Tag Archives: Downfall Of Mankind

Angra Fest II em São Paulo: ainda há ingressos à venda

Angra vai celebrar o centésimo show da “Omni Tour”, com show especial, no próprio festival – foto: Henrique Grandi

Top Link Music e Rádio & TV Corsário anunciaram recentemente a segunda edição do Angra Fest, evento que vai comemorar, em grande, estilo o centésimo show da “Omni Tour” e proporcionar muita música de qualidade e cultura aos amantes do rock e do heavy metal.

Este ano, o Angra Fest acontece no próximo dia 1 de dezembro, na Tropical Butantã, em São Paulo. Além do próprio Angra, o line-up é composto por Project46MaltaNervosa e Dr. Sin.

Os fãs interessados em prestigiar este novo marco histórico no legado do metal brasileiro ainda podem adquirir ingressos pelo site da Ticket Brasil (https://ticketbrasil.com.br/festival/6414-angrafest-saopaulo-sp/) e pontos autorizados na capital paulista, Barueri, Osasco, Santo André, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo, Mauá, Campinas, Sorocaba e Santos.

Conhecida por estar entre os maiores nomes do heavy metal brasileiro no mundo, a banda Angra lançou aclamados álbuns e construiu uma gloriosa carreira. É também uma referência musical por seus interlúdios sinfônicos, instrumental altamente técnico e pela alquimia do metal com elementos regionais brasileiros, foi formada originalmente em 1991 e hoje em dia é um grande exemplo de versatilidade no meio musical. Neste momento, Fabio Lione (vocal), Rafael Bittencourt (guitarra), Marcelo Barbosa (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Bruno Valverde (bateria) estão na estrada promovendo o elogiado novo álbum “Omni”. A turnê já passou por Europa e América Latina, e agora está percorrendo Estados Unidos e Canadá.

Esse é um sonho que tenho há muito tempo. Um festival que celebre nossa história reunindo vários outros artistas e bandas. Nós inspiramos o público e os músicos aspirantes a profissionais e isto é muito importante num país onde a esperança de sucesso e prosperidade é massacrada por instabilidades morais e econômicas. Quero que o Angra seja um polo de união entre bandas e artistas fortalecendo a cena e o prestígio do metal nacional no mundo“, declarou Rafael Bittencourt sobre o Angra Fest.

DR. SIN, um dos maiores nomes do hard rock brasileiro, está de volta, dois anos após surpreendente pausa na carreira. Renovado e revitalizado, o grupo aproveitou o lançamento da música “Lost in Space” para apresentar sua nova formação com o guitarrista Thiago Melo, ao lado dos lendários irmãos Ivan e Andria Busic, fundadores da banda. Melo, talentoso músico do Acre, é integrante da banda Busic, e foi a escolha natural para substituir ícone da guitarra Edu Ardanuy.

Com o prestigio de ter se apresentado nos renomados Monsters of Rock e Maquinaria Chile, o Project46 representa a consagrada nova geração do metal nacional. Caio MacBeserra (vocal), Jean Patton (guitarra/vocal), Vinicius Castellari (guitarra), Baffo Neto (baixo) e Betto Cardoso (bateria) estão empenhados na turnê do novo álbum “TR3S”, que foi eleito pela revista Roadie Crew o “Melhor Álbum” de 2017.

A banda Malta, vencedora da 1ª temporada do programa SuperStar, da Rede Globo, chegará ao Angra Fest divulgando o novo álbum “IV”, que será lançado este mês, em todas as plataformas digitais. O primeiro single “Amor Proibido” é tema da novela homônima na Rede Bandeirantes. Atualmente formado por Adriano Daga (bateria), Luana Camarah (vocal), Thor Moraes (guitarra) e Diego Lopes (baixo), os músicos vem colhendo os frutos do trabalho conquistado com muita energia e paixão pela boa música.

Já a Nervosa, uma das bandas brasileiras que mais tocam no exterior, lançou recentemente o terceiro disco de estúdio “Downfall Of Mankind” via Napalm Records. Para promover este trabalho, Fernanda Lira (vocal/baixo), Prika Amaral (guitarra) e Luana Dametto (bateria) encerram recentemente longa turnê pela Europa, que passou por cidades da Alemanha, França, Espanha e Reino Unido.

