Category Archives: News

One Last Hope prepara novo álbum e lança o primeiro single, Covarde

O quarteto punk/hardcore paulistano One Last Hope está de volta com um porção de novas músicas´, parte do primeiro full album, que exaltam melodias, riffs com pegada e letras com mensagens bastante urgentes à sociedade. O primeiro single é Covarde, que aborda a covardia da violência doméstica e como a sociedade por tantas vezes culpa a vítima.

Ouça Covarde aqui, já nas plataformas de streaming com distribuição da Tratore: https://tratore.ffm.to/covarde.

Com distintas dinâmicas, a One Last Hope traz tanto passagens introspectivas como expansivas em Covarde, numa sonoridade de montanha russa que dialoga diretamente com a densidade da letra e sua mensagem.

Covarde começa com dedilhados mais melódicos vai esquentando até explodir no refrão mais rápido e direto.

“É uma violência não raramente silenciosa, que acontece onde ninguém vê. Essa música é alerta sobre o tema e mostra o quanto nós, como indivíduos e banda, somos contra. É preciso denunciar os abusadores, é preciso punir as pessoas violentas”, destaca a banda.

Mais singles serão lançados em breve, fiquem atentos!

Este é o primeiro lançamento da One Last Hope após o EP homônimo de estreia, de 2019, com cinco músicas. A banda está na ativa desde 2015.

As principais referências são Bad Religion, A-ok, Pennywise, CPM22, FullHeart, Millencolin,Dead Fish,Sugar Kane, Audio, Propagandhi, Samiam e Street Bulldogs.

“A música é uma forma de externar sentimentos e pensamentos, escrevemos o que vivemos e sentimos e acreditamos que essa é a essência do Rock/Punkrock/Hardcore”, eles comentam.

One Last Hope é

Romulo Cybis – Voz e Guitarra
Fellipe Scripilliti – Bateria e Voz
Danilo Galindo – Baixo
Daniel Silveira – Guitarra

One Last Hope nas redes

www.instagram.com/bandaonelasthope
https://www.onelasthope.com.br
https://linktr.ee/Onelasthope

Spine Shiver lança videoclipe irreverente e brilha com celebridades em eventos por São Paulo! 

Créditos: Fotos por Larissa Pulcinelli (@lap_fotografia)

A banda paulista de Southern Rock, Spine Shiver, realizou um evento privado na Galeria do Rock, em São Paulo/SP, no dia 28 de março, apresentado pelo mestre de cerimônias Alê Sobral. Durante o evento, foi oficialmente apresentado o novo baterista da banda, Rick Koba, que se juntou a Eli Colt (vocal/guitarra), Michael Rock (baixo/backing vocals) e Guss Kbello (guitarra/backing vocals) para uma apresentação surpreendente e bombástica.

O show também contou com a participação especial de renomados nomes do Rock nacional, como Clemente Nascimento (Inocentes, Plebe Rude), Juliana Kosso (Velhas Virgens), Glauco Chaves (Rock na Teia, Aranhas Amplificadas e Viúva Negra) e Osvail A. Junior (Just e renomado coach vocal). A abertura ficou por conta de Mike Stellar e a banda Last Wolfers.

Aproveitando a ocasião, o quarteto paulista também lançou o irreverente videoclipe de sua nova, emblemática e cheia de alto astral música, “Most Wanted”, exibindo influências que vão desde o Hard Rock, Folk, Flamenco até mesmo Baião.

A confraternização contou com a presença ilustre de diversas celebridades e influenciadores da nova era do Rock N’ Roll nacional, incluindo Srta PepperGustahillPablo PortilhoCaio Men, entre outros, além de representantes de diversos meios de comunicação, rádios e TVs, inclusive de fora do estado, que prestigiaram e cobriram o evento.

Ouça “Most Wanted” em https://tratore.ffm.to/mostwanted

Assista ao videoclipe de “Most Wanted” em https://youtu.be/LZUjgJjv1gQ

Produção (independente) por Spine Shiver
Direção e gravação por Windi Ribeiro

Com uma agenda lotada de compromissos, a Spine Shiver realizou, no dia 5 de abril, um show no Teatro Jardim Sul, em parceria com a banda Fourdown. O evento, com realização da DoaSom, foi gravado e será disponibilizado na íntegra no YouTube. E não parou por aí, pois dois dias depois, o quarteto se apresentou na Av. Paulista, acompanhado por Mazin Silva, um dos maiores intérpretes e instrumentistas do Brasil, e a banda Ãnama, proporcionando um som para os transeuntes da maior avenida do país. E para encerrar o final de semana agitado, realizaram mais um show no Gaz Burning, na estação Água Branca, em São Paulo, contando com a participação da cantora e compositora de música Pop, Bruna Rocha, que estava presente no evento e foi convidada para subir ao palco.

Quem busca viver de música e confia na qualidade de seu repertório e trajetória, jamais pode se acomodar. E para demonstrar que a Spine Shiver está comprometida com isso, em breve será anunciada uma mini turnê que passará pelo Paraná, Rio de Janeiro, Brasília, Minas Gerais e Bahia. Paralelamente a isso, a banda continua trabalhando nas composições de seu segundo álbum completo da carreira.

Mais sobre a SPINE SHIVER:

Formada em 2018, na cidade de Itupeva, em São Paulo, a Spine Shiver fez história ao se tornar a primeira banda de Rock a se apresentar no projeto experimental da Prefeitura de São Paulo chamado Ruas Abertas, realizando sua performance em frente à Galeria do Rock e sendo a única representante do gênero no evento.

Com diversos singles e um álbum completo em sua discografia, intitulado “The Road” (2020), todos premiados e elogiados pela crítica, a banda acumula uma história de sucesso e vitórias em várias premiações, festivais e programas de rádios consagradas, além de receber indicações a prêmios nacionais e internacionais.

SPINE SHIVER nas redes:

Instagram: @spineshiveroficial
Facebook:
 @spineshiver
Youtube:
 @spineshiveroficial

Assessoria de Imprensa: JZ Press (@jzpressassessoria)

Weedevil divulga informações e capa do novo álbum “Profane Smoke Ritual”

O Weedevil anunciou para junho o lançamento de seu novo álbum, “Profane Smoke Ritual”, pelo selo mexicano Smolder Brains Records, gravadora que já trabalhou com a banda no Split.

O álbum “Profane Smoke Ritual” explora temas profundos inspirados por figuras como Crowley, a dualidade e a libertação de Lilith e Baphomet, abordando espiritualidade, transcendência e mistério. As letras de autoria de Flavio Cavichiolli convidam os ouvintes a mergulharem em suas próprias reflexões sobre a existência e o significado da vida, buscando inspirar pensamentos mais profundos e introspecção.

Segundo o baterista, “Destaco especialmente a música ‘Profane Smoke Ritual’, que retrata uma jornada de libertação espiritual através de rituais e experiências com a fumaça da cannabis. Esta canção reflete minha própria exploração pessoal da conexão entre mente, corpo e espírito”.

Ele ainda completou; “Espero que as letras do álbum ressoem com os ouvintes de forma significativa, incentivando-os a refletir mais profundamente sobre suas próprias jornadas pessoais.”

A recente mudança na formação da banda trouxe uma energia renovada e uma nova dinâmica criativa para o Weedevil. Como um projeto que não se prende a um único estilo, a banda sempre esteve aberta a experimentar novas sonoridades. Com essa nova formação, a banda buscou agregar o peso do heavy metal à essência do doom, resultando em uma fusão única de estilos.

Flávio também falou sobre a criação das músicas; “Na Weedevil, minha abordagem como baterista é um pouco diferente. Geralmente, começo com a criação da batida e da atmosfera da música e, em seguida, a guitarra entra para complementar essa melodia. Minha composição com a guitarra é bastante intuitiva e livre, o que traz um diferencial ao nosso som”.

Ele também falou sobre a performance dos músicos; “A participação do Jimmy na guitarra foi fundamental neste álbum. Estabelecemos uma conexão criativa muito rápida, o que contribuiu significativamente para a sonoridade e a direção musical do projeto. Cada membro da banda trouxe sua própria contribuição única, com Henrique trazendo os riffs pesados, Cláudio incorporando a profundidade do baixo e o vocal da Poison acrescentando um toque especial, inspirado por bandas como Black Sabbath, Judas Priest e Candlemass”.

A arte feita por Lie Design para a capa do álbum “Profane Smoke Ritual” combina elementos inspirados na filosofia de Aleister Crowley, conhecido por práticas rituais e uso de substâncias psicoativas, com referências visuais das pinturas gregas dedicadas a Dionísio e aos rituais das Bacantes. Essa fusão cria uma representação simbólica da conexão entre o divino e o terreno, abordando temas de espiritualidade, mistério e libertação.

O tracklist de “Profane Smoke Ritual”  traz as seguintes músicas:
1.         “The Serpent’s Gaze”
2.         “Chronic Abyss of Bane”
3.         “Profane Smoke Ritual”
4.         “Veil of Enchanted Shadows”
5.         “Necrotic Elegy”
6.         “Serenade of Baphomet”

“Profane Smoke Ritual”  foi produzido por Diego Rocha e Carlos Abreu, no Bay Area Studio. A mixagem e a masterização está sendo feita por Diego Rocha.

