Tag Archives: Formusic

Motörhead lança box comemorativo para 40 anos dos clássicos Overkill e Bomber

Lançamento conta com reedições de luxo, materiais inéditos e colecionáveis para fãs

Após vários anos de planejamento, Motörhead e BMG têm o prazer de realizar o lançamento para os ultra-fãs da banda, que abrange sua carreira nos anos 70, 80, 90 e mais!

O programa de lançamentos conta com reedições de clássicos e materiais inéditos. Incluindo Motörhead ’79, box que celebra os 40 anos de Overkill e Bomber, dois fantásticos álbuns, com novas edições de luxo, ambas com áudios inéditos de shows da turnê de 1979, entrevistas e fotos nunca vistas. O box também conta com um livro de 40 páginas, CD com b-sides, livro com partituras e um kit de broches de 1979. Todos os lançamentos foram criados com a total cooperação e envolvimento das propriedades de Ian “Lemmy” Kilmister, “Fast” Eddie Clarke e Phil “Philthy Animal” Taylor.

Ouça versão inédita de “Bomber” e veja detalhes do box aqui.
O box Motörhead ’79 contém:
–       Os álbum Overkill Bomber remasterizados em vinil de 180 gramas, criados a partir das fitas master originais
–       Dois álbuns ao vivo com material de shows inéditos das turnês de ’79
–       Livro de 40 páginas com fotos inéditas e entrevistas da época
–       Vinil com b-sides e faixas raras
–       Single “No Class 7””
–       Livro de partituras de Overkill
–       Tudo envolto em uma caixa feita de uma jaqueta preta de motoqueiro

Ao revisitar os extensos arquivos privados da banda, receberam assistência de pessoas-chave que faziam parte do círculo de amigos e equipe de 79 – além de consultar os super fãs – todas as partes têm imenso orgulho em mostrar o nível de detalhes e comprometimento que foram incluídos nos lançamentos do Motörhead ’79 e que continuarão com os projetos futuros. Sempre foi uma demanda de Lemmy dar aos fãs o melhor possível em todos os aspectos, e acredita-se que isso foi atingido com essas reedições.

Outra intenção do box é oferecer aos Motörfãs novos, antigos e intermediários todo o escopo e contexto de como era a vida quando esses clássicos estavam sendo criados. 1979 foi um ano sísmico por muitos motivos, e Overkill e Bomber foram escritos, gravados e apresentados enquanto a Grã-Bretanha lidava com greves, Margaret Thatcher, hooliganismo, mais Buggles e os Bee Gees. E em 9 de março de 1979, milhões de espectadores desavisados entraram no Top Of The Pops da BBC para assistir à banda mais alta, estridente, perigosa e absolutamente emocionante do mundo, tocando a faixa-título do álbum Overkill.

Um híbrido de punk, rock e heavy metal tocado com um poder implacável, o Motörhead era uma força da natureza impulsionada pelo baixista e vocalista Ian “Lemmy” Kilmister, guitarrista “Fast” Eddie Clarke e baterista Phil “Philthy Animal” Taylor. A química entre esses três homens ultrajantes e totalmente imortais não foi nada menos que uma mudança de vida para milhões, e os três compartilharam uma maravilhosa vida de “irmãos loucos” em relação à vida e à música; não havia um interruptor “desligado” e eles se tornaram lendas como resultado. Overkill e Bomber são ícones que causam danos cerebrais até o enésimo grau, e sua enorme influência ainda reverbera em todos os gêneros de música até hoje.

Para mais informações, acesse o site oficial da banda: www.iMotorhead.com.

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Violent Femmes divulga a nova faixa “Another Chorus”, do aguardado novo álbum Hotel Last Resort

Crédito: Divulgação

Violent Femme divulgou recentemente o lançamento do aguardado novo álbum, HOTEL LAST RESORT, que chega via [PIAS] na sexta-feira, 26 de julho. “Another Chorus” já está disponível e o lyric video que o acompanha pode ser visto no YouTube.

ASSISTA “Another Chorus”
violentfemmes.lnk.to/AnotherChorus

“Another Chorus é uma das duas músicas do novo álbum que foi escrita uma ou duas semanas antes de entrarmos no estúdio”, diz o co-fundador/compositor/guitarrista do Violent Femmes, Gordon Gano. “Ninguém na banda ouviu a música, e nós não a tocamos antes de gravá-la. Quando estávamos gravando, o sentimento geral era de que havia algo aqui, e depois de gravar o que achávamos que era a ideia, nosso produtor Ted Hutt implorou para que o revisássemos porque algo estava faltando, e estou feliz que o fizemos. ”

OUÇA “Another Chorus” 
violentfemmes.lnk.to/AnotherChorusStream

Hotel Last Resort está disponível para pré-venda agora;  o vinil colorido em edição limitada também está disponível. O Hotel Last Resort foi anunciado no início deste ano com o lançamento da faixa título do álbum, apresentando o icônico som de guitarra do co-fundador da TV Tom Verlaine – a faixa está disponível agora em todos os DSPs e serviços de streaming.

Gravado em Denver, no Mighty Fine Productions, com o produtor premiado com o GRAMMY®, Ted Hutt (The Gaslight Anthem, Old Crow Medicine Show), Hotel Last Resort reside entre os melhores trabalhos da Violent Femmes, refinando e redefinindo simultaneamente a sua mistura de pós-punk, jazz espiritual, country blues, improvisação vanguardista e rock’n’roll.. Fundada e liderada por Gano e Ritchie, o grupo continua sábio e estranho quanto antes, continuando a explorar a vasta gama de idéias, complexidade melódica e habilidade orgânica sonora que caracterizou o trabalho da banda desde sua estréia em 1983.

Sempre ansioso para levar sua música adiante, Violent Femmes expandiu sua criação trazendo o percussionista John Sparrow e o multi-instrumentista Blaise Garza para o grupo. Ambos membros de longa data do The Horns of Dilemma – a banda em constante evolução de músicos multi-instrumentistas – a dupla se juntou às Femmes em turnê e no estúdio nos últimos 14 e 15 anos, respectivamente.

Another Chorus
I Get What I Want
I’m Nothing (Feat. Stefan Janoski)
Adam Was A Man
Not Ok
Hotel Last Resort (Feat. Tom Verlaine)
Everlasting You
It’s All Or Nothing
I’m Not Gonna Cry
This Free Ride
Paris To Sleep
Sleepin’ At The Meetin’
God Bless America

www.vfemmes.com
www.facebook.com/officialviolentfemmes
www.twitter.com/violentfemmes
www.youtube.com/channel/UCUJVEhxZQ6v-M8JwWFJ6mSw
www.instagram.com/officialviolentfemmes

Mark Morton divulga single “Cross Off”, em colaboração com Chester Bennington


Disco solo Anesthetic chega em março, repleto de participações especiais 

O guitarrista do Lamb of God retorna com o segundo single de seu primeiro álbum solo, Anesthetic, que chega em 1º de março. A música foi gravada em abril de 2017 e escrita por Mark Morton, Chester Bennington, Jake Oni e o produtor Josh Wilbur. Ouça a música em todas as plataformas digitais aqui.

