Tag Archives: Formusic

Dois primeiros álbuns do Testament são lançados em CD no Brasil pela primeira vez

Novas edições de The Legacy e The New Order já estão disponíveis

Pela primeira vez, os dois primeiros discos do Testament estão sendo lançados no Brasil em CD. Os discos The Legacy e The New Order, que introduziram ao mundo um dos grandes nomes do thrash metal, estão disponíveis nas principais lojas em edição nacional.

Lançados no final da década de 80, antes da popularização dos CDs, os dois discos nunca haviam sido oficialmente lançados no Brasil, estando disponíveis apenas em edições importadas, mais caras e difíceis de encontrar. Agora, os fãs e colecionadores poderão adquirir os discos, que são considerados até hoje os melhores e mais clássicos da banda. O lançamento é também em formato especial, sendo acompanhado por luva slipcase.

Ambos os discos foram gravados pela mesma formação da banda, liderados pelo vocalista Chuck Billy e com produção de Alex Perialas.

O lançamento acontece pela iniciativa do Wikimetal com Oporto da Música, que continua trazendo mensalmente ao mercado brasileiro diversos títulos que não estavam mais disponíveis, e mesmo alguns que nunca haviam sido lançados no país. Os novos títulos se juntam a diversos discos já lançados pela parceria, de bandas como Van Halen, Twisted Sister, Whitesnake, Metal Church, Overkill, entre muitos outros.

The Legacy e The New Order já estão disponíveis nas principais lojas, e online via Wikimetal Store.

Marketing e Promoção no Brasil: 
ForMusic – info@formusic.com.br

Bruce Dickinson lança o álbum The Mandrake Project

CRÉDITO DA FOTO: JOHN MCMURTRIE

THE MANDRAKE PROJECT COMIC VOL.1 – JÁ DISPONÍVEL

Bruce Dickinson lançou seu novo álbum, The Mandrake Project. apresentando os singles “Afterglow of Ragnarok” e “Rain On The Graves”, a coleção de dez faixas já está recebendo enorme aclamação global.

Sonoramente intenso e rico em texturas musicais, o álbum mostra Bruce dando vida a uma visão musical que há muito tempo estava sendo criada. Criado com o co-escritor e produtor Roy Z, esse é um dos álbuns de rock mais marcantes de 2024.

Para promover o lançamento do álbum na Europa, Bruce está realizando uma série de sessões de autógrafos em lojas, começando com uma abertura à meia-noite no País de Gales, no dia de São David, na HMV Cardiff! Outros eventos acontecerão em Londres, Birmingham, Sheffield e Manchester. No fim de semana passado, ele participou de eventos de pré-audição e de uma sessão de autógrafos de pré-venda em duas grandes cidades suecas e retornará à parte continental da Europa para autógrafos na França e na Alemanha para completar a semana de lançamento.

“Sua voz ainda se eleva sobre o metal grandioso, mas a música é mais sombria e pesada do que seu trabalho com o Iron Maiden” – Daily Telegraph

“O Mandrake Project exige e recompensa a absorção total em sua imagem sonora caleidoscópica… A extraordinária voz de Bruce… raramente soou mais assertiva, direta e evidente, levando seus vocais a novos níveis de emoção expressiva e controle dramático” – Metal Hammer (9/10)

“Lançamento solo espetacular… certamente o mais inovador e criativo até hoje. Pesado, mas muito acessível” – Record Collector (4/5)

“Seus assuntos são claramente evidentes no metal de ‘Many Doors To Hell’ e na ameaça gótica de ‘Fingers In The Wounds’, embora tons mais suaves (mas igualmente sombrios) influenciem a balada poderosa e portentosa, conduzida por piano, ‘Shadow Of The Gods'” – Uncut

“Um trabalho titânico e ressonante” – Metal Talk

Bruce Dickinson e sua banda fenomenal darão vida à música do The Mandrake Project com uma grande turnê na primavera e no verão. A banda ao vivo agora conta com dois guitarristas – Philip Naslund e Chris Declercq – ao lado do baterista Dave Moreno, da baixista Tanya O’Callaghan e do maestro de teclado Mistheria.

O acompanhamento no Reino Unido, Paris e Tilburg vem dos roqueiros emergentes da Nova Zelândia, Black Smoke Trigger.

Bruce Dickinson – The Mandrake Project Tour 
15 de abrill – The Observatory, Santa Ana, CA, USA
18 de abril – Diana Theater, Guadalajara, MEXICO
20 de abril – Pepsi Theatre, Mexico City, MEXICO
24 de abril – Live Curitiba, Curitiba, BRAZIL
25 de abril – Pepsi On Stage, Porto Alegre, BRAZIL
27 de abril – Opera Hall, Brasilia, BRAZIL
28 de abril – Arena Hall, Belo Horizonte, BRAZIL
30 de abril – Qualistage, Rio De Janeiro, BRAZIL
2 de maio – Quinta Linda, Ribeirao Preto, BRAZIL
4 de maio – Vibra, Sao Paulo, BRAZIL
16 de maio – The Halls, Wolverhampton, UK 
18 de maio – Barrowland Ballroom, Glasgow, UK
19 de maio – O2 Academy, Manchester, UK
21 de maio – Arena, Swansea, UK
23 de maio – Rock City, Nottingham, UK
24 de maio – O2 Forum Kentish Town, London, UK
26 de maio – L’Olympia, Paris, FRANCE
28 de maio – 013, Tilburg, HOLLAND
29 de maio – De Oosterport, Groningen, HOLLAND
1 de junho – Barba Negra, Budapest, HUNGARY
3 de junho – Arenale Romane, Bucharest, ROMANIA
6 de junho – Mystic Festival, Gdansk, POLAND *
5-8 de junho – Sweden Rock Festival, Solvesborg, SWEDEN *
9 de junho – Rockefeller, Oslo, NORWAY
11 de junho – Grona Lund, Stockholm, SWEDEN
13 de junho – House Of Culture, Helsinki, FINLAND
14 de junho – Noblessner Foundry, Tallinn, ESTONIA
16 de junho – Huxleys Neue Welt, Berlin, GERMANY
17 de junho – Grosse Freiheit 36, Hamburg, GERMANY
19 – 22 de junho – Copenhell, Copenhagen, DENMARK *
21 de junho – Graspop Metal Meeting, Dessel, BELGIUM *
22 de junho – Summerside Festival, Grenchen, SWITZERLAND *
24 de junho – Zeltfestival Rhein-Neckar, Mannheim, GERMANY *
25 de junho – Circus Krone, Munich, GERMANY
26 – 29 de junho – Resurrection Festival, Galicia, SPAIN *
27 – 30 de junho – Hellfest, Clisson, FRANCE *
30 de junho – Rockhal, Esch-Sur-Alzette, LUXEMBOURG
3 – 6 de julho – Rockharz Open Air, Ballenstedt, GERMANY *
5 de julho – Ippodrome Delle Capannelle, Rock In Roma, Rome, ITALY *
6 de julho – Bassano Del Grappa, Metal Park, Vincenza, ITALY *
9 de julho – E-Werk, Koln, GERMANY
11 – 14 de julho – Masters Of Rock Festival, Vizovice, Czech Republic *
13 de julho – Hala, Zagreb, CROATIA
16 de julho – Kolodrum Arena, Sofia, BULGARIA
19 de julho – Kucukciftlik Park, Istanbul, TURKEY
21 de julho – Release, Athens, GREECE *

* – show em festival

Para obter mais informações sobre a turnê, clique aqui

Para obter mais informações sobre a série de quadrinhos, clique aqui

The Mandrake Project é o sétimo álbum solo de Dickinson, e está sendo lançado no Brasil via BMG em CD digisleeve, já disponível nas principais lojas.

The Mandrake Project – lista de faixas
Afterglow Of Ragnarok (05.45)
Many Doors To Hell (04.48)
Rain On The Graves (05.05)
Resurrection Men (06.24)
Fingers In The Wounds (03.39)
Eternity Has Failed (06.59)
Mistress Of Mercy (05.08)
Face In The Mirror (04.08)
Shadow Of The Gods (07.02)
Sonata (Immortal Beloved) (09.51)

www.themandrakeproject.com

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Wikimetal Store: Relançamentos em CD Van Halen, Whiplash, Winger, David Lee Roth e Overkill

Fevereiro 2023
Discos clássicos de rock e metal ganham novas edições nas lojas brasileiras
Lançamentos incluem discos de diversos gêneros

A parceria entre Wikimetal e Oporto da Música continua a todo vapor, trazendo ao mercado brasileiro mais uma leva de CDs de rock e metal, disponíveis em novas edições especiais com slipcase. Os primeiros lançamentos do ano são discos de artistas icônicos como Van Halen, Whiplash, Winger, David Lee Roth e Overkill.

A iniciativa do Wikimetal e Oporto vem trazendo mensalmente ao mercado brasileiro diversos títulos que não estavam mais disponíveis, e mesmo alguns que nunca haviam sido lançados no país. Os novos títulos se juntam a diversos discos já lançados pela parceria, de bandas como Rival Sons, Twisted Sister, Heaven & Hell, Metal Church, Deicide, entre muitos outros.