No dia 08 de junho (sábado), o Weedevil tocará no “Doomed Girls On The FFFront Vol.1” no FFFront em São Paulo/SP, à partir das 21h.

E no dia 06 de outubro (domingo), eles tocarão ao lado das bandas Lucifer, Pesta, Space Grease e Tamtun, no Fabrique, em São Paulo/SP.

Ingressos: https://www.bilheto.com.br/comprar/2266/lucifer-sp

O Weedevil é formado por Flavio Cavichiol (bateria), Poison (vocal), Jimmy Olden (guitarra), Henrique Bittencourt (baixo) e Claudio HC Funari (baixo).

Acompanhe o Weedevil em seus canais oficiais:
https://linktr.ee/Weedevil
https://weedevil.bandcamp.com
https://www.facebook.com/weedevildoom
https://instagram.com/weedevildoom
https://youtube.com/channel/UCaZRNaWUhSzWRi2erx1kqJA

Para as mulheres da banda Venuz, o amor é um veneno. Ouça “Belladonna”

Dos Bórgia à Baudelaire: Novo single da Venuz transborda simbologias
Música faz referência ao poeta francês Charles Baudelaire e a venenos

O riff da intro promete e anuncia: “Belladonna” é um single para dançar. O novo lançamento das cariocas da Venuz marca um período de desafios tanto para as integrantes como para as criações do grupo. O single e o lyric vídeo serão lançados no dia 18 de abril, nas principais plataformas de streaming e no YouTube, respectivamente. Quem quiser ouvir a música antes, ela será tocada pela primeira vez durante o festival Rock de Favela, no Rio, no dia 12 de abril.

Faça o pré-save de “Belladonna”: https://onerpm.link/601207871166
Assista ao lyric video de “Belladonna”: https://www.youtube.com/watch?v=TgRPbOX2dcE

“Belladonna” trata dos revezes do amor e das diversas camadas do coração partido. A palavra remete ao nome da flor mais venenosa que existe, e a simbologia por trás da obra não se limita apenas ao título. A data de lançamento, 18/4, marca o dia do nascimento de Lucrécia Bórgia, conhecida pela lenda de ser uma assassina com feições angelicais que, em nome de sua família, envenenou homens renomados.

O destaque do novo trabalho é o refrão cantado em francês e a inspiração no poeta Charles Baudelaire, um dos precursores do simbolismo. Nesse trecho, há a citação do soneto “que diras-tu ce soir, pauvre âme solitaire?“, utilizado por se tratar de um amor tóxico. “A musa da canção é uma bela mulher que deixa a pessoa com quem se relaciona viciada e traumatizada”, explica Aila Dap, vocalista da banda.

Ela completa citando a relação entre o livro “Les Fleurs du mal”, de Baudelaire, e a letra da música: “Trata-se de um relacionamento homoafetivo entre duas mulheres, e é significativo o fato de a obra de Baudelaire ter sido processada pela afronta aos bons costumes devido à apologia ao relacionamento entre mulheres“.

A mescla de português com outros idiomas já foi utilizada pelas meninas anteriormente, como na canção “Te iubesc!, com trechos em romeno. Com “Belladonna”, porém, a mistura de idiomas foi mais desafiadora por conta do ritmo da música. Nas palavras de Aila: “Experimentamos um [ritmo] diferente até nas partes em português, com letras rápidas que se assemelham ao rap. Por esse motivo achamos interessante fazer um lyric vídeo”.

Conheça a Venuz

A banda Venuz é formada por quatro mulheres que se inspiram em ícones femininos durante sua trajetória. Juntas desde 2017, já são dezenas de shows realizados por todo o estado do Rio de Janeiro. Entre suas influências estão: The Pretty Reckless, The Runaways, Hole, Pitty, Vixen, Rita Lee e mais.

A ficha técnica de “Belladonna” traz Aila Dap como vocalista e compositora; Renata Vianna, guitarrista e arranjadora; Carolina Guterres, baixista e arranjadora; Juliana Valente, baterista e arranjadora; Francisco Patrício, produtor musical; e Marcelo Nathan, Videomaker

Acompanhe a Venuz nas redes sociais:
YouTube: https://www.youtube.com/bandavenuzoficial
Facebook: https://www.facebook.com/BandaVenuz/
Instagram: @bandavenuz 
Twitter: @bandavenuz

Krakkenspit: obras de artistas clássicos inspiram vídeo de ‘Charon’s Obol’

Crédito: Ivana Micheli

Faixa integra o EP de estreia da banda goiana, “Krakkenspit I” | Foto: Ivana Micheli

A banda goiana Krakkenspit, que conta com Márcio Cruvinel (vocal), Aldo Guilherme (guitarra), Julian Stella (baixo) e Bruno Dias (bateria), apresenta o lyric video de “Charon’s Obol”, última faixa do EP “Krakkenspit I”. “A música ‘Charon’s Obol’, que significa o ‘Óbulo de Caronte’ trata da lenda da Grécia Antiga sobre o barqueiro Caronte, que carregava as almas dos recém-mortos sobre o Rio Estige, o qual separava o mundo dos vivos do mundo dos mortos. Uma moeda era colocada sob a língua do cadáver, sem a qual a alma estava condenada a vagar perdida”, detalhou o vocalista Márcio Cruvinel.

No vídeo, o Krakkenspit mescla heavy metal com arte ao conduzir um passeio por obras de artistas clássicos da humanidade, como Michelangelo, Doré, Luca Giordano, Patinir e outros que abordaram a mitologia ao redor de Caronte, o barqueiro das almas. Obras como “A barca de Caronte”, “A Batalha das Termópilas” e “Atravessando Rio Stige”, enriquecidas com recursos visuais atuais, ilustram os versos sobre a história do guerreiro grego morto em batalha na Planície de Maratona, tema de “Charon’s Obol”. “A temática do lyric é uma metáfora do próprio estilo do Krakkenspit, com bases sólidas no metal tradicional, pontuada por elementos de peso dos tempos atuais”, avalia Márcio Cruvinel.

Confira o lyric video, produzido por Gabby Vessoni, em https://youtu.be/ovw_Riacj0s

O EP “Krakkenspit I” foi gravado no estúdio Fantom Studio, em Goiânia (GO), e teve arte de capa de Sandro Cruvinel (Numen Design). O material foi produzido pela própria banda, tendo Geovani Maia como engenheiro de som e responsável pela mixagem, com masterização a cargo de Francisco Arnozam.

A banda segue fazendo shows e preparando o material para a gravação do primeiro álbum completo ainda para esse ano, cuja produção ficará a cargo de Thiago Bianchi (Noturnall e ex-Shaman, Karma) e a capa por Sandro Cruvinel (Numen Design).

Site relacionado: https://ffm.bio/doeqw7b
Facebook: https://www.facebook.com/krakkenspit/
Instagram: https://www.instagram.com/krakkenspit/

E-mail: krakkenspit@gmail.com

Junior Carelli celebra o Eclipse Solar compondo uma nova música ao vivo em uma collab com o canal Space Today

Composição foi pensada pelo tecladista como uma obra pianística e foi criada durante transmissão em parceria com Sérgio Sacani do canal Space Today

Enquanto o mundo se preparava para testemunhar o espetáculo cósmico do Eclipse Solar, o renomado músico e compositor Junior Carelli revelou uma nova obra-prima sonora inspirada neste fenômeno celestial. A música foi composta e gravada em uma Live transmitida ao vivo e divulgada em parceria com Sérgio Sacani do canal Space Today.

Assista e ouça a músicahttps://youtu.be/BnC_g5Uf53M?si=CnqPY_T9iZMdmq68

Assista a transmissãohttps://www.youtube.com/watch?v=06iHO-k1P0k&t=604s

Instagramhttps://www.instagram.com/reel/C5hHv50AwKP/?igsh=ajVzM2JnaGVhcXhv

O Eclipse Solar, um dos eventos mais fascinantes da natureza, captura a imaginação de muitos e desperta uma sensação de maravilha e mistério. Para celebrar essa ocasião única, Junior Carelli, conhecido por suas habilidades musicais distintas e sua capacidade de criar composições emotivas, decidiu canalizar sua inspiração para criar uma música que encapsula a magia do eclipse.

“Durante o eclipse solar total em Niágara Falls… eu compus e finalizei uma música para piano ao vivo, coloquei uma câmera com os filtros no sol, peguei a imagem da nasa, deixei o Logic aberto pra todos verem que estava gravando e compondo ao vivo! Espero que curtam o resultado… das imagens e som original… ECLIPSE FALLS… obrigado @SpaceToday pelo incentivo e inspiração e @CarreirasnoCanada por participar”, disse Junior Carelli.

Sob a direção do renomado músico e compositor Junior Carelli, os espectadores serão conduzidos por uma experiência transcultural que explora como o universo e suas maravilhas inspiram composições musicais que refletem nossa relação com o cosmos.

