Tag Archives: Jz Press

Spine Shiver lança videoclipe irreverente e brilha com celebridades em eventos por São Paulo! 

Créditos: Fotos por Larissa Pulcinelli (@lap_fotografia)

A banda paulista de Southern Rock, Spine Shiver, realizou um evento privado na Galeria do Rock, em São Paulo/SP, no dia 28 de março, apresentado pelo mestre de cerimônias Alê Sobral. Durante o evento, foi oficialmente apresentado o novo baterista da banda, Rick Koba, que se juntou a Eli Colt (vocal/guitarra), Michael Rock (baixo/backing vocals) e Guss Kbello (guitarra/backing vocals) para uma apresentação surpreendente e bombástica.

O show também contou com a participação especial de renomados nomes do Rock nacional, como Clemente Nascimento (Inocentes, Plebe Rude), Juliana Kosso (Velhas Virgens), Glauco Chaves (Rock na Teia, Aranhas Amplificadas e Viúva Negra) e Osvail A. Junior (Just e renomado coach vocal). A abertura ficou por conta de Mike Stellar e a banda Last Wolfers.

Aproveitando a ocasião, o quarteto paulista também lançou o irreverente videoclipe de sua nova, emblemática e cheia de alto astral música, “Most Wanted”, exibindo influências que vão desde o Hard Rock, Folk, Flamenco até mesmo Baião.

A confraternização contou com a presença ilustre de diversas celebridades e influenciadores da nova era do Rock N’ Roll nacional, incluindo Srta PepperGustahillPablo PortilhoCaio Men, entre outros, além de representantes de diversos meios de comunicação, rádios e TVs, inclusive de fora do estado, que prestigiaram e cobriram o evento.

Ouça “Most Wanted” em https://tratore.ffm.to/mostwanted

Assista ao videoclipe de “Most Wanted” em https://youtu.be/LZUjgJjv1gQ

Produção (independente) por Spine Shiver
Direção e gravação por Windi Ribeiro

Com uma agenda lotada de compromissos, a Spine Shiver realizou, no dia 5 de abril, um show no Teatro Jardim Sul, em parceria com a banda Fourdown. O evento, com realização da DoaSom, foi gravado e será disponibilizado na íntegra no YouTube. E não parou por aí, pois dois dias depois, o quarteto se apresentou na Av. Paulista, acompanhado por Mazin Silva, um dos maiores intérpretes e instrumentistas do Brasil, e a banda Ãnama, proporcionando um som para os transeuntes da maior avenida do país. E para encerrar o final de semana agitado, realizaram mais um show no Gaz Burning, na estação Água Branca, em São Paulo, contando com a participação da cantora e compositora de música Pop, Bruna Rocha, que estava presente no evento e foi convidada para subir ao palco.

Quem busca viver de música e confia na qualidade de seu repertório e trajetória, jamais pode se acomodar. E para demonstrar que a Spine Shiver está comprometida com isso, em breve será anunciada uma mini turnê que passará pelo Paraná, Rio de Janeiro, Brasília, Minas Gerais e Bahia. Paralelamente a isso, a banda continua trabalhando nas composições de seu segundo álbum completo da carreira.

Mais sobre a SPINE SHIVER:

Formada em 2018, na cidade de Itupeva, em São Paulo, a Spine Shiver fez história ao se tornar a primeira banda de Rock a se apresentar no projeto experimental da Prefeitura de São Paulo chamado Ruas Abertas, realizando sua performance em frente à Galeria do Rock e sendo a única representante do gênero no evento.

Com diversos singles e um álbum completo em sua discografia, intitulado “The Road” (2020), todos premiados e elogiados pela crítica, a banda acumula uma história de sucesso e vitórias em várias premiações, festivais e programas de rádios consagradas, além de receber indicações a prêmios nacionais e internacionais.

SPINE SHIVER nas redes:

Instagram: @spineshiveroficial
Facebook:
 @spineshiver
Youtube:
 @spineshiveroficial

Assessoria de Imprensa: JZ Press (@jzpressassessoria)

Insane Hell, com participação de Alex Kafer (The Troops Of Doom), critica os falsos religiosos vendedores de fé em seu novo single

Créditos: Fotos por Eduardo Firmo (@dufirmo)

A cena thrasher paulistana tem crescido muito na última década, e uma banda que é um promissor e novo exemplo dessa crescente é a Insane Hell.

Com apenas 4 anos de carreira, uma demo e um single lançados, e muitos desafios enfrentados durante o período pandêmico, a banda mostra hoje, após mudanças de formação e até de estilo (no início eram fortemente influenciados pelo Death/Black Metal dos primórdios do Sarcófago, Sepultura e Possessed), grande potencial para o curto/médio prazo dentro do Old School Thrash Metal, trazendo algumas pequenas doses de Crossover e Hardcore e abandonando completamente a rispidez ácida do Black Metal de seu início.

Atualmente, após grandes reformulações, a banda conta com Neskau Magnarello (vocal, RxUxA, ex-Megaforce, Sensimilla Dub), Michel Soria (guitarra, ex-Neurônios Alucinados), Césinha (guitarra), Luciano Meira (baixo) e Crisolito Reis (bateria, ex-Hellcrusher). E com esse time, somado a participação mais que especial de Alex Kafer (vocal/baixo, The Troops Of Doom) fazendo um brutal dueto vocal com Neskau, a banda lançará em abril seu segundo single oficial intitulado “Faith Deceivers”.

Capa por Artur Fontenelle (@deadmousedesign)

Alex Kafer (vocal/The Troops Of Doom) comentou sobre sua participação:

“Eu e o Neskau nos conhecemos há muitos anos. Somos da era paleozoica do metal brasileiro (risos). Fiquei muito feliz com o convite para participar de uma das músicas da Insane Hell, pois além de ter sido um pedido dele, a música é um Thrash Metal bem old school e poderoso, com uma letra que critica os religiosos falsos vendedores da fé. A união do meu estilo mais Death Metal com o rasgado e thrashão do Neskau casou super bem e fiquei muito contente com o resultado. Espero que os fãs da ‘grosseria’ curtam tanto quanto a gente curtiu! Thrash ‘Till Death!”

