Segregatorum: Música inédita será apresentada no Chaos Metal Fest

Créditos da foto: Aline Bedin Fotografia

No dia 20 de novembro da banda gaúcha SEGREGATORUM participará do festival online Chaos Metal Fest, produzido por Ederson Leão em parceria com a Kaotic Records, onde apresentará uma faixa inédita, que fará parte de seu novo álbum. Lucas Lazzarotto (vocal), Christian Gedoz e Luiz Felipe Dias Flores (guitarra), Lucas Carbonera (baixo) e Carlos Acosta (bateria), que no momento divulgam o EP ao vivo “Live In Desolation”, aproveitaram o trabalho em estúdio para gravar “Pia Mater”. Segundo Lucas Lazzarotto, as músicas para o novo álbum estão bem encaminhadas, o que facilitou o registro: “Gravamos a “Pia Mater” com o intuito de mostrar ao público como este próximo álbum virá, e nos próximos dias vamos voltar ao estúdio para gravar o restante das músicas. Serão oito faixas inéditas e uma faixa bônus”.

“Live In Desolation” é um produto resultante de outro festival online, o Quarentena Rock Online Festonde a banda apresentou duas faixas do debut, “Nourished Wounds”e “Lemarchand’s Dominus” e a faixa inédita “Sliver Ov Light”. O material foi gravado ao vivo no Cosmic Studio em Bento Gonçalves, onde também foi mixado e masterizado por Mateus Carrer. A capa do trabalho foi criada pelo vocalista Lucas Lazzarotto, que já havia desenhado a arte do debut, “Lemarchand’s Dominus”lançado em março.

Além do SEGREGATORUM, Chaos Metal Fest contará com as bandas Colt 45, Mães Morrendo, Imago Mortis, Lani, Dinnamarque, Eternal Fall, Ode Insone e Daimonos, e será exibido em https://www.youtube.com/EdersonCardosoLeao.

Ouça “Live in Desolation” no Spotify:

Assista ao vídeo clipe de “Lemarchand’s Dominus”:

Contatos:

Facebook: https://www.facebook.com/segregatorum
Instagram: https://www.instagram.com/segregatorum

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

On Fire Booking Agency confirma turnês do Pesto e Disgrace and Terror na Europa em 2021

A agência On Fire Booking Agency fechou contrato com as duas bandas brasileiras para a realização de turnês na Europa no próximo ano. Os paraenses do Disgrace and Terror estão programados para fazer sua terceira excursão por terras europeias entre o final de abril e o meio de maio de 2021, enquanto os mineiros do Pesto irão fazer a sua primeira investida pela Europa entre julho e agosto. Além das bandas citadas, a agência também está com contrato fechado com as bandas Amken (GRE) em abril, Faces of Death em maio e junho, Syntz em junho e Dezaztre Natural (CHI) em julho.

“Algumas dessas bandas estavam programadas para fazer suas respectivas turnês em 2020, mas, devido à pandemia do Covid-19, tivemos que remarcá-las para 2021, casos da grega Amken e das brasileiras Faces of Death e Syntz”, declarou Alexandre Brito, proprietário da On Fire Booking Agency. “É claro que estamos aguardando o desfecho do que irá acontecer com relação à pandemia para saber como iremos fazer com a todas essas tours”, acrescentou.

A On Fire Booking Agency foi criada no final de 2011, organizando turnês pela Europa para o Disgrace and Terror e Desalmado. “Em 2012, a notícia dessas turnês que organizei se espalhou no underground e outras bandas começaram a me procurar para fazer esse trabalho. Decidi entrar de cabeça no projeto e, desde então, venho realizando esse serviço com muito empenho e dedicação. Durante esse tempo, realizei mais de 40 turnês por todo o território europeu, passando por Portugal, Espanha, França, Alemanha, Suíça, Itália, Eslovênia, Áustria, República Tcheca, Polônia, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Suécia, Romênia, Bulgária e Rússia”, contou Brito, que também é baterista das bandas Andralls e Nuclear Wafare (ALE). “Entre as bandas que a On Fire já trabalhou estão Andralls, Claustrofobia, Torture Squad, Venomous, Surra, Desalmado, Executer, Disgrace and Terror, Corpsia, Encéfalo, Miasthenia, Imminent Attack, Nuclear Warfare, Válvera, Woslom e muitas outras”, completou.

A agência, que possui Van própria, Backline, Serviço de Booking, Motorista e Tour Manager, ainda tem períodos em aberto para o segundo semestre de 2021, entre os meses de outubro e dezembro. Para mais informações, entre em contato através do e-mail onfirebookingagency@gmail.com.

Veja o vídeo com cenas na estrada em https://youtu.be/1E5KLMgbQ-I

Alírio Netto: assista ‘collab’ em música de Kiko Loureiro para o “Open Source Project”

O ator e cantor Alírio Netto (Shaman, Queen Extravaganza) participou de uma collab especial com o guitarrista Kiko Loureiro (Megadeth, ex-Angra) para o “Open Source Project”. Alírio criou uma letra e interpretou sua versão para a faixa “Du Monde” do álbum “Open Source” e que foi divulgada no canal de Kiko Loureiro. O “Open Source Project” foi idealizado por Kiko Loureiro com o objetivo de incentivar e possibilitar que músicos criem novas versões a partir das músicas do disco original.

Assista o vídeohttps://youtu.be/v5_p8OekJPw

“Foi uma honra participar deste projeto do Kiko Loureiro. Interpretar e criar uma letra para uma música instrumental é algo desafiador. Escrevi esta letra que na minha opinião sintetiza um pouco da história e das aventuras do Kiko. A música é sensacional, demonstra muita emoção e tentei mostrar isso na interpretação”, disse Alírio Netto. As onze faixas do álbum instrumental “Open Source” são de autoria de Kiko Loureiro e quem for vocalista também pode participar criando letras e usando as músicas como base.

