Tag Archives: Move Concerts

Radiohead é confirmado como atração principal do Soundhearts Festival

Mini Festival acontecerá na Argentina, Brasil, Colômbia e Peru

SOUNDHEARTS Festival é uma viagem sonora para os amantes da música que será realizado pela primeira vez em abril de 2018 na Argentina, Brasil, Colômbia e Peru. Uma viagem mágica que terá o RADIOHEAD tanto como headliner como curador do festival.

No Brasil, o festival acontecerá no Rio de Janeiro, no Parque Olímpico, em 20 de abril de 2018 e em São Paulo, no Allianz Parque, no dia 22 de abril de 2018.

Realizado pela MOVE Concerts, o line up desta edição inclui ainda o músico, cineasta, produtor, DJ e rapper norte-americano Flying Lotus, o Junun,  grupo formado pelo guitarrista Jonny Greenwood com o israelense radicado na Índia Shye Ben-Tzur e os brasileiros do Aldo the Band.

Confira mais informações em soundheartsfestival.com.br/

Aguardem para maiores detalhes que serão divulgados nas próximas semanas.

DATAS DO SOUNDHEARTS FESTIVAL

14.04.18 – BUENOS AIRES, ARGENTINA
17.04.18 – LIMA, PERU
20.04.18 – RIO DE JANEIRO, BRASIL
22.04.18 – SÃO PAULO, BRASIL
25.04.18 – BOGOTÁ, COLÔMBIA

Sobre o RADIOHEAD

Radiohead é um dos grupos musicais mais populares e celebrados das duas últimas décadas, tanto pelos críticos musicais como por sua sempre crescente e fiel base de fãs.  Os cinco integrantes de Oxfordshire veem constantemente superando seus próprios limites a cada novo trabalho, tendo iniciado com uma roupagem de rock, no início dos anos 90, e lentamente avançando para explorar estruturas e tons mais novos e desafiadores.

Sua história como banda remonta a meados dos anos 80, quando ainda frequentavam a mesma escola em Abingdon, na Inglaterra, sob o nome On A Friday. Durante seus anos universitários, eles permaneceram em contato até que se reencontrarem no início dos anos 90 para se concentrar em levar o projeto mais a sério. A banda encontrou gerenciamento e assinou com a EMI Records em 1991, mudando seu nome para Radiohead.

O primeiro álbum do grupo, Pablo Honey (1993) apresentou uma nova banda com uma pegada mais suave, com influências como Pixies e Sonic Youth, coroado pelo famoso single “Creep”.

Com The Bends (1995), eles apresentaram um som mais ambicioso e complexo em músicas como “Just” e “My Iron Lung”, mas também mostraram singles mais tradicionais, como “Fake Plastic Trees” e “High & Dry “. Embora originalmente não tenho sido abraçados pelas então rádios de rock moderno, isso já significava apenas que a banda estava em um caminho próprio, livre de conceitualizações.

Finalmente, com o OK Computer (1997), o Radiohead atingiu o status de “legenda do rock” ao entregar um álbum que lidava com tópicos como alienação e perda de humanidade na era da tecnologia da informação. O trabalho ainda é considerado um dos álbuns essenciais dos anos 90, e seus temas parecem ainda mais relevantes – talvez até premonitórios – nesta época do mundo.

Após o enorme sucesso do OK Computer, o Radiohead voltou com o lançamento de  Kid A (2000), um disco eclético, sintetizado e quase sem guitarras, que conquistou os primeiros lugares dos dois lados do Atlântico e é considerado um dos melhores álbuns da década de 2000.

As sessões Kid A foram tão produtivas que havia material suficiente para lançar dois álbuns. O “irmão” de Kid A é Amnesiac (2001), mostrando uma coleção de música eletrônica e jazz, incluindo seu primeiro single “Pyramid Song”.

Hail to the Thief (2003) misturou o som de tudo o que Radiohead tinha feito em uma coleção de músicas com um tom de protesto e uma estrutura de rock mais tradicional.

Em 2007, o Radiohead, já fora do contrato com a EMI, decidiu lançar seu próximo álbum de maneira independente. E Rainbows (2007) não foi apenas o depoimento de uma banda trabalhando livremente com um retorno a singles mais íntimos como “All I Need”, “House of Cards” e “Nude”, mas também um trabalho que ofereceu aos fãs a possibilidade para escolher o quanto eles queriam pagar pelo downloaddigital (incluindo zero, se assim o desejassem) provocando uma controvérsia em toda a indústria em torno do valor da música gravada.

Seu oitavo álbum, The King Of Limbs (2011), trouxe o Radiohead de volta ao território experimental, liderado pelo single “Lotus Flower”. Desta vez, a banda usou fragmentos pré-gravados mixados junto com as gravações, além de lançar vários singles independentes e um álbum remix. Isso foi mais um novo desafio para a performance da banda ao vivo, já que tiveram que reaprender a tocar essas músicas (acompanhados pelo membro da turnê Clive Deamer na bateria).

Depois de um breve hiato onde a banda se concentrou principalmente em seus próprios projetos paralelos, o Radiohead lançou A Moon Shaped Pool (2016), extremamente bem recebido pelos fãs e críticos, graças aos singles “Burn The Witch” e “Daydreaming”, com um lindo video musical dirigido por Paul Thomas Anderson.

Em 2017, o Radiohead anunciou uma edição especial de 20º aniversário do OK ComputerOKNOTOK não foi somente uma remasterização das fitas analógicas originais, mas também foi a primeira vez que a banda abriu seus cofres para os fãs, lançando “I Promise”, “Man of War” e “Lift”, bem como material gravado durante as sessões de OK Computer nunca antes ouvido. O lançamento foi celebrado com uma apresentação como headliners no palco Pyramid do Glastonbury Festival, marcando com esta performance lendária um novo destaque na carreira da banda.

No topo de sua carreira, tanto ao vivo quanto no estúdio, o Radiohead está pronto para embarcar na etapa final de sua turnê mundial A Moon Shaped Pool para a América do Sul em 2018, quando visitará o Chile, Argentina, Peru, Brasil e Colômbia.

Radiohead é formado por Colin Greenwood – baixo; Jonny Greenwood – guitarra, synth, misc; Ed O’Brien – guitarra; Phillip Selway – bateria e Thom Yorke – vocais, guitarra, piano.

Sobre a MOVE Concerts

Move Concerts é o maior promotor de concertos independente da América Latina. Com escritórios na Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, Peru e Porto Rico, além de nossa sede regional em Miami, Move Concerts construiu a rede mais extensa da América Latina – excluindo o México – com um único objetivo: fornecer o melhor experiência de concerto para fãs, artistas e nossos clientes corporativos.

William Crunfli é um dos maiores nomes do show business nacional, tendo sido responsável pela realização de eventos como John Mayer, Iron Maiden, Shakira, Bob Dylan, Coldplay, Black Eyed Peas, entre muitos outros. Phil Rodriguez é considerado um dos quatro nomes mais importantes do entretenimento mundial, uma lenda viva do mundo do showbusiness. Juntos, eles realizaram uma série de grandes shows e turnês internacionais como as de Iron Maiden, Ed Sheeran, Katy Perry, Red Hot Chilli Peppers, Eric Clapton, Beyoncé, Bon Jovi e Bruce Springsteen, entre muitos outros.

DATA: 20 de abril

LOCAL:
Parque Olímpico da Barra (Av. Embaixador Abelardo Bueno, 3401 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ)

HORÁRIO:
A confirmar

MAIS INFORMAÇÕES:
Aguardem para maiores detalhes que serão divulgados nas próximas semanas!

DATA: 22 de abril

LOCAL:
Allianz Parque (Av. Francisco Matarazzo, 1705 – Água Branca, São Paulo – SP)

HORÁRIO:
A confirmar

MAIS INFORMAÇÕES:
Aguardem para maiores detalhes que serão divulgados nas próximas semanas!