Com uma fusão de elementos musicais ecléticos e uma abordagem única para contar histórias através de sua música, Junior Carelli conseguiu capturar a essência do Eclipse Solar em sua composição mais recente. Sua obra promete transportar os ouvintes para uma jornada emocionante, onde podem experimentar a grandiosidade e o mistério deste fenômeno celestial.

A música de Junior Carelli para o Eclipse Solar, Eclipse Falls, está disponível no YouTube, permitindo que os ouvintes em todo o mundo mergulhem na atmosfera mágica deste evento celestial enquanto desfrutam de sua composição excepcional.

Sobre Junior Carelli:

Ao longo de sua vida musical, Junior Carelli tem sido aclamado tanto por sua técnica impecável quanto por sua capacidade de transmitir emoção através de suas interpretações. Com uma história marcante como integrante de bandas icônicas como Noturnall, Shaman e Angra, Carelli destaca-se não apenas por sua virtuosidade no teclado, mas também pela versatilidade como produtor e diretor na Foggy Filmes. Atualmente, ele colabora com seu parceiro Fernando Quesada no duo ANIE e também mantém uma carreira solo.

Um dos destaques atuais de sua carreira é o projeto “Rock Piano Orchestra”, uma interpretação magnífica de clássicos do rock e metal enriquecidos pela elegância do piano e pela grandiosidade da orquestra. O projeto destaca-se por sua abordagem única, transformando tanto músicas clássicas quanto composições originais em envolventes arranjos de rock orquestrado.

Junior Carelli compartilhou o palco com lendas como Randy Rhoads Remembered, Mike Orlando, Rudy Sarzo, Bryan Tichy, Michael Kiske e James Labrie, consolidando sua posição como tecladista de destaque no Brasil e no mundo. Ele também recebeu reconhecimento como embaixador da música brasileira em Oklahoma.

Com produções que acumulam mais de 300 milhões de reproduções e um significativo engajamento digital, Junior Carelli continua a redefinir os limites da música, conectando gêneros e culturas por meio de suas performances e produções audiovisuais. Sua presença marcante no cenário musical internacional solidifica seu papel como um dos artistas mais influentes e inovadores de sua geração.

Assista ao experimento de IA x Humano: https://www.youtube.com/watch?v=vbz-7IHY2SU
Assista “Zelda – A Link To The Past”: https://www.youtube.com/watch?v=_X_bzZrQaYs
Assista “Milonga para as Missões”: https://youtu.be/LMm32Q9y9Tg?si=YnSyXywVn_Da3Xm8
Assista “What I’ve Done”: https://youtu.be/CKRjv9STd4k?si=Iyu1qFhgYgKrakW_
Assista “Avantasia”: https://www.youtube.com/watch?v=BV8Qs99zgZc
Assista “My Sacrifice”: https://youtu.be/86dFjclGysk?si=yWBUktDAR5yFLc1f
Assista “Carry On”: https://youtu.be/Zj-LjYFyNnk?si=JV0NzOaI7MDxb02O
Assista “The Spirit Carries On”: https://youtu.be/G_w-umkYfdI?si=bkPh-dKXi5V3Eu3s
Assista “How You Remind Me”: https://youtu.be/JczFqEjwrE8?si=mE9kzgx6gLHFgqa1

Saiba mais sobre Junior Carelli:
Official Website: https://www.juniorcarelli.com.br
Instagram: @juninhocarelli
Facebook: @juniorcarelliofficial
TikTok: @juninhocarelli

Felipe Machado entrevista a ativista ambiental Jane Goodall na estreia do programa Pensata

Programa de entrevistas com grandes personalidades mundiais é produzido pela FMLabs e exibido no canal do jornalista no Youtube

Depois da primeira temporada do podcast De Onde Vêm as Ideias, a produtora FMLabs, de Felipe Machado, apresenta um novo projeto: o programa Pensata, onde o jornalista, escritor e músico entrevista grandes personalidades internacionais sobre suas trajetórias e temas universais. O conteúdo é exibido no canal de Machado no Youtube (http://www.youtube.com/@felipemachado_).

A convidada da estreia é a primatologista e ativista ambiental britânica Jane Goodall, uma das vozes mais importantes na defesa do meio ambiente em todo o mundo.

Assista a entrevistahttps://youtu.be/Y4qpX3pHgMw?si=ts1Y_7vHi9tU93vd

Em 1960, aos 26 anos, ela embarcou em uma jornada que revolucionaria nossa compreensão dos chimpanzés e do nosso lugar no mundo. Movida por uma paixão pela natureza, ela se aventurou pelas montanhas de Gombe, na Tanzânia, para estudar esses primatas em seu habitat natural.

Equipada com cadernos, binóculos e um espírito desbravador, Jane Goodall quebrou barreiras e desafiou o status quo da época. Por meio de suas pesquisas inovadoras, ela revelou a complexa vida social dos chimpanzés, incluindo suas ferramentas, emoções e comportamentos até então desconhecidos.

Essas descobertas tiveram um impacto profundo na ciência e na sociedade. Aos 90 anos, Jane Goodall continua sua missão como Mensageira da Paz da ONU. Viajando 300 dias por ano, ela se dedica a defender o meio ambiente e combater as mudanças climáticas. Sua incansável luta mobiliza milhões de pessoas em todo o mundo e inspirou a criação do Instituto Jane Goodall, presente em 26 países.

Felipe Machado / FMLabs

Felipe Machado é jornalista, escritor e músico com uma carreira reconhecida no Brasil e no exterior. É Editor de Cultura da revista ISTOÉ e autor de diversos livros, entre eles ‘Um Lugar Chamado Aqui’, eleito Melhor Livro de 2017 pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), e ‘Ping Pong – Chinês por um mês’, indicado ao prêmio Jabuti. É fundador e guitarrista da banda de rock VIPER, com quem realizou turnês pelo Japão, Europa, EUA e América do Sul. Como vocalista e compositor, lançou os álbuns ‘FMSolo’ e ‘Primata’. A produtora FMLabs tem como foco projetos de música, conteúdo audiovisual e editorial.

The Troops of Doom lança ‘Chapels of the Unholy’, primeiro single/clipe do novo álbum

Crédito: Cissa Flores

Para Jairo Guedz, ‘Chapels of the Unholy’ sintetiza a essência do novo álbum, “A Mass To The Grotesque”

O The Troops of Doom apresenta “Chapels of the Unholy”, primeiro single e videoclipe extraído do novo álbum, “A Mass To The Grotesque”, que será lançado no dia 31 de maio pelo selo português Alma Mater Records, cujo sócio é Fernando Ribeiro, vocalista do Moonspell. “Escolhemos ‘Chapels of the Unholy’ como primeiro single, pois ela sintetiza a essência do novo álbum e a direção que estamos tomando. É uma música intensa e rápida, que traz à tona as raízes do nosso death metal. Além disso, a letra fala sobre o declínio da fé e a escuridão dentro da mente humana, temas muito conectados com o conceito desse novo álbum”, detalhou o guitarrista Jairo “Tormentor” Guedz. “O single ‘Chapels of the Unholy’ não só representa o que os fãs podem esperar do álbum como um todo, mas também serve como uma ótima introdução a esse mundo grotesco que criamos.”

Assista ao videoclipe de “Chapels of the Unholy” em https://www.youtube.com/watch?v=nVWjvxkjhSQ

“A Mass To The Grotesque”, que conta com arte de capa do britânico Dan Seagrave, foi gravado no Audio Porto, em Porto Alegre (RS), e conta com produção de André Moraes, músico, autor de trilhas sonoras para cinema, teatro e televisão, além de diretor de filmes e videoclipes. O sucessor de “Antichrist Reborn” (2022) foi mixado e masterizado por Jim Morris no lendário estúdio Morrisound, na Flórida (EUA).

AGENDA DE SHOWS:
28.08 São Paulo (BRA) – Summer Breeze
02.08 Cottbus (ALE) – Muggefug
03.08 Nuremberg (ALE) – Straßenfest
04.08 Berlim (ALE) – Maschinenhaus
05.08 Bamberg (ALE) – Live Club
06.08 Halle (ALE) –  Reil 74
07.08 The Hague (HOL) – Musicon
08.08 Breda (HOL) – Sound Dog
09.08 Doetinchen (HOL) – Engelenbak
10.08 Wermelskirchen (ALE) – AJZ
11.08 Hamburgo (ALE) – Indra
12.08 Charleroi (BEL) – MCP Apache
14.08 Kassel (ALE) – Goldgrube
15.08 Sosnowiec (POL) – M. Doctrine
23.08 Almeria (ESP) – The Time Club
24.08 Madrid (ESP) – Revi Live
25.08 Milagres (POR) – Milagre Metaleiro

Ouça no streaming: https://bfan.link/troops-chapels-of-the-unholy

PRÉ-VENDA do álbum físico em https://bit.ly/49LaD1x

Sites relacionados:
https://www.thetroopsofdoom.com
https://www.almamaterrecords.com

Mídias sociais:
https://www.facebook.com/thetroopsofdoom
https://www.instagram.com/thetroopsofdoom

Merch: https://www.thetroopsofdoom.com/loja

Contato: info@thetroopsofdoom.com

Edu Falaschi lança videoclipe da música “Eldorado”, que capturou a alma do Power Metal Progressivo em São Paulo; assista

Crédito Foto: Caike Scheffer

Clipe foi dirigido por Daniel Mazza e gravado no show do Tokio Marine Hall, em São Paulo, no dia 27 de janeiro de 2024

Uma noite épica, que ficou eternizada através das lentes das câmeras no show de São Paulo em janeiro de 2024. O aguardado videoclipe da música “Eldorado”, do vocalista Edu Falaschi, não apenas capturou a grandiosidade do espetáculo, mas também a efervescência emocional dos fãs, elevando a experiência audiovisual a um novo patamar de intensidade.

