Tag Archives: Venomous

VENOMOUS APRESENTA INOVAÇÕES EM NOVO SINGLE

“Black Embrace” integrará o repertório do sucessor de “Defiant”

Foto: Caike Scheffer


Após fazer barulho com a boa repercussão da versão de “Nothing to Say” (Angra), que contou com a participação das vocalistas May Puertas (Torture Squad) e Fernanda Lira (Nervosa) e do guitarrista Guilherme Mateus (Bruno Sutter), o quinteto paulistano de death metal melódico Venomous apresenta “Black Embrace”, seu novo single. “A música fala basicamente sobre a depressão. Trata da sensação de não pertencer a esse mundo e o consequente isolamento, que vai tornando tudo a sua volta em sombras. A letra se desenvolve quando o protagonista resolve compreender e abraçar suas sombras, suas dores, perdas e derrotas. É o caminho da aceitação de si mesmo e daquilo que o cerca. O abraço sombrio que traz a força necessária para seguir em frente e, apesar de tudo, ser você mesmo”, explicou o vocalista Tigas Pereira.
 
Para ouvir “Black Embrace”, acesse: https://youtu.be/uEY1jF_nSEI
 
“Black Embrace”, gravado no estúdio Dual Noise e produzido pelo renomado Rogério Wecko e pela banda, também marca a estreia do baixista Renato Castro. “Ele trouxe muito peso, experiência e presença, iniciando uma nova era na banda”, analisou Gui Calegari. “‘Black Embrace’ partiu da ideia de fazer algo novo em nossa história. Por isso, optamos pelas guitarras de sete cordas. Queríamos contar uma historia através dos instrumentos e, como sempre, trouxemos muita melodia. Porém, como tínhamos timbres mais pesados para trabalhar, o foco foi em criar riffs brutais”, detalhou o guitarrista.
 
“Black Embrace” faz parte do segundo álbum completo, sucessor de “Defiant” (2018), que será lançado no segundo semestre. “Trouxemos referências nunca usadas na banda, até por usarmos guitarras de sete cordas pela primeira vez. Tem um pouco de tudo o que fizemos, mas levando a um novo patamar e explorando novas facetas que estão no segundo álbum”, adiantou o guitarrista Ivan Landgraf.
 
O show de lançamento do single ocorre no dia 31 de maio no Manifesto Bar, em São Paulo (SP), em noite que ainda trará Unscarred (Pantera Cover) e Chemical Warfare (Slayer Cover) – infos sobre o evento em https://is.gd/gqtWf3
 
“Mesmo gravando e compondo nunca deixamos os palcos de lado! Este show será ainda mais especial, pois contaremos com as participações especiais de May Puertas e Fernanda Lira, que gravaram a versão de ‘Nothing to Say’, do Angra, conosco”, concluiu Calegari.
 
Site relacionado: https://www.facebook.com/venomousoficial/
 
Ouça “Black Embrace” no Spotify em https://is.gd/mJx1xW
 
Contato para shows: venomousoficial@gmail.com


Venomous apresenta versão de clássico do Angra

“Nothing to Say” traz participações de Fernanda Lira (Nervosa), May Puertas (Torture Squad) e Guilherme Mateus (Bruno Sutter)

Antes de soltar o novo single, “Black Embrace”, agendado para o dia 16 de maio, o Venomous apresenta uma versão de “Nothing to Say”, faixa de abertura do clássico “Holy Land”, lançado em 1996 pelo Angra. Além de a versão trazer a personalidade do death metal melódico da banda paulistana, ela contou com a participação das vocalistas May Puertas (Torture Squad) e Fernanda Lira (Nervosa) e do guitarrista Guilherme Mateus (Bruno Sutter). “Tive um momento muito especial com o Angra quando cantei com eles em São Paulo. Assim, fiquei muito feliz com a ideia do Venomous em poder registrar uma homenagem unindo forças com minha amiga guerreira Fernanda Lira. Trabalhamos melodias e harmonias de vozes desafiadoras e essa versão vai surpreender tanto os fãs de metal extremo quanto de heavy metal. Uma união de dois mundos em uma música tão emblemática”, comentou May Puertas, do Torture Squad.

