Tag Archives: Formusic

Os canadenses do WE ARE WOLVES trazem seu electro-punk ao Brasil

Depois de uma década de existência, 5 álbuns lançados e mais de 500 shows pela América do Norte, Europa e, até mesmo na China, a banda baseada em Montreal,  We Are Wolves, finalmente vem à América do Sul. De 26 de novembro a 6 de dezembro, o trio trará sua inventiva mistura de electro-dance e noise-punk, pela primeira vez na carreira, para os seus fãs chilenos e brasileiros.

Através da iniciativa do SODEC Québec créatif, os três artistas visuais que, primeiro se tornaram músicos, se apresentarão no Pulsar Festival, na vibrante cidade de Santiago, de 26 a 28 de novembro, e na sequência vão para Valdívia para o Fluvial Fest, de 30 de novembro a 1º de dezembro. A última parada da banda será o Brasil, onde participam da SIM São Paulo de 7 a 8 de dezembro.

O mais recente álbum do We Are Wolves, Wrong, conta com um som mais ensolarado, pop e mesmo dramático para a banda, algo que eles apenas ensaiaram antes. Depois de uma frutífera e ampla carreira, a banda está mais madura e confiante do que nunca; Wrong é prova que esses lobos ainda estão à caça!

Até lá você pode conferir o clipe dirigido por Jérémy Saindon para a faixa I Don’t Mind, que a banda descreveu como uma estranha mistura entre Bee Gees usando ácido e a frieza sinistra de David Lynch.

Assista I Don’t Mind:
https://www.youtube.com/watch?v=B-tTutH6V-M

Show:
08 de 
Dezembro – SIM (Sao Paulo, Brasil)
23h – Breve

Mais informações:
wearewolves.net/

Black Label Society lança novo single

Black Label Society lançou o clipe de seu primeiro single “Room Of Nightmare”, do álbum Grimmest Hits. O clipe foi dirigido por Justin Reich, grande colaborador da banda.

A banda irá lançar seu décimo álbum, Grimmest Hits, no dia 19 de Janeiro de 2018 pela Spinefarm Records. O novo trabalho sucede os álbunsCatacombs of the Black Vatican de 2014 e Order of the Black de 2010, ambos listados no Top 5 da Billboard. Nesse tempo, Zakk Wylde lançou Book of Shadows II, o esperado trabalho desde seu primeiro álbum solo em 1996, que chegou ao 18o lugar no Top 200 da Billboard.

“Room Of Nightmares” já está disponível em todos os serviços de streaming. Os fãs que comprarem o álbum na pré-venda do iTunes poderão fazer o download da faixa no mesmo instante. Ouça aqui https://spinefarmrecords.lnk.to/grimmesthits. A capa do álbum e sua tracklist estão logo abaixo.
Wylde, agora de volta com Ozzy Osbourne após oito anos, já participou de alguns shows com aquele chama de “the boss”. A reunião aconteceu no verão com apresentações em grandes festivais como Chicago Open Air, Louder Than Life e continuará no Ozzfest Meets Knotfest.

Black Label Society atravessa o mundo alimentado por cafeína e cacofonia. A banda inspira o público onde quer que vá, convidando todos a participarem em sua fraternidade e irmandade do hard rock.

Com dez álbuns de estúdio, álbuns solo, shows do Ozzy, e turnês do Zakk Sabbath acontecendo ao mesmo tempo, a banda navega com toda sua força.

Black Label Society é formado por: Zakk Wylde (vocal e guitarra) / John DeServio (baixo) / Dario Lorina (guitarra) / Jeff Fabb (bateria)

Grimmest Hits Tracklist:
1. Trampled Down Below
2. Seasons Of Falter
3. The Betrayal
4. All That Once Shined
5. The Only Words
6. Room Of Nightmares
7. A Love Unreal
8. Disbelief
9. The Day That Heaven Had Gone Away
10. Illusions Of Peace
11. Bury Your Sorrow
12. Nothing Left To Say

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

QUEENS OF THE STONE AGE LANÇA VILLAINS

QUEENS OF THE STONE AGE lança hoje, dia 25, seu novo álbum, Villains. Produzido por Mark Ronson, co-produzido por Mark Rankin e mixado por Alan Moulder, Villains é o primeiro álbum do Queens Of The Stone Age desde o trabalho de 2013 …Like Clockwork, que rendeu à banda o seu primeiro álbum #1 nos Estados Unidos (e #1 na Austrália, Bélgica, Irlanda, Portugal, Escócia, #2 no Reino Unido, Canadá, Suíça, Noruega, Nova Zelândia, Finlândia… mas quem precisa contar?).

