Author Archives: Thiago Da Silva Tavares

BANDA NORTE-AMERICANA INTERPOL ANUNCIA SHOW EXTRA EM SÃO PAULO

Devido ao grande sucesso de vendas, Interpol confirma show extra na capital paulista. Os ingressos estarão disponíveis a partir de 04/12 pelo site da Livepass. Confira abaixo as datas da turnê no Brasil:

Formada nos anos 90, Interpol é uma banda de rock surgida em Nova York e conta em sua formação atual com Paul Banks (vocal, guitarra), Daniel Kessler (guitarra, vocais) e Sam Fogarino (bateria).

O trio traz uma sonoridade cheia de linhas de baixo e guitarras harmoniosas, no melhor estilo pós-punk, sendo um dos grupos associados à cena musical independente da cidade estadunidense. Entre seus maiores sucessos, podemos destacar as composições “Evil”, ” All The Rage Back Home” e “Obstacle 1”. O grupo tem sete álbuns lançados. Nesta turnê, que passa pelo Brasil em junho de 2024, irão homenagear os dois primeiros trabalhos, “Turn on the Black Lights” (2002) e “Antics” (2004). Com mais de 20 anos de carreira, Interpol promete um show de rock inesquecível e cheio de energia.

A realização da turnê pelo país, que faz homenagem aos 2 primeiros álbuns da banda, é da Move Concerts Brasil. As únicas apresentações acontecem no Rio de Janeiro (05/06, no Vivo Rio) e em São Paulo (07 e 08/06, na Audio). Os ingressos já estão à venda pela Livepass (www.livepass.com.br/artist/interpol), à exceção do show extra (dia 08/06, na Audio), que serão vendidos a partir de 04/12.

Sobre o álbum “Antics”

Depois de dois anos em turnê, o quarteto retornou no início de 2004 ao Tarquin Studios, de Peter Katis, em Bridgeport (Connecticut), para gravar seu segundo álbum. Eles já haviam criado diversas músicas na estrada, como “Length of Love”, “Narc” e “C’mere”. Neste período, revisitaram e reinventaram o material de “Turn on the Black Lights” dia após dia, descobrindo novos pontos fortes.

Sobre o álbum “Turn on the Black Lights”

O álbum de estreia do quarteto de Nova York é uma obra completa que declara tudo o que a banda tem a dizer. Do emocionante “PDA” ao monumental “Untitled”, passando pelo assombroso “Say Hello To The Angels”, o disco é um registro elegante da força jovem e da melancolia do fim do século.

SERVIÇO – RIO DE JANEIRO

Data: 05/06/2024

Local: Vivo Rio

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 Parque do Flamengo. Rio de Janeiro-RJ20021-140

Abertura dos Portões: 19h

Horário do Show: 21h

Classificação Etária: 16 anos desacompanhado. Menores de 16 anos apenas acompanhados pais/responsável legal. Sujeito a alteração, conforme decisão judicial.

Limitações: 6 ingressos por CPF.

Site de vendas: www.livepass.com.br/artist/interpol

A Livepass não se responsabiliza por compras efetuadas em canais não oficiais.

SETORES E PREÇOS*

Premium – R$530,00 (inteira) / R$265,00 (meia-entrada) / R$397,50 (desconto Vivo Rio)

Pista – R$330,00 (inteira) / R$165,00 (meia-entrada) / R$247,50 (desconto Vivo Rio)

Camarote A – R$465,00 (inteira) / R$232,50 (meia-entrada) / R$348,75 (desconto Vivo Rio)

Camarote B – R$400,00 (inteira) / R$200,00 (meia-entrada) / R$300,00 (desconto Vivo Rio)

Camarote C – R$350,00 (inteira) / R$175,00 (meia-entrada) / R$262,50 (desconto Vivo Rio)

Frisas – R$280,00 (inteira) / R$140,00 (meia-entrada) / R$210,00 (desconto Vivo Rio)

(*) Sujeito à disponibilidade

Parcelamento em até 04 vezes sem juros

BILHETERIA OFICIAL (SEM COBRANÇA DE TAXA DE SERVIÇO)

VIVO RIO (apenas dia 09/11/2023)

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85Parque do Flamengo. Rio de Janeiro-RJ20021-140

Funcionamento: 10h às 17h

Estádio Nilton Santos – Engenhão (a partir do dia 10/11/2023)

Endereço: Bilheteria Norte – Rua das Oficinas, s/n – Engenho de Dentro, Rio de Janeiro – RJ, 20770-001

Funcionamento: Terça a sábado das 10h às 17h

* Não tem funcionamento em feriados, emendas de feriados, dias de jogos ou em dias de eventos de outras empresas.

SERVIÇO – SÃO PAULO

Data: 07/06/2024 e 08/06/2024 (show extra)

Local: Audio

Endereço: Avenida Francisco Matarazzo, 694 – Barra Funda

Abertura dos Portões: 19h

Horário do Show: 21h

Classificação Etária: 16 anos desacompanhado. Menores de 16 anos apenas acompanhados pais/responsável legal. Sujeito a alteração, conforme decisão judicial.

Limitações: 6 ingressos por CPF.

Site de vendas: www.livepass.com.br/artist/interpol

A Livepass não se responsabiliza por compras efetuadas em canais não oficiais.

SETORES E PREÇOS*

Pista – R$430,00 (inteira) / R$215,00 (meia-entrada)

Camarote – R$530,00 (inteira) / R$265,00 (meia-entrada)

(*) Sujeito à disponibilidade

Parcelamento em até 04 vezes sem juros

BILHETERIA OFICIAL (SEM COBRANÇA DE TAXA DE SERVIÇO)

ESPAÇO UNIMED

Endereço: Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo/ SP

Funcionamento:Terça a Sábado – das 10h00 às 17h00 | Não há funcionamento aos domingos e feriados. Em dias de eventos na casa, a bilheteria só funciona para o evento do dia.

Venda para o público em geral: Ingressos à venda, à exceção do show extra (dia 08/06/24 – Audio), que estarão disponíveis a partir de 04/12.

Eric Clapton anuncia shows no Brasil de sua turnê mundial em comemoração aos seus 60 anos de carreira

Treze anos após sua última passagem pelo país, o celebrado guitarrista retorna com a turnê mundial comemorativa de 60 anos de carreira

Eric Clapton está comemorando 60 anos de carreira e, para celebrar, volta aos palcos em sua nova turnê mundial que começa em 09 de maio do próximo ano em Newcastle, na Inglaterra e já tem datas para chegar ao Brasil: os shows por aqui acontecerão em Curitiba, no dia 24 de setembro, Ligga Arena; no Rio de Janeiro, dia 26 de setembro, na Jeunesse Arena, e em São Paulo, no dia 29 de setembro, no Allianz Parque. As apresentações também contarão com o show de abertura do cantor e guitarrista vencedor do Grammy Gary Clark Jr.

Estas serão as primeiras apresentações de Eric no país em mais de uma década: a última passagem do artista por aqui aconteceu em 2011, quando ele fez dois shows no Rio de Janeiro, uma apresentação em São Paulo e outra em Porto Alegre. Anteriormente, o artista já havia estado no Brasil em 1990 e em 2001.

Os shows de Eric Clapton no país são apresentados pelo Santander Brasil, em mais uma realização da Move Concerts. Os Ingressos estarão em pré-venda exclusiva para clientes com cartão SANTANDER a partir de 11 de dezembro, com possibilidade de parcelamento em até 6x sem juros. Já para o público em geral, as vendas iniciam dia 13 de dezembro, ambos em livepass.com.br. Confira mais informações abaixo em SERVIÇO.

Em outubro de 1963, Eric Clapton conseguiu seu primeiro emprego em tempo integral quando se juntou ao The Yardbirds. Nos anos que se seguiram, ele continuou a inovar, enquanto explorava o blues, o rock, o pop, o jazz o country, a música orquestral, standards, o R&B, o trip-hop – e até o techno – como artista solo e em bandas inovadoras como Bluesbreakers de John Mayall, Cream, Blind Faith, Delaney & Bonnie & Friends, Derek & The Dominos, Legends e TDF.

A carreira de décadas inclui, além de dezenas de álbuns, prêmios e estádios com ingressos esgotados, a aclamação inabalável da crítica por sua exibição consistente de trabalhos lendários com a guitarra. Eric Clapton foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame como membro dos Yardbirds em 1992, como membro do Cream em 1993 e como artista solo em 2000.

Nascido em Surrey, na Inglaterra, em março de 1945, Eric Clapton é considerado um dos guitarristas mais influentes e bem-sucedidos da história do rock, e seu nome aparece constantemente na lista dos melhores de todos os tempos – ele ocupa o segundo lugar nos “100 maiores guitarristas de todos os tempos” da Rolling Stone, o quarto lugar no “Top 50 guitarristas de todos os tempos” da Gibson e é o número cinco na lista da revista Time dos “10 melhores guitarristas elétricos” da história.

Clapton nasceu de uma mãe adolescente e de um soldado canadense, que serviu na Inglaterra durante a Segunda Guerra Mundial e voltou para sua esposa antes do garoto nascer. Clapton foi criado em grande parte pelos avós. Ele começou a tocar violão na adolescência e estudou por um tempo no Kingston College of Art. Depois de tocar guitarra solo com duas bandas menores, em 1963 ele se juntou ao Yardbirds, um grupo de rhythm & blues no qual sua técnica de tocar e comandar influenciada pelo blues começou a atrair a atenção. Clapton deixou os Yardbirds em 1965, quando eles buscavam o sucesso comercial com um estilo pop. Naquele mesmo ano, ele se juntou ao Bluesbreakers de John Mayall, e seu jeito de tocar guitarra logo se tornou a principal atração do grupo, atraindo seguidores fanáticos na cena noturna de Londres.

Em 1966, Clapton deixou o Bluesbreakers para formar uma nova banda com outros dois virtuosos músicos de rock, o baixista Jack Bruce e o baterista Ginger Baker. Este grupo, Cream, alcançou popularidade internacional com sua fusão sofisticada de rock e blues, que apresentava solos improvisados. O domínio de Clapton na forma e no fraseado do blues, suas corridas rápidas e seu vibrato foram amplamente imitados por outros guitarristas de rock. A alta energia e intensidade emocional de sua execução em músicas como “Crossroads” e “White Room” estabeleceram o padrão para o solo de guitarra rock. O Cream se separou no final de 1968, tendo gravado álbuns como “Disraeli Gears” (1967), “Wheels of Fire” (1968) e “Goodbye” (1969).