Entre os discos lançados esse mês está OU812 do Van Halen, segundo álbum da banda com o vocalista Sammy Hagar. Para os fãs da banda, outro título sendo lançado é o primeiro álbum solo do vocalista original do grupo, Eat ‘Em and Smile de David Lee Roth. Também já estão disponíveis nas lojas Horrorscope, um dos discos mais pesados do Overkill; o disco de estreia do Whiplash, Power and Pain; e o clássico glam metal do Winger com In The Heart of The Young.

Todos os discos já estão disponíveis nas principais lojas, e online via Wikimetal Store.

Marketing e Promoção no Brasil: 
ForMusic – info@formusic.com.br

Bruce Dickinson lança o single “”Rain on the Graves”

CRÉDITO DA FOTO: JOHN MCMURTRIE

“RAIN ON THE GRAVES”
NOVO SINGLE JÁ DISPONÍVEL
ASSISTA AO VÍDEO AQUI

EXTRAÍDO DO
THE MANDRAKE PROJECT
NOVO ÁLBUM SOLO SERÁ LANÇADO EM 1º DE MARÇO
FAÇA A PRÉ-ENCOMENDA AQUI

THE MANDRAKE PROJECT COMIC VOL.1
JÁ DISPONÍVEL

Bruce Dickinson lançou seu novo single, “Rain On The Graves”, acompanhado de um emocionante vídeo que destaca a performance ao vivo da banda de Bruce. A formação inclui o guitarrista Roy Z, o baterista Dave Moreno, a baixista Tanya O’Callaghan e o maestro do teclado Mistheria.

“Rain On The Graves” é o segundo single do próximo álbum solo de Bruce Dickinson, ‘The Mandrake Project’, que será lançado em 1º de março, pela BMG. Com um riff de guitarra imponente, teclados dramáticos e uma performance vocal imponente, a música foi inspirada por uma visita chuvosa ao túmulo do poeta romântico William Wordsworth, em Lake District. A música se desenvolveu em uma reflexão sobre a natureza da mortalidade e o pacto com o Diabo que os artistas passaram a fazer desde que Robert Johnson provou que valeu a pena nos anos 1930.

“Eu tinha a letra do refrão desde que visitei Grasmere para um casamento em 2012”, explica Bruce. “E não foi difícil, anos depois, criar o restante da música com tanta imaginação rica na minha cabeça!” É uma colaboração clássica entre Dickinson e Roy Z; uma peça cativante, mas pesada – cheia de melodia, mas retirando os vocais falados dos versos de maneira quase poética – talvez uma ode adicional ao grande mestre das palavras que inspirou o título, de alguma forma contrastado com uma música capaz de evocar o espírito de Robert Johnson em sua encruzilhada metafórica.

Com um vídeo filmado inteiramente em uma Cornualha invernal – novamente com o diretor Ryan Mackfall – temos a oportunidade de ver Bruce como ator, nada menos que um pregador, fazendo seu próprio pacto com o Diabo e arrastando sua ‘Banda Infernal’ como parte do acordo.

O single subsequente à faixa muito aclamada “Afterglow Of Ragnarok”, “Rain On The Graves”, destaca a natureza inventiva, expansiva e absorvente de The Mandrake Project. Sonoramente pesado e rico em texturas musicais, o álbum vê Bruce dar vida a uma visão musical que estava há muito tempo em desenvolvimento. Criado em colaboração com o co-escritor e produtor Roy Z, eles conceberam um dos álbuns de rock mais marcantes de 2024. 

No entanto, The Mandrake Project não é apenas um álbum. A história em quadrinhos de mesmo nome é uma história sombria e adulta de poder, abuso e luta pela identidade, tendo como pano de fundo o gênio científico e oculto. Criada por Bruce Dickinson, é uma série colecionável de graphic novels com roteiro de Tony Lee (Dr. Who), ilustrada de forma impressionante por Staz Johnson (2000AD) e com capas do gigante do setor Bill Sienkiewicz para a Z2 Comics, que será lançada em 12 edições trimestrais que serão agrupadas em três graphic novels anuais, sendo que a primeira sairá no final de 2024. O primeiro episódio individual foi lançado nas lojas de quadrinhos em 17 de janeiro e a edição especial de colecionador se esgotou em 48 horas após o lançamento.

Bruce Dickinson e sua fenomenal banda darão vida à música de The Mandrake Project com uma grande turnê principal nesta primavera e verão. Um show adicional recém-anunciado em Wolverhampton, no renovado The Halls, em 16 de maio, estará à venda na próxima semana, com detalhes de pré-venda disponíveis em www.themandrakeproject.com 

A banda de apoio no Reino Unido, Paris e Tilburg será Black Smoke Trigger, roqueiros emergentes da Nova Zelândia.

Bruce Dickinson – The Mandrake Project Tour 
18 de abril – Diana Theater, Guadalajara, MEXICO
20 de abril – Pepsi Theatre, Mexico City, MEXICO
24 de abril – Live Curitiba, Curitiba, BRAZIL
25 de abril – Pepsi On Stage, Porto Alegre, BRAZIL
27 de abril – Opera Hall, Brasilia, BRAZIL
28 de abril – Arena Hall, Belo Horizonte, BRAZIL
30 de abril – Qualistage, Rio De Janeiro, BRAZIL
2 de maio – Quinta Linda, Ribeirao Preto, BRAZIL
4 de maio – Vibra, Sao Paulo, BRAZIL
16 de maio – The Halls, Wolverhampton, UK +
18 de maio – Barrowland Ballroom, Glasgow, UK
19 de maio – O2 Academy, Manchester, UK
21 de maio – Arena, Swansea, UK
23 de maio – Rock City, Nottingham, UK
24 de maio – O2 Forum Kentish Town, London, UK
26 de maio – L’Olympia, Paris, FRANCE
28 de maio – 013, Tilburg, HOLLAND
29 de maio – De Oosterport, Groningen, HOLLAND
1 de junho – Barba Negra, Budapest, HUNGARY
3 de junho – Arenale Romane, Bucharest, ROMANIA
6 de junho – Mystic Festival, Gdansk, POLAND *
5-8 de junho – Sweden Rock Festival, Solvesborg, SWEDEN *
9 de junho – Rockefeller, Oslo, NORWAY
11 de junho – Grona Lund, Stockholm, SWEDEN
13 de junho – House Of Culture, Helsinki, FINLAND
14 de junho – Noblessner Foundry, Tallinn, ESTONIA
16 de junho – Huxleys Neue Welt, Berlin, GERMANY
17 de junho – Grosse Freiheit 36, Hamburg, GERMANY
19 – 22 de junho – Copenhell, Copenhagen, DENMARK *
21 de junho – Graspop Metal Meeting, Dessel, BELGIUM *
22 de junho – Summerside Festival, Grenchen, SWITZERLAND *
24 de junho – Zeltfestival Rhein-Neckar, Mannheim, GERMANY *
25 de junho – Circus Krone, Munich, GERMANY
26 – 29 de junho – Resurrection Festival, Galicia, SPAIN *+
27-30 de junho – Hellfest, Clisson, FRANCE *
30 de junho – Rockhal, Esch-Sur-Alzette, LUXEMBOURG
3-6 de julho – Rockharz Open Air, Ballenstedt, GERMANY *
5 de julho – Ippodrome Delle Capannelle, Rock In Roma, Rome, ITALY *
6 de julho – Bassano Del Grappa, Metal Park, Vincenza, ITALY *
9 de julho – E-Werk, Koln, GERMANY
11 – 14 de julho – Masters Of Rock Festival, Vizovice, Czech Republic *+
13 de julho – Hala, Zagreb, CROATIA
16 de julho – Kolodrum Arena, Sofia, BULGARIA
19 de julho – Kucukciftlik Park, Istanbul, TURKEY
21 de julho – Release, Athens, GREECE *

* – show em festival
+ – nova data adicionada

Para obter mais informações sobre a turnê, clique aqui
Para obter mais informações sobre a série em quadrinhos, clique aqui

The Mandrake Project será o sétimo álbum solo de Dickinson. Ele será lançado mundialmente pela BMG em vários formatos.

The Mandrake Project – tracklisting
Afterglow Of Ragnarok (05.45)
Many Doors To Hell (04.48)
Rain On The Graves (05.05)
Resurrection Men (06.24)
Fingers In The Wounds (03.39)
Eternity Has Failed (06.59)
Mistress Of Mercy (05.08)
Face In The Mirror (04.08)
Shadow Of The Gods (07.02)
Sonata (Immortal Beloved) (09.51)

www.themandrakeproject.com

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Registro de histórico último show do Children of Bodom é lançado em CD

“A Chapter Called Children of Bodom” já está disponível no Brasil

Em 2019, o grupo filandes de death metal melódico Children of Bodom realizou seu último show em Helsinki, encerrando uma carreira de mais de 25 anos. Agora, um registro oficial desse evento histórico está finalmente disponível, na forma do álbum “A Chapter Called Children of Bodom (Final Show in Helsinki Ice Hall 2019)”, que acaba de ser lançado em CD no Brasil.

O Children of Bodom é um dos grupos de maior sucesso da Finlândia: desde que se formaram em 1993 (inicialmente sob o nome “Inearthed”)  venderam mais de 250 mil discos apenas em seu país de origem. A setlist do último show celebrou essa extensa carreira, incluindo 18 músicas e representando cada um dos dez álbuns de estúdio da banda.