Morton gravou todas as guitarras com Paolo Gregoletto e Alex Bent (Trivium) tocando baixo e bateria. A composição da música começou entre Morton, Wilbur e Oni antes dos três se aproximarem de Chester Bennington (ex-vocalista do Linkin Park, morto em julho de 2017) sobre assumir os vocais. Bennington adorou a música e veio ao estúdio com idéias e letras adicionais que, junto com seu estilo vocal único e incrível, moldaram a música.

Morton disse que sua experiência trabalhando na faixa com Bennington foi um “processo muito natural e fluente. Nós dois realmente amamos a música desde o início e todos que trabalharam nela colocaram muita energia e emoção nela. Eu sinto que você pode realmente ouvir isso na pista, e absolutamente no desempenho de Chester.”

O disco de 10 faixas ajudará Morton a explorar ainda mais sua criatividade para escrever e colaborar. O álbum foi feito ao lado de uma equipe dos sonhos de músicos altamente respeitados de uma infinidade de mundos musicais; alguns amigos e outros que nunca seriam esperados para colaborar com os líderes do metal.

Morton tinha escrito algumas faixas desse disco a alguns anos. “Este álbum não foi um esforço para começar algo fora do Lamb Of God”, explica ele. “A música está sempre na minha cabeça, e até eu escrever e gravar, está presa lá. Mas uma vez que eu gravei, está fora. É uma catarse, mais para a minha própria sanidade.”

Os colaboradores do trabalho incluem Chester Bennington, Randy Blythe, Jacoby Shaddix, Myles Kennedy, Alissa White-Gluz, Mark Lanegan, Chuck Billy, Jake Oni, Josh Todd, Mark Morales e Naeemah Maddox. Musicalmente, Morton toca todas as guitarras, com Roy Mayorga, David Ellefson, Ray Luzier, Paolo Gregoletto, Alex Bent, Mike Inez, Jean-Paul Gaster, Steve Gorman, Marc Ford, Yanni Papadopoulos e Chris Brooks completando a banda.

O álbum já está disponível para pré venda neste link. Confira a capa e tracklist.

ANESTHETIC:
1. “Cross Off” (feat. Chester Bennington)
2. “Sworn Apart” (feat. Jacoby Shaddix)
3. “Axis”  (feat. Mark Lanegan)
4. “The Never” (feat. Chuck Billy + Jake Oni)
5. “Save Defiance” (feat. Myles Kennedy)
 6. “Blur” (feat. Mark Morales)
 7. “Back From The Dead” (feat. Josh Todd)
 8. “Reveal” (feat. Naeemah Maddox)
9. “Imaginary Days”
 10. “The Truth Is Dead” (feat. Randy Blythe + Alissa White-Gluz)
Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Venom anuncia novo álbum de estúdio intitulado Storm The Gate

Crédito: Ester Segarra

Com quase 40 anos da banda, o Venom retorna com um novo projeto com lançamento marcado para o último mês do ano. O disco Storm The Gatesconta com 13 faixas que exploram toda a originalidade e potência do grupo e que já pode ser encomendado por pré-venda no link https://spinefarmrecords.lnk.to/stormthegates.

Desde 2009, esta última encarnação da banda tem uma visão clara de quem eles são e para onde querem ir, recusando firmemente comprometer ou renunciar suas crenças, construídas no estilo de assinatura e som estabelecido por Cronos em 1979.

Como artista e produtor, o icônico frontman abriu efetivamente os portões (do Inferno) para uma marca totalmente nova de Metal, mudando genuinamente o jogo com uma intensidade nunca antes vista ou ouvida. Com uma mistura de elementos, o Venom tem sido responsável por algumas das composições de guitarra mais reverenciadas e temidas do mundo.

Quando Cronos começa com os versos da primeira faixa, “Bring Out Your Dead“, cuspindo a letra como um encantamento de invocação de demônios, uma coisa é bastante clara: não poderia ser outra banda.

Nós sempre dizemos que uma música tem que se encontrar, tem que se desenvolver“, exclama Cronos. “Nós tivemos quase três anos com essas composições, acelerando um pouco, desacelerando um pouco, mudando as letras, acrescentando quebras, movendo versos. É assim que as músicas crescem, e é assim que você acaba escrevendo um álbum melhor, por isso eu não acredito em lançar um disco todo ano – você não pode ter deixado essas músicas se desenvolverem ao máximo. Esses álbuns durarão muito mais tempo do que eu, então eles precisam se sustentar sozinhos. Com um álbum todo ano, eu acho que você acaba com duas ou três boas músicas e um monte de merda, e eu certamente não quero lançar esse tipo de álbum!

Confira a capa de Storm The Gates:

Marketing e Promoção no Brasil: 
ForMusic – info@formusic.com.br






Pantera lança disco ao vivo com gravação de show no Dynamo Open Air 1998

Álbum registra performance no importante festival holandês

De 1986 a 2005, o Dynamo Open Air foi sinônimo de um dos maiores festivais de metal da Europa e do mundo. O evento começou em um estacionamento, com shows para 5 mil pessoas. Mas, em menos de 10 anos, o evento holandês viu o número de presentes subir para a casa dos 110 mil e chegou a ser responsável pelo maior engarrafamento da Holanda em 1994. Um verdadeiro fenômeno.

E é claro que um festival importante como o Dynamo gerou muito conteúdo musical. E, dentre eles, está um show do Pantera na edição de 1998 do evento que agora está registrado no disco Pantera Live At Dynamo 1998. Na track list estão sucessos como “Walk”, “I’m Broken” e “Cowboys From Hell”.

Este é apenas o segundo álbum ao vivo do Pantera. O primeiro, Official Live: 101 Proof, foi lançado em 1997 e contém 14 faixas gravadas em diferentes shows da banda de 1996 e 1997.

Track list:
1- “Walk”
2- “A New Level”
3- “Suicide Note Pt. II”
4- “War Nerve”
5- “Becoming”
6- “Sandblasted Skin”
7- “Hard Lines Sunken Cheeks”
8- “Primal Concrete Sledge”
9- “I’m Broken”
10- “Fucking Hostile”
11- “This Love”
12- “Domination, Hollow”
13- “Mouth For War”
14- “Cowboys From Hell”

OUÇA PANTERA LIVE AT DYNAMO OPEN AIR 1998 AQUI: http://spotfy.com/2mPB

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br






THE DEAD DAISIES LANÇA CLIPE DE NOVO SINGLE “DEAD AND GONE”

“Burn It Down é um forte indicado ao Melhor Álbum do Ano.”
– Brave Words Magazine

THE DEAD DAISIES lançou nesta sexta-feira, 22, o clipe do novo single “DEAD AND GONE”, uma das faixas preferidas do público do aclamado disco BURN IT DOWN.

