guts and Beer”, “W.M.L.A.”, “Echoes of a Distant Battle”, “Power of the Hunter” (com a presença de Tom Angelripper, do Sodom) e “The War Drags Ever On”.

Veja a nova versão de “W.M.L.A. (Wasting My Life Away)”, originalmente de “Honour & Blood” (1984), em https://youtu.be/3dTbWCBcJGI

“Eu sei que eles não eram estritamente parte de tudo aquilo (NWOBHM), mas penso que ‘This Means War’ (1983) e ‘Honour & Blood’ (1984) estão entre os melhores e mais diretos discos de heavy metal dos anos 1980. Você não vai ouvir igual àquilo hoje em dia e eles estão completamente esquecidos e são muito injustiçados”, declarou certa vez o baterista Lars Ulrich (Metallica), em entrevista à revista Raw (‘Lars Ulrich’s Guide To The NWOBHM’).

DISCOGRAFIA:
Filth Hounds of Hades (1982)
Power of the Hunter (1982)
This Means War (1983)
Honour & Blood (1984)
Tank (1987)
The Return of the Filth Hounds Live (1998)
Still at War (2002)
War Machine (2010)
War Nation (2012)
Valley of Tears (2015)
Re-Ignition (2019)

FORMAÇÃO:
David Readman (vocal, Pink Cream 69) 
Mick Tucker (guitarra)
Cliff Evans (guitarra)
Randy van der Elsen (baixo)
Bobby Schottkowski (bateria, ex-Sodom)

Serviço – Tank em São Paulo:
Data: 07 de dezembro (sábado)
Abertura da casa: 18h
Local: Manifesto Bar
Endereço: Rua Iguatemi, 36, Itaim Bibi
Ingressos: a partir de R$ 80
Venda online através da Ticket Brasil (https://ticketbrasil.com.br)
Fone: (11) 3168-9595 | WhatsApp (11) 94747-5883
Cartões: Visa, Mastercard, Elo, American Express e Dinners
Débito: Visa Electron, Maestro, Rede Shop
Censura: 16 anos
Acesso a deficientes / ar condicionado
Wi-fi: a casa possui acesso a internet sem fio
Serviço de Vallet: R$20,00
E-mail: info@manifestobar.com.br
Site: www.manifestobar.com.br

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: Quem comprou antecipadamente o ingresso para o show em agosto não precisará efetuar a troca. Os que desejarem o reembolso deverão entrar em contato com a Ticket Brasil.

Onslaught: lenda do thrash metal retornará ao Brasil em outubro

Grupo inglês, atualmente em turnê, lançou o single e clipe “A Perfect Day To Die” em março

Enquanto não lançar o sucessor de “VI” (2013) e do ao vivo “Live at the Slaughterhouse” (2016), previsto para o final do ano, o grupo inglês de thrash metal Onslaught deu uma prévia do novo material com o single e clipe “A Perfect Day To Die”. Além disso, Sy Keeler (vocal), Nige Rockett e Wayne Dorman (guitarras), Jeff Williams (baixo) e James Perry (bateria) confirmaram a sua quarta passagem pelo Brasil. Dez anos depois do primeiro show no país, os ingleses estarão no “Thrash Attack Festival”, que será realizado no dia 12 de outubro, a partir das 14h, no Carioca Club, em São Paulo (SP). O cast do evento contará com a presença das bandas brasileiras Korzus, Attomica e Scars.

Veja o clipe de “A Perfect Day To Die”m que vem sendo apresentada nos recentes shows, em https://youtu.be/Zv2XgaTALo0

Segundo Nige Rockett, o single “A Perfect Day To Die” é uma homenagem ao Motörhead, “uma grande influência para o Onslaught ao longo dos anos”. A faixa foi mixada por Jacob Hansen (Volbeat, U.D.O., Evergrey, Aborted, Destruction e outros) e produzida pela banda ao lado de Pete Hinton (Saxon< Demon, Coroner). “Atualmente estamos trabalhando para finalizar o processo de composição para o próximo álbum. Está soando muito brutal”, contou o guitarrista.

Veja a performance ao vivo dos ingleses no “Rockstadt Extreme Fest” no último dia 2 de agosto em https://youtu.be/UMlPW3HjtJE

Já conhecido no underground brasileiro pelos álbuns “Power from Hell” (1985) e “The Force” (1986), ambos lançados pela Woodstock Discos, o Onslaught lançou, há trinta anos, “In Search of Sanity”, contando com a presença do ex-Grim Reaper, Steve Grimmett. “As coisas tomaram outro rumo. Depois de muita dedicação e estudo, melhorei minha habilidade na guitarra”, analisou Nige Rockett. Depois de uma pausa na carreira, o grupo retomou as atividades e lançou “Killing Peace” (2007), “Sounds of Violence” (2011) e “VI” (2013).

Já o Korzus atualmente celebra os 35 anos de carreira nos palcos, enquanto o Attomica promove o álbum “The Trick”. O Scars, por sua vez, retomou as atividades no ano passado e soltou dois novos singles e clipes, que preparam o terreno para um novo disco de estúdio.

Serviço – “Thrash Attack Festival”:
Atrações: Onslaught, Korzus, Attomica e Scars
Data: 12 de outubro (sábado)
Abertura da casa: 14h
Início dos shows: 14h30
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros (Próximo ao metrô Faria Lima), São Paulo/SP
Ingressos online disponíveis pelo Clube do Ingresso em https://is.gd/cL2LQy
Mais informações em https://is.gd/ObJMDw


Brado lança vídeo ao vivo de ‘King Of Your Mind’

Crédito: Gustavo Bertollo

Atualmente promovendo o álbum de estreia, “We Are”, produzido, mixado e masterizado por Thiago Bianchi, o Brado apresenta o vídeo ao vivo da faixa “King of Your Mind”. “A letra de ‘King of Your Mind’ é baseada em um aluno de Charlles Pazin, que, por ser especial, era tratado de uma forma diferente dos outros. Pelo fato de ser muito mimado pelos adultos em geral, ele os dominava entre birras e berros, conseguindo tudo o que queria”, explicou o baterista Rick Koba. “A composição tem características diferentes das outras do repertório do álbum ‘We Are’, o que reforça a ideia da mensagem.