GREEN DAY INCLUI DATAS NA AMÉRICA LATINA PARA A TURNÊ “REVOLUTION RADIO TOUR”

No Brasil, os shows ocorrem em novembro no Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre

Integrantes do Rock and Roll Hall of Fame e vencedores de cinco Grammy Awards, a banda de rock Green Day anunciou que a turnê Revolution Radio Tour virá à América Latina com shows no Brasil, na Argentina, no Chile, no Peru, na Colômbia e no México. Visite www.greenday.com para informações de venda para cada data. A banda The Interrupters, de Los Angeles, é a convidada especial para abrir os shows na América do Sul.

No Brasil, os shows confirmados são: Rio de Janeiro, na Jeunesse Arena, em 01 de novembroSão Paulo, na Arena Anhembi, em 3 de NovembroCuritiba, na Pedreira Paulo Leminski, em 5 de novembro; e em Porto Alegre, no Anfiteatro do Beira-Rio, em 7 de Novembro.

Os shows no Brasil fazem parte da plataforma de shows Live Music Rocks, promovido pela MOVE Concerts. A turnê Brasileira é patrocinada pelo Banco do Brasil e BudweiserHospital Sancta Maggiore é o fornecedor oficial de serviços médicos.

A pré-venda de ingressos, exclusiva para clientes Banco do Brasil com cartão Ourocard, abre no dia 27 de junho para o Rio de Janeiro, 23 de Junho para São Paulo, e 4 de Julho para Curitiba e Porto Alegre. A venda geral começa no dia 30 de junho para o Rio de Janeiro, 26 de Junho para São Paulo e 7 de Julho para Curitiba e Porto Alegre, em www.livepass.com.br. Para mais informações, veja SERVIÇO abaixo.

Até meados de 2018, toda a plataforma Live Music Rocks levará a assinatura do Banco do Brasil, que oferecerá benefícios exclusivos para os clientes Ourocard. Entre os benefícios estão a pré-venda exclusive, 50% de desconto na compra de ingressos via cartão de credito, condições de parcelamento e a possibilidade de troca de pontos Livelo por ingressos com valores reduzidos, sujeito a disponibilidade. Ourocard é o cartão oficial da plataforma e a Cielo é o meio de adquirência oficial da plataforma.

Atualmente, a banda está em turnê de divulgação de seu álbum mais recente, Revolution Radio, lançado em 7 de outubro de 2016 pela Reprise Records e que estreou no 1º lugar da Billboard 200. O álbum conta com os hits “Bang Bang”, 10ª música da banda a alcançar o topo das paradas, e “Still Breathing”, que também alcançou o Top 10. A Revolution Radio Tour iniciou em 1º de março de 2017 em Phoenix, Arizona, e vem rodando o mundo desde então.

O álbum Revolution Radio foi elogiado pela Alternative Press: “o álbum mais crítico e intenso do Green Day em anos”, pela Entertainment Weekly: “O álbum mais direcionado da banda em anos”, pelo LA Times: “um belo de um novo disco de punk”, pelo Nylon: “o disco entrega, em termos de música e letras, uma energia incontrolável com a quintessência do Green Day”, pelo Q: “Revolution Radio é o Green Day de volta ao seu melhor”, pela Rolling Stone: “o álbum reflete décadas de sabedoria musical e emocional acumulada” e pelo USA Today: “um revigorante retorno ao auge”.

Para comprar o Revolution Radio, clique AQUI.

Revolution Radio – Latin America Dates

11/1 – Jeunesse Arena – Rio de Janeiro, Brasil
11/3 – Anhembi Arena – São Paulo, Brasil
11/5 – Pedreira Paulo Leminski – Curitiba, Brasil
11/7 – Beira Rio – Porto Alegre, Brasil
11/10 – Estadio José Amalfitani – Buenos Aires, Argentina
11/12 – Estadio Bicentenario de la Florida – Santiago, Chile
11/15 – Estadio Nacional – Lima, Peru
11/17 – Parque Simon Bolívar – Bogotá, Colômbia
11/19 – Autodromo Hermanos Rodriguez – Cidade do México, México

Sobre o Green Day

 Green Day é uma banda americana de punk rock composta pelo vocalista e guitarrista Billie Joe Armstrong, o baixista Mike Dirnt e o baterista Tré Cool. Formada em 1986, o Green Day era, originalmente, parte integrante da cena punk no 924 Gilman Street em Berkeley, Califórnia. Os primeiros lançamentos da banda foram feitos através da gravadora independente Lookout! Records. Em 1994, o álbum Dookie, primeiro com uma grande gravadora (Reprise Records) se tornou um grande sucesso e vendeu mais de 10 milhões de cópias nos EUA.

O Green Day sempre foi colocado como responsável por popularizar e reviver o interesse do público convencional americano pelo punk rock. O Green Day lançou na sequência os álbuns Insomniac  (1995) e Nimrod (1997), cada um com mais de 2 milhões de cópias vendidas e certificação de platina-dupla, e Warning(2000), que alcançou a certificação de platina. 2004 trouxe a ópera rock da banda, American Idiot, que reacendeu a popularidade da banda com uma geração mais jovem e vendeu mais de 6 milhões de cópias nos EUA.

O Green Day é uma das bandas mais bem-sucedidas de todos os tempos, com mais de 75 milhões de CDs vendidos ao redor do mundo. O grupo conquistou ainda cinco Grammy Awards: Melhor Álbum Alternativo com Dookie, Melhor Álbum de Rock com American Idiot e com 21st Century Breakdown, Gravação do Ano com Boulevard of Broken Dreams e Melhor Álbum de Teatro Musical com American Idiot: The Original Broadway Cast Recording.

Em 2010, uma adaptação de American Idiot estreou nos palcos da Broadway. Em 8 de abril de 2015, a banda foi nomeada para o Rock and Roll Hall of Fame em seu primeiro ano com elegibilidade. Em 16 de outubro de 2015, o Green Day lançou o documentário Heart Like A Hand Grenade, contando os bastidores do processo de criação e gravação do lendário álbum American Idiot. O 12º álbum de estúdio do Green Day, Revolution Radio, foi lançado em 7 de outubro de 2016 e estreou no topo da Billboard Top 200 Chart. Atualmente, a banda está na estrada com a Revolution Radio World Tour.

SERVIÇO:

Rio de Janeiro, Jeneusse Arena
1 de Novembro de 2017
Pré-venda Banco do Brasil com Ourocard começa: Terça-feira, 27 de junho, 10:00hrs
Pré-venda Banco do Brasil com Ourocard termina: Sexta-feira, 30 de junho, 09:59hrs
Venda público geral: Sexta-feira, 30 de junho, 10:00hrs
www.livepass.com.br
Troca de pontos em www.livelo.com.br

São Paulo, Arena Anhembi
3 de Novembro de 2017
Pré-venda Banco do Brasil com Ourocard começa: Sexta-feira, 23 de junho, 00:01hrs (de quinta-feira para sexta-feira)
Pré-venda Banco do Brasil com Ourocard termina: Domingo, 25 de junho, 23:59hrs
Venda público geral: Segunda-feira, 26 de junho, 00:01hrs (de domingo para segunda-feira)
www.livepass.com.br
Troca de pontos em www.livelo.com.br

Curitiba, Pedreira
5 de Novembro de 2017
Pré-venda Banco do Brasil com Ourocard começa: Terça-feira, 4 de julho, 10:00hrs
Pré-venda Banco do Brasil com Ourocard termina: Sexta-feira, 7 de julho, 09:59hrs
www.livepass.com.br
Venda público geral: Sexta-feira, 7 de julho, 10:00hrs
www.livepass.com.br
Troca de pontos em www.livelo.com.br

Porto Alegre, Anfiteatro Beira-Rio
7 de Novembro de 2017
Pré-venda Banco do Brasil com Ourocard começa: Terça-feira, 4 de julho, 10:00hrs
Pré-venda Banco do Brasil com Ourocard termina: Sexta-feira, 7 de julho, 09:59hrs
Venda público geral: Sexta-feira, 7 de julho, 10:00hrs
www.livepass.com.br
Troca de pontos em www.livelo.com.br

U2: “The Joshua Tree Tour 2017” chega ao Brasil em outubro

A Live Nation confirmou hoje que, devido a inúmeros pedidos, novos shows em estádios foram adicionados à The Joshua Tree Tour 2017, do U2. As novas datas anunciadas incluem um rápido retorno à América do Norte, com shows anunciados em Detroit, Buffalo, Minneapolis, Indianapolis, Kansas City, St. Louis e San Diego. A turnê então seguirá para a Cidade do México e depois para shows em Bogotá, Buenos Aires, Santiago e São Paulo, onde o show acontece no Estádio do Morumbi, em 19 de outubro.

