Tag Archives: Top Link

RESENHA: Angra ØMNI

Por: Rodrigo Paulino

Manos, paremos e pensemos: Uma abertura magistral, clássica, com guitarras que fazem voar, assim começa o novo álbum do Angra, com detalhes que lembram muito os trabalhos anteriores, no entanto, a sempre em ordem voz de Fábio Lione surge de forma que enriqueça com a musica, Light Of Transcedence se encaixa como uma excelente faixa de abertura. Com a presença de um coral tímido que cresce ao fundo, bateria acelerada, com certo peso, nada além da medida, tudo conversa entre si, todos os elementos presentes nessa faixa.

Aliás, algumas faixas possuem um trecho apenas orquestrado, rico e lindo! No final, cada faixa orquestrada se reúne na belíssima Infinite Nothing. Senti como se fosse um mimo e uma recapitulação de todo o álbum.

Em Travelers of time, temos a presença de Rafael Bittencourt, a voz dele vem de forma como já vimos em Secret Garden antes. Mas guardem esse menino… Rafael Bittencourt. É uma música interessante, não é muito complexa, Lione solta suas firulas num bom tempo.

Quando li que o álbum teria Sandy, sim a eterna Maria Chiquinha, a do: “Abre a porta Mariquinha…”, eu achei arriscado, por que? Simples, num mundo onde existe Sharon Den Adel, por que colocar a Sandy? O que tem haver? Bom, primeiro abri minha mente e não criei expectativas, fossem positivas ou negativas. Numa suavidade, começando com ela cantando, imaginei que teríamos ela na faixa inteira, assim como Secret Garden, a musica pega peso e o sonho, o faz de conta vira um pesadelo, pesos na guitarra, Lione surge com a os guturais de Alissa White-Gluz cantando com ele Black Widow’s Web, é um espetáculo, cada parte dessa música, ouvindo com fones, Alissa anda pela sua cabeça de um lado para o outro. Agora vem um detalhe: você se esquece do inicio da musica, porque ela assume um peso junto dos guturais, num dado momento da musica, após um solo instrumental, a musica dá uma quebrada, as vozes se unem, e a força volta com tudo, podemos ouvir os vocais limpos de Alissa bem ao fundo, é um desgraçamento lindo, voltando à paz do início da musica… APROVADISSIMO! TRAGAM SANDY MAIS VEZES TRAGAM ALISSA!

INSANIAAAAAAAAA possui uma refrão poderoso, explosivo! Você ficará dias cantando IN-SANIA-AAAAAA! O coral poderoso está presente nela, seguido de Lione cantando na paz e explodindo de novo, mas depois de um tempo, o refrão se torna grudentinho. Aprecie com moderação.

Agora vem uma das músicas que mais me tocaram, cantada somente pelo Rafael, com uma pegada mais suave, mística, foi uma faixa que me cair em  mim. Sério o instrumental é forte com violões, batuque entre vários outros instrumentos como guizos,  progressivamente ganhando um peso, e a voz desse menino! The Bottom of My Soul emociona muito, existe até um clima meio árabe, antes de um belíssimo solo, é uma faixa que te faz viajar, se emocionar com ela e crescer também. A voz de Rafael é simplesmente hipnotizante nessa canção, você não quer, mas infelizmente ela acaba. Felizmente da mesma forma que começou.

War Horns, eu achava que se tratava de um interlúdio, com uma voz abafada eletrônica, e logo na sequencia ela explode com Lione cantando, rasgando tudo mesmo, e uma musica bem pesada com seu instrumental.

Outra faixa muito boa, um dos quatro destaques que separei para esse álbum foi Caveman, é estranho e parece tudo um caos, entrando num estilo de instrumental em tons tribais e os caras cantando: OLHA O MACACO NA ARVORE/FORMOSO NAQUEL GALHO/ONDE QUE EU NÃO TÔ VENDO?/ EMBAIXO DAQUELA FLOR/ QUEM QUER MATAR O DIABO/ ATIRE A PRIMEIRA PEDRA. De repente entra Lione cantando com uma naturalidade, as batidas dessa musica são bem envolventes, mas com um certo peso presente, uma clara visão e reflexão sobre a sociedade presente nessa canção.

Em Magic Mirror, temos uma musica bem forte, com um instrumental trágico, porém sereno, na parte de solo instrumental, você chega a viajar, mais uma parte que entra para o gran finale instrumental. Após isso a musica volta com tudo, com toda a força e termina de forma serena.