Veja o vídeo de “King of Your Mind”, sexto de uma série de oito gravados no estúdio Fusão pela Foggy Filmes, dirigido por Junior Carelli, em https://youtu.be/ebqJAy-LmTI

O álbum “We Are”, que teve a arte do encarte desenvolvida por Carlos Fides, da Artside Digital Studio, que já trabalhou para Almah, FlowerLeaf, Kryour, Evergrey, Semblant, Noturnall, Trezzy, Silver Mammoth, entre outros, está disponível em mídia física e em todas as plataformas digitais e os vídeos da série ao vivo estão sendo lançados no YouTube, Facebook e IGTV (Instagram). 

Ouça no Spotify: https://is.gd/9njv2k
Ouça no Deezer: https://is.gd/Q8FpbP

Site relacionado: facebook.com/officialbrado

Contato para shows: officialbrado@gmail.com

Silver Mammoth lança ‘Rise Up’, novo single e videoclipe

Antecipando o novo ‘full-length’, marcado para ser lançado ainda em 2019, o Silver Mammoth acaba de lançar o single e videoclipe “Rise Up”. “Trata-se do primeiro single do novo álbum e a letra descreve o roteiro do clipe: levante-se e erga-se. O clipe, que mostra um mercado clandestino de luta, onde um mafioso organiza um banco de apostas, contou com produção cinematográfica da Plural Filmes, produtora responsável pelo vídeo de ‘Symptom of the Universe’, versão que fizemos em homenagem ao Black Sabbath e que também fará parte do repertório”, revelou Marcello Izzo, autor da composição, ao lado de Renato Haboryni. “Nosso próximo trabalho teria, inicialmente, faixas ao vivo, versões acústicas e duas canções inéditas.

Agora, o repertório trará, além das versões que fizemos para o Black Sabbath, AC/DC e Motörhead, uma releitura acústica de ‘Natural Love’, primeiro single da banda, e músicas inéditas, começando por ‘Rise Up'”, acrescentou o vocalista.

Veja o clipe, dirigido por Rodrigo Rímoli, em https://youtu.be/drLr8xtJn1k

Ouça nas plataformas de streaming:
Spotify: https://spoti.fi/2XXK3Au
Deezer: https://bit.ly/2XFTe4d
Apple Music: https://apple.co/2YPkWwR

DISCOGRAFIA:
Silver Mammoth (CD, 2013)
Pride Price (CD, 2014)
Mindlomania (CD, 2015)
Singles (compacto/vinil, 2017)
White Line Fever (Motörhead, single – versão, 2018)
Symptom of the Universe (Black Sabbath, single – versão, 2018)
Jailbreak (AC/DC, single – versão, 2018)
Rise Up (single, 2019)

Contatos: 
https://www.silvermammothband.com
https://www.instagram.com/silvermammoth
https://www.facebook.com/SilverMammoth
http://silvermammoth.loja2.com.br
contato@silvermammothband.com

Trend Kill Ghosts lança single e lyric video ‘Deceivers’

Crédito: Marcelo Buck

Depois de antecipar o lançamento do álbum “Kill Your Ghosts” com o singles “Frozen” e “Ghost’s Revolution”, que trouxe a participação de Ralf Scheepers (Primal Fear, ex-Gamma Ray e Tyran’ Pace), o Trend Kill Ghosts apresenta o novo single e lyric video, “Deceivers”. “A música fala a respeito de pessoas que pensam serem boas por causa das rezas e obediências àqueles que comandam suas religiões, mas que, no fim das contas, só querem tirar proveito de outras pessoas através da fé. Estes manipulam os fiéis com interpretações que vem a ser convenientes, embasadas num livro escrito, pensado e elaborado pelos homens, que é a bíblia”, explicou o vocalista Diogo Nunes, autor da letra em parceria com o guitarrista Rogério Oliveira. “A música tem grande influência do álbum ‘The Time of the Oath’, do Helloween, com uma levada mais obscura e mais cadenciada”, completou Oliveira.

Veja o lyric video de “Deceivers”, desenvolvido por Daniel Della Satina (Santinnas Produções), em https://youtu.be/m3lwNOJEA3s

Formada em 2018 por Diogo Nunes (vocal), Rogério Oliveira (guitarra), Danilo Perez (baixo) e Leandro Tristani (bateria), a banda aposta no power metal/metal melódico, com referências a nomes como Gamma Ray, Helloween, Avantasia, Edguy, Savatage e Stratovarius. O álbum de estreia, “Kill your Ghosts”, será lançado no dia 5 de julho em todas as plataformas digitais e, além de Ralf Scheepers, traz Raphael Dantas (SoulSpell, Ego Abscence) e Lúcia Ricardo (EvenDusk) como convidados especiais na faixa “Promise”.

O repertório de “Kill your Ghosts”, com a arte de capa criada por Lucas Pereira, que trabalha para a Marvel HQ, é o seguinte:

Like Animals
Fight
Living a Lie
Deceivers
Ghost’s Revolution
Promise
Frozen
Believe

Site relacionado: www.facebook.com/tkgband

Nota na ASE Music: https://is.gd/HfMjGE

Furia Inc. antecipa novo álbum com clipe para ‘Light and Fire’

Faixa integra repertório de “Raw”, sucessor de “Murder Nature”, que será lançado no início de julho

Crédito: Guilherme Fernandez

O videoclipe para a faixa “Light and Fire”, produzido pela empresa Gravando Bandas Produção Audiovisual e por Derick Borba, antecipa o lançamento de “Raw”, segundo full-length do Furia Inc., marcado para o início de julho. “A letra, que compus com o letrista Thiago Ribeiro (Hatematter, Neshamot), é uma reflexão e uma homenagem a todos que lutam por direitos iguais, pensando em um mundo melhor. É como se fosse um som do Pantera com uma temática mais positiva e ‘pra frente'”, explicou o vocalista Victor Cutrale.

