Tag Archives: Furia Music Press

Shadowside figura em diversas listas de melhores do ano pelo mundo e novo CD entre os 15 mais vendidos do Brasil

“Shades of Humanity”, o mais recente lançamento da banda brasileira Shadowside, que conta com o baixista sueco Magnus Rosén (ex-Hammerfall), tem causado um ótimo impacto nos fãs da banda e na imprensa especializada. Diversos veículos ao redor do mundo, como o lendário Bravewords (Canadá), The Metal Resource (Holanda), XS Rock (Reino Unido), Rock Radio UK (Reino Unido), Sudupe Reviewer (Colômbia), Greek Rebels (Grécia), Female Fronted Rock/Metal Bands, Headbangers Latinoamerica (Colômbia, Argentina e Chile), Consultoria do Rock, HeavynRoll, Metal Samsara entre outros, publicaram suas tradicionais listas de melhores lançamentos do ano, e incluíram o novo CD do grupo entre os melhores álbuns de Rock e Heavy Metal lançados em 2017.

Além disso, o álbum também foi um dos 15 CDs de Metal mais vendidos no Brasil em todo o ano de 2017 ao lado de bandas como Kreator, Deep Purple, Accept, Sepultura e Grave Digger, de acordo com a loja e distribuidora Die Hard Records, mesmo tendo sido lançado no mês de Setembro de 2017.

Veja abaixo alguns comentários da imprensa especializada.

KNAC – 4,5/5
“Há mais no SHADOWSIDE do que apenas ser uma banda de metal com uma vocalista talentosa, cujos assuntos nas letras abordam situações que podemos comparar mais com as de Bono do que de Joey DeMaio. Dani Nolden é claramente uma artista em primeiro lugar… A habilidade dos seus vocais em faixas como “Alive” e “Beast Inside” em especial, destacam sua voz passional, porém poderosamente melódico.”

Metal na Lata – 10/10
“Fica claro que, a cada nova audição este disco veio para marcar época, ou seja, é tudo que um fã queria e quer ouvir. Por ser um disco conceitual lidando com vários problemas humanos, cada faixa acaba ligada a outra, nada ficando menos que ESPETACULAR e SURPREENDENTE.”

Metal Militia – 5/5
“Os vocais de Dani Nolden são de uma versatilidade incrível, alternando estilos e sentimentos, conforme a musica pede. A maioria das músicas possuem duração de 3 minutos a 4 minutos, mas nem por isso deixam de ser grandiosas composições.”

The Metal Gods Meltdown – 9,5/10 
“Este disco é cheio de riffs deliciosos, vocais poderosos e uma insanidade Metal matadora, que te dá um soco na cara desde o início … sinto que o mundo precisa receber este mais recente lançamento de braços abertos pois ele é realmente um monstro.”

Portal do Inferno – 9/10
“O disco, ao mesmo tempo em que mostra uma evolução natural em relação ao seu antecessor, soa como o maior passo da banda no quesito modernidade. De um Power Metal de qualidade, porém não tão inovador, hoje o SHADOWSIDE soa como uma banda de Metal de tradicional com levíssimos toques de Prog, mas que consegue soar atual, moderna, sem cair em armadilhas que as tendências costumam colocar no caminho.”

Calles Rock Corner DK – 5,5/6 
“A Dani está realmente cantando de maneira bela, além disso ela também é bastante bonita. Devo admitir que adoro bandas com vocal feminino. Dependendo do estilo, elas normalmente acrescentam um elemento diferente à música do que um homem faria.”

“Shades of Humanity” foi lançado pelas gravadoras EMP Label Group nos Estados Unidos e Europa (que pertence ao baixista do Megadeth David Ellefson), Spiritual Beast no Japão e Furia Music/Die Hard Records no Brasil. O álbum está disponível em CD e em todas as plataformas digitais como Spotify, iTunes e Deezer. O videoclipe/curta-metragem da faixa “Alive”, filmado nos Estados Unidos e dirigido por Daniel Stilling (diretor de fotografia que trabalhou no filme Perdido em Marte e no seriado Criminal Minds), pode ser assistido em https://www.youtube.com/watch?v=EF9Tv5USAYg

A Shadowside já está com agenda de shows aberta para 2018. Os contatos para shows devem ser feitos através do email contato@furiamusic.com.br.