Em 1969, Clapton e Baker formaram o grupo Blind Faith com o tecladista e vocalista Steve Winwood e o baixista Rick Grech, mas o grupo se separou após gravar apenas um álbum. Clapton emergiu como um vocalista competente em seu primeiro álbum solo, lançado em 1970. Ele logo reuniu um trio de músicos fortes (o baixista Carl Radle, o baterista Jim Gordon e o tecladista Bobby Whitlock) em uma nova banda chamada Derek and the Dominos, com Clapton como guitarrista, vocalista e compositor. O guitarrista Duane Allman juntou-se ao grupo na realização do clássico álbum duplo “Layla and Other Assorted Love Songs” (1970), considerado a obra-prima de Clapton e um marco entre as gravações de rock. Decepcionado com as vendas fracas de Layla, Clapton entrou em reclusão por dois anos. O retorno com enorme sucesso aconteceu com o álbum “461 Ocean Boulevard” (1974), que incluiu sua nova versão de “I Shot the Sheriff”, de Bob Marley. No álbum, Clapton adotou uma abordagem mais relaxada que enfatizou suas composições e habilidades vocais, em vez de tocar guitarra.

Nos 20 anos seguintes, Clapton produziu uma série de álbuns, incluindo “Slowhand” (1977), “Backless” (1978), “Money and Cigarettes” (1983), “August” (1986), “Unplugged” (1992) – que apresentava o hit “Tears in Heaven, ” escrito após a morte de seu filho – e “From the Cradle” (1994). Na cerimônia do Grammy Awards de 1993, “Tears in Heaven” ganhou o prêmio de música e disco do ano, e “Unplugged” foi eleito o álbum do ano. Clapton também explorou suas influências musicais com duas colaborações vencedoras do Grammy: “Riding with the King” (2000) com a lenda do blues B.B. King e “The Road to Escondido” (2006) com o guitarrista J.J. Cale. O sucesso crítico e comercial desses álbuns solidificou sua estatura como um dos maiores músicos de rock do mundo, e lançamentos subsequentes, como “Clapton”(2010),  “Old Sock” (2013) e “I Still Do” (2016), capturaram com precisão seu talento. Em 2018, Clapton lançou seu primeiro álbum natalino, “Happy Xmas”.

“Clapton, uma autobiografia”, foi publicada em 2007, e o documentário “Clapton: Life in 12 Bars” apareceu em 2017. Eric Clapton foi introduzido no Rock and Roll Hall of Fame como membro dos Yardbirds em 1992, como membro do Cream em 1993 e como artista solo em 2000.

SERVIÇO: Eric Clapton & Gary Clark Jr

Curitiba, Brasil
Data: Terça-feira, 24 de setembro de 2024
Local: Ligga Arena (Arena da Baixada)
Abertura dos portões: 17h
Início dos shows: 19h20
Classificação Etária: 16 anos desacompanhado. Menores de 16 anos apenas acompanhados pais/responsável legal. Sujeito a alteração, conforme decisão judicial.
Vendas em: www.livepass.com.br

Pré-venda:

Pré-venda para clientes Santander começa: Segunda-feira, 11 de dezembro de 2023, às 10h
Pré-venda para clientes Santander termina: Quarta-feira, 13 de dezembro de 2023, às 09h59

Venda Geral: Quarta-feira, 13 de dezembro de 2023, às 10h

Preços:

Pista Premium – R$950,00 / Pista Premium meia-entrada – R$475,00
Cadeira Inferior – R$850,00 / Cadeira Inferior meia entrada – R$425,00
Cadeira Superior – R$450,00 / Cadeira Superior meia-entrada – R$225,00
VIP (Cadeira Lateral) – R$1.200,00 / VIP (Cadeira Lateral) meia-entrada – R$600,00
Sports Bar (Cadeira Central) – R$1.200,00 / Sports Bar (Cadeira Central) meia-entrada – R$600,00
Camarote – R$1.200,00

(*) Sujeito à disponibilidade. Parcelamento em até 6x sem juros para clientes Santander e em 3x sem juros para demais clientes.

Rio de Janeiro, Brasil
Data: Quinta-feira, 26 de setembro de 2024
Local: Jeunesse Arena
Abertura dos portões: 17h
Início dos shows: 19h20
Classificação Etária: 16 anos desacompanhado. Menores de 16 anos apenas acompanhados pais/responsável legal. Sujeito a alteração, conforme decisão judicial.
Vendas em: www.livepass.com.br

Pré-venda:

Pré-venda para clientes Santander começa: Segunda-feira, 11 de dezembro de 2023, às 10h
Pré-venda para clientes Santander termina: Quarta-feira, 13 de dezembro de 2023, às 09h59

Venda Geral: Quarta-feira, 13 de dezembro de 2023, às 10h

Preços:

Pista Premium – R$1.250,00 / Pista Premium meia-entrada – R$625,00
Pista – R$560,00 / Pista meia-entrada – R$280,00
Cadeira N1 Lateral – R$760,00/ Cadeira N1 Lateral meia entrada – R$380,00
Cadeira N1 Central – R$680,00 / Cadeira N1 Central meia entrada – R$340,00
Cadeira Superior – R$460,00 / Cadeira Superior meia-entrada – R$230,00
Camarote Central – R$1.300,00 / Camarote Central meia-entrada – R$650,00
Camarote Lateral – R$1.500,00 / Camarote Lateral meia-entrada – R$750,00

(*) Sujeito à disponibilidade. Parcelamento em até 6x sem juros para clientes Santander e em 3x sem juros para demais clientes.

São Paulo, Brasil
Data: Domingo, 29 de setembro de 2024
Local: Allianz Parque
Abertura dos portões: 15h
Início dos shows: 18h20
Classificação Etária: 16 anos desacompanhado. Menores de 16 anos apenas acompanhados pais/responsável legal. Sujeito a alteração, conforme decisão judicial.
Vendas em: www.livepass.com.br

Pré-venda:

Pré-venda para clientes Santander começa: Segunda-feira, 11 de dezembro de 2023, às 10h
Pré-venda para clientes Santander termina: Quarta-feira, 13 de dezembro de 2023, às 09h59

Venda Geral: Quarta-feira, 13 de dezembro de 2023, às 10h

Preços:

Pista Premium – R$1.200,00 / Pista Premium meia-entrada – R$600,00
Pista – R$620,00 / Pista meia-entrada – R$310,00
Cadeira N1 Lateral (Gold) – R$830,00 / Cadeira N1 Lateral (Gold) meia entrada – R$415,00
Cadeira N1 Central (Silver) – R$730,00 / Cadeira N1 Central (Silver) meia entrada – R$365,00
Cadeira Superior – R$430,00 / Cadeira Superior meia-entrada – R$215,00

(*) Sujeito à disponibilidade. Parcelamento em até 6x sem juros para clientes Santander e em 3x sem juros para demais clientes.

Confira a segunda parte do RENATOCAST com Zhema Rodero do VULCANO

Créditos da foto: Necroshorns (https://www.instagram.com/necroshorns)

Está no ar a segunda parte de uma trilogia especial sobre o VULCANO com o guitarrista Zhema Rodero no podcast RENATOCAST, apresentado por Renato Sanson. Na primeira parte do bate-papo, disponibilizado no mês de outubro, Zhema compartilhou insights sobre a formação da banda e a transição do Rock and Roll para um som mais extremo. O ex-baixista, agora guitarrista, também detalhou a experiência de gravação do álbum “Live!” e explicou as dificuldades de comunicação com outras bandas nos anos 1980 e sublinhou a importância dos fanzines no desenvolvimento da cena metálica da época.

Nesta segunda parte do especial, Zhema foi indagado sobre a parte temática do VULCANO e a importância na composição das letras e de que forma isto é trabalhado na banda. O guitarrista citou o ex-membro Carli Cooper, chamando-o de “mestre da minha classe”, referente à sua influência no início da década de 1980, relembrando momentos de descobertas líricas e que vieram a influenciar seu estilo de compor nas décadas seguintes. Segundo Zhema, seu estilo de composição segue uma regra, onde um percentual da letra conta exatamente o que ele tem em mente, e o percentual restante aplica-se uma fórmula que prende mais o ouvinte, através de um refrão marcante, por exemplo. De acordo com Zhema, tanto um riff ou um refrão poderão conquistar o ouvinte de imediato, mas afirmou que não há uma fórmula exata de composição que prenderá o ouvinte.

Além disso, o bate-papo seguiu para a área da tecnologia, tanto das mídias físicas quanto da internet, onde foram abordados os prós e contras de tantas mudanças, que de uma forma ou de outra afetam o mundo da música e nosso dia a dia. Zhema lembrou inclusive quando surgiu o CD de forma massiva, onde era dito que seria a “morte do vinil”. No campo da internet, destacou-se a facilidade com que os contatos podem ser feitos, mas ao mesmo tempo acabam fazendo com que percamos muito tempo conectados, não sobrando tempo nem para ler um livro. Zhema citou ainda uma fala de Carli Cooper, que chama a atual geração de “geração polegar”, devido a utilização dos polegares para escrever no celular. Confira mais acessando o podcast!

Ouça o podcast no Spotify:

KRUYSSEN lança a complexa “Mist”, o elo perdido entre o Classic Rock, Fusion e o Prog Metal

Crédito: Fotos por Thiago TX

A banda de Progressive Modern Metal, com mais de 20 anos de trajetória, Kruyssen, originária do Rio Grande do Norte e liderada pelo virtuoso músico e compositor Israel Tenório, atualmente residente nos Estados Unidos, apresenta ao mundo o envolvente videoclipe da impactante e progressiva faixa “Mist”, retirada de seu mais recente álbum conceitual, “Metanoia”.

Assista ao videoclipe “Mist” em https://youtu.be/loiRAwxd9Uk

“Mist” não é apenas uma música, mas uma jornada sensorial que se desdobra nas profundezas da mente, guiada pela trama intricada de “Metanoia”. A letra, centrada em um personagem imerso em estruturas de manipulação religiosa e espiritual, serve como o epicentro dessa narrativa musical inovadora.

O enredo desvela o despertar desse protagonista para as manipulações que o cercam, uma narrativa que ecoa as reflexões de Karl Marx e Friedrich Engels sobre a transformação das forças produtivas, como “Tudo que é sólido se desmancha pelo ar”. Nesse contexto, “Mist” explora a natureza volátil do que é considerado sagrado, desafiando as normas estabelecidas e propondo uma metamorfose mental.