Veja o clipe “Light and Fire” em https://youtu.be/-0RcMK8AugI

O material, que terá nove faixas, foi gravado na Loud Factory (SP) por Wagner Meirinho e Thiago Assolin, com mixagem e masterização na Califórnia/EUA, a cargo de Brendan Duffey (Angra, Andre Matos, Torture Squad e Almah). “A pré-produção foi realizada em nosso estúdio. A cada nova ideia e riff, entendíamos que não seria um álbum qualquer, mas um produto do nosso amadurecimento musical”, observa o guitarrista Gustavo Romão. “Como já conhecíamos o trabalho do Brendan, quisemos manter a mesma qualidade. No entanto, ficamos surpresos com a qualidade e profissionalismo na parte de gravação com a equipe do estúdio Loud Factory. Estávamos alinhados e bem preparados, o que contribuiu no desenvolvimento de todo o processo. Agora é hora de colher e compartilhar os frutos”, acrescenta.

Já o baterista Neto Romão explica que, no sucessor de “Murder Nature” (2014), a banda procurou um tipo de composição mais direta. “Mensagens mais diretas, músicas mais agressivas e mais groove. Isto resume o nosso objetivo em ‘Raw’.”

Furia Inc.:
Victor Cutrale (vocal)
Gustavo Romão (guitarra)
Fabio Carito (baixo)
Neto Romão (bateria)

Discografia:
Creatin’ a World (EP, 2010)
Before the World Ends (EP, 2011)
Murder Nature (CD, 2014)
Raw (CD, 2019)

Site relacionado: www.furiainc.com.br
Mídias sociais: @furiainc
Merchandising (Furia Inc. Store): http://store.furiainc.com.br/

Contato para shows: (11) 982807010 | furiainc@gmail.com


BRADO SOLTA VÍDEO AO VIVO PARA ‘BECOMING PREY’

‘Becoming Prey’ é o quarto vídeo ao vivo extraído do debut, “We Are”

Gravado no estúdio Fusão, com direção a cargo de Junior Carelli, da Foggy Filmes, “Becoming Prey” é o quarto de uma série de oito vídeos ao vivo gravados pela banda Brado para promover o álbum de estreia, “We Are”. “Trata-se de uma analogia entre entidades extraterrestres e a banda Brado. Elas estariam chegando ao nosso planeta para dominar a humanidade, assim como a Brado está surgindo para inovar no cenário musical. É a terceira música do álbum ‘We Are’, mas foi a primeira a ser finalizada em nossas sessões de composição”, explicou o baterista Rick Koba, autor da letra. “Inicialmente, o refrão da música era diferente, com um apelo mais melódico e sentimental, mas com sugestão do produtor Thiago Bianchi, o refrão foi alterado para uma forma mais agressiva e pesada”, completou o vocalista e guitarrista Eric Bruce.

Veja o vídeo em https://youtu.be/DoxnO3cJ_p4

Já o guitarrista Charlles Pazin lembra que antes de o título ser definido como Becoming Prey, a música se chamava Arrival. “Ela tinha este título porque significa chegada, que é justamente o resumo da música em apenas uma palavra”, resumiu. “O riff principal é, segundo o produtor Thiago Bianchi, um grande destaque. Ele nos comentou algo como ‘esse riff é campeão’. Já o ritmo mais levado e cadenciado da bateria nesse riff foi uma sugestão do Eric Bruce”, acrescentou o baixista Kiyo Ishikawa.

O álbum “We Are” está disponível em mídia física e em todas as plataformas digitais. 



Ouça no Spotify: https://is.gd/9njv2k
Ouça no Deezer: https://is.gd/Q8FpbP

Site relacionado: facebook.com/pg/officialbrado

Contato para shows: officialbrado@gmail.com

Foto: Matt Garcia

TREND KILL GHOSTS LANÇA SINGLE COM PARTICIPAÇÃO DE RALF SCHEEPERS

Banda aposta no power metal clássico em álbum de estreia, “Kill Your Ghosts”

A banda de power metal Trend Kill Ghosts, formada em 2018 por Diogo Nunes (vocal), Rogério Oliveira (guitarra), Danilo Perez (baixo) e Leandro Tristani (bateria), antecipa o lançamento do álbum “Kill Your Ghosts”, previsto para o início de julho, com o single e lyric video de “Ghost’s Revolution”. Indo de encontro com seu estilo, inspirado em nomes como Gamma Ray, Helloween, Avantasia, Savatage e Stratovarius, a música traz a presença do icônico vocalista alemão Ralf Scheepers (Primal Fear, ex-Gamma Ray e Tyran’ Pace). “A música ‘Ghost’s Revolution’ tem uma estrutura baseada em Gamma Ray e a letra fala a respeito do meu reencontro com Diogo. Nós havíamos tocado juntos no passado e agora nosso objetivo é superar os erros e obstáculos que nos impediram de alcançar os objetivos no passado”, explicou Rogério Oliveira. “Ter uma lenda como Ralf Scheepers participando dos vocais elevou o poder da música. Este single realmente vem surpreendendo, pois, além da participação especial, mostramos os elementos clássicos do power metal, com influências claras de Gamma Ray, Helloween, Edguy e Avantasia”, completou Diogo Nunes.

Quando gravou as suas partes, Scheepers postou um vídeo no stories de seu Instagram em que falou “Acabei de finalizar as vozes para o Trend Kill Ghosts. Gravei um dueto com Diogo e ficou incrível!”.

Para ver o lyric video, acesse: https://youtu.be/9nvPyKxBD-s

O primeiro single, porém, foi “Frozen”, que abriu caminho para “Ghost’s Revolution”. Além de Scheepers, o álbum “Kill Your Ghosts” traz Raphael Dantas (SoulSpell, Ego Abscence) e May Puertas (Torture Squad) como convidados especiais. “Estamos finalizando o álbum, que trará oito faixas totalmente influenciadas pelo power metal. Ao contrário de alguns anos atrás, parece que a procura por este estilo vem voltando e muitas bandas voltaram a fazer o que realmente gostam. Isto é o mais importante”, concluiu Diogo Nunes.