No currículo de Alírio Netto, o ator realizou o papel de Jesus na produção mexicana de “Jesus Cristo Superstar” e de Judas na produção brasileira do mesmo musical pelo qual foi escolhido pelo jornal O Estado de São Paulo como Melhor Ator de Musicais de 2014. Além disso, Alírio Netto e sua esposa Livia Dabarian tiveram a grande honra e oportunidade de protagonizar a versão brasileira do musical “We Will Rock You”, musical do Queen, no papel de Galileo e Scaramouche. Alírio já gravou álbuns com as bandas Khallice e Age of Artemis com quem tocou inclusive no Rock in Rio e seu CD solo “João de Deus”. Recentemente, o músico lançou as músicas “Back to the Light e “De Sol a Sol”.

Links relacionados:
Site Oficial Alírio Netto: http://www.alirionetto.com/
Facebook Alirio Netto: https://www.facebook.com/nettoalirio/
Instagram: @alirio_netto

Nervosa lança primeira parte de documentário das gravações do novo álbum “Perpetual Chaos”

A banda Nervosa lançou a primeira parte do documentário sobre as gravações do disco novo “Perpetual Chaos”. Nesse primeiro episódio aparecem cenas das meninas se encontrando pela primeira vez, e mais entrevistas e cenas das gravações da bateria. O grupo ainda revelou que haverá mais três partes a serem lançadas do documentário nos próximos meses. O documentário possui legendas em português.

Veja o documentário:

Eleni comenta:

“Este é o começo de uma nova jornada para a Nervosa. Nós curtimos cada momento. Assistindo esse documentário, vocês poderão ter a experiência dessa jornada através dos nossos olhos”

Prika comenta:

“O documentário é muito especial pra gente porque podemos compartilhar com nossos fãs os momentos únicos e maravilhosos que vivemos juntas pela primeira vez gravando o disco novo, começando uma amizade e construindo um futuro”

O disco foi gravado, produzido e mixado por Martin Furia em Málaga no Artesonao Casa De Grabacion. Com co-produção de Prika Amaral e masterização de Yarne Heylen

“Perpetual Chaos” é o quarto disco da carreira da Nervosa e será lançado mundialmente no dia 22 de janeiro de 2021 pela Napalm Records. Aqui no Brasil será licenciado e lançado pela gravadora Dynamo Records com um bonus track em português, na mesma data.

A pré-venda do novo disco no Brasil estará disponível na loja oficial da banda

www.nervosastore.com

A Nervosa é Diva Satanica (vocal), Prika Amaral (guitarra), Mia Wallace (baixo) e Eleni Nota (bateria)

Acompanhe a Nervosa em seus canais oficiais:

www.facebook.com/femalethrash

www.instagram.com/nervosathrash

www.nervosaofficial.com

https://open.spotify.com/artist/5D9d9xyLNQu32QVD9t4YqH?si=RwrIV_zyQxqw1kO9lVsPIQ

Finita: Participação confirmada na terceira edição do Lvna Fest

A banda gaúcha FINITA participará da terceira edição do Lvna Fest, festival que acontecerá no domingo, dia 01 de novembro, no canal do YouTube LVNA Art. Neste festival, bandas de Doom, Gothic e Black Metal mostrarão a potência de mulheres nos gêneros mais sombrios do Metal. Luana (vocal), Portela (guitarra), Allison (baixo), Guilherme (teclado) e Pablo (bateria) divulgam o álbum ao vivo “Live at Metal Sul Festival”gravado na segunda edição do evento, no ano passado. Na estrada há dez anos, o grupo de Santa Maria trabalha numa sonoridade voltada ao Black/Death, Gothic e Symphonic Metal, alternando vocal lírico com gutural. Suas composições abordam temas como natureza, filosofia e religião, e dentre os planos da banda para 2021 está o lançamento da segunda parte do EP “Lie”.

Confirme presença:

https://www.facebook.com/events/1433412763523165

Ao lado do FINITA estarão as bandas Sidus Atrum (Ucrânia), AlocerCrucifixion BRDarkshipM26MiastheniaSilent CrySoturnaVetitum e Melissa Giowanella (performance artística). O LVNA Art nasceu em fevereiro de 2020, através de uma primeira edição de festival, que aconteceu em Curitiba/PR. Depois do primeiro festival, surgiu o espaço virtual onde encontram-se divulgações de bandas, artistas em suas mais variadas vertentes, playlists e muito mais, tudo isso sempre com foco em exaltar a potência feminina no metal pesado nacional e internacional. Após o sucesso da segunda edição, que já conta com mais de 2200 visualizações no YouTube, surgiu a ideia da próxima edição, que novamente aconteceráde forma online e terá a participação de bandas que transitam entre o Doom, Gothic e Black Metal. Para além de alguns desses estilos entendidos como majoritariamente masculinos, o festival busca visibilizar as bandas com mulheres na formação, mostrando que nesse meio também existem artistas mulheres que produzem materiais de grande qualidade. 

Inscreva-se no canal do Lvna Fest:

https://www.youtube.com/LVNAartfest/

Assista ao vídeo de “Lucifer’s Empire”:

Ouça o álbum “Live at Metal Sul Festival” no Spotify:

Contatos:

Facebook: www.facebook.com/Finita.metal

Youtube: www.youtube.com/Finita

Instagram: www.instagram.com/finita.metal

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Kiko Shred divulga informações de seu novo álbum “Rebellion” e vídeo da faixa título

O guitarrista Kiko Shred, que já acompanhou grandes nomes do Rock/Metal como Tim Ripper Owens, Udo Dirkschneider, Andre Matos, Doogie White, Michael Vescera, Leather Leone e Blaze Bayley, finaliza ainda este ano seu quarto CD de estúdio, “Rebellion”.

O álbum traz como novidades a participação especial do vocalista Doogie White (Rainbow / Michael Schenker), a estreia do novo vocalista Ed Galdin e a parceria com a Absolute Master (masterização analógica).

Kiko Shred comentou sobre o momento atual: “Estou muito contente com o line up atual da banda.  Muito grato ao Doogie White por ter aceitado meu convite para participar do disco. Também estou muito empolgado com a masterização analógica da Absolute Master. Até então eu só tinha trabalhado com masterização digital, com programas que simulam a “verdadeira masterização”, e a diferença é muito grande. Neste disco eu consegui a melhor produção de toda minha discografia!”

Confira o vídeo do novo single, “Rebellion”, música título do novo álbum:
https://youtu.be/K6gykpSF2Zc

A formação da banda de Kiko Shred, traz – além dele na guitarra – Ed Galdin (vocal), Will Costa (baixo) e Lucas Tagliari (bateria).