A neblina/névoa, (tradução literal de ‘mist’) é mais do que um elemento atmosférico na música; é uma metáfora para as manipulações impostas pelo ambiente social e religioso. O personagem, agora desperto, condena essa estrutura, prometendo que aqueles que perpetuam essa manipulação desaparecerão da sociedade.

Inspirada por ícones do Progressive Rock, tais como Emerson, Lake & Palmer, Rush, Yes e Allan Holdsworth, somados ao peso do Prog Metal mais técnico de bandas como Dream Theater e Fates Warning, “Mist” é uma obra-prima musical que transcende os limites do gênero. Mesmo com seu videoclipe adotando uma abordagem mais direta e centrada na performance, destacando a execução musical de forma intimista, a música oferece uma experiência sonora única.

Ao assistir ao videoclipe de “Mist”, mergulhe na mente do protagonista, testemunhe sua jornada de despertar e liberação, e descubra a visão progressiva e provocativa da Kruyssen sobre as estruturas que moldam a sociedade e a mente humana.

Prepare-se para uma experiência musical transformadora – onde as fronteiras do sólido se desfazem, e a névoa da revolução paira no ar.

Ouça “Metanoia” em https://sptfy.com/Kruyssen_Metanoia
Produzido por Israel Tenório, Miguel Sampaio e Ricardo Felix

O álbum “Metanoia” foi lançado em fevereiro de 2023 em todas as plataformas digitais, trazendo em seu conceito letras que irradiam mensagens positivas e encorajadoras, abordando reflexões sobre a vida e a jornada humana.

O quarteto atualmente composto por Israel Tenório (vocal/guitarra/produtor), Pedro Silva (baixo), Edson Estevam (teclado/backing vocals) e Wesley Silva (bateria) exibe uma notável química musical, proveniente de suas diversas influências, que abrangem desde o Rock Progressivo até o Metal Melódico, passando pelo Heavy Metal, Thrash Metal, Jazz, Pop, Alternativo e até mesmo música brasileira.

Além de ampliar seus investimentos na carreira internacional, a banda em breve dará início a pré-produção do terceiro álbum da já longeva carreira do Kruyssen.

KRUYSSEN NAS REDES:

Facebook: https://www.facebook.com/kruyssenoficial
Instagram: https://instagram.com/kruyssenoficial
Youtube: https://www.youtube.com/@kruyssenoficial

Assessoria de Imprensa: JZ Press (@jzpressassessoria)

Episódio 2 do documentário “Andre Matos – Maestro do Rock” estreia em plataformas de streaming do mundo inteiro e tem DVD físico lançado com tiragem limitada

Filme está disponível para locação e compra no Brasil e América Latina, no Youtube/Google Play, Apple/ITunes, Vivo Play, NET NOW/Claro TV+ e fora do país (América do Norte, Europa, África e Ásia), na plataforma Thunderflix

Nesta quinta-feira, 30 de novembro de 2023, é lançado oficialmente nas principais plataformas de streaming do país o segundo episódio do documentário “Andre Matos – Maestro do Rock”. Assim como aconteceu no primeiro episódio, o diretor Anderson Bellini fechou uma parceria com a O2 Filmes para a distribuição do segundo episódio. O filme poderá ser visto na Youtube/Google Play, Apple/ITunes, Vivo Play, e NET NOW/Claro TV+. O episódio estará disponível para locação e compra no Brasil e América Latina, com valores que variam de R$ 3,90 a R$ 39,90. Para o público fora do Brasil (América do Norte, Europa, África e Ásia), o filme estará disponível na plataforma Thunderflix.

Depois de exibido em mais de 25 cidades pelo Brasil, atendendo a pedidos dos fãs, o DVD físico do segundo episódio do documentário está disponível em versão limitadíssima de somente 1000 unidades – mais de 500 DVDs foram vendidas na pré-venda. O filme no formato físico está disponível na lojinha do documentário: http://www.lojaandrematosdoc.com.br.

“Estamos muito felizes de realizar a última etapa do EPISÓDIO 2 do filme Andre Matos – Maestro do Rock. O filme estar disponível para todos assistirem no mundo inteiro é uma grande realização para todos nós. Repetimos o que fizemos com o primeiro filme e disponibilizando nas maiores plataformas de streaming para compra ou aluguel no Brasil e América Latina, e também estamos realizando o lançamento simultâneo com o resto do mundo pela Thunderflix”, ressaltou Anderson Bellini.

Assista o trailerhttps://youtu.be/0pvKU-OprC4?si=82cW6KyqVkNFVTM6

SOBRE O EPISÓDIO 2

Muito aguardado por todos, o segundo filme dos três que compõem o documentário vai mostrar a entrada de Andre Matos na faculdade de Música Santa Marcelina, onde conheceu os amigos com os quais formaria o Angra e serão respondidas perguntas feitas há mais de 20 anos e que nunca haviam sido comentadas.

São declarações bombásticas do próprio Andre, Kiko Loureiro e Rafael Bittencourt, que falam sobre o desentendimento entre eles e a consequente saída do vocalista da banda. O baterista Marco Antunes, que pela primeira vez fala publicamente sobre o Angra, conta como as coisas começaram a desandar logo no começo da banda.

Desde quando surgiu, o Angra foi um sucesso absoluto, tendo recebido Disco de Ouro no Japão já com seu primeiro disco, “Angels Cry”. A confirmação da grandeza e qualidade da banda foi o segundo álbum, “Holy Land”, que mesclou de maneira muito interessante ritmos brasileiros com metal e também um show realizado na França, em 1998, que contou com a presença do vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson. Com o Angra, Andre gravou também o “Fireworks” e consolidou o seu nome no exterior.

Mas esse episódio não traz apenas isso e vai retratar também aspectos da vida pessoal do Andre, sua mudança para a Alemanha e o projeto “Virgo” que ele desenvolveu junto com o guitarrista e produtor alemão Sascha Paeth.

SOBRE A PRODUTORA 02 FILMES

A O2 Filmes é uma produtora independente brasileira reconhecida e premiada internacionalmente com filmes, séries e publicidade, sendo responsável por títulos como: “O Jardineiro Fiel”, “Cidade de Deus”, “Entre Nós”, “Trash – A Esperança Vem do Lixo”, “Manhãs de Setembro” e “Marighela”, entre outros. A produtora também conta com grandes nomes de diretores em seu elenco e essa parceria só reforça a força que tem o nome Andre Matos.

SOBRE A THUNDERFLIX

Para headbangers, por headbangers.

Programado para ser a maior e mais atualizada biblioteca de novos lançamentos, apresentações ao vivo, documentários, cenas de bastidores e conteúdo oficial – o Thunderflix abrigará tudo o que é metal.

Por fim, fãs de todo o mundo podem chegar a um lugar para acessar novos lançamentos, apresentações ao vivo, documentários, cenas de bastidores e conteúdo oficial de seus artistas favoritos.

Acesse no site https://www.thunderflix.com/

Andre Matos – Maestro do Rock nas redes sociais:
Youtube | https://www.youtube.com/c/AndreMatosMaestroOfRockDocumentary
Facebook | https://www.facebook.com/andrematosdoc/
Instagram | https://www.instagram.com/andrematosdoc
Twitter | https://twitter.com/AndreMatosDoc
Email | doc.andrematos.maestro@gmail.com

RAGE IN MY EYES anuncia participação no megafestival Summer Breeze Brasil

Créditos da foto: Laura Barros

Com o DVD “And Then Came the Theater” lançado recentemente no YouTube e o anúncio da entrada do novo guitarrista, Daniel Cardoso, a banda gaúcha RAGE IN MY EYES divulga sua entrada no cast do megafestival Summer Breeze Brasil, que será realizado no mês de abril de 2024 na cidade de São Paulo. A segunda edição do Summer Breeze Open Air no Brasil está marcada para os dias 26, 27 e 28 de abril de 2024, no Memorial da América Latina, em São Paulo. O RAGE IN MY EYES participará do festival ao lado de bandas como BIOHAZARD, CARCASS, EXODUS, DEATH ANGEL, WITHIN TEMPTATION, HAMMERFALL, ANTHRAX, KILLSWITCH ENGAGE, SEBASTIAN BACH, MR.BIG, EPICA e do aguardado MERCYFUL FATE, consolidando-se como um dos principais eventos do Heavy Metal brasileiro. Os ingressos estão disponíveis de forma online, através do Clube do Ingresso. Mais informações em: www.clubedoingresso.com/evento/summerbreeze2024 ou no site do evento, em www.summerbreezebrasil.com.

Em comunicado, a banda anunciou: “Estamos encerrando o ano com muitos projetos em andamento e para 2024 já temos esta grande oportunidade em poder dividir o palco com tantas bandas que admiramos e para um público seleto num festival que chega a sua segunda edição no Brasil com força total. Agradecemos à produção do Summer Breeze Brasil pelo convite e aos nossos parceiros da Bravo Metal Mgmt pela grande parceria! Contamos com a presença de todos no festival e nas demais ações que estamos planejando para breve!”.  No repertório do grupo, os fãs podem esperar músicas do álbum “Ice Cell” (2019) e do EP “Spiral” (2021), além de outras surpresas.

O lançamento do DVD ao vivo “And Then Came the Theater” encerra uma fase da carreira da banda e com a entrada do guitarrista Daniel Cardoso RAGE IN MY EYES planeja também o lançamento de material inédito para o próximo ano, já em fase de composição. De acordo com o baixista Pedro Fauth, as novas composições devem seguir a sonoridade típica da banda, mantendo as inserções de acordeom e mantendo suas conexões com a milonga, ratificando assim que posição de vanguarda. Fauth comenta: “O DNA da milonga já está inserido em nossa sonoridade de forma natural, bem como nossas vestimentas inspiradas nas tradições gauchescas. Levaremos um pouco destas tradições para o público do Summer Breeze, mostrando um pouco da nossa cultura tão peculiar que se alinha perfeitamente com Heavy Metal”.