A formação final do grupo em sua separação consistia em Alexi Laiho (líder guitarra, vocal principal), Jaska Raatikainen (bateria), Henkka Seppälä (baixo), Janne Wirman (teclado) e Daniel Freyberg (guitarra base). Laiho, que foi um dos membros fundadores do Children of Bodom e seu principal compositor, faleceu no ano seguinte, em 29 de dezembro de 2020.

“A Chapter Called Children of Bodom (Final Show in Helsinki Ice Hall 2019)” já está disponível nas principais lojas, e online via Wikimetal Store.

Tracklist:

01 – Under The Grass Clover
02 – Platitudes And Barren Words
03 – In Your Face
04 – Shovel Knockout
05 – Bodom Beach Terror
06 – Everytime I Die
07 – Halo Of Blood
08 – Are You Dead Yet?
09 – Blooddrunk
10 – Worship Chaos
11 – Angels Don’t Kill
12 – Follow The Reaper
13 – Deadnight Warrior
14 – Needled 24/7
15 – Hate Me
16 – Hate Crew Deathroll
17 – Lake Bodom
18 – Downfall

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Bruce Dickinson anuncia o single “Afterglow of Ragnarok”

CRÉDITOS: JOHN MCMURTRIE

“AFTERGLOW OF RAGNAROK”

REVELA UM NOVO SINGLE QUE SERÁ LANÇADO DIA 1 DE DEZEMBRO

‘IF ETERNITY SHOULD FAIL (DEMO)’ LADO B

VINYL DELUXE 7″ FT. EIGHT PAGE COMIC PREQUEL
PRE-VENDA AQUI

THE MANDRAKE PROJECT

NOVO ÁLBUM SOLO & SÉRIE DE COMIC BOOK EM 2024

BRUCE DICKINSON ESTARÁ NA COMIC-CON 2023 (CCXP23) EM SÃO PAULO DIA 30 DE NOVEMBRO

DATAS DA TURNÊ NA EUROPA E NO REINO UNIDO ANUNCIADAS

Tendo incendiado o mundo do rock e do metal em setembro com o anúncio de um próximo álbum solo e datas de turnê na América Latina, agora são revelados mais detalhes do The Mandrake Project do Bruce Dickinson.

O primeiro single a ser lançado dele será “Afterglow of Ragnarok“, uma faixa dramática e épica que não apenas apresenta o mundo à música do álbum, mas também à narrativa envolvente que serve de base para o Projeto Mandrake.

“Foi importante estabelecer o tom do projeto com essa faixa”, explica Dickinson. “Conforme sugere o título, é uma música pesada e há um grande riff que a impulsiona… mas também há uma melodia real no refrão que mostra a luz e a sombra que o restante do álbum traz… e espere até ver o videoclipe!”

The Mandrake Project é uma história sombria e adulta sobre poder, abuso e luta pela identidade, tendo como pano de fundo o gênio científico e oculto. Criado por Bruce Dickinson, roteirizado por Tony Lee e ilustrado de forma impressionante por Staz Johnson para a Z2 Comics, a série apresenta 12 episódios que serão coletados em três romances gráficos e lançados em 2024.

Um prólogo em quadrinhos de oito páginas do The Mandrake Project, intitulado “Afterglow Of Ragnarok”, está incluído no livreto do single de vinil 7″, que acompanha o single de mesmo nome e prepara o cenário para a história que está por vir. O single de 7″ também apresenta a versão demo solo original de Dickinson da música “If Eternity Should Fail”, que apareceu pela primeira vez no álbum The Book Of Souls do Iron Maiden em 2015.

Mais detalhes sobre o The Mandrake Project serão revelados quando Bruce Dickinson for o palestrante principal no primeiro dia do CCXP23, o grande evento da Comic-Con do Brasil em São Paulo, em 30 de novembro.

Tendo já anunciado datas de shows no Brasil e no México para abril e maio do próximo ano, Bruce Dickinson e sua fenomenal banda – que conta com o guitarrista Roy Z, o baterista Dave Moreno, a baixista Tanya O’Callaghan e o tecladista Mistheria – continuarão sua turnê com uma série de shows na Europa, juntamente com várias aparições em festivais na Europa.

Confira as datas e ingressos aqui

Dickinson revelou anteriormente: “Este álbum tem sido uma jornada muito pessoal para mim e estou extremamente orgulhoso dele. Roy Z e eu planejamos, escrevemos e gravamos por anos, e estou muito empolgado para que as pessoas finalmente o ouçam. Estou ainda mais empolgado com a perspectiva de sair em turnê com esta incrível banda que montamos, para poder dar vida a ele. Como você pode ver, estamos fazendo o máximo de shows que podemos, em o máximo de lugares possível, para o máximo de pessoas que pudermos!”

The Mandrake Project será o sétimo álbum solo de Dickinson e o primeiro desde Tyranny Of Souls em 2005. Será lançado pela BMG em todo o mundo em vários formatos.

www.themandrakeproject.com

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Motley Crue comemora o 40º aniversário do álbum Shout at the Devil com uma edição limitada de Box Set

Créditos: Mark Weiss

À medida que o Mötley Crüe parte para o Japão e a Austrália para continuar a TURNÊ MUNDIAL, a BMG lançou uma celebração do 40º aniversário de seu marco, o 2º álbum SHOUT THE DEVIL. O destaque é o Limited Edition Super Deluxe Box Set, que apresenta o álbum recém-remasterizado em LP, CD e Cassete. Também estão incluídas reproduções dos singles originais de 7″ de “Too Young To Fall In Love” e “Looks That Kill”, juntamente com um Tabuleiro de Sessão de Pentagrama, Tabuleiro do Diabo com Planchette de Metal, Adaptador de 7″ de Metal, litografias de arte de álbum, cartas de tarô, suporte para vela do diabo e muito mais. Além disso, 7 faixas raras de demos foram ressuscitadas e estão incluídas como SHOUT AT THE DEMOS & RARITIES.

ENCOMENDE AGORA e assista ao novo vídeo de letras de “In The Beginning/Shout At The Devil” aqui.

SHOUT AT THE DEVIL – O 40º aniversário está disponível como Edição Limitada Super Deluxe Box Set, Picture Disc de Edição Limitada, Vinil Colorido, Réplica de CD em Edição Limitada, CD Lenticular de Edição Limitada e Edição Deluxe para streaming/download.

Lançado em 1983, no auge do Pânico Satânico, SHOUT AT THE DEVIL impulsionou o Mötley Crüe ao estrelato. Cumprindo a expectativa e a promessa de seu álbum de estreia PLATINUMToo Fast For Love, o segundo álbum do Mötley Crüe chegou ao Top 20 dos EUA e foi certificado 4X PLATINA. Para muitos fãs de música, SHOUT AT THE DEVIL foi a primeira vez que eles viram um álbum com essa imagética e conteúdo lírico nas prateleiras de lojas de varejo mainstream.

SHOUT AT THE DEVIL continua sendo um pilar do repertório ao vivo do Mötley Crüe, com a banda tocando até 4 músicas deste icônico álbum em cada show da THE WORLD TOUR, que está em andamento atualmente. De forma apropriada, o ciclo original de turnê para este álbum viu o Mötley Crüe saltar do ato de abertura para serem a atração principal em arenas.

Os vídeos musicais inovadores de “Looks That Kill” e “Too Young To Fall In Love” estabeleceram o padrão para inúmeros momentos da MTV. Esses dois singles, combinados com a faixa-título sinistra, cortes imprudentes como “Knock ‘Em Dead, Kid”, “Bastard” e “Red Hot”, sua interpretação frenética de “Helter Skelter” e o quase instrumental assombrado “God Bless The Children Of The Beast” ajudaram a criar este álbum definidor dessa era e gênero.

40 anos depois, o MÖTLEY CRÜE continua firme e forte, maior do que NUNCA e fazendo shows em ESTÁDIOS ao redor do mundo!

Para comemorar quatro décadas do álbum definidor de gênero, uma série de “invasões” conduzidas por fãs estão sendo realizadas em todo o mundo, causando a agitação ao estilo Mötley Crüe nas principais cidades.

Os fãs em São Paulo devem ir ao GlamSlam Party no Jai Club, amanhã à noite, para ver as atividades inspiradas no Mötley Crüe que eles têm planejado, mas você pode esperar ver o local transformado com visuais da banda e também terá a chance de ganhar algumas mercadorias. Além disso, haverá uma ação na Animal Records, na Galeria do Rock, onde você poderá tirar fotos com um standee exclusivo comemorativo da banda, e também a Rádio 89FM fará um especial Mötley Crüe no dia 29 de outubro com sorteio de kit exclusivo. Fique ligado! Acesse aqui para saber mais. 

Mas a celebração não para por aí; é uma invasão global. No coração do vibrante Covent Garden de Londres, a loja de moda de látex de alta qualidade, Liberation, transformou a vitrine da loja em uma vitrine cativante com versões replica de suas roupas icônicas. Os fãs em Buenos Aires, Argentina, podem aproveitar a invasão no lendário local The Roxy, enquanto o Headbangers Pub de Milão, Itália, e o Kurgan Club de Madri, Espanha, experimentarão uma transformação como nunca antes. No México, as visuais da banda estão prestes a dominar com invasões nas lojas Dagga Tattoo Studio e Guitar Gear na Cidade do México e Monterrey.