The Element tem presença confirmada na Namm Show 2018

A banda americana The Element estará na Namm Show 2018, uma das maiores convenções do mundo voltada ao mercado musical.

O The Element promoverá encontros com os fãs e imprensa nos stands de seus patrocinadores EVH Gear, Jackson, SIT Strings, Morley Pedals, e Pearl, em divulgação de sua nova música lançada recentemente “DUSK”, que é o primeiro single do novo álbum “From Sand – Part II”. O álbum tem a produção musical e mixagem de um dos maiores produtores de heavy metal da atualidade, o sueco Jens Bogren que é o responsável por albuns de bandas como Arch Enemy, Symphony X, Angra, Pain of Salvation, Katatonia, Dragonforce, Paradise Lost, James Labrie e Devin Townshend. A masterização é por conta de Tony Lindgren, ambos no Fascination Street Studios.

O novo videoclipe da banda foi produzido pelo conceituado diretor Tommy Merry, especialista em longas metragens de terror e que trouxe ao vídeo uma atmosfera tensa e obscura, que acompanham a batida bombástica e pesada da faixa que tem agradado aos fãs de Prog Metal e bandas como Symphony X, Evergrey e Mastodon, e também os fãs de Megadeth e Metallica.

O videoclip “Dusk” pode ser assistido no link abaixo:
https://www.youtube.com/watch?v=JJH8E6YrKts

Durante a convenção a banda fará lives diretamente em sua página no Facebook, o que proporcionará uma maior interação com os fãs.

A Namm Show 2018 ocorre em Anaheim (California – EUA) de 25 a 28 de janeiro de 2018 no Anaheim Convention Center. Para mais informações acesse o site oficial do evento www.namm.org .

Links relacionados:
www.theelementmusic.com
www.youtube.com/theelementprog
www.facebook.com/TheElementOfficial

MAYA lança video para a faixa “Little Bitch”, polêmico novo single do CD “Egophilia”

O MAYA acaba de lançar um novo videoclipe para a faixa “Little Bitch”, um single que faz parte do terceiro álbum de estúdio do grupo “Egophilia”, que tem a direção musical de Tércio Marques (Fibra Estúdio/RJ) e masterização no Sterling Sound de New York (USA). O novo álbum conceitual do grupo traz canções sobre o tema “ego” e abordam temas da nossa sociedade, política e questionamentos do interior de cada indivíduo ao longo de suas vinte faixas. O vídeo foi produzido pelo diretor Allan Caju, que já vem trabalhando com a banda há alguns anos e já produziu sete videos para o grupo.

O MAYA sempre aborda temas com profundidade e o polêmico video de “Little Bitch” não é diferente. O tema é controverso e atual, e a música fala sobre a relação promíscua do poder, justiça e política. Em um sistema corrupto em que a justiça é cega, ou se “faz de cega”, muitas vezes os protagonistas acabam sendo as tais ‘little bitches’ de alguém para poder obter vantagens.

A mitologia grega está presente no videoclipe na figura da deusa Themis (ser mitológico tida como deusa da justiça) que tem seus olhos manipulados pelos políticos e das moiras (que seriam responsáveis pelo destino das pessoas e dos deuses, bem como pelas suas mortes), que assistem e influenciam os acontecimentos deste cenário caótico, manipulando os personagens com bonecos de voodoo e cortando o fio da vida para decretar a morte deles. Seriam elas as grandes empresas?

Os políticos, em suas mais diversas bancadas tentam manipular o poder ou a justiça com alusões a diversos fatos recentes acontecidos no vergonhoso cenário político brasileiro. Neste jogo de poder, afinal, quem é a ‘Little Bitch’ de quem?

