Tag Archives: Bittencourt Project

Bittencourt Project anuncia show no Sesc Belenzinho dia 15 de outubro

A banda Bittencourt Project anuncia que fará show no Sesc Belenzinho, dia 15 de outubro (domingo), à partir das 18h. Os ingressos são a preço populares e custam 20 reais (10 reais a meia entrada) – quem tem carteirinha do Sesc paga apenas 6 reais.

Reserve seu ingresso no site https://www.sescsp.org.br/programacao/133685_RAFAEL+BITTENCOURT.

“Bittencourt Project” é o projeto do guitarrista Rafael Bittencourt, fundador da mundialmente conhecida banda Angra. Ao longo dos anos, este músico de sensibilidade singular vem colecionando idéias consideradas “especiais” e composições que não se enquadram no formato de sua banda principal. Em 2008, com a ajuda de amigos músicos veio a oportunidade de gravar algumas destas músicas e assim nasceu o primeiro CD do grupo, “Brainworms I”, que mostra um lado mais autobiográfico do músico, de maneira mais livre e sem as molduras do power metal melódico e sinfônico do Angra.

Neste show, Rafael funde com originalidade as diferentes vertentes do rock com a música brasileira, música clássica e outros estilos, trazendo para o público elementos do erudito. O Bittencourt Project é formado por Rafael Bittencourt (guitarra e vocal), Fernando Nunes (baixo), Amon Lima (violino), Bruno Valverde (bateria), Nei Medeiros (teclado) e Wellington Sancho (percussão).

Lembrando que o Bittencourt Project acaba de lançar um DVD “Live Brainworms in Brazil” com uma viagem musical onde as músicas descrevem de maneira muito pessoal e autobiográfica os vários momentos que Rafael Bittencourt viveu durante esta trajetória de 25 anos de carreira. O DVD “Live Brainworms in Brazil” foi gravado no Café Piu-Piu, em São Paulo, sendo ponto de encontro de várias gerações de roqueiros há mais de 32 anos. O evento foi uma colaboração entre fãs e apoiadores por Crowdfunding (financiamento coletivo), pelo PROAC, patrocínio da Sociedade Da Cerveja e Yamaha.

Serviço:
Bittencourt Project no Sesc Belenzinho
Quando: 15 de outubro (domingo)
Local: Sesc Belenzinho
Endereço: R. Padre Adelino, 1000 – Belenzinho, São Paulo
Ingressos: https://www.sescsp.org.br/programacao/133685_RAFAEL+BITTENCOURT
Venda online a partir de 03/10/2017 às 15:30
Valores:
R$ 20,00 (inteira)
R$ 10,00 (meia)
R$ 6,00 (credencial plena)

Links relacionados:
http://www.rafaelbittencourt.com/
https://www.facebook.com/bittencourtproject/

Bittencourt Project: assista teaser do DVD “Live Brainworms in Brazil”

A banda Bittencourt Project, capitaneada pelo guitarrista e vocalista Rafael Bittencourt (Angra), acaba de divulgar o teaser oficial de seu primeiro DVD “Brainworms Live in Brazil”, que foi gravado em São Paulo no começo de 2016. O show contido no DVD é uma viagem musical onde as músicas descrevem de maneira muito pessoal e autobiográfica os vários momentos que Rafael Bittencourt viveu durante esta trajetória de 25 anos de carreira.

Para comprar o DVD entre no site oficial www.rafaelbittencourt.com.

O DVD “Live Brainworms in Brazil” foi gravado no Café Piu-Piu, em São Paulo, um dos mais tradicionais bares de rock da cidade, sendo ponto de encontro de várias gerações de roqueiros há mais de 32 anos. O evento foi uma colaboração entre fãs e apoiadores por Crowdfunding (financiamento coletivo), pelo PROAC (lei de incentivo promovida pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo), patrocínio da Sociedade Da Cerveja e Yamaha.

Assista o teaser de “Live Brainworms in Brazil”: https://youtu.be/L3s5wzsYQhc

Em 2008, Rafael Bittencourt iniciou um projeto paralelo chamado “Bittencourt Project” e lançou o álbum “Brainworms I” (vermes do cérebro), que designa certos tipos de melodias que “grudam” na memória e temos dificuldade de esquecer. “Brainworms I” mostra um lado mais autobiográfico do músico, com sonoridade mais leve afastando-se dos arquétipos do Heavy Metal Melódico. O disco apresenta influência do Rock Progressivo, mas também mescla música regional brasileira, música erudita, Raul Seixas e ritmos latinos, criando assim sua própria identidade. Este projeto tem como objetivo maior aproximar o rock do público geral, utilizando melodias e elementos de fácil aceitação dentro de estruturas sofisticadas.