Como Homme mesmo descreve “a coisa mais importante ao fazer este álbum foi redefinir o nosso som, questionando e respondendo a pergunta ‘como nós queremos soar agora?’ Se você não consegue fazer um ótimo primeiro álbum, você deve parar. Mas se você consegue fazer um ótimo álbum e continua fazendo álbuns sem desenvolver o som, você se torna uma paródia de seu som original”.

Sobre o seu papel em trabalhar em um ecossistema confiante e fechado como o Queens Of The Stone Age, Ronson falou: “Queens é e sempre foi a minha banda de Rock N’ Roll favorita, desde que eu entrei na Tower da Sunset e comprei o Rated R no verão de 2000, então foi surreal entrar nesse clã secreto e pirata – ou a ‘jacuzzi’ como Josh gosta de chamar. Eu também sabia que eu não ia me manter lá simplesmente sendo um fã. Houve momentos durante a gravação do álbum que eu estava ciente de que estava observando meus heróis musicais trabalharem no que seriam os meus momentos favoritos de qualquer álbum do Queens. E fazer parte disso foi como um sonho – um sonho bem pesado, sombrio e maravilhoso”

O co-produtor de longa data Mark Rankin completou: “Após o batismo de fogo que foi o …Like Clockwork, eu estava animado para entrar no estúdio novamente com o desafio de trabalhar com o som do álbum, especialmente com a adição de Ronson na equipe criativa. Nós queríamos evoluir a produção com um processo moderno e ao mesmo tempo continuar totalmente orgânico e tocar ao vivo, como se você levantasse o véu e tudo que você achou que era eletrônico é ao vivo e as coisas não são como você imagina… O que nós fizemos é algo inovador e ao mesmo tempo inconfundivelmente Queens”.

O clipe de “The Way You Used To Do”, o primeiro single do sétimo álbum do Queens Of The Stone Age, Villains, foi realizado no formato de um sonho doentio com a extravagância de um ritual dançante satânico, com a participação do fundador e líder do QOTSA Joshua Homme, mais leve nos pés e mais pesado na alma.

Idealizado por Joshua Homme, dirigido por Jonas Akerlund e produzido pela Serial Pictures, “The Way You Used To Do” conseguiu ser filmado em diferentes sets e com diversos figurinos e coreografias em apenas um dia de gravação em Los Angeles. Considerando as possíveis reações ao vídeo sinistro de “The Way We Used To Do”, Homme diz “é o nosso jeito de prestar tributo ao Cab Calloway e o filme Hellzapoppin’. Eu entendo que talvez seja um pouco mais do que a maioria das pessoas está acostumada e isso é totalmente tranquilo para mim. Aí está a porta. Se você gentilmente aparar as pessoas que tem cabeças mais fechadas, sobra mais espaço na pista de dança para as pessoas que tem cabeça aberta se soltarem. Esse é o espírito do Queens Of The Stone Age e o espaço que nós queremos trabalhar desde o primeiro dia”.

A segunda faixa lançada “The Evil Has Landed” foi elogiada na Rolling Stone como “um rock diabólico novo que se alastra” que traz “Homme cantando em falseto soando doce e sinistro”.

1. Feet Don’t Fail Me
2. The Way You Used To Do
3. Domesticated Animals
4. Fortress
5. Head Like A Haunted House
6. Un-Reborn Again
7. Hideaway
8. The Evil Has Landed
9. Villains Of Circumstance

‘Villains é brilhante. São todas as coisas que fazem o QOTSA uma banda tão arrepiante condensados num energético, compacto disco de rock.’
– Q Magazine **** (quatro estrelas)

‘Material heróico…..Homme já fez mais que qualquer um na sua geração para dar nova vida ao rock. Agora com um aliado improvável ele revive o soul também.’
– MOJO**** (quatro estrelas)

‘Um surpreendente balanço entre Black Sabbath e disco’
– Uncut 8/10

‘Uma reinvenção que dá conta de soar ao mesmo tempo o QOTSA clássico e de vanguarda…Villains está confortavelmente no mesmo nível que o melhor do catálogo do QOTSA’
 Kerrang **** (quatro estrelas)