O vídeo traz elementos clássicos misturados com aparições dos integrantes da banda. O clipe foi criado, filmado e editado pelo lendário visionário de terror Tony Valenzuela (Black Box TV, Villisca)

Durante a última turnê européia, o grupo filmou em Berlim a apresentação que aconteceu no Black Box Music (Rammstein, 30 Seconds To Mars, Linkin Park, Marilyn Manson) e adicionou imagens gravadas no estúdio Daisyland em Los Angeles, na Califórnia.

O lançamento do clipe marca um momento importante para a banda. Eles estão lançando a nova plataforma “Daisyland” que convida os fãs de todo o mundo a participarem da jornada do grupo. O The Dead Daisies sempre tentou providenciar um lugar para os amantes do rock para descansar e se divertir sem preocupações. “Daisyland” é exatamente o lugar para isso.

John Corabi: “‘Dead and Gone’ é uma daquelas faixas que você coloca para ouvir bem alto! Tem uma ótima melodia e fala sobre viver a vida de forma responsável sem deixar as pessoas te julgarem por isso.”

O último single lançado, “RISE UP”, ainda está nas paradas de rock dos Estados Unidos e é trilha sonora da campanha promocional da NASCAR.

Atualmente, a banda está se preparando para embarcar na sua segunda turnê no Japão após passar pela Europa com shows solo e participações em festivais ao lado de KISS, Joe Satriani, The Scorpions e Guns N’ Roses. Em agosto, a banda voltará à América do Norte para uma série de shows com o colega Dizzy Reed, tecladista do Guns N’ Roses e Hookers & Blow.

O álbum BURN IT DOWN está presente nas paradas mundiais e aparece em #6 no Heatseekers Chart da Billboard, #10 na German Media Control Charts, #12 na Hard Music Charts americana, #14 na Sales Charts do Reino Unido e #1 na Sales Charts da Suiça e Austria, entre outras.

Na rádio, o single “RISE UP” aparece em programadas ao redor do mundo. A faixa continua crescendo nos Estados Unidos e é um sucesso em países como Alemanha, Itália, França, Suécia e Espanha, além de participar das principais playlists da britânica Planet Rock Radio.

THE DEAD DAISIES é formado por: Doug Aldrich (Whitesnake, Dio), John Corabi (Mötley Crüe, The Scream), Marco Mendoza (Whitesnake, Thin Lizzy), Deen Castronovo (Bad English, Journey) e David Lowy (Red Phoenix, Mink).

O rock está vivo!!!

Assista “Dead and Gone”:
https://www.youtube.com/watchv=0T1NzkCHKEg&feature=youtu.be

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br






Underworld & Iggy Pop lançam faixa inédita e anunciam o EP Teatime Dub Encounters

Trabalho chega em 27 de julho pela Caroline Records, e é antecipado pelas faixas “Bells & Circles” e “I’ll See Big”

Underworld e Iggy Pop anunciam nesta sexta, 22, o lançamento de Teatime Dub Encounters, um EP de 4 faixas. O trabalho chega em 27 de julho pela Caroline International.

Enquanto dirigia a trilha sonora de T2 TrainspottingRick Smith, do Underworld, fez uma reunião com Iggy Pop em um quarto do hotel Savoy, em Londres, na Inglaterra, para discutir como poderiam colaborar em uma música para o filme.

“Iggy estava ficando no The Savoy e aceitou me encontrar e conversar sobre a colaboração porque nós dois sentíamos uma forte conexão com o Trainspotting e com o [diretor] Danny Boyle. Eu pensei: tenho apenas uma chance para convencê-lo de que devemos trabalhar juntos. Então eu apareci com basicamente metade do meu estúdio, aluguei um quarto do hotel, sentei e esperei”, disse Smith.

As canções “Lust for Life”, de Iggy, e “Born Slippy (Nuxx)”, do Underworld, tinham se encaixado perfeitamente na trilha sonora do primeiro filme da franquia Trainspotting, duas décadas atrás. E tudo isso pesou quando Iggy chegou ao quarto de Smith e encontrou um estúdio pronto e um time ansioso para trabalhar.

“Quando você dá de cara com alguém que montou um estúdio em um quarto, que tem ligado no Skype um diretor que recentemente ganhou um Oscar e um microfone na sua frente com 30 peças de música finalizadas, você não quer ser o idiota que fica fazendo ‘uh uhhh’. Minha mente estava fervendo”, contou Iggy.

Teatime Dub Encounters é o resultado de algumas sessões de gravações clandestinas em um quarto de hotel, que começaram algumas semanas após o Underworld e o Iggy Pop lançarem seus próprios discos (Barbara Barbara, We Face a Shining Future e Post Pop Depression, respectivamente) no dia 18 de março de 2016. Não é um trabalho histórico ou um tributo ao passado, é a representação de artistas em evolução, engajados em um processo que traz à luz a espontaneidade e a criatividade de ambos.

A primeira faixa de Teatime Dub Encounters, “Bells & Circles”, ganhou estreia ao vivo durante a apresentação do Underworld no BBC Biggest Weekend Belfast. A segunda música, “I’ll See Big”, chega às plataformas de streaming nesta sexta, 22. A canção é composta por uma cascata de sons ambiente contraposta ao discurso de Iggy sobre seus amigos que, ainda que problemáticos, o salvaram de uma vida assombrada por decisões erradas. A letra de “I’ll See Big” é inspirada em uma conversa que o músico teve com o diretor Danny Boyle sobre o pretexto abordado em ambos os filmes da sagaTrainspotting.

Track list de Teatime Dub Encounters:
1.     “Bells & Circles  (Ouça: https://www.youtube.com/watch?v=KmJWD9jQvhc&feature=youtu.be)
2.     “Trapped”
3.     “I’ll See Big”
4.     “Get Your Shirt”

#teatimedubencounters

Underworld https://underworld.lnk.to/TTDE
Iggy Pop https://IggyPopOfficial.lnk.to/TTDE 

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br






BLACK LABEL SOCIETY LANÇA CLIPE DE “TRAMPLED DOWN BELOW”

MÚSICA INTEGRA O DISCO MAIS RECENTE DO GRUPO, GRIMMEST HITS

Black Label Society, liderado pelo icônico guitarrista norte-americano Zakk Wylde, liberou um novo clipe nesta quarta, 20 de junho, para o single “Trampled Down Below”. O vídeo foi dirigido por Dan Sturgess e filmado no mundialmente conhecido Royal Albert Hall, em Londres, na Inglaterra, durante a turnê deste ano da banda. Assista aqui: https://youtu.be/xoO2hwuRi7Y

Black Label Society entrou para as principais paradas musicais com o mais recente disco, Grimmest Hits, lançado pela Spinefarm Records. O álbum chegou à 4ª posição da US Billboard Current Charts, a mais alta desde Order Of The Black, de 2009. Grimmest Hits também teve bons resultados na Alemanha (21ª posição), Suíça (25ª), Austrália (30ª) e Japão (31ª), onde o LP foi o mais bem sucedido do BLS desde o disco de estreia, de 1998. Neste meio tempo, Zakk Wylde também lançou Book of Shadows II, esperado sucessor do disco de estreia solo do músico, que leva o mesmo nome e data de 1996.