DVD – Bittencourt Project – Live Brainworms in Brazil

01 – Comendo Melancia
02 – Dedicate my Soul
03 – Holding Back The Fire
04 – Torment of Fate
05 – The Dark Side of Love (com Participação de Alirio Netto)
06 – Nightfly
07 – The Underworld
08 – Faded
09 – Santa Teresa
10 – O Pastor
11 – Nacib Véio (com Participação de Marcello Pompeu)

Jam Session:

12 – War Pigs/Menino da Porteira – Com a participação de Michel Leme, Fabio Zaganin e Ricardo Confessori.
13 – O Calibre: Com a participação especial de Edu Ardanuy, Bruno Valverde e Felipe Andreoli.

Extras:
01 – Making Off
02 – Gear Talk (uma conversa sobre os equipamentos usados no DVD)

Bittencourt Project se apresenta no The Orleans

O Bittencourt Project funde Heavy-Metal, música brasileira e música clássica de uma maneira completamente original.

Brainworms I” é o primeiro CD deste grupo-projeto idealizado por Rafael Bittencourt, guitarrista dono de uma sensibilidade singular, que já se consagrou como um dos mais importantes do metal brasileiro. Possui uma discografia de mais de 16 títulos, discos de ouro dentro e fora do Brasil, mais de um milhão de cópias vendidas pelo mundo e escreveu alguns dos hinos da era moderna do Heavy-Metal que há anos inspiram uma platéia eclética e motivam muitos músicos aspirantes a se aperfeiçoar em seus instrumentos.

Brainworms, cuja tradução literal é vermes do cérebro, na verdade é um termo cunhado por neuro-cientistas americanos para designar certos tipos de melodias que por ventura “grudam” na nossa memória e temos dificuldade em esquecer. Inspirado neste conceito Rafael Bittencourt escreveu as 11 canções e um bônus track que integram este show.

A formação do grupo mostra esta singularidade unindo o melodioso violino elétrico aos fortes riffes da guitarra, uma voz versátil que passeia entre o agressivo e o suave com naturalidade. O baixo, a bateria, o teclado e a percussão a criam os ambientes sonoros contrastantes do rock fundido à música erudita e à regional brasileira.

Musicalidade, talento, originalidade, pioneirismo, técnica e sentimento são apenas alguns dos adjetivos usados para qualificar este projeto e seus músicos.

Links de vídeos

The Underworld: https://m.youtube.com/watch?v=iC6m0JZY6cQ
Faded: https://m.youtube.com/watch?v=MG4s1pMWM3w
Holding Back the Fire (Sphæra rock Orchestra): https://m.youtube.com/watch?v=PdcfCQh-1V8
Santa Teresa: https://m.youtube.com/watch?v=dv87BlhtPKY
Dedicate my Soul (Live at Fnac São Paulo) https://m.youtube.com/watch?v=R3Cn6696BkQ
Torment of Fate (com Amon Lima): https://m.youtube.com/watch?v=Ori90tMVZko
Dedicate my Soul: https://m.youtube.com/watch?v=DZl_pHF3YwQ
Holding Back the Fire: https://m.youtube.com/watch?v=3wbJ1fzVwyk
O Pastor: https://m.youtube.com/watch?v=P2V-WcSvY2k

Links de músicas
www. Rafaelbittencourt.com

Links redes sociais
https://www.facebook.com/rockbittencourt

Informações de contato para contratar shows
+5511 99307-9907

Repertório do show.

Musicas do cd Brainworms I, algumas que marcaram a carreira do Angra, alguns covers de clássicos do rock. A cada evento haverá uma participação especial surpresa. Neste próximo do charles edwards Alirio Neto do musical jesus Cristo superstar

Dedicate my Soul. Holding Back the Fire, Torment of Fate, The Underworld, Rebirth, Nothing to Say, Tom Sawyer, Entre muitos outros…

E mais infos sobre a carreira, ou o cd, ou curiosidade.

O BITTENCOURT PROJECT reúne músicos de diferentes grupos com intenção de criar um rock sofisticado, mas de fácil aceitação. Com influência de grupos de rock dos anos setenta e oitenta como Kansas, Queen, Journey e Whitesnake. As músicas tem estruturas grandes, porém são compostas a partir de idéias simples e melodiosas. Todos amigos e Bem sucedidos em carreiras paralelas. Rafael Bittencourt é o fundador do projeto e também da mundialmente conhecida banda Angra. Fernando Nunes no baixo (ex-Cássia Eller e atualmente toca com Zeca Baleiro), Amon Lima é um virtuoso do violino e faz parte da nacionalmente conhecida Família Lima. Nei Medeiros é tecladista do Padre Marcelo, banda Cerimônia e Bellatrix. Marcell Cardoso é um exímio baterista que já tocou com muitos artistas diferentes.