Assista ao DVD “And Then Came the Theater” no YouTube:

Ouça a música “Spark of Hope” no Spotify:

Infernal Course revela capa do novo single “From Deeply In Hell”

“From Deeply In Hell” será lançado no próximo dia 15 de dezembro e é o sucessor dos dois clássicos álbuns do grupo, o debute “The Devil’s Sentence of Destruction” e o super elogiado “Impaled Society”

Crédito Foto:  Lincon Fermiano

Formado na cidade de São Roque, interior de São Paulo, em 2001, o Infernal Course é uma das bandas mais respeitadas e admiradas pelas fãs de metal extremo no Brasil.
Isso porque, além da comprovada qualidade técnica e criativa, o grupo sempre manteve-se fiel à estética original do death metal old school, dando sequência ao legado iniciado pelos grandes pioneiros do estilo como Possessed, Morbid Angel, Deicide, Sodom e Death.

Desde sua primeira demo autointitulada, que foi considerada pela renomada revista Valhalla como a “Melhor Demo Tape de 2003”, o Infernal Course vem construindo uma base fiel de fãs e seguidores. Tanto é que o debute “The Devil’s Sentence of Destruction” foi um dos lançamentos mais aguardados do estilo em 2009. Quando o sucessor “Impaled Society” foi lançado em 2016, o Infernal Course já era um nome relevante da cena nacional do metal e o álbum foi super elogiado pela imprensa especializada. “Fallen Gods” e “Marching In Hell”, que estão o tracklist, tornaram-se clássicos do death metal brasileiro de todos os tempos.

Passado consolidado, eis que um novo curso infernal está para ser trilhado nesse ano de 2023. “From Deeply In Hell” é o título do novo single que o Infernal Course lançará no próximo dia 15 de dezembro.
De acordo com o baixista e vocalista Marcel Infernal, “From Deeply In Hell” será um testemunho da evolução técnica e criativa da banda.
“Estamos muito empolgados com o lançamento desse som. From Deeply In Hell traz toda agressividade e peso da velha escola do death metal. Vocês podem esperar uma composição avassaladora, com muita energia, que personifica essa nova formação do Infernal Course. Estamos trabalhando insanamente para a ‘sonzeira’ ficar infernal!”

A capa de “From Deeply In Hell” foi elaborada pelo próprio Marcel Infernal e pelo guitarrista Paulo Serafim. Paulo comentou sobre a ideia conceitual da capa que reflete a letra da música.
“Usamos a figura de uma criança para ilustrar a inocência da humanidade em crer em algumas instituições que muitas vezes tornam a vida das pessoas um verdadeiro inferno. Não queremos destruir as instituições, mas sim que o ser humano acorde e pense por si mesmo ao invés de seguir cegamente algum líder.”

Embora “From Deeply In Hell” só venha a ser lançada no dia 15 de dezembro nas plataformas digitais, o Infernal Couse disponibilizou um vídeo de uma performance ao vivo em estúdio da música.
O vídeo foi exibido na edição de setembro do “Roadie Crew Online Festival” e agora também pode ser assistido no canal oficial da banda no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=LgKwDJNQGQw


“From Deeply in Hell” é o primeiro de uma trilogia de singles. Os próximos lançamentos, “Feast from the Devil” e “The Evil Is By Your Side”, farão parte do próximo álbum da banda, ainda sem título definido, programado para ser lançado em julho de 2024.

Mais Informações:
www.instagram.com/infernalcourse
www.facebook.com/InfernalCourse
www.youtube.com/infernalcourse666 

SHOW BENEFICENTE #JUNTOSPELOMINGAU UNE ARTISTAS EM PROL DA RECUPERAÇÃO DO BAIXISTA

Evento organizado pela filha do músico em parceria com a Opus Entretenimento tem como objetivo arrecadar fundos para auxiliar na recuperação do músico

No próximo dia 14 de dezembro, o Teatro Bradesco será palco de um emocionante show em prol de Rinaldo Oliveira Amaral, o Mingau, que, após um incidente ocorrido no mês de setembro em Paraty, encontra-se internado em São Paulo e, em breve, deverá seguir para uma clínica de reabilitação. 

Organizado pela filha do artista, Isabella Aglio Amaral, a Bebel, em parceria com a Opus Entretenimento, o evento promete uma noite única, repleta de música e homenagens, que visa arrecadar fundos para o tratamento de recuperação do baixista do grupo Ultraje a Rigor.

“O apoio e o carinho que estamos recebendo das pessoas têm sido fundamentais. Este show será uma celebração pela vida, pela união e, claro, pela música, e cada ingresso contribuirá significativamente para a recuperação do meu pai. Agradecemos a todos que estão com a gente nessa causa”, comenta Bebel, filha do Mingau.

Figura icônica na cena musical brasileira, tendo participado de inúmeros grupos, formado diferentes projetos e tocado com músicos de renome, Mingau será celebrado em um show especial que destacará sua carreira e inegáveis contribuições para o rock nacional. Murilo Couto e Juliana Oliveira, do programa “The Noite”, serão os apresentadores do evento. O line-up do show contará com artistas famosos e colegas de trabalho que se unem em solidariedade ao músico. Confira os artistas que já confirmaram presença:

– Claudia Gomes (Banda Vega) 

– Clemente (Inocentes / Plebe Rude)

– David Cardoso Jr

– Dinho Ouro Preto (Capital Inicial)

– Edgard Scandurra (Ira)

– Ivan Sader

– Kiko Zambianchi

– Leo Jaime

– Marcelo Nova e Drake 

– Maurício Gasperini

– Nasi (Ira) 

– Rodrigo Lima (Dead Fish)

– Roger Moreira (Ultraje a Rigor)

– Thunderbird

– Tico Santa Cruz (Detonautas)

Os ingressos para o show em prol de Mingau estão disponíveis pelo site uhuu.com ou na bilheteria do teatro. O valor arrecadado com a venda dos ingressos será revertido para o tratamento de reabilitação do baixista. Os artistas se apresentarão voluntariamente, sem receberem cachê, e o Teatro Bradesco cederá o espaço, também sem custos, para a realização do evento.

SERVIÇO

SHOW #JUNTOSPELOMINGAU

Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 – Bourbon Shopping São Paulo – Perdizes)

www.teatrobradesco.com.br

Duração: 150 min

Classificação: 12 anos

Acessibilidade

Ar-condicionado

Capacidade: 1439 pessoas

Data: 14 de dezembro

Horário: 21h

INGRESSOS

A partir de R$50

Obs.: Confira legislação vigente para meia-entrada.

Apoio:

Chilli Beans, Transasom, Cavalera, Light on, Matiz Manhatan, Abraccio Bourbon Shopping, Led Light, Projeção Cultural, Vj Scane e Rádio 89FM.

Canais de venda oficiais:

Uhuu.com – com taxa de serviço

https://tinyurl.com/tae85uzz

Bilheteria física – sem taxa de serviço

– Teatro Bradesco (Shopping Bourbon) 

– Teatro Opus Frei Caneca (Shopping Frei Caneca)

De segunda a domingo, das 12h às 20h (pausa almoço: 15h às 16h)

Formas de pagamento: 

– Bilheteria dos teatro: dinheiro, cartão de crédito e cartão de débito

– Site da Uhuu.com e outros pontos de venda oficiais: cartão de crédito

Cartões de créditos aceitos: Visa, Mastercard, Diners, Hipercard, American Express e Elo

Cartões de débito aceitos: Visa, Mastercard, Diners, Hipercard, American Express e Elo

Estacionamento Bourbon Shopping

Confira valores e horários no link abaixo:

https://www.bourbonshopping.com.br/o-shopping/sao-paulo

Top Link Music realiza turnê sul-americana do Uriah Heep com duas datas no Brasil

Lendária banda com mais de 50 anos de estrada retorna ao continente com turnê repleta de grandes sucessos

Foto: Richard Stow

A Top Link Music realiza a vindoura turnê da lendária banda Uriah Heep pela América do Sul.  Com mais de 50 anos de carreira e incontáveis clássicos do Rock em seu catálogo, um dos mais importantes nomes do rock mundial retorna ao continente para apresentações em Lima, Peru (05/12); Santiago, Chile (07/12); Curitiba, no CWB Hall (09/12) e São Paulo, Brasil (10/12), no Tokio Marine Hall.

Celebrando mais de cinco décadas de estrada e uma extensa discografia com 25 álbuns de estúdio, sem contar dezenas de registros ao vivo, o Uriah Heep trará aos fãs sul-americanos um repertório repleto de canções que marcaram gerações.

Assistir ao Uriah Heep é uma oportunidade única de viajar no tempo ao som de clássicos atemporais como “Gypsy”, “Easy Livin’”, “July Morning” e “Lady in Black”, entre tantos outros. No repertório, a banda apresentará sucessos de todas as suas fases.

Formado no final dos anos 1960, o Uriah Heep conquistou o mundo com álbuns clássicos como Look At Yourself e Demons and Wizards, e seguiu em atividade contínua no decorrer das décadas. Atualmente, o grupo é formado pelo membro original Mick Box (guitarra), o vocalista Bernie Shaw, o tecladista Phil Lanzon, o baixista Davey Rimmer e o baterista Russell Gilbrook. O mais recente lançamento de estúdio do grupo é Chaos & Colour, que recebeu excelentes críticas da imprensa especializada.

Ingressos:
05/12 – Lima, Peru @ C.C Leguía: https://www.eventrid.pe/eventos/atenea/uraih-heep-en-lima
07/12 – Santiago, Chile @ Club Chocolate: https://www.eventrid.cl/eventos/atenea/uriah-heep-en-chile
09/12 – Curitiba, Brasil @ CWB Hall: https://bilheto.com.br/comprar/1825/uriah-heep
10/12 – São Paulo, Brasil @ Tokio Marine Hall: https://www.eventim.com.br/event/uriah-heep-south-america-tour-2023-tokio-marine-hall-17616229/ 

Siga o perfil da Top Link Music no Instagram para ficar por dentro das novidades @toplinkmusic.

The Troops of Doom renova com a Alma Mater Records e trabalha em segundo álbum

Com produção de André Moraes, sucessor de “Antichrist Reborn” está previsto para o primeiro semestre de 2024

Foto (Crédito: Divulgação TTOD)

Depois de um período movimentado de muitos shows na América do Sul, divulgando “Antichrist Reborn” (2022), o The Troops of Doom colocou o pé no freio por um ótimo motivo: a preparação pelo tão aguardado segundo álbum completo do grupo, que foi confirmado como uma das atrações do festival Summer Breeze Open Air Brasil em 2024.