Os ingressos para o show de São Paulo começam a ser vendidos na sexta-feira, dia 16 de junho, a partir de 0h01 no site da Tickets For Fun. Aqueles inscritos no site U2.com têm acesso à pré-venda, das 10h do dia 8 de junho às 17h do dia 10 de junho. Haverá também uma pré-venda para clientes Banco do Brasil com cartão Ourocard de segunda-feira, 12 de junho (00:01) à quarta-feira, dia 14 de junho, às 20h.

A edição de aniversário do álbum The Joshua Tree foi recém-lançada pela Interscope Records, em 2 de junho. Junto com as onze faixas do disco, a edição de colecionador inclui uma gravação ao vivo da The Joshua Tree Tour 1987 no Madison Square Garden; raridades do lado B das gravações do álbum original; remixes de 2017 feitos por Daniel Lanois, St Francis Hotel, Jacknife Lee, Steve Lillywhite e Flood; um álbum de 84 páginas com fotografias inéditas dos bastidores tiradas por The Edge durante a sessão de fotos no Deserto de Mojave. The Joshua Tree foi produzido por Brian Eno e Daniel Lanois. Mais detalhes em: http://www.u2.com/news/title/the-joshua-tree-at-30.

Empolgando fãs e críticos ao redor da América do Norte, a The Joshua Tree Tour 2017 se despede do continente em 1º de julho e segue para Europa, onde estreia com dois shows em Londres, em 8 e 9 de julho, ambos com ingressos esgotados. Na sequência, a turnê segue para shows em Berlim, Roma, Barcelona, Dublin, Paris, Amsterdã e Bruxelas. A The Joshua Tree Tour 2017 então retorna à América do Norte em 3 de setembro para Detroit – cidade do primeiro show em estádio da banda, na turnê original do álbum, em 30 de abril de 1987, no Silverdome.

“Eles têm um ‘ao vivo’ sem igual… De fato, parece que eles estão retomando o posto de melhor banda do mundo, fazendo o mesmo que fizeram para ganhar o título da primeira vez” – Rolling Stone

“Para as apresentações do The Joshua Tree, os membros da banda tomaram seus lugares no palco em meio a um estádio lotado. Eles estavam em ascensão na carreira… a banda era reduzida, mas não a sua música. Larry Mullen Jr. na bateria, Adam Clayton no baixo e The Edge na guitarra detonaram o fluxo rítmico urgente de ‘Where the Streets Have No Name’. Contra o espinhoso ritmo postpunk de ‘Bullet the Blue Sky’, o falsete de Bono e os acordes da guitarra de The Edge funcionaram como fortes sirenes.” – The New York Times

“Trinta anos não são capazes de tirar o brilho de músicas intensas, de letras esperançosas ou da cativante banda irlandesa por trás delas” – USA Today

“Os icônicos roqueiros não só desenterram uma obra-prima como promovem momentos que durarão para sempre” –Consequence Of Sound

No México e na América do Sul, a banda Noel Gallagher’s High Flying Birds está confirmada como convidada especial em todas as datas.A The Joshua Tree Tour 2017, do U2, é produzida pela Live Nation Global Touring com a DC SET e a MOVE Concerts como co-produtoras no Brasil. A UPS é a provedora de logística oficial da turnê.

U2 THE JOSHUA TREE TOUR 2017

NOVAS DATAS CONFIRMADAS

3-setembro                   Detroit, MI                             Ford Field
5-setembro                   Buffalo, NY                             New Era Field
8-setembro                   Minneapolis, MN                  US Bank Stadium
10-setembro                 Indianapolis, IN                    Lucas Oil Stadium
12-setembro                 Kansas City, MO                    Arrowhead Stadium
16-setembro                 St. Louis, MO                         The Dome At America’s Center
22-September               San Diego, CA                       Qualcomm Stadium

3-outubro                     Mexico City, Mexico              Foro Sol
7-outubro                     Bogota, Columbia,                 Estadio El Campin
10-outubro                   Buenos Aires, Argentina      La Plata
14-outubro                   Santiago, Chile                      Estadio Nacional
19-outubro                   Sao Paulo, Brasil                    Estádio do Morumbi

Para informações completas sobre a turnê, acesse: www.u2.com & www.livenation.com

Sobre Live Nation Entertainment

Live Nation Entertainment (NYSE: LYV) é a empresa líder mundial do entretenimento ao vivo, compreendendo a Ticketmaster, Live Nation Concerts, Live Nation Advertising & Sponsorship e Artist Nation Management. Para informações adicionais, acesse www.livenationentertainment.com.

Serviço

DATA:
19 de outubro

LOCAL:
Estádio do Morumbi ( Praça Roberto Gomes Pedrosa, 1 – Morumbi, São Paulo)

HORÁRIO:
A confirmar

MAIS INFORMAÇÕES:

VENDA PÚBLICO GERAL: sexta-feira, dia 16 de junho, a partir de 0h01

PRÉ VENDA PARA OS INSCRITOS NO SITE DO U2: quinta-feira, dia 8 de junho (10h00), à sábado, dia 10 de junho (17h00)

PRÉ-VENDA DO BANCO DO BRASIL COM OUROCARD: segunda-feira, 12 de junho (00h01), à quarta-feira, dia 14 de junho (20h00)

Fonte: Midiorama.com

MAXIMUS FESTIVAL: confira data de venda e valores dos ingressos

No dia 07 de setembro, São Paulo irá sediar a primeira edição do Maximus Festivalque, concentrado em um dia de muita música, vem com a ideia de mostrar o mais novo cenário do rock mundial com 3 palcos em Interlagos, onde os fãs terão a experiência de estar em um festival de padrão internacional. Serão mais 12 horas, com 11 bandas internacionais e 5 nacionais se revezando nos três palcos montados para o Festival, além de incríveis opções de entretenimento, gastronomia e diversão.

Os ingressos começam a ser vendidos no dia 23 de junho, quinta-feira, no site da Livepass. Serão duas categorias: Pista e Maximus Lounge, que terá open bar de cerveja, água, refrigerante, finger food e estacionamento incluídos no valor do ingresso. Os portões serão abertos às 11h e os shows acontecem entre 12h30 e 23h, para facilitar o acesso ao transporte público. Confira valores e mais informações em “serviço” abaixo.

No palco Maximus, se apresentarão o headliner Rammstein, o Disturbed, que volta ao Brasil no seu auge, e mais três bandas norte-americanas, todas expoentes contemporâneos do gênero: Hellyeah, Halestorm e Hollywood Undead.

No palco Rockatansky, o público irá conferir a performance de um dos maiores ícones do hard rock, o norte-americano Marilyn Manson e os galeses do Bullet for My Valentine. Completam o line up os norte-americanos Black Stone CherryShinedown, a banda finlandesa Steve ‘n’ Seagulls, além da brasileira Doctor Pheabes. Os dois palcos terão shows intercalados, para que o público não perca nenhuma das atrações.

O terceiro palco, o Thunder Dome, receberá os ingleses do RavenEye, além de quatro bandas brasileiras: Project 46, Farfrom Alaska, Woslom e Ego Kill Talent.