Always more acaba sendo uma musica mais tranquilinha do álbum, apenas com Lione cantnado e acordes de guitarra, violão, é algo que me lembra alguma outra musica de outras eras, lembra um pouco Creed os acordes. Mas no fundo me lembrou muito sertanejo/ country. É uma boa musica, sem duvida algum, diferente.

Silence inside é o quarto destaque, uma musica sensacional, rica em detalhes, distorções, pesos, e no fim dela reina a paz, progressivamente, com os violões e baixos, bateria rítmica, batida leve nos pratos, e ela vai dando um fade que vai te guiando até….

Infinite Nothing, possui todo seu charme, passando pelas notas de todas as musicas, uma orquestra maravilhosa, acho interessante o acabamento dessa faixa, pois você sente a orquestra tocando ali na sua frente, a acústica é perfeita. O faz de conta de Black Widow’s Web é encantador. Essa faixa cresce como mágica em seus ouvidos, te leva numa viagem a cada detalhe, como se vocês estivesse no final de um filme no cinema e os créditos subindo. Sinceramente, estou arrepiado, é uma sensação que se repete desde que ouvi pela primeira vez esse álbum.

ØMNI é o 9º álbum dos caras do Angra, é um álbum empolgante, flertando um pouco das experiências mais antigas e trazendo novidades para a banda, o ouvinte não se sente incomodado com absolutamente nada, é harmonioso e muito bem-vindo.

ØMNI: Track-List
1. Light of Transcendence
2. Travelers of Time
3. Black Widow’s Web (feat. Alissa White-Gluz & Sandy)
4. Insania
5. The Bottom of My Soul
6. Warn Horns (feat. Kiko Loureiro)
7. Caveman
8. Magic Mirror
9. Always More
10. ØMNI – Silence Inside
11. ØMNI – Infinite Nothing

Links relacionados:
https://www.facebook.com/toplinkmusicoficial/
https://www.facebook.com/AngraOfficialPage

Angra Fest: Pompeu do Korzus convida fãs para a 1ª edição do “Angra Fest”

O vocalista Marcello Pompeu do Korzus convida os fãs para a primeira edição do festival. Os ingressos para a 1ª edição do “Angra Fest” estão à venda pelo site da Ingresso rápido e sem taxa de conveniência na loja Consulado do Rock e no Tom Brasil. O festival acontece dia 26 de Novembro no Tom Brasil, em São Paulo, e conta com as bandas Angra, Massacration, Geoff Tate (ex-Queensryche) e Noturnall.

Assista o convite de Marcello Pompeu para o “Angra Fest”: https://www.facebook.com/AngraOfficialPage/videos/1825563927483805/

Atualmente, o Angra é formado por Fabio Lione (vocal), Rafael Bittencourt (guitarra), Marcelo Barbosa (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Bruno Valverde (bateria). Conhecida por estar entre os maiores nomes do heavy metal brasileiro no mundo, a banda Angra lançou aclamados álbuns e construiu uma gloriosa carreira.

O Massacration está em sua nova turnê histórica “Metal Milf World Tour”. A banda é formada por Detonator (vocal), Metal Avenger (guitarra), Headmaster (guitarra), Redhead Hammet (baixo) e Jimmy The Hammer (bateria).

O grande vocalista Geoff Tate (ex-Queensryche) se apresenta no primeiro “Angra Fest” mostrando sua versatilidade musical e alto potencial vocal. O cantor é amigo de longa data do Angra e o show promete ser um dos pontos altos no evento.

A banda Noturnall está de volta com o terceiro álbum “9” (um dos discos mais vendidos em 2017 segundo a revista Roadie Crew). Os músicos prometem um show avassalador com a participação do guitarrista Mike Orlando (Adrenaline Mob) e do baterista Henrique Pucci (ex-Project46).

O primeiro “Angra Fest” também contará com as participações especiais de Luis Mariutti e Ricardo Confessori (ex-Angra e Shaman), Bruno Sutter, Alírio Netto (ex-Age of Artemis), Pompeu (Korzus), Dani Nolden (Shadowside) e Edu Ardanuy (ex-Dr.Sin).