‘(QOTSA) oferece seu material mais dançante até o momento – e todo o melhor para isso’
–DIY ***** (cinco estrelas)

Villains já está disponível em todas as plataformas digitais:
https://formusic.lnk.to/VM0cRDL

O clipe de “The Way You Used To Do” está disponível exclusivamente no http://smarturl.it/Villains_iTunes

CD disponível para pré-venda no link abaixo:
https://www.livrariacultura.com.br/p/musica/musica/rock/alternativo/villains-46683388

www.qotsa.com

QUEENS OF THE STONE AGE LANÇA VÍDEO DE “THE WAY YOU USED TO DO”

VÍDEO DE “THE WAY YOU USED TO DO”
AS PORTAS DO INFERNO SE ABREM EM PRODUÇÃO SATÂNICA
ESCRITO POR JOSHUA HOMME & DIRIGIDO POR JONAS AKERLUND
DISPONÍVEL EXCLUSIVAMENTE NO http://smarturl.it/Villains_iTunes

“Dançar e headbangear são expressões verdadeiramente individuais de perda de si mesmo e apreciação musical. Quem mais para combinar estas duas coisas em uma visão singular do que a pessoa que dirigiu os vídeos da Madonna e Lady Gaga – e que também faz parte do Bathory?” – Joshua Homme

“The Way You Used To Do”, o recém-lançado primeiro single do sétimo álbum do Queens Of The Stone Age, Villains, foi realizado no formato de um sonho doentio com a extravagância de um ritual dançante satânico, com a participação do fundador e líder do QOTSA Joshua Homme, mais leve nos pés e mais pesado na alma.

Idealizado por Joshua Homme, dirigido por Jonas Akerlund e produzido pela Serial Pictures, “The Way You Used To Do” conseguiu ser filmado em diferentes sets e com diversos figurinos e coreografias em apenas um dia de gravação em Los Angeles. Considerando as possíveis reações ao vídeo sinistro de “The Way We Used To Do”, Homme diz “é o nosso jeito de prestar tributo ao Cab Calloway e o filme Hellzapoppin’. Eu entendo que talvez seja um pouco mais do que a maioria das pessoas está acostumada e isso é totalmente tranquilo para mim. Aí está a porta. Se você gentilmente aparar as pessoas que tem cabeças mais fechadas, sobra mais espaço na pista de dança para as pessoas que tem cabeça aberta se soltarem. Esse é o espírito do Queens Of The Stone Age e o espaço que nós queremos trabalhar desde o primeiro dia”.

A segunda faixa lançada recentemente “The Evil Has Landed” foi elogiada na Rolling Stone como “um rock diabólico novo que se alastra” que traz “Homme cantando em falseto soando doce e sinistro”. Villains foi co-produzido por Mark Ronson e será lançado em 25 de Agosto pela Matador Records. O álbum está disponível em pré-venda em http://smarturl.it/Villains.

A turnê colossal de Villains começa no dia 6 de Setembro com um show já esgotado em Port Chester, NY e verá o Queens tocando logo antes do Foo Fighters e ao lado de Cage The Elephant, The Kills, Liam Gallagher, Japandroids e mais no enorme festival Cal Jam 17 em Outubro na Califórnia. Ingressos para as datas de headliners, com a banda de abertura Royal Blood, estão disponíveis em  http://smarturl.it/QOTSALive.

Queens Of The Stone Age é formado por Joshua Homme, Troy Van Leeuwen, Dean Fertita, Michael Shuman e Jon Theodore.

QUEENS OF THE STONE AGE VILLAINS  TOUR
with Special Guests ROYAL BLOOD (Sept. 6 through Oct. 24 Headline Dates)