Além dos três palcos, Interlagos receberá toda uma estrutura jamais vista de praça de alimentação, serviços e produtos de merchandising. O festival adotará ainda o sistema Cashless, que integra o consumo de bebidas, alimentos e outros itens adquiridos na área do festival à pulseira de acesso, dispensando assim o uso de dinheiro e diminuindo o tempo do público em filas dentro do evento. O público deverá fazer uma recarga em sua pulseira antes do dia do festival (cargas poderão ser feitas ainda durante o evento, de forma online ou em caixas localizadas no local). Em breve serão divulgadas datas, valores e meios para cargas e recargas, bem como todas as informações relativas ao funcionamento do sistema, pré, pós e durante o festival.

O festival conta com o patrocínio da SKY e Budweiser e tem como fornecedor oficial o Hospital Sancta Maggiore. Realizado pela Move Concerts, o Maximus Festival também acontecerá no dia 10 de setembro, na capital da Argentina, Buenos Aires.

As Atrações

Rammstein

O Rammstein foi formado em Berlim, Alemanha, em janeiro de 1994. Suas músicas são, em sua maioria, cantadas em alemão, mas há outras em inglês, espanhol, francês e russo, que podem ser classificadas sob os estilos rock, industrial metal, NDH e heavy metal. O grupo é formado por Till Lindemann (vocal), Richard Z. Kruspe (guitarra e backing vocals), Paul H. Landers (guitarra e backing vocals), Oliver “Ollie” Riedel (baixo), Christoph “Doom” Schneider (bateria e percussão eletrônica) e Christian “Flake” Lorenz (teclados). Suas performances ao vivo são conhecidas por serem teatrais e pirotécnicas. O mais recente de seus álbuns de estúdio, Made In Germany, foi lançado em 2011, tendo chegado às lojas depois disso dois DVDs –Videos 1995-2012, em 2012, e In Amerika, em 2015. Em sua carreira, já venderam mais de 20 milhões de cópias.

Marilyn Manson

Marilyn Manson é o nome artístico de Brian Warner, formado a partir dos nomes da atriz Marilyn Monroe e de Charles Manson, assassino da atriz Sharon Tate. Músico, vocalista e líder da banda que leva seu nome, Manson é também pintor e já fez diversas pontas como ator, além de dirigir curta-metragens. Graduou-se em jornalismo e formou sua banda no início dos anos 90, chamando a atenção de Trent Reznor, dono e produtor da Nothing Records – e vocalista do Nine InchNails – com quem lançou o album Portrait Of An American Family (1994). Sua consagração veio com o álbum Antichrist Superstar, de 1996. Desde sua estreia, a banda lançou 13 álbuns de estúdio – o mais recente é The Pale Emperor, de 2015, tendo vendido em todo o mundo mais de 50 milhões de cópias. Ganhou o MTV Vídeo Music Awards e cinco vezes o prêmio Kerrang!. Embora nunca tenha sido premiado, foi quatro vezes indicado ao Grammy. Seus shows, intensamente performáticos, geraram nos últimos anos uma série de lendas e boatos sobre o cantor, a maior parte delas nunca confirmada.

RavenEye

O RavenEye foi formado em 2014, na Inglaterra, pelo guitarrista de blues Oli Brown, também vocalista do grupo, o baixista Aaron Spiers e o baterista Kev Hickman. Seu som é uma mistura de garage rock e blues rock. Logo após a formação, a banda excursionou pela Europa acompanhando o guitarrista Joe Satriani, durante o verão de 2014. O primeiro single e o primeiro EP da banda, intitulados Breaking Out, foram lançados em janeiro de 2015. Depois de acompanharem o Deep Purple em duas datas na França, juntaram-se a Slash, em novembro de 2015, para uma turnê pela Europa Oriental. Em janeiro e fevereiro deste ano, excursionaram pelo Reino Unido.

Disturbed

O Disturbed é uma banda norte-americana de nu metal formada em 1996. Amigos de longa data, Dan Donegan, Mike Wengren e Fuzz tocavam juntos em Chicago e, algum tempo depois, entrou na banda David Draiman, por volta de 1997, estando formado assim o Disturbed. Eles conquistaram seguidores depois de apresentar uma fita-demo para a Giant Records, que liberou o primeiro álbum, The Sickness, em março de 2000, e atraíram a atenção geral da mídia ao tocar no palco principal do Ozzfest, em 2001. A banda lançou seis álbuns de estúdio, cinco dos quais estrearamna primeira posição da Billboard 200. No ano de 2010, além do lançamento de Asylum, a banda resolveu lançar uma reedição de The Sickness, com nova arte de capa, remasterização, remixagem das músicas e um B-Side com três faixas. O álbum mais recente, Immortalized, foi lançado em 2015, chegando ainda ao topo das paradas de países como a Austrália e Canadá, entre outros.

Bullet for My Valentine

A banda de metalcore galesa tem conquistado seu lugar no panteão do metal moderno fazendo um som sem concessões. Um fenômeno internacional, suas vendas em todo o mundo ultrapassam os cinco milhões de unidades e seus vídeos no YouTube já chegaram aos 220 milhões de acessos. Capa das principais revistas do gênero (Metal Hammer, Kerrang!, Total Guitar), eles receberam o Golden Gold da Metal Hammer para Melhor Banda Britânica, em 2006 e 2010, e de nada menos que sete prêmios Kerrang!, além de terem se apresentado nos principais palcos e festivais do mundo. Agora, acompanhados de Jamie Matthias no baixo e backing vocals, a banda formada por Matt Tuck (vocal e guitarra), Michael Paget (guitarra e vocal de apoio) e Michael Thomas (bateria), lançou seu mais recente álbum,Venom, no ano passado e já está na estrada em sua nova turnê.

Halestorm

O Halestorm foi formado em 1997, na cidade de York, na Pensilvânia, pelos irmãos Lzzy Hale e Arejay Hale (na época com 13 e 10 anos, respectivamente). Imediatamente após a formação da banda, os irmãos começaram a compor músicas, trabalhar em demos e fazer shows locais, sendo extremamente bem sucedidos. Depois de muitas mudanças de guitarristas e baixistas, em 2004, a última formação estava feita – Lzzy Hale como vocalista e guitarra-base, Joe Hottinger na guitarra solo, Josh Smith no baixo e Arejay Hale na bateria. Em 2005, assinaram um contrato com a Atlantic Records, lançando seu primeiro EP, denominado One And Done. Em abril de 2009, seu CD Halestorm foi lançado, obtendo grande sucesso e levando a banda a participações em turnês de outras bandas. Ganharam o Grammy em 2013, na categoria de Melhor Performance de Hard Rock/Metal, com a música “Love Bites (So Do I)”, tendo sido indicados no mesmo ano no Revolver Golden Gods Awards aos prêmios de Melhor Baterista, Melhor Vocalista, Música do Ano – “Love Bites (So Do I)” e Álbum do Ano. Lançaram oito EPs, três álbuns de estúdio e um ao vivo.

Black Stone Cherry

O Black Stone Cherry, ou BSC, é uma banda de southern/hard rock criada em Edmonton, Kentucky, quando seus membros ainda estavam no colegial, em junho de 2001. Eles assinaram com a Roadrunner Records e lançaram seu álbum de estréia em 18 de julho de 2006. Em julho de 2007, lançaram o EP Rain Wizard e, em 31 de outubro do mesmo ano, fizeram um show no Astoria, em Londres, para logo depois lançarem o Black Stone Cherry: Live Astoria. Em 2008, a banda saiu em turnê pela Europa com as bandas Def Leppard e Whitesnake e tocou nos principais festivais da Europa como, por exemplo, no Rock AmRing, Graspop, Download Festival, entre outros. Em 2008, lançaram um novo album, chamado Folklore And Superstition, que chegou ao primeiro lugar na parada rock inglesa. Lançaram ainda Between The Deviland The Deep Blue Sea, em 2011, e o mais recente, Magic Mountain, de 2014.