Mais informações:
https://www.facebook.com/toplinkmusicoficial
https://www.facebook.com/RadioTvCorsario
https://www.facebook.com/AngraOfficialPage
https://www.facebook.com/drsinofficial
https://www.facebook.com/Project46
https://www.facebook.com/maltaoficial
https://www.facebook.com/femalethrash
https://www.facebook.com/UltimateMusicPR

SERVIÇO SÃO PAULO
Top Link Music e Rádio & TV Corsário orgulhosamente apresentam ANGRA FEST
Bandas: Angra, Project46, Malta, Nervosa e Dr. Sin

Data: 1 de dezembro de 2018
Local: Tropical Butantã – www.tropicalbutanta.com.br
End: Av. Valdemar Ferreira, 93 (200m do Metrô Butantã)
Horário: 17h (abertura da casa)
Infoline: 11 3031-0393
Evento Fb: https://www.facebook.com/events/455393128302252/
Classificação etária: 16 anos. Entre 14 e15 anos somente acompanhado por pai ou mãe munidos de documentos  ou responsável legal
Estacionamento: locais próximos sem convênio
Estrutura: ar-condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes

# SETORES/VALORES (1º lote)
– PISTA MEIA/PROMOCIONAL*: R$ 50,00
– PISTA VIP MEIA/PROMOCIONAL*: R$ 90,00
– CAMAROTE MEIA/PROMOCIONAL*: R$ 120,00 (1º lote)
*O ingresso promocional antecipado é válido mediante a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento.

# COMPRA PELA INTERNET – https://ticketbrasil.com.br/festival/6414-angrafest-saopaulo-sp
Formas de Pagamento: dinheiro, cartões de crédito e débito Visa, MasterCard, American Express e Diners Club
# PONTO DE VENDA OFICIAL (sem taxa de serviço): bilheteria Tropical Butantã
# PONTOS AUTORIZADOS em São Paulo, Barueri, Osasco, Santo André, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo, Mauá, Campinas, Sorocaba e Santos. Consulte o ponto de venda mais próximo da sua região em https://ticketbrasil.com.br.

**** Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei;
***** A produção do evento NÃO se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais;
****** É expressamente proibida a entrada com câmeras fotográficas e filmadoras profissionais ou semi-profissionais.

DESTRUCTION VOLTA AO BRASIL TOCANDO MAIORES SUCESSOS ACOMPANHADO DA BANDA NERVOSA NO ESPAÇO 555 EM SÃO PAULO

Por Thiago Tavares

Domingo, dia 23 de Setembro, noite em Sampa e mais um show de responsa para cobrir. Mas quando vi as atrações da noite, já notei que a pancadaria seria boa e na noite em questão não iria viver o trauma de todo o brasileiro: quando começar o Fantástico é a sentença de morte do final de semana. Mas esse domingo não seria um dia qualquer. Seria uma ótima pedida para acompanhar duas bandas de destaque no cenário do trash metal: uma em grande ascensão mundo a fora e uma clássica que já tinha um tempo que não aparecia no Brasil.

Quem desembarcou em São Paulo para tocar o terror no Espaço 555 é a tradicionalíssima banda alemã Destruction que há tempos não se apresentava no Brasil e retornou após se apresentar no festival Wacken e logo em seguida, engatou a turnê The Butchers Are Back – Latin Attack 2018 passando por diversos países como Argentina, Chile, Paraguai e Costa Rica.

E para iniciar os trabalhos, a banda alemã convidou a banda brasileira que vem fazendo muito barulho e reconhecimento de todos por onde passam, não só no Brasil como em várias partes do mundo. A banda Nervosa retornou a terra brasilis após uma sucedida série de shows pela Europa, sendo 31 feitos no continente contatos a partir do último show no Brasil, realizado em Belo Horizonte em meados de junho, ou seja, trabalharam bastante.

Ao chegar na casa, já avistava uma fila imensa que chegava próximo a Galeria do Rock, onde poderia se prever que teríamos coisas boas a se ouvir. Um atraso básico para a entrada da galera, mas aos poucos a casa abriu e encheu em 40 minutos mais ou menos e que com certeza estava mais cheio da última que compareci ao Espaço 555 com a própria Nervosa e a banda norte-americana Havok.

