Tag Archives: Blind Guardian

Voice Music: retrospectiva 2015, lançamentos, lançamentos e mais lançamentos!

O ano de 2015 foi um ano recheado de grandes lançamentos e o Brasil definitivamente entrou na rota de lançamentos de bandas desde o underground até o mainstream mundial, muito disso devemos aos esforços da Voice Music para fomentar nosso mercado e “convencer” as empresas internacionais que o Brasil é sim um grande consumidor de Rock e seus derivados.

Muito se deu graças a parcerias fechadas com empresas gigantes como Nuclear Blast, DBN, Pias, Ear Music, Century Media e muitas outras internacionais e muitas nacionais também somando lançamentos dos quatro cantos do mundo.

Os destaques são muitos para citar todos, mas lançamentos de nomes gigantes como Faith No More, Garbage, Black Sabbath, Motorhead, New Order, Helloween, Machine Head, Soulfly, Blind Guardian, se misturam aos grandes do Brasil como Krisiun, Ratos de Porão, Dr Sin, Distraught, Astafix, Korzus e a lista segue infinitamente…

Outro grande destaque foi o vasto material do já lendário Joe Bonamassa, sem dúvidas o músico mais importante da atual geração do Blues/Rock mundial, responsável por rejuvenescer o estilo e colocá-lo novamente no topo das paradas musicais.

Com uma lista tão extensa, a Voice Music convida todos os fãs e clientes a visitarem o site oficial e a fanpage no Facebook para conhecerem tudo que já saiu e o que vem por aí, e 2016 será também um ano recheadíssimo de grandes lançamentos.

SITE: http://voicemusic.com.br/

FACEBOOK: http://www.facebook.com/oficialvoicemusic

A Voice Music é também uma das principais distribuidoras do país e está sempre disponível aos lojistas dos quatro cantos do Brasil. Interessados podem entrar em contato com a equipe de vendas por telefone: (11) 3744-0593 ou e-mail: vendas@voicemusic.com.br

Fonte: Metal Media

RESENHA: BLIND GUARDIAN – TOM BRASIL – 12/10/2015

Texto: Eduardo Carvalho
Fotos: Rodrigo Simas Photography

Depois de muita expectativa, os bardos voltaram a São Paulo para o show de encerramento em terras tupiniquins em um Tom Brasil lotado, para alegria de Hansi e sua trupe.

Durante a semana, houve um cancelamento repentino por parte da que seria a banda de abertura: CIRCLE II CIRCLE, que conta com o brasileiro Marcelo Moreira (ex-Almah) na bateria. Não houve um motivo oficial anunciado, apenas uma nota informando que não seria possível realizarem esta leg da tour com o Blind Guardian em território brasileiro.

Desta forma, pouco antes dos bardos entrarem em campo, o público paulista deu um show à parte, cantarolando músicas de animes infantis (Nota da redação: tratava-se do dia 12 de outubro, feriado de Dia das Crianças – e Nossa Senhora de Aparecida, para os mais religiosos) como Dragonball Z e Cavaleiros do Zodíaco. Performance digna de aplausos, inclusive!

Na sequência, não muito depois do horário previsto das 19hs, o show começou com a épica The Ninth Wave do excelente novo trabalho “Beyond The Red Mirror”, com o seu começo cadenciado e com refrão poderoso, fazendo com que o Tom Brasil o entoasse como se já fosse um clássico das antigas.

Na sequência, após um breve e empolgado discurso do onipresente Hansi, emendam uma porrada das antigas, “Banish From Sanctuary”, fazendo com que nenhuma alma conseguisse ficar parada, além de um Hansi que não parou de interagir com o público do começo ao final do solo.

“That sounds like fun São Paulo! ” – Com estas palavras de Hansi, temos Nightfall, um dos maiores clássicos, e com certeza uma das mais poderosas músicas da banda ao vivo. Com seu início com a casa inteira batendo palmas e entoando “Oooooooooohhh”, cantando cada verso, fazendo desta um momento memorável para todos presentes.