Com a casa de show completamente lotada, o desafio de transformar uma música de mais de 10 minutos em um vídeo clipe memorável era monumental. No entanto, a energia contagiante dos fãs alimentou cada frame, criando um híbrido poderoso entre o áudio original da música do disco Eldorado e áudio dos momentos de euforia capturados ao vivo.

Assista o videoclipehttps://www.youtube.com/watch?v=aSEaxUQXLhY

Ao assistir ao vídeo clipe de “Eldorado”, os espectadores são transportados para dentro da multidão, onde podem sentir a pulsação da plateia e testemunhar a magia que permeou cada segundo daquela noite inesquecível. Desde os riffs arrebatadores até os coros uníssonos, a essência do metal progressivo é exalada em cada imagem, cada nota, cada grito de emoção.

Para os fãs, o videoclipe de “Eldorado” não é apenas uma representação visual da música, mas sim uma celebração da comunidade, da paixão compartilhada e do poder transformador da música ao vivo. É uma lembrança vívida de um momento que transcende o tempo e o espaço, deixando uma marca indelével nos corações e mentes de todos os que testemunharam sua grandiosidade.

A banda de Edu Falaschi para este videoclipe gravado em São Paulo foi formada por Victor Franco (guitarra), Diogo Mafra (guitarra), Raphael Dafras (baixo), Aquiles Priester (bateria) e Fábio Laguna (teclado). Misturando elementos históricos, ficção e mixagem cinematográfica, “Eldorado” viaja no tempo e traz músicas com influências latinas, flamenco, músicas latinas e astecas com instrumentos inusitados. Com o vocalista Edu Falaschi no comando, os músicos mostram porque são considerados exímios musicistas, ao mesmo tempo, que carregam uma sensibilidade musical acima da média e melodias que cativam de primeira.

SOBRE ELDORADO

Edu Falaschi lançou seu mais recente álbum intitulado “Eldorado”, uma parte essencial de uma trilogia conceitual que cativa os ouvintes com 11 faixas inéditas e uma emocionante faixa bônus em espanhol. Além disso, o álbum conta com participações especiais de artistas notáveis como José Andrëa, a lendária voz por trás da banda espanhola Mago De Oz, Sara Curruchich, uma cantora indígena Maia, e Fábio Lima, um dos renomados violonistas do mundo.

Ouça “Eldorado”: https://onerpm.link/eldorado
Assista “Tenochtitlán”: https://youtu.be/JVnGajp62O8
Ouça “Tenochtitlán”: https://onerpm.link/Tenochtitlan

A trilogia, da qual “Eldorado” é a segunda parte, mergulha os ouvintes em uma saga envolvente centrada no personagem Jorge, protagonista da história anterior “Vera Cruz”. Este álbum também marca o segundo lançamento da carreira solo de Edu Falaschi, trazendo uma nova dimensão à sua expressão artística.

Se em “Vera Cruz”, a adaptação da história ambientada entre Brasil e Portugal no período de invasão e colonização do nosso país é narrada no romance, assinado por Fábio Caldeira, em “Eldorado”, nosso personagem viaja para o período asteca, onde o imperador Montezuma, um dos grandes imperadores, dominava os territórios latinos. É com esse conceito que o ouvinte viaja no tempo e aquece os corações com músicas que cativam desde o início.

“Eldorado” não é apenas um álbum musical; é uma jornada pela rica tapeçaria da música latina ao longo das eras. A história se desenrola desde os tempos pré-coloniais até a modernidade, explorando as várias vertentes e influências que moldaram essa cultura milenar. Com músicas em espanhol e línguas nativas, o álbum apresenta ritmos, harmonias e melodias que capturam a essência dessa riqueza cultural e artística.

As participações especiais adicionam profundidade e autenticidade à experiência musical. José Andrëa, uma voz icônica da banda Mago De Oz, traz sua energia única para o álbum. Sara Curruchich, cantora indígena Maia, compartilha sua voz cativante, mergulhando o álbum nas tradições ancestrais. E Fábio Lima, renomado violonista, contribui com sua maestria instrumental, enriquecendo as faixas com sua musicalidade única.

Outras informações:
http://www.edufalaschi.com.br

Angra apresenta Cycles of Pain no Ginásio do Sesc Guarulhos

Foto: Marcos Hermes

Dia 20 de abril, sábado, às 20h, o Sesc Guarulhos recebe em seu ginásio a banda de heavy metal Angra, com o show Cycles of Pain. Com ingressos entre R$15 (Credencial Plena) a R$50 (inteira), as vendas já estão abertas no Portal SescSP e serão liberadas presencialmente nas unidades em 10/4 (quarta), às 17h.

Após duas turnês comemorativas, a apresentação do álbum lançado em 2023, tem um olhar especial sobre as pressões e expectativas na construção da identidade das novas gerações de adolescentes e jovens adultos. 


Ficha técnica:

Rafael Bittencourt – Guitarra

Felipe Andreoli – Baixo

Marcelo Barbosa – Guitarra

Fabio Lione – Vocal

Bruno Valverde – Bateria


Serviço:
Angra
Cycles of Pain
Dia 20/4, sábado, 20h
16 anos
Ginásio. 2700 lugares.

Ingressos: R$ 50,00 (inteira); R$ 25,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência); R$ 15,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes).

Sesc Guarulhos | Informações
Endereço: Rua Guilherme Lino dos Santos, no 1.200, Jardim Flor do Campo, Guarulhos – SP
Telefone: (11) 2475-5550 

Horário de funcionamento 
De terça a sexta, das 9h às 21h30. Sábados das 9h às 20h. Domingos e feriados das 9h às 18h. 

Estacionamento
Capacidade limitada. Respeite sempre as vagas preferenciais. R$ 7,00 a primeira hora e R$ 2 por hora adicional (Credencial Plena) R$ 14 a primeira hora e R$ 3,50 por hora adicional (Outros). Preço único para shows e espetáculos: R$ 8,50 (Credencial Plena) e R$15,50 (Outros.)

CPM 22 lança dois novos singles; Ouça “Mágoas Passadas” e “Dono da Verdade”

Crédito: Léo Muniz

As novas faixas fazem parte do álbum Enfrente

CPM 22 lança nesta sexta-feira (5) em todas as plataformas de streaming, via Ditto Music, dois novos singles: “Mágoas Passadas” e “Dono da Verdade”.

Mágoas Passadas” tem música e letra assinadas pelo guitarrista Luciano Garcia e é uma balada punk rock anos 90, nos padrões CPM 22, com influências de Social Distortion, Alkaline Trio e Weezer. Pela primeira vez o CPM usou sintetizadores em uma música e convidou para essa missão Pedro Pelotas (Cachorro Grande e Samuel Rosa) que também tocou piano e órgão Hammond.

“O título tem um duplo sentido – mágoas do passado e mágoas que ficaram para trás – mas ela não fala exatamente de mágoas. A inspiração é o meu relacionamento e como minha companheira influencia de maneira positiva na minha vida em vários sentidos. A música fala de um amor adulto”, conta Luciano.

Um texto de Badaui foi o ponto de partida para a letra de “Dono da Verdade” assinada por ele e Luciano. E a música é a primeira composição gravada pelo CPM e assinada também pelo baixista Ali Zaher Jr.

“A versão final da música nasceu de uma composição que fiz pouco tempo depois que entrei na banda, em 2020. Eu tinha uma estrutura pra ela um pouco diferente dessa versão final do disco, o Badaui então trouxe um texto que se encaixava legal e a gente foi trabalhando a partir daí. O Luciano ajudou a organizar ela de uma maneira muito legal, que deu uma cara mais ‘urgente’ pra música, de uma maneira que valorizou ainda mais o arranjo inicial e a melodia do refrão”, conta Ali.

“Quando o Ali me mostrou a base dessa música a gente já estava quase fechando o repertório do disco e eu corri pra escrever essa letra que acabou saindo até que rápido, porque é o tipo de música que gosto de escrever. Eu fiz uma letra um pouco grande e mandei pro Luciano, que acabou lapidando e encaixou perfeitamente na melodia, o tema combinou muito com a base. Essa letra fala sobre o que acontece muito hoje em dia, essa necessidade de autoafirmação e a imposição da “verdade absoluta” a qualquer custo”, diz Badaui.