Desde o lançamento de “Antichrist Reborn”, Alex Kafer (vocal e baixo), Jairo “Tormentor” Guedz (guitarra), Marcelo Vasco (guitarra) e Alexandre Oliveira (bateria) realizaram shows por todo o Brasil e América do Sul. “E foram shows muito importantes, como o festival Abril Pro Rock em Recife, o Sesc Belenzinho (SP), que inclusive foi nosso primeiro show completo e que deu sold out. Fizemos shows ao lado dos Cavalera, que foram históricos, além de termos passado por várias cidades do Brasil e países como Argentina, Chile e Peru ao lado do I Am Morbid, de David Vincent (ex-Morbid Angel). Foi um período conturbado, no bom sentido, e já sinto falta dessa vida na estrada, mas resolvemos dar uma pausa por um motivo muito plausível, que é o nosso disco novo”, comentou Jairo Guedz.

Recentemente, a banda renovou contrato com o selo português Alma Mater Records, que tem como sócio Fernando Ribeiro, vocalista do Moonspell. Ainda não existe uma data de lançamento, mas os planos são para o primeiro semestre de 2024. “Fernando e Pedro, da Alma Mater Records, não estão medindo esforços e realmente acreditam em nosso potencial. São pessoas incríveis, super profissionais e compram o barulho da gente, nos apoiando em todas as decisões e trabalhando da maneira correta para que tudo aconteça bem. Estamos felizes por termos renovado o contrato com eles”, declarou Alexandre Oliveira.

Sobre as novas composições, Marcelo Vasco adianta que a “coisa está tomando forma”: “Jairo e eu estivemos juntos em outubro onde moro, na Serra Gaúcha, trabalhando na pré-produção do disco, que está praticamente pronta. Estamos agora na parte das letras e encaixes de vocal. O título do álbum já foi escolhido e tem muita coisa foda sendo arquitetada. Estamos preparando algo realmente especial. Podem confiar!”

Confira o report #1 do novo álbum em https://www.youtube.com/watch?v=DZl_Oo6ji-c

O produtor escolhido, André Moraes, é músico, autor de trilhas sonoras para cinema, teatro e televisão, além de diretor de filmes e videoclipes. Ele já foi indicado a um Grammy Latino e um MTV Video Music Brasil. Trabalhou como produtor do álbum “Dante XXI”, do Sepultura, além de ter sido responsável pela trilha sonora do filme “Lisbela e o Prisioneiro”. “Marcelo, André e eu somos amigos de longa data e não nos vemos pessoalmente há mais de 20 anos. Esse reencontro, e pelo motivo que é, vai ser fantástico para todos nós”, contou Alex Kafer. “O novo álbum resgata ainda mais a essência do velho death metal dos anos 80 e início de 90. Ele terá um cuidado meticuloso na produção, gravação, mixagem e masterização, batendo na tecla de trazer de volta aquele verdadeiro som orgânico e ‘vintage’ da época, sem mencionar a parte estética. Em suma, tudo está sendo escolhido a dedo para que o resultado seja impressionante”, acrescentou.

“Estamos dando a luz a um material que nos dá muito orgulho! O trabalho está sendo intenso e estamos focados em cada detalhe, para que a experiência que esse disco passe seja inesquecível, principalmente para os fãs do metal da velha guarda, fãs dos primeiros álbuns do Sepultura dos quais eu participei, além de outras influências da época, que são parte do som do The Troops, como Slayer, Celtic Frost, Kreator… Mas, claro, tudo isso com aquele nosso molho próprio”, concluiu Jairo Guedz.

Sites relacionados:
www.thetroopsofdoom.com
www.facebook.com/thetroopsofdoom
www.instagram.com/thetroopsofdoom

Confira os novos produtos do merch em https://www.thetroopsofdoom.com/loja

Contato: info@thetroopsofdoom.com

Metalcore Fest finaliza 2023 com duas edições consecutivas no mês de dezembro

As cidades de São Paulo (16/12) e Belo Horizonte (17/12) contam com line-up formado por bandas de destaque nacional

O Metalcore Fest chega no mês de dezembro com uma grande novidade para fechar 2023 com chave de ouro. Serão realizadas a 16ª e 17ª edições no mesmo final de semana, nas cidades de São Paulo e Belo Horizonte. Com um lineup formado por bandas que ganham cada vez mais destaque na música pesada nacional, o Metalcore Fest promete dois dias de muita sonzeira nas capitais paulista e mineira, nos dias 16 e 17, respectivamente.

A edição de São Paulo terá show de seis bandas, como a Aurora Rules, Bayside Kings, Hatefulmurder, Never Look Back, April 21st, Bravecore e será realizado no Fabrique Club (Rua Barra Funda, nº 1071, Barra Funda). Já a edição de Belo Horizonte, terá sete bandas. São elas a John Wayne, Aurora Rules, Hatefulmurder, Never Look Back, April 21st, Bravecore e Sempta. O evento será realizado no Mister Rock Bar (Avenida Teresa Cristina 295, Prado).

Aurora Rules, fundada há 15 anos em Goiânia-GO, é uma das bandas que movimenta a cena cultural e artística do país em seu gênero. Passeando pelo metal e hardcore, sempre buscando autenticidade. A banda possui atualmente três álbuns gravados. São eles “A Sombra do Presente”, “Ideal de Nós” e “Adentre o Labirinto”.

Formada em 2009, a John Wayne é uma banda de Metalcore com composições em Português, considerada uma das principais e mais influentes do gênero do Brasil. Possui em sua discografia um EP, três álbuns, diversos singles e videoclipes lançados. Foi atração do Palco Sunset do Rock in Rio em 2015 e já se apresentou em importantes festivais do país, como o Goiânia Noise (2015), Rock na Praça (2016), Hell in Rio (2016), Abril Pro Rock (2017), Araraquara Rock (2023) e Rockfun Fest (2023). Atualmente a John Wayne vem trabalhando seu mais recente álbum, o “Purgatório”, e dois novos singles/videoclipes, “Semblantes” e “Reconectar”, lançados no primeiro semestre de 2023.

A banda santista Bayside Kings, com mais de 10 anos de estrada, leva o nome do hardcore para além da palavra, conquistando notoriedade rapidamente após iniciar o trabalho em cima e embaixo dos palcos, impactando não só a comunidade do hardcore, mas também outras que permeiam e dialogam diretamente com seus ideais. Seu último trabalho, o single ‘Entre a Guerra e a Paz’ -o segundo single do EP Dualidade, o terceiro registro da série #liveparatodos -, lançado pela Repetente Records.

Banda carioca Hatefulmurder tem mais de 10 anos de estrada, 3 álbuns, 2 EP’s lançados, 2 turnês sul-americanas e 4 turnês brasileiras. Em 2023 a banda lançou os singles ‘Psywar’ e ‘Eye For An Eye’, que fazem parte do novo disco da banda, ainda a ser lançado. Além do Brasil, a banda conquistou o público de países como Argentina, Peru, Bolívia, Colômbia, Equador e Chile, com fúria no palco e sangue nos olhos, como gostam de chamar.

A banda brasiliense Never Look Back, formada em 2017, traz um instrumental agressivo, permitindo a discussão social que vai desde a importância da individualidade até os problemas da geração atual. Com influência de bandas como The Ghost Inside, Obey The Brave e Stick To Your Guns, a banda já realizou 4 turnês internacionais.

A banda mineira April 21st, fundada no final de 2016, na capital Belo Horizonte, tem suas raízes no metalcore clássico do início dos anos 2000, focando em melodia, velocidade e vocais agressivos. Entre seus singles estão “In Your Destiny”,”In Whose Name?”,”Resilience”, “Coldest July” e “We Are the Difference”. A banda tem contrato assinado com a gravadora Norte Americana Eclipse Records, onde lançou o EP “Courage Is Born From Fear”.

A Bravecore é uma banda paulista do gênero metalcore criada em novembro de 2018, com letras em português e inglês, que relatam temas diversos como; motivacional, autoanálise e protesto ao contexto político mundial. Em 2021 foi gravado o primeiro trabalho da banda, o EP “Devastação”.Em 2023 foi lançada a faixa “Entre quatro paredes”, seu mais novo lançamento.

A também mineira Sempta, originária da cena musical de Belo Horizonte, é uma banda de metalcore fundada em 2014. Mergulhando profundamente nas raízes do gênero, o grupo traz em sua sonoridade a influência marcante de bandas renomadas como As I Lay Dying, Miss May I e Architects. Após uma pausa de quase dez anos, a banda fez o tão esperado anúncio de seu retorno em 2023.

Acompanhe as novidades do fest em www.instagram.com/metalcore_fest.

O Metalcore Fest

O Metalcore Fest, idealizado por Leandro Chechter em 2018, apresenta sua 16ª edição, marcando um marco significativo em sua trajetória. Este evento, reconhecido por sua consistência ao longo de 15 edições anteriores, agora expande-se para a sua edição dupla, tornando-se a maior já realizada.

“Nesta ocasião, o Metalcore Fest reunirá os mais proeminentes artistas nacionais do gênero, destacando-se por sua relevância musical, reconhecimento consolidado, visibilidade regional e nacional, além de uma sólida base de fãs. As casas de espetáculos selecionadas são referências locais, proporcionando um momento muito especial para o coletivo do evento e para o público”, comenta Leandro.

Além da venda de ingressos via Sympla, o evento incorpora a modalidade de ingresso solidário pela primeira vez, direcionando os alimentos arrecadados para instituições beneficentes (São Paulo – Comunidade Terapêutica Filhos Da Luz / Belo Horizonte – a ser definida).

SERVIÇO

16º Metalcore Fest – São Paulo
Data: 16 de dezembro de 2023
Horário: a partir das 13h
Local: Fabrique Club
Endereço: Rua Barra Funda, nº 1071, Barra Funda/São Paulo
Ingresso: R$ 60,00 (+ R$ 6,00 taxa) – Inteira / 1º Lote
https://www.sympla.com.br/evento/metalcore-fest-sp/2165132

17º Metalcore Fest – Belo Horizonte
Data: 17 de dezembro de 2023
Horário: a partir das 13h
Local: Mister Rock Bar
Endereço: Avenida Teresa Cristina 295, Prado/Belo Horizonte
Ingresso: R$ 60,00 (+ R$ 6,00 taxa) – Inteira / 1º Lote
https://www.sympla.com.br/evento/metalcore-fest-bh/2175939

46Fest: Última edição do festival este ano acontecerá em São Paulo com lineup especial

Tradicional festival idealizado pela banda Project 46 trará lineup especial para São Paulo com as bandas Eminence, Laboratori, Odeon, Emphuria e Reckoning Hour

A banda paulistana Project46 em atividade desde 2008 está atualmente terminando a sua extensa turnê brasileira intitulada “Terra de Ninguém”. A turnê, que já passou por mais de 30 cidades do país, incluindo as do Nordeste, possui um tom ainda mais especial para Jean Patton, guitarrista e um dos membros fundadores da banda.
 