Wylde continuará na estrada em 2018, sem o Black Label Society, para acompanhar Ozzy Osbourne na No More Tours 2.

O Black Label Society é Zakk Wylde (vocal/guitarra), John DeServio (baixo), Dario Lorina (guitarra) e Jeff Fabb (bateria).

Grimmest Hits Tracklist:
1. Trampled Down Below
2. Seasons Of Falter
3. The Betrayal
4. All That Once Shined
5. The Only Words
6. Room Of Nightmares
7. A Love Unreal
8. Disbelief
9. The Day That Heaven Had Gone Away
10. Illusions Of Peace
11. Bury Your Sorrow
12. Nothing Left To Say

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br






MARILYN MANSON LANÇA “CRY LITTLE SISTER”, COVER DA MÚSICA TEMA DO FILME OS GAROTOS PERDIDOS (1987)

Marilyn Manson continua a série de lançamentos começada com o decisivo disco Heaven Upside Down (2017), ao soltar “Cry Little Sister” na última sexta, 15 de junho. A canção é uma cover da música tema do clássico filme Os Garotos Perdidos, de 1987. A faixa foi produzida por Tyler Bates, que colabora com Manson há muitos anos.

Ouça aqui: http://found.ee/MM_CLSYouTube

Em julho, Marilyn Manson dará início à turnê Twins of Evil, com Rob Zombie. O giro norte-americano começa em Detroit, com paradas no Rock USA Festival, no Heavy MTL Festival e no Impact Music Festival. Veja a lista completa de datas nos sites http://marilynmanson.com/#tour ehttps://robzombie.com/tour-dates

Marilyn Manson e Rob Zombie criaram uma série de mini-entrevistas para antecipar um pouco do que vai acontecer na turnê. Nos vídeos, dirigidos por Bill Yukich, eles contam histórias de quando estavam na estrada, sobre como se conheceram, e sobre colaborações com o Korn e com o Danzig.

Assista aqui: https://youtu.be/i_jWjkFAG5E

Ouça “Cry Little Sister” aqui:
Spotify:  
http://found.ee/MM_CLSSpotify
Apple Music:  http://found.ee/MM_CLSAppleMusic
iTunes:  http://found.ee/MM_CLSiTunes
Deezer:  http://found.ee/MM_CLSDeezer
Amazon:  http://found.ee/MM_CLSAmazon
Google Play:  http://found.ee/MM_CLSGooglePlay

Marilyn Manson na Internet:
http://www.marilynmanson.com
https://twitter.com/marilynmanson
https://www.instagram.com/marilynmanson
https://www.youtube.com/user/MarilynMansonVEVO
https://www.facebook.com/MarilynManson/

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br






GHOST SE PREPARA PARA LANÇAR PREQUELLE

DISCO CHEGA EM 1º DE JUNHO PELA SPINEFARM/LOMA VISTA RECORDINGS – Crédito: Mikael Eriksson

O grupo vencedor do Grammy Ghost anunciou nesta sexta-feira, 13, o lançamento do quarto “salmo sagrado”, Prequelle (pronunciado prē-KWELL). O disco chega em 1º de junho, pela Spinefarm/Loma Vista Recordings. A pré-venda está disponível aqui: http://found.ee/Ghost_Prequelle . Pacotes de edição limitada, que incluem 8 Faixas, cassetes e outros produtos podem ser adquiridos na loja oficial do Ghost: http://found.ee/Ghost_Shop.

Por muito tempo, os fãs acompanharam a jornada da banda sem saber quem estava por trás dela. Recentemente, o cenário mudou quando Tobias Forge se revelou como o homem por trás do Ghost. Ele é responsável por fazer com que o lançamento de cada álbum se parece cada vez mais com a première de um filme. Além de ser diretor, Forge representa os personagens, e comanda desde o roteiro dos vídeos até o figurino, a identidade visual e a trilha sonora do grupo.

Outra mudança interessante na saga do Ghost foi o anúncio de Cardinal Copia como o vocalista de Prequelle. Conheça o personagem aqui: https://www.youtube.com/watch?v=e_74Ijj6EpY .

As letras do próximo disco da banda mergulham em assuntos como a praga, o apocalipse e as eras sombrias da humanidade. Apesar de abordar tais temas atemporais, o trabalho também é um retrato do mundo em que vivemos atualmente, que ganha vida em uma emotiva e inspiradora coleção de músicas.

Além de anunciar o disco, o Ghost também lança o single principal “Rats”, acompanhado de um clipe dirigido por Roboshobo. A faixa está disponível para download via iTunes, Apple Music, Amazon e Google Play. Os fãs que adquirirem Prequelle na pré-venda recebem um download da faixa.

Videoclipe de “Rats”http://found.ee/Ghost_RatsVevo

Prequelle é o sucessor do terceiro disco de estúdio do Ghost, Meliora, e do EP Popestar (2016), que levou os suecos ao panteão das melhores bandas de rock do mundo ao resultar em um prêmio Grammy por Melhor Performance de Metal. Nos Estados Unidos, Meliora esteve entre o Top 10 da parada dos 200 Álbuns Mais Vendidos da Billboard. A banda estreou na TV norte-americana com o single principal do disco, “Cirice”, no programa da CBS The Late Show with Stephen Colbert. Popestar apareceu no primeiro lugar do Top de Álbuns de Rock e Hard Rock da Billboard e se manteve no topo das paradas de rádio com “Square Hammer”.

Capa e tracklist de Prequelle:

1. Ashes
2. Rats
3. Faith
4. See the Light
5. Miasma
6. Dance Macabre
7. Pro Memoria
8. Witch Image
9. Helvetesfonster
10. Life Eternal

http://ghost-official.com/
https://www.facebook.com/thebandghost
https://twitter.com/thebandghost
https://www.instagram.com/thebandghost/

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic –
info@formusic.com.br






GODSMACK LANÇA CLIPE COM SEBASTIAN BACH E BILLY RAY CYRUS

“BULLETPROOF” INTEGRA NOVO DISCO, WHEN LEGENDS RISE, COM LANÇAMENTO EM 27 DE ABRIL PELA SPINEFARM RECORDS

GODSMACK lançou o videoclipe oficial de “Bulletproof”, single principal do próximo disco da banda norte-americana multiplatinada. When Legends Rise tem lançamento previsto para 27 de abril pela Spinefarm Records. Dirigido pelo cineasta Troy Smith, o irônico vídeo documenta a tarefa da banda de fazer um novo clipe. Assista aqui: https://godsmack.lnk.to/BulletproofVideo

No registro, o empresário do GODSMACK – interpretado pelo real empresário da banda, Paul Geary – sugere que o grupo expanda a base de fãs ao trabalhar com novos diretores, incluindo um vivido por Sebastian Bach e outro por Billy Ray Cyrus. Depois de ouvir uma série de ideias questionáveis, o vocalista e guitarrista Sully Erna decide contratar o primo dele, Salvatore Pasquale, da Sicília, na Itália. Tudo dá errado durante a filmagem, com até mesmo fogo no set e destruição dos registros em vídeo.