“O Ali me mostrou uma gravação dessa música que ele compôs há muito tempo. Ela tinha uma melodia de oitavado, que é o tema da música, o começo dela, e eu falei que a gente devia usar ela como refrão. Eu, basicamente, organizei as partes dela, começamos pelo refrão, compus uma parte ou outra de guitarra base, compus a melodia de voz das estrofes e acredito que ficou do jeito que a gente pretendia. Essa música é punk rock, bem CPM 22, na linha do Face to Face, que é uma banda que a gente gosta muito e é uma das nossas maiores influências”, conta Luciano.

“Na questão de composição foi, com certeza, um grande aprendizado pra mim poder ver como a música foi se transformando `a medida que trabalhamos nela, com o input tanto do Luciano quanto do Badauí. Fiquei muito feliz com o resultado”, finaliza Ali.

“Mágoas Passadas” e “Dono da Verdade” fazem parte de Enfrente, novo álbum de estúdio do CPM 22, que tem lançamento previsto para o início de maio.

Faça o pre-save do álbum Enfrente aqui.

Capa álbum Enfrente / Arte: Zeca Barban

Siga CPM 22
Instagram | Twitter | Facebook | Youtube

Confessori: “The Shredder” é o mais novo lançamento

Parceria entre o baterista Ricardo Confessori e renomados músicos da cena rock/metal vem sendo um sucesso

Lançado na sexta-feira (5), “The Shedder” é o mais novo petardo de Ricardo Confessori, ladeado por conhecidos nomes da cena metal como Affonso Jr. (Revenge, Roland Grapow), Mizuho Lin (Semblant) e Thiago Larrentes (Andragonia).

Filmado no Anjos Studio e dirigido pelo produtor e guitarrista Thiago Larenttes, que já foi nomeado duas vezes ao Grammy Latino, os artistas optaram por usar um conceito de video live. Investiram no movimento de luz, para que o cenário tivesse a cara de um palco dos anos 90. 

Segundo o baterista Ricardo Confessori, este trabalho veio de uma ideia relacionada a um anime, ou mangá: “Pensei no Samurai X, que é a história do Battousai, um espadachim que lutou ao lado do imperador japonês, para terminar com os 400 anos do Shogunato. Os Shoguns deixaram o Japão numa época feudal até quase o ano de 1900. É a história de um samurai que lutou para trazer uma nova era para o Japão. Depois ele decidiu não matar mais, para ir viver essa nova era em paz. Antes dessa nova era, o Japão vivia em constante guerra entre os shoguns. Nesta faixa nós optamos por uma voz feminina e chamamos aquela que para nós é a maior vocalista do momento, a Mizuho Lin. Ela é de Curitiba e veio para cá para que nós filmassemos o clipe juntos”, conta.

Assista ao clipe: 

Veja a postagem oficial de Confessori no Instagram: 
https://www.instagram.com/reel/C5ZTxC8JIo8/?igsh=ODMwOGVya2V0OGFq

“The Shredder” conta com Mizuho Lin nos vocais, além de perpetuar a parceria entre Thiago Larenttes e Affonso Jr. nas guitarras.

Audio e vídeo: @thiagolarenttes 
Artwork: @joãoduartedesign
Foto: Divulgação 
O clipe foi filmado no Anjos Studio: @anjosstudio

Músicos do Faces of Death participam do projeto ‘Valley of Metal’

Por iniciativa de Fabrício de Castilho (Steelgods), músicos do Vale do Paraíba reuniram e gravaram a música “Unbreakable”

Laurence Miranda (vocal e guitarra) e Luiz Amadeus (guitarra), músicos da banda de thrash metal Faces of Death, que atualmente promove o novo álbum, “Evil” (2023), participaram do projeto Valley of Metal, iniciativa do baixista Fabrício de Castilho (Steelgods). A música “Unbreakable” foi gravada no Vibe Vale estúdios em Taubaté (SP) e produzida, mixada e masterizada por Rodolfo Bittencourt.

“A ideia para o Valley of Metal surgiu após o triste anúncio do falecimento do guitarrista do Metauro, Marco Aurélio, carinhosamente conhecido como Marcão. Ao ler o comunicado da banda sobre essa perda, rememorei a primeira vez que presenciei uma apresentação ao vivo do Metauro, em 1998, no bar Emilia Riolfi, em Taubaté. Naquela época, estávamos nos estágios iniciais de estruturação da Steelgods. A triste notícia, me fez refletir sobre nossa jornada, persistência e resiliência”, explica.

Segundo Fabrício de Castilho, autor da letra da música “Unbreakable” e da música, ao lado de Elton Silvarum e Saulo Carvalho, também do Steelgods, muitas bandas do Vale do Paraíba têm travado uma longa batalha em prol de sua música e expressão. “Mesmo diante a força indestrutível do tempo, grandes músicos do vale se mantêm intransponíveis, inquebráveis. Desta reflexão, nasceu a ideia de criar um registro, à semelhança do Hear N’ Aid do Dio, com o propósito de fortalecer ainda mais nossa cena e documentar essa força que nos impulsiona.”

Confira “Unbreakable”, do projeto Valley of Metal, em https://www.youtube.com/watch?v=SP7gDQZrLBU

Sobre a escolha e participação da banda Faces of Death, Fabrício de Castilho destaca que foi “muito importante e essencial, pois ela representa tudo o que o projeto quer expressar, já que existe desde os anos 90 e se mantém forte e intransponível”.

Por sua vez, o vocalista e guitarrista do Faces of Death, Laurence Miranda, exaltou o cenário do chamado “Vale do Hell”. “O Vale do Paraíba sempre foi rico em bandas de metal, hardcore, hard rock e punk. Então, fiquei realmente empolgado quando me convidaram para participar do projeto, que vai sair até em CD! Existem vários músicos e bandas incríveis no Vale, porém algumas bandas não conseguiram participar e podemos pensar no ‘Valley of Metal 2’, incluindo bandas da Serra da Mantiqueira, Litoral Norte e fundo do Vale. Vamos em frente e mostrar a força do Vale do Hell”.

Criado na cidade de Pindamonhangaba (SP) em 1990, o Faces of Death logo chamou a atenção com seu thrash metal. Na época, o grupo soltou duas demos, mas não chegou a gravar um registro oficial. Após quase duas décadas inativo, retomou as atividades em 2016 e passou a tirar o atraso, lançando o EP “Consummatum Est” (2017) e os álbuns “From Hell” (2018), “Usurper of Souls” (2020) e “Evil” (2023), além do ao vivo “A Drink with the Death – Rehearsal Live (2021)”.

“Ter recebido o convite para participar do projeto Valley of Metal foi algo que me fez voltar ao passado onde sempre interagíamos com eventos na saudosa ‘praça da eletro’, onde sempre rolava eventos de rock nos anos 80/90. Foi uma honra e um prazer ter feito parte disso e sou grato demais ao brother Fabrício Castilho pelo convite e pela iniciativa”, concluiu o guitarrista Luiz Amadeus.

Faces of Death – Contatos:
Site: http://facesofdeath.com.br
Instagram: https://www.instagram.com/facesofdeathofficial/
Facebook: https://www.facebook.com/FacesofDeathBand

E-mail: facesofdeath@hotmail.com

Viper: clássico ‘Theatre of Fate’ relançado em vinil pela Fuzz On Discos

Crédito: Cristina Mochetti

Edição comemorativa de 35 anos vem com capa dupla e está disponível nas versões vinil splatter azul, preto e picture

A Fuzz On Discos, união dos selos AMM (All Music Matters), Melômano Discos e Neves Records, relança o clássico “Theatre of Fate”, segundo álbum do Viper, que atualmente promove o álbum “Timeless” (2023). Limitada em 500 cópias, a edição comemorativa de 35 anos vem com capa dupla e está disponível nas versões vinil splatter azul, preto e picture LP.

“Theatre of Fate”, o sucessor de “Soldiers of Sunrise” (1987), trouxe a primeira incursão do saudoso vocalista e tecladista Andre Matos pela música clássica com “Moonlight”, baseada Sonata Op. 27 n. 2, de Beethoven. “‘Moonlight’ foi meu primeiro flerte com a música clássica misturada com o rock pesado. Foi um grande laboratório para o que viria a seguir”, contou certa vez Matos à revista Roadie Crew em relação à sequência de carreira.

O disco, porém, abre com a ‘intro’ “Illusions”, sugerida pelo produtor inglês Roy Rowland, que havia trabalhado com Blind Fury, Kreator, Testament e Satan, entre outros. Já o hit eternizado do repertório, “Living for the Night”, inicialmente não tinha a introdução pela qual ficou famosa. “Era rápida do início ao fim. Nunca imaginaríamos que viria a se tornar a nossa música mais conhecida”, revelou Machado.

A formação da banda havia mudado em relação ao debut. Na foto de contracapa e nas promocionais quem aparece é o baterista Guilherme Martin, que vinha do Megaton e hoje brilha também no Viper e no Zumbis do Espaço. Porém, quem registrou a bateria foi Sergio Facci (Vodu, Volkana), que apontou outra clássica, “A Cry from the Edge”, como a mais difícil para gravar. “Naquela época, quando não acertava tinha que voltar do começo; não existia Pro Tools”, confidenciou Facci, que estava substituindo Val Santos, trocado por sugestão de Rowland. “Val foi responsável por muitos dos arranjos das batidas. Ele participou de todo o processo de ensaios”, salientou Machado.