Disponível como:

Boxset

1CD Lenticular

1CD

1LP Picture Disc (disco de imagem)

1LP Colorido

SD ALBÚM DIGITAL // DOLBY ATMOS ALBÚM DIGITAL 

Deluxe Box Set Limitado Incluí:

• Álbum original remasterizado em LP laranja/amarelo salpicado

• Shout At The Demos & Rarities LP vermelho/branco salpicado

• CD Shout At The Devil

• Cassette Shout At The Devil

• Single “Looks That Kill” 7″ branco

• Single “Too Young To Fall In Love” 7″ laranja

• Tabuleiro do Diabo com Planchette de Metal

• Adaptador de 7″ de Metal com Pentagrama

• Bolsa de feltro com Pentagrama

• Suporte de vela do diabo (vela não incluída)

• Cartas de Tarot dos membros da banda

• Tabuleiro de Sessão Pentagrama de 12″ x 12″

• Dois Art Prints de Litho do Álbum Shout At The Devil de 12″ x 12″ com Capa de Sangue

Tracklist do Álbum:

1. In The Beginning 

2. Shout At The Devil 

3. Looks That Kill 

4. Bastard

5. God Bless The Children Of The Beast 

6. Helter Skelter 

7. Red Hot 

8. Too Young To Fall In Love

9. Knock ‘Em Dead, Kid 

10. Ten Seconds To Love 

11. Danger

Tracklist de Shout At The Demos & Rarities:

1. Shout At The Devil (Demo) 

2. Looks That Kill (Demo) 

3. Knock ‘Em Dead, Kid (Demo)

4. Too Young To Fall In Love (Demo) 

5. Hotter Than Hell (Demo for “Louder Than Hell”)

6. I Will Survive (Demo) 

7. Black Widow (Demo)

CERTIFICADOS: 

EUA – 4X PLATINA / Canadá – 3X PLATINA / Austrália – OURO

RANKING HISTÓRICO DO ÁLBUM:

EUA #17 / Finlândia #18 / Canadá #23 / Suiça #59 / Austrália #85

RANKING HISTÓRICO DOS SINGLES: 

“Shout At The Devil” #30 EUA Rock (1983) / “Looks That Kill” #54 EUA Hot 100 /

#12 EUA Rock (1984) / “Too Young To Fall In Love” #90 EUA Hot 100 / #17 EUA Rock (1984)

A THE WORLD TOUR CONTINUA

3/11/23

Yokohama

Japan

K-Arena Yokohama

4/11/23

Yokohama

Japan

K-Arena Yokohama

8/11/23

Brisbane

Australia

Suncorp Stadium

11/11/23

Sydney

Australia

Sydney Showground Stadium

14/11/23

Docklands

Australia

Docklands Stadium

SOBRE MÖTLEY CRÜE

Originários de Los Angeles, Califórnia, o Mötley Crüe – Vince Neil (vocal), Nikki Sixx (baixo), Tommy Lee (bateria) e Mick Mars (guitarra) – comanda o panteão do rock há 41 anos. A banda já vendeu mais de 100 milhões de álbuns em todo o mundo, conquistou 7 álbuns de platina e multi platina nos EUA, teve 22 sucessos entre os 40 principais das paradas de rock mainstream, 6 singles no top 20 das paradas pop, 3 indicações ao Grammy, 5 livros  best-sellers do New York Times, uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood e um filme de sucesso na Netflix. O Mötley Crüe continua fazendo turnês pelo mundo com John 5 na guitarra, empurrando os limites visuais das performances ao vivo.

O quarteto acumulou mais de 5 bilhões de streams em plataformas digitais e a banda tem mais de 8 milhões de seguidores nas redes sociais. Conhecidos por suas icônicas performances ao vivo, a banda esgotou inúmeras turnês pelo mundo diante de milhões de fãs, com destaques de produção inovadores, como a bateria-rollercoaster de Tommy Lee e o baixo com lançador de chamas de Nikki Sixx. Eles foram pioneiros na residência de rock em Las Vegas com uma turnê esgotada em 2012. As músicas de sucesso do Mötley Crüe, como “Kickstart My Heart” e “Home Sweet Home”, são frequentemente licenciadas por grandes marcas como NASCAR, Dodge, Coldwell Banker, Carl’s Jr. e KIA, entre outras, e sua música pode ser ouvida em programas de sucesso na TV, como Stranger Things e Cobra Kai, entre muitos outros.

A biografia da banda “The Dirt: Confessions of the World ‘s Most Notorious Rock Band” se tornou um best-seller do New York Times em 2001 e vendeu mais de 1 milhão de cópias em todo o mundo. Membros da banda também escreveram outros 4 livros que se tornaram best-sellers do New York Times desde então. Em 2019, a Netflix estreou o filme biográfico “The Dirt”, baseado no livro best-seller, que se tornou um sucesso global com uma pontuação positiva de 94% da audiência no Rotten Tomatoes. Como resultado, o Mötley Crüe conquistou toda uma nova geração de jovens fãs que descobriram a banda por meio do filme e solidificou ainda mais seu status icônico, relevância e a atemporalidade de suas composições.

Mötley Crüe continua sendo uma grande atração global 41 anos após o início de sua carreira e, no verão de 2022, co-encabeçou uma turnê por estádios na América do Norte com o Def Leppard, com ingressos quase esgotados. A turnê continua a percorrer estádios ao redor do mundo ao longo de 2023, com John 5 na guitarra, enquanto a banda continua a empurrar os limites das performances ao vivo.

Future Static: O quinteto de metal Australiano compartilha seu novo single, “The Hourglass”

Liminality, álbum de estreia do Future Static estará disponível
dia 24 de Novembro de 2023 pelo selo Wild Thing Records

O quinteto de metal de Melbourne Future Static compartilhou o vídeo clipe e novo single de “The Hourglass”, retirado do seu aguardado álbum de estreia, Liminality, que será lançado dia 24 de novembro de 2023 através do selo Wild Thing Records. A divulgação dessa faixa mais recente ocorreu imediatamente após o término da primeira turnê internacional da banda, em apoio aos colegas de gravadora The Omnific, pela Europa e pelo Reino Unido.

Numa visão mais abrangente, “The Hourglass” é uma grande mostra das camadas de influência prog que estão impregnadas no cerne do DNA da Future Static. Abrindo com preenchimentos de bateria estrondosos antes de fazer a transição para um duplo golpe de guitarras afinadas e gritos viscerais, a faixa continua a tecer riffs incríveis, um refrão impactante e uma atmosfera emocional arejada em um pacote poderoso. Originalmente intitulada ‘Ruin//Reclaim’, “The Hourglass” gradualmente passa a ser marcada por uma energia “destrutiva” antes de abraçar um som mais leve após a ponte, com o restante do fluxo lírico da faixa se ligando ao instrumental harmonioso.

Future Static – “The Hourglass” (Single)
Wild Thing Records
Re

Capa do Single “The Hourglass” 

OUÇA AQUI | ASSISTA AQUI

“Tematicamente, essa música descreve o que se sente quando você diz algo que é situacionalmente irritante ou doloroso e, em vez de deixá-lo passar, você tenta consertá-lo com mais palavras desnecessárias e mal interpretadas, causando uma profunda reflexão sobre as próprias intenções e, em alguns casos, mudanças na vida de forma negativa”, explica a banda. “Escrever “The Hourglass” foi um verdadeiro esforço de grupo. Os versos, escritos principalmente por Amariah, falam metaforicamente sobre cavar um buraco de maneira generalizada, compilando várias situações causadas por esse comportamento cíclico, enquanto Kira escreveu o refrão descrevendo uma situação específica em que esse ‘vômito verbal’ foi induzido.”

O vídeo musical do single, dirigido por Colin Jeffs, que está de volta, mergulha na metáfora de “cavar um buraco para si mesmo” com sua história e visuais, retratando a expressão no contexto de cavar a própria sepultura. Interpoladas entre as imagens dos personagens da história (representados por Amariah Cook (vocal principal) e Kira Neil (baixo/vocal de apoio) da Future Static), estão imagens do relógio de areia titular, que paira ameaçadoramente enquanto a areia dentro dele continua a escorrer incessantemente.

Future Static – “The Hourglass” (Official Music Video)
Dirigido por Colin Jeffs
“The Hourglass” está disponível em áudio e vídeo 

Definido como “o espaço entre” ou “um estado de vazio”, a decisão da Future Static de nomear seu álbum de estreia de Liminality é poeticamente apropriada. A adição da nova vocalista Amariah Cook em 2021 marcou um ponto de transição claro entre seus primeiros dias e a Future Static que conhecemos agora. Isso dito, a banda não é estranha aos efeitos do limbo, seja um processo de gravação e escrita em isolamento induzido pela pandemia ou um desafio de dois anos de turnês domésticas e internacionais em apoio a Jinjer (UKR) e Voyager (AU) antes de lançar um álbum completo. É nesses momentos marcados pela ausência e estase que a Future Static floresce. A partir da separação física, a banda se comprometeu a tornar Liminality o trabalho mais colaborativo possível, com as vozes musicais únicas de todos os membros presentes em uma declaração artística coesa e, ao mesmo tempo, diversificada. Usando as camadas incessantes de guitarras líderes inspiradoras, riffs pesados e efervescentes, acompanhados por melodias vocais únicas e empilhadas pelas quais a Future Static é conhecida, o álbum flui por uma combinação de diferentes inspirações de gênero e temas.