Hellyeah

O Hellyeah é um supergrupo americano de groove metal, criado pelo vocalista Chad Gray e pelo guitarrista Greg Tribbett do Mudvayne, pelo guitarrista Tom Maxwell do Nothingface, o baixista Bob Zilla do Damageplan e o baterista ex-Pantera e Damageplan Vinnie Paul. A ideia de formar um supergrupo surgiu em 2001, embora os planos tenham sido constantemente colocados em espera devido a conflitos de agenda. O verão de 2006 permitiu à banda levar o projeto a sério e registrar seu primeiro álbum. Gravado no estúdio Chasin’ Jason, o álbum foi concluído em aproximadamente um mês e entrou nas paradas da Billboard 200, na nona posição. Depois do álbum de estreia, lançaram outros três discos de estúdio – Stampede, em 2010, Band of Brothers, em 2012, e Bloof for Blood, em 2014. A banda viria ao Brasil em 2013, para participar de um festival, mas cancelou sua participação de última hora.

Shinedown

O Shinedown é uma banda de Jacksonville, Flórida, com Brent Smith (vocais), Zach Myers (guitarra), Eric Bass (baixo e piano) e Barry Kerch (bateria). O grupo lançou o seu álbum de estreia, Leave a Whisper, em 2003. Em 2005, a banda entrou novamente em estúdio, dessa vez para gravar o segundo álbum da carreira, chamado Us and Them. O terceiro só veio depois de mais três anos (em 2008), intitulado The Sound of Madness. No ano de 2010, participou da trilha sonora do filme “Alice no País das Maravilhas”, com o single “Her Name is Alice”. No mesmo ano, a banda lançou o single “Diamond Eyes (Boom-Lay Boom-Lay Boom)” para a trilha sonora do filme “Os Mercenários”, a pedido de Sylvester Stallone, sendo também tema do WWE Main Event, em 2013. Em 2011, gravou seu segundo DVD ao vivo, Somewhere in the Stratosphere. Até então, a banda já vendeu cerca de seis milhões de álbuns em todo o mundo. Em 2015, foi lançado seu mais recente trabalho, Threatto Survival.

Hollywood Undead

O Hollywood Undead é uma banda criada em Los Angeles, na Califórnia. Já vendeu mais de dois milhões de discos, só nos Estados Unidos, e cerca de outros três milhões de discos em todo o mundo. Lançaram seu álbum de estreia, Swan Songs, e seu CD/DVD ao vivo, Desperate Measures, em novembro de 2009. O segundo álbum de estúdio, American Tragedy, foi lançado em abril de 2011. O terceiro, Notes From The Underground, chegou ao público em janeiro de 2013. O quarto e mais recente álbum de estúdio, Day Of The Dead, foi lançado em março de 2015. Todos os membros da banda usam pseudônimos e cada um deles tem uma máscara original, a maioria delas baseadas no design de máscaras de goleiros de hóquei. Formada por Charlie Scene, Da Kurlzz, Danny, Funny Man, J-Dog, e Johnny 3 Tears, as músicas apresentam uma grande variedade de estilos musicais, geralmente misturando hip-hop com rock alternativo. Muitos identificam seu estilo como rap rock.

Steve ‘n’ Seagulls

Steve ‘n’ Seagulls é uma banda finlandesa, que toca versões country de conhecidas e famosas canções de rock e heavy metal. A banda tornou-se conhecida no verão de 2014, com a publicação de vídeos no YouTube. Bastante popular foi a versão da banda para “Thunderstruck”, do AC / DC, que recebeu mais de 20 milhões de visualizações no YouTube. O álbum de estreia do grupo, Farm Machine, foi lançado por meio do selo Spinefarm Records, em maio de 2015. Em novembro do mesmo ano, ganharam destaque com uma versão de “Sabotage”, dos Beastie Boys. O nome da banda é um trocadilho com o nome do ator norte-americano Steven Seagal.

Doctor Pheabes

O Doctor Pheabes é uma banda criada a partir de projetos musicais iniciados em 1986 por quatro amigos de infância. A formação nunca sofreu alteração, apenas o nome foi modificado: o atual surgiu há poucos anos, a partir da paixão de todos os membros pelos clássicos filmes estrelados por Vincent Price no início da década de 70. Em tempo, no filme, Price chamava-se Doctor Phibes, enquanto a banda preferiu modificar levemente acrescendo o “ea” no lugar do “I” original. O quarteto é formado por Fernando “Magrão” Parrillo, Eduardo “Dr. Pheabes” Fagundes, Paulo “Paul” Ressio e Fábio “Cuca” Ressio. Seu mais recente trabalho é o álbum Seventy Dogs, produzido por Renato Patriarca, vencedor do Grammy latino de 2009.

Project 46

Considerada hoje uma das principais bandas do cenário rock nacional, a Project 46foi formada em 2008 por amigos de infância e logo chamou a atenção do público com suas apresentações em festivais, como o Rock In Rio (2015), Monsters of Rock (2013), Sampa Music Festival, Roça em Roll Festival e Maquinaria Festival (2012, no Chile), conquistando uma gama bem variada de fãs. Seu primeiro álbum, Doa a Quem Doer, foi lançado de forma independente em 2011, e apesar de disponibilizado gratuitamente para download, transformou-se em um sucesso. Em 2014, chegou o segundo CD, Que Seja Feita a Nossa Vontade. Formada por Caio Mac Beserra (Voz), Jean Patton (Guitarra), Vinicius Castellari (Guitarra), Rafael Yamada (Baixo e voz) e Henrique Pucci (Bateria), a banda tem uma característica rara: todas as suas músicas são cantadas em português.

Far From Alaska

Fundada em 2012, em Natal, Rio Grande do Norte, a banda Far From Alaska é formada por Emmily Barreto (vocal), Cris Botarelli  (sintetizador, lapsteel e vocal), Rafael Brasil (guitarra), Edu Filgueira (baixo e backing vocal) e Lauro Kirsch (bateria). Como todos participavam de outras bandas, inicialmente era apenas um projeto paralelo, mas no mesmo ano venceram o concurso “Som Para Todos”, que lhes garantiu o direito de abrir o Planeta Terra Festival. No mesmo ano, lançaram seu primeiro EP, Stereochrome, e, em 2014, seu primeiro álbum pela Deckdisc, Mode Human, contendo 15 faixas, incluindo as quatro canções do EP regravadas. Em 2015, resolveram se mudar para São Paulo e foram convidados para tocar no Lollapalooza, uma apresentação que foi elogiada pela crítica. Ainda esse ano, a banda anunciou que deverá lançar um novo disco.

Woslom

Composta atualmente por Silvano Aguilera (vocal, guitarra), Rafael Iak  (guitarra), Andre G Mellado (baixo) e Fernando Oster (bateria), a Woslom, uma das principais bandas nacionais no gênero thrashmetal, foi formada em 1997 em São Paulo. Lançou seu primeiro álbum, “Time to Rise”, de 2010, que foi eleito o melhor álbum dethrash metal brasileiro do ano pelo site especializado MetalMilitia. Em 2012, excursionaram pela Europa. A banda lançou cinco demos: “Legendary Attempts from Sat Afternoon” (2000), “Woslom Remains Metallica” (2001), “From Dark to Light” (2002), “Beyond Inferno (2004)” e “Woslom” (2007), todos antes de seu primeiro álbum. Em 2013, gravaram um segundo CD, “Evolustruction” e o mais recente é “A Near Life Experience”, que chegou às lojas este ano. A banda lançou também um DVD – “DestrucTVision”, em 2014.