“At Least a Chance”, que inicialmente tinha “At Least the Time” como título, mostrou a ambição dos jovens – Matos tinha 17 anos de idade; Machado, 18; Yves Passarell, 19; e Pit Passarell, 20. “Ela trazia riffs inspirados por melodias típicas da música erudita. Esses elementos foram trazidos pelo Pit, não pelo Andre Matos”, explicou Machado.

Outras com títulos alterados foram “To Live Again”, que atendia por “Vanguard”; “Prelude to Oblivion” era “Prelude to Nowhere”; e a faixa-título se chamava “End of a Fate”. O “teatro do destino” não só manteve o Viper em evidência como comprovou a evolução musical dos chamados “Menudos do Metal”, um time obstinado em criar algo diferente.

Para adquirir, acesse: https://www.fuzzondiscos.com.br/search/?q=viper

Sites relacionados:
https://www.fuzzondiscos.com.br/
https://viperbrazil.com.br/site/

Mídias sociais:
https://www.instagram.com/fuzzondiscos/
https://www.instagram.com/viper_brazil/

Junior Carelli apresenta uma nova abordagem orquestral de “Sad But True”, do Metallica, com a participação especial de Igor Godoi, vocalista da banda Sioux 66

Clássico ganha nova dimensão nas mãos do tecladista brasileiro radicado no Canadá

O renomado tecladista e produtor musical Junior Carelli, em parceria com Igor Godoi, vocalista da banda brasileira Sioux 66, e atualmente participando do programa ‘Canta Comigo’, da TV Record, tem o prazer de anunciar o lançamento de uma versão orquestral emocionante de “Sad But True”, clássico icônico do Metallica.

Assista “Sad But True”https://www.youtube.com/watch?v=e68SrLYZB_o

Esta versão da faixa, originalmente lançada como parte do álbum “Metallica”, de 1991, (também conhecido como “The Black Album”), combina a intensidade do rock pesado com a sofisticação da música clássica. Com a adição de uma rica instrumentação orquestral, a interpretação de “Sad But True” ganha uma nova profundidade e dimensão, transportando os ouvintes para uma sonoridade única.

A participação especial de Igor Godoi, conhecido por sua poderosa voz e carisma no palco, adiciona uma camada adicional de emoção e energia à música. Sua entrega apaixonada e visceral complementa perfeitamente a intensidade da música e cria uma sinergia inesquecível entre os elementos orquestrais e o rock.

Junior Carelli, reconhecido por seu talento excepcional como tecladista e sua habilidade de criar arranjos musicais cativantes, lidera esta reinterpretação de “Sad But True”. Sua visão artística única e sua paixão pela música são evidentes em cada nota, tornando esta versão uma homenagem respeitosa ao legado do Metallica, ao mesmo tempo em que oferece uma nova perspectiva à música.

“Estou extremamente animado em compartilhar esta versão orquestral de ‘Sad But True’ com o mundo”, diz Junior Carelli. “É uma honra colaborar com Igor Godoi, cuja voz poderosa e presença magnética elevam esta música a novas alturas. Esperamos que os fãs apreciem esta interpretação única e emocionante.”

Sobre Junior Carelli:

Ao longo de sua vida musical, Junior Carelli tem sido aclamado tanto por sua técnica impecável quanto por sua capacidade de transmitir emoção através de suas interpretações. Com uma história marcante como integrante de bandas icônicas como Noturnall, Shaman e Angra, Carelli destaca-se não apenas por sua virtuosidade no teclado, mas também pela versatilidade como produtor e diretor na Foggy Filmes. Atualmente, ele colabora com seu parceiro Fernando Quesada no duo ANIE e também mantém uma carreira solo.

Um dos destaques atuais de sua carreira é o projeto “Rock Piano Orchestra”, uma interpretação magnífica de clássicos do rock e metal enriquecidos pela elegância do piano e pela grandiosidade da orquestra. O projeto destaca-se por sua abordagem única, transformando tanto músicas clássicas quanto composições originais em envolventes arranjos de rock orquestrado.

Junior Carelli compartilhou o palco com lendas como Randy Rhoads Remembered, Mike Orlando, Rudy Sarzo, Bryan Tichy, Michael Kiske e James Labrie, consolidando sua posição como tecladista de destaque no Brasil e no mundo. Ele também recebeu reconhecimento como embaixador da música brasileira em Oklahoma.

Com produções que acumulam mais de 300 milhões de reproduções e um significativo engajamento digital, Junior Carelli continua a redefinir os limites da música, conectando gêneros e culturas por meio de suas performances e produções audiovisuais. Sua presença marcante no cenário musical internacional solidifica seu papel como um dos artistas mais influentes e inovadores de sua geração.

Assista ao experimento de IA x Humano: https://www.youtube.com/watch?v=vbz-7IHY2SU
Assista “Zelda – A Link To The Past”: https://www.youtube.com/watch?v=_X_bzZrQaYs
Assista “Milonga para as Missões”: https://youtu.be/LMm32Q9y9Tg?si=YnSyXywVn_Da3Xm8
Assista “What I’ve Done”: https://youtu.be/CKRjv9STd4k?si=Iyu1qFhgYgKrakW_
Assista “Avantasia”: https://www.youtube.com/watch?v=BV8Qs99zgZc
Assista “My Sacrifice”: https://youtu.be/86dFjclGysk?si=yWBUktDAR5yFLc1f
Assista “Carry On”: https://youtu.be/Zj-LjYFyNnk?si=JV0NzOaI7MDxb02O
Assista “The Spirit Carries On”: https://youtu.be/G_w-umkYfdI?si=bkPh-dKXi5V3Eu3s
Assista “How You Remind Me”: https://youtu.be/JczFqEjwrE8?si=mE9kzgx6gLHFgqa1

Saiba mais sobre Junior Carelli:
Official Website: https://www.juniorcarelli.com.br
Instagram: @juninhocarelli
Facebook: @juniorcarelliofficial
TikTok: @juninhocarelli

Skin Culture: Disputa por uma vaga no ‘Summer Breeze Brasil’ inspira comemorações de 20 anos da banda

O Skin Culture é um dos 10 concorrentes a uma vaga no Festival Summer Breeze Brasil 2024, que acontecerá nos dias 26, 27 e 28 de Abril, em São Paulo.

A banda avançou no concurso “New Blood”, após ser escolhido junto com outras 9 bandas/artistas por uma banca de jurados, composta por personalidades experientes do cenário, como Anderson Bellini (produtor audiovisual), Marcelo de Assis (CEO – The Music Journal), Nando Machado (ForMusic; Wikimetal), Tony Monteiro (jornalista Roadie Crew), Fernando Quesada (sócio-diretor School Of Rock), Regis Tadeu (crítico musical), Léo Liberti (Libertà Films) e Bruno Sutter (apresentador KISS FM).

A banda/artista com o maior número de votos terá a oportunidade de se apresentar no Summer Breeze Festival de 2024, no Memorial da América Latina, com direito a um show especial de 40 minutos, backline completo, camarim, catering e credenciamento para até 7 pessoas da banda e equipe, além de um par de ingressos Summer Card válido para o dia 28/04/24.

O anúncio do vencedor será feito no dia 17 de abril (quarta-feira) na página oficial do festival no Instagram @summerbreeze.brasil. Essa é uma excelente oportunidade para as bandas mostrarem seu talento e conquistarem novos fãs, além de contribuir para o fortalecimento da cena de rock e metal na América Latina.

O vocalista Shucky Miranda falou sobre essa chance que se acendeu para a banda: “Estamos muito emocionados e honrados por estarmos entre as 10 bandas finalistas do concurso ‘New Blood’ do festival Summer Breeze Brasil. Além de ser um ano que o Skin Culture completa 20 anos de carreira, onde já tocamos com bandas gigantes como Korn,  Hatebreed, Fear Factory, Soulfly , Chimaira, Misfits , POD, Ill Nino, Sepultura entre tantas outras. Pode coroar mais um grande sonho,  tocar no Summerbreeze Brasil.”

Ele também falou sobre planos, caso venha a ganhar o concurso:

E se tudo der certo, imagino até um DVD ao vivo no festival pra brindar essas duas décadas ininterruptas. Contamos muito com a ajuda de todos os fãs, amigos e bandas para votar no Skin Culture e comemorar junto com a gente“.

A banda foi formada em Mogi das Cruzes em 2003, e já dividiu palcos com gigantes mundialmente conhecidos como Korn, P.O.D., Sepultura, Ill Niño, Misfits, Soulfly, Hatebreed, Napalm Death e muitos outros.

Se engana quem acha que é só alegria na carreira de uma banda como eles; Infelizmente durante o período agudo da pandemia, a banda perdeu o empresário de longa data, Silvio Palmeira e o baixista Gabriel Morata.

O Skin Culture retornou aos palcos em junho do ano passado, ao lado do Korzus e dos norte Americanos do Fear Factory.