“Stop, be quiet now” – As primeiras palavras ditas em Fly são totalmente o oposto do que aconteceu quando este clássico recente da banda começou. Com sua bateria inconfundível, Fly manteve o altíssimo nível até então apresentado, além de com 4 músicas já ter passado pelas mais diversas fases da banda.

Com “Tanelorn (Into The Void) e “Prophecies” a grande massa pôde respirar um pouco e apreciar estas 2 músicas dos 2 últimos álbuns sendo executadas com perfeição.

“Guardian, guardian, guardian of the blind! ” SIM, The Last Candle foi executada e a expressão de alegria e satisfação era nítida no rosto de cada um dos integrantes da banda, tamanha empolgação do público, que não parava um segundo sequer.

Chegamos ao momento “acústico”, com as guitarras sendo abandonadas e os violões entrando em cena. Temos “Miracle Machine” mostrando toda a potência de Hansi e uma belíssima conexão entre público e banda nesta linda balada do mais recente álbum.

Com “Lord Of The Rings” tivemos um revezamento entre Hansi e o público, cada um cantando uma estrofe e arrancando muitos gritos e aplausos ao seu término.

Com três porradas em sequência (Time Stands Still, I’m Alive e Imaginations From The Otherside), a banda encerra o primeiro ato com o público ganho e a ânsia por mais!

A banda volta com mais três porradas em sequência, a ótima Wheel Of Time que funciona perfeitamente ao vivo, a nova Twilight Of The Gods que tem tudo para se tornar mais um clássico recente da banda e quase obrigatória ao vivo.

Após estas 2 grandes execuções, Hansi anuncia VALHALLA, momento obrigatório e esperado por absolutamente toda a plateia. Com punhos em riste e um Tom Brasil vindo a baixo, a noite já estava ganha pelos bardos. Com guitarras e bateria magistralmente executadas, um vocal que ia de Hansi a Kai sem nenhuma dificuldade e um público cantando cada palavra como se não houvesse amanhã, Valhalla foi o ponto mais alta do show. Até o momento…

Então os PAs começam a executar uma estranha música de circo. Sim, a música que foi executada na última passagem dos bardos graças aos pedidos do público já estava no setlist desta vez. Já “Majesty”! conseguiu em seus quase 08:00 minutos prender o público e nos preparar para a sequência, com outro grande clássico da banda “The Script For My Requiem”.

Chegado o grande momento para todos presentes, “The Bard’s Song – In The Forest”, música cantada em uníssono e fazendo ser praticamente impossível ouvir até a voz de Hansi, tamanha voracidade do público em cada palavra e cada nota instrumental executada. Com certeza um momento emocionante e inesquecível para todos presentes e se tornando o ponto mais alto do show, exatamente como dito por Hansi após a canção “World Class Performance São Paulo! ”.

Chegado o momento da última música do show, Mirror Mirror não deixou nenhuma brecha para que a audiência ficasse parada, e caso alguém ainda possuísse voz, com certeza ela iria acabar agora. Fim de show.

NÃO EM SÃO PAULO! Ainda havia tempo e fôlego para Barbara Ann! Após uma breve negociação de Hansi com o público, pedindo para que entoassem Ba-Ba-Ba-Barbara Ann alto o suficiente, Barbara Ann foi executada por uma banda extremamente carismática e empolgada com o show.

Um final divertidíssimo para uma noite inesquecível. Mais de 2 horas de show, música extra, um setlist imprevisível, uma banda extremamente bem entrosada, um público fiel e com certeza um excelente presente de Dia das Crianças para todos ali presentes, independente da faixa etária.

MUITO OBRIGADO PELO PRESENTE, BARDOS!