Crisolito Reis (bateria) comenta sobre a temática da música:

“Abordamos em “Faith Deceivers” as instituições religiosas que exploram a última esperança do ser humano, que é a fé, para obter lucro. Esses são os falsos profetas que estão espalhados pelo mundo. A letra é assinada pelo nosso antigo guitarrista e fundador da banda, Henrique Pavan, que também foi responsável pelos arranjos iniciais, com algumas novas mudanças feitas pela nova formação e pelo Ciero.”

“Faith Deceivers”, faixa que estará presente no EP de estreia da Insane Hell, foi produzida, mixada e masterizado pelo renomado produtor/músico Luiz Ricardo Ciero, mais conhecido como Ciero e também guitarrista da banda de Henrique Fogaça, Oitão, no estúdio DaTribo, em São Paulo.

Com todo esse respaldo, podemos esperar um salto significativo na qualidade de gravação e uma expressão ainda mais notável do talento dessa promissora banda, que não busca ser apenas ‘mais uma’ na cena Thrash Metal brasileira.

INSANE HELL nas redes:

Instagram: @insane_hell_oficial
Facebook:
 @insanehellband
Youtube: 
@insanehelloficial

Assessoria de Imprensa: JZ Press (@jzpressassessoria)

Apocrifus homenageia mestres do som extremo em novo single

Após lançar álbum autoral, a 1one-man band’ registra cover imponente dos mestres do Black Metal mundial, Emperor!

Crédito: Foto por Gladimir Puper

Apocrifus, projeto solo de Symphonic Dark Metal liderado pelo músico e produtor gaúcho Gladimir Purper (também conhecido por seu trabalho no Creationism Denied e Guitar Metal Solos), lançou como single a faixa “The Loss And Curse Of Reverence”, cover da renomada banda norueguesa Emperor, uma das suas principais influências no cenário da música extrema.

Sobre a escolha dessa faixa, Gladimir comentou: “Desde quando conheci o Emperor, fiquei fascinado com a maneira como combinavam riffs agressivos de guitarra com arranjos sinfônicos grandiosos, criando uma atmosfera única e épica. A inovação não ficou apenas nisso; a ambientação criada pelos teclados, sintetizadores e efeitos sonoros adicionaram muita profundidade às composições.”

Outro ponto relevante para essa regravação foi que, em sua versão original lançada no álbum “Anthems to the Welkin at Dusk”, de 1997, os noruegueses foram na contramão do Black Metal tradicional, buscando uma produção mais limpa e, assim, permitindo que cada instrumento fosse ouvido com clareza, um dos principais objetivos no trabalho do Apocrifus.

Apostando fortemente no audiovisual, uma das premissas da criação do Apocrifus, esse novo lançamento foi disponibilizado somente em formato vídeo. Confira em https://youtu.be/ZlU_JvWvMg8

Mesmo incorporando influências da sonoridade densa do Black Metal sinfônico e orquestrado, com um discreto uso de corais apresentando vozes masculinas e femininas entoando melodias marcantes, o Apocrifus não se enquadra totalmente nesse estilo. Seu mais recente álbum, “Reflections Of Darkness”, lançado em novembro do ano passado em todas plataformas digitais, evidencia claramente isso por meio de suas letras, que exploram temáticas de autoconhecimento, abordando as premissas do lado sombrio da natureza humana. Dois grandes exemplos disso são os singles bem-sucedidos “Into The Infinity Of Silence” e “Slave Of Illusion”.

“O Emperor me influenciou muito pela sua complexidade técnica, não se contentando com o básico, explorando mudanças de tempo, polirritmias e estruturas não convencionais, além da estética visual que cria uma imagem impactante para a banda, tanto em suas fotos promocionais quanto nas apresentações ao vivo. E isso foi um fator preponderante na criação de ‘Reflections Of Darkness’. Dessa forma, nada mais justo do que fazer agora essa homenagem a uma banda que apresenta conceitos muito alinhados com o que busco para o Apocrifus”, concluiu o músico/produtor.

Como Gladimir também é produtor, ele priorizou em todos os lançamentos do Apocrifus trazer algo moderno e afastar-se da batalha de compressão e volumes das produções equivalentes, dando ênfase às dinâmicas e permitindo que a música respire. Isso proporciona uma audição confortável para os amantes do estilo.

APOCRIFUS NAS REDES:

Instagram: @apocrifus_official
Youtube:
 @apocrifus

ACCEPT confirma dois shows extras no Brasil!

A produtora Dark Dimensions, responsável pela turnê dos alemães pela América Latina, confirmou hoje mais dois shows extras em território brasileiro!

Devido à enorme procura pelos ingressos do até então único show do gigante do Heavy Metal mundial, o ACCEPT, no dia 1º de maio, no Carioca Club, em São Paulo, que se transformou em mais um grande sucesso SOLD OUT da produtora Dark Dimensions, dois shows extras foram confirmados. A saber:

18/05 – Carioca Club Pinheiros, São Paulo/SP
Ingressos Online via Clube do Ingresso em https://www.clubedoingresso.com/evento/accept-sp-dataextra

19/05 – Santo Rock, Santo André/SP
Ingressos Onine via Clube do Ingresso em https://www.clubedoingresso.com/evento/accept-santoandre

A turnê da lendária banda de Heavy Metal pela América Latina contará com a presença ilustre do guitarrista Joel Hoekstra (Whitesnake, Trans-Siberian Orchestra, Iconic, ex-Night Ranger, etc.), substituindo Philip Shouse, que terá que se ausentar por motivos particulares. Serão ao todo apresentações bombásticas e exclusivas em sete países: BrasilArgentinaChilePeruColômbiaEl Salvador e México, sendo o Brasil agora o único a ter três shows.

O próprio líder do Accept, Wolf Hoffmann, declarou: “É uma grande honra para nós estar no palco com Joel Hoekstra. Joel é um guitarrista excepcional e tenho muito respeito por ele. Toda a banda está ansiosa para tocar com esse mago das cordas.”

Por sua vez, Joel Hoekstra comentou: “Me sinto muito honrado e animado para tocar e arrasar com Wolf e os caras! Estou ansioso para conhecer todos os fãs do Accept na América Latina! Vamos arrasar!”.

Os fãs agora terão mais duas oportunidades de assistirem novamente essa instituição de mais de quatro décadas em prol do Heavy Metal em nosso país se esbaldar com verdadeiros hinos atemporais como “Breaker”, “Balls to the Wall”, “Metal Heart”, “Fast As A Shark”, “Princess Of The Dawn”, imortalizados na voz de Udo Dirkschneider, dentre muitos outros nessa sua atual fase com o excelente Mark Tornillo nos vocais.