Confira o serviço completo do evento:

SERVIÇO SÃO PAULO
Top Link Music orgulhosamente apresenta ANGRA FEST
Bandas: Angra, Massacration, Geoff Tate e Noturnall
Data: 26 de Novembro de 2017 (domingo)
Local: Tom Brasil
End: Rua Bragança Paulista, 1281, São Paulo – SP
Horário: 19h (abertura da casa)
Evento Facebook: https://www.facebook.com/events/1439147006174553/?fref=ts
Censura: Livre
Estrutura: ar-condicionado, acesso para deficientes

# COMPRA PELA INTERNET – https://www.ingressorapido.com.br/venda/?id=1601#!/tickets

# PONTOS DE VENDA AUTORIZADOS em São Paulo, no Tom Brasil e na loja Consulado do Rock na Galeria do Rock. Mais informações emhttp://grupotombrasil.com.br/angra-fest.

(Formas de Pagamento: Dinheiro, Débito, Cartões de crédito Visa, MasterCard, American Express e Dinners Club)

# SETORES/VALORES
– Pista 2º Lote – R$ 55,00 (meia-entrada) e R$ 110,00 (inteira)
– Pista 3º Lote – R$ 60,00 (meia-entrada) e R$ 120,00 (inteira)
– Pista Vip 2º Lote – 110,00 (meia entrada) e 220,00 (inteira)
– Cadeira Alta Vista Parcial – R$ 70,00 (meia-entrada) e R$ 140,00 (inteira)
– Camarote – R$ 100,00 (meia-entrada) e R$ 200,00 (inteira)
– Frisas – R$ 85,00 (meia-entrada) e R$ 170,00 (inteira)

*Para a compra de ingressos para estudantes, aposentados e professores estaduais, os mesmos devem comparecer pessoalmente portando documento na bilheteria respectiva ao show ou nos pontos de venda. Esclarecemos que a venda de meia-entrada é direta, pessoal e intransferível e está condicionada ao comparecimento do titular da carteira estudantil no ato da compra e no dia do espetáculo, munido de documento que comprove condição prevista em lei.

Links relacionados:
http://www.angra.net/ 
https://www.facebook.com/AngraOfficialPage
http://www.toplinkmusic.com

Edu Falaschi divulga a turnê “The Angra Years” ao lado de Aquiles Priester e Fabio Laguna

A Top Link anuncia ao grande público a turnê Edu Falaschi “The Angra Years” e sua all star band com os músicos Aquiles Priester (Hangar, Noturnall), na bateria, Diogo Mafra (Almah) na guitarra, Fábio Laguna (Hangar) nos teclados, Roberto Barros na guitarra e Raphael Dafras (Almah) no baixo. A turnê acontecerá em julho e as datas serão divulgadas para todo o Brasil via comunicado oficial do novo super grupo.

Ao longo de sua carreira, Edu Falaschi vendeu mais de um milhão de discos, gravou 15 álbuns, realizou várias turnês mundiais, especialmente no Japão, Europa, EUA e América do Sul, além de ter tocado nos mais importantes festivais do mundo como Rock in Rio, Wacken Open Air, Sweden Rock, Monsters of Rock, Progpower, Rock Machina, Gods of Metal, etc.

“Para já começar arrebentando, convidei meus parceiros de Angra, Aquiles Priester e Fabio Laguna, para fazer parte dessa grande celebração junto ao projeto “Angra Years” durante os shows do mês de julho. A turnê seguirá por todo ano de 2017 e será uma grande emoção interpretar novamente nosso legado dos tempos de Angra, será uma experiência emocional e nostálgica que trará de volta os bons sentimentos de uma era de ouro”, disse o vocalista Edu Falaschi.

Além de ser famoso por sua carreira de vocalista e compositor, Edu Falaschi é bem reconhecido por ser um dos melhores produtores de metal no Brasil. A sua carreira de produtor teve início nos tempos do Symbols, em 1998-2000. Depois de uma pausa, tendo obtido uma grande experiência de gravação dos vocais para os álbuns do Angra com o famoso produtor europeu Dennis Ward, ele voltou para a mesa como produtor do Almah em 2006. Desde aquele momento ele nunca parou de trabalhar como produtor, assim como em outros projetos dentro do Metal.

Edu Falaschi é também muito famoso e respeitado no Brasil devido à sua posição social ativa que ele representa por meio de mídias sociais na Internet, da rádio e TV, além de participar de vários projetos de defesa do meio ambiente.

Em sua nova turnê solo, Edu Falaschi interpretará músicas do Angra nos álbuns “Rebirth”, “Hunters and Prey”, “Temple of Shadows”, “Aurora Consurgens” e “Aqua”.

Mais informações:
http://www.edufalaschi.com.br/
https://www.facebook.com/edufalaschi.officialpage