O pessoal da equipe ainda estava finalizando os acertos nos instrumentos e meio que correndo contra o tempo pois a banda teve problemas no voo que veio de Manaus, onde aconteceu o último show. Houve cancelamento, remarcação e no fim das contas, chegaram meio que em cima da hora em São Paulo com pouco tempo de descanso. Mas isso não desmotivou o grupo alemão em bater cabeça com a galera que compareceu a casa.

As 20:33 as meninas do Nervosa sobem ao palco do Espaço 555 e eu fiquei na linha de frente da porradaria, onde somente o gradil me separava do palco, e que de lá dificilmente sairia de lá, onde estava disposto a testemunhar o bom trash metal do Brasil, onde as meninas mandam muito bem.

Em pouco mais de uma hora e quinze minutos de show, a banda apresentou um repertório bastante diversificado, obviamente priorizando músicas do mais recente trabalho intitulado álbum Downfall Of Mankind, álbum esse que vem recebendo o devido reconhecimento dos apreciadores do estilo musical.

Após o show da Nervosa, o povo estava clamando pela atração principal da noite. A galera havia esquentado os motores com muito mosh no primeiro show mas queriam mais, queriam tocar o terror e colocar o Espaço 555 abaixo.

As 22:10 quem subiu ao palco era o Destruction, banda essa com grande reputação no trash metal. Considerado um dos componentes do Big 4 do Trash Metal Alemão (compostos por Sodom, Tankard e Kreator, além do Destruction) e formada atualmente por Mike Sifringer (guitarra), Marcel Schmier (baixo e vocal) e Vaaver (Wawrzyniec Dramowicz) (bateria) realizaram um show monstro digno de mosh em níveis elevadíssimos, ao ponto de quase derrubar a galera que estava próximo ao gradil. Mas quem estava preocupado com isso? Convenhamos, não é todo dia que o Destruction vem ao Brasil para fazer show e ainda mais com a energia que os caras tinham. Foi até difícil para mim tirar algumas fotos do show para a publicação, pois não queremos ficar no prejuízo.

O que se pode dizer do show é que em meio a derrubada da caixa de retorno feito por Schmier, não estando a seu agrado, vários esbarrões e uma garrafa atirada pelo vocal para brindar junto ao povo, a porradaria foi de extrema qualidade e a galera saiu satisfeito do que viu.

O Destruction não tem agenda confirmada para novos shows após a passagem pela América do Sul. Entretanto, a Nervosa continuará com a turnê iniciada no meio do ano com shows no México, Guatemala, El Salvador, Panamá e Costa Rica, retornando ao Brasil em meados de Dezembro com dois shows marcados em São Paulo.

Em nome do Ponto Zero, agradecemos ao Luciano Piantonni, da LP Metal Press pelo fornecimento da credencial para a realização desta matéria.

SETLIST NERVOSA
Horrordome
Death!
Enslave
Hostages
Masked Betrayer
Never Forget, Never Repeat
Vultures
Kill the Silence
Fear, Violence and Massacre
Intolerance Means War
Into Moshpit

SETLIST DESTRUCTION
Curse the Gods Intro
Curse the Gods
Armageddonizer
Tormentor
Nailed to the Cross
Mad Butcher
Dethroned
Life Without Sense
Release from Agony
Eternal Ban
Total Desaster
Drum Solo
Antichrist
Black Mass
Thrash Attack
The Butcher Strikes Back
Thrash Till Death
Invincible Force
Bestial Invasion

Nervosa: Show gratuito no Sesc Sorocaba nessa sexta-feira

Depois de mais uma turnê de sucesso na Europa – passando por grandes festivais de verão – e shows com o Destruction no Brasil, as meninas da Nervosa tocam amanhã (28/09), a partir das 20h, no Sesc Sorocaba (Rua Barão de Piratininga, 555, Jd. Faculdade). A entrada é gratuita, mas atenção: Os ingressos terão que ser retirados uma hora antes do show!