Site relacionado: www.facebook.com/tkgband

Foto: Marcelo Buck


Kryour lança ‘Where Treasures Are Nothing’, seu álbum de estreia

Trabalho conceitual, que se forma em uma história de vida, vem embalado com um som entre o death metal melódico e o metalcore

Praticando um som versátil, entre o death metal melódico e o metalcore, Gustavo Iandoli (vocal e guitarra), Wesley Peira (guitarra), Gustavo Muniz (baixo) e Matheus Carrilho (bateria) apresentam “Where Treasures Are Nothing”, trabalho conceitual que narra fatos do nascimento até a morte e aborda os valores humanos. “O repertório do álbum se forma em uma história de vida e retrata valores humanos sob a ótica da ansiedade e da depressão”, observou Gustavo Iandoli. “Acredito que entrega e paixão o define, pois esperamos muito por esse momento e demos tudo na produção. As gravações foram bem detalhadas e deixamos com que as algumas ideias aparecessem dentro do estúdio. Assim, tudo foi fluindo da melhor maneira”, acrescentou. 

Sobre a concepção musical, o vocalista e guitarrista explica que o estilo foi sendo moldado de forma natural. “Nós fomos criando sem muito compromisso a atender certos subgêneros do metal. Existem algumas influências individuais dos integrantes, mas seguimos com o que queríamos fazer. Uma grande referência que tivemos foi o Gojira, admiramos muito o trabalho deles e tivemos influência na parte da produção.”

“Where Treasures Are Nothing” contou com produção a cargo de Diego Castro (The Ocean Revives, Purge, Abstracted, Summeria) e teve arte de capa de Carlos Fides (Almah, FlowerLeaf, Evergrey, Semblant, Noturnall, Trezzy, Silver Mammoth). 

Ouça no Spotify em https://is.gd/HrwgMC
Ouça no Deezer em https://is.gd/cz3MLj

O material foi antecipado com o single e videoclipe “Restless Silence”, que retrata a visão de uma pessoa cuja mente é acelerada e pensativa. “Por tamanha inquietação interna, ela não consegue se expressar direito e, então, vem a angústia. A falta de controle de seus pensamentos ocasiona impactos em sua vida e em seu comportamento, pois a ansiedade passa a pressionar respostas precipitadas sobre os objetivos e os planos de vida”, explicou Iandoli.

Veja o clipe de “Restless Silence” em https://youtu.be/Z9iertirMwM

O repertório de é “Where Treasures Are Nothing” o seguinte:
Beginning of Innocence
Anxiety
Chaos of My Dream
Restless Silence
Theater of Destiny
Rainy
Falling In Oblivion
My Conjugué
The Leaving
When We Got To Go

Existem algumas músicas instrumentais que dão uma dinâmica melhor para o repertório. Sempre terá uma música que pode atender quem quiser ouvir algo mais leve ou mais pesado. ‘Anxiety’ e ‘My Conjugué’ têm uma intensidade um pouco maior do que as outras, enquanto ‘Theater of Destiny’ tem um peso maior por conta da afinação mais baixa que usamos na gravação. Porém, sinto que ‘The Leaving’ carrega algo muito especial, uma motivação que talvez não consiga explicar. Tudo tem uma perspectiva mais humana, além do acúmulo de aprendizados e progressos pessoais“, concluiu Gustavo Iandoli.

Site relacionado: https://www.facebook.com/kryour/
Mídias sociais: @kryour

Contato para shows: kryour.band@gmail.com | (11) 96131-5003

Nota na ASE Music: https://is.gd/z5Jzg3

Volkana celebra relançamento de ‘First’ no SESC Belenzinho

Álbum de estreia, que saiu em vinil em 1990, ainda não tinha sido lançado em formato CD no Brasil – Crédito: Adolfo Lembo

Quando a Volkana realizou um ensaio aberto ao público no início deste ano, havia deixado claro que, além de novas composições, os planos incluíam a comemoração do relançamento de “First” em CD. Assim, a próxima missão nos palcos para esta celebração ocorre no dia 28 de julho (sábado), a partir das 21h30, no SESC Belenzinho, em São Paulo. “Estamos relançando esse trabalho para que a nova geração conheça a história do metal nacional. O álbum foi remixado e remasterizado e o som da Volkana se demonstrou atual e inovador mesmo depois de quase 30 anos”, destaca a vocalista Marielle Loyola.

Surgido em 1987 em Brasília (DF), o grupo se tornou um dos grandes nomes do metal brasileiro após o lançamento de “First” (1990), produzido pelo saudoso Carlos Eduardo Miranda. “Quando a Marielle me convidou para remontarmos a Volkana, ela estava com a guitarrista Karen Ramos (ex-Nervosa) e precisávamos de mais uma guitarrista, uma baixista e de algum suporte, pois a banda sempre teve certa facilidade para arrumar patrocinadores. Assim, consegui através de Roberto Oka e da Moshi Moshi Records um apoio para realizarmos esta volta e, consequentemente, relançarmos ‘First’ em CD, pois no Brasil este formato ainda era inédito”, recordou o baterista Sergio Facci. “Conseguimos um produtor, uma gravadora e faltava um local para ensaiarmos. Porém, através do High Five Studio, de São Paulo, fechamos o ciclo. Encontramos a guitarrista Isa Nielsen, que acabou trazendo a baixista Priscila Tiemi. Assim, a banda esta pronta para esta volta!”, acrescentou Facci, que também integra o Vodu, pioneiro do metal brasileiro.

A formação atual, com Marielle Loyola (vocal), Isa Nielsen e Karen Ramos (guitarras), Priscila Tiemi (baixo) e Sergio Facci (bateria), apresentará no SESC Belenzinho um repertório com faixas dos álbuns “First” (1990) e “Mindtrips” (1994). “Vamos relembrar uma época que não volta mais tocando músicas dos dois álbuns e alguns covers, sendo um deles a música ‘Medo’ do Cólera, grupo pioneiro do punk de São Paulo, que certamente o público vai curtir”, revelou Facci.

O SESC Belenzinho fica na rua Padre Adelino, 1000, próximo ao Metrô Belém, em São Paulo. Informações sobre ingressos em https://m.sescsp.org.br/#/programacao/159213

Site relacionado: www.facebook.com/volkanabr






Dark Funeral retorna ao Brasil em outubro

Banda sueca de black metal toca no Manifesto Bar (SP)

A tradicional banda sueca de black metal Dark Funeral, atualmente formada por Heljarmadr (vocal), Lord Ahriman e Chaq Mol (guitarras), Adra Melek (baixo) e  Jalomaah (bateria), retornará ao Brasil para um show especial no próximo dia 21 de outubro, a partir das 18h, no Manifesto Bar, em São Paulo.