Numa publicação em sua rede social, Jean Patton anunciou seu desligamento da banda que ajudou a fundar. O guitarrista comentou:
 
“Não há um jeito de fácil de dizer isso, então lá vai… Essa será minha última turnê com o Project46.”
 
Patton falou um pouco sobre o início com a banda e sobre conquistas de seu sonho e que tudo surgiu a custo de muito trabalho:
 
“Considero-me uma pessoa de muita sorte e essa foi sem dúvidas uma dessas histórias incríveis que acontecem raramente… O sonho do menino Jean que desde muito pequeno queria ter sua própria banda, viajando pelo Brasil e o mundo afora tocando suas próprias músicas, se divertindo e conhecendo gente nova, começou a virar realidade quando encontrei outros quatro loucos que entraram na mesma brisa que eu e assim tentar desvendar a equação do “será que é possível”?!” Nunca foi fácil e nunca será… pra ninguém! Mas que é possível, é! Construir uma história dessas do zero, com pessoas certas, no momento certo… talvez isso que seja “sorte”, porque todo o resto foi simplesmente trabalho… muito trabalho”.
 
O guitarrista complementou que se despedirá amigavelmente da banda após 15 anos com muito orgulho da história que ajudou a criar:
 
“Mas a vida dá dessas… Nos leva pra caminhos diferentes. Conforme vamos envelhecendo, nossas opiniões, crenças, objetivos, hábitos como também autoconhecimento mudam. E isso não se pode ignorar. Eu entendi que hoje somos pessoas muito diferentes e que a compatibilidade criativa, de vida e propósito seguiram rumos que passaram do ponto de retorno. Despedirei-me do Project46 depois de 15 anos com consciência e orgulho de tudo o que construímos juntos e que sabedoria e experiência também são aceitar que ciclos se encerram para novos começarem. Meu amor pelo Project46 continua e está eternizado, inclusive na minha pele. Algo tão bonito que foi esculpido com muito suor, sangue e lágrimas. Também não foi uma decisão tomada por impulso ou da noite para o dia e por último… nós não brigamos! Que isso fique claro! (risos)”.
 
O músico ainda complementou e fortaleceu o convite para aos fãs indecisos que ainda não garantiram o ingresso para o show:
 
“Inclusive essa turnê que vai rodar o Brasil entre Setembro e Novembro de 2023 marcará a última tour com essa formação e pra mim é ainda mais especial pois vou poder “me despedir” de vocês mais uma vez. Então se você tinha alguma dúvida de ir nos ver em alguma dessas datas… essa é a última oportunidade de ver essa formação em ação. Venha nos ver e celebrar conosco!”
 
A banda, que é atualmente formada por Caio McBeserra (voz), Jean Patton (guitarra), Vini Castellari (guitarra), Baffo Neto (baixo) e Betto Cardoso (bateria), foi um dos grandes destaques do palco Sun Stage na primeira versão brasileira do renomado festival alemão Summer Breeze, em que tocou clássicos de toda sua carreira entre elas os clássicos “Atrás Das Linhas Inimigas”, “Violência Gratuita”, “Dor”, “Rédeas”, “Pânico”, “Corre” e a empolgante “Foda-se (Se Depender De Nós)” onde a empolgação do público até surpreendeu os organizadores do festival.
 
Agora é a vez da cidade de São Paulo ter a oportunidade de se surpreender com a energia inesgotável da banda em ritmo de despedida de Jean Patton, adicionando um valor sentimental à estas apresentações para a turnê “Terra de Ninguém”. A apresentação na cidade da garoa será mais que especial, pois o fã terá a oportunidade de curtir a experiência do renomado 46Fest, o último do ano, que além do Project 46, trará bandas consagradas do circuito como Odeon (RJ), Laboratori (SP), Eminence (MG), Emphuria (SP) e o Reckoning Hour (RJ).


 
Serviço:
Nome do Evento – 46Fest
Data – 25/11/2023
Local – Carioca Club
Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros
200 metros da estação Faria Lima do Metrô
Ingressos – https://www.project46.com.br ou
https://www.clubedoingresso.com/evento/project46-saopaulo
 
Abertura da casa 15h
Shows com as bandas
 
15:30 – Reckoning Hour – Rio de Janeiro/RJ
16:20 – Emphuria – Campinas/SP
17:10 – Laboratori – São Paulo/SP
18:00 – Eminence – Belo Horizonte/MG
18:50 – Odeon – Rio de Janeiro/RJ
19:50 – Project46 – São Paulo/SP
 
Abaixo últimas datas para a turnê “Terra de Ninguém”:
 
25 Nov. – São Paulo/SP – Carioca Club – 46FEST
26 Nov. – São José dos Campos/SP – Hocus Pocus
02 Dez. – Juiz de Fora/MG – Cultural Bar
09 Dez. – Belém/PA – Espaço Náutico Marine Club
10 Dez. – Manaus/AM – Red Dog Pub
 
Adquira seu ingresso através do site https://project46.com.br/

Matanza Ritual Fest reúne forças do rock nacional em edição histórica em São Paulo

Festival será realizado na renomada Audio, e traz no lineup Matanza Ritual, Crypta, Black Pantera e Malvada

O Matanza Ritual e a Top Link Music realizam, no dia 09 de dezembro, na Áudio, em São Paulo, mais uma edição do MATANZA RITUAL FEST. Reunindo alguma das maiores forças do Rock nacional, o festival reúne em uma noite imperdível as bandas Matanza Ritual, Crypta, Black Pantera e Malvada.

O Matanza Ritual, conhecido por promover apresentações memoráveis e cheias de energia, lançou recentemente o single “Rei Morto”, e é formado por um time de estrelas do rock nacional: o vocalista Jimmy London, o baixista Felipe Andreoli (Angra), o guitarrista Antônio Araújo (Korzus) e o baterista Amílcar Christofáro (Torture Squad).  No repertório, uma enxurrada de clássicos do Matanza, e claro, os aclamados singles do Matanza Ritual, “Sujeito Amargo” e “Rei Morto”.

A formação de Death Metal, Crypta, está na estrada divulgando o aclamado álbum Shades of Sorrow, e tem experiência com extensas turnês internacionais por Europa e Estados Unidos. O Black Pantera, formado em 2014, tomou de assalto o cenário nacional com sua música intensa, que mescla crossover, thrash metal e hardcore, e com mensagem forte. A Malvada, assim como a Crypta, conta apenas com mulheres em sua formação: Indira Castillo (voz), Bruna Tsuruda (guitarra), Rafaela Reoli (baixo) e Juliana Salgado (bateria), e aposta no Rock’n’Roll com letras em português.

Os ingressos para o Matanza Fest estão à venda na plataforma Ticket 360, a partir de R$ 85, mais taxa administrativa, com possibilidade de parcelamento. 

Para mais informações, siga o Matanza Ritual no @matanzaritual.

Serviço:
Matanza Ritual Fest
Data: 09 de dezembro de 2023 (sábado)
Local: Audio
Endereço: Av. Francisco Matarazzo, 694 – Água Branca – São Paulo – SP
Abertura: 19h30

Ingressos: https://www.ticket360.com.br/evento/27322/ingressos-para-matanza-ritual-fest

Resenha: Mastodon + Gojira (14/11/2023)

Texto e Fotos: André Nascimento

No último dia 14/11 fui a convite do Ponto Zero assistir a MegaMonsters Tour, reunindo Mastodon e Gojira no Espaço Unimed, turnê que vem rodando as Américas Latina e do Sul depois de uma primeira fase de shows concentrada nos EUA e que teve apenas essa data no Brasil.

Foto: André Nascimento

O Mastodon abriu a noite 9 anos depois de sua última apresentação no Brasil e a banda, americana do estado de Atlanta e na ativa desde o início dos anos 2000 começou o show começou pontualmente as 20h20 abrindo  as Pain with na Anchor, Crystall Skull que fez o público vibrar e Megalodon,  o show foi ganhando corpo aos poucos conforme o peso das músicas ia aumentando, destaque para o baterista Brann Dailor que canta e toca bateria com maestria, as músicas, mas climáticas e progressivas ficam por conta dele.

Ao longo do show o clima foi ficando mais intenso e algumas rodas foram formadas, a banda contribuiu pra isso acontecer interagindo bem com o público falando de como estavam felizes de estar de volta depois de tanto tempo e com peso e execução perfeita das suas músicas, além do uso perfeito do telão com animações fantásticas e imagens psicodélicas que casaram perfeitamente com o setlist do show. Cada pausa durante as músicas era quebrada pelo público gritando o nome da banda intensamente.

Algumas músicas merecem destaque pela empolgação do público como a sequência com Sultans Curse, música que levou um prêmio Grammy, Bladecatcher, Black Tongue e The Czar. Durante a execução de High Road, a galera cantou junto o refrão e foi emocionante.

Foto: André Nascimento

O show teve duração de 1h15 com a sequência final com Mother Puncher, Steambreather e o classico Blood and Thunder com todo o público cantando junto e batendo cabeça encerrou o show de forma grandiosa e deixou o público preparado para o que estava por vir.

No fim do show ainda fomos surpreendidos pelo tecladista se introduzindo como o brasileiro no role aleatório e com a bandeira do estado do Pernambuco nas mãos, ele vem tocando com a banda como músico de apoio nos shows.

O som da banda vem evoluindo ao longo desses 25 anos e isso fica claro no show, com o repertorio tendo sons de praticamente todos os albuns da banda com as músicas mais antigas com mais peso e as novas com uma pegada ainda mais prog com ainda mais mudanças de andamento e muito mais groove, dando uma visão completa da evolução do som dos caras ao longo da carreira com 14 álbuns lançados.