9/06/17 – Port Chester, NY – Capitol Theatre  *SOLD OUT
9/07/17 – Philadelphia, PA – Festival Pier
9/09/17 – Toronto, ON – Budweiser Stage
9/10/17 – Grand Rapids, MI – 20 Monroe Live *SOLD OUT
9/12/17 – Columbus, OH – Express Live! Outdoor Pavilion
9/13/17 – Pittsburgh, PA –  Stage AE (Outdoors)
9/15/17 – Cleveland, OH – Agora Theater *SOLD OUT
9/16/17 — Chicago, IL — Riot Fest 2017
10/07/17 – San Bernardino, CA — CAL JAM 17
10/09/17 – Salt Lake City, UT – The Complex *SOLD OUT
10/10/17 –  Morrison, CO – Red Rocks *SOLD OUT
10/12/17 – St. Louis, MO – Peabody *SOLD OUT
10/13/17  – Kansas City, MO – Crossroads KC *SOLD OUT
10/14/17  – Saint Paul, MN – Roy Wilkins Auditorium
10/15/17  – Milwaukee, WI – Eagles Ballroom *SOLD OUT
10/17/17  – Detroit, MI – Fox Theatre
10/18/17  – Indianapolis, IN – Old National Centre *SOLD OUT
10/20/17  – Washington, DC – The Anthem *SOLD OUT
10/21/17  – Boston, MA – Agganis Arena *SOLD OUT
10/22/17 – Portland, ME – State Theatre *SOLD OUT
10/24/17 – New York, NY – Madison Square Garden
11/04/17 – Bologna, Italy – Unipol Arena
11/05/17 – Vienna Austria – Stadthalle
11/06/16 – Zurich, Switzerland – Samsung Hall
11/07/17 –  Paris, France – Accorhotels Arena
11/09/17 – Oberhausen, Germany – Konig-Pilsener Arena
11/10/17 – Munich, Germany – Zenith *SOLD OUT
11/11/17 – Berlin, Germany – Velodrom *SOLD OUT
11/12/16 – Amsterdam, Netherlands – Ziggo Dome *SOLD OUT
11/14/17 – Copenhagen, Denmark – Tap1 *SOLD OUT
11/15/17 – Hamburg, Germany – Sporthalle
11/16/17 – Antwerp, Belgium – Sportspaleis
11/18/17 – London, UK – Wembley Arena
11/19/17 – Manchester, UK – Manchester Arena
11/21/17 – London, UK – The O2 Arena *SOLD OUT
11/23/17 – Edinburgh, UK – Usher Hall *SOLD OUT
11/24/17 – Dublin, Ireland – 3Arena *SOLD OUT

www.qotsa.com

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Comunicado oficial: cancelamento do show de NICK MULVEY em São Paulo

O show do cantor e compositor inglês NICK MULVEY, que aconteceria no dia 18 de agosto à meia noite (na virada do dia 18 para 19 de agosto) no Madrugada Cultural Tupi, no Tupi or Not Tupi, em São Paulo, foi cancelado por questões logísticas envolvendo outros compromissos relacionados ao empresariamento do artista em Londres.

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br

CURSED EARTH – Lançamento EP Cycles of Grief Volume 1: Growth

Lançamento EP Cycles of Grief Volume 1: Growth

Violência gera mais violência. Tragédia gera raiva. E então, inevitavelmente,  o ciclo continua.

Cycles Of Grief Vol 1 é um retrato gráfico e inabalável do trauma, acima de qualquer limite de geração, país, classe ou circunstância. O EP fala de temas como isolamento e brutalidade, do ponto de vista de personagens vítimas de seus ambientes e das ações dos que são responsáveis por moldar suas vidas.

“A história do Cycles of Grief documenta a colisão entre natureza e nutrição”, diz o guitarrista Kieran Molloy. “É um olhar sem preconceitos de uma natureza intergeracional de frieza, vício e violência”.

O Cursed Earth, formado pela vocalista Jazmine Luders, guitarristas Kieran Molloy e Paul Cottrell, baixista Robert Owens e baterista Sam Forward, foi formado em Perth na Austrália em 2013. Através do seu EP Vae Martis e um trabalho com o Burning Season, eles se estabeleceram como documentadores dos cantos sombrios da natureza humana. E agora, com o trabalho de dois atos Cycles Of Grief eles fazem a sua declaração mais poderosa.

“Não é um comentário sobre a sociedade”, continua Molloy. “A sociedade não é nada mais que a fumaça do fogo, o resultado da natureza defeituosa dos indivíduos que a formam. Somos todos biologicamente programados para carregar traumas e compartilhar com os que estão abertos a receber. É nossa fraqueza e nosso poder mais destrutivo. O álbum é uma crítica tanto de nós mesmos quanto dos personagens através dos quais escrevemos”.