Além de Wolf Hoffmann (icônico guitarrista, compositor e único membro original) e Mark Tornillo (frontman desde 2009), a banda conta atualmente com Uwe Lulis (guitarra) e Philip Shouse (guitarra – que não poderá fazer essa turnê), Martin Motnik (baixo) e Christopher Williams (bateria), mantendo-se sempre como uma força inabalável no heavy metal mundial.

Mesmo depois de tantas décadas, o ACCEPT, com sua essência inconfundível e inalterada, estabeleceu desde os primórdios um padrão de excelência que influenciou muitas gerações de músicos (e fãs), e mesmo com suas mudanças de formação continuará reverberando por décadas a fio o  que há de melhor dentro do Heavy Metal clássico!

Para abertura desses dois shows extras teremos a banda de Heavy/Power Metal paulista, Skalyface.

SERVIÇO: ACCEPT EM SÃO PAULO (primeiro show extra)

Data: 18 de maio de 2024 (Sábado)
Local: Carioca Club Pinheiros
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – São Paulo/SP (próximo ao Metrô Faria Lima)
Produção: Dark Dimensions
Assessoria de Imprensa: JZ Press
Abertura da casa: 17h
Início do show: 19h
Classificação etária: +16 anos (Entre 14 e 16 anos, somente acompanhado por pai ou mãe munidos de documentos)
Estacionamento: nas imediações (sem convênio)
Estrutura: ar condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes e enfermaria

Ingressos Online através do site Clube do Ingresso em:
https://www.clubedoingresso.com/evento/accept-sp-dataextra

Pontos de Venda (sem taxa de serviço – pagamento em dinheiro): Carioca Club Pinheiros

SERVIÇO: ACCEPT EM SANTO ANDRÉ (segundo show extra)

Data: 19 de maio de 2024 (Domingo)
Local: Santo Rock
Endereço: Av. Firestone, 1340 – Casa Branca – Santo André, SP
Produção: Dark Dimensions
Assessoria de Imprensa: JZ Press
Abertura da casa: 17h
Início do show: 20h
Classificação etária: +18 anos (Entre 14 e 18 anos, somente acompanhado por pai ou mãe munidos de documentos)
Estacionamento: nas imediações (sem convênio)

Ingressos Online através do site Clube do Ingresso em:
https://www.clubedoingresso.com/evento/accept-santoandre

Pontos de Venda (sem taxa de serviço – pagamento em dinheiro): Santo Rock

Links Relacionados:

https://www.facebook.com/accepttheband
https://www.instagram.com/acceptworldwide
https://www.facebook.com/darkdimensionsprodutora
https://www.instagram.com/darkdimensionsbrazil
https://www.facebook.com/jzpressassessoria
https://www.instagram.com/jzpressassessoria

NYC Metal Scene Fest: Dois dias de festival apadrinhado por programa de rádio norte-americano, trazendo grandes nomes do Metal! 

Dez grandes bandas brasileiras de metal se apresentarão ao longo de dois dias de eventos comemorativos do programa da rádio norte-americana Metal Messiah, na capital paulista!

Criada em janeiro de 2008, a Metal Messiah Radio é uma web rádio internacional dedicada ao bom e velho metal, transmitindo 24 horas por dia, sete dias por semana. Com DJs de todo o mundo, a rádio abrange bandas e artistas de todos os continentes no segmento Rock/Metal.

Naturalmente, o Brasil não poderia ficar de fora, e graças à colaboradora Isaura La Cour, brasileira radicada nos Estados Unidos, o metal brasileiro está sempre presente em doses generosas, especialmente no programa NYC Metal Scene, liderado pelo DJ americano Matthew Szablewicz, com a participação de vários outros DJs ao redor do mundo!

O programa tem conquistado reconhecimento não apenas das bandas, mas também de grandes gravadoras, resultado de uma equipe honesta, profissional e que trabalha corretamente em prol do Rock e Metal!

Como forma de agradecimento ao grande trabalho realizado pelo programa, muitas bandas, amigos e parceiros se mobilizaram para realizar dois eventos presenciais, dias 8 e 9 de março, que contarão com a presença de Isaura La Cour e Matthew Szablewicz, e apresentações de 10 bandas brasileiras que fazem parte da programação da rádio/programa. A saber: VoracceEvil SenseGomorraAHolocausto War Metal (**), CromToscoTrendkill Inc.MetauroSacrifix e Muqueta Na Oreia, além de um set só com músicas do Slayer cantadas por Matthew Szablewicz junto à banda Sacrifix. Outra participação de Matthew será com a banda mineira Holocausto War Metal, executando a faixa “Vietnam”, regravada recentemente por essa parceria.

Esses eventos serão realizados no Hellraiser Rock Bar (dia 8/03) e no Instituto Cultural Bolívia Rock (dia 9/03), ambos na capital de São Paulo, com ingressos na porta no valor de R$ 20 + 1 kg de alimento não perecível (exceto açúcar e sal), que será doado para a Instituição para Idosos Residencial Novo Paraíso(ver informações mais abaixo)

08/03 – Hellraiser Rock Bar (portas abertas às 20h)
Avenida Itaquera, 7.167 – Vila Carmosina, São Paulo/SP, 03526-000

Voracce (Death/Thrash Metal – MG) (22h30 – 23h30)
Evil Sense
 (Thrash Metal – SP) (23h30 – 00h30)
GomorraA
 (Black/Thrash Metal – SP) (00h30 – 01h30)
Holocausto War Metal
 (Black/Thrash Metal – MG) (01h30 – 02h30)**
Crom
 (Heavy Metal – SP) (02h30 – 03h30)

** Apresentação Blitzkrieg somente com 3 músicas + convidados

09/03 – Instituto Cultural Bolívia Rock (portas abertas às 20h)
Rua Dr. Suzano Brandão, 537/543 – Vila Aricanduva, São Paulo/SP, 03502-000

Tosco (Thrash Metal/Hardcore – SP) (22h00 – 23h00)
Trendkill Inc.
 (Heavy/Thrash Metal – SP) (23h00 – 00h00)
Metauro
 (Thrash Metal – SP) (00h00 – 01h00)
Sacrifix
 (Old School Thrash Metal – SP) (01h00 – 02h00)
Matthew Szablewicz + Sacrifix
 (Slayer set) (02h00 – 02h30)
Muqueta na Oreia
 (Metal/Hardcore – SP) (02h30 – 03h30)

O Programa NYC Metal Scene, na Metal Messiah Radio, sempre primou por apresentar ao mundo o melhor do Rock e Metal mundial para seus ouvintes, com lançamentos, clássicos, novas bandas e entrevistas na programação. O programa vai ao ar todas as terças-feiras, das 19h às 21h (EUA) e das 20h às 22h no Brasil, totalmente GRÁTIS, sem comerciais, sem a necessidade de aplicativos, sem vendas inconvenientes e sem pop-ups. Em outras palavras, oferece apenas conteúdo recheado de muita música boa, entrevistas ao vivo, chat online e completa interação entre todos.