 Set List:

    1. The Ninth Wave
    2. Banish from Sanctuary
    3. Nightfall
    4. Fly
    5. Tanelorn (Into the Void)
    6. Prophecies
    7. The Last Candle
    8. Miracle Machine
    9. Lord of the Rings
    10. Time Stands Still (at the Iron Hill)
    11. I’m Alive
    12. Imaginations from the Other Side

Encore 1:

    1. Wheel of Time
    2. Twilight of the Gods
    3. Valhalla

Encore 2:

    1. Majesty
    2. The Script for My Requiem
    3. The Bard’s Song – In the Forest
    4. Mirror Mirror
    5. Barbara Ann

Blind Guardian inicia turnê pelo Brasil com shows lotados

Alemães trazem a turnê promocional do aclamado novo álbum “Beyond the Red Mirror”. Grupo celebra performance em Recife – foto: divulgação

A banda alemã Blind Guardian, um dos nomes mais importantes do power metal mundial, já começou mais uma bem-sucedida passagem pela América Latina encantando várias cidades do Brasil com um repertório repleto de clássicos.

A turnê promocional do aclamado novo álbum “Beyond the Red Mirror” já passou por Fortaleza (02/10 – Siara Hall), Recife (04/10 – Baile Perfumado) e Porto Alegre (06/10 – Opinião).

Banda estreou turnê pela América Latina com o pé direito em Fortaleza – foto: divulgação

O set regular executado por Hansi Kürsch (vocal), André Olbrich (guitarra), Marcus Siepen (guitarra), Frederik Ehmke (bateria) e Barend Curbois (baixo) durante esta excursão tem contado com as seguintes composições:

The Ninth Wave
Banish From Sanctuary
Nightfall
Fly
Tanelorn (Into the Void)
Prophecies
The Last Candle
Lord Of The Rings
Time Stands Still
Morderd’s Song
Majesty
And The Story Ends
Wheel of Time
I’m Alive
And Then There Was Silence
Sacred Worlds
Twilight Of The Gods
Valhalla
War of Wrath
Into The Storm
The Bard’s Song – In The Forest
Mirror Mirror

Com seus 31 anos de sucesso e milhões de álbuns vendidos, os próximos compromissos do Blind Guardian são os seguintes:
07/10 – Master Hall – Curitiba
09/10 – Vivo Rio – Rio de Janeiro
10/10 – Music Hall – Belo Horizonte
12/10 – Tom Brasil (ex-HSBC Brasil) – São Paulo
14/10 – El Teatro Flores – Buenos Aires, Argentina
16/10 – Teatro Caupolican – Santiago, Chile
18/10 – Pepper’s Club – San Jose, Costa Rica
20/10 – Circo Volador – Cidade do México, México

Ainda há ingressos à venda em todas as cidades. Mais informações sobre pontos de venda e valor dos ingressos abaixo.

“Beyond The Red Mirror” é o décimo disco de estúdios dos alemães e estreou nos principais charts europeus, atingindo o 4º lugar na Alemanha e 8º na Áustria. Este trabalho chega aproximadamente quatro anos e meio após o bem-recebido “At The Edge Of Time” e o conceito gira em torno de um jovem conhecido há 19 anos. No decorrer das 10 faixas, o ouvinte é transportado para um portal misterioso e sobrenatural que inclui deuses, tiranos e o Santo Graal.

A grande curiosidade por trás deste trabalho é que, além da produção do renomado Charlie Bauerfeind (Saxon, Hammerfall, Helloween), o CD traz a participação especial de três orquestras distintas (Republica Tcheca, Hungria e Estados Unidos), que juntas contabilizam 90 músicos, o que deixou este registro com um acabamento brilhante.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/blindguardian
https://www.facebook.com/CircleIICircle
https://www.facebook.com/overloadbrasil
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Serviço SP: https://www.facebook.com/events/1432851697015645/
Serviço RJ: https://www.facebook.com/events/1561643257417335/
Serviço Curitiba: https://www.facebook.com/events/876558169047157/
Serviço BH: https://www.facebook.com/events/1556996647902346/

Blind Guardian envia recado aos fãs paulistas

Ingressos de pista VIP para o show da banda alemã, em SP, estão esgotados – foto: divulgação

São Paulo foi uma das cidades mais importantes para a carreira do Blind Guardian. A capital paulista foi palco de diversas apresentações apoteóticas do grupo alemão e também abriu as portas para o resto do país.