O EP foi lançado no dia 4 de Agosto e a banda já divulgou o vídeo do single
War March / Broken, que pode ser visto aqui: https://www.youtube.com/watch?v=hF5u4sDaJRw

Para ouvir o álbum nas plataformas digitais: https://unfd.lnk.to/CursedEarthVol1

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br

VILLAINS, o novo álbum do QUEENS OF THE STONE AGE

QUEENS OF THE STONE AGE – VILLAINS
Lançamento dia 25 de agosto pela Matador Records
Pré-venda já está disponível com o download instantâneo de “The Way
You Used To Do”
Datas da turnê norte-americanas anunciadas, incluindo Madison Square Garden, Red Rocks e mais. Vendas começam dia 22 de Junho

“O título Villans não é uma declaração política. Não tem nada a ver com Trump ou nada dessas coisas. É simplesmente, 1. uma palavra que soa fantasticamente,  2. um comentário sobre as três versões de cada historia: a sua, a minha e o que realmente aconteceu… Todo mundo precisa de algo para protestar – o seu vilão – como sempre foi. Não há como controlar isso. A única coisa que você pode controlar é quando parar de se importar” – Joshua Homme

Depois de centenas de shows épicos, falhas de memória, danos inexplicáveis, um desvio de um ano com Iggy Pop e muitas indicações ao Grammy, o Queens Of The Stone Agereaparece do deserto com novas experiências e mais beleza com seu sétimo álbum, Villans, com lançamento no dia 25 de agosto pela Matador Records. Disponível para pré-venda em formato vinil deluxe, vinil comum, CD e digital (todos os formatos incluem o download instantâneo do primeiro single “The Way You Used To Do”), Villains é formado das seguintes faixas:

           1. Feet Don’t Fail Me
2. The Way You Used To Do
3. Domesticated Animals
4. Fortress
5. Head Like A Haunted House
6. Un-Reborn Again
7. Hideaway
8. The Evil Has Landed
9. Villains Of Circumstance

Produzido por Mark Ronson, co-produzido por Mark Rankin e mixado por Alan Moulder, Villains é o primeiro álbum do Queens Of The Stone Age desde o trabalho de 2013 …Like Clockwork, que rendeu à banda o seu primeiro álbum #1 nos Estados Unidos (e #1 na Austrália, Bélgica, Irlanda, Portugal, Escócia, #2 no Reino Unido, Canadá, Suíça, Noruega, Nova Zelândia, Finlândia… mas quem precisa contar?).

Como a maravilhosa arte do ilustrador Boneface, o som característico do line-up que rodou o mundo  com …Like Clockwork – fundador/guitarrista/vocalista/compositor Joshua Homme, Troy Van Leeuwen (guitarra e teclado), Michael Shuman (baixo), Dean Fertita (teclado, guitarra) e Jon Theodore (bateria) – está afiado como nunca.

Como Homme mesmo descreve “a coisa mais importante ao fazer este álbum foi redefinir o nosso som, questionando e respondendo a pergunta ‘como nós queremos soar agora?’ Se você não consegue fazer um ótimo primeiro álbum, você deve parar. Mas se você consegue fazer um ótimo álbum e continua fazendo álbuns sem desenvolver o som, você se torna uma paródia de seu som original”.

Sobre o seu papel em trabalhar em um ecossistema confiante e fechado como o Queens Of The Stone Age, Ronson falou: “Queens é e sempre foi a minha banda de Rock N’ Roll favorita, desde que eu entrei na Tower da Sunset e comprei o Rated R no verão de 2000, então foi surreal entrar nesse clã secreto e pirata – ou a ‘jacuzzi’ como Josh gosta de chamar. Eu também sabia que eu não ia me manter lá simplesmente sendo um fã. Houve momentos durante a gravação do álbum que eu estava ciente de que estava observando meus heróis musicais trabalharem no que seriam os meus momentos favoritos de qualquer álbum do Queens. E fazer parte disso foi como um sonho – um sonho bem pesado, sombrio e maravilhoso”

O co-produtor de longa data Mark Rankin completou: “Após o batismo de fogo que foi o …Like Clockwork, eu estava animado para entrar no estúdio novamente com o desafio de trabalhar com o som do álbum, especialmente com a adição de Ronson na equipe criativa. Nós queríamos evoluir a produção com um processo moderno e ao mesmo tempo continuar totalmente orgânico e tocar ao vivo, como se você levantasse o véu e tudo que você achou que era eletrônico é ao vivo e as coisas não são como você imagina… O que nós fizemos é algo inovador e ao mesmo tempo inconfundivelmente Queens”.