A Nervosa está divulgando seu terceiro álbum, o elogiadíssimo “Downfall Of Mankind”, que trouxe a banda ainda mais ‘sangue nos olhos’.

Assista o videoclipe de “Kill The Silence”:
https://www.youtube.com/watch?v=35Rys0jGnM0

Em outubro elas embarcam para mais shows na América Central.

A Nervosa é, Fernanda Lira (baixo e vocal), Prika Amaral (guitarra e backing vocals) e Luana Dametto (bateria)

Para agendar shows da Nervosa no Brasil: tc7producoes@gmail.com / www.tc7producoes.com / www.facebook.com/tc7producoes / Fone: 11 99653 9014 (Tiago)

Acompanhe a Nervosa em seus canais oficiais:
www.facebook.com/femalethrash
www.instagram.com/nervosathrash
https://twitter.com/nervosathrash

Destruction inicia turnê pelo Brasil neste fim de semana

Os alemães do Destruction iniciam sua tour pelo Brasil neste fim de semana, em Limeira/SP (16/09 @Bar da Montanha). O trio é uma das mais tradicionais bandas de Thrash Metal do planeta, e está divulgando “Thrash Anthens II”, disco de regravações de alguns de seus maiores clássicos.

Em São Paulo eles tocam no outro domingo, 23/09, no Espaço 555, com participação da Nervosa (Veja serviço completo abaixo!).

Siga a página do show de São Paulo no Facebook:
https://www.facebook.com/events/239050673313298/

“Thrash Anthens II” traz regravações dos clássicos “Sentence Of Death” (EP, 1984), “Infernal Overkill” (1985), “Eternal Devastation” (1986), “Mad Butcher” (EP, 1987) e “Release From Agony” (1987) – assim como fizeram em na primeira parte, em 2007. Com isso, os shows atuais estão recheados de clássicos.

Recentemente eles anunciaram a entrada do baterista Randy Black (ex-Annihilator, ex-Primal Fear, etc), que completa o trio, ao lado das lendas, Schmier (baixo e vocal) e Mike (guitarra).

As meninas da Nervosa estão lançando seu terceiro álbum, “Downfall of Mankind”, e são velhas conhecidas do pessoal do Destruction, pois já fizeram algumas tours conjuntas na Europa. Schmier é uma espécie de ‘padrinho’ do trio brasileiro.

A formação da Nervosa traz Fernanda Lira (vocal e baixo), Prika Amaral (guitarra e backing vocals) e Luana Dametto (bateria).

SERVIÇO:
TC7 Produções e Live Co. apresentam:
DESTRUCTION
Banda convidada: Nervosa
Dia 23/09 (Domingo)
Horário: 18h30
Local: Espaço 555 (Av. São João, 555, Centro, São Paulo)
Ingressos:

O 1º Lote de ingressos já está à venda na bilheteria da casa (SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA) ou em: https://ticketbrasil.com.br/show/6107-destruction-saopaulo-sp/ingressos/

Censura: 16 anos

Produção: TC7 Produções & Live Co.
Páginas relacionadas:
https://www.facebook.com/destruction/
http://www.destruction.de/
https://www.facebook.com/femalethrash/
https://www.facebook.com/tc7producoes/
https://www.facebook.com/livecolive/
https://www.facebook.com/lpmetalpress/

NERVOSA APRESENTA DOWNFALL OF MANKIND A IMPRENSA: UM ALBUM BRUTAL, PESADO E MONSTRUOSO

Por: Thiago Tavares
Fotos: Felipe Domingues

No último dia 10 de junho, aconteceu no Estúdio Som, região de Pinheiros, capital paulista a audição do mais novo álbum do trio feminino que vem ganhando destaque por onde passa em shows, tours e festivais mundo a fora. A banda de trash metal Nervosa divulgou para a imprensa seu mais novo trabalho, esse que é o terceiro da carreira intitulado Downfall of Mankind. A imprensa compareceu em peso para prestigiar o evento e ouvir das meninas o que tem a dizer sobre o novo trabalho. E é claro que o Ponto ZerØ não ficou de fora do evento e compareceu para poder dar aquela força a cena e ao novo trabalho.