Setlist:

Pain With an Anchor

Crystal Skull

Megalodon

Divinations

Sultan’s Curse

Bladecatcher

Black Tongue

The Czar

Halloween

High Road

More Than I Could Chew

Mother Puncher

Steambreather

Blood and Thunder

Gojira

Depois de algum tempo de intervalo, um contador apareceu no telão mostrando que em 170 segundos, o Gojira subiria ao palco e quando isso aconteceu, uma catarse coletiva aconteceu, mostrando que a maioria do público estava lá pra ver a banda que voltava ao Brasil um ano após se apresentar no Rock In Rio e de um show em São Paulo para um público pequeno no Carioca Club.

Foto: André Nascimento

O show começou com Born for One Thing do último disco lançado pela banda em 2021, Fortitude, na sequência veio as pedradas Stranded, Backbone e Flying Whales, mais duas músicas foram tocadas e na sequência veio um solo de bateria em que o baterista Mario Duplantier interagiu bem com o público, inclusive com placas em português incentivando a galera a gritar mais alto a cada solo.

Ao vivo, as músicas ganham ainda mais peso e com isso, o show foi aumentando em intensidade, graças também ao ótimo repertorio escolhido pela banda,  praticamente uma coletânea das músicas favoritas dos fãs, mesmo com foco no último lançamento da banda, Fortitude, que saiu em 2021 que teve 5 músicas executadas no show, com destaque para New Found com seu tom épico e refrão forte e The Chant, onde o vocalista pediu pra a plateia cantar o Aaahhhhh do refrão e foi muito bonito ver o público continuar cantando, mesmo após o fim da música.

Foto: André Nascimento

Dessa vez o telão foi usado de forma mais sóbria, mas ainda assim bem interessante e alinhado com a execução das músicas, inclusive com uma belíssima animação mostrando 4 astronautas chegando numa Paris reflorestada, lembrando que as letras da banda falam muito de questões ambientais.

O show seguiu com as músicas sendo cantadas a plenos pulmões pelo público, a banda interagiu bem, com um breve discurso sobre o meio ambiente.

A banda fez um pequeno intervalo em que o público e voltou pra tocar mais 3 músicas, The Heaviest Matter of the Universe, Amazonia, destaque para o ótimo uso do telão e encerraram um show memorável com The Gift of Guilt que deixou o público em êxtase.

Foto: André Nascimento

Dois shows memoráveis e que deixaram o público presente feliz em presenciar duas bandas no seu auge, o destaque fica pro Mastodon que conquistou muita gente presente pra ver o Gojira.

Pros fãs do Gojira, foi um show perfeito em todos os sentidos.

Em nome do Ponto Zero, agradecemos a Camila Dias e Fernando Colamonico da Midiorama pelo credenciamento e possibilidade da cobertura do show.

Setlist

Born for One Thing

Backbone

Stranded

Flying Whales

The Cell

The Art of Dying

Drum Solo

Grind

Another World

Oroborus

Silvera

The Chant

L’enfant sauvage

The Heaviest Matter of the Universe

Amazonia

The Gift of Guilt





“Abyssal”, segundo e novo álbum do The Giant Void, reúne finalista do The Voice Brasil e baterista do Gamma Ray e Primal Fear

O disco foi lançado no último dia 25 de Outubro durante show da banda ao lado de Vinny Appice (Black Sabbath/DIO)

O The Giant Void foi idealizado em Sorocaba/SP em 2021 pelo guitarrista e produtor musical Felipe Colenci e conta com o vocalista Hugo Rafael que é conhecido por ter sido um dos finalistas da temporada 2021 do The Voice Brasil. Na bateria do The Giant Void, outro músico conhecido do público, o alemão Michael Ehré, baterista do Gamma Ray e Primal Fear.

Produzido, mixado e masterizado por Felipe Colenci, “Thought Insertion”, o disco de estreia, foi lançado em 2021 e já agradou logo de cara os principais críticos de rock do país: “Um dos melhores lançamentos do Brasil em 2021” (Alessandro Bonassoli – Roadie Crew); “Thought Insertion é uma obra fenomenal” (Clóvis Roman – Acesso Music); “(…) mais uma incrível banda no cenário metálico… revelação de 2021″ (Alex Silva – Rock Breja); “Uma bela surpresa e mais uma ótima banda brasileira” (Ricardo Seelig – Collectors Room); “Excelente álbum” (Fabian Chacur – Mondo Pop); “(…) metal MUITO interessante… um álbum surpreendente.” (Regis Tadeu). “Thought Insertion” ainda foi indicado para o Prêmio Dynamite 2022 na categoria “Melhor Álbum de Heavy Metal”.

Entusiasmados com o momento positivo, o The Giant Void acaba de lançar seu segundo e novo álbum: “Abyssal”!
Mais uma vez produzido pelo próprio Felipe Colenci, “Abyssal” reúne 12 faixas: “Dirty Sinner”, “Ashen Empires Pt 2 – NWO”, “The Key”, “Monster Within”, “The Black Pit”, “Mars”, “Inner Truth”, “War Heroes”, “Chosen One”, “Dimensions Collide”, “Ashen Empire Pt 1 – Rising Empire” e “Human Downfall”.

Felipe Colenci explica o conceito por trás do título “Abyssal”.
“Abyssal foi o título encontrado por mim e nosso manager, Eliton Tomasi, para resumir o que queremos contar nas letras. Quando analisamos os textos, entendemos que todas as músicas falam de emoções profundas humanas, emoções basais, e o título em questão foi uma forma de resumir esse conteúdo. Não se trata de um álbum conceitual, mas podemos dizer que todas as letras tem conexão entre si”.

“Abyssal” foi lançado no dia 25 de Outubro quando o The Giant Void fez um show em Sorocaba/SP – cidade natal da banda – junto ao lendário baterista do Black Sabbath e Dio, Vinny Appice.

Ouça “Abyssal” nas plataformas digitais:
Spotify: https://spoti.fi/47wwTdG
Deezer: https://bit.ly/Abyssal_Deezer
Apple Music: https://apple.co/49Gj9ip
Youtube: https://bit.ly/Abyssal_Youtube

A capa de “Abyssal” é um trabalho coletivo assinado por João Vicentim, João Schendel e John Rendering. O CD físico traz encarte produzido por João Duarte.

Para adquirir “Abyssal” em CD físico, tanto no varejo como no atacado, entre em contato pelo email thegiantvoidmusic@gmail.com ou pelo Whats App da produtora e selo Som do Darma: (15) 99134-3443

Mais Informações:
www.instagram.com/thegiantvoid
www.facebook.com/thegiantvoid
www.youtube.com/TheGiantVoid

SiriusFall segue série de lançamentos com o vibrante single “We Are”

Revelação do cenário nacional colocou nas plataformas digitais diversos singles durante o ano, com preparação para o primeiro álbum de estúdio

Foto: Mateus Cantaleano

A banda Siriusfall vem angariando uma base cada vez maior de fãs com os lançamentos que está disponibilizando nas plataformas digitais. O mais recente deles é o single “We Are”, uma faixa mais alto astral, que retrata um momento do êxtase da sensação de dever cumprido, da constatação que todo o esforço e suor valeu a pena: O momento em que o artista está em cima do palco. Apesar da delimitação, a temática lírica pode ser absorvida e aplicada em diversos outros contextos.

Ouça “We Are”: https://open.spotify.com/intl-pt/track/0ClOBUB4hdfYykIoKwyWn2?si=0eaad3fe8dc44c5d

A Siriusfall é um projeto que começou a tomar forma em 2021, em Curitiba, liderada pelo vocalista Matheus Ribeiro, figura conhecida no cenário autoral da cidade. Com seu trabalho incessante, o grupo almeja alcançar novos territórios e solidificar seu nome como uma das grandes revelações da música no Brasil.

A sonoridade é uma mescla do peso e complexidade, oriundas do Heavy Metal, aliada a refrões e melodias cativantes do Hard Rock. Adicionado a isso, utiliza diversos elementos atuais e futuristas, o que torna única a essência da banda.

As influências da banda vão desde bandas clássicas dos anos 1980, como Europe, Gotthard, Whitesnake e Helloween, até nomes mais recentes como Dynazty, Eclipse, Myrath e H.E.A.T. Apesar de recentemente formada, a Siriusfall possui na bagagem diversos singles lançados, videoclipe e lyric vídeo em seu canal oficial do YouTube, que somam mais de 15 mil views em todas as plataformas de streaming.

Com cada vez mais repercussão e notoriedade, tanto na imprensa quanto com o público, a Siriusfall confirma o lançamento do primeiro álbum, o conceitual Origin, para o dia 01 de dezembro.

Fique por dentro das novidades em @siriusfall_official.

AXTY investe na mescla de peso e melodia com EP Take Me Down

Faixa título também ganhou um videoclipe intenso; o lançamento é mais uma parceria da banda com o selo Outono Music

A banda de metalcore AXTY segue o ritmo intenso de trabalho com o lançamento do seu mais recente EP, Take Me Down, com a inédita faixa-título, reunindo também duas músicas lançadas previamente: “You’ll Find Me” e “Six Feet Under”. O material chegou às plataformas digitais no dia 17 de novembro, pela parceria com o selo Outono Music, que tem distribuição pela major Universal Music, a maior do segmento.

A faixa “Take Me Down” impressiona pelo peso e agressividade ultrajantes mas, ao mesmo tempo, traz passagens com vocais limpos e melódicos, e também ganhou um videoclipe intenso, que retrata em imagens todo o poder sonoro do grupo.

O grupo paulista mescla referências musicais instigantes, dando sequência a um trabalho árduo e obstinado. A formação conta com o vocalista Felipe Hervoso, o guitarrista Felipi Grivol, o baixista Jo Peschiera, e o baterista Gabriel Vacari.

Assista ao videoclipe: https://www.youtube.com/watch?v=ZmUre8wZtCY

Ouça o EP na íntegra: https://umusicbrazil.lnk.to/TakeMeDownAXTY

AXTY segue surpreendendo o público com um som calcado no Metalcore, porém, sem abrir mão de explorar novas influências e sonoridades, criando uma obra de identidade única. Recentemente dividiram palco com a lenda do metalcore Chelsea Grin, com os quais realizaram seus primeiros shows fora do Brasil.

Outro grande feito recente da AXTY também foi o single em parceria com o grupo mexicano Pressive, “Hollow”, que abriu portas para um valioso intercâmbio entre diferentes culturas, que trazem resultados positivos para a música e a sociedade.

Para acompanhar esta e outras novidades, siga o grupo nas redes sociais pelo @axtyofficial.