Como não poderia ser diferente, com o lançamento do álbum “Beyond The Red Mirror”, Hansi Kürsch (vocal), André Olbrich (guitarra), Marcus Siepen (guitarra), Frederik Ehmke (bateria) e Barend Curbois (baixo) estão de volta ao Brasil e São Paulo promete ser clímax desta nova turnê pela América Latina.

Sabendo da expectativa dos fãs para a performance do próximo dia 12 de outubro, no Tom Brasil (ex-HSBC Brasil), Kürsch e Siepen enviaram recado especial. Os ingressos de pista VIP estão esgotados. Confira a mensagem em https://www.youtube.com/watch?v=lJn2Dq51oyo.

A excursão do quinteto alemão é a seguinte:
02/10 – Siara Hall – Fortaleza
04/10 – Baile Perfumado – Recife
06/10 – Opinião – Porto Alegre
07/10 – Master Hall – Curitiba
09/10 – Vivo Rio – Rio de Janeiro (special guest Circle II Circle)
10/10 – Music Hall – Belo Horizonte
12/10 – HSBC Brasil – São Paulo (special guest Circle II Circle)
14/10 – El Teatro Flores – Buenos Aires, Argentina
16/10 – Teatro Caupolican – Santiago, Chile
18/10 – Pepper’s Club – San Jose, Costa Rica
20/10 – Circo Volador – Cidade do México, México

No repertório, além das novas composições, os fãs poderão mais uma vez se encantar ao som de clássicos como “Valhalla”, “The Bard’s Song – In the Forest”, “Mirror Mirror”, “Nightfall”, “Imaginations from the Other Side”, “Welcome to Dying”, “Time Stands Still (at the Iron Hill)”, “Lord of the Rings”, “Into the Storm”, entre outros.

Ainda há ingressos à venda em todas as cidades. Mais informações sobre pontos de venda e valor dos ingressos abaixo.

“Beyond The Red Mirror” é o décimo disco de estúdios dos alemães e estreou nos principais charts europeus, atingindo o 4º lugar na Alemanha e 8º na Áustria. Este trabalho chega aproximadamente quatro anos e meio após o bem-recebido “At The Edge Of Time” e o conceito gira em torno de um jovem conhecido há 19 anos. No decorrer das 10 faixas, o ouvinte é transportado para um portal misterioso e sobrenatural que inclui deuses, tiranos e o Santo Graal.

A grande curiosidade por trás deste trabalho é que, além da produção do renomado Charlie Bauerfeind (Saxon, Hammerfall, Helloween), o CD traz a participação especial de três orquestras distintas (Republica Tcheca, Hungria e Estados Unidos), que juntas contabilizam 90 músicos, o que deixou este registro com um acabamento brilhante.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/blindguardian
https://www.facebook.com/CircleIICircle
https://www.facebook.com/overloadbrasil
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Serviço SP: https://www.facebook.com/events/1432851697015645/
Serviço RJ: https://www.facebook.com/events/1561643257417335/
Serviço Curitiba: https://www.facebook.com/events/876558169047157/
Serviço Porto Alegre: https://www.facebook.com/events/401519180028851/
Serviço BH: https://www.facebook.com/events/1556996647902346/

Blind Guardian: ingressos de pista VIP em SP estão esgotados

Banda alemã se apresenta sete capitais do Brasil – foto: divulgação

Faltando poucos dias para a apresentação do Blind Guardian, um dos maiores ícones do power metal mundial, parece que a ansiedade para a apresentação do grupo em São Paulo, já começa a tomar conta dos fãs. Estão esgotados os ingressos de pista VIP para o show do próximo dia 12 de outubro, no Tom Brasil (ex-HSBC Brasil).

Com seus 31 anos de sucesso e milhões de álbuns vendidos, Hansi Kürsch (vocal), André Olbrich (guitarra), Marcus Siepen (guitarra), Frederik Ehmke (bateria) e Barend Curbois (baixo) desembarcam na América Latina, trazendo na bagagem a aclamada turnê do novo álbum “Beyond The Red Mirror” para sete capitais brasileiras.