Páginas relacionadas:
www.facebook.com/kiko.shred
www.instagram.com/kikoshredoficial

Pilot Wolf: Apostando em temáticas bélicas e socioculturais, banda lança lyric video e álbum

Formada em 2016 na cidade de Vitória da Conquista/BA, a banda PILOT WOLF chega ao lançamento oficial de seu aguardado debut “Killer Machine”, álbum com dez faixas e um bônus track, o já conhecido single “The Red Baron”, lançado no ano passado. Breno Fernandes (vocal), Weslley Porto (guitarra), Joabe Rios (guitarra), Gleidson Ribeiro (baixo) e Fábio Loureiro (bateria) apostam numa sonoridade voltada ao Heavy Metal tradicional, com pitadas de Power Metal e Thrash Metal, sempre focando na agressividade, com influências notórias de Metal Church e Grave Digger. Lançado de forma independente,  “Killer Machine” está, por enquanto, disponível apenas em formato físico, e conforme o baterista Fábio Loureiro, a saída tem sido muito boa: “Decidimos segurar o lançamento digital e focar nas vendas físicas, e no pouco tempo em que o CD foi disponibilizado, a procura tem sido muito boa. A mídia digital se sobrepôs ao formato físico, mas não o extinguiu. Então, é uma grande satisfação enviar o CD para tantos headbangers espalhados pelo país. O curso natural é levar o material para as plataformas. Entretanto, manter o formato por um tempo é tanto uma exigência econômica da banda, como uma maneira de tornar o trabalho exclusivo (ainda que por um curto espaço de tempo), reconhecendo assim a importância daqueles que ainda adquirem CDs”. 

Para alavancar a  divulgação do álbum, o PILOT WOLF produziu um lyric video para a faixa “Masters of Disease”, com criação de Christian Benardis. Segundo Fábio, a letra fala basicamente sobre o seguinte: “De um modo geral, todas as letras deste álbum se propõem a algum tipo de crítica. Apesar do aspecto bélico estar presente como um tema central, as atenções são voltadas às dinâmicas sociais que permeiam eventos ou momentos históricos. Masters of Disease é um exemplo disto. A letra é de 2016 e expressa um contraponto claro à forma pela qual a religião se institucionaliza e ganha poder suficiente para rechaçar visões de mundo que não se coadunem à determinada crença ou dogma”.

Assista ao lyric video de “Masters of Disease”:

Apostando em temáticas bélicas e socioculturais, o PILOT WOLF já havia dado uma prova tanto de sua sonoridade quanto da referida abordagem no próprio single de “The Red Baron”, que retrata a história do aviador alemão Manfred Von Richthofen, mais conhecido como Barão Vermelho. O piloto de caça alemão na Primeira Guerra Mundial é considerado ainda hoje como o “ás dos ases”. Servindo no braço aéreo do Exército Imperial Alemão (Luftstreitkräfte), ele foi um líder militar, e como piloto se tornou um ícone da aviação, obtendo o maior número de vitórias (oitenta) de um único piloto durante a Primeira Guerra. Sobre a temática lírica de “The Red Baron”, Fábio afirma que: “a música não é uma homenagem, mas a exposição de um personagem histórico interessante: sua origem, feitos, fama entre aliados e inimigos, e morte”.

Ouça o single “The Red Baron” no Spotify:

Confira o track list do álbum:

1 – Marching
2 – Strike Back
3 – Killer Machine
4 – The Red Baron
5 – Ignition
6 – Palace of Death
7 – Illusions
8 – Masters of Disease
9 – Ghost Warriors
10 – North Wind

Bonus track:

11 – The Red Baron (Single Mix Version)

Para adquirir o CD (camisetas serão disponibilizadas em breve) direto com os membros da banda basta enviar uma mensagem através do Instagram ou da página do Facebook ou comprar pelo site https://ihells.loja2.com.br.  

Contatos:
Facebook:
 www.facebook.com/pilotwolfofficial

Instagram: www.instagran.com/pilotwolfofficial

Youtube: www.youtube.com.br/pilotwolfofficial
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

SACRIFIX divulga sua formação oficial!

A nova banda de Thrash Metal paulistana SACRIFIX, fundada esse ano por Frank Gasparotto (ex-Anthares, ex-Goatlove, ex-Infamous Glory, atual Spiritual Hate e Masmorra) divulgou hoje sua formação oficial definitiva com:

Frank Gasparotto – Vocal/Guitarra
F. Blackmortem – Guitarra (Spiritual Hate, Ode Mortvm, ex-Justabeli)
Kexo – Baixo (Infamous Glory, Death By Starvation)
Gustavo Piza – Bateria (Infamous Glory)

SACRIFIX encontra-se atualmente no North Greenhouse Studios, em São Paulo/SP, gravando todos os vocais e instrumentos para o álbum de estreia, cujo título provisório é “World Decay 19”,e tem data prevista de lançamento para dezembro desse ano (2020).

Este trabalho será produzido por Frank Gasparotto e terá mixagem a cargo do experiente produtor Marco Nunes (Chaosfear, ex-Goatlove), que já produziu bandas como Genocídio, Goatlove, Chaosfear, Masmorra, entre outros. Serão sete faixas do mais puro, visceral, cru e old school Thrash Metal repleto de influências de grandes nomes como SodomSlayerTestamentExodusMegadeth e Kreator, e com letras em inglês que abordam temas característicos do estilo, como por exemplo guerra, ocultismo, críticas sociais, questões existenciais e violência.

SACRIFIX não tem a intenção de ser apenas “mais uma” banda no meio de milhares de outras de Thrash Metal em nosso país, mas sim mostrar como fazê-lo da forma mais intensa, honesta, vigorosa e violenta possível, respeitando os primórdios de sua criação, sem frescuras e estrelismos.

“Em meio ao cenário caótico de pandemia em que vivemos, nada melhor do que tocar um Thrash Metal com sangue nos olhos. E ter todos esses grandes músicos e amigos juntos comigo nessa nova empreitada é revigorante”comentou Frank Gasparotto.