Para este terceiro disco, a banda veio com força total. Juntamente com o produtor Martin Furia que já trabalhou com Destruction, Flotsam & Jetsam e Evil Invaders, a banda veio com uma novidade para este álbum: a estreia de Luana Dametto na bateria, deixando sua marca registrada neste trabalho. Deve-se destacar também as participações de João Gordo, o guitarrista Michael Gilbert do Flotsam & Jetsam, e o baterista Rodrigo Oliveira do Korzus.

Por mais que o disco já tinha sido lançado em alguns lugares ao redor do mundo no início de junho, procurei não ouvir antes e sermos surpreendidos por este novo disco na audição, mas em resumo o que pode-se dizer do disco é que o mesmo está surpreendente e um trabalho impecável, por mais que houvessem empecilhos nas gravações, onde cada uma gravou em suas respectivas “bases” para no fim, concluir os trabalhos com o produtor.

Sem mais delongas, a audição iniciou com a Intro do disco, no qual já expõe o cartão de visitas da banda, literalmente colocando a porrada na cara de todos que ouvem, algo bem clássico e que fazem muito bem, onde a mesma é o gancho da segunda faixa do disco chamada Horrordome. A vocalista da banda Fernanda Lira explicou a inspiração da música. “A letra fala da paralisia do sono, onde me inspirei em um documentário que assisti na Netflix chamado The Nightmare onde é bastante interessante entender sobre a paralisia do sono” Mais adiante, comentou sobre a introdução: “Nós colhemos alguns sons que pudessem reproduzir barulhos que as pessoas ouvem quando possuem a paralisia do sono e frases extraídas deste documentário“.

Em seguida, foi apresentada a faixa Never Forget, Never Repeat, primeiro single do disco, no qual foi feito a divulgação para todas as mídias antes do lançamento do disco. Uma música agressiva, rápida e no qual é perceptível a técnica de bateria que é fora do comum. A inspiração para a música é sobre as pessoas que perderam suas vidas por injustiças, guerras, entre outras catástrofes e que mesmo com essas adversidades, o ser humano tem a tendência a continuar a cometer os mesmos erros. Fernanda comentou também que se inspirou em documentários que retratavam as lutas de Martin Luther King, ativista político americano e também sobre os prisioneiros judeus que ficavam nos campos de concentração em Auschwitz, sul da Polônia.

A quarta faixa do é Enslave no qual gostei bastante em relação as viradas que constam na mesma e os riffs de guitarra que são matadores e que deram um up a música. Após a execução, a Fernanda mencionou de onde veio as inspirações para a música, onde o tema central é a escravidão, onde em um contexto geral, o ser humano para sobreviver necessita de realizar diversos meios de exploração e dificilmente, há a devida consciência de reduzir esses recursos em prol das futuras gerações que irão habitar a Terra, e em meio a essa exploração, as necessidades, ficamos a mercê desta escravidão.

Bleedingé mais uma porradaria sem precedentes. Com viradas insanas, riffs corridos e uma voz brutal, tudo se encaixou nesta música. Música essa que foi composta pela guitarrista Prika Amaral, onde mencionou que as inspirações tratam-se dos conflitos que as pessoas enfrentam no cotidiano. “A música fala de um conflito pessoal onde nos dias de hoje ficamos com diversas preocupações na cabeça e também como as coisas acontecem de forma rápida, onde isso gera ansiedade, agonia de que as coisas não estão acontecendo no nosso tempo“.

And Justice For Whom? É bem dinâmica e que imprime uma naturalidade da banda em impor um peso e técnica a música (não é essa como as outras). O refrão é um destaque a parte: bem viciante. A música tem por cunho a luta por justiça, onde por muitas das vezes é distorcida pela sociedade, pelos legisladores e até mesmo pelo próprio judiciário. Por isso que o título questiona o ouvinte: Justiça para quem?

Vultures mostra ser uma música mais cadenciada conciliando o estilo pesado da faixa com os riffs de guitarra que casaram muito bem, além dos solos muito bem elaborados. A música fala de uma certa mania em que certas pessoas tem de olhar, compartilhar vídeos e fotos de cenas de catástrofes de pessoas, fotos de pessoas mortas e afins.