Pré-Salvar/Pré-venda do álbum de estreia da Future Static, LiminalityAQUI.

Future Static – Liminality 
(Wild Thing Records)
Dia 24 de Novembro 2023

Faixas: 
01. Chemical Lobotomy
02. Venenosa
03. Roach Queen
04. Icarus
05. …And The Walls That Were Built
06. Waves
07. Iliad [Featuring Luke Taylor of Heartline]
08. Will I?
09. The Hourglass
10. Halfway Across The World
11. Plated Gold [Featuring Sean Harmanis of Make Them Suffer]
12. The Embers

Sobre Future Static:

O quinteto de Melbourne, Future Static cria uma emocionante síntese de música alternativa, melódica e progressiva para moldar um tipo único de música pesada emocional, diferente de qualquer outra. Os singles de estreia da nova cantora Amariah Cook, “Waves” (2021) e “Venenosa” (2022), além do eletrizante cover de metalcore de “Gasolina” (2023), receberam aclamação crítica significativa, conquistando um forte apoio de veículos como SiriusXM (EUA), New Noise Magazine (EUA), Triple J (AU), ABC Rage (AU), Kerrang! (Reino Unido), Metal Hammer (Reino Unido), 89FM – A Rádio Rock (BR), Wikimetal (BR), Spotify e Apple Music. O grupo acaba de concluir sua primeira excursão internacional pela Europa e pelo Reino Unido, incluindo datas com The Omnific, além de apresentações nos lendários festivais alemães Reeperbahn e Euroblast. Em casa, a banda embarcou em uma maratona de dois anos de turnês domésticas muito requisitadas, incluindo o suporte a atrações como os superastros do metal progressivo Jinjer (UKR) e a banda Voyager, que participou da Eurovision, além de serem escolhidos como convidados especiais em shows com Destroy Rebuild Until God Shows (EUA), RedHook, Caligula’s Horse, Windwaker, Circles e Bloom. Eles também se apresentaram em grandes festivais como Knight & Day, UNIFY Forever, UNIFY – Off The Record, CVLTFEST da Alpha Wolf e BIGSOUND.

**”Não subestime esta banda – ousamos dizer que você ouvirá muito mais no futuro.”**
– Rich Hobson, MetalHammer (Reino Unido)

**”Grandes coisas estão por vir para esta banda.”**
– Alex Baker, Kerrang! Radio (Reino Unido)

**”Há um futuro gigantesco esperando por esta banda… esta banda está prestes a explodir.”**
– Rod Whitfield, Wall Of Sound (AU)

O álbum de estreia da banda, intitulado Liminality, está programado para ser lançado em 24 de novembro de 2023, pelo selo Wild Thing Records.

WebsiteInstagramTikTokTwitterFacebook Spotify

Two Door Cinema Club retorna com novo single ‘Sure Enough’

TWO DOOR CINEMA CLUB
RETORNA COM NOVO SINGLE SURE ENOUGH
OUÇA AQUI / ASSISTA AO VÍDEO AQUI

Two Door Cinema Club embarca em uma nova era com seu novo single ‘Sure Enough’. O grupo passou a última década em movimento para a perfeição, e o novo som ressalta a energia da banda.

Começando com um sintetizador ARP e batidas esparsas, ‘Sure Enough’ carrega um dos refrãos mais carregados da banda. Com linhas de guitarra sinuosas, marca registrada de Sam Halliday, o baixo sonoro de Kevin Baird e a entrega vocal completamente contagiante de Alex Trimble, ‘Sure Enough’ é uma adição valiosa ao cancioneiro da banda. Assista ao videoclipe oficial AQUI.

Ouça “Sure Enough” AQUÍ.

No single, a banda diz “Conforto, segurança e proteção são fáceis de encontrar. Tudo que você deve fazer é aceitar a mentira.”

O lançamento de ‘Sure Enough’ acompanha o anúncio de uma turnê pelos Estados Unidos que começa em fevereiro de 2024. Começando em Atlanta no dia 21 de fevereiro, com o apoio do Joywave em fevereiro e março, antes do retorno da banda em maio com o apoio do Day Wave para shows terminando em Austin, Texas. Para mais informações, visite www.twodoorcinemaclub.com.

A banda também será a atração principal de seus recentemente anunciados shows adicionais no Reino Unido, visitando Hull, Doncaster e Liverpool em outubro. Os ingressos para esses shows já estão à venda. Para mais informações, visite www.twodoorcinemaclub.com.

Two Door Cinema Club em turnê pela América Latina:
Novembro 11 – VMF Festival – Lima, Perú
Novembro 14 – Teatro Metropolitano – Medellín, Colombia
Novembro 15 – Chamorro City Hall – Bogotá, Colombia
Novembro 17 – Corona Capital, Ciudad de México, México
Novembro 19 – Showcentre – Monterrey, México

A turnê segue uma série espetacular de shows para o Two Door Cinema Club, apresentando-se para mais de 60 mil fãs, incluindo um show fenomenal no Crystal Palace Park com mais de 25 mil ingressos vendidos. Fortes da cena que ajudaram a lançar, e uma das bandas mais duradouras e consistentemente amadas do Reino Unido, o Two Door Cinema Club vendeu 1.6 milhão de ingressos em todo o mundo e acumulou incríveis 2.1 bilhões de streams em todo o mundo, à medida que fãs novos e antigos continuam a descobrir e devorar suas músicas completamente contagiantes.

Siga Two Door Cinema Club nas redes sociais:
Website Twitter | Facebook | Instagram | TikTok

Within Temptation Lança Novo Single “Ritual”

Os metaleiros holandeses, Within Temptation, lançaram seu novo single “Ritual”. A música é a faixa principal do seu próximo e 8º álbum de estúdio, Bleed Out, que será lançado dia 20 de outubro de 2023.

Refletindo o estado tumultuado do mundo, para o seu novo álbum a banda se inspirou em eventos como o assassinato de Mahsa Amini no Irã e a guerra na Ucrânia. Mas isso não quer dizer que não haja luz na sombra pesada de Bleed Out.

A deliciosa canção “Ritual”, como Sharon explica, é uma das músicas mais ousadas que a banda já escreveu e é totalmente inspirada em Um Drink no Inferno, um filme icônico de Quentin Tarantino sobre uma viagem aparentemente normal que se transforma em uma festa de caçadores de vampiros. “É uma faixa divertida sobre sedução”, ela explica. “Trata-se da mulher assumindo o poder em um mundo dominado pelos homens e tomando sua própria iniciativa.”

Ouça “Ritual” aqui.

Faça a Pré-venda do álbum Bleed Out agora.

Bleed Out representa um salto audacioso para a banda. Desde riffs contemporâneos e impactantes até melodias arrebatadoras que exibem suas raízes sinfônicas, Within Temptation criou uma jornada sonora que funde estilos musicais diversos e temas provocadores. Este é um álbum tão épico quanto destemidamente expressivo, e agora mais do que nunca, esta é uma banda que não tem medo de se posicionar sobre questões que lhes importam. Within Temptation entregou uma declaração de punho erguido tanto de suas convicções morais, quanto de sua abordagem destemida à música.

Faça a pré-venda do álbum aqui. 

Listagem de Faixas:
1: We Go To War
2: Bleed Out
3: Wireless
4: Worth Dying For
5: Ritual
6: Cyanide Love   
7: The Purge
8: Don’t Pray For Me
9: Shed My Skin (feat. Annisokay)
10: Unbroken
11: Entertain You

Within Temptation é:
Sharon den Adel – Vocais
Mike Coolen – Bateria
Stefan Helleblad – Guitarra
Ruud Jolie – Guitarra
Martijn Spierenburg – Teclado

Siga Within Temptation
Spotify Youtube | Instagram

Clássicos do rock e metal relançados em CD: Ratt, Overkill, Metal Church

Mais uma leva de álbuns clássicos do rock e heavy metal está sendo relançada no Brasil, como parte da parceria entre Wikimetal e OPorto da Música. Após terem relançado os clássicos “Taking Over” do Overkill, e o álbum de estréia auto-intitulado do Metal Church, dessa vez foram escolhidos outros títulos do catálogo dessas bandas: “The Dark” do Metal Church, e “Under the Influence” do Overkill. Além desses títulos, também está sendo relançado “Out of the Cellar“, primeiro álbum de estúdio do Ratt.

The Dark é o segundo álbum do Metal Church, que levou a banda a um novo patamar: em 1986, o lançamento do primeiro videoclipe da banda, Watch the Children Pray, teve grande repercussão e fez do álbum um grande sucesso comercial. Durante o período de divulgação desse álbum, Metal Church participou de turnês com bandas de alto nível, como o Metallica. O sucesso e fama trouxe muitos problemas entre os integrantes, que depois resultariam em mudanças na formação da banda.

Under The Influence é o terceiro álbum de estúdio do Overkill, e o primeiro com o novo baterista Sid Falck. Lançado em 1988, o álbum vendeu mais de 300 mil cópias e tem em seu repertório os clássicos “Never Say Never” e “Hello from the Gutter”.