Criado em Estocolmo em 1993 pelos guitarristas Blackmoon e Lord Ahriman, o grupo se destacou na segunda leva do black metal por apresentar um metal extremo, diferentemente do que vinham fazendo bandas como Cradle of Filth e Dimmu Borgir, que utilizaram mais de teclados em suas composições.

Veja o clipe de “Unchain My Soul” em https://youtu.be/Qmk_PXtem4E

O grupo, atualmente celebrando seus 25 anos de carreira, fará um repertório englobando os antigos clássicos como “Open the Gates”, “The Secrets of the Black Arts”, “Vobiscum Satanas”, “The Arrival of Satan’s Empire”, “Atrum Regina” e “My Funeral”, além de faixas mais recentes, de “Where Shadows Forever Reign” (2016). “A América do Sul como um todo é um lugar bem especial para nós, temos muitos fãs por aí. Lembro da energia da plateia, da intensidade dos shows. As pessoas foram muito legais conosco. Por isso é sempre especial quando voltamos para tocar aí”, declarou Lord Ahriman (Mikael Svanberg) em entrevista à revista Roadie Crew.

Ingressos (Pista R$ 100 / Camarote R$ 200) através da Ticket Brasil:
https://ticketbrasil.com.br/show/6202-darkfuneral-saopaulo-sp/

Evento no Facebook: https://is.gd/VzbPrK

O Manifesto Bar fica na rua Iguatemi, 36, no bairro do Itaim Bibi, em São Paulo. Fone: (11) 3168-9595. Aceita cartões: Visa, Mastercard e Dinners / Débito (Visa Electron, Maestro, Rede Shop). Censura: 16 anos. Possui acesso a deficientes, ar condicionado, wi-fi e valet service na porta. Site: manifestobar.com.br

Nota na ASE Music: https://is.gd/y6tntX






Sioux 66 lança novo single e clipe

“A Hora é Essa” traz referências da música country atual americana, mas mantém a pegada rock do grupo paulistano

Após promover o segundo álbum, “Caos” (2016), com shows ao lado de ícones como Aerosmith e Papa Roach, o Sioux 66 reaparece com o single e videoclipe “A Hora é Essa”. Lançado pela Sony Music Brasil e contando com produção, mixagem e masterização de Adriano Daga, o grupo paulistano foi buscar referências na música country atual americana. “Artisticamente falando, a ideia era fazer algo diferente do que estávamos acostumados, dessa vez com algo mais voltado para a melodia vocal e com um refrão forte. Porém, sem perder a nossa essência, com cozinha pesada, baixo marcante e muitos arranjos de guitarras”, explicou o guitarrista Bento Mello. “Continuamos os mesmos rockers que fazem e curtem música pesada, algo que está no sangue e jamais vamos abandonar, mas precisávamos abrir um leque e explorar nossa musicalidade e influências, que são diversas. Depois de um EP e dois álbuns bem sucedidos nos sentimos livres para isso em termos artísticos e o resultado nos agradou bastante”, acrescentou o baixista Fabio Bonnies.

A letra, escrita pelo vocalista Igor Godoi, fala sobre aproveitar e curtir a vida de forma alegre, sem exageros e clichês do gênero. “Saiu um pouco diferente dos temas que estávamos acostumados a abordar”, analisou Godoi.

Já a produção do videoclipe ficou por conta da Motion Filmes, com direção de Giancarlo Furlai e Felipe Aleixo. “Eles já haviam trabalhado conosco no vídeo de ‘Pra Sempre’, do álbum ‘Caos’. Para compor as cenas nós chamamos alguns amigos e fãs, pessoas diferentes entre si, mas que têm uma pegada rocker. Nos preocupamos em chamar pessoas que curtem o nosso som para que pudessem entrar na vibe que queríamos para o vídeo”, destacou o baterista Gabriel Haddad.

“A Hora é Essa” marca a despedida do guitarrista Mika Jaxx, substituído por Yohan Kisser. “Após ter gravado a música, Mika precisou deixar a banda porque queria se dedicar mais aos seus projetos pessoais e também à família.  Foi um baque para nós, mas não podíamos simplesmente parar  com um uma música praticamente pronta para ser lançada”, explicou Bonnies. “Queríamos alguém que fosse diferente do Mika em alguns aspectos, mas que ainda tivesse aquela coisa da escola bluseira dos guitarristas de hard rock, pois procurávamos alguém com personalidade e que pudesse contribuir com ideias. Yohan mostrou isso de primeira e a química fluiu perfeitamente”, completou Mello.

A estreia de Yohan Kisser e com lançamento do novo single/clipe do Sioux 66 ocorre no próximo sábado (23), na festa Casbah, que será realizada no Z Carniceria, ao lado de BitDogs, The Krueggers e CIA Tóxica, com discotecagem de Edu Rox e Paula Baker. O Z Carniceria fica na Av. Brg. Faria Lima, 724, Pinheiros, em São Paulo (SP). Mais infos sobre o evento em https://is.gd/z8sjTn

Formação:
Igor Godoi (vocal)
Bento Mello (guitarra)
Yohan Kisser (guitarra)
Fabio Bonnies (baixo)
Gabriel Haddad (bateria)

Discografia:
A Hora é Essa (Single, 2018)
Caos (CD, 2016)
Diante Do Inferno (CD, 2013)
Sioux 66 (EP, 2012)

Contatos:
> FACEBOOK: www.facebook.com/sioux66oficial
> YOUTUBE: canalsioux66 e Sioux66VEVO
> INSTAGRAM: @sioux66oficial
> TWITTER: @sioux_66

Shows: f.gorgatti@gmail.com / (11) 97281-7265






Vodu lança material inédito como prévia do novo álbum

“Voodoo Doll – Demo” traz cinco composições inéditas

O veterano grupo paulistano de heavy metal Vodu apresenta “Voodoo Doll”, uma amostra com cinco músicas inéditas que estarão no próximo álbum, previsto para este ano. “Nós quisemos deixar claro que o material é uma prévia do que está por vir. Mesmo sendo um lançamento oficial, adicionamos o termo ‘demo’ no título para relembrar os velhos tempos”, explicou o baterista Sergio Facci, atualmente acompanhado por André Góis (vocal), J. Luis “Xinho” Gemignani e Paulo Lanfranchi (guitarras) e André “Pomba” Cagni (baixo). “O álbum completo terá 15 faixas, sendo 4 regravações do período inicial do metal nacional, quando começamos a carreira”, acrescentou o baterista.