Independentemente do seu fuso horário, a Metal Messiah Radio está sempre pronta para trazer o melhor do Rock e Metal para te acompanhar a qualquer momento do seu dia!

Apoiadores:

Metal Na Lata (www.metalnalata.com.br | @metalnalata)
Um Metal Por Dia (@ummetalpordia)
JZ Press (@jzpressassessoria)
Cordas de Aço Rock Clube
Lokas Moto Clube (Divisão Leste)
 (@lokasmc) 

Representação no Brasil: Vagner Ferreira
Assessoria de Imprensa e Divulgação: JZ Press | Metal Na Lata
Divulgação: Elizabeth Queiroz (Tibet)
Colaboração: Márcio Miranda (Shampoo), China LeeDalam Jr.Gigi Jardim
Som ambiente: DJ Guidão
Agradecimentos à Cátia Bolívia Cristina (Instituto Cultura Bolívia Rock) e Bruna Frazão (Hellraiser Rock Bar)

Instituição para Idosos Residencial Novo Paraíso
Avenida Sete de Setembro 1267 – Vila Galvão, Guarulhos/SP, 07064-001

Site da Rádio: http://www.metalmessiahradio.com
Site da NYC Metal Scene:
 https://nycmetalscene.com
Twitter:
 twitter.com/mmrpromotions
Facebook: 
www.facebook.com/MetalMessiahRadio
Instagram:
 http://www.instagram.com/metalmessiahradio
Email:
 music@metalmessiahradio.com

Morning Storm abraça a causa dos moradores de rua em novo single “Ghost Town”

Foto: Henrique Kuen Silva (@capturee_photography)

Trazendo uma crítica social forte ao descaso do sistema perante às pessoas em situação de rua no mundo, a banda tenta abrir os olhos da sociedade.

A banda catarinense MORNING STORM acaba de lançar seu mais recente single, intitulado “Ghost Town”, disponível em todas as plataformas de streaming. Através de uma fusão única entre o peso do Thrash Metal e Hardcore, a energia contagiante do Punk Rock e a autenticidade suja do Grunge, o grupo apresenta uma experiência musical singular.

Além da versão para audição, o lançamento inclui um videoclipe, proporcionando aos fãs uma experiência simples e densa, porém envolvente. A música carrega consigo uma forte mensagem subliminar, abraçando uma crítica social ao descaso do sistema em relação às pessoas em situação de rua, tornando a obra não apenas uma expressão artística, mas também um veículo para conscientização e reflexão.

Assista “Ghost Town” em https://youtu.be/tGEMayZ8JUY

Gravada, mixada e masterizada no DigiStudio (@digistudioblumenau) em Blumenau/SC
Produzida por Morning Storm e Victor Nunes (@victornunesdaseducao)
Vídeo e imagens por Kevin Santos
Edição por Davi Janzen
Capa por Paulo Priess (@priess.ai.art)

“Essa faixa era para ter integrado o EP “Failed Attempt To Do Something Good”, lançado no início do ano passado, porém somente agora conseguimos finaliza-la da forma como queríamos”, comentou Rian Rau (vocal/guitarra). “Ela é a música mais grunge e cheio de emoção que fizemos até hoje, pois traz uma atmosfera bem densa, sombria e obscura. A letra fala de um cara numa cidade “fantasma”, abandonada pelo sistema com uma mensagem subliminar de crítica social ao descaso do sistema referente às pessoas em condição de rua”, acrescentou.

Desde 2015, os músicos de Blumenau, Santa Catarina, conseguem combinar de maneira primorosa a intensidade de riffs pesados, sujos e densos de guitarra, incorporando altas doses de groove, psicodelia e adrenalina devido às suas influências e referências de bandas como Pantera, Anthrax, Suicidal Tendencies, Down, Sepultura, Corrosion Of Conformity, Ratos de Porão, NOFX, Face To Face, entre outras. Além disso, destacam-se por abordar em suas letras temas que transitam por situações cotidianas, críticas sociais, política e relatos de experiências pessoais de seus integrantes, como o lado obscuro do ser humano, vulnerabilidades e revoltas.

Após a recente saída do baixista Guilherme Pino, a Morning Storm iniciará o processo de procura pelo seu substituto e, paralelamente a isso, os remanescentes Rian Rau (vocal/guitarra) e Danilo Fagundes (bateria) entrarão em estúdio para gravar mais um single de volta às raízes mais pesadas dos primórdios de sua fundação, mais voltado para o híbrido de Thrash Metal com Hardcore. “Será um soco na orelha até sair sangue (risos)”. Uma mini turnê pelo sudeste está nos planos da banda, principalmente por São Paulo, e sempre compor novo material sempre experimentando sonoridades novas”, finaliza Rian.

Fotos por Henrique Kuen Silva (@capturee_photography)

Morning Storm nas redes:

Instagram: @_morningstorm
Facebook: @morningstorm.band
Youtube: @morningstormband1640

Assessoria de Imprensa: JZ PRESS (@jzpressassessoria)

Verloren lança videoclipe gravado na Horror Expo e revela capa de single! 

“Abduction” envolve os ouvintes em um clima gótico, cinematográfico e pulsante!

A banda de Dark Synth Wave VERLOREN, formada por Lord Raven (vocais), T. Anduscias (guitarras/synths) e V. Angellis (bateria), lançou no último dia 28 de dezembro um belíssimo videoclipe para o seu segundo single oficial da carreira, a faixa “Abduction”, gravado e editado pela competente Starship Vídeos, contendo imagens da performance da banda em um show realizado na maior exposição da América Latina especializada na cultura pop do Horror, a Horror Expo 2023.