Uma curiosidade foi a participação de Amon Lima na ultima edição do programa O Aprendiz – Celebridades, de Roberto Justus. Amon chegou à final e foi o mais votado pelo público. Rafael e Felipe estão lançando um novo CD com o Angra, que terá distribuição mundial. Fernando Nunes está colaborando como diretor musical na montagem do musical Cássia Eller que está em cartaz no Rio de Janeiro.

Nei Medeiros participou do mais recente CD do Padre Marcelo Rossi que deve estar nas lojas em novembro deste ano.

RESENHA: BITTENCOURT PROJECT – BRAINWORMS I

Por: Danielle Feltrin

Já está à venda o primeiro – e tão aguardado – álbum solo de Rafael Bittencourt, guitarrista e fundador do grupo Angra. “Brainworms I” é o nome de seu projeto, cuja tradução literal é “Vermes do Cérebro”, um termo usado por neuro-cientistas americanos para designar certos tipos de melodias que fixam em nossa memória nos atormentando por um bom tempo. Inspirado neste conceito, Rafael Bittencourt escreveu as 11 canções e um bônus track que integram este CD.

“Dedicate My Soul” é a que estréia o álbum, uma forte música tanto musicalmente quanto textual, misturada com percussões brasileiras, hard-rock e metal progressivo. “Holding Back the Fire” entra como uma onda mais melancólica na segunda faixa do disco. Com acordes limpos, lembra som dos anos 80 como Queen e Yes. Também com uma letra marcante, nos faz repensar em diversas coisas que fazemos durante o dia, durante a vida.

Na terceira faixa “Torment of Fate” Kiko Loureiro (Angra) participa da música auxiliando na composição da intro do qual ganhou um arranjo “Tango-punk”, onde o guitarrista assume também sua influência de Linkin Park e Evanescence nesta música, bastante moderna. A letra trata de um alerta para o Aquecimento Global, muitíssimo intrigante. A próxima se chama “The Dark Side of Love”, uma balada romântica bem diferente, onde a letra retrata um sujeito que está sempre mudando a maneira de encarar os fatos e conclui que sempre há tempo de mudar a maneira de se encarar a vida.

“Nightfly”, puxada pra um estilo classic-rock, é uma das músicas mais íntimas de Rafael. A letra conta sobre memórias que ele tem da casa de praia de seu avô, de onde vêm suas melhores lembranças de quando era pequeno. A sexta faixa “The Underworld” é uma das mais famosas do álbum por ter sido uma das primeiras a entrar em divulgação antes do lançamento. Nesta faixa Rafael conta com a participação de Amon Lima com seu violino elétrico, dando um tom mais “sombrio” na música, onde retrata o submundo, um universo enorme de tudo que não sabemos, o nada sem respostas.

“Faded” é uma canção serena com leves toques de guitarra elétrica, inspirada em bandas como Pink Floyd, U2 e Coldplay. “Santa Teresa”, a faixa seguinte, é uma composição antiga com base de todos os arranjos numa viola caipira. Há uma mistura de música brasileira e até uma percussão meio indiana lembrando Led Zeppelin.

A seguinte, “O Pastor”, é o único cover do álbum, gravada originalmente pelo grupo português Madredeus. Muito fã, Rafael sempre quis gravar alguma música do grupo por ter uma assimilação com música new age e erudita, além de que o músico queria gravar algo em português, e esta foi sua oportunidade. A próxima faixa se chama “Comendo Melancia”, um instrumental regravado contando com a participação de Ricardo Confessori na bateria (ex-Angra e atual Shaman). Solos com bastante dinamismo e bem pesados.

“Primeiro Amor”, também instrumental e regravada, é toda feita por um violão solo mesclando o típico som brasileiro, homenageando também os vários violonistas que ajudaram a criar o estilo brasileiro de tocar este instrumento. A última faixa definida como bônus é a “Nacib Veio!”, na qual não faz parte do contexto do disco, porém é uma canção antiga do Rafael e decidiu então regravá-la, ficando bastante interessante com linhas de guitarra bem trabalhadas e um dueto country entre o guitarrista e o violino de Amon. A idéia de sua letra é retratar o povo simples morador do campo, baseada em fatos e pessoas reais que estão em sua memória.

Interessante ressaltar que, na compra do álbum, além do encarte com as letras vem junto um livreto com as traduções e significados da composição escritas pelo próprio Rafael Bittencourt. Curioso e instigante, a leitura te deixa por dentro de todas as considerações textuais e musicais interpretadas pelo Rafael com muitos detalhes, que por ventura foi de onde foi tirada a maioria das informações aqui expostas. Musicalidade, talento, sentimento, técnica e originalidade são algumas das qualidades do músico e também encontradas em “BRAINWORMS I”. Vale a pena ouvi-lo integralmente e prestar atenção em suas mensagens, aonde são contemporâneas e apocalípticas na maior parte do tempo.

Nota: 9