“Este é um curta-metragem no formato de um videoclipe. Eu escrevi a maior parte dele, com a ajuda de Troy Smith e Kenny Funk. Nós adoramos nos divertir e dar risada. Música é sobre entretenimento, assim como é sobre arte. Queremos compartilhar o que fazemos com pessoas de todas as idades. A banda sugeriu que eu dirigisse esse primeiro vídeo, então decidi brincar com o conceito de direção. Comédia não é nada além do exagero da realidade, e qualquer um que não saiba apreciar um vídeo divertido está levando a vida muito a sério”, explica Erna.

20 anos após o lançamento do disco de estreia autointitulado e a venda de 20 milhões de álbuns, o GODSMACK – formado por Sully Erna, Tony Rombola (guitarra), Robbie Merrill (baixo) e Shannon Larkin (bateria) – está mais forte do que nunca. A prova está nos acordes de When Legends Rise, o sétimo LP de estúdio e o primeiro trabalho do grupo em quatro anos.

A pré-venda de When Legends Rise está disponível em https://godsmack.lnk.to/WhenLegendsRisePR

Assista o clipe:

 Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br






THE DEAD DAISIES: ³Rise Up² é o primeiro single do novo disco

THE DEAD DAISIES
“Rise Up” é o primeiro single do novo disco
Burn It Down chega em 6 de abril

“Rise Up”, single lançado no dia 9 de março, sexta-feira, é a primeira faixa divulgada de Burn It Down, quarto disco de estúdio The Dead Daisies. Com uma batida arrebatadora e guitarras potentes, a música constrói o cenário ideal de um outro grande ano para a banda.

“‘Rise Up’ tem um riff old school do Sabbath, somado a uma letra raivosa sobre o atual estado do mundo! É sobre as pessoas que estão no poder dizerem que têm os melhores interesses mas, na verdade, não terem! Precisamos nos levantar e fazer com que nossas vozes sejam ouvidas, para dizermos para eles que queremos mudança e merecemos coisas melhores!”, disse o vocalista John Corabi.

O lançamento do single é acompanhado por um videoclipe provocante, que explora os problemas citados por Corabi.

Burn It Down, que chega em 6 de abril pela Spitfire Music, é um disco poderoso, com uma bateria que pulsa, um baixo inesquecível, guitarras que gritam e vocais honestos. Evocando o melhor do Rock dos anos 1970, Burn It Down irá destruir todos os obstáculos em seu caminho.

Em abril, o The Dead Daisies embarca em uma turnê mundial com datas já esgotadas no Reino Unido e na Europa. Depois, a banda parte para o aguardado retorno ao Japão e à América do Sul.

The Dead Daisies é composto por Doug Aldrich (Whitesnake, Dio), John Corabi (Mötley Crüe, The Scream), Marco Mendoza (Whitesnake, Thin Lizzy), Deen Castronovo (Bad English, Journey) e David Lowy (Red Phoenix, Mink).

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br






Black Label Society lança novo disco, Grimmest Hits

Black Label Society lançou seu novo álbum Grimmest Hits na última sexta-feira, 19 de Janeiro.

O novo trabalho sucede os álbuns Catacombs of the Black Vatican de 2014 e Order of the Black de 2010, ambos listados no Top 5 da Billboard. Nesse tempo, Zakk Wylde lançou Book of Shadows II, o esperado trabalho desde seu primeiro álbum solo em 1996, que chegou ao 18o lugar no Top 200 da Billboard.

Wylde, agora de volta com Ozzy Osbourne após oito anos, já participou de alguns shows com aquele que chama de “The Boss”. A reunião aconteceu no verão com apresentações em grandes festivais como Chicago Open Air, Louder Than Life e continuará no Ozzfest Meets Knotfest.

Black Label Society inspira o público onde quer que vá, convidando todos a participarem de sua fraternidade e irmandade do hard rock.

Com dez álbuns de estúdio, álbuns solo, shows do Ozzy, e turnês do Zakk Sabbath acontecendo ao mesmo tempo, a banda navega com toda sua força.

Black Label Society é formado por: Zakk Wylde (vocal e guitarra), John DeServio (baixo), Dario Lorina (guitarra) e Jeff Fabb (bateria).

Grimmest Hits Tracklist:

1. Trampled Down Below
2. Seasons Of Falter
3. The Betrayal
4. All That Once Shined
5. The Only Words
6. Room Of Nightmares
7. A Love Unreal
8. Disbelief
9. The Day That Heaven Had Gone Away
10. Illusions Of Peace
11. Bury Your Sorrow
12. Nothing Left To Say

Ouça Grimmest Hits:
https://umusicbrazil.lnk.to/GMBLS

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br






The Dead Daisies anuncia novo álbum, Burn It Down

THE DEAD DAISIES IRÁ INCENDIAR 2018
“Burn It Down”, novo álbum do THE DEAD DAISIES, será lançado no dia 06 de abril pela Spitfire Music/SPV

Burn It Down é uma força muscular, um tornado de baterias, uma pulverização de baixos, guitarras gritando e vocais puros e brutos. Inspirado no melhor do rock setentista adicionado aos melhores momentos de Birmingham, misturado com os melhores de Boston, Burn It Down irá fazer exatamente isso: queimar tudo em seu caminho até não haver mais nada.

Gravado em Nashville com Marti Frederiksen no comando, a banda finalizou seu quarto disco de estúdio – Burn It Down – em Dezembro com Anthony Focx na mixagem novamente e com a lenda da masterização Howie Weinberg adicionando sua mágica.

John Corabi revelou sobre o novo álbum: “Eu estou extremamente animado com o nosso novo álbum Burn It Down! Foi um prazer trabalhar com Marti Frederiksen e a banda novamente no que eu acredito ser um incrível próximo passo para a jornada do The Dead Daisies. Esse é um álbum de Rock old school!!! Aproveite e vejo todos vocês na nossa grande turnê mundial de 2018! Paz, Crabby”

Doug Aldrich foi direto e simples: “O novo álbum do The Dead Daisies irá derreter sua cara! É puro e bruto e um som completamente novo!”