Lançado originalmente em 1984, “Out of the Cellar” foi o primeiro álbum de estúdio do Ratt. A banda teve seu início na Califórnia nos anos 1970, com a formação de Stephen Pearcy no vocal, Robbin Crosby e Warren De Matini nas guitarras, Juan Croucier no baixo e Bobby Blotzer na bateria. 

Os 3 discos chegam ao mercado em edição especial, com slipcase, e já estão disponíveis para venda nas principais lojas, e online via Wikimetal Store.

Marcus D’Angelo do Claustrofobia e Mauricio Weimar do Extreme Drums juntos em novo projeto

Bleeding 90’s é o novo projeto dos renomados músicos brasileiro

Nos últimos meses os músicos brasileiros Marcus D’Angelo e Mauricio Weimar estiveram trabalhando em algo muito especial e finalmente compartilharam com o público. O projeto BLEEDING 90 ‘s foi criado para celebrar a paixão pelo metal feroz dos anos 90 e como estreia a dupla escolheu um cover de “Blood Brothers” do poderoso Malevolent Creation.

A música foi escolhida por apresentar muitos elementos que Marcus D’Angelo e Mauricio Weimar gostam muito no Metal, e certamente a atmosfera dessa canção é perfeita para a ocasião. BLEEDING 90’s está trabalhando em músicas autorais que não vão decepcionar! O público pode esperar um Death/Thrash muito potente ao melhor estilo dos anos 90. Esse material será grandioso pois a dupla está fazendo com alma, sem pressa, e colocando somente elementos que os dois curtem. Será um prato cheio para os fãs do trabalho do Marcus D’Angelo e Mauricio Weimar.

Marcus D’Angelo comenta:

“Eu sou grande admirador do trampo do Maurício desde sua época no Nephast, que lançou obras primas do metal extremo brasileiro. Depois de alguns anos passei a acompanhar seu canal do YouTube por abordar assuntos que julgo necessário para o músico de metal nos dias atuais. Trocamos algumas figuras na Internet e fiquei surpreso e honrado quando ele me convidou pra fazer uma collab, que rapidamente se tornou um projeto bem interessante devido a nossa afinidade, postura e gostos bem parecidos em relação ao metal. Ambos fomos forjados nos anos 90 e foi bem natural chegar nesse conceito da celebração ao metal daquela época. Estamos compondo uma música autoral e vamos valorizar aqueles elementos da época que tanto sentimos falta. Temos feito tudo sem pressão ou pretensão, única e exclusivamente pela satisfação pessoal de se fazer um som e vamos colocar elementos genuínos na parada pra fazer a cabeça de quem ama o estilo assim como a gente”.

Mauricio Weimar comenta:

“Eu sempre tive muita vontade de ter um projeto com um vocalista ‘elite’ de metal e o Marcus é um dos mais impressionantes nesse esquema. Eu nunca tive nenhum contato com ele até decidir mandar uma mensagem perguntando se ele não estava afim de fazer algum projeto comigo. Ele respondeu na hora e a gente viu uma camada musical incrível! A gente tem praticamente a mesma visão sobre o Metal, o que foi aperfeiçoado na criação do Bleeding 90’s, que é um projeto para exaltar o melhor da porradaria do Thrash/Death dos anos 90, que é de onde a gente tira as nossas maiores influências até hoje.

Pra mim, está sendo uma enorme satisfação trocar essa ideia com o Marcus, que eu admiro pra caramba. E como a gente não deve nada pra ninguém, vocês podem esperar um trampo totalmente honesto e com o melhor que nós dois podemos oferecer. A gente só está começando”.

Assista ao vídeo AQUI!

Agora sediado em Las Vegas, Nevada, o trio brasileiro de death/thrash metal Claustrofobia, foi formado em 1994 pelos irmãos Marcus e Caio D’Angelo, possui uma carreira de quase três décadas, uma discografia composta por seis álbuns completos e um lançamento em DVD, uma infinidade de turnês internacionais, apresentações ao vivo de alta performance compartilhando palcos com nomes como Iron Maiden, Slayer e Anthrax, além de inúmeros fãs em todo o mundo. Claustrofobia lançou o sétimo álbum de estúdio intitulado ‘Unleeched’.

Mauricio Weimar é multi-instrumentista, formado em violino pela OSPA. Ex-diretor Hafralaekjarskóli na Islândia e retornou ao Brasil em 2011. Como baterista de heavy metal, passou por diversas bandas entre as mais destacadas: Malévola, Nephasth e The Ordher, e gravou diversos álbuns. Atualmente mora em Rosendal, na Noruega e leciona música através de aulas particulares ou em grupo. É aclamado como um dos maiores baterista de metal extremo do Brasil e seu canal Extreme Drums já acumula quase 5 milhões de visualizações.

Marcus D’Angelo usa Jackson Guitars, EVH, EMG Pickups Giannini Strings, Maccabos. 

Mauricio Weimar usa eDrum MIDI, Drum-Tec, A Place Artigos de Rock, Machtig, Feel Good, Orion Cymbals, Toontrack, Footblaster

Formação:
Marcus D’Angelo – Vocal, Baixo e Guitarra
Maurício Weimar – Bateria

Artwork e Foto: Alcides Burn
Assistentes de gravação: Rafael Yamada e Caio D’Angelo
Mixagem: Caio D’Angelo
Edição de vídeo: Caio D’Angelo

CLAUSTROFOBIA online:
Facebook: https://pt-br.facebook.com/claustrofobiaofficial/
Instagram: https://www.instagram.com/claustrofobia_official
Spotify: https://open.spotify.com
Youtube: https://www.youtube.com/user/metalmaloka

Maurício Weimar Online:
Facebook: https://www.facebook.com/p/Mauricio-Weimar
Instagram: https://www.instagram.com/mauricio.extremedrums/
Youtube: https://www.youtube.com/user/mauricioweimar

Johnny Monster lança “Armadilhas do Pensamento”, single reflexivo com pegada country folk

Crédito: André Marothy

O músico e compositor paulista Johnny Monster lança mais um novo single antecipando seu novo álbum, A Nova Era Do Só Você, que será lançado no dia 27/10 via ForMusic Records. Dessa vez, a amostra do disco é a faixa “Armadilhas do Pensamento”, uma canção reflexiva mas também energética, conduzida por uma levada de violão inspirada no country folk, e sonoridade orgânica.

Johnny já havia antecipado a sonoridade desse novo trabalho, citando influência de artistas como Beach Boys e Velvet Underground: “o álbum é super ‘vintage’, gravado de modo orgânico, e com poucas edições. Eu e o produtor Carlos Eduardo Freitas nos inspiramos nas produções nos anos 60 e 70”, conta ele.

A Nova Era Do Só Você incluirá também as faixas “Os Pássaros” e “Cidade Grande”, singles já divulgados anteriormente. Será o primeiro álbum de Johnny desde Futuro Perplexo, disco que incluiu participações de artistas como Clemente Nascimento e Leela, entre outros.

“Armadilhas do Pensamento” já está disponível em todas as plataformas.

OUÇA AGORA “ARMADILHAS DO PENSAMENTO”

Siga Johnny Monster nas redes sociais:
Instagram | Facebook | Twitter

Under Influence revive o hardcore melódico anos 90 em single “198What?”

Single antecipa novo EP da banda brasileira, que tem influência de bandas como NOFX e Bad Religion

A banda brasileira Under Influence lançou hoje seu novo single, “198What?”. Com raízes no hardcore melódico dos anos 90, a faixa combina perfeitamente ritmos frenéticos e melodias cativantes, antecipando o próximo EP do grupo, que será lançado pelo selo Wikimetal Music. Além de estar disponível em todas as plataformas, a música acompanha também um clipe intenso, dirigido por Fernando Dranger.

O EP, com data de lançamento prevista para novembro, será o segundo projeto do quarteto paulista. No ano passado, lançaram seu primeiro álbum, “Same Old, Same Old”, apresentando a proposta do grupo de explorar a sonoridade direta do hardcore dos anos 90. “Brincamos que nosso slogan é “In tupátupá we trust!”; são beats rápidos, melodias bonitas, linhas de baixo bem elaboradas e guitarras com muitos detalhes melódicos. 

O novo EP segue nessa estética, mas apresentando também uma nova profundidade: “Entendemos ser um trabalho mais maduro, musicalmente e também na fase que estamos como banda”, conta o grupo. Além de influências de bandas como NOFX e Bad Religion, o projeto ainda terá músicas inspiradas em gêneros como surf music, thrash metal, e até grooves de funk.

A banda produziu o single, assim como o futuro EP, no Estúdio Toth, onde já gravaram artistas como Dead Fish, Bullet Bane, Hateen e outros.

Under Influence é formada por Guilherme Sanches (vocais e guitarra), Antonio Polverini (guitarra), Diogo Pinto (baixo), e Rafael Ferraz (bateria).

OUÇA JÁ “198What?”

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Blackberry Smoke anuncia novo álbum Be Right Here

SINGLE “DIG A HOLE” DISPONÍVEL
TURNÊ CONFIRMADA NOS EUA

A aclamada banda de rock americana Blackberry Smoke lançará seu tão aguardado novo álbum, Be Right Here, em 16 de fevereiro pelo selo 3 Legged Records/Thirty Tigers (pré-encomenda/pré-save aqui). Antes do lançamento, o primeiro single, “Dig A Hole“, foi lançado em todas as plataformas de streaming. Ouça/compartilhe AQUI.