No repertório, além das novas composições, os fãs poderão mais uma vez se encantar ao som de clássicos como “Valhalla”, “The Bard’s Song – In the Forest”, “Mirror Mirror”, “Nightfall”, “Imaginations from the Other Side”, “Welcome to Dying”, “Time Stands Still (at the Iron Hill)”, “Lord of the Rings”, “Into the Storm”, entre outros.

A excursão do quinteto alemão é a seguinte:
02/10 – Siara Hall – Fortaleza
04/10 – Baile Perfumado – Recife
06/10 – Opinião – Porto Alegre
07/10 – Master Hall – Curitiba
09/10 – Vivo Rio – Rio de Janeiro (special guest Circle II Circle)
10/10 – Music Hall – Belo Horizonte
12/10 – HSBC Brasil – São Paulo (special guest Circle II Circle)
14/10 – El Teatro Flores – Buenos Aires, Argentina
16/10 – Teatro Caupolican – Santiago, Chile
18/10 – Pepper’s Club – San Jose, Costa Rica
20/10 – Circo Volador – Cidade do México, México

Ainda há ingressos à venda em todas as cidades. Mais informações sobre pontos de venda e valor dos ingressos abaixo.

“Beyond The Red Mirror” é o décimo disco de estúdios dos alemães e estreou nos principais charts europeus, atingindo o 4º lugar na Alemanha e 8º na Áustria. Este trabalho chega aproximadamente quatro anos e meio após o bem-recebido “At The Edge Of Time” e o conceito gira em torno de um jovem conhecido há 19 anos. No decorrer das 10 faixas, o ouvinte é transportado para um portal misterioso e sobrenatural que inclui deuses, tiranos e o Santo Graal.

A grande curiosidade por trás deste trabalho é que, além da produção do renomado Charlie Bauerfeind (Saxon, Hammerfall, Helloween), o CD traz a participação especial de três orquestras distintas (Republica Tcheca, Hungria e Estados Unidos), que juntas contabilizam 90 músicos, o que deixou este registro com um acabamento brilhante.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/blindguardian
https://www.facebook.com/CircleIICircle
https://www.facebook.com/overloadbrasil
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Serviço SP: https://www.facebook.com/events/1432851697015645/
Serviço RJ: https://www.facebook.com/events/1561643257417335/
Serviço Curitiba: https://www.facebook.com/events/876558169047157/
Serviço Porto Alegre: https://www.facebook.com/events/401519180028851/
Serviço BH: https://www.facebook.com/events/1556996647902346/

Blind Guardian confirma show em sete capitais do Brasil

Banda alemã tem uma legião de fãs espalhada por todo país – foto: divulgação

O Blind Guardian, um dos maiores ícones do power metal mundial, desembarca em outubro, na América Latina, trazendo na bagagem a aclamada turnê do novo álbum “Beyond The Red Mirror” para apresentações em sete capitais brasileiras.

Considerada uma das bandas mais importantes da música pesada alemã, com seus 31 anos de sucesso e milhões de álbuns vendidos, Hansi Kürsch (vocal), André Olbrich (guitarra), Marcus Siepen (guitarra), Guitars Frederik (bateria) e Barend Curbois (baixo) vem devastando a Europa com grandes performances.

No repertório, além das novas composições, os fãs poderão mais uma vez se encantar ao som de clássicos como “Valhalla”, “The Bard’s Song – In the Forest”, “Mirror Mirror”, “Nightfall”, “Imaginations from the Other Side”, “Welcome to Dying”, “Time Stands Still (at the Iron Hill)”, “Lord of the Rings”, “Into the Storm”, entre outros.