Em ‘Little Bitch’ o MAYA demonstra seu hard rock moderno que traz influências do progressivo, psicodélico setentista e blues, liderada pela potente voz rasgada do cantor Gimmy (guitarra e vocal) e o instrumental pesado de Renan Weignater (baixo), Gabriel Ferraz (Teclados) e Thiago Alves (bateria).

Confira agora o videoclipe de Little Bitch:

Para conhecer mais sobre a banda e ouvir os singles e videoclipes de “Attention Whore”, um criativo vídeo que trata sobre as relações virtuais e busca por atenção nas redes sociais; “Bad Wolf”, um lyric video com estética de filme mudo de horror que faz a releitura do clássico “Chapeuzinho Vermelho” em um cenário Medieval com toques steampunk; “Bring me Down”, uma canção agressiva sobre o quanto o ego alheio afeta o ser humano até o momento em que as pessoas encontram o inimigo nelas mesmas; “Uneasy”, que mostra bem o lado bluesy da banda, basta acessar os canais oficiais abaixo.

https://www.maya.mus.br
https://www.facebook.com/themaya
https://www.youtube.com/mayaexperience

The Element lança videoclipe DUSK e single nas plataformas digitais

A banda americana The Element lançou o videoclipe “Dusk”, música que é o primeiro single de seu novo álbum “From Sand – Part II”. O álbum tem a produção musical e mixagem de um dos maiores produtores de heavy metal da atualidade, o sueco Jens Bogren que é o responsável por albuns de bandas como Arch Enemy, Symphony X, Angra, Pain of Salvation, Katatonia, Dragonforce, Paradise Lost, James Labrie e Devin Townshend. A masterização é por conta de Tony Lindgren, ambos no Fascination Street Studios.

O novo videoclipe da banda foi produzido pelo conceituado diretor Tommy Merry, especialista em longas metragens de terror e que trouxe ao vídeo uma atmosfera tensa e obscura, que acompanham a batida bombástica e pesada da faixa que irá agradar aos fãs de Prog Metal e bandas como Symphony X, Evergrey e Mastodon, e também o lado Thrash de bandas como Megadeth e Metallica.

“Dusk” foi filmado no lendário Soundwave Studios em Oakland (California, EUA) reconhecido por estar aberto desde o início da cena Thrash Metal da Bay Area, onde já passaram importantes nomes da música como The Cure, Metallica, Testament, Forbidden, Primus, Faith No More, Green Day, Machine Head, Exodus, Death Angel, entre outros.

O CD “From Sand – Part II” traz a continuação da trama dos personagens Jared e Anne, em uma obra de ficção onde Jared é um cidadão comum e vive atormentado por um ser místico que não sabe se é real ou apenas imaginário. Em “Dusk”, Jared inicia sua jornada intensa para encontrar Anne e conseguir desvendar os mistérios que rondam sua mente, e durante a faixa entende que ela é real e descobre o motivo de sua busca.

O videoclip “Dusk” pode ser assistido no link abaixo:
https://www.youtube.com/watch?v=JJH8E6YrKts

Junto com o videoclipe o The Element também disponibilizou a música “Dusk” nas melhores plataformas digitais como iTunes, Google Play, Beats, Amazon, CD Baby, Spotify, YouTube Music, Pandora entre outras. A capa do single pode ser conferida abaixo:

Links relacionados:
www.theelementmusic.com
www.youtube.com/theelementprog
www.facebook.com/TheElementOfficial

Douglas Jen: músico responderá dúvidas de guitarra em evento ao vivo e gratuito neste sábado

O guitarrista Douglas Jen tem dedicado o ano de 2015 para a área didática e após a sua tour de clínicas e workshows junto ao ícone mundial, Marty Friedman, durante o mês de março/2015, iniciou uma série de masterclass online e no próximo sábado dia 17/outubro promoverá um evento gratuito “JEN RESPONDE”, onde o músico vai responder perguntas dos estudantes.