Confira o teaser da faixa “Let Him Die” em:
https://youtu.be/r6Rz5BLOktg

Confira o teaser de “World Decay 19” em:
https://youtu.be/jJBfFSAFAzY

Formação:

Frank Gasparotto – Vocal/Guitarra
F. Blackmortem – Guitarra
Kexo – Baixo
Gustavo Piza – Bateria

Mídias sociais:

Instagram:www.instagram.com/sacrifix_official
Facebook:www.facebook.com/sacrifix_official
YouTube:www.youtube.com/channel/UC5W2er0ttoIDf4K-V0k30DA

Acesso Music Fest anuncia programação completa de evento beneficente

Festival online beneficente visa arrecadar fundos para a causa animal. Venom Inc., Picture, Menace e Gangrena Gasosa estão entre as bandas confirmadas.

O site jornalístico brasileiro Acesso Music está divulgando a primeira edição do Acesso Music Fest, um evento online beneficente em prol da causa animal. A transmissão acontece dia 15 de novembro, 19h (BRT time), via Youtube. Entre as atrações confirmadas, estão grandes nomes do Metal mundial: o Venom Inc., Picture Menace, projeto de Mitch Harris, do Napalm Death. Entre os brasileiros, estão nomes como o saravá metal do Gangrena Gasosa, o rocker Marco D’Lacerda e o prog ThirdEar, que recentemente participou do Euroblast.

O Acesso Music firmou uma parceria com a ONG Crazy Cat Gang, que resgata, fornece tratamento veterinário e encontra lares para gatos abandonados, na cidade de Curitiba. Durante a transmissão, haverá um QR Code na tela para que os espectadores façam suas doações diretamente para a instituição. O guitarrista Mark Jansen (Epica, Mayan), é um dos apoiadores do evento.

Assista a mensagem de Mark Jansen: https://www.youtube.com/watch?v=vnxP-Wjn4tw

Além de reunir mais de duas dezenas de grandes bandas, o festival também terá um cast de respeito em relação aos apresentadores: Fernanda Lira (Crypta), Ricardo Batalha (Roadie Crew), Paulo Baron (CEO da Top Link Music), Pedro Nicolas (Produtor), entre outros, já estão confirmados.

Acesso Music

O Acesso Music é um portal cultural, fundado em 2017, por Kenia Cordeiro e pelo veterano jornalista Clovis Roman, que tem extenso currículo em rádios, TV e revistas, sempre focado na música pesada. Os dois fundadores juntaram suas forças e experiências para um veículo de comunicação focado em matérias aprofundadas sobre o estilo, em resenhas de discos, shows e entrevistas com artistas e bandas do mundo todo.

Confira todas as bandas confirmadas para o Acesso Music Fest: Venom Inc., Picture, Menace, Gangrena Gasosa, The Secret Society, Marco D’Lacerda, ThirdEar, Choke, Final Disaster, Divulsor, FlowerLeaf, Vikram, Exylle, Child O’Flames, Punkake, Guilherme Costa, Divine Pain, Repressor, Mercy Killing, The Damnnation, Infamous Glory.

Serviço
Acesso Music Fest – Online Edition

Data: 15 de novembro de 2020

Horários: 19h (BRT time) – 15h (Los Angeles) – 18h (Nova Iorque) – 23h (London) – 01 (Moscou) – 07h (Japan)

Transmissão:  https://bit.ly/3lq88rI (se increva e ative a notificação)

Facebook event: https://www.facebook.com/events/1195164544197811

Site: www.acessomusic.com.br

Facebook: www.facebook.com/acessomusic2
Instagram: www.instagram.com/acessomusic

Infos: contato@acessomusic.com.br

Crazy Cat Gang: www.crazycatgang.com.br

Apoiadores: Lvna Art, O+ Produções, Julian Dedablio Design, Top Link Music, Studio Morphose, Quiat Produções, Let’s Rock Rock Wear, Classic Metal Records e Caio Indica.

Rage In My Eyes: Assista video com versão de “A Perigo”, do Engenheiros do Hawaii

A banda gaúcha RAGE IN MY EYES acaba de liberar no Youtube uma versão para a música “A Perigo”, dos conterrâneos do Engenheiros do Hawaii. Gravada para o Bode Metal Festa versão mostra um pouco das diversas influências do grupo, que decidiu investir em algo diferente para o festival, fugindo do padrão “metálico”. Como convidado especial, a banda chamou Matheus Kleber para tocar acordeão, músico já conhecido por suas participações anteriores, seja em estúdio ou nos palcos. “A Perigo” faz parte do álbum “Simples de Coração”, lançado em 1995 e que marcou o fim de uma fase para Humberto Gessinger & cia. Além de ser o único gravado em formato de quinteto, também foi o último registro com o baterista Carlos Maltz, da formação clássica. Pouco depois, o Engenheiros do Hawaii seguiu apenas com Gessinger e novos integrantes.

Assista ao vídeo de “A Perigo”:

Sobre a escolha de “A Perigo”, o baterista Francis Cassol foi taxativo: “Todos dentro da banda curtem os mais variados estilos de música, não apenas Heavy Metal, então foi natural buscarmos essa diferenciação, de trazer um pouco das influências de Rock gaúcho e criar essa versão. E para quem conhece Engenheiros do Hawaii e o próprio Humberto Gessinger, sabe que ele curte Heavy Metal, tanto é que há muitas passagens nas músicas antigas do Engenheiros que tem uma pegada mais metálica”. E após a participação no Bode Metal Fest e a realização de uma live comemorativa de um ano do show com o Iron Maiden, o grupo se prepara para participar de outros eventos online, a serem divulgados em breve.

Ouça “Ice Cell” no Spotify:

Assista ao vídeo clipe de “Hole in the Shell”:

Sunroad anuncia tracklist e título de novo álbum: “Walking The Hemispheres”

O nono disco de estúdio do grupo contará com 10 faixas inéditas em coautoria com o vocalista e multi-instrumentista francês Steph Honde

Não restam dúvidas ao ser afirmar que a banda goiana Sunroad é um dos nomes mais relevantes da cena Hard Rock/AOR de toda a América do Sul. Afinal, são mais de 20 anos de carreira, oito discos lançados, shows por várias regiões do Brasil e outros países da América do Sul, alguns, inclusive, ao lado de grandes nomes do rock mundial de todos os tempos como Joe Lynn Turner, Doogie White, Petra, Stryper, L.A. Guns, Whitecross, Narnia, etc.