O Queens Of The Stone Age também confirmou uma série de shows na América do Norte preenchendo o espaço entre os shows já anunciados do Outside Lands e Riot Fest. Os novos shows, que incluem a primeira aparição como headliner no Madison Square Garden, estão listados abaixo. Para mais informações, fique ligado no site e nas redes sociais do Queens Of The Stone Age.

           QUEENS OF THE STONE AGE
           VILLAINS Turnê Norte-Americana
           Com convidados especiais ROYAL BLOOD (6 de Setembro a 24 de Outubro datas como headliner)

22 de Junho — Rapids Theater — Niagara Falls, NY
24 de Junho — Amnesia Rockfest 2017 — Montebello, QC
12 de Agosto – Outside Lands – San Francisco, CA
6 de Setembro – Capitol Theatre – Port Chester, NY
7 de Setembro – Festival Pier – Philadelphia, PA
9 de Setembro – Molson Amphitheatre (Budweiser Stage) – Toronto, ON
10 de Setembro – 20 Monroe Live – Grand Rapids, MI
12 de Setembro – Express Live! Outdoor Pavilion – Columbus, OH
13 de Setembro – Stage AE (Outdoors) – Pittsburgh, PA
15 de Setembro – Agora Theater – Cleveland, OH
16 de Setembro – Riot Fest – Chicago, IL
9 de Outubro – The Complex – Salt Lake City, UT
10 de Outubro – Red Rocks – Morrison, CO
12 de Outubro – Peabody – St. Louis, MO
13 de Outubro – Crossroads KC – Kansas City, MO
14 de Outubro – Roy Wilkins Auditorium – Saint Paul, MN
15 de Outubro – Eagles Ballroom – Milwaukee, WI
17 de Outubro – Fox Theatre – Detroit, MI
18 de Outubro – Old National Centre – Murat Theatre – Indianapolis, IN
20 de Outubro – TBC – Washington, DC
21 de Outubro – Agganis Arena – Boston, MA
22 de Outubro – State Theatre – Portland, ME
24 de Outubro – Madison Square Garden – New York, NY

PROPHETS OF RAGE LANÇAM PRIMEIRO ÁLBUM EM 15 DE SETEMBRO

Crédito: Travis Shinn

PROPHETS OF RAGE: TOM MORELLO, TIM COMMERFORD, BRAD WILK, CHUCK D, B-REAL e DJ LORD VÃO LANÇAR SEU EXPLOSIVO E AUTO-INTITULADO PRIMEIRO ÁLBUM EM 15 DE SETEMBRO

Nova música carregada de mensagens políticas “Unfuck The World” lançada HOJE – Ouça http://found.ee/ProphetsSpotiy

O fantástico vídeo dirigido por Michael Moore estreia hoje na VEVO – Assista aqui http://vevo.ly/Ii520a
O álbum com 12 músicas produzido por Brendan O’Brien apresenta arte criada por Shepard Fairey

LOS ANGELES, CALIFÓRNIA (1º de junho de 2017) Prophets Of Rage: Tom Morello, Tim Commerford, Brad Wilk, Chuck D, B-Real e DJ Lord, após passagem pelo Brasil, vão lançar seu primeiro e auto-intitulado álbum de estreia em 15 de setembro de 2017 pelo selo Fantasy Records. A capa do álbum foi feita pelo icônico artista de rua Shepard Fairey.

Hoje, os músicos inovadores compartilham com o público sua primeira música carregada de mensagens políticas “Unfuck The World,” com um sensacional vídeo dirigido pelo cineasta e ativista Michael Moore na plataforma de vídeos VEVO. “Eu estou animadíssimo em mais uma vez trabalhar com meus camaradas e amigos de longa data, e em lutar por um mundo mais justo,” disse Moore.” “Prophets Of Rage é a banda certa, falando a coisa certa, nesse momento crítico. Esse video é o nosso grito coletivo contra aqueles que procuram prejudicar os inocentes e os menos poderosos. Eu estou orgulhoso em ter dirigido esse vídeo e eu peço a todos que o assistirem a fazer a sua parte para unfuck this world (“desfoder” o mundo).