A nova turnê do Blind Guardian pela América Latina é a seguinte:
02/10 – Siara Hall – Fortaleza
03/10 – Baile Perfumado – Recife
06/10 – Opinião – Porto Alegre
07/10 – Master Hall – Curitiba
09/10 – Vivo Rio – Rio de Janeiro (special guest Circle II Circle)
10/10 – Music Hall – Belo Horizonte
12/10 – HSBC Brasil – São Paulo (special guest Circle II Circle)
14/10 – El Teatro Flores – Buenos Aires, Argentina
16/10 – Teatro Caupolican – Santiago, Chile
18/10 – Pepper’s Club – San Jose, Costa Rica
20/10 – Circo Volador – Cidade do México, México

Os ingressos para as apresentações em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba já estão à venda. Mais informações sobre pontos de venda e valor dos ingressos abaixo.

“Beyond The Red Mirror” é o decimo disco de estúdios dos alemães e estreou nos principais charts europeus, atingindo o 4º lugar na Alemanha e 8º na Áustria. Este trabalho chega aproximadamente quatro anos e meio após o bem-recebido “At The Edge Of Time” e o conceito gira em torno de um jovem conhecido há 19 anos. No decorrer das 10 faixas, o ouvinte é transportado para um portal misterioso e sobrenatural que inclui deuses, tiranos e o Santo Graal.

A grande curiosidade por trás deste trabalho é que, além da produção do renomado Charlie Bauerfeind (Saxon, Hammerfall, Helloween), o CD traz a participação especial de três orquestras distintas (Republica Tcheca, Hungria e Estados Unidos), que juntas contabilizam 90 músicos, o que deixou este registro com um acabamento brilhante.

Links relacionados:
https://www.facebook.com/blindguardian
https://www.facebook.com/CircleIICircle
https://www.facebook.com/overloadbrasil
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

Serviço SP: https://www.facebook.com/events/1432851697015645/
Serviço RJ: https://www.facebook.com/events/1561643257417335/
Serviço Curitiba: https://www.facebook.com/events/876558169047157/
Serviço Porto Alegre: https://www.facebook.com/events/401519180028851/
Serviço BH: https://www.facebook.com/events/1556996647902346/

Blind Guardian apresenta novo baixista Barend Courbois!

Ao longo de sua carreira ele tocou em 4,000 shows e gravou mais de 60 álbuns. Ele trabalhou com músicos como Adrian Vandenberg (WhiteSnake), Zakk Wilde (Ozzy Osborne) e Atma Anur (Journey). Em 2004 ele foi eleito como melhor baixista  pela revista Guitar Player.
Seu nome é Barend Courbois, e é o novo baixista do BLIND GUARDIAN – após 30 de janeiro os fãs poderão conferir suas técnicas no novo álbum “Beyond the Red Mirror“.
“Foi uma longa produção como nunca havia participado antes” o musico holandês explica “Como todos sabemos, as gravações levaram um total de dois anos. A música é tão versátil, que torna o estilo do BLIND GUARDIAN único.”
 
Gravando em seu estilo único, Courbois confidencia: “Toco de forma bem forte, mas também bem melódica” ele explica “Posso ser comparado com John Deacon. Algo que os fãs do Queen Hansi Kürsch e do guitarrista André Olbrich realmente irão gostar”
O vocalista da banda, Hansi Kürsch confirma: “Bared é o melhor. Ele é o melhor baixista para nós pelo seu conhecimento musical. Ele é multifacetado e gosta de variar, e ainda assim capaz de criar o poder do qual precisamos.”
A música sempre esteve em seu sangue. Seu pai, Pierre (74) é um famoso baterista de jazze ainda se apresenta e já se apresentou ao lado de grandes estrelas como Jean-Luc Ponty e Ben Webster. Aos quatro anos, Barend começou a tocar bateria, aos oito ele pegou o baixo e por um tempo tocou gaita de foles. Não é de admirar que ele se sinta bem com sons que variam desde  rock e metal até jazz e funk.
A forma que ele entrou em contato com o BLIND GUARDIAN não é tão espetacular como alguns possam pensar. “Um dia, recebi um telefonema inesperado do produtor Charlie Cauerfeind, que eu conheci num projeto em que ambos estávamos envolvidos nos anos 90. Ele me perguntou se eu estaria disponivel pelos próximos seis meses, para sair em tour com uma banda de metal maior. Ele não me disse o nome da banda.”
 