A banda está escrevendo seu sexto álbum de estúdio , com lançamento para o segundo semestre de 2024.

A formação do Skin Culture traz Shucky Miranda (vocais), Fred Barros (guitarra), Rafael Ferreira (bateria) e o novo baixista, Diego Santiago.

Siga o Skin Culture em seus canais oficiais:
https://www.instagram.com/skincultureofficial/
https://www.facebook.com/skinculture.officialhttps://www.youtube.com/@skinculture

Angra lança feat com Jeff Scott Soto na música “Tide of Changes” antecipando turnê conjunta no Brasil

Foto: Marcos Hermes

Turnê dos dois gigantes do rock mundial terá datas selecionadas no país, culminando com uma participação explosiva no festival Summer Breeze Open Air Brasil

Com mais de trinta anos de estrada e consagrado mundialmente desde o início da carreira, o Angra segue na divulgação do aclamado álbum Cycles of Pain. Agora, o grupo disponibiliza uma versão inédita de “Tide of Changes”, em um feat. inédito com o lendário vocalista Jeff Scott Soto. Ambos iniciam uma turnê com datas selecionadas pelo Brasil em abril.

Ouça o single: https://open.spotify.com/album/3GpHrLAjLbwcRnmoKvnFBv

Confira o post oficial:
https://www.instagram.com/p/C5YLm4eoyXe/?igsh=MXVzYm4yem53bG50NA==

O americano comenta sobre a novidade: Esta é uma notícia emocionante sobre um dueto que acabei de fazer com o grande Fabio Lione, em um single já lançado do novo álbum Cycles Of Pain. A música ‘Tide Of Changes’ foi refeita com nós dois cantando. Também estou empolgado em anunciar que estrearemos essa versão ao vivo nos shows que farei com o Angra em abril, no Brasil. Estou muito feliz por finalmente cantar uma música do Angra com meus irmãos e acho que vocês vão gostar dessa colaboração, até breve!”.

O baixista Felipe Andreoli adiciona: “O Jeff Scott Soto está presente na minha vida musical, cantando em vários dos trabalhos que fizeram parte do meu crescimento como músico e como artista. E poder ser, hoje, amigo dele e contar com ele participando desses shows do Angra é um grande privilégio. Nós já tivemos a oportunidade de trabalhar juntos, e estar ao lado do Jeff no palco é incrível. Então, eu acho que a gente vai ter uma grande celebração da música com o Jeff e o Angra”.

Apresentando ao público as características que consagraram a banda, “Tide of Changes” apresenta um tema lírico profundo de resiliência perante as intempéries da vida.

O guitarrista e compositor Rafael Bittencourt adiciona sobre o tema: “Vivemos um momento de muita instabilidade e, enquanto nosso ego busca a zona de conforto e o controle, somos forçados a nos adaptar a essa impermanência, aprender a surfar nas ondas do destino flexibilizando nossos planos. O eu lírico de Tide of Changes sofreu em diferentes momentos de sua vida ao ponto de se sentir esgotado e incapaz de reagir, mas foi no fundo do poço que encontrou forças para encarar suas sombras”.

Cycles of Pain

O álbum Cycles of Pain marca uma nova era na carreira do grupo, e conta com participações especiais de artistas como a cantora Amanda Somerville, a pianista Juliana D’Agostini, a lenda da MPB Lenine e Vanessa.  O disco foi produzido, mixado e masterizado por Dennis Ward, que trabalhou em álbuns clássicos do Angra como Rebirth e Temple of Shadows.

Vivendo um momento inspirado da carreira, o Angra atualmente é formado pelos guitarristas Rafael Bittencourt e Marcelo Barbosa, o baixista Felipe Andreoli, o vocalista Fabio Lione e o baterista Bruno Valverde.

Siga a banda em @angraofficial e o management @toplinkmusic

DR. SIN lança acústico nas plataformas de streaming e anuncia gravação de videoclipe de música inédita no Summer Breeze Brasil

Crédito da Foto: Stephanie Veronezzi (@stephanie.veronezzi)

O acústico DR. SIN está disponível via ONErpm e conta com participações de Edu Ardanuy (violão), Rafael Bittencourt (violão), Marco Bavini (voz e violão), Juliana D’Agostini (piano) e da orquestra do maestro Bartolomeu Vaz

A icônica banda DR. SIN emociona seus fãs com o lançamento do emocionante CD/DVD “Acústico Dr. Sin”, agora disponível em todas as principais plataformas de streaming através da ONErpm. O trabalho será disponibilizado e dividido em quatro EPs ao longo das próximas semanas. Adicionalmente, a banda anuncia sua intenção de apresentar uma música inédita durante o Summer Breeze Brasil, acompanhada da gravação de um videoclipe, ressaltando assim a importância da participação dos fãs neste evento. Durante a apresentação, o DR. SIN também dedicará um momento especial para celebrar o lançamento do seu álbum de estreia, que leva o próprio nome, no palco do festival. Formado por Andria Busic (vocal e baixo), Ivan Busic (bateria e vocal) e Thiago Melo (guitarra), o DR. SIN é conhecido pela sua energia contag iante e habilidades musicais. Os clássicos ganharam uma roupagem acústica de tirar o fôlego e Andria, Ivan e Thiago fizeram um show emocionante e histórico.

Ouçahttps://onerpm.link/acustico1
Assista “Zero”https://youtu.be/D_QZBvYirP8
Assista “Fly Away”https://youtu.be/EEhpSC_hpT8

Para comprar no formato físico:
4Fan – https://www.4fan.com.br/drsin
Animal Records – https://animalrecords.com.br/produtos/dr-sin-acustico-30-anos/

Ivan Busic, baterista do DR. SIN, comentou sobre o lançamento do álbum acústico, a gravação de um videoclipe de música inédita e a celebração do primeiro álbum da banda“Estamos extremamente animados em compartilhar nossa música de uma forma totalmente nova com nossos fãs, através deste álbum acústico. É uma história emocionante revisitando nossos sucessos de uma maneira mais íntima e pessoal. E celebrar o nosso álbum de estreia no Summer Breeze Brasil, além de apresentar uma música inédita, será uma experiência incrível. Mal podemos esperar para nos conectar com nossos fãs e compartilhar essa celebração memorável juntos.”

O álbum acústico oferece uma perspectiva única sobre o legado da banda, reimaginando alguns de seus maiores sucessos de uma forma mais íntima e introspectiva. Os fãs podem esperar uma releitura autêntica, destacando a habilidade excepcional dos membros da banda em criar músicas que transcendem gêneros e gerações. A banda teve a honra de ter o artista e amigo Marco Bavini (voz, violão, violão barítono, dobro e viola) protagonizando um quarto elemento, engrandecendo ainda mais os arranjos nas versões acústicas. O show foi gravado no Teatro J.Safra, em São Paulo, com uma produção extremamente elaborada. A banda contou com as participações mais que especiais de Eduardo Ardanuy, a lenda da guitarra e membro da formação original, o incrível Rafael Bittencourt do Angra, a pianista Juliana D’Agostini embelezando o espetácu lo com seu inconfundível piano clássico e ainda a magnífica orquestra de cordas do maestro Bartolomeu Vaz.

A celebração do álbum de estreia do DR. SIN será uma parte integrante do renomado festival, oferecendo aos fãs uma oportunidade única de testemunhar o legado vivo desta banda icônica. Prometendo uma experiência inesquecível, o Summer Breeze Brasil será o palco para uma noite de música, nostalgia e celebração. O DR. SIN convida todos os fãs a se juntarem a eles neste show único, enquanto eles revisitam seus sucessos atemporais e celebram três décadas de paixão e dedicação à música. Este evento promete ser uma celebração na história da banda, destacando a influência duradoura do DR. SIN no panorama musical brasileiro e além.

Para ouvir o novo álbum acústico do DR. SIN, visite sua plataforma de streaming preferida. Para mais informações sobre a celebração dos 30 anos do álbum de estreia no Summer Breeze Brasil, continue acompanhando as redes sociais oficiais do DR. SIN.

Tracklist dos EPs do DR. SIN acústico:

EP 1:
1. Wake Me Up
2. Miracles
3. Time After Time
4. See Me Now

EP 2: lançamento no dia 11/4
1. Zero
2. Soul Survivor
3. Fire
4. Lost In Space

EP 3: lançamento no dia 01/05
1. You Are My Love
2. Eternity
3. Fly Away
4. 27

EP 4: lançamento no dia 21/5
1. You Stole My Heart
2. Emotional Catastrophe
3. Down In The Trenches
4. Revolution

Sobre o DR. SIN:

Formada por Andria Busic (baixo e vocal), Ivan Busic (bateria e vocal) e Edu Ardanuy (guitarra) – atualmente com Thiago Melo nas guitarras -, o DR. SIN é uma das bandas mais icônicas do rock brasileiro. Com uma carreira marcada por músicas inovadoras e performances arrebatadoras, eles conquistaram o coração dos fãs em todo o mundo e continuam a ser uma força incontestável na indústria da música.