A retomada das atividades 30 anos após a estreia com “The Final Conflict”, relançado em CD pela Classic Metal em fevereiro de 2017, poderia dar a entender que a banda viveria de glórias do passado. Porém, o vocalista André Góis já havia deixado claro que a intenção objetivava a criação de material novo. “Nossa ideia sempre foi ter músicas novas para tocar. Não por não gostarmos do material antigo, mas por sentirmos que ainda podemos ser relevantes”, observou.

Assim, após um ano trabalhando, fazendo alguns shows e compondo em estúdio, o quinteto traz em “Voodoo Doll – Demo” composições que vinha apresentando ao vivo, como a faixa-título, “Walking With Fire”, “Say My Name”, “Empire of Demise” e “The Enemy Inside”. “Disponibilizamos estas músicas nas plataformas digitais – iTunes, Spotify, Deezer, Soundcloud – e em nosso site. As guitarras de ‘The Enemy Inside’ e ‘Walking With Fire’, inclusive, foram gravadas pelo Xinho e Jeff Gouvea, que também integrou o Vodu no passado. As demais contaram com Xinho e Lanfranchi”, explicou Facci.

Ouça no Spotify: https://goo.gl/1bhJbS
Site relacionado: www.voduband.com
Nota na ASE: https://goo.gl/SM81nV






Hardstuff: comediante André Santi estrela novo clipe

“Bad Love” é o novo single e videoclipe da banda de hard rock

O músico, ator e comediante André Santi, que vem se destacando em espetáculos de stand-up comedy, figura no papel principal de “Bad Love”, novo videoclipe da banda de hard rock Hardstuff, dirigido por Matheus Flausino e produzido pela Blaze Produtora. “Quisemos falar sobre relacionamento de uma maneira leve na letra, mas com algo que tivesse a ver com nossas experiências. Sentamos e discutimos um perfil, ou situação de um casal, e fomos dando ideias”, explicou o guitarrista Rodrigo Flausino. “Queríamos fazer algo engraçado, para dar risada mesmo, mas sem ofender ninguém. Assim, tivemos o privilégio de contar com André Santi, famoso por seu trabalho em stand-up comedy e nos vídeos do YouTube, no papel principal do clipe”, acrescentou Ricardo Flausino, baixista.

Veja o clipe em https://youtu.be/YwvNpptXcpM

Atuando na noite paulistana desde 2012, a Hardstuff conseguiu sua boa reputação tocando o melhor do rock de todas as épocas, com um repertório variado de hits, especialmente de hard rock, como o sugestivo nome entrega. Em 2016, veio o projeto autoral com o EP “Hardstuff”, financiado com sucesso pelos fãs através de crowdfunding.

Agora, o grupo, completado por Rodrigo Grecco (vocal) e Sergio Marchezoni (bateria, substituto de Olavo Olivera), segue preparando novas composições visando o primeiro álbum completo. “Este single é mais uma amostra do que virá no álbum, que esperamos terminar até o final deste ano. Quando estávamos compondo, automaticamente vieram ideias que lembravam Def Leppard, Poison, Van Halen… Deixamos rolar, afinal, são nossas influências”, concluiu o guitarrista.

Ouça o single no Spotify: https://goo.gl/RBtXvf

Links relacionados:
Facebook: facebook.com/bandahardstuff
Youtube: youtube.com/bandahardstuff
Site: hardstuff.com.br
André Santi: www.andresanti.com

Contato para shows: contato@hardstuff.com.br






In Vida: entrevista no programa Heavy Pero No Mucho (89 FM)

Crédito: Júlio Filmes

Após participar do concurso “Peneira Heavy Pero No Mucho”, ocorrido no Feeling Music Bar (SP), a banda paulistana In Vida ganhou o direito de conceder uma entrevista a Thiago Deejay no programa Heavy Pero No Mucho, que vai ao ar ao vivo através da 89 FM – A Rádio Rock (89.1 MHz). A transmissão ocorre na madrugada de terça-feira para quarta-feira (11). “Nós ficamos bastante empolgados com o resultado! Dentre 50 bandas que participaram do festival, fomos uma das escolhidas para participar do programa na rádio. Foi uma grande satisfação para a banda, especialmente porque acabamos de comemorar cinco anos de estrada”, comentou o vocalista Diego Fernandes.

A banda segue trabalhando no lançamento de seu próximo single, “Último Segundo”, e também está ao lado dos produtores Wagner Meirinho e Thiago Pardal, da Loud Factory, gravando o sucessor do EP “Acredite” (2017), que será lançado ano que vem. Além disso, Diego Fernandes (vocal), Kai Kocska (guitarra), Fernando Gomes (baixo) e Caio Gaona (bateria) se apresentarão pela segunda vez consecutiva no Barueri Anime Fest (Infos em https://goo.gl/R3n2Yd). No evento, que será realizado em 29 de outubro, o In Vida mostrará faixas do álbum “Reflexões” (2012), do EP “Acredite” (2017) e também adiantará músicas que farão parte do novo EP.

Veja o clipe de “Você Sabe”, em homenagem ao saudoso vocalista do Linkin Park, Chester Bennington em https://www.youtube.com/watch?v=UnFa46iRl-g

Sites relacionados:
www.invidaoficial.com.br
http://www.radiorock.com.br/hpnm






Airbourne: próxima para da turnê é na América do Sul

Crédito: Joe Brady

Após participar da temporada de festivais europeus, com apresentações em grandes eventos, como Hellfest (FRA), Graspop (BEL), Tons of Rock (NOR), Resurrection Fest (ESP), Rock Fest (ESP), Copenhell (DIN), Novarock (AUT), Download (ING), With Full Force (ALE), Bospop (HOL) e Beer and Flowers (ESL), os australianos do Airbourne agora farão uma parada para depois atacar na América do Sul. “Teremos algumas semanas em casa para recarregar as baterias e então iremos para a América do Sul pela primeira vez, antes de voltar para a Europa no final do ano”, postou a banda em sua página no Facebook.