O masterclass gratuito será online via software de alto redimento de streaming e será destinado a guitarristas desde o iniciante ao mais avançado, com o músico promovendo um bate-papo sobre vários tópicos como estudo, técnica, teoria, harmonia, equipamento e carreira, onde os estudantes poderão interagir com o músico via chat.

Douglas Jen comentou sobre o evento:

“Na época do Orkut eu pude ajudar muita gente que estava começando e que também não tinha muito acesso a materiais de estudo. Em um tópico chamado ‘JEN RESPONDE’ eu interagia com a galera e este tópico chegou a ter mais de 1200 postagens. Neste sábado vou fazer algo parecido, só que utilizando as tecnologias atuais de streaming de vídeo. Vou atender os estudantes de todos os níveis e falar muito de guitarra e música! Estou bem ansioso pelo evento!”

O guitarrista fará suas sessões, uma delas será aberta ao público e terá início às 16h. Logo após, às 17h, o guitarrista fará uma sessão fechada somente aos usuários cadastrados em seu site, e promoverá um tira dúvidas direcionado aos 12 masterclasses que realizou nestes dois últimos meses.

A inscrição deve ser feita no link abaixo:
www.douglasjen.com/masterclass.html

Nas duas sessões terão sorteios de tickets para assistir os masterclasses já realizados.

Serviço:
Masterclass Online “JEN RESPONDE”
Data: 17/10/2015 (sábado)
Horários: 16h00 (30 min de duração, aberto ao público), 17h00 (1h de duração, fechado aos usuários do site www.douglasjen.com)
Inscrição: gratuita
Link para inscrição: www.douglasjen.com/masterclass.html
Informações: contato@douglasjen.com

RESENHA: SCARS FROM THE LAST FIGHT – SCARS FROM THE LAST FIGHT

Por: Tiago Nascimento

A banda de metal Scars From The Last Fight surgiu sob fortes influencias de Pantera , Black Label Society , Killswitch Engage.

Tendo 2 EPs lançados Screenplay (2011) e EP (2013) a banda que é conhecida nacionalmente devido a interação com publico, por disponibilizar seus sons para download no próprio site. O que rendeu uma ótima oportunidade para a banda que foi participar do programa showlivre em 2013 do renomado Clemente Tadeu Nascimento (Plebe Rude, Inocentes).

Com essa experiência a banda recentemente lançou seu 1° álbum homônimo, porém é notória a diferença do EPs lançados antes.

O que era antes gultural e agressivo, agora se tornou magnetizado e muito mais interessante pois ocorreu uma fusão entre metal, trash e o havy e isso me faz lembrar de Anthrax , Machine Head e For Today.

O novo cd esta preparado para ser um marco na historia da banda, pois soma elementos que são primordiais para aceitação do público, exemplo disso é Spider que é a famosa música “cliclete”. Particularmente eu escutei essa faixa muitas vezes e quando percebi já estava cantando.

Apostando no velho e bom ditado “unidos somos mais fortes” a faixa Gates of Luts conta com a participação da vocalista Nathalia Sato, assim como uma breve participação dela na faixa Sons of Midas.

O ponto alto desse fantástico álbum é a faixa Walking Dead uma homenagem ao seriado conhecido mundialmente, a música chegou aos ouvidos de Norman Reedus, que interpreta Daryl Dixon no seriado elogiou o trabalho, que com a crítica positiva do ator obteve divulgação tanto da faixa quanto da banda.

O cd foi gravado no próprio estúdio da banda e produzido por Emerson Oliveira baixista da banda.

E mesmo com tantas coisas boas acontecendo para os caras, por motivos pessoais o guitarrista Anderson Emídio alegando motivos pessoais resolveu se desligar da banda.