Ego Kill Talent

Os integrantes da Ego Kill Talent se conhecem desde 2003, quando Jean Dolabella (bateria, guitarra e baixo), Raphael Miranda (bateria, baixo e guitarra), Estevam Romera (guitarra e baixo), Theo van der Loo  (guitarra e baixo) e Jonathan Correa (vocal) ainda integravam outras bandas ou atuavam no backstage do show business. Todos com anos de estrada e passagens por outras bandas importantes no cenário do rock nacional. Em 2011, Jean, após sua saída do Sepultura, convidou Theo para fazerem umas jamsessions e logo foram acompanhados por Estevam – que toca também na banda de grindcore Desalmado, com doze anos de estrada e algumas turnês na Europa. Poucos meses e algumas músicas depois, Raphael se juntou ao trio. Em busca de um vocalista, Theo convidou o amigo de longa data Jonathan, o veterano do rock gaúcho que, com 15 anos de carreira e uma legião fiel de fãs, acumula cinco álbuns, mais de 30 singles de sucesso e mais de 30 milhões de visualizações no YouTube. Assim consolidou-se a formação do Ego Kill Talent.

www.maximusfestival.com.br
twitter:  @maximusfestbr
instagram:
maximusfestivalbr
Facebook:
/FestivalMaximus

Iron Maiden divulga preços de ingressos para o show de São Paulo, no Allianz Parque, em março de 2016

Vendas começam no primeiro minuto da próxima quinta-feira, dia 5 de novembro

Os lendários roqueiros da banda Iron Maiden, cujo novo álbum duplo de estúdio “The Book of Souls” estreou em primeiro lugar no Brasil, voltam ao país em março a bordo de seu enorme Boeing 747-400 Jumbo Jet “Ed Force One”, pilotado pelo vocalista Bruce Dickinson, que irá transportar a banda, sua equipe, toda a produção de palco e mais de 12 toneladas de equipamentos por 88.500 quilometros ao redor do mundo, visitando 35 países em 6 continentes.

O Iron Maiden fará cinco shows no Brasil em 2016, começando com uma visita ao Rio de Janeiro, no dia 17 de março, seguindo para Belo Horizonte (onde estiveram pela última vez em 2009), no dia 19, e Brasília, no dia 22. No dia 24 de março, a banda se apresenta pela primeira vez em Fortaleza e encerra a turnê brasileira em São Paulo, no dia 26.

Os ingressos para o show de São Paulo serão os primeiros a estarem disponíveis para venda no site da Livepass. Saiba mais no release completo.

Confira abaixo os preços do primeiro lote de ingressos

Pista Premium Bud Zone:
Lote 1 – R$580,00
Lote 1 (meia-entrada) – R$290,00

Pista:
Lote 1 – R$280,00
Lote 1 (meia-entrada) – R$140,00

Cadeira Nivel 1:
Lote 1 – R$360,00
Lote 1 (meia-entrada) – R$180,00

Cadeira Superior:
Lote 1 – R$200,00
Lote 1 (meia-entrada) – R$100,00

Camarotes:
Lote 1  R$360,00

Por Midiorama

Iron Maiden anuncia shows da turnê mundial “The Book of Souls” no Brasil em março de 2016

O novo álbum “The Book of Souls” estreou em primeiro lugar no Brasil e em outros 40 países ao redor do planeta

Os lendários roqueiros da banda Iron Maiden, cujo novo álbum duplo de estúdio “The Book of Souls” estreou em primeiro lugar no Brasil, voltam ao país em março a bordo de seu enorme Boeing 747-400 Jumbo Jet “Ed Force One”, pilotado pelo vocalista Bruce Dickinson, que irá transportar a banda, sua equipe, toda a produção de palco e mais de 12 toneladas de equipamentos por 88.500 quilometros ao redor do mundo, visitando 35 países em 6 continentes.

O Maiden fará cinco shows no Brasil em 2016, começando com uma visita ao Rio de Janeiro no dia 17 de março de 2016, seguindo para Belo Horizonte (onde estiveram pela última vez em 2009), no dia 19, e Brasília, no dia 22. No dia 24 de março, a banda se apresenta pela primeira vez em Fortaleza e encerra a turnê brasileira em São Paulo, no dia 26. Seguem mais informações:

17 de março – Rio de Janeiro (HSBC Arena)
19 de março – Belo Horizonte (Esplanada do Mineirão)
22 de março – Brasília (Ginásio Nilson Nelson)
24 de março – Fortaleza (Arena do Centro de Formação Olímpica)
26 de março – Sao Paulo (Allianz Parque)

Todos os shows fazem parte da plataforma Live Music Rocks.

Os ingressos para o show em São Paulo estarão à venda para o público geral no dia 5 de novembro e uma semana depois, no dia 12 de novembro para o show no Rio de Janeiro e dia 26 de novembro para o show de Fortaleza. Já os ingressos para Belo Horizonte começam a ser vendidos no dia 19 de novembro, e para Brasília,  em 20 de novembro. Confira todas as informações de venda de ingressos abaixo.

Como de costume, haverá uma pré-venda exclusiva para os membros do fã clube do Iron Maiden. Maiores detalhes podem ser encontrados no Site Oficial.

Bruce comenta:

Mal podemos esperar para voltar à turnê. Desde que começamos nos EUA no final de fevereiro será de 19 meses desde nosso último show no Sonisphere, no Reino Unido, por isso estamos ansioso para voltar à estrada. O Maiden cresce em turnês e o que nos anima é sair para tocar para nossos fãs, é o que fazemos de melhor, por isso vai ser uma grande alegria embarcar novamente em nosso novo Jumbo Ed Force One com a tripulação ao redor do globo e voltar ao palco para encontrar todos vocês. Como todos os nossos fãs brasileiros sabem, nós sempre adoramos tocar no Brasil e é emocionante desta vez visitar lugares novos e voltar para algumas das cidades que não tocamos há alguns anos.

“É claro que ainda não decidimos sobre o set list definitivo dos shows e creio que só será completamente decidido após ensaiarmos, mas estamos  realmente ansiosos para tocar uma série de novas músicas ao vivo, especialmente porque a gravação foi muito neste clima. No entanto, como já faz um tempo desde que nos vimos, estou certo de que vamos incluir alguns hits mais antigos também. Eu acho que os fãs vão se deliciar com o que estamos planejando para essa turnê. Nós também estamos criando um novo show e temos a certeza de que estamos trabalhando duro para trazer para todos  algo espetacular!!!  Vocês certamente merecem o melhor pela sua paciência.

Dois convidados especiais estarão acompanhando o Maiden nesta turnê brasileira: o Anthrax (Site Oficial) e a  banda The RavenAge (Site Oficial).

Scott Ian, do Anthrax, diz:

A única coisa que poderia ser melhor para o Anthrax do que fazer uma turnê pela América Latina, seria fazer essa turnê com o Iron Maiden! E agora nós estaremos fazendo! Nós não poderíamos estar mais animadose  honrados por compartilhar o palco com nossos heróis, na frente de um dos melhores públicos de metal do mundo. Eu mal posso esperar!!! Viva o Iron Maiden!

Algumas curiosidades sobre a vinda da banda:

* O Novo Ed Force One irá transportar a banda, sua equipe e mais de 12 toneladas de equipamentos por 6 dos 7 continentes do planeta.

* A banda irá visitar 35 países nesta turnê, voando cerca de 88.500 quilômetros, passando pela  China e El Salvador pela primeira vez.

* Bruce iniciou seu treinamento para se qualificar como piloto de 747. Ele usa um simulador baseado na Cardiff Aviation, uma empresa de manutenção de aeronaves que ele mantêm em Gales.

* O Ed Force One vai ser novamente customizado pelo lado de fora com a logo do Iron Maiden e as artes do novo álbum. Como o 747 é enorme, somente modificações mínimas foram necessárias no seu interior para acomodar banda, pessoal de produção e equipamento.