Veja o vídeo produzido por Caike Scheffer, que traz cenas das gravações ocorridas no estúdio Dual Noise (SP) ao lado do produtor Rogério Wecko, em https://youtu.be/filA-OWMJ1c

Em seu álbum de estreia, “Defiant”, o Venomous trouxe a faixa “Green Hell”, que tem inspiração em ritmos brasileiros e ganhou um vídeo ao vivo recentemente (veja em https://youtu.be/5b8CbUQPOHo). “Ela fala sobre a colonização portuguesa no Brasil e de como nos foi deixada uma herança de sangue, onde a velha oligarquia ainda impera e na qual os governos caem, mas ainda somos dominados pelo ouro”, explicou o vocalista Tigas Pereira.

O guitarrista Ivan Landrgraf revela que os trabalhos sempre terão uma faixa com passagens de música regional brasileira, que, em sentido amplo, os aproxima do trabalho desenvolvido pelo Angra, Sepultura e Overdose. “Sendo um fã do Angra desde a infância, para mim é uma emoção muito grande gravar uma versão de uma música tão icônica, mas com a nossa cara e com participações de peso. As vozes destruidoras da Fernanda e da May, e o trabalho com meu grande amigo e super guitarrista Guilherme Mateus, fizeram esta gravação totalmente diferente de tudo o que já havia experimentado.”

Já o guitarrista Gui Calegari aponta para as conexões e relembra a criação original da música. “Essa música que, segundo o guitarrista Kiko Loureiro, hoje no Megadeth, era baseada num samba com dois bumbos, em uma ideia trazida pelo baterista Ricardo Confessori, também teve uma versão da banda pernambucana Cangaço”, observou. “A ideia desse projeto surgiu quando decidimos lançar um single antecipando o álbum novo, e queríamos que viesse acompanhado de alguma versão. Quando Calegari sugeriu esta música não tivemos dúvidas. Era um grande desafio que estávamos dispostos a encarar, e ficamos extremamente felizes com o resultado”, concluiu Landgraf.

Site relacionado: https://www.facebook.com/venomousoficial/
Contato para shows: venomousoficial@gmail.com
Nota na ASE Music: https://is.gd/ELDU14

Venomous volta aos palcos após turnê europeia

Grupo paulistano segue a turnê de Defiant com show ao lado do Laboratori e Rebotte em São Paulo

Após promover o álbum de estreia, “Defiant”, servindo como abertura para os poloneses do Vader e realizar a primeira turnê internacional tocando na Alemanha, França, Bélgica, Holanda, Polônia e República Tcheca, o Venomous volta a São Paulo para um show especial. O evento, que será realizado no dia 2 de setembro (domingo), a partir das 18h, no Manifesto Bar, contará com a presença das bandas Laboratori e Rebotte. “São bandas coirmãs do Venomous, que também têm presença de palco energética. Será uma grande noite para quem quiser conhecer um pouco dessa nova safra de bandas de São Paulo”, aponta o guitarrista Guilherme Calegari. “Além disso, haverá um sorteio de uma tatuagem da Duarte Tattoo no valor de 500 reais”, completa.

Já o guitarrista o Ivan Landgraf destaca a importância de ter realizado a turnê pela Europa. “O que tínhamos em mente quando saímos do Brasil era mostrar nosso som e adquirir experiência no exterior, passando pelos mesmos apertos e conquistas que tantas outras bandas brasileiras passaram. Conseguimos êxito e isso nos fortaleceu, nos uniu ainda mais”, comemora.

No show, Tigas Pereira  (vocal), Gui Calegari e Ivan Landgraf (guitarras), Alexandre Bonal (baixo) e Lucas Prado (bateria) apresentarão faixas de “Defiant”, com destaques para “A New Beginning” e “Within the Silence”, que saíram em videoclipe, “I Pray as I Prey”, o primeiro lyric video.

Veja o clipe de “A New Beginning” em https://youtu.be/3xHxD6ZtIdk

Ouça Defiant no Spotify: https://is.gd/TObIe4

Site relacionado: www.facebook.com/venomousoficial/

Contato para shows: venomousoficial@gmail.com