Kill the Silence volta com a pancadaria tradicional da banda. Tem um refrão bastante viciante, bateria sem precedentes e as linhas de baixo ficaram muito bons. Essa música foi o último single divulgado e com videoclipe com uma ótima produção. A música fala sobre o abuso em um contexto geral. A guitarrista Prika Amaral comentou sobre escolher esta música para fazer o clipe, e assim, iniciar a divulgação do novo álbum: “Nós escolhemos esta música para fazermos o clipe pois a consideramos a mais completa em termos de um refrão legal, de um solo legal, de riffs que mais simbolizam o disco para lançar de primeira“.

No Mercy remete bastante ao metal europeu, a bateria quebrando tudo e os solos ficaram impecáveis. Também a considero uma das melhores do álbum, onde pode ser um belo de um cartão de visitas. A faixa fala de um assassino frio, calculista e sem sentimentos.

Raise Your Fist vem também com uma porradaria bem pesada, onde os vocais marcam sua devida presença, dando destaque e a técnica de bateria, música essa também com um ótimo refrão. A música fala sobre ativismo com referencia a grandes personagens da história como Martin Luther King, Mahatma Gandhi entre outros.

Fear, Violence and Massacre não foge muito das características da faixa anterior, uma pegada mais agressiva, direta onde bateria e guitarra mostram sua eficiência e coesão. Ótima música.

Conflict é uma música que retrata, segundo palavras de Prika Amaral sobre o fato das pessoas juntarem recursos financeiros para o futuro e não aproveitarem os momentos presentes, onde mediante a esta atitude, não se sabe se esse futuro irá chegar. Prika participa como backing vocal nesta faixa, onde os vocais dão destaque ao se perceber a diversidade no timbre, algo que vem sendo corriqueiro nas músicas e torna-se o trabalho mais interessante de se ouvir.

Cultura do Estrupo vem com uma pegada bem tradicional da banda, onde é possível perceber mais uma vez o entrosamento de bateria e guitarra nesta música e nela há uma participação mais que especial do João Gordo que dispensa apresentações.

Selfish Battle é a faixa bônus que encerra o álbum e aqui deve-se fazer um destaque ao vocal limpo da Fernanda Lira, algo que não tinha ouvido antes e a Prika causando bastante nos solos muito bem elaborados.

Após a audição no Espaço Som e também ouvindo o álbum durante a realização desta matéria, pode-se perceber que o Nervosa deu um grande passo para a consolidação da banda no cenário do metal brasileiro, ainda mais expandindo seus trabalhos no exterior com shows e turnês. Um álbum bem elaborado, com um processo criativo fora do comum e ainda mais com um sangue novo na banda – me referindo a Luana Dametto – a banda não se acomodou em fazer um simples álbum, aprimorou o som, sem perder sua identidade e como sempre e necessário, abordando temas da sociedade como estupro, escravidão, justiça e igualdade, temas esses que poucas pessoas ou grupos tem coragem de colocar a cara a tapa e expor tudo isso. Parabéns as meninas pelo ótimo trabalho e continuem firmes no trabalho pois o futuro tende a ser promissor.

O Nervosa inicia os trabalhos de divulgação do novo disco com shows no mês de junho: em São Paulo dia 15, Recife no dia 16 e Belo Horizonte no dia 17

Em nome do Ponto ZerØ agradecemos ao Luciano Piantonni pelo fornecimento das credenciais.

Tracklist:

  1. Intro
  2. Horrordome
  3. Never Forget, Never Repeat
  4. Enslave
  5. Bleeding
  6. … And Justice for Whom?
  7. Vultures
  8. Kill the Silence
  9. No Mercy
  10. Raise Your Fist!
  11. Fear, Violence and Massacre
  12. Conflict
  13. Cultura do Estupro
  14. Selfish Battle

Site Oficial: http://nervosaofficial.com/
Facebook: https://www.facebook.com/femalethrash
Assessoria: https://www.facebook.com/lpmetalpress/ (LP Metal Press)
E-mail: nervosathrash@gmail.com

Nervosa: Assista lyric vídeo de “Never Forget, Never Repeat”

As meninas da Nervosa estão de volta com seu terceiro trabalho de estúdio, “Downfall of Mankind”.