Banda estradeira, o Sunroad estava dando sequência a turnê de divulgação de seu mais recente disco, “Heatstrokes”, indicado ao Prêmio Dynamite de Música Independente como um dos “Melhores Álbuns de Rock de 2019”, quando precisou cancelar várias datas por conta da pandemia do novo coronavírus, inclusive uma turnê que faria por várias regiões do Brasil ao lado do ex-vocalista do Yngwie Malmsteen, Mark Boals.

De forma a manter-se ativa durante o período da pandemia, a banda decidiu voltar aos estúdios e iniciar o processo criativo de seu novo e próximo disco, que vem agora ser anunciado: “Walking The Hemispheres”. Previsto para ser lançado no primeiro semestre de 2021, “Walking The Hemispheres” vai reunir 11 faixas: “Walking The Hemispheres”, “Living In A Dream (Red Sign Mirror)”, “The Tides Patterns”, “Silence Erupting Inside”, “Written In The Mist”, “The Mess And Its Key”, “Halo Of Hearts”, “Detached Picture Of Venus”, “Victim Of Nowhere”, “Shoot The Clock” e o cover do UFO, “Try Me”.

Uma grande novidade é que “Walking The Hemispheres” está sendo composto em parceria com o grande vocalista e multi-instrumentista francês Steph Honde, mais conhecido pelo seu super projeto de hard rock Hollywood Monsters que reúne músicos lendários como Don Airey e Vinny Appice, entre outros.
De acordo com o baterista Fred Mika, a parceria e amizade com Honde foi crescendo e evoluindo ao longo dos anos.

“Já conhecia o Steph Honde há uns cinco anos através do saudoso Milton Arthur, que me incentivou abrir meu próprio selo, MusiK Records, no final de 2016. E um dos primeiros lançamentos do selo foi justamente um álbum do Steph. Anos depois, em 2019, eu fui convidado para regravar uma das faixas para o terceiro álbum de seu projeto fixo, Hollywood Monsters, que tinha vários músicos famosos da cena mundial, o que foi uma honra. Além do mais, ele gostou das artes que vinha desenvolvendo para o Sunroad e acabei por fazer a capa daquele disco, “Thriving On Chaos”. Depois disso, em várias conversas informais que tivemos, eu lhe disse que já estava trabalhando nas composições do próximo disco do Sunroad, uma vez que estávamos inativos para shows por conta da pandemia, foi quando o Steph logo perguntou se poderia participar. E, nesse processo, começamos a trocar ideias e o Steph acabou participando ativamente das composições como coautor em nove das 11 faixas.”

Ainda de acordo com Fred, “Walking The Hemispheres” será um álbum ainda mais musicalmente sofisticado que seu antecessor, com uma sonoridade esteticamente voltada ao AOR.

“No Sunroad sempre exploramos e aprimoramos novos horizontes dentro do melodic hard rock com um pé no AOR e até no heavy metal mais tradicional e trabalhado. Esse disco terá mais camadas de vozes, mais links melódicos de guitarras, mais grooves e até inclusão inédita de órgão Hammond B3 e várias camadas de strings em algumas faixas, o que deve fazer alguns ouvintes lembrarem de bandas como Deep Purple.”

As gravações de “Walking The Hemispheres” estão sendo realizadas simultaneamente no SH Studio em Manosque, França, e no Brasil nos estúdios Musik em Goiânia, sob produção de Fred Mika e Netto Mello.
A arte da capa do álbum foi criada pelo desenhista alemão Lars Nilssen.

Mais Informações:
www.facebook.com/sunroadofficial

www.instagram.com/sunroadofficial

www.soundcloud.com/sunroad-group

www.facebook.com/officialmusikrecords

Weald & Woe: Guitarrista do By Fire & Sword lança álbum de seu projeto Black Metal

Conhecidos através do Heavy/Power Metal épico e empolgante do BY FIRE & SWORD, alguns integrantes da banda americana também apostam em projetos voltados ao Metal Extremo. O guitarrista Brother Jeffrey (Jeff Young) mostra seu lado obscuro com a banda de Black Metal WEALD & WOE, que acaba de lançar seu primeiro álbum, intitulado “The Fate of Kings and Men”. Atendendo pela alcunha de Artos, o guitarrista também ficou responsável pelos vocais, baixo, bateria e teclados, enquanto Maelstron auxiliou na bateria. Composto de nove faixas, o material em nada lembra sua outra banda, e conforme entrevista concedida para a revista virtual Rock Meeting, o músico a explica a relação entre as duas bandas: “Eu estava trabalhando no material de Weald & Woe em paralelo com as demos do By Fire & Sword. Ambos têm aspectos sonoros muito diferentes, então é muito fácil separá-los quando necessário, e eu realmente gostei de trabalhar neles simultaneamente, pois cada um me permitiu uma pausa do outro. O Weald & Woe é na verdade um projeto solo, então é mais fácil de escrever, já que sou eu que tenho que fazer tudo, exceto a bateria…”.

Ouça a faixa “The Fate of Kings and Men” no Youtube:

“The Fate of Kings and Men” foi disponibilizado no Bandcamp, através do seguinte link:  https://wealdandwoe.bandcamp.com, e também está disponível para venda física em formato de CD através da página da banda no Facebook (https://www.facebook.com/wealdandwoe) ou do Bandcamp. Uma versão em fita K7 será lançada pela Fólkvangr Records. Já o BY FIRE & SWORD trabalha no sucessor do EP “Freedom Will Flood All Things With Light”com lançamento previsto para 2021.

Ouça “The Fate of Kings and Men” no Spotify:

Contatos:
Facebook: 
https://www.facebook.com/wealdandwoe
Instagram: https://www.instagram.com/wealdandwoe  
Bandcamp: https://wealdandwoe.bandcamp.com
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

DEATH CONSPIRACY lança single e vídeo de estreia!