Assista ao vídeo completo disponível no canal oficial da banda no YouTube em https://youtu.be/kIbsoDeAp3U

“Abduction”, faixa que estará presente no álbum de estreia já intitulado “Astro Blvck”, foi produzido por Thiago Anduscias, mixado por Dk Gregory e masterizado por Rami H. Mustafa no Shredders Planet Rec Studio, em Dubai, nos Emirados Árabes. A capa foi desenvolvida por Dewindson Wolfheart (Lord Raven) da 2nd Skin Design, também vocalista da banda.

Apesar do videoclipe já ter sido lançado no canal oficial da banda no YouTube, “Abduction” foi disponibilizada hoje, dia 29 de janeiro, em todas as plataformas digitais como single. Confira em https://sptfy.com/Verloren_Abduction

Trazendo em sua sonoridade uma fusão de guitarras pesadas, linhas melódicas cuidadosamente equilibradas e vocalizações graves que exploram as profundezas do estilo gótico, a VERLOREN evidencia a versatilidade na interpretação e na dramaticidade em cima de temas futuristas, pós-apocalípticos e cyberpunk.

VERLOREN nas redes:

Youtube: @verloren.darkmusic
Instagram: @verloren_band
Facebook: @verlorenBR

Assessoria de Imprensa: JZ Press (@jzpressassessoria)

Com produção da Dark Dimensions, o Accept, instituição do Heavy Metal mundial, volta a São Paulo em maio trazendo Joel Hoekstra na guitarra!

Os alemães confirmaram que seu atual guitarrista Philip Shouse não poderá participar da turnê latino-americana, mas que será substituído por ninguém menos que Joel Hoekstra, exímio guitarrista que vem fazendo história desde 2014 na atual fase do Whitesnake!

No dia 1º de maio de 2024, feriado, a capital paulista será novamente palco de mais uma grande experiência para os fãs do Heavy Metal clássico. A lendária banda alemã ACCEPT está programada para incendiar o Carioca Club Pinheiros com mais um show que promete ser tão memorável quanto os outros feitos em nossa terra, só que agora com uma novidade incrível para os amantes das seis cordas: o brilhante Joel Hoekstra (Whitesnake, Trans-Siberian Orchestra, ex-Night Ranger, etc.) na guitarra, substituindo seu atual guitarrista Philip Shouse, que não poderá participar da turnê latino-americana!

O próprio líder do Accept, Wolf Hoffmann, declarou: “É uma grande honra para nós estar no palco com Joel Hoekstra. Joel é um guitarrista excepcional e tenho muito respeito por ele. Toda a banda está ansiosa para tocar com esse mago das cordas.”

Por sua vez, Joel Hoekstra comentou: “Me sinto muito honrado e animado para tocar e arrasar com Wolf e os caras! Estou ansioso para conhecer todos os fãs do Accept na América Latina! Vamos arrasar!”.

Com produção da Dark Dimensions, a banda realizará uma turnê pela américa latina com apresentações exclusivas em sete países (apenas um show por país) a saber: Brasil, Argentina, Chile, Peru, Colômbia, El Salvador e México.

Com uma carreira notável que abrange mais de quatro décadas, o ACCEPT emergiu na cena musical nos anos 70 e rapidamente se tornou um ícone do heavy metal mundial com seu som pesado, clássico e vibrante. Conhecidos por hinos atemporais como “Breaker”“Balls to the Wall”“Metal Heart”“Fast As A Shark”“Princess Of The Dawn” dentre muitos hinos atemporais do heavy metal, a banda estabeleceu um padrão de excelência que influenciou muitas gerações de músicos.

ACCEPT não é apenas uma banda, é uma instituição do estilo, e mesmo passando por várias fases e mudanças de formação sua essência inconfundível permaneceu inalterada. Sua combinação única de riffs poderosos, vocais marcantes e performances eletrizantes não só conquistou uma base de fãs leais em todo o mundo, mas também influenciou 9 em cada 10 bandas do gênero.

Atualmente, a formação do ACCEPT é liderada pelo guitarrista, compositor e único membro original, Wolf Hoffmann, e pelo vocalista Mark Tornillo, que substituiu de forma impactante seu antecessor, Udo Dirkschneider, em 2009, conquistando com sua voz potente o coração dos fãs e seguindo a linha adotada originalmente com seu toque único.

Com essa dupla de frente, a banda lançou obras significativas, consideradas grandes clássicos no mesmo nível de álbuns como “Restless & Wild” (1982), “Balls To The Wall” (1983) e “Metal Heart” (1985) – obras atemporais e aclamadas do grupo alemão. Os álbuns da fase Mark Tornillo, “Blood Of The Nations” (2010), “Stalingrad” (2012), “Blind Rage” (2014), “The Rise Of Chaos” (2017) e o mais recente “Too Mean To Die” (2012), são hoje também aclamados pelos fãs, colocando o ACCEPT no seleto grupo de bandas que mudaram seu vocalista e obtiveram ainda mais sucesso.

Além de Wolf Hoffmann (guitarra) e Mark Tornillo (vocal), a banda conta atualmente com Uwe Lulis (guitarra) e Philip Shouse (guitarra – que não poderá fazer essa turnê), Martin Motnik (baixo) e o Christopher Williams (bateria), mantendo-se sempre como uma força inabalável no heavy metal mundial. Mesmo depois de tantas décadas, o ACCEPT continua a criar música que ressoa com a intensidade e a paixão que os tornaram lendários e seus shows são pura adrenalina.

Para abertura do evento, teremos a banda de Heavy Metal vinda diretamente da Rússia, e com mais de duas décadas de carreira, Amalgama.

Este show no Carioca Club Pinheiros, em São Paulo, não será exceção, e os fãs terão a oportunidade de testemunhar, como de costume, a energia contagiante que encapsula a essência atemporal do heavy metal, combinada com a vitalidade e a inovação que caracterizam a fase atual da banda.

Corra, pois restam pouquíssimos ingressos!!! Será completamente SOLD-OUT!