Com o lançamento marcado para 01 de Junho, a Napalm Records acaba de disponibilizar o lyric vídeo do novo single, “Never Forget, Never Repeat”.

Assista aqui:
https://youtu.be/kweVT4X6PDM

Além de suas influências do Thrash, a Nervosa promete surpreender nesse novo trabalho, disparado o mais agressivo da banda – com os dois pés no Death Metal, mas sem perder a essência Thrash.

“Essa música tem um pouco de todos os elementos presentes no álbum, então ela representa bem o que vocês vão ouvir, logo mais”, disse Fernanda Lira, baixista e vocalista da banda. “Além disso, as letras são sobre algo que vale a pena debater e pensar, então achamos que é um bom primeiro single para mostrar aos fãs!”, completa Fernanda.

A Downfall of Mankind será lançada pela Napalm Records e os fãs que quiserem pré-encomendar sua cópia do álbum podem fazê-lo na loja online da gravadora:

http://smarturl.it/DownfallOfMankind-NR

A arte da capa é de autoria do artista brasileiro Hugo Silva.

O tracklist de “Downfall Of Mankind” traz as seguintes músicas:

  1. Intro
  2. Horrordome
  3. Never Forget, Never Repeat
  4. Enslave
  5. Bleeding
  6. … And Justice for Whom?
  7. Vultures
  8. Kill the Silence
  9. No Mercy
  10. Raise Your Fist!
  11. Fear, Violence and Massacre
  12. Conflict
  13. Cultura do Estupro
  14. Selfish Battle (Bonus Track)

A Nervosa é, Fernanda Lira (baixo e vocal), Prika Amaral (guitarra e backing vocals) e Luana Dametto (bateria)

Para agendar shows da Nervosa no Brasil: tc7producoes@gmail.com / www.tc7producoes.com / www.facebook.com/tc7producoes / Fone: 11 99653 9014 (Tiago)

Em breve serão divulgadas as datas dos shows de lançamento no Brasil!
Entrevistas/imprensa: lpiantonni@lanciare.com.br / lpmetalpress@gmail.com

Acompanhe a Nervosa em seus canais oficiais:
www.nervosaofficial.com/site/eng-band/
www.facebook.com/femalethrash
www.instagram.com/nervosathrash
https://twitter.com/nervosathrash

Nervosa: Banda revela a capa, título e tracklist do novo álbum

As meninas da Nervosa, que neste momento estão em mais um giro pela Europa (na tour em conjunto com o Venom Inc., e o Suffocation), acabam de revelar alguns detalhes importantes de seu novo álbum, o terceiro da carreira.

O disco se chamará “Downfall Of Mankind” e será lançado no dia 01 de Junho.

Para quem quiser adquirir na pré-venda, segue o link:
http://smarturl.it/DownfallOfMankind-NR

A arte da capa é de autoria do artista brasileiro Hugo Silva.

O tracklist de “Downfall Of Mankind” traz as seguintes músicas:

1. Intro
2. Horrordome
3. Never Forget, Never Repeat
4. Enslave
5. Bleeding
6. … And Justice for Whom?
7. Vultures
8. Kill the Silence
9. No Mercy
10. Raise Your Fist!
11. Fear, Violence and Massacre
12. Conflict
13. Cultura do Estupro
14. Selfish Battle (Bonus Track)

Antes de embarcar para a tour, a baixista e vocalista Fernanda Lira bateu um papo muito legal com o lendário Gastão Moreira, que foi ao ar no seu canal, “Kazagastão”. Assista, no link abaixo:
https://www.youtube.com/watch?v=t43NCH0DmIE&t=281s

A Nervosa é, Fernanda Lira (baixo e vocal), Prika Amaral (guitarra e backing vocals) e Luana Dametto (bateria)

Para agendar shows da Nervosa no Brasil: tc7producoes@gmail.com / www.tc7producoes.com / www.facebook.com/tc7producoes / Fone: 11 99653 9014 (Tiago)

Acompanhe a Nervosa em seus canais oficiais:
www.nervosaofficial.com/site/eng-band/
www.facebook.com/femalethrash
www.instagram.com/nervosathrash
https://twitter.com/nervosathrash