Apenas um dia depois do acordo,Bared conheceu o BLIND GUARDIAN em Krefeld, para se encontrarem apenas na tour duas semanas depois. “Eu estava destruído depois do meu primeiro show: foi um desafio tocar as musicas do Blind Guardian, mas eu amei isso!”

RESENHA: BLIND GUARDIAN – BEYOND THE RED MIRROR

Por: Rodrigo Paulino

The Ninth Wave, a primeira faixa longa do álbum começa com um longo coral de arrepiar e um instrumental animal, dando entrada a voz e a presença da banda, com guitarras cadenciadas, felizmente é daquelas músicas que simplesmente te arrepiam na primeira ouvida, a presença da orquestra dá o acabamento perfeito, a variação entre os vocais e o coral são hipnotizantes. O refrão da música chega a ser ima explosão, é muito bonito, num dado momento, perto do final da musica, fica apenas no coral, sinta-se no céu. Twilight of the Gods, começa com guitarras muito presentes, o fatos orquestral antes presente em peso dá espaço para o lado power metal, a voz mais pesada, no entanto é muito bem arranjada essa faixa, o solo funciona muito bem e não é algo enjoativo. É uma música frenética do início ao fim. Prophecies já muda totalmente o contexto, no seu inicio, chegando a lembrar um pouco músicas do Queen, no entanto, ela retorna o peso para o álbum, as guitarras cadenciadas no meio da música junto com a voz são delirantes, o solo nessa música parece ser meio “perdido”, mas ele é muito bem elaborado, um deleite para os ouvidos, vale um destaque que essa faixa é muito versátil, ela começa tranquila, fica pesada e retorna para seu fim, como uma cavalgada e termina com os backing vocals.

At Edge Of Time possui toda uma atmosfera sinfônica, com guitarras lentas e bateria tranquila, mas a voz fala muito, ela ganha força, é uma faixa muito gostosa de se ouvir, logo após um “empurrãozinho” da orquestra, os metais ganham presença e a musica ganha mais vida e mais peso, o resultado pode ser até mesmo que você sorria enquanto ouve, por se deparar com algo tão belo, a orquestra faz você sentir que está diante de algo extraordinário. É uma canção tão teatral e ao mesmo tempo tão empolgante. O solo está misto com orquestra e as duas coisas se unindo para ser uma coisa só, se completando nesse instante garante uma certa ‘magia’ na música, você se convence de que essa deveria fazer parte de uma trilha sonora de um filme épico. Ashes of eternity já é mais pesada, com riffs, vocal mais pesado e bateria bem ao estilo power metal, no entanto, com a presença de corais em determinados momentos, parece que você é levado ao céu, ou aquela sensação de estar acima das nuvens, é uma canção que varia muito no estilo dela, apesar de bateria se manter no mesmo ritmo, a musica pela sua estrutura em seu decorrer surpreende. The Holy Grail é outra música de bastante peso, essa realmente começa já com peso, ao melhor estilo de power metal, bangeadores bangearão.

The throne, não sei o que me lembrou Batman, deve ser a orquestra, mas logo ela se acelera, engraçado que a música é muito rápida e possui um dos solos mais brilhantes do álbum que ouvi até agora, com a orquestra em segundo plano, o final da canção vira um duelo entre o backing vocal e a voz de fronte. Sacred Mind possui uma atmosfera interessante, é uma das músicas mais tranquilas, instrumentalmente falando, mas tem um dos vocais mais pesados, num ponto a musica fica toda cadenciada, desde a instrumentação até a voz, até ela engrenar e ficar muito sombria, uma discussão entre o bem e o mal, o solo é enlouquecedor, muito bem trebalhado. Miracle Machine é a baladinha do álbum: piano e voz, essa faixa me lembra as músicas de Final Fantasy, de personagens que morrem no decorrer da história. Piadas à parte, é uma faixa muito interessante, muito bonita e bem bolada, chega a lembrar os rocks dos anos 80 em alguns momentos, mas é linda.