SERVIÇO: ACCEPT EM SÃO PAULO

Data: 1º de maio de 2024 (Feriado)
Local: Carioca Club Pinheiros
Endereço: Rua Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – São Paulo/SP (próximo ao Metrô Faria Lima)
Produção: Dark Dimensions
Assessoria de Imprensa: JZ Press
Abertura da casa: 17h
Início do show: 19h
Classificação etária: 16 anos (Entre 14 e 16 anos, somente acompanhado por pai ou mãe munidos de documentos)
Estacionamento: nas imediações (sem convênio)
Estrutura: ar condicionado, acesso para deficientes, área para fumantes e enfermaria

Ingressos Online através do site Clube do Ingresso em:
https://www.clubedoingresso.com/evento/accept-sp

2º Lote – Pista – Meia-entrada R$ 140,00
2° Lote – Pista – Promocional (doe 1 Kg de alimento não perecível) R$ 140,00
2º Lote – Pista – Inteira R$ 280,00

Pontos de Venda (sem taxa de serviço – pagamento em dinheiro): Carioca Club Pinheiros

Outros pontos de vendas (com taxas):

Days Music Store
Rua Alagoas, 730, Centro – Belo Horizonte, MG
Informações Adicionais:
De segunda à sexta-feira das 09:00 às 19:00 horas
Sábado das 10:00 às 13:00 horas
Sujeito a cobrança de taxa de serviço.

Galeria do Rock – Loja 255
Avenida São João, 439, Centro – São Paulo, SP
Informações Adicionais:
De segunda à sexta-feira das 10:30 às 19:00 horas
Sábado das 10:30 às 17:00 horas
Sujeito a cobrança de taxa de serviço.

Metal Music
Rua Álvares de Azevedo, 159, Centro – Santo André, SP
Informações Adicionais:
De segunda à sexta-feira das 10:00 às 19:00 horas
Sábado das 10:00 às 18:00 horas
Este estabelecimento não aceita pagamento em dinheiro
Sujeito a cobrança de taxa de serviço.

Planet CD – Galeria Pedro Jorge
Rua Senador Pompeu, 834, Centro – Fortaleza, CE
Informações Adicionais:
De segunda à sexta-feira das 09:00 às 17:00 horas
Sábado das 09:00 às 15:00 horas
Sujeito à cobrança de taxa de serviço

Scheherazade CDs
Rua Conde de Bonfim, 346, Tijuca – Rio de Janeiro, RJ
Informações Adicionais:
De segunda a sexta-feira das 10:00 às 19:00 horas
Sábado das 10:00 às 18:00 horas
Sujeito a cobrança de taxa de serviço.

School of Rock Anália Franco
Rua Eleonora Cintra, 82, Vila Regente Feijó – São Paulo, SP
Informações Adicionais:
De segunda à sexta-feira das 10:00 às 21:00 horas
Sábado das 10:00 às 13:00 horas
Este estabelecimento não aceita pagamento em dinheiro
Sujeito a cobrança de taxa de serviço.

Shopping Metropolitan – Dr Rock
Rua Emiliano Perneta, 297, Centro – Curitiba, PR
Informações Adicionais:
De segunda à sexta-feira das 09:00 às 20:00 horas
Sábado das 09:00 às 17:00 horas
Sujeito a cobrança de taxa de serviço.

Toinha Brasil Show
Quadra SOF Sul, Quadra 09, Guará – Brasília, DF
Informações Adicionais:
De segunda à sexta-feira das 14:00 às 18:00 horas
Agilize seu atendimento, faça o cadastro no site antes de ir ao Ponto de Venda.
Chame no Whatsapp – (61) 986165097
Sujeito a cobrança de taxa de serviço.

Vix Rock Store
Av. Nossa Senhora da Penha, 356, Praia do Canto – Vitória, ES
Informações Adicionais:
De segunda à sexta-feira das 10:00 às 19:00 horas
Sábado das 10:00 às 14:00 horas
Sujeito à cobrança de taxa de serviço

Links Relacionados:

https://www.facebook.com/accepttheband
https://www.instagram.com/acceptworldwide
https://www.facebook.com/darkdimensionsprodutora
https://www.instagram.com/darkdimensionsbrazil
https://www.facebook.com/jzpressassessoria
https://www.instagram.com/jzpressassessoria

Hatematter lança novo álbum em show especial na Krampus Party, no La Iglesia, junto às bandas Black Laguna e Antrvm

No próximo sábado, dia 9 de dezembro, a partir das 20h, na emblemática casa de shows paulistana La Iglesia Borratxeria, teremos a primeira edição da Krampus Party, uma festa de fim de ano que reunirá numa mesma noite muito metal e entretenimento voltado à cultura do horror.

As atrações confirmadas para o evento incluem as bandas Black LagunaAntrvmHatematter – lançando seu novo álbum “Antithesis” , e a presença do produtor, criador de vídeos e Youtuber Leo Ronki na discotecagem. Além disso, o pessoal do Podcast A Hora do Pesadelo estará presente apresentando seu novo curta-metragem de horror.

Todas as bandas do cast são influenciadas por filmes de horror, então nada melhor do que reunir tudo isso em um evento só. Dessa forma, transformamos o evento de maneira que dialogue com outros públicos do underground”, comentou Victor Cutrale, vocal da Antrvm, ex-Furia Inc. idealizador do evento.

Os ingressos antecipados já estão à venda pelo Clube do Ingresso.

Sobre as bandas:

O projeto de metal extremo Antrvm foi formado em 2020 na capital paulista. A banda apresenta, com prioridade e identidade própria, uma fusão de influências contemporâneas que abrangem desde Groove Metal, Thrash Metal até Death Metal. Atualmente, a formação inclui Victor Cutrale (vocal, ex-Furia Inc), Yohan Kisser (Sioux 66) e Victor Henrique nas guitarras, Bruno Nicolozzi (Worst, baixo) e Matt Carrilho (Kryour, bateria). Com essa configuração, a banda está focada em apresentar seu repertório centrado no lançamento do primeiro EP da carreira, intitulado “Defiler”, que se destaca pela excelente inspiração na temática de filmes de horror.