Burn It Down traz uma arte totalmente criada pela banda com a execução dos brasileiros no Delorean Studio. Confira a capa do disco abaixo!

TRACKLIST
“Resurrected”
“Rise Up”
“Burn It Down”
“Judgement Day”
“What Goes Around”
“Bitch”
“Set Me Free”
“Dead And Gone”
“Can’t Take It With You”
“Leave Me Alone” 

Com a banda ansiosa para sair em turnê no estilo verdadeiro de um Daisies, eles anunciaram as primeiras de muitas datas da Burn It Down Tour marcadas para 2018. Muitas outras datas serão divulgadas, incluindo o muito esperado retorno da banda para o Japão, América do Norte, México e América do Sul!

Com o baterista Deen Castronovo completando o line-up, The Dead Daisies é formado por: Doug Aldrich (Whitesnake, Dio), John Corabi (Mötley Crüe, The Scream), Marco Mendoza (Whitesnake, Thin Lizzy), Deen Castronovo (Bad English, Journey) e David Lowy (Red Phoenix, Mink).

Uma coisa é certa: com pouco tempo, The Dead Daisies já impressionou muito na cena do rock e conseguiu algo que muitas bandas desejam, mas só algumas realmente conseguem: FÃS HARDCORE! Eles amam o Daisies e o Daisies ama os fãs!

O rock está vivo e bem!
THE DEAD DAISIES
BURN IT DOWN WORLD TOUR
REINO UNIDO & EUROPA

REINO UNIDO (com convidados especiais: THE TREATMENT* & THE AMORETTES
Abril
08/04 Garage Glasgow, UK
09/04 Robin 2 Bilston, UK
10/04 Koko London, UK *
12/04 Academy 2 Manchester, UK
13/04 Rock City Nottingham, UK *
14/04 Academy Bristol, UK *

EUROPA (com convidado especial THE NEW ROSES)
Abril
16/04 013 Tilburg, NET
17/04 Biebob Vosselaar, BEL
18/04 Markthalle Hamburg, GER
20/04 Sticky Fingers Gothenburg, SWE
21/04 Parkteateret Oslo, NOR
22/04 Klubben Stockholm, SWE
24/04 Pumpehuset Copenhagen, DEN
25/04 Rosenhof Osnabrueck, GER
26/04 Backstage Werk Munich, GER
27/04 Barba Negra Track Budapest, HUN
29/04 Simm City Vienna, AUS

Maio
01/05 Thanks Jimi Festival Wroclaw, POL
03/05 Kesselhaus Berlin, GER
04/05 Schlachthof Wiesbaden, GER
05/05 Live Music Hall Cologne, GER
06/05 Le Trabendo Paris, FRA
08/05 Z7 Pratteln, SWI
09/05 Live Club Trezzo (Milan), ITA
11/05 Zentral Pamplona, SPA
12/05 Mon Madrid, SPA






Gavin James lança EP Hearts on Fire com tema da novela Deus Salve o Rei

O cantor e compositor irlândes GAVIN JAMES lança hoje, dia 05 de janeiro, o EP Hearts on Fire. O trabalho traz 4 faixas:“Hearts on Fire”, “Hearts on Fire (Acoustic)”, “Hearts on Fire (John Gibbons Remix)” e a inédita “Watch It All Fade”.

A versão original de “Hearts on Fire” continua alcançando excelentes resultados em diversos mercados, como Irlanda, Alemanha e Estados Unidos.

Recentemente, Gavin fez uma apresentação ao vivo na TV Irlandesa ao lado da  Irish Symphony Orchestra. O resultado é que “Hearts on Fire” é número 2 na APC, Top Ten no iTunes e tem crescimento contínuo no Spotify.

Assista a apresentação em:
https://www.facebook.com/gavinjamesmusic/videos/1546138778755347/

“Watch It All Fade” faz parte da trilha sonora de Deus Salve o Rei, nova novela das 19h da TV Globo, que estreia na próxima terça-feira, dia 09 de janeiro. A canção é o tema do amor proibido vivido pelo casal principal Afonso (Romulo Estrela) e Amália (Marina Ruy Barbosa). Mixada no famoso estúdio Abbey Road, a canção também conta com a participação da Orquestra Sinfônica de Praga na gravação das cordas.

Antes do Natal, Gavin lançou a faixa “Hard To Do” como um presente aos fãs por todo o apoio em 2017 e a canção também tem alcançado excelentes resultados em diversas partes do mundo, como Bélgica, Suécia, Irlanda, Hungria, República Tcheca, Philipinas, Portugal e Estados Unidos.

Gavin compôs e produziu a faixa com Benny Blanco, produtor #1 do ano, conhecido por seu trabalho com Ed Sheeran no álbum Divide. A balada mostra perfeitamente o vocal incrível de Gavin, enquanto ele descreve as dificuldades de estar apaixonado.

“Hard To Do” também fará parte do segundo álbum de estúdio do músico, que deve ser lançado no primeiro semestre de 2018.

Ouça o EP Hearts on Fire:
https://GavinJames.lnk.to/HeartsOnFire-EP

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br






Os canadenses do WE ARE WOLVES trazem seu electro-punk ao Brasil

Depois de uma década de existência, 5 álbuns lançados e mais de 500 shows pela América do Norte, Europa e, até mesmo na China, a banda baseada em Montreal,  We Are Wolves, finalmente vem à América do Sul. De 26 de novembro a 6 de dezembro, o trio trará sua inventiva mistura de electro-dance e noise-punk, pela primeira vez na carreira, para os seus fãs chilenos e brasileiros.

Através da iniciativa do SODEC Québec créatif, os três artistas visuais que, primeiro se tornaram músicos, se apresentarão no Pulsar Festival, na vibrante cidade de Santiago, de 26 a 28 de novembro, e na sequência vão para Valdívia para o Fluvial Fest, de 30 de novembro a 1º de dezembro. A última parada da banda será o Brasil, onde participam da SIM São Paulo de 7 a 8 de dezembro.

O mais recente álbum do We Are Wolves, Wrong, conta com um som mais ensolarado, pop e mesmo dramático para a banda, algo que eles apenas ensaiaram antes. Depois de uma frutífera e ampla carreira, a banda está mais madura e confiante do que nunca; Wrong é prova que esses lobos ainda estão à caça!

Até lá você pode conferir o clipe dirigido por Jérémy Saindon para a faixa I Don’t Mind, que a banda descreveu como uma estranha mistura entre Bee Gees usando ácido e a frieza sinistra de David Lynch.

Assista I Don’t Mind:
https://www.youtube.com/watch?v=B-tTutH6V-M

Show:
08 de 
Dezembro – SIM (Sao Paulo, Brasil)
23h – Breve

Mais informações:
wearewolves.net/






Black Label Society lança novo single

Black Label Society lançou o clipe de seu primeiro single “Room Of Nightmare”, do álbum Grimmest Hits. O clipe foi dirigido por Justin Reich, grande colaborador da banda.