* O novo álbum do Maiden, The Book Of Souls estreou em primeiro lugar em 24 países: Argentina, Austria, Bélgica, Brasil, Croácia, República Tcheca, Finlândia, Alemanha, Grécia, Hungria,  Israel, Italia, Japão, México, Países Baixos, Noruega, Polônia, Portugal, Servia, Eslovênia, Espanha, Suécia, Suiça e no Reino Unido. Além disso, também figurou no primeiro lugar em mais 19 países onde somente listas de vendas digitais são divulgadas, como Bolivia, Bulgaria, Chile, Colombia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, India, Lithuania, Luxemburgo, Nepal, Nicaragua, Panamá, Papua Nova Guinea, Paraguai, Peru, Romania e Eslováquia.O álbum também estreou em segundo lugar na Austrália, Canadá, Dinamarca, França, Irlanda e Nova Zelândia, em terceiro lugar na Turquia e em quarto nos Estados Unidos e na África do Sul.

Fonte: Midiorama

Slipknot: Move Concerts anuncia apresentação única em São Paulo

Um dos maiores fenômenos internacionais do heavy metal, o Slipknot traz para o país a turnê “Prepare for Hell”, que tem base em seu quinto e mais recente álbum de estúdio, .5: The  Gray  Chapter, lançado em 2014. A apresentação única em São Paulo acontece no dia 27 de setembro, na Arena Anhembi, dentro da plataforma  Samsung Galaxy S6 Live Music Rocks.

A banda promete um ambicioso show de rock pesado acompanhado por músicas que mostram o futuro do Slipknot, sem esquecer das raízes da banda, tudo isso em um novo palco, especialmente criado para a turnê de 2015. O grupo se apresenta ainda no Rock in Rio, no dia 25 de setembro. A apresentação de São Paulo contará com a participação especial da banda Mastodon.

Ingressos para os shows estarão disponíveis em data a ser anunciada em breve, com pré-venda exclusiva para clientes Samsung.

Apresentados por Samsung Galaxy S6 e com patrocínio da  SkyBudweiser, os shows são uma realização da Move Concerts e fazem parte da nova plataforma de música Samsung Galaxy S6 Live Music Rocks.

Famosos pelo figurino de seus shows, que inclui macacões e máscaras criados especialmente para a banda, o Slipknot promete apresentar no show  de São Paulo um set list que reúne não só seus maiores hits, como “Wait and Bleed”, “Duality” e “Psychosocial”, mas também músicas do novo álbum: “The Devil in I”, “Custer” e “The Negative One”. Serão novas máscaras, novos uniformes e novos efeitos.

 Com seis indicações e um prêmio Grammy na carreira, o Slipknot hoje é composto por Corey Taylor (vocais), Sid Wilson (DJ), Chris Fehn (percussão e vocal de apoio), James Root (guitarra), Craig Jones (sampler e teclado), Shawn ‘Clown’ Crahan (percussão e vocal de apoio) and Mick Thomson (guitarra).

Aclamados pela crítica internacional por suas performances, o Slipknot é conhecido por sua interatividade com os fãs. Em um show realizado no Rio de Janeiro, em 2011, durante a música “Spit it Out”, o vocalista Corey Taylor fez com que toda a plateia se sentasse para depois pular ao seu comando. Nesse mesmo show, o DJ Sid Wilson se jogou no público, levando os fãs ao delírio.

Slipknot

Formada em 1995, em Iowa, nos Estados Unidos, o Slipknot ganhou destaque no cenário musical doheavy metal devido à incrível capacidade musical, além da aparência inovadora dos integrantes, que trajavam máscaras e macacões industriais. Outra característica da banda são suas letras niilistas, sombrias, raivosas e muitas vezes melancólicas. Seus integrantes originais eram Sid Wilson (DJ – número 0), Joey Jordison (bateria – número 1), Paul Gray (baixo – número 2), Chris Fehn (percussão – número 3), James Root (guitarra – número 4), Craig Jones (programador – número 5), Shawn “Clown” Crahan (percussão – número 6), Mick Thomson (guitarra – número 7) e Corey Taylor (vocalista – número 8). Os números, impressos em cada macacão, viraram uma marca do grupo.

Ao longo de sua carreira, o Slipknot vem desenvolvendo sua imagem, sempre mudando os uniformes e as máscaras de cada membro, mantendo conformidade com o lançamento de cada álbum e o desenvolvimento da banda. As máscaras não chegam a mudar completamente, mas recebem novos elementos. Joey Jordison abordou a questão em uma entrevista em 2004, afirmando que “a mudança serve para mostrar o crescimento e a diferença dentro da idade de cada indivíduo”.

Ao lado de suas máscaras habituais, o Slipknot também incorporou máscaras especiais, por diferentes razões, ao longo de sua carreira, como, por exemplo, em 2004 e 2005, quando lançaram o vídeo da música e performances ao vivo de “Vermilion”, onde os integrantes da banda usaram máscaras da morte feitas a partir de moldes do próprio rosto. Outro exemplo, foi em 2008, quando a banda usou um conjunto de “máscaras do purgatório”, que são vistas no videoclipe de “Psychosocial”.

Em 1999, lançou seu primeiro álbum Slipknot, produzido por Ross Robinson, sendo considerado pela crítica um dos melhores discos de heavy metal da história. Com o sucesso nas rádios dos singles“Wait And Bleed” e “Spit It out”, o grupo ganhou mais espaço na mídia, crescendo aos olhos do público e dos críticos musicais. Em 2001, foi lançado seu segundo álbum de estúdio Iowa, também muito aclamado.

No início de 2003, o vocalista Corey anunciou que um novo álbum do Slipknot estaria por vir, quando no meio do ano, a banda começou a trabalhar com o produtor Rick Rubin, considerado um dos melhores do ramo do heavy metal. Em 2004, o grupo lançou o terceiro álbum, Vol. 3: The Subliminal Verses, considerado por muitos fãs e críticos o melhor trabalho do grupo.

Depois do lançamento do álbum duplo 9.0: Live – um registro de alguns shows da turnê do “Vol. 3: The Subliminal Verses”– e do DVD Voliminal, a banda decidiu entrar em férias por tempo indeterminado. Alguns aproveitaram o recesso para retomar antigos projetos, como, por exemplo, Corey e James, que reuniram o Stone Sour.

Em 2008, a banda lançou seu quarto álbum All Hope is Gone, quando aproveitaram mudanças significativas em suas máscaras e seus macacões, que passaram a ser individuais. Nessa época, o grupo fez uma nova turnê mundial, entrando em férias novamente logo depois. O retorno da banda aconteceu após a morte de Paul Gray, quando o Slipknot decidiu fazer uma turnê especial em sua homenagem, tocando em festivais como o Rock in Rio, em 2011. Em 2013, a banda participou do Monsters of Rock, em São Paulo.

Mastodon

Formada em 2000 por Brann Dailor, Bill Kelliher, Troy Sanders e Brent Hinds, o Mastodon é uma banda de metal de Atlanta, Geórgia. O grupo é um dos mais notáveis na New Wave of American Heavy Metal – movimento musical dos anos 90 – e conta com influências de Groove metal, Rock Progressivo, hardocore, stoner metal e outras. A música do grupo contém riffs pesados, técnicos e complexos, com passagens intrincadas, além de longos e melódicos interlúdios instrumentais, inspirados pelo amor que a banda tem ao rock progressivo dos anos 70.

Com sete discos na carreira, a banda vem ao Brasil com o show de lançamento de seu último trabalhoOnce More ‘Round the Sun, lançado em 2014. Remission, de 2002, Leviathan, de 2004, Call of the Mastodon, de 2006, Blood Mountain, também de 2006, Crazk the Skye, de 2009, e The Hunter, de 2011, são os outros álbuns de Mastodon.

Faith No More: Move Concerts anuncia apresentação única em São Paulo

Um dos maiores ícones do rock mundial, o Faith No More chega ao Brasil em setembro para apresentação única em São Paulo, no dia 24, no Espaço das Américas. Dono de hits como “Epic” e “Falling to Pieces”, do disco The Real Thing (1989), e “Midlife Crisis” e “Easy”, do álbum Angel Dust(1992) – a última um celebrado cover do grupo americano Commodores – a banda também integra oline up do Rock in Rio.