Sobre a música, escrita pelo vocalista principal Charlie Starr e pelo tecladista Brandon Still, Starr compartilha: “Cada um de nós tem um tempo finito nesta terra, então você provavelmente quer aproveitá-lo ao máximo. Eventualmente, para todos nós, eles vão cavar um buraco, então faça valer a pena.”

Produzido pelo produtor vencedor do Grammy, Dave Cobb (Chris Stapleton, Jason Isbell), “Be Right Here” é um lembrete oportuno para estar presente e viver autenticamente. Ao longo dessas dez faixas — uma coleção de seus hinos característicos de rock and roll, baladas com inclinação para o Americana e jams de country rock — a banda celebra as alegrias simples da vida, os momentos fugazes e os pequenos golpes de sorte encontrados ao longo do caminho.

Gravado no histórico RCA Studio A de Nashville e no Georgia Mae de Cobb em Savannah, o álbum apresenta a banda — Charlie Starr (vocais, guitarra), Richard Turner (baixo, vocais), Brit Turner (bateria), Paul Jackson (guitarra, vocais) e Brandon Still (teclados) — ao lado de Preston Holcomb (bateria) e Benji Shanks (guitarra), bem como vocais especiais convidados de The Black Bettys.

Sobre o processo de gravação, Starr compartilha: “Sempre gravamos juntos ao vivo, mas desta vez tínhamos todos os nossos amplificadores e tambores e tudo na mesma sala. É tão natural e real quanto possível. O último álbum também foi muito cru, mas com este eu me lembro de diferentes momentos em que eu diria: ‘Acho que deveríamos refazer isso’, e Dave dizia: ‘Não, deixe assim. Assim fica mágico.'”

Conhecidos por seus shows elétricos ao vivo, a banda continuará em turnê até o final deste ano, incluindo shows futuros em The ELM, em Bozeman, Martin Woldson Theater at The Fox, em Spokane, Humphreys Concerts by the Bay, em San Diego, The Complex, em Salt Lake City, Boulder Theater, em Boulder, Orlando Amphitheatre, em Orlando, Jannus Live, em St. Petersburg, e Coca-Cola Roxy, em Atlanta, entre muitos outros. Todos os detalhes podem ser encontrados em www.blackberrysmoke.com/tour.

BE RIGHT HERE TRACK LIST
1. Dig A Hole
2. Hammer And The Nail
3. Like It Was Yesterday
4. Be So Lucky
5. Azalea
6. Don’t Mind If I Do
7. Whatcha Know Good
8. Other Side of the Light
9. Little Bit Crazy
10. Barefoot Angel
www.blackberrysmoke.com  

Ao longo de sua prolífica carreira, o Blackberry Smoke lançou sete álbuns de estúdio, incluindo “You Hear Georgia” de 2021, que celebrou seu 20º aniversário como banda. Lançado com aclamação da crítica, a Rolling Stone declarou: “O Blackberry Smoke é uma banda da Geórgia através e através… You Hear Georgia soa imenso”, enquanto a American Songwriter elogiou: “O Blackberry Smoke ainda está em chamas… um testemunho dessa tenacidade e uma ode intransigente a uma atitude insurgente e à tradição. Isso é evidente praticamente em cada nota e nuance”, e a Vintage Guitar proclamou: “Por 20 anos, o Blackberry Smoke da Geórgia manteve a rica tradição do Southern rock. You Hear Georgia… está imerso nessas raízes”. Além de seus álbuns de estúdio, eles lançaram vários outros projetos, como os EPs “Stoned”, “The Southern Ground Sessions” e “Live From Capricorn Studios”, além de “Homecoming: Live In Atlanta”, um álbum ao vivo e um filme de concerto, que estreou no topo da parada Americana/Folk Album Sales da Billboard.

Desde sua formação em 2001, o Blackberry Smoke continuou a fazer turnês incansavelmente, construindo uma comunidade forte e leal de fãs. Além de seu trabalho como músicos, a banda é profundamente comprometida com o trabalho de caridade e formou a Lana Turner Foundation, uma organização sem fins lucrativos que apoia várias fundações nacionais comprometidas com a cura do câncer infantil. Com esses esforços, a banda arrecadou mais de US$ 1.000.000 até o momento para beneficiar a pesquisa do câncer infantil.

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

The Dead Daisies entregam o seu melhor na Resurrected Tour

Dead Daisies tem o orgulho de lançar seu álbum ‘BEST OF’, composto por dezoito faixas de seis dos álbuns de estúdio da banda, juntamente com duas músicas inéditas. É um marco na carreira de dez anos da banda, que inclui algumas das favoritas do coletivo, além de outras que se tornaram parte essencial de cada setlist das turnês do grupo. O pacote também contém uma coleção de imagens do cofre dos Daisies, revisitando as formações, estúdios de gravação e algumas performances ao vivo históricas.

O lançamento do álbum ‘BEST OF’ coincide com a RESURRECTED TOUR nos Estados Unidos e Canadá. John Corabi está se sentindo ótimo, feliz por estar de volta ao comando e animado para dar início à turnê no dia 22 de agosto na Pensilvânia, depois subindo ao norte pelo Canadá e descendo pela Costa Oeste, encerrando as datas em Hollywood, Califórnia.

A persona de palco contagiante e envolvente de John vai te levar a um set matador de ‘BEST OF’ do The Daisies com seus colegas de banda Doug, Brian, David e o recém-chegado à formação, Michael Devin. Se juntando aos caras como convidados especiais estão Harm & Ease no Canadá e The Black Moods na Costa Oeste.

“E aí pessoal!!! Estou muito empolgado em estar de volta e tocando novamente com meus camaradas do The Dead Daisies!! Temos um novo álbum ‘Best Of’ disponível onde você pode comprar um disco, e nossa RESURRECTED TOUR vai ser sensacional!!! Os caras estão todos empolgados, as músicas estão incríveis e estamos ansiosos para aumentar o volume e trazer o “FUN CIRCUS” de volta à América do Norte!!! Até logo!” – John Corabi

Ao estilo verdadeiro dos Daisies e com três membros da família Whitesnake na banda, o The Dead Daisies vai tocar “Slide It In” em seu set como um “cumprimento” ao lendário David Coverdale e ao Whitesnake. Confira o vídeo AQUI.

Então, vamos ressuscitar a cena da música ao vivo e juntos manteremos o Rock vivo!

O álbum ‘BEST OF’ está disponível em CD duplo e vinil agora.

Para mais informações e a lista de faixas, acesse aqui:
https://thedeaddaisies.com/BestOf/

Fique atento ao jogo da banda, “Daisy ‘s Revenge”, apresentando músicas do álbum ‘BEST OF’.
https://www.daisysrevenge.com/

DATAS DA TURNÊ & INGRESSOS
https://thedeaddaisies.com/tour-2023/#us&canada

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Within Temptation anuncia oitavo álbum de estúdio ‘Bleed Out’

BLEED OUT
O NOVO ÁLBUM DE ESTÚDIO
LANÇADO DIA 20 DE OUTUBRO DE 2023
 OUÇA A FAIXA-TÍTULO “BLEED OUT” AQUI
PRÉ VENDA DO ÁLBUM AQUI

Within Temptation, a renomada banda holandesa de metal sinfônico, está prestes a cativar os fãs com seu oitavo álbum de estúdio, ‘Bleed Out’, que será lançado dia 20 de outubro de 2023, através de seu próprio selo, o Force Music Recordings.

‘Bleed Out’ representa um salto audacioso para a frente da banda. Desde riffs contemporâneos e impactantes até melodias grandiosas que exibem suas raízes sinfônicas, Within Temptation criou uma jornada sonora que mescla estilos musicais diversos e temas provocativos. Este é um álbum tão épico quanto francamente expressivo, e mais do que nunca, esta é uma banda que não tem medo de se posicionar sobre questões que lhes são importantes.

Desde o início da guerra na Ucrânia, Within Temptation mudou seu foco de escrever sobre emoções pessoais e temas sociais para abordar injustiças globais e refletir o estado tumultuado do mundo de uma maneira que outros artistas parecem incapazes ou não dispostos a fazer.

A vocalista Sharon den Adel declara: “A guerra na Ucrânia nos influenciou muito. Como artistas, somos inspirados pelo mundo e temos essa plataforma. Somos contadores de histórias e acredito que, como seres humanos, esses são assuntos dos quais deveríamos estar falando.”

Enquanto músicas como “Wireless” e “We Go To War” examinam a agressão autoritária presente na Ucrânia e em outras zonas de guerra, a própria faixa-título aborda a situação das mulheres que lutam por seus direitos no Irã após o assassinato de Mahsa Amini.

Sharon explica: “Eu vivi no Iêmen quando era criança. Meus pais viveram em vários países do Oriente Médio, e eu os visitei muitas vezes quando estavam lá. É um mundo diferente. Devido ao meu tempo lá, me sinto conectada a essa parte do mundo. Fiquei incrivelmente impressionada pela bravura das jovens mulheres que têm queimado seus lenços sabendo que seriam jogadas na prisão ou algo pior – é de partir o coração.”

