Tag Archives: Eternal Hatred Records

NECROHUNTER: sucesso absoluto em mini-turnê realizada em São Paulo

A banda paraibana NECROHUNTER realizou uma importante mini turnê em São Paulo, no último mês de maio, executando o seu debut álbum, “Hunter’s Curse”, na íntegra.

Nas três oportunidades, todas elas com grande presença de público, o grupo apresentou novas músicas do seu vindouro EP “Damnation”, que será lançado no Brasil através da Eternal Hatred Records.

Em paralelo, o NECROHUNTER continua o processo de agendamento de datas para seus shows. Para mais informações sobre como reservar uma data para qualquer cidade do país, basta entrar em contato através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

Para mais informações sobre as atividades da banda NECROHUNTER e dos demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

THE CROSS: confirmado show ao lado do Vulcano e Malefactor na Bahia

A banda soteropolitana THE CROSS, pioneira do Doom Metal no Brasil, confirmou mais um importante show no estado da Bahia, em suporte ao seu debut álbum homônimo, lançado no Brasil pela Eternal Hatred Records.

O evento, que também contará com as presenças das bandas Vulcano e Malefactor, será realizado no próximo dia 12 de agosto (sábado), às 19h00, na Concha Acústica Roger Batera, em Lauro de Freitas. Os ingressos do primeiro lote estão fixados em R$30,00, enquanto que o segundo lote está fixado em R$50,00.

Para mais informações sobre o referido evento, basta entrar em contato com a assessoria do grupo, através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

Para mais informações sobre as atividades da banda THE CROSS e dos demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

UNDYING: renomado designer brasileiro assina arte da capa do seu debut álbum

A banda brasiliense UNDYING lançou recentemente a arte da capa do seu vindouro debut álbum, intitulado “Lucifer Untold”, composta pelo renomado designer brasileiro Carlos Fides (Almah, Evergrey, Noturnall).

O referido trabalho será lançado pela Eternal Hatred Records no segundo semestre de 2017, com distribuição da Voice Music.

Para mais informações sobre as atividades da banda UNDYING e dos demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

HOLLOW: disponibilizada arte da capa do seu novo álbum

O renomado artista brasileiro, Marcelo Vasco, assinou a arte da capa do novo álbum da HOLLOW, intitulado “Downfall” e que será lançado no segundo semestre através da Eternal Hatred Records.

Marcelo, que é um dos profissionais da Nuclear Blast Internacional, Century Media, Metal Blade e Roadrunner; já tem em seu currículo trabalhos para bandas como Slayer, Borknagar, Hatebreed, Machine Head, Soulfly, Dimmu Borgir, Dark Funeral, entre outros.

Para mais informações sobre as atividades da banda HOLLOW e demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

RESENHA: THE CROSS – Flames Through Priests

Por Silvio Pasquim

Este EP “Flames Through Priests”, trabalho de retorno da banda de Doom Metal THE CROSS, já vale logo de cara por ser um item de colecionador. Um trabalho que qualquerbanger que acompanhe e apoie a cena brasileira, tem obrigação de adquirir, pois trata-se do relançamento da Demo “The Fall”, primeiro registro da história do Doom Metal nacional, acrescido de duas composições inéditas, e que já apontam para o que será o debut álbum destes veteranos.

“Flames Through Priests” tem início com as inéditas “Cursed Priest” e “Sweet Tragedy”, que resgatam aquela aura mórbida dos primeiros anos de carreira da banda, justamente quando lançaram no início da década de noventa a Demo supracitada. Longas, arrastadas na medida certa e muito bem estruturadas, esta duas composições têm tudo para agradar em cheios aos amantes do estilo, pois trazem referências muito bem vindas do Black Sabbath, Trouble, My Dying Bride, Ahab e Isole. Já a “The Fall” recebeu um novo tratamento em estúdio, mas fiquem sossegados, pois toda a sujeira rústica das produções dos anos noventa está intacta aqui, garantindo o entretenimento dos mais saudosistas.

Mais uma grande obra lançada no Brasil pela Eternal Hatred Records, que já anunciou odebut álbum dos caras para o primeiro semestre de 2016. Resta-nos esperar, tendo a certeza que os pioneiros do Doom Metal estão cada vez mais fortes em sua jornada rumo ao reconhecimento em novos mercados.

RESENHA: LUSFERUS – Desolation’s Theme

Por Silvio Pasquim

Escutei o álbum anterior destes paulistas LUSFERUS e achei a banda muito competente com o seu Black Metal. Na época do disco “Black Seeds ov Obscure Arts” os caras bebiam muito da fonte Dissection, pois de fato tinham muitos elementos que nos remetiam ao cenário sueco, todavia, com este “Desolation’s Theme” o grupo avança qualitativamente em diversos aspectos, inserindo influências da escola norueguesa.

A produção aqui é muito mais caprichada, as composições soam mais maduras do que outrora, e os músicos estão afiadíssimos nesta nova fase. Certamente “Desolation’s Theme” é hoje o trabalho mais completo da LUSFERUS, diante de todas estas características aqui apontadas. Talvez, o único ponto negativo seja a curta duração do trabalho, mas nada que comprometa o seu produto final, que é indicado para fãs do Arcturus e Dimmu Borgir, principalmente tendo como comparativos os seus primeiros discos, que são mais voltados para o Black Metal de raiz. Como destaques eu aponto a excelente “Apostasy”, além da faixa título, pois ambas exemplificam com total exatidão os pontos que tratei nesta avaliação.

“Desolation’s Theme” é o segundo trabalho do LUSFERUS lançado pela Eternal Hatred Records, e o mesmo foi cercado de muitas expectativas. Tendo um conteúdo forte e nítido embasamento lírico, este álbum pode elevar a banda para outro status no cenário nacional. Vale muito a pena conferir.

RESENHA: ROTTEN FILTHY – Inhuman Sovereign

Por Silvio Pasquim

Este é certamente um dos discos que mais estava esperando ver lançado, desde o seu anúncio pela Eternal Hatred Records. Ainda que seja um debut álbum, este “Inhuman Sovereign” da banda ROTTEN FILTHY soa extremamente maturado, e promete se agigantar conforme a sua divulgação se consolide.

O estilo aqui praticado é o Thrash/Death Metal, tendo o Sepultura da fase Cavalera como principal referência, com algumas inserções de música progressiva, o que garante uma personalidade de se tirar o chapéu. Riffs em profusão, alicerçados por uma cozinha de respeito, composta pelo baixista Marcello Macedo e pelo baterista Guilherme Machine, são os principais trunfos de uma obra que já nasceu para se tornar referência do estilo aqui no Brasil. Como destaques valem menção “Black World”, que abre o disco e já apresenta algumas passagens experimentais, “Triger to Degeneration” que ganhou um excelente videoclipe, e a cadenciada “Sink”, esta última soa como um verdadeiro convite ao headbanging nos shows do grupo nesta atual fase.

Além de contar com uma produção que beira a perfeição, “Inhuman Sovereign” contou com direção de arte do designer brasileiro Marcelo Vasco (Machine Head, Soulfly), sendo ambas características fundamentais, para credenciar este disco como um dos grandes da atual safra do Metal underground brasileiro.