Os shows pertencem à plataforma Samsung Galaxy S6 Live Music Rocks, em uma realização da Move Concerts, apresentado por Samsung Galaxy S6 e patrocinado por Sky e Budweiser. Informações sobre venda de ingressos serão divulgadas em breve.

Após trabalharem apenas com releituras durante 18 anos, os californianos se preparam para lançar um novo álbum de inéditas no próximo mês de maio. “Sol Invictus” é o sétimo trabalho de estúdio da banda e terá 10 faixas, entre elas as já conhecidas do público “Motherfucker” e “Superhero”, que poderão ser ouvidas na passagem da banda pelo Brasil. O Show em São Paulo contará ainda com sucessos mais antigos, como “Epic”, “Easy” e “Ashes to Ashes”, esta última do disco Album of the Year, o último lançado pela banda, em 1997.

O novo trabalho teve todas as faixas produzidas pelo baixista, Bill Gould, que está com a banda desde o início, em 1981. Além de Bill, a Faith No More é composto por Mike Bordin (bateria) e Roddy Bottum (teclados), também da formação original, Mike Patton (vocal), desde 1988, e Jon Hudson (guitarra), último a entrar na atual formação, em 1996.

É a sexta vez que o grupo se apresenta no país, tendo estreado em solos brasileiros em janeiro de 1991, no Rock in Rio, repetindo a dose no final do mesmo ano, com cinco shows no país. Em 1995, a banda voltou ao Brasil para se apresentar no festival Monsters of Rock. Em 2009 a turnê brasileira passou por por Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte. Em 2011, a banda chegou ao país para o encerramento do festival SWU.

Faith No More

O Faith No More surgiu em 1982, oriundo do Faith No Man, banda formada e liderada por Mike Morris. Roddy Bottum, Mike Bordin e Billy Gould, então integrantes do Faith No Man, não queriam mais trabalhar com Morris e formaram uma nova banda, chamando Jim Martin para a guitarra. Diversos músicos ocuparam a vaga de vocalista – Courtney Love, que foi expulsa depois de alguns shows (segundo ela, os integrantes queriam uma banda de machos), e Chuck Mosley, que participaria dos dois primeiros discos da banda: We Care a Lot, de 1985, e Introduce Yourself, de 1987.

Mosley foi demitido em 1988 e Mike Patton foi escolhido como substituto. Patton entrou pouco antes das gravações de The Real Thing, lançado em 1989, e em pouco tempo se tornou líder do grupo. O álbum é um divisor de águas na carreira do FNM. No fim do ano de 1990, The Real Thing recebeu um disco de platina. No ano seguinte a banda ganharia o Grammy de Melhor Performance de Metal.

“Epic” arrematou o nono lugar na Billboard e teve o clipe exibido à exaustão na MTV norte-americana. Com mais dois singles de sucesso, “Falling to Pieces” e “From Out Of Nowhere”, The Real Thingchegou ao 11º lugar na parada e vendeu um milhão de cópias no país. No Brasil, a MTV Brasil surgia em 1990 e o FNM foi uma das estrelas reveladas. A popularidade conquistada pela banda no país impressionou os próprios integrantes. Em 1991, eles tocaram para um Maracanã lotado durante o Rock In Rio, iniciando um verdadeiro culto à banda no país. O sucesso foi tão grande que eles retornaram no mesmo ano para uma mini-turnê nacional.

Em meio a grandes expectativas, Angel Dust foi lançado, em 1992, e apontava para outras direções. Musicalmente, a banda também mostrava evolução, incorporando elementos eletrônicos e teclados, proporcionando um clima cinematográfico a algumas canções. O álbum teve como singles “Midlife Crisis” e “A Small Victory”, que ficou muito popular na Europa. Apesar disso, o disco não teve a mesma repercussão de The Real Thing.

Nos demais países, o Faith No More continuava enorme. O terceiro single do álbum foi uma canção que não estava no disco: “Easy”, cover dos Commodores, que a banda vinha tocando ao vivo e que ganhou uma versão de estúdio. Angel Dust rendeu mais uma turnê mundial, onde eles promoveram concertos próprios, tocaram em festivais e abriram shows para Metallica e Guns N’ Roses. A popularidade do álbum na Europa e na Austrália rendeu um disco de ouro.

Em novembro de 1993, Jim Martin foi afastado da banda pela falta de entusiasmo. A dificuldade de encontrar alguém somada a cada vez maior necessidade de Patton de explorar outros projetos acabou por instituir uma grande desunião entre eles. Patton chegou a lançar um disco solo, composto apenas de efeitos vocais, e seu trabalho no Mr. Bungle vinha crescendo.

King for a Day… Fool for a Lifetime foi bem recebido pelo público, com guitarras gravadas por Trey Spruance, colega de Patton no Mr. Bungle e apostando em sonoridades mais cruas e menos elaboradas. O trabalho funcionou no quesito peso, mas Trey teve dificuldades de aplicar seu estilo “torto” no panorama “mais convencional” e o resultado foi pouco empolgante, com altos e baixos. Alegando dificuldades em se adaptar à banda, Trey recusou o convite para participar da próxima turnê e o Faith No More escalou o então roadie de teclados Dean Menta para fazer o trabalho ao vivo das guitarras.

O momento seguinte se notabilizou pela grande proporção alcançada pelos trabalhos paralelos de seus integrantes. Patton entrou de cabeça no avant-garde, lançou outro trabalho solo e elevou o status de adoração do Mr. Bungle com turnês expressivas. O baterista Mike Bordin tocou com Ozzy Osbourne e Roddy Bottum estreou sua banda Imperial Teen. Billy tornou-se o único integrante disposto a segurar a bandeira do quarteto em meio a rumores fortíssimos de uma inevitável dissolução. Partiu dele a iniciativa de convidar Jon Hudson, da banda System Collapse, para assumir as guitarras do disco a ser gravado.

O Faith No More gravou o que viria a ser o seu último trabalho até este ano: Album of the Year. O resultado final foi uma colcha de retalhos, canções pouco inspiradas e sem um fio condutor entre si. Com recepção fria, oposta aos anos dourados da banda, Album Of The Year foi praticamente ignorado pela mídia que estava mais focada no grunge.

Curiosamente, os últimos meses do Faith No More caracterizaram-se por uma grande reverência a suas apresentações ao vivo. Especialistas em palcos, os rapazes passaram a apresentar o que muitos defendem ser os melhores shows da carreira. O Faith No More vestia terno e gravata para destilar suas canções de maneira altamente empolgante. Mas os problemas tomaram proporções insuperáveis e foi através de um e-mail que Billy Gould, ao final de uma turnê europeia, anunciou o final de atividades.

Com suas responsabilidades aliviadas, os integrantes passaram a dedicar seu tempo a projetos paralelos. Além de seguir com suas participações com outros artistas inusitados, Patton enfileirou projetos de qualidade em pouquíssimo tempo. De forma madura e desencanada, o vocalista levou a sua maneira a tarefa de adotar os fãs que lamentaram o final do FNM.

 A banda retomou as atividades em maio de 2009 e se apresentou nas cidades de Porto Alegre, Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte em novembro. No final de 2010, anunciaram definitivamente o fim da banda. Porém, em julho de 2011, o grupo confirmou presença na edição do festival SWU, em 14 de novembro, onde tocaram a inédita “Matador”. Após um período de incertezas, a banda divulgou uma enigmática, porém animadora mensagem, onde diziam que “a reunião havia sido ótima, porém é chegado o tempo de sermos mais criativos”. O suspense não durou muito: pouco tempo depois o quinteto revelou as datas de estreia do single de “Motherfucker” e do novo álbum, Sol Invictus, com lançamento previsto para maio de 2015. Em conjunto a esses anúncios, mais datas de shows foram sendo agendadas, onde o Faith No More irá executar as novas músicas do álbum vindouro. Juntamente com “Matador” e “Motherfucker” a canção “Superhero” (ou Leader of Men) foi lançada.