A música extrema brasileira tem agora um novo monstro representante da brutalidade: DEATH CONSPIRACY! O grupo paulista de Modern/Brutal Technical Death Metal lançou em todas as plataformas tradicionais de streaming seu single de estreia, “Living To Explain”, e junto com ele um videoclipe – tão brutal quanto sua sonoridade – através do conceituadíssimo canal americano de lançamento de vídeos no YouTube, Metal Monks!

Fãs de bandas como Death (fase técnica), Cannibal Corpse, Abysmal Dawn, Hate Eternal, Meshuggah, Decapited e Fear Factory, irão mergulhar de cabeça na sonoridade do DEATH CONSPIRACY, similar a uma hecatombe devastadora de fazer monstros como Godzilla se sentirem como um Pikachu!

Confira o vídeo de “Living To Explain” em:
https://youtu.be/VBYlYkgn9c4

Mixagem, masterização, direção de arte e produção por Michel Villares (M&H Studio)
Direção de arte por Dough D’Magalhães
Edição por: Dough D’Magalhães e Ricky Franco
Vídeo filmado no Black Saga Studio
Logo por Caio Garibaldi (Garibaldi Tattoo Studio)

O vídeo de “Living To Explain” conta com a participação especial de Emerson Soares (Apokrisis) no baixo, também responsável pelas excelentes artes gráficas do grupo e é dedicado ao grande amigo da banda e músico Gustavo Polidori (guitarra, Hatematter), que infelizmente veio a falecer recentemente.

O  DEATH CONSPIRACY era um projeto de Brutal Technical Death Metal, inicialmente formado como um trio no ABC Paulista (região da grande São Paulo), em 2016, por Bruno Toledo (guitarra), Harrison Duarte (guitarra) e Dough D’Magalhães (bateria). Seu objetivo desde a formação era mostrar dentro do Death Metal um trabalho brutal, técnico, fugindo do tradicionalismo simplista consagrado do estilo e abusando de riffs, escalas com mudanças de ritmo abruptas. Com a entrada do vocalista, baixista e conceituado produtor Michel Villares (X-Empire, Silence Tempest e Raiging Evil), também proprietário do M&H Studio, em 2018, a banda realmente se encontrou musicalmente. Guardadas as devidas proporções, seria como se o Death, do saudoso Chuck Schuldiner e uma das maiores influências do grupo, ainda existisse e continuasse se modernizando e incorporando diversas amplitudes sonoras, como por exemplo o Djent e Industrial, em produções brutais e cristalinas. “Living To Explain”, umas das primeiras composições já como quarteto, superou tanto as expectativas dos músicos que o conceito de projeto inicial foi rapidamente abortado, tornando-se em uma banda realmente sólida e prolífica. Em outubro de 2020, “Living To Explain” foi lançado como single e vídeo, enquanto a banda continua no processo de gravação de seu primeiro EP “Intolerance”, com previsão de lançamento ainda para esse ano. E, mesmo com a pandemia de coronavírus que está assolando o mundo, a máquina DEATH CONSPIRACY não parou e continua se preparando cada vez mais e melhor, ensaiando para iniciar sua maratona de shows e, também, compondo dez novas músicas para o lançamento de seu primeiro álbum completo já intitulado, “Into The Oblivion”. Se prepare, pois DEATH CONSPIRACY, o novo monstro da brutalidade técnica brasileira, vai fazer um “estrago”!

Formação:

Michel Villares – Vocal/Baixo/Produção
Bruno Toledo – Guitarra
Harrison Duarte – Guitarra
Dough D’Magalhães – Bateria

Discografia:

“Living To Explain” (Single/2020)
“Intolerance” (EP/2020)
“Into The Oblivion” (Álbum/2021)

Ouça DEATH CONSPIRACY em:

Spotify:https://sptfy.com/deathconspiracy
Deezer:https://www.deezer.com/br/artist/110190902
YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCKx8A8PC6t2jc7tZv3dd5ew

Mídias sociais:

E-mail: deathconspiracyofc@gmail.com
Facebook: www.facebook.com/deathconspiracy
Instagram: www.instagram.com/deathconspiracy

Eloy Fritsch: Tecladista do grupo de Rock Progressivo Apocalypse lança novo álbum

Créditos da foto: Ricardo Fritsch

O compositor e tecladista ELOY FRITSCH lançou, nas plataformas digitais, o novo álbum “Moment in Paradise”. Neste décimo quarto álbum solo o tecladista da banda de Rock Progressivo gaúcha Apocalypse gravou doze novas músicas, incluindo a suíte “High Places”, formada por quatro partes em estilo instrumental fusion. A composição “Moment in Paradise” é no estilo sinfônico e procura recriar a imagem da capa do álbum que representa o compositor ainda criança navegando em seu bote sobre um caminho de teclado que leva a um lugar de sonhos e fantasias. O álbum ainda traz a composição “Silver Dream”, uma homenagem ao tecladista Keith Emerson do grupo inglês ELP, uma das influências de Fritsch para compor esse disco. Ele comenta: “Este álbum é bem diferente do anterior “Journey to the Future” lançado no ano passado. Ao invés de ser melódico e eletrônico baseado em sintetizadores, o novo disco é rock e fusion, com uma variedade maior de solos e improvisos nas músicas. Na maioria das composições, além de bateria e baixo, eu uso sons de piano e outros teclados clássicos como o Clavinet, Rhodes Fender, órgão Hamond e Minimoog”.

Ouça o álbum no Youtube:

Ouça o álbum no Spotify:

A maior parte do álbum foi composto e gravado durante a pandemia no estúdio particular do compositor. Fritsch comenta como foi trabalhar durante esse período diferente na vida todos: “Eu tinha vários projetos para 2020 com apresentações musicais e shows com o Apocalypse. Mas com a pandemia foram todos cancelados. Um balde de água fria nas minhas expectativas para esse ano. Então, após um período de depressão e adaptação à nova realidade, consegui energia para voltar a compor produzindo música instrumental e que resultou no novo álbum”.

O tecladista gaúcho também está disponibilizando seu novo site, recheado de informações, no endereço www.ef.mus.br.