Ouça a faixa título “Bleed Out”aqui.

O álbum também aborda as complexas questões em torno do direito de escolha das mulheres na recente faixa “Don’t Pray For Me” e ao longo do álbum, esse foco político e apaixonado é refletido na intensidade e na pesadez da música. Abraçando uma nova era de exploração musical e profundidade lírica, Within Temptation ultrapassou limites e demonstrou sua evolução artística, entregando uma proclamação de punho erguido de suas convicções morais e sua abordagem destemida à música.

Imbuído de uma vasta amplitude dinâmica que explora toda a profundidade da pesadez sinfônica, ‘Bleed Out’ é tão exuberantemente pesado quanto politicamente profundo.

Lista de faixas:
1: We Go To War
2: Bleed Out
3: Wireless
4: Worth Dying For
5: Ritual
6: Cyanide Love   
7: The Purge
8: Don’t Pray For Me
9: Shed My Skin (feat. Annisokay)
10: Unbroken
11: Entertain You

‘Bleed Out’ será lançado mundialmente no dia 20 de outubro em vários formatos e em todos os serviços de streaming através do próprio selo da banda, o Force Music Recordings. Para mais detalhes e para pré-encomendar o álbum, acesse https://www.within-temptation.com/

Siga Within Temptation
Spotify Youtube | Instagram

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Raven lança explosivo álbum novo, “All Hell’s Breaking Loose”

Álbum já está disponível em CD via Wikimetal Music

Se prepare para escutar heavy metal como você não vê há anos: o Raven, grupo veterano da New Wave of British Heavy Metal, lançou seu 15o álbum de estúdio, mais rápido e pesado que nunca.

A banda, formada pelos irmãos Gallagher (baixista e vocalista John e guitarrista Mark), e completada pelo extraordinário baterista Mike Heller, saíram do estúdio de Heller com 10 clássicos de heavy metal visceral, cada faixa recheada de riffs, reviravoltas, e caos.

Entre as músicas do disco, “Go For The Gold” é um destaque, e a amostra definitiva de tudo que os Gallaghers querem apresentar: é uma faixa que transborda de energia, e ao mesmo tempo tem um fundo melódico que torna a faixa destruidora e multidimensional. A faixa título, “All Hell’s Breaking Loose”, leva o ouvinte a uma jornada com detalhes escondidos em meio ao caos, sem mencionar um breakdown clássico e enérgico. Já em “Surf the Tsunami”, Heller invade seus ouvidos com um ritmo furioso, acompanhado por riffs espetaculares e caóticos. “Turn Of The Screw” é dançante até estourar com um refrão gigantesco; “The Far Side” tem um riff que já nasce sendo um clássico; “Desperate Measures” remete ao começo da história do grupo; e “Edge of a Nightmare” é um portal para o paraíso, tão forte quando a faixa de abertura, “Medieval”. 

O que o Raven entregou com All Hell’s Breaking Loose é a permissão para todos lembrarem o que é se perder na energia suprema do heavy metal, com couro e jeans repleto de suor. Lançado pelo selo Silver Lining, e em CD no Brasil pelo Wikimetal Music, “All Hell’s Breaking Loose” já está disponível nas plataformas e para venda online na Wikimetal Store.

TRACKLIST
1. Medieval
2. Surf The Tsunami
3. Turn Of The Screw
4. All Hell’s Breaking Loose
5. The Far Side
6. Desperate Measures
7. Victory’s Call
8. Edge Of A Nightmare
9. Invasion
10. Go For The Gold

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Alcatrazz mantém o rock clássico vivo em novo álbum “Take No Prisoners”

Com vocais de Doogie White (ex-Rainbow), novo álbum está disponível em CD via Wikimetal Music

Alcatrazz lança seu sexto álbum de estúdio, e o terceiro em 3 anos, “Take No Prisoners”. A banda se mostra cheia de energia e explora progressões melódicas combinadas com riffs intensos, em 10 faixas energéticas e carismáticas, cada uma apresentando a fusão única do som classic rock americano com a atitude inconfundível do metal britânico. 

Com os membros Doogie White (vocais), Joe Stump (guitarras), Jimmy Waldo (teclados), Gary Shea (baixo) e Larry Paterson (drums), e com Giles Lavery e Waldo produzindo, Take No Prisoners é um álbum barulhento e orgulhosamente classic rock, que se baseia nas tradições do Alcatrazz com excelentes guitarras gritantes, ritmo estrondoso e vocais que evocam o auge do Dio e Rainbow. 

O disco ainda contém a participação da banda Girlschool na faixa “Don’t Get Mad…Get Even”.

Lançado pelo selo Silver Lining, e em CD no Brasil pelo Wikimetal Music, “Take No Prisoners” já está disponível nas plataformas e para venda online na Wikimetal Store.

TRACKLIST
1. Little Viper]
2. Don’t Get Mad…Get Even (feat. Girlschool)
3. Battlelines
4. Strangers
5. Gates of Destiny
6. Alcatrazz
7. Holy Roller (Love’s Temple)
8. Power in Numbers
9. Salute the Colours
10. Bring on the Rawk

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br

Jonathan Wilson apresenta “The Village is Dead”

JONATHAN WILSON APRESENTA

THE VILLAGE IS DEAD” 

ASSISTA AO VÍDEO AQUI

O MAIS RECENTE SINGLE DO NOVO ÁLBUM EAT THE WORM

COM LANÇAMENTO PREVISTO PARA 8 DE SETEMBRO PELA BMG

Com o seu novo álbum pela BMG Eat the Worm chegando no dia 8 de setembro, o aclamado cantor, compositor e produtor Jonathan Wilson lançou a terceira faixa do projeto intitulada “The Village Is Dead”, juntamente com um videoclipe correspondente. Eat the Worm já está disponível para pré-venda aqui.

“The Village Is Dead” segue os singles anteriores “Marzipan” e “Charlie Parker”, e lamenta a evolução de Greenwich Village, em Nova York, onde os clubes de folk reinavam supremos na década de 1960.

“É minha homenagem ao antigo renascimento folk dos anos 60 em Greenwich Village, com visões de Moondog e Dave Van Ronk percorrendo a MacDougal Street”, diz Wilson. “Mas eu situei isso em 2021, onde tudo o que você encontra são algumas dezenas de lojas de vape, karaokê no Gaslight, beer pong no Cafe Wah e jovens universitários ricos desfilando pelas esquinas da NYU em Manhattan. No final da canção, assim que as cordas se elevam e a música atinge um clímax, dois jovens da geração Zoom incendeiam minha narrativa na antiga guitarra de Jimi Hendrix, momento em que eu jogo a toalha e declaro oficialmente que “The Village is Dead.'”

“Muitas dessas músicas são uma reação ao trabalho de produção que faço”, relata Wilson sobre o novo álbum. “Eu estaria no estúdio, passando longos dias com pessoas, e teria algumas ideias malucas e fora do comum, e eles diriam, ‘não, não, isso parece loucura, JW.’ Então eu as guardava para o meu álbum. Finalmente estou em um ponto em que me sinto totalmente livre para arriscar e resistir à vontade de simplificar as coisas. Tem que ser meio estranho.”

Com esse objetivo, Wilson se deu bastante tempo para permitir que as músicas se desdobrassem ao longo dos últimos dois anos. Ter seu próprio estúdio cinco estrelas em Topanga Canyon, Califórnia, também lhe permitiu dedicar tanto tempo quanto quisesse a ajustar as faixas. “Há muitos detalhes nas músicas. Eu senti que este álbum também era uma oportunidade para expandir o meu som, então há muito mais cordas e metais comparado ao que já fiz antes”, ele diz. “Eu queria aplicar parte da paleta sonora de algumas das produções em que trabalhei na minha própria coisa. Há muita experimentação, e quase nenhuma das músicas começou comigo e um violão. Eu realmente queria algo que soasse fresco e novo.”

Wilson, natural da Carolina do Norte, mudou-se para Los Angeles há 15 anos e tornou-se uma parte integral da comunidade musical como um artista e produtor respeitado. Foi lá que ele gravou e tocou a maioria dos instrumentos em seus aclamados álbuns Gentle Spirit (2011), Fanfare (2013) e Rare Birds (2018). Logo antes da pandemia, o artista multitalentoso foi para Nashville gravar no lendário Sound Emporium Studio, de Cowboy Jack Clement, o que resultou em Dixie Blur (2020), uma coleção de músicas que remetia às suas raízes do Sul, tanto musical quanto pessoalmente. Dixie Blur encontrou Wilson retornando às bases musicais de sua criação, ao mesmo tempo avançando ao infundir a música com texturas modernas e paisagens sonoras estéticas.

Tendo se juntado à banda de turnê de Roger Waters como guitarrista e vocalista em sua épica turnê de 2017-2018 “US + THEM”, Wilson continua no mesmo papel na atual turnê “This Is Not a Drill”. Quando não está em turnê com Waters, Wilson produz álbuns para artistas como Father John Misty, Margo Price, Billy Strings, Conor Oberst, Roy Harper, Dawes e Angel Olsen, para citar alguns.

Créditos: Andrea Nakhla

Website | Instagram | Twitter |Facebook

Marketing e Promoção no Brasil:
ForMusic – info@formusic.com.br