O power trio DR. SIN conta com um histórico de respeito quando o assunto é a presença em grandes festivais, entre eles o Rock in Rio, Hollywood Rock, M2000 Summer Concerts, Live N’ Louder, Skol Rock e Monsters of Rock, agora irá incluir o Summer Breeze Open Air Brasil em 2024. Afora isso, o trio, que conta hoje com os irmãos Andria Busic (vocal e baixo), Ivan Busic (bateria e vocal) e Thiago Melo (guitarra), já dividiu o palco com Steve Vai, Joe Satriani, Yngwie Malmsteen, Deep Purple, Pantera, Ian Gillan, Bon Jovi, AC/DC, Glenn Hughes e Kiss. Promovendo o CD/DVD “Acústico Dr. Sin”, o grupo também celebra os 31 anos do álbum de estreia, “Dr. Sin”.

Saiba mais sobre o DR. SIN:
Site Oficial: https://drsinofficial.com.br/
Instagram: https://www.instagram.com/drsinofficial/
YouTube: https://www.youtube.com/c/drsinofficial/
Facebook: https://www.facebook.com/drsinofficial

Insane Hell, com participação de Alex Kafer (The Troops Of Doom), critica os falsos religiosos vendedores de fé em seu novo single

Créditos: Fotos por Eduardo Firmo (@dufirmo)

A cena thrasher paulistana tem crescido muito na última década, e uma banda que é um promissor e novo exemplo dessa crescente é a Insane Hell.

Com apenas 4 anos de carreira, uma demo e um single lançados, e muitos desafios enfrentados durante o período pandêmico, a banda mostra hoje, após mudanças de formação e até de estilo (no início eram fortemente influenciados pelo Death/Black Metal dos primórdios do Sarcófago, Sepultura e Possessed), grande potencial para o curto/médio prazo dentro do Old School Thrash Metal, trazendo algumas pequenas doses de Crossover e Hardcore e abandonando completamente a rispidez ácida do Black Metal de seu início.

Atualmente, após grandes reformulações, a banda conta com Neskau Magnarello (vocal, RxUxA, ex-Megaforce, Sensimilla Dub), Michel Soria (guitarra, ex-Neurônios Alucinados), Césinha (guitarra), Luciano Meira (baixo) e Crisolito Reis (bateria, ex-Hellcrusher). E com esse time, somado a participação mais que especial de Alex Kafer (vocal/baixo, The Troops Of Doom) fazendo um brutal dueto vocal com Neskau, a banda lançará em abril seu segundo single oficial intitulado “Faith Deceivers”.

Capa por Artur Fontenelle (@deadmousedesign)

Alex Kafer (vocal/The Troops Of Doom) comentou sobre sua participação:

“Eu e o Neskau nos conhecemos há muitos anos. Somos da era paleozoica do metal brasileiro (risos). Fiquei muito feliz com o convite para participar de uma das músicas da Insane Hell, pois além de ter sido um pedido dele, a música é um Thrash Metal bem old school e poderoso, com uma letra que critica os religiosos falsos vendedores da fé. A união do meu estilo mais Death Metal com o rasgado e thrashão do Neskau casou super bem e fiquei muito contente com o resultado. Espero que os fãs da ‘grosseria’ curtam tanto quanto a gente curtiu! Thrash ‘Till Death!”

Crisolito Reis (bateria) comenta sobre a temática da música:

“Abordamos em “Faith Deceivers” as instituições religiosas que exploram a última esperança do ser humano, que é a fé, para obter lucro. Esses são os falsos profetas que estão espalhados pelo mundo. A letra é assinada pelo nosso antigo guitarrista e fundador da banda, Henrique Pavan, que também foi responsável pelos arranjos iniciais, com algumas novas mudanças feitas pela nova formação e pelo Ciero.”

“Faith Deceivers”, faixa que estará presente no EP de estreia da Insane Hell, foi produzida, mixada e masterizado pelo renomado produtor/músico Luiz Ricardo Ciero, mais conhecido como Ciero e também guitarrista da banda de Henrique Fogaça, Oitão, no estúdio DaTribo, em São Paulo.

Com todo esse respaldo, podemos esperar um salto significativo na qualidade de gravação e uma expressão ainda mais notável do talento dessa promissora banda, que não busca ser apenas ‘mais uma’ na cena Thrash Metal brasileira.

INSANE HELL nas redes:

Instagram: @insane_hell_oficial
Facebook:
 @insanehellband
Youtube: 
@insanehelloficial

Assessoria de Imprensa: JZ Press (@jzpressassessoria)

HATEFULMURDER lança “Set Fire”, mais um faixa do vindouro novo álbum

Canção chega com lyric video e oferece uma amostra do disco que chega em Maio

Hatefulmurder lança o novo single “Set Fire” nesta sexta-feira, 22 de março, em todas as plataformas digitais através da Canil Records. A faixa faz parte do novo álbum, a ser lançado nos próximos meses, e chega acompanhada de um incrível lyric video mostrando  o poder e técnica da vocalista Angelica Burns. A música mantém a proposta da banda, trazendo elementos do Death Metal, com um contraste entre o old school e o contemporâneo, além de possuir uma atmosfera mais moderna e a identidade única do metal extremo nacional.

“Set Fire” é uma das músicas mais energéticas que a banda escreveu nos últimos tempos. “A letra retrata exatamente sobre não perder a energia em tempos difíceis onde aparentemente não há esperança. Angélica Burns escreveu a letra e a ideia de voz. A parte instrumental é fruto de umas jam sessions que fiz com o baterista Thomás. Certamente é uma música de show” , conta o guitarrista Renan Campos.

Sobre o novo álbum, Renan comenta: “Estamos soltando aos poucos os singles do disco novo. A ideia é que antes do disco sair completo, as pessoas possam conhecer as músicas para que depois possam ouvir o disco como um todo”.

Hatefulmurder vem estampando cada vez mais o cenário do metal nacional com lançamentos muito bem sucedidos e elogiados pela mídia especializada, além de milhares de streams nas plataformas digitais. O single “Crime e Castigo” foi adicionado na playlist oficial do Spotify All New Metal, que conta com 708.872 curtidas. “Call Out Your Soul” teve uma estreia exclusiva no site americano Decibel.

A banda também anunciou o primeiro show da nova tour, que começa no Rio de Janeiro dia 13 de abril no palco do Vento Solar , ao lado das bandas Sangue de Bode, Inraza e Lumnia.

A banda carioca se prepara para lançar o quarto álbum da carreira e segue promovendo singles que são aclamados em toda a Europa, América e Ásia. Angélica Burns, Thomás Martin e Renan Campos desenharam os novos singles, enquanto a mixagem e masterização são de Celo Oliveira.

Ouça a faixa “Set Fire” AQUI!

Assista ao lyric video “Set Fire” AQUI!

Formada na cidade do Rio de Janeiro, a HatefulMurder possui uma grande bagagem, onde são mais de 10 anos de estrada, que conta com o lançamento de três álbuns de estúdio e dois EP’s, além de duas turnês sul-americanas e quatro turnês brasileiras. A banda é composta por Angélica Burns (vocal), Renan Campos (guitarra), Felipe Modesto (baixo) e Thomás Martin (bateria).

Aclamado pela crítica, ‘Reborn’ (2019), é o mais recente álbum lançado, de forma completamente independente, foi financiado pelos próprios fãs por meio de uma campanha de crowdfunding. Um álbum coeso, forte e ousado, que marca mais um grande momento na carreira da banda. Feito de fãs para fãs.

A turnê do álbum ‘Red Eyes’ (2017) – lançado pela gravadora inglesa Secret Service Records-,  é uma das maiores turnês independentes da história do metal brasileiro. Percorreu mais de 13.000 km de ônibus com 24 shows em 30 dias passando por todas as regiões do Brasil. Este álbum também marca a entrada da vocalista Angélica Burns,  com sua voz que se tornou a mais nova arma da banda, mostrando toda potência nas canções e nas apresentações ao vivo. 

De volta à era ‘No Peace’ (2014), álbum de estreia lançado pelo renomado selo brasileiro Cogumelo Records, a Hatefulmurder conquistou Brasil, Argentina, Peru, Bolívia, Colômbia, Equador e Chile fazendo sua primeira turnê fora do Brasil com “fúria no palco e sangue nos olhos”, como gostam de chamar.

Em janeiro de 2023 a banda lançou o single “Psywar”, junto com um incrível videoclipe. A banda lançou também mais três singles, “Eye For Na Eye”,  “Call Out Your Soul” e “Crime e Castigo”. Os quatro singles fazem parte do novo disco que será lançado no segundo semestre deste ano. 

Do underground aos grandes palcos, dos EPs aos LPs, dos independentes às gravadoras, passo a passo a Hatefulmurder constrói sua história.

Formação:
Angélica Burns (Vocal)
Renan Campos (Guitarra)
Felipe Modesto (Baixo)
Thomás Martin (Bateria)

HATEFULMURDER online:
Facebook: https://www.facebook.com/hatefulbook
Instagram: https://www.instagram.com/hatefulmurder/
Youtube: https://www.youtube.com/@Hatefulmurder
Spotify: https://open.spotify.com