Um fato curioso ocorreu durante o show no festival Beer and Flowers, na Eslovênia, quando o brasileiro Roger de Souza, que trabalhou por cerca de quinze anos na equipe do Motörhead como gerente de palco e roadie do guitarrista Phil Campbell, tocou bateria com o Airbourne, executando “It’s All For Rock N’ Roll”, faixa de “Breakin’ Outta Hell” (2016). Roger “Dgério” de Souza tocava covers de hard rock dos anos 80 no underground paulistano com a banda Trama e chegou a tocar bateria em um show do Motörhead, apresentando as músicas “Going To Brazil” e “Killed By Death”.

Veja o brasileiro em ação com o Airbourne:
https://www.youtube.com/watch?v=YKcLERmNV1A

O grupo australiano de hard rock, que atualmente promove seu quarto álbum de estúdio, “Breakin’ outta Hell” (2016), iniciará sua passagem pela América do Sul no dia 30 de agosto, tocando em Santiago (CHIL). Depois, passará pelo Uruguai, Argentina e, em 3 de setembro se apresentará no Carioca Club, em São Paulo, para depois seguir para o Peru e México. Se há dez anos nem o maior fã do AC/DC do mundo poderia imaginar que teria um presentão como o Airbourne à disposição para ouvir, agora é hora de vê-los em ação. E com a banda paulistana Baranga, que está prestes a lançar seu sexto disco de estúdio, intitulado “Motör Vermelho”, abrindo!

Serviço:
Atrações: Airbourne e Baranga (abertura)
Data: 03 de setembro (domingo)
Horário: 17h30 (abertura da casa)
Shows: 18h30 Baranga / 20h Airbourne
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899, Pinheiros – São Paulo/SP (próximo ao metrô Faria Lima, Linha 4-Amarela)
Classificação etária: 16 anos (** entre 14 e 16 anos somente acompanhado por pai ou mãe, munidos de documentos)
Capacidade: 1.200 lugares
Estacionamento: nas imediações (sem convênio com a casa)
Estrutura: acesso para deficientes, ar condicionado, bares, área externa para fumantes e enfermaria

INGRESSOS ON LINE:
Os ingressos estão à venda através da Ticket Brasil (https://ticketbrasil.com.br) e Clube do Ingresso (https://www.clubedoingresso.com).

OUTROS PONTOS DE VENDA:
Os ingressos também estão à venda no Manifesto Bar e no Carioca Club (pagamento em dinheiro), sem taxa de conveniência. O Manifesto Bar fica na rua Iguatemi, 36, no bairro do Itaim Bibi, em São Paulo. Fone: (11) 3168-9595.

VALORES:
Pista meia-entrada: R$ 120
Pista promocional (1kg alimento *): R$ 120
Pista vip meia-entrada: R$ 200
Pista vip promo (1kg alimento *): R$ 200
Camarote meia-entrada: R$ 180
Camarote promo (1kg alimento *): R$ 180

* Quem comprar ingressos promocionais deverão levar 1kg de alimento não perecível no guichê de entrada do Carioca Club. Os alimentos arrecadados no dia do evento serão doados para a Casas André Luiz, instituição de caráter filantrópico aberta em 1949 que atende gratuitamente a pessoas com deficiência intelectual, em todos os graus de comprometimento.

Sites relacionados:
http://airbournerock.com
http://www.barangarock.com.br/
www.manifestobar.com.br
www.cariocaclub.com.br
www.clubedoingresso.com
https://ticketbrasil.com.br
http://casasandreluiz.org.br






Airbourne no Brasil terá abertura do Baranga

Foto: Aline Carreira

Se o Airbourne, que aportará pela primeira vez no Brasil no dia 3 de setembro no Carioca Club, em São Paulo (SP), é o sucessor direto do AC/DC, a banda paulistana Baranga segue a cartilha do rock’n’roll com a mesma intenção. Mas, como os próprios músicos dizem: “cantando em bom ‘brasileiro'”. “Estamos muito felizes com esse show, ainda mais aqui em ‘Sampa Rock City’. Curtimos muito Airbourne, desde o EP ‘Ready to Rock’, de 2004”, comemora o guitarrista Deca. “Estamos preparando um set list matador, com músicas fortes, para entregar para o público uma performance que deixe todo mundo querendo mais Baranga e sedentos pelos australianos”, acrescenta.

Prestes a lançar seu sexto disco de estúdio, sucessor de “O Quinto dos Infernos” (2013), o grupo formado atualmente por Xande (vocal e guitarra), Deca (guitarra), Soneca (baixo) e Alemão (bateria, ex-Carro Bomba) acumula shows ao lado de nomes como Matanza, Cólera, Korzus, R.D.P., Garotos Podres, Velhas Virgens, Made In Brazil, Golpe De Estado, Marcelo Nova, entre outros. Além disso, teve a chance de abrir duas vezes para o Motörhead, uma de suas influências diretas que, inclusive, será homenageado no título do novo álbum, intitulado “Motör Vermelho”. “É uma brincadeira com a pronúncia ‘brazuka’ de ‘Motor red’. Na verdade, homenagem à banda querida por todo mundo”, explica Deca. “Abrir para o Airbourne faz sentido pela forte influência do AC/DC que eles têm e, mais ainda, pelas doses de Motörhead no som deles. No fim, Baranga e Airbourne têm muito a ver e esperamos que a galera que for a esse show também ache isso e se divirta pra valer!”, conclui o guitarrista.

Se há dez anos nem o maior fã do AC/DC do mundo poderia imaginar que teria um presentão como o Airbourne à disposição para ouvir, agora é hora de vê-los em ação. E com Baranga abrindo!

Serviço:
Atrações: Airbourne e Baranga (abertura)
Data: 03 de setembro (domingo)
Horário: 17h30 (abertura da casa)
Shows: 18h30 Baranga / 20h Airbourne
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899, Pinheiros – São Paulo/SP (próximo ao metrô Faria Lima, Linha 4-Amarela)
Classificação etária: 16 anos (** entre 14 e 16 anos somente acompanhado por pai ou mãe, munidos de documentos)
Capacidade: 1.200 lugares
Estacionamento: nas imediações (sem convênio com a casa)
Estrutura: acesso para deficientes, ar condicionado, bares, área externa para fumantes e enfermaria

INGRESSOS ON LINE:
Os ingressos estão à venda através da Ticket Brasil (https://ticketbrasil.com.br) e Clube do Ingresso (https://www.clubedoingresso.com).