Contatos:

Site: www.ef.mus.br

Youtube: https://www.youtube.com/user/effsynth

Facebook: https://www.facebook.com/eloy.fritsch

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Do Culto Ao Coma antecipa novo álbum com single ‘A Euforia entre Nós’

“IMAGO”, sucessor de “Destinorama”, está agendado para janeiro de 2021

Crédito: João Pedro Chiavone

Do Culto Ao Coma, formado por Thiago Holzmann (vocal e teclado), Guilherme Costa (baixo e teclado), Leandro TG Mendes (guitarra) e Leonardo Nascimento (bateria e teclado), apresenta “A Euforia Entre Nós”, o primeiro single do novo álbum, sucessor do conceitual “Destinorama” (2015).

“Este single, que estreou com exclusividade no programa Autoral Brasil, da Kiss FM, marca nossa evolução para uma linha sonora mais moderna, unindo elementos de orquestra e música clássica com riffs pesados de guitarra e baixo. Ela demonstra muita coloração ao trazer um clima mais introspectivo da melodia vocal que, ao longo da música, evolui para uma intensa e catártica explosão sonora”, detalhou o guitarrista Leandro TG Mendes. “Para nós, ela é emblemática, com personalidade forte, marcante, técnica, mas de fácil acesso ao ouvinte”, completou o vocalista e tecladista Thiago Holzmann.

Confira “A Euforia Entre Nós” em https://youtu.be/N3WPy4jDm2w

Mesclando rock progressivo com tendências modernas, “IMAGO”, o novo álbum, agendado para ser lançado em janeiro de 2021, apresenta novas perspectivas e transformações musicais de seus integrantes. O material foi produzido pela própria banda e por Filipe Coelho, do Coelhos Studio (São Bernardo do Campo), que também foi responsável pela gravação, mixagem e masterização. “Paramos todas as atividades externas da banda por um bom tempo para a criação do segundo álbum. Na época, tínhamos uma ideia da onde queríamos chegar, mas nesse meio tempo aconteceram mudanças significativas em nossa vida pessoal. Estas coisas foram impactando diretamente nas escolhas estéticas e acredito que conseguimos sair da sombra do primeiro disco e atingir um lugar muito especial na nossa jornada como músicos e como banda. Estamos orgulhosos do disco que vai sair!”, concluiu Leandro TG Mendes.

Streaming:
Spotify – https://goo.gl/WObE6Y
Deezer – https://www.deezer.com/br/artist/9273926

Site: http://www.docultoaocoma.com.br
Mídias sociais: @docultoaocoma
E-mail: docultoaocoma@gmail.com


No Life on Earth apresenta segundo single, “Time is Blind”

Alan Wallace, Jay Arriaga, PJ e Andre Acosta lançarão EP “Into Fire We Burn” em 30 de outubro pela Blood Blast

O No Life on Earth, que já tinha antecipado o EP “Into Fire We Burn” com o single e lyric video da faixa-título, apresenta agora o segundo single, “Time is Blind”, que conta com a participação do renomado produtor dinamarquês Tue Madsen (Moonspell, Meshugahh, Alchemia, Heaven Shall Burn e outros). “Tue madsen é um amigo de longa data e trabalhou nos álbuns do Eminence – “The God of All Mistakes”, “Minds Apart” e “The Stalker”. Achei muito interessante chamá-lo para participar  fazendo um solo em ‘Time is Blind’, porque ele também é um excelente guitarrista”, declarou o guitarrista Alan Wallace (Eminence), idealizador do projeto ao lado de Jay Arriaga (bateria, Scattered Storm).

Ouça “Time is Blind” em https://youtu.be/DZoIXzdrtnw

O No Life on Earth foi criado em meio ao isolamento social causado pela pandemia de COVID-19 por Alan Wallace (guitarra, Eminence) e Jay Arriaga (bateria, Scattered Storm), que recrutaram PJ (baixo, Jota Quest) e Andre Acosta (vocal, Hereafter The Wave). O EP de estreia, “Into Fire We Burn”, será lançado no dia 30 de outubro pela Blood Blast, subsidiária digital da Nuclear Blast. O material, produzido por Jay Arriaga e Alan Wallace e que teve arte de capa a cargo de Marco Pimentel, ainda conta com participações de Andreas Kisser (Sepultura), Cesar Soto (Ministry) e Hector Camarena (Hereafter the Wave).

Repertório – “Into Fire We Burn” (EP):
1 – Into Fire We Burn (c/ Hector Camarena)
2 – The Gravity (c/ Andreas Kisser)
3 – Nothing is Real (c/ Cesar Soto)
4 – Time is Blind (c/ Tue Madsen)

Site relacionado: https://nolifeonearthband.com/

Mídias sociais: @nolifeonearthband

The Lightbringer of Sweden: Debut chega a quase meio milhão de plays e conquista ótimas resenhas

A nova sensação sueca do Power Metal, THE LIGHTBRINGER OF SWEDEN, está chegando aos 500 mil plays do debut “Rise of the Beast” entre o Youtube e Spotify, resultado da ótima aceitação do álbum, que também tem recebido diversas resenhas positivas em publicações de todo o mundo. Além do material digital, “Rise of the Beast” também foi disponibilizado em diversos formatos físicos, com três versões de CD e vinil. O guitarrista e principal compositor, Lars Eng, está acompanhado de Herbie Langhans (vocal), Jonas Andersson (guitarra), Johan Bergqvist (baixo) e Tobbe Jonsson (bateria) nesta meteórica jornada, e embora o álbum tenha saído em plena pandemia, o resultado tem sido mais do que satisfatório, como contou Lars“Estamos muito felizes com a receptividade do álbum e é através das inúmeras mensagens nas redes sociais e na quantidade de plays nas plataformas digitais é que podemos comprovar a força das músicas. As inúmeras resenhas positivas também tem nos ajudado bastante, atingindo novo público e levando nossa música para mais pessoas”.