Contra a fé cega, o Symphonic Dark Metal do Apocrifus lança novo single

Crédito: Fotos por Gladimir Purper

O mais recente single da one-man band de Symphonic Dark Metal, Apocrifus, intitulado “Slave Of Illusion”, foi lançado no Dia das Bruxas em todas as plataformas de streaming. Continuando a sonoridade de “Into The Infinity Of Silence”, o primeiro single do retorno das atividades da banda agora liderada exclusivamente pelo músico e produtor Gladimir Purper (Creationism Denied, Guitar Metal Solos), “Slave Of Illusion” combina a sonoridade sombria com o tema da fé cega, que envolve acreditar em algo sem questionar, mesmo quando não existem evidências concretas para sustentá-la.

Ao narrar a história da “mão invisível”, na qual os poderosos controlam tudo e manipulam a humanidade como peças em um jogo para servir a seus sinistros objetivos, “Slave Of Illusion” se revela, essencialmente, uma crítica à ilusão enganosa de escolha. Na realidade, frequentemente nos falta o controle, uma vez que mentes corruptas tomam decisões em nosso lugar, em busca incessante de mais poder e exploração.

Gladimir comentou sobre esse tema: “Lamentavelmente, algumas pessoas no poder se valem dessa fé para manipular as massas em nome de uma moralidade fictícia. Elas se apresentam como líderes virtuosos, mas, na realidade, são corruptas e egoístas, explorando a fé das pessoas para atingir seus próprios objetivos. A reflexão aqui proposta destaca a importância de manter a consciência da manipulação e da necessidade de questionar, em vez de aderir passivamente a ideias.”

Escolha seu streaming favorito e ouça “Slave Of Illusion” em https://onerpm.link/983584174085

Incorporando influências e referências da sonoridade sombria do Black Metal mais orquestrado, o Apocrifus, não pode ser completamente classificado dentro desse estilo. Isso ocorre devido às temáticas exploradas em suas letras, que se concentram no autoconhecimento e nas premissas do lado sombrio da natureza humana.

Sobre a sonoridade do Apocrifus, o músico explicou: “Eu não estou familiarizado nem acompanho a maioria das bandas de Black Metal atuais, porque percebo que muitas delas tendem a sobrecarregar o teclado com efeitos, perdendo de vista a musicalidade. Minha abordagem busca resgatar os riffs de guitarra e a essência do metal, em vez de se envolver na competição de quem consegue tocar mais rápido ou de forma mais brutal. Sempre busco equilibrar adequadamente a melodia, as orquestrações, as harmonias vocais e os coros, juntamente com a dose certa de peso.”

Ambas as faixas farão parte do álbum “Reflections Of Darkness”, que trará 10 músicas envolventes, compostas, gravadas, mixadas e masterizadas por seu próprio mentor, cujo lançamento está programado para o dia 23 de novembro desse ano.

APOCRIFUS nas redes:

https://www.instagram.com/apocrifus_official
https://www.youtube.com/@apocrifus

SUMMER BREEZE BRASIL ANUNCIA LINE-UP OFICIAL PARA A EDIÇÃO 2024

O tradicional festival de heavy metal alemão se estabelece de vez em solo brasileiro com sua segunda edição em 2024 e hoje divulga cartaz com line-up oficial.

A segunda edição do Summer Breeze Open Air do Brasil, que acontecerá nos dias 26, 27 e 28 de Abril de 2024, no Memorial da América Latina (SP) anuncia hoje seu line-up completo para 2024 e traz como headliners bandas consagradas no cenário do heavy metal como WITHIN TEMPTATION, HAMMERFALL, ANTHRAX, KILLSWITCH ENGAGE, SEBASTIAN BACH, MR.BIG e os agora revelados EPICA e um dos grandes nomes do heavy metal mundial: o MERCYFUL FATE.

Um dos grandes destaques é a banda MERCYFUL FATE, liderada por King Diamond (voz). O grupo é uma das bandas mais cultuadas no Mundo todo e é também referência para o surgimento de diversos outros subgêneros dentro da cena do heavy metal, como o black metal, por exemplo. O som distintivo praticado pela banda vem com vocais versáteis, incluindo agudos e falsetes, guitarras bem trabalhadas e uma temática voltada ao ocultismo, satanismo e histórias de horror. O título de seu primeiro álbum “Melissa” era o apelido do crânio que o vocalista usava como parte do cenário e de suas performances. A banda, que voltou aos palcos no dia 2 de junho de 2022, realizou seu primeiro show desde 1999 em Hanôver (ALE), como parte de uma turnê europeia, onde estreou uma nova música, “The Jackal of Salzburg”. “Masquerade of Madness”, outra das novas, saiu como videoclipe e está disponível nas plataformas de streaming. A formação atual traz King Diamond, Hank Shermann e Mike Wead (guitarras) e Matt Thompson (bateria, substituindo Bjarne T. Holm), além de Pontus Egberg (baixo) no lugar do saudoso Timi Hansen – a baixista Becky Baldwin (Fury) e Joey Vera (baixo, Armored Saint) também chegaram a substituir Hansen.

O festival ainda terá uma das bandas mais requisitadas pelo público – a banda holandesa de metal sinfônico EPICA, que recentemente lançou um álbum ao vivo intitulado ‘Live At The AFAS Live” gravado em Amsterdam, na Holanda. Além deles e das outras bandas previamente anunciadas também estarão presentes as bandas DARK TRANQUILLITY, CULTURA TRES e o icônico vocalista DINO JELUSIĆ, membro permanente do TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA desde 2016.

Sobre os outros nomes já confirmados:

Amorphis

Angra

About2Crash

Anthrax

Avatar

AXTY

Alchemia

Biohazard

Black Stone Cherry

Battle Beast

Carcass

Cultura Tres

Clash Bulldog’s

Death Angel

Dr. Sin

Eclipse

Exodus

Edu Falaschi

Eminence

Electric Mob

Forbidden

Gamma Ray

Hammerfall

Hellish War

In Extremo

Jeff Scott Soto

Jelusick

John Wayne

Killswitch Engage

Korzus

Kryour

Lacuna Coil

Mr. Big

Massacration

Minipony

Nestor

Nervosa

Nite Stinger

Overkill

Rage In My Eyes

Ratos de Porão

Sebastian Bach

Spektra

Sinistra

Sioux 66

The 69 Eyes

The Night Flight Orchestra

The Troops of Doom

Torture Squad

Tygers of Pan Tang

Within Temptation

Zumbis do Espaço

Os ingressos estão disponíveis de forma online, através do Clube do Ingresso, sem taxa de conveniência até o dia 19/11. Confira os valores:

  • Ingresso por dia (Summer Card): R$525,00 / R$1.050,00 (inteira)
  • Summer Card Social: por dia (mediante doação de 1kg de alimento não perecível): R$600,00 
  • Ingresso para todos os dias (Pass): R$1.400 / R$2.800 (inteira)

Mais informações em: www.clubedoingresso.com/evento/summerbreeze2024

Mais sobre o festival: https://linktr.ee/summerbreezebrasil

Outras informações em: www.summerbreezebrasil.com

Siga @summerbreeze.brasil

RITUALIST lança lyric vídeo de “Temple of Madness”, música que conta com a participação de Magnus Wichmann (ex-Rage In My Eyes)

Lançado recentemente, o álbum Tales of Life and Death”, da banda gaúcha RITUALIST, tem chamado a atenção pela sua técnica e agressividade, cuja sonoridade engloba o que há de melhor entre o Heavy e Power Metal. E para dar seguimento à divulgação do álbum, a banda disponibilizou um lyric vídeo para “Temple of Madness”, produzido pelo próprio vocalista da banda, Ricardo Janke. A faixa conta com a participação do guitarrista Magnus Wichmann, que faz o solo de abertura e intercala solos no meio da música com o guitarrista Rogério Reis. Magnus toca ainda em “Vampire Brother”, fechando uma parceria muito produtiva, como declarou a banda: “Ter o Magnus tocando duas músicas com a gente foi a cereja do bolo. Acompanhamos seu trabalho desde os tempos do Scelerata até o Rage In My Eyes e não poupamos esforços em ter seus solos engradecendo nossas músicas. O Magnus é certamente uma de nossas grandes influências do Metal gaúcho”.

Assista ao lyric vídeo de “Temple of Madness”:

Segundo Ricardo Janke, a música nasceu entre os anos de 2004 e 2006, quando ele e o guitarrista Rogério Reis tocaram juntos na banda INNERSIGHT, ainda nos tempos da escola. De acordo com Rogério Reis“na época Janke apresentou as linhas gerais do que seria a música para a banda, mas na ocasião a música não chegou a ser finalizada. Os anos se passaram e quando voltamos a compor juntos, “Temple of Madness” foi finalizada, ganhando uma pegada mais atual, e lançada em nosso debut”. Janke completa; “Foi como voltar no tempo, quando dávamos nossos primeiros passos mais profissionais no mundo da música. Lembro que quando a compomos, tínhamos algumas ideias, e ao retrabalhar ela tanto tempo depois, acabamos mantendo a maioria das ideias, mas, pensando numa pegada mais próxima do que estamos trabalhando no momento. Ainda assim, nos traz memórias muito boas, de uma época memorável”.

Na época, o INNERSIGHT foi o embrião do que posteriormente viria a ser o RITUALIST, e contava ainda com o baterista Rafael Reis (ex-Eridanus/ex-Ritualist) e o baixista Marcos Vieira. Após o término da banda, a dupla seguiu por caminhos distintos. Em 2012, Rogério Reis montou o RITUALIST, inicialmente como uma banda de covers, e em 2018 Janke juntou-se ao grupo que retomou então o foco em composições autorais, com o lançamento do EP “Praeludium” em 2021, que conta com três faixas, o qual, acabou abrindo o caminho para o que viria a ser o álbum ‘Tales of Life and Death”, composto de 10 faixas trazendo diversas participações especiais. Além de Magnus Wichmann, o álbum traz Lucas Grzesczak (Asator, Dressed in Blood) que participou nas músicas “Fallen Angels” e “Vampire Brother” e a cantora lírica Vivian Capobianco (Tomahawk), responsável pelas partes líricas na faixa “Child of the Sun”.

Ouça o álbum Tales of Life and Death” no Spotify:

Créditos da foto:

Leonardo Gomes (@leogomesfotografia)

Contatos:

Facebook: https://www.facebook.com/ritualistband

Instagram: https://www.instagram.com/ritualist.oficial

YouTube: https://www.youtube.com/@ritualist1024

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br