Segue nota oficial:
É com pesar que anunciamos a saída de Anderson Emidio da Scars From the Last Fight por motivos pessoais. Gostaríamos de evidenciar que todos os anos que trabalhamos juntos foram marcantes em nossas vidas. Agradecemos pelos momentos únicos ao seu lado nosso eterno irmão. Desejamos muita felicidade em sua nova jornada“.

No momento a banda esta com suas atividades normalmente divulgando seu álbum e prometendo em breve novidades.

Track List:
1. Relentless Reaper
2. Bolshevik
3. Spider
4. Gates of Lust (feat. Nathália Sato)
5. Moth-Eaten
6. Sinking Alone
7. Trusting in Fate
8. Sons of Midas
9. Walking Dead
10. Wise Man

LINE UP
Diego Camargo (V)
Matheus Lorenzetti (G)
Emerson Oliveira (B/V)
Gabriel Hatoun (D)

Mais informações:
www.scarsfromthelastfight.com
www.facebook.com/slfbrazil
www.furiamusic.com.br/scars.html

SupreMa: “está na hora de voltar, sem medo de mostrar um som moderno que temos preparado!”

Após um tempo afastado da cena, o SupreMa começa a dar mais informações sobre o seu momento atual e sobre o futuro da banda.

O guitarrista Douglas Jen conversou com o portal My Guitar e falou sobre a pequena pausa que a banda teve e também sobre os próximos passos. Outros assuntos também como sua tour com o Marty Friedman, a cena do heavy metal no Brasil e a entrada de Kiko Loureiro no Megadeth estiveram em pauta.

My Guitar: Nos eventos (com Marty Friedman) você comentou que a banda está gravando seu segundo trabalho de estúdio. Como está esse processo e quando está previsto o lançamento?

Douglas Jen: Em 2014 a banda fez uma pausa, além da Copa do Mundo atrapalhar demais a rota de shows, tivemos problemas com a formação, doença e problemas familiares, várias coisas extra-banda que atrapalharam demais o caminhar do SupreMa. Precisamos deste tempo para organizar a casa, mas não ficamos parados, fizemos vários ensaios, apresentei músicas novas à banda e aos novos membros, e demos continuidade à composição do disco. Virando o ano de 2015, veio a tour com o Marty e tivemos que pausar um pouco a composição do disco. A galera também estava na estrada e comprometida com outras coisas, o batera em tour e o vocal ficou algumas semanas na Europa. É difícil conciliar a agenda de todos, mas temos conseguido muito bem, de certa forma. Mesmo com algumas dificuldades, já apresentei 7 músicas, produzimos uma delas e em breve devemos lançar um single. Em paralelo, continuam os trabalhos de composição, nestes próximos meses devemos finalizar 12 ou 13 músicas e escolher 10 para o disco, o som novo está matador, estamos em pleno vapor, está na hora de voltar sem medo de mostrar um som moderno que temos preparado!

My Guitar: Quais os seus projetos futuros? E os projetos futuros da banda?

Douglas Jen: Estou lançando agora uma série de Masterclass Online, o pessoal me pedia muito para voltar a dar aulas e estou tentando beneficiar o maior número de pessoas possíveis, e a melhor forma de fazer isso foi escolhendo um sistema online onde eu possa atender estudantes de todo o Brasil ao mesmo tempo em um sistema de vídeo-conferência.  Utilizo um software de alta performance especializado para este tipo de reunião, e depois os alunos tem acesso ao vídeo para assistir quantas vezes quiser.

O primeiro que farei será no dia 26 de agosto e será gratuito, o tema é “Dominando o braço da guitarra”, quem se interessar em assistir, ainda vai levar o E-Book com os exercícios!

Para se inscrever:

https://join.onstreammedia.com/register/73307889/gnrgzfv

Em paralelo, logo mais devemos lançar o single do SupreMa e também lançarei vídeos de live sessions que filmei recentemente, fiquem ligados www.douglasjen.com e www.supremametal.com.”

Leia a entrevista completa no link abaixo:
http://myguitar.com.br/entrevistas/entrevista-com-douglas-jen-do-suprema/