A proeminente banda paulistana de Melodic Death/Groove Metal Hatematter, formada em 2007, lançou recentemente “Antithesis”, o quarto álbum de sua carreira. Mais uma vez, a banda transcende as fronteiras do metal, amalgamando influências diversas em um conjunto coeso e emocionalmente impactante. “Antithesis” é um álbum forjado no metal pesado contemporâneo que explora temas de reconstrução, camaradagem, amor e aceitação, inspirados em filmes cult de ficção científica e horror. Composta atualmente  por Luiz Artur (vocal), André Martins (baixo), André Buck (guitarra), Thiago M. Ribeiro (guitarra/vocal), Rafael Augusto Lopes (sintetizadores e orquestrações) e André Kim (bateria), a Hatematter fará nesse evento o show lançamento de seu novo trabalho.

A banda Black Laguna, formada em 2012 por Ryan Lopez e Fabrício Pereira, tem como proposta o Groove Metal em português. Após a boa recepção do single “O Velho Beberrão”, lançaram o EP homônimo em 2013, seguido por apresentações enérgicas pelo estado de São Paulo, ganhando a alcunha carinhosa de “Metal Cerveja”. Em 2016, o single “A Besta” marcou uma nova fase com a apresentação da formação que vinha sendo moldada desde 2015. Contudo, em 2017, a banda entrou em hiato indefinido. A tragédia chegou em fevereiro de 2023 com a morte de Fabrício Pereira, levando a banda a planejar seu último show para encerrar sua jornada justamente no show da Krampus Party. Com a formação contando com Ryan Lopez (vocal), Paulo Hipolito (baixo), Ricardo Bancalero e Luan Vieira (guitarras), e Guilherme Estrada (bateria), o grupo promete não apenas colocar um ponto final na carreira, mas uma celebração ao amigo que infelizmente se foi e à influência marcante do Black Laguna no metal brasileiro.

SERVIÇO: Krampus Party
Data: 9 de dezembro (sábado)
Local: La Iglesia Borratxeria
Endereço: Rua João Moura, 515 – Galpão 6, Pinheiros – São Paulo/SP

Bandas: Black LagunaAntrvm e Hatematter

Convidados especiais: Podcast A Hora do Pesadelo (Horror/Cinema)
Discotecagem: Leo Ronki

Abertura das portas: 20h
Início dos shows: 21h

Ingressos à R$ 40

Antecipado via Clube do Ingresso em:
https://www.clubedoingresso.com/evento/krampusparty-1ed-laiglesiaborratxeria

Apoio: Haunted Brewing

Créditos:
Foto Black Laguna por Renk Vondevah
Foto Antrvm por Léo Xavier
Foto Hatematter por Maíra Nakahara

Links Relacionados:

https://www.instagram.com/hatematter
https://www.instagram.com/antrvm.official
https://www.instagram.com/blacklagunaoficial
https://www.instagram.com/iglesia_borratxeria
https://www.instagram.com/leoronki
https://www.instagram.com/hauntedbrewing
https://www.instagram.com/ahoradopesadelopodcast

O Symphonic Dark Metal do Apocrifus lança o poderoso álbum “Reflections Of Darkness”

Crédito: Fotos por Gladimir Purper

O one-man project de Symphonic Dark Metal Apocrifus, capitaneado pelo músico e produtor gaúcho Gladimir Purper (Creationism Denied, Guitar Metal Solos), após os bem sucedidos singles de retorno às atividades em 2023, “Into The Infinity Of Silence” e “Slave Of Illusion”, lançou no dia 23 de novembro seu álbum de 10 faixas intitulado “Reflections Of Darkness”.

Incorporando influências da sonoridade densa do Black Metal sinfônico e orquestrado, o Apocrifus, segundo as palavras de seu criador Gladimir, não se enquadra totalmente nesse estilo. Isso se deve ao fato de que as letras exploram temáticas de autoconhecimento, abordando as premissas do lado sombrio da natureza humana.

Gladimir compartilhou: “Este projeto surgiu de maneira despretensiosa, como uma forma de exorcizar e externalizar meus próprios demônios internos. Ao mesmo tempo, permite que eu expresse minhas ideias viscerais em um estilo que verdadeiramente me preenche. É uma jornada por territórios sombrios, ricos em melodia. Talvez não seja a coisa mais original do mundo, mas me proporciona uma grande satisfação como músico, instrumentista, produtor e fã.”

Ouça “Reflections Of Darkness” em:
https://onerpm.link/841607326044

Prelude to Redemption
Into the Infinity of Silence
Ghost
Reborn and Agonize
Slave of Illusion
Malign Profane
Lullaby for Succubi
Watch Out for Your Wishes
Nefastu’s Revenge
Souls for a Throne of Blood

“Reflection of Darkness” é uma jornada rumo ao universo sombrio que reside no interior de cada ser humano. Trata-se de observar e tomar consciência de que sua sombra (medos, traumas, dor) não é algo externo a você. A figura na capa representa a dualidade inerente ao ser humano, entre o bem e o mal, carregando em sua bagagem emocional o reflexo de experiências passadas.

A sonoridade incorpora elementos de metal sinfônico, explorando para além da orquestração tradicional, com o discreto uso de corais que apresentam vozes masculinas e femininas entoando melodias marcantes.

A produção, apesar de mais moderna, distancia-se da batalha de compressão e volumes das produções equivalentes, priorizando as dinâmicas e permitindo que a música respire. Isso proporciona uma audição confortável para os amantes do estilo. 

Venha para o mundo sombrio do Apocrifus!

APOCRIFUS NAS REDES:

Instagram: @apocrifus_official
Youtube: @apocrifus
Spotify: https://sptfy.com/apocrifus
E-mail para contato: apocrifus97@gmail.com

Assessoria de Imprensa: JZ PRESS (@jzpressassessoria)

KRUYSSEN lança a complexa “Mist”, o elo perdido entre o Classic Rock, Fusion e o Prog Metal

Crédito: Fotos por Thiago TX

A banda de Progressive Modern Metal, com mais de 20 anos de trajetória, Kruyssen, originária do Rio Grande do Norte e liderada pelo virtuoso músico e compositor Israel Tenório, atualmente residente nos Estados Unidos, apresenta ao mundo o envolvente videoclipe da impactante e progressiva faixa “Mist”, retirada de seu mais recente álbum conceitual, “Metanoia”.

Assista ao videoclipe “Mist” em https://youtu.be/loiRAwxd9Uk

“Mist” não é apenas uma música, mas uma jornada sensorial que se desdobra nas profundezas da mente, guiada pela trama intricada de “Metanoia”. A letra, centrada em um personagem imerso em estruturas de manipulação religiosa e espiritual, serve como o epicentro dessa narrativa musical inovadora.