O Prophets Of Rage se juntou durante a tumultuada eleição de 2016 para combater a tempestade que estava chegando. Renovados após a bem-sucedida tour MAKE AMERICA RAGE AGAIN, o grupo sabia que poderia evoluir de uma apresentação de protesto com uma missão tática, para uma simples entidade com ideias criativas próprias. Juntamente com o antigo colaborador do Rage Against The Machine, o produtor Brendan O’Brien, a banda misturou diversos estilos, o poder de fogo sonoro e a porrada social conscientizadora do seu trabalho anterior, em uma nova declaração musical criativa e convincente, completando a gravação do álbum de doze faixas em pouco mais de um mês de estúdio. O Prophets Of Rage rapidamente se tornou tanto uma experiência relevante para seus membros quanto uma chamada para o mundo todo entrar em ação.

As sessões criaram um novo espaço para crescimento e progresso, seja com a incorporação das turntables de DJ Lord ou com assuntos corriqueiros de B-Real, como por exemplo a vivência na rua na música “Living On The 110.” “Quando nos juntamos, nós estávamos tocando músicas do nosso catálogo, mas dessa vez nós também estávamos tocando novos grooves, com todos improvisando. E isso fez nos sentir muito bem,” Wilk recorda. “Rapidamente já havia uma linguagem que todos nós falavamos.” “Nós saímos em tour e ficamos bons como uma banda,” Commerford adiciona. “Nós estavamos fazendo música do mesmo jeito que as bandas faziam música antigamente.”

Na sua essência, o Prophets Of Rage funciona não apenas pelo amor à música, mas também acreditando profundamente na força de uma ferramenta ou de uma arma. “Existem ritmos antes mesmo de existirem palavras,” observa Morello. “A música tem tanto a habilidade de refletir como de mudar os tempos. Existe uma longa história desde ‘We Shall Overcome,’ até os Sex Pistols.” Dentro do DNA da banda, há influências variadas que vão de The Clash, KRS-One, a Johnny Cash, assim como as ideias e estéticas de seus antecessores: a textura das letras do Public Enemy, os riffs de quebrar o queixo do Rage Against The Machine, e a energia de festas alucinadas do Cypress Hill’s. “A música é o passaporte para o mundo,” diz Chuck D, descrevendo a ligação que os músicos da banda tem. “Não é sempre que temos a oportunidade de ir aonde poucos até hoje já foram.”

Como a banda se pronuncia claramente no final do provocante novo vídeo, “O mundo não vai mudar sozinho, cabe a você.”

Pré-Venda Prophets Of Rage:
Itunes
http://found.ee/ProphetsiTunes

Amazon
http://smarturl.it/ProphetsAmazon

Ouça “Unfuck The World” no Spotify http://smarturl.it/ProphetsSpotify  e na Apple Music <http://found.ee/ProphetsApple> .

Assista o vídeo de “Unfuck The World” na VEVO http://vevo.ly/Ii520a.

Prophets Of Rage online:
http://prophetsofrage.com/
https://www.instagram.com/prophetsofrage/
https://www.facebook.com/prophetsofrageofficial/?ref=br_rs
https://twitter.com/prophetsofrage
#UNFUCKTHEWORLD

Concord Music Group
http://www.concordmusicgroup.com

THE NATIONAL ANUNCIA NOVO ÁLBUM

The National está feliz em anunciar seu sétimo álbum – Sleep Well Beast – que será lançado em 8 de Setembro na 4AD. Sleep Well Beast foi produzido pelo membro Aaron Dessner com co-produção de Bryce Dessner e Matt Berninger. O álbum foi mixado por Peter Katis e no estúdio Long Pond de Aaron Dessner, em Hudson Valley, New York. Sleep Well Beast está disponível para pré-venda hoje em americanmary.com e estará disponível em CD, digital e LP duplo.

The National lança o single ‘The System Only Dreams in Total Darkness’ em um clipe dirigido por Casey Reas. https://youtu.be/2O6duDDkhis

A banda também divulga uma nova turnê mundial  do álbum, começando em Cork, na Irlanda, em 16 de Setembro. The National também estará nos festivais Glastonbury e Haven em Copenhagen nesse verão. Para mais informações, acesse www.americanmary.com

VIDEO: “The System Only Dreams in Total Darkness”: https://youtu.be/2O6duDDkhis

TRACK LIST:
Nobody Else Will Be There
Day I Die
Walk It Back
The System Only Dreams in Total Darkness
Born to Beg
Turtleneck
Empire Line
I’ll Still Destroy You
Guilty Party
Carin at the Liquor Store
Dark Side of the Gym
Sleep Well Beast

THE NATIONAL ONLINE:
americanmary.com
twitter.com/TheNational
Instagram.com/thenational
facebook.com/thenationalofficial