Assista ao lyric vídeo de “Into the Night”:

O álbum foi contou com a mixagem e masterização do experiente Fredrik Nordström (Arch Enemy, Dark Tranquility, Dimmu Borgir) no Studio Fredman em Gotemburgo, Suécia, enquanto a belíssima capa foi criada pela artista gráfica Isabell SarstedtNiklas Dahlin, guitarrista do Insania, participou como convidado especial nas faixas “Heaven Has Fallen” e “Shadows of the Night”. Na imprensa, “Rise of the Beast” foi dissecado e elogiados por sites e blogs como Tortureviews, Stargazed, Roppongirocks, Time-for-metal, Valkyrianmusic, Planetheavy, Metalandme, Rock-garage, dentre outros. No Valkyrianmusic, o redator declarou: “Este é um dos melhores álbuns de power metal que ouvi este ano. No que diz respeito ao gênero, o Lightbringer of Sweden não está exatamente reinventando a roda, mas eles são bons no que fazem. Se continuarem no mesmo caminho, terão um futuro brilhante pela frente”. Já o Stargazed foi direto: “Me encontrei apenas curtindo o álbum e me esqueci de resenhar. Isso é muito bom!”.

E assim como ocorreu em agosto, “Rise of the Beast” repetiu o feito em setembro: foi o álbum mais ouvido no canal NWOTHM Full Albums, atingindo novamente o primeiro lugar com mais de 20 mil execuções, ao lado de bandas como Eternal Champion, Cobra Spell, Night, Riot City, Sorcerer Visigoth.

Na foto, o vocalista Herbie Langhans, que também faz parte do Avantasia

Ouça “Rise of the Beast” no Spotify:

Contatos:
Site oficial: https://www.thelightbringer.se 

Facebook: https://www.facebook.com/TheLightbringerMetal

Twitter: https://twitter.com/larsengofsweden

Instagram: https://www.instagram.com/thelightbringersweden

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Wolfheart And The Ravens: Novo single dá seguimento à projeto de lançamentos mensais

A banda Wolfheart and The Ravens (antiga Ravenland) acaba de lançar mais um single, trata-se de “Bring me Victory”, faixa gravada para o tributo brasileiro aos ingleses do My Dying Bride. O single “Bring me Victory” foi lançado no dia 30/09 e faz parte de um projeto de lançamentos onde a banda pretende liberar  um single por mês até dezembro.

Confira “Bring me Victory”no Spotify:


No início da pandemia, a banda lançou o single “Gimme your Blood”, e apesar de terem os shows desse ano cancelados, inclusive dois quais fariam ao lado do Visions of Atlantis,da Áustria e com o Lacrimas Profundere,da Alemanha, o Wolfheart and The Ravens foi convidado para a quinta edição do Roadie Crew Online Festivalse destacando pelo seu Gothic Metal Industrial.

Confira abaixo a performance da banda no Roadie Crew Online Festival:

Contatos:

Site: www.wolfheartandtheravens.com

Facebook: https://www.facebook.com/WOLFHEARTandTheRavens

Instagram: https://www.instagram.com/wolfheart_and_the_ravens

Youtube: www.youtube.com/user/dewindsonvocal
Spotify: http://bit.ly/WATRSpotify

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Final Disaster divulga a capa de seu primeiro full lenght, “Halls Of Despair”

O Final Disaster acaba de divulgar a capa de seu primeiro ‘full lenght’, “Halls Of Despair”. A arte da capa é de autoria de Lucas Meow, mesmo artista das capas dos singles “Turn it Off” e “Dark Delight”. Lucas também foi anunciado recentemente como novo guitarrista da banda.

“Halls Of Despair” está previsto para ser lançado em 2021 e contará a história do Serial Killer, Mr.Joe, e sua trilha de sangue e destruição deixada por onde passa.

Já foram lançados 4 singles desse álbum; “Another Victim”, “Turn it Off”, “Dark Delight” e “Quiet Now”. Mais um single será lançado antes do lançamento do álbum. Aguardem.

Recentemente o Final Disaster lançou nas plataformas digitais o EP “Unplugged (From The Rest of The World)”, material acústico que conta com 4 faixas.

Ouça:
https://open.spotify.com/album/6a5WffxE9BXS8VlYLyGD9n?si=uPakUN2iQE6FINBnDL0xAw

A formação do Final Disaster traz Kito Vallim (vocal), Deborah Moraes (vocal), Rodrigo Alves (guitarra), Lucas Meow (guitarra), Felipe KBÇA (baixo) e Bruno Garcia (bateria).

Acompanhe o Final Disaster em seus canais oficiais:
www.finaldisaster.net
www.facebook.com/FinalDisaster
www.instagram.com/finaldisasterofficial

Hard rock pesado, Allen Key lança o tão esperado single Straw House

Música de estreia chega no streaming e em lyric vídeo pela Canil Records

Crédito: @jowhead

“Straw House” é a primeira música lançada pela banda Allen Key, mas a estreia via Canil Records carrega ao menos oito anos de projeções, criações e ajustes para enfim soltar esta canção hard rock eletrizante, pesada, com nuances de trilha sonora. Ouça aqui: http://bit.ly/Straw_House.

É um hard que se sobressai com vocais femininos agudos e melódicos, entre momentos suaves e agressivos, sempre acompanhados por um instrumental cirúrgico e dinâmico. Pantera, Evanescence, Linkin Park e Gorija são algumas das influências.

“Straw House”, produzida, mixada e masterizada na LoudFactory (São Paulo), conta a história de um amigo da vocalista que, anos atrás, sofreu abusos num relacionamento, um enredo com começo, meio e fim, embalado com distintos sentimentos, tensões, apreensões e uma mensagem. Como uma trilha sonora de um filme.

A versatilidade da Allen Key expressa tudo isso em sons e sensações e é sobre sensibilidade e transgredir emoções que a banda veio para ficar. Além de Karina Menascé (Mercy Shot), que é vocalista e baixista, tem Victor Anselmo (guitarrista), Pedro Fornari (guitarra) e Felipe Bonomo (bateria).

A música de estreia da Allen Key também chega em um impactante lyric video. “Queremos que o clipe mostre a força do rinoceronte, como se ele fosse o parceiro ferido, começando com os seus olhos em chamas, ele correndo em direção, até a casa onde tudo está pegando fogo, e ele dentro de um hexágono de fogo, com tudo em chamas ao seu redor”, revela a banda.

A Allen Key já tem outras músicas em fase final de produção e, também via Canil Records, serão lançadas em muito breve. A previsão do próximo single é janeiro de 2021.

Allen Key na internet

instagram.com/allenkeyofficial/

facebook.com/allenkeyofficial