OUTROS PONTOS DE VENDA:
Os ingressos também estão à venda no Manifesto Bar e no Carioca Club (pagamento em dinheiro), sem taxa de conveniência. O Manifesto Bar fica na rua Iguatemi, 36, no bairro do Itaim Bibi, em São Paulo. Fone: (11) 3168-9595.

VALORES:
Pista meia-entrada: R$ 120
Pista promocional (1kg alimento *): R$ 120
Pista vip meia-entrada: R$ 200
Pista vip promo (1kg alimento *): R$ 200
Camarote meia-entrada: R$ 180
Camarote promo (1kg alimento *): R$ 180

* Quem comprar ingressos promocionais deverão levar 1kg de alimento não perecível no guichê de entrada do Carioca Club. Os alimentos arrecadados no dia do evento serão doados para a Casas André Luiz, instituição de caráter filantrópico aberta em 1949 que atende gratuitamente a pessoas com deficiência intelectual, em todos os graus de comprometimento.

Sites relacionados:
http://airbournerock.com
http://www.barangarock.com.br/
www.manifestobar.com.br
www.cariocaclub.com.br
www.clubedoingresso.com
https://ticketbrasil.com.br
http://casasandreluiz.org.br

Vídeos Baranga:

“Chute na Cara” (lyric video)
https://m.youtube.com/watch?v=kcrycziLD2g

“O Céu É o Hell”
https://m.youtube.com/watch?v=gQ4Ut8KBuuo

“Três Oitão”
https://m.youtube.com/watch?v=z8IKzpB7PKo






Airbourne confirma show no Brasil

Banda australiana se apresentará no Carioca Club (SP) em setembro

Airbourne, que atualmente promove seu quarto álbum de estúdio, “Breakin’ outta Hell” (2016), finalmente se apresentará no Brasil. Após ter sido obrigada a cancelar a data que faria em abril de 2014, por conta do falecimento do pai dos irmãos Joel O’Keeffe (vocal e guitarra) e Ryan O’Keeffe (bateria), banda australiana confirmou show de estreia no país para o dia 3 de setembro, no Carioca Club, em São Paulo (SP). A produção é do Manifesto Bar, que inicia as festividades de seu 23º aniversário.

Há dez anos, quando estreou com “Runnin’ Wild” (2007), o Airbourne logo chamou a atenção dos fãs de hard rock/rock’n’roll, especialmente os que curtiam o AC/DC da fase Brian Johnson. Com um som visceral, repleto de guitarras ardidas, vocais rasgados, coros fortes e bateria reta, os irmãos O’Keeffe, que hoje são acompanhados por Harri Harrison (guitarra) e Justin Street (baixo), confirmaram as apostas com apresentações energéticas em grandes festivais pelo mundo e aberturas de shows para Iron Maiden, Mötley Crüe, Rolling Stones e Motörhead.

Trabalhando novamente com o renomado produtor Bob Marlette (Alice Cooper, Iommi, Black Sabbath, Ozzy Osbourne, Glenn Hughes, Union e outros), desta vez gravando pela primeira vez na Austrália, o grupo mantém a pegada em “Breakin’ outta Hell”. A faixa “It’s All for Rock N’ Roll” é dedicada ao saudoso Lemmy Kilmister, que tinha contato com o Airbourne desde a gravação do videoclipe de “Running Wild”. “Ele nos deu uma série de ótimos conselhos sobre como nos posicionarmos diante da indústria musical, falou sobre as diferenças do mercado de antigamente com o daquela época e disse como deveríamos agir”, declarou Joel O’Keeffe em recente entrevista à revista Roadie Crew.

Se há dez anos nem o maior fã do AC/DC do mundo poderia imaginar que teria um presentão como o Airbourne à disposição para ouvir, agora é hora de vê-los em ação.

Serviço – Airbourne no Brasil:
Data: 03 de setembro (domingo)
Horário: 17h30 (abertura da casa)
Local: Carioca Club
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899, Pinheiros – São Paulo/SP (próximo ao metrô Faria Lima, Linha 4-Amarela)
Classificação etária: 16 anos (** entre 14 e 16 anos somente acompanhado por pai ou mãe, munidos de documentos)
Capacidade: 1.200 lugares
Estacionamento: nas imediações (sem convênio com a casa)
Estrutura: acesso para deficientes, ar condicionado, bares, área externa para fumantes e enfermaria

INGRESSOS ON LINE:
Os ingressos começarão a ser vendidos no dia 7 de junho (quarta-feira) e poderão ser adquiridos online através da Ticket Brasil (https://ticketbrasil.com.br/show/5138-airbourne-saopaulo-sp/) e Clube do Ingresso (www.clubedoingresso.com/airbourne).

OUTROS PONTOS DE VENDA:
Os ingressos também estarão à venda no Manifesto Bar e no Carioca Club (pagamento em dinheiro), sem taxa de conveniência. O Manifesto Bar fica na rua Iguatemi, 36, no bairro do Itaim Bibi, em São Paulo. Fone: (11) 3168-9595.

VALORES:
Pista meia-entrada: R$ 120
Pista promocional (1kg alimento *): R$ 120
Pista vip meia-entrada: R$ 200
Pista vip promo (1kg alimento *): R$ 200
Camarote meia-entrada: R$ 180
Camarote promo (1kg alimento *): R$ 180

*Quem comprar ingressos promocionais deverão levar 1kg de alimento não perecível no guichê de entrada do Carioca Club. Os alimentos arrecadados no dia do evento serão doados para a Casas André Luiz, instituição de caráter filantrópico aberta em 1949 que atende gratuitamente a pessoas com deficiência intelectual, em todos os graus de comprometimento.

Sites relacionados:
http://airbournerock.com
www.manifestobar.com.br
www.cariocaclub.com.br
www.clubedoingresso.com
https://ticketbrasil.com.br
http://casasandreluiz.org.br