A banda irá lançar seu décimo álbum, Grimmest Hits, no dia 19 de Janeiro de 2018 pela Spinefarm Records. O novo trabalho sucede os álbunsCatacombs of the Black Vatican de 2014 e Order of the Black de 2010, ambos listados no Top 5 da Billboard. Nesse tempo, Zakk Wylde lançou Book of Shadows II, o esperado trabalho desde seu primeiro álbum solo em 1996, que chegou ao 18o lugar no Top 200 da Billboard.

“Room Of Nightmares” já está disponível em todos os serviços de streaming. Os fãs que comprarem o álbum na pré-venda do iTunes poderão fazer o download da faixa no mesmo instante. Ouça aqui https://spinefarmrecords.lnk.to/grimmesthits. A capa do álbum e sua tracklist estão logo abaixo.
Wylde, agora de volta com Ozzy Osbourne após oito anos, já participou de alguns shows com aquele chama de “the boss”. A reunião aconteceu no verão com apresentações em grandes festivais como Chicago Open Air, Louder Than Life e continuará no Ozzfest Meets Knotfest.

Black Label Society atravessa o mundo alimentado por cafeína e cacofonia. A banda inspira o público onde quer que vá, convidando todos a participarem em sua fraternidade e irmandade do hard rock.

Com dez álbuns de estúdio, álbuns solo, shows do Ozzy, e turnês do Zakk Sabbath acontecendo ao mesmo tempo, a banda navega com toda sua força.

Black Label Society é formado por: Zakk Wylde (vocal e guitarra) / John DeServio (baixo) / Dario Lorina (guitarra) / Jeff Fabb (bateria)

Grimmest Hits Tracklist:
1. Trampled Down Below
2. Seasons Of Falter
3. The Betrayal
4. All That Once Shined
5. The Only Words
6. Room Of Nightmares
7. A Love Unreal
8. Disbelief
9. The Day That Heaven Had Gone Away
10. Illusions Of Peace
11. Bury Your Sorrow
12. Nothing Left To Say

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br






QUEENS OF THE STONE AGE LANÇA VILLAINS

QUEENS OF THE STONE AGE lança hoje, dia 25, seu novo álbum, Villains. Produzido por Mark Ronson, co-produzido por Mark Rankin e mixado por Alan Moulder, Villains é o primeiro álbum do Queens Of The Stone Age desde o trabalho de 2013 …Like Clockwork, que rendeu à banda o seu primeiro álbum #1 nos Estados Unidos (e #1 na Austrália, Bélgica, Irlanda, Portugal, Escócia, #2 no Reino Unido, Canadá, Suíça, Noruega, Nova Zelândia, Finlândia… mas quem precisa contar?).

Como Homme mesmo descreve “a coisa mais importante ao fazer este álbum foi redefinir o nosso som, questionando e respondendo a pergunta ‘como nós queremos soar agora?’ Se você não consegue fazer um ótimo primeiro álbum, você deve parar. Mas se você consegue fazer um ótimo álbum e continua fazendo álbuns sem desenvolver o som, você se torna uma paródia de seu som original”.

Sobre o seu papel em trabalhar em um ecossistema confiante e fechado como o Queens Of The Stone Age, Ronson falou: “Queens é e sempre foi a minha banda de Rock N’ Roll favorita, desde que eu entrei na Tower da Sunset e comprei o Rated R no verão de 2000, então foi surreal entrar nesse clã secreto e pirata – ou a ‘jacuzzi’ como Josh gosta de chamar. Eu também sabia que eu não ia me manter lá simplesmente sendo um fã. Houve momentos durante a gravação do álbum que eu estava ciente de que estava observando meus heróis musicais trabalharem no que seriam os meus momentos favoritos de qualquer álbum do Queens. E fazer parte disso foi como um sonho – um sonho bem pesado, sombrio e maravilhoso”

O co-produtor de longa data Mark Rankin completou: “Após o batismo de fogo que foi o …Like Clockwork, eu estava animado para entrar no estúdio novamente com o desafio de trabalhar com o som do álbum, especialmente com a adição de Ronson na equipe criativa. Nós queríamos evoluir a produção com um processo moderno e ao mesmo tempo continuar totalmente orgânico e tocar ao vivo, como se você levantasse o véu e tudo que você achou que era eletrônico é ao vivo e as coisas não são como você imagina… O que nós fizemos é algo inovador e ao mesmo tempo inconfundivelmente Queens”.

O clipe de “The Way You Used To Do”, o primeiro single do sétimo álbum do Queens Of The Stone Age, Villains, foi realizado no formato de um sonho doentio com a extravagância de um ritual dançante satânico, com a participação do fundador e líder do QOTSA Joshua Homme, mais leve nos pés e mais pesado na alma.

Idealizado por Joshua Homme, dirigido por Jonas Akerlund e produzido pela Serial Pictures, “The Way You Used To Do” conseguiu ser filmado em diferentes sets e com diversos figurinos e coreografias em apenas um dia de gravação em Los Angeles. Considerando as possíveis reações ao vídeo sinistro de “The Way We Used To Do”, Homme diz “é o nosso jeito de prestar tributo ao Cab Calloway e o filme Hellzapoppin’. Eu entendo que talvez seja um pouco mais do que a maioria das pessoas está acostumada e isso é totalmente tranquilo para mim. Aí está a porta. Se você gentilmente aparar as pessoas que tem cabeças mais fechadas, sobra mais espaço na pista de dança para as pessoas que tem cabeça aberta se soltarem. Esse é o espírito do Queens Of The Stone Age e o espaço que nós queremos trabalhar desde o primeiro dia”.

A segunda faixa lançada “The Evil Has Landed” foi elogiada na Rolling Stone como “um rock diabólico novo que se alastra” que traz “Homme cantando em falseto soando doce e sinistro”.