Grand Parade é uma porrada! Começa com todo o peso, mas ele parece dissolver como areias ao vento, iniciando com até mesmo um vocal mais leve, quando o front man decide aparecer, ele eleva a musica, novamente temos um espetáculo teatral, corais, orquestra épica que alguns momentos parecem os acordes de Piratas do Caribe, no entanto, a musica ganha altura e alça grandes voos, é uma pérola essa canção. Essa é a segunda canção mais longa do álbum, ela oferece um espetáculo aos ouvidos na orquestra.

Minhas impressões sobre esse álbum? É um excelente álbum de metal sifônico/power metal, sem dúvida alguma! Muito bem preparado e muito bem orquestrado, sem frescuras e muito gostoso de se ouvir.

BLIND GUARDIAN – lançamento do primeiro trailer do álbum Beyond the red mirror

Os contadores de estoria mais conhecidos do metal, Blind Guardian, acabam de lançar um trailer de seu antecipadíssimo décimo álbum de estúdio, Beyond the red mirror, com o lançamento europeu no dia 30 de janeiro, inglês no dia 2 de fevereiro e em 3 de fevereiro na América do Norte.

É impossível para nós escolher uma musica que possa representar o álbum como um todo. O single a ser lançado vai ser uma espécie de aperitivo – Twilight of the Gods é perfeito, pois ele revela uma dinâmica incrível e faixas com grandes melodias“, compartilha o vocalista Hansi Kürsch.

Englobando inovações, melodias e uma ferocidade de quebrar o pescoço, pela qual o Blind Guardian é conhecido, o mini-CD “Twilight of Gods“, inclui 2 faixas ao vivo gravadas no Waken de 2011 na Alemanha e pode ser encomendado como digipack ou vinil – em cores diferentes – neste site http://smarturl.it/BLIND-GUARDIAN-Gods.

As musicas que compõe o mini cd são:

01. Twilight Of The Gods
02. Time Stands Still (At The Iron Hill) – Live at Wacken 2011
03. The Bard’s Song (In The Forest) – Live at Wacken 2011

Já por 4 anos e meio em produção, “Beyond The red Mirror” foi gravado no estúdio Twilight Hall, Alemanha e produzido por Chalie Bauerfreind (SAXON, HAMMERFALL, HELLOWEEN). As fascinantes faixas tão aguardadas do Blind Guardian contam com a colaboração de 3 diferentes corais classicos de Praga, Budapeste e Boston, mais duas orquestras – cada uma com 90 musicos. Exige-se um esforço para prestar a atenção tanto na letra como na musica, Beyond the Red Mirror, se trata na busca desesperada pela verdade, uma exploração na relatividade entre o bem e mal, um testemunho das consequências de oportunidades perdidas, um vislumbre de um universo que vive numa sociedade distópica, e uma história sobre uma profecia, uma promessa de revolução, um ponto de vingança e uma maquina milagrosa com um poder bem além dos quais os humanos poderiam sonhar.

Junto com a arte de nosso colaborador Felipe Machado, Beyond the red mirror está disponível para pre-order nos seguntes formatos:

– Estojo acrílico (10 musicas)
– Edição limitada em digipack ou digibook (11 musicas)
– LP em vinil duplo (11 musicas)
– Earbook (12 musicas, ilustrações adicionais, fotos e notas)
– Ed limitada exclusiva NB Mail-Order Earbook (12 musicas, ilustrações, fotos, notas e um bônus 10″)

As faixas de Beyond the red mirror são:
01. Ninth Wave
02. Twilight Of The Gods
03. Prophecies
04. At The Edge Of Time
05. Ashes Of Eternity
06. Distant Memories (bonus track on limited editions + vinyl)
07. Holy Grail
08. The Throne
09. Sacred Mind
10. Miracle Machine
11. Grand Parade