1. Feet Don’t Fail Me
2. The Way You Used To Do
3. Domesticated Animals
4. Fortress
5. Head Like A Haunted House
6. Un-Reborn Again
7. Hideaway
8. The Evil Has Landed
9. Villains Of Circumstance

‘Villains é brilhante. São todas as coisas que fazem o QOTSA uma banda tão arrepiante condensados num energético, compacto disco de rock.’
– Q Magazine **** (quatro estrelas)

‘Material heróico…..Homme já fez mais que qualquer um na sua geração para dar nova vida ao rock. Agora com um aliado improvável ele revive o soul também.’
– MOJO**** (quatro estrelas)

‘Um surpreendente balanço entre Black Sabbath e disco’
– Uncut 8/10

‘Uma reinvenção que dá conta de soar ao mesmo tempo o QOTSA clássico e de vanguarda…Villains está confortavelmente no mesmo nível que o melhor do catálogo do QOTSA’
 Kerrang **** (quatro estrelas)

‘(QOTSA) oferece seu material mais dançante até o momento – e todo o melhor para isso’
–DIY ***** (cinco estrelas)

Villains já está disponível em todas as plataformas digitais:
https://formusic.lnk.to/VM0cRDL

O clipe de “The Way You Used To Do” está disponível exclusivamente no http://smarturl.it/Villains_iTunes

CD disponível para pré-venda no link abaixo:
https://www.livrariacultura.com.br/p/musica/musica/rock/alternativo/villains-46683388

www.qotsa.com






QUEENS OF THE STONE AGE LANÇA VÍDEO DE “THE WAY YOU USED TO DO”

VÍDEO DE “THE WAY YOU USED TO DO”
AS PORTAS DO INFERNO SE ABREM EM PRODUÇÃO SATÂNICA
ESCRITO POR JOSHUA HOMME & DIRIGIDO POR JONAS AKERLUND
DISPONÍVEL EXCLUSIVAMENTE NO http://smarturl.it/Villains_iTunes

“Dançar e headbangear são expressões verdadeiramente individuais de perda de si mesmo e apreciação musical. Quem mais para combinar estas duas coisas em uma visão singular do que a pessoa que dirigiu os vídeos da Madonna e Lady Gaga – e que também faz parte do Bathory?” – Joshua Homme

“The Way You Used To Do”, o recém-lançado primeiro single do sétimo álbum do Queens Of The Stone Age, Villains, foi realizado no formato de um sonho doentio com a extravagância de um ritual dançante satânico, com a participação do fundador e líder do QOTSA Joshua Homme, mais leve nos pés e mais pesado na alma.

Idealizado por Joshua Homme, dirigido por Jonas Akerlund e produzido pela Serial Pictures, “The Way You Used To Do” conseguiu ser filmado em diferentes sets e com diversos figurinos e coreografias em apenas um dia de gravação em Los Angeles. Considerando as possíveis reações ao vídeo sinistro de “The Way We Used To Do”, Homme diz “é o nosso jeito de prestar tributo ao Cab Calloway e o filme Hellzapoppin’. Eu entendo que talvez seja um pouco mais do que a maioria das pessoas está acostumada e isso é totalmente tranquilo para mim. Aí está a porta. Se você gentilmente aparar as pessoas que tem cabeças mais fechadas, sobra mais espaço na pista de dança para as pessoas que tem cabeça aberta se soltarem. Esse é o espírito do Queens Of The Stone Age e o espaço que nós queremos trabalhar desde o primeiro dia”.

A segunda faixa lançada recentemente “The Evil Has Landed” foi elogiada na Rolling Stone como “um rock diabólico novo que se alastra” que traz “Homme cantando em falseto soando doce e sinistro”. Villains foi co-produzido por Mark Ronson e será lançado em 25 de Agosto pela Matador Records. O álbum está disponível em pré-venda em http://smarturl.it/Villains.

A turnê colossal de Villains começa no dia 6 de Setembro com um show já esgotado em Port Chester, NY e verá o Queens tocando logo antes do Foo Fighters e ao lado de Cage The Elephant, The Kills, Liam Gallagher, Japandroids e mais no enorme festival Cal Jam 17 em Outubro na Califórnia. Ingressos para as datas de headliners, com a banda de abertura Royal Blood, estão disponíveis em  http://smarturl.it/QOTSALive.

Queens Of The Stone Age é formado por Joshua Homme, Troy Van Leeuwen, Dean Fertita, Michael Shuman e Jon Theodore.

QUEENS OF THE STONE AGE VILLAINS  TOUR
with Special Guests ROYAL BLOOD (Sept. 6 through Oct. 24 Headline Dates)

9/06/17 – Port Chester, NY – Capitol Theatre  *SOLD OUT
9/07/17 – Philadelphia, PA – Festival Pier
9/09/17 – Toronto, ON – Budweiser Stage
9/10/17 – Grand Rapids, MI – 20 Monroe Live *SOLD OUT
9/12/17 – Columbus, OH – Express Live! Outdoor Pavilion
9/13/17 – Pittsburgh, PA –  Stage AE (Outdoors)
9/15/17 – Cleveland, OH – Agora Theater *SOLD OUT
9/16/17 — Chicago, IL — Riot Fest 2017
10/07/17 – San Bernardino, CA — CAL JAM 17
10/09/17 – Salt Lake City, UT – The Complex *SOLD OUT
10/10/17 –  Morrison, CO – Red Rocks *SOLD OUT
10/12/17 – St. Louis, MO – Peabody *SOLD OUT
10/13/17  – Kansas City, MO – Crossroads KC *SOLD OUT
10/14/17  – Saint Paul, MN – Roy Wilkins Auditorium
10/15/17  – Milwaukee, WI – Eagles Ballroom *SOLD OUT
10/17/17  – Detroit, MI – Fox Theatre
10/18/17  – Indianapolis, IN – Old National Centre *SOLD OUT
10/20/17  – Washington, DC – The Anthem *SOLD OUT
10/21/17  – Boston, MA – Agganis Arena *SOLD OUT
10/22/17 – Portland, ME – State Theatre *SOLD OUT
10/24/17 – New York, NY – Madison Square Garden
11/04/17 – Bologna, Italy – Unipol Arena
11/05/17 – Vienna Austria – Stadthalle
11/06/16 – Zurich, Switzerland – Samsung Hall
11/07/17 –  Paris, France – Accorhotels Arena
11/09/17 – Oberhausen, Germany – Konig-Pilsener Arena
11/10/17 – Munich, Germany – Zenith *SOLD OUT
11/11/17 – Berlin, Germany – Velodrom *SOLD OUT
11/12/16 – Amsterdam, Netherlands – Ziggo Dome *SOLD OUT
11/14/17 – Copenhagen, Denmark – Tap1 *SOLD OUT
11/15/17 – Hamburg, Germany – Sporthalle
11/16/17 – Antwerp, Belgium – Sportspaleis
11/18/17 – London, UK – Wembley Arena
11/19/17 – Manchester, UK – Manchester Arena
11/21/17 – London, UK – The O2 Arena *SOLD OUT
11/23/17 – Edinburgh, UK – Usher Hall *SOLD OUT
11/24/17 – Dublin, Ireland – 3Arena *SOLD OUT

www.qotsa.com

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br






Comunicado oficial: cancelamento do show de NICK MULVEY em São Paulo

O show do cantor e compositor inglês NICK MULVEY, que aconteceria no dia 18 de agosto à meia noite (na virada do dia 18 para 19 de agosto) no Madrugada Cultural Tupi, no Tupi or Not Tupi, em São Paulo, foi cancelado por questões logísticas envolvendo outros compromissos relacionados ao empresariamento do artista em Londres.

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – 
info@formusic.com.br