O enredo desvela o despertar desse protagonista para as manipulações que o cercam, uma narrativa que ecoa as reflexões de Karl Marx e Friedrich Engels sobre a transformação das forças produtivas, como “Tudo que é sólido se desmancha pelo ar”. Nesse contexto, “Mist” explora a natureza volátil do que é considerado sagrado, desafiando as normas estabelecidas e propondo uma metamorfose mental.

A neblina/névoa, (tradução literal de ‘mist’) é mais do que um elemento atmosférico na música; é uma metáfora para as manipulações impostas pelo ambiente social e religioso. O personagem, agora desperto, condena essa estrutura, prometendo que aqueles que perpetuam essa manipulação desaparecerão da sociedade.

Inspirada por ícones do Progressive Rock, tais como Emerson, Lake & Palmer, Rush, Yes e Allan Holdsworth, somados ao peso do Prog Metal mais técnico de bandas como Dream Theater e Fates Warning, “Mist” é uma obra-prima musical que transcende os limites do gênero. Mesmo com seu videoclipe adotando uma abordagem mais direta e centrada na performance, destacando a execução musical de forma intimista, a música oferece uma experiência sonora única.

Ao assistir ao videoclipe de “Mist”, mergulhe na mente do protagonista, testemunhe sua jornada de despertar e liberação, e descubra a visão progressiva e provocativa da Kruyssen sobre as estruturas que moldam a sociedade e a mente humana.

Prepare-se para uma experiência musical transformadora – onde as fronteiras do sólido se desfazem, e a névoa da revolução paira no ar.

Ouça “Metanoia” em https://sptfy.com/Kruyssen_Metanoia
Produzido por Israel Tenório, Miguel Sampaio e Ricardo Felix

O álbum “Metanoia” foi lançado em fevereiro de 2023 em todas as plataformas digitais, trazendo em seu conceito letras que irradiam mensagens positivas e encorajadoras, abordando reflexões sobre a vida e a jornada humana.

O quarteto atualmente composto por Israel Tenório (vocal/guitarra/produtor), Pedro Silva (baixo), Edson Estevam (teclado/backing vocals) e Wesley Silva (bateria) exibe uma notável química musical, proveniente de suas diversas influências, que abrangem desde o Rock Progressivo até o Metal Melódico, passando pelo Heavy Metal, Thrash Metal, Jazz, Pop, Alternativo e até mesmo música brasileira.

Além de ampliar seus investimentos na carreira internacional, a banda em breve dará início a pré-produção do terceiro álbum da já longeva carreira do Kruyssen.

KRUYSSEN NAS REDES:

Facebook: https://www.facebook.com/kruyssenoficial
Instagram: https://instagram.com/kruyssenoficial
Youtube: https://www.youtube.com/@kruyssenoficial

Assessoria de Imprensa: JZ Press (@jzpressassessoria)

A realidade distópica e conflitante do novo álbum da Hatematter

Foto por Maíra Nakahara | Edição por Leonardo Palma Benaci

A proeminente banda paulistana de Melodic Death/Groove Metal Hatematter lançou recentemente seu quarto e mais novo trabalho, o álbum “Antithesis”, uma obra magistral que transcende as fronteiras do metal, amalgamando influências diversas em um conjunto coeso e emocionalmente impactante.

Com 11 faixas intensas, este álbum é uma odisseia sonora que espelha os desafios, as perdas e a resiliência enfrentados pelo grupo durante sua fase de criação em meio à pandemia, trazendo ainda mais peso e técnica pungente à sonoridade moderna característica da banda. 

O guitarrista André Buck destaca a influência impactante de eventos como a pandemia global e a dolorosa perda prematura do amigo, parceiro e um dos membros fundadores da banda Gustavo Polidori

O álbum, meticulosamente construído ao longo de dois anos, representa uma expressão única da criatividade da Hatematter, enraizada na individualidade de cada membro.

Ouça “Antithesis” em https://sptfy.com/hatematter_antithesis

he Veiled Truth
Last Thread of Hope
S.T.A.Y.
Where the Grasshopper Lies
Precognitive Dissonance
Condemned to Unexist
All Blind Eyes Turned
Liberate Me 
[feat. Mayara Puertas]
Unseen to Lesser Eyes
With Mankind Beneath My Feet [Reloaded]
In the Silent Still

Gravação, produção, engenharia de Som, mixagem inicial (faixas 1, 5 e 9) e masterização por Rafael Augusto Lopes no Casa Negra Studios, em São Paulo/SP
Mixagem e masterização por Brendan Duffey
Arte de capa por Daniel Gava

André Martins, baixista e membro fundador, compartilha o contexto emocional que moldou “Antithesis”, visto que a obra reflete um período sombrio marcado pela raiva, ódio, medo e desespero. No entanto, também explora temas de reconstrução, camaradagem, amor e aceitação inspirados em filmes cult de ficção científica. Essas dualidades refletem as antíteses da vida, transformando o álbum em uma narrativa intensa das emoções vividas durante esse tempo turbulento.

A inclusão do novo guitarrista, Thiago Ribeiro, adicionou uma dimensão única ao álbum. Além de sua contribuição na composição das letras desde o álbum “Foundation”, de 2015, Thiago surpreendeu a todos com suas notáveis habilidades vocais, enriquecendo as linhas vocais de forma magistral ao lado de Luiz Artur (vocal). A colaboração entre os membros durante o processo de gravação no estúdio Casa Negra, com a orientação do produtor Rafael Augusto Lopes, solidificou o som distintivo do álbum.

“Antithesis” não é apenas um álbum de metal, mas uma expressão profunda das antíteses e dialéticas da vida, capturando a essência da luta, resiliência e, finalmente, a esperança que emerge mesmo nas situações mais desafiadoras.

Além disso, a banda teve a honra de contar com a participação especial da incrível Mayara Puertas, a voz poderosa por trás da lendária Torture Squad, na faixa “Liberate Me”, que estreou no programa Pegadas de Andreas Kisser, na Rádio 89FM.

A formação que gravou “Antithesis” foi: Luiz Artur (vocais), André Martins (baixo), André Buck (guitarra principal), Thiago M. Ribeiro (guitarra rítmica e vocais), Rafael Augusto Lopes (sintetizadores e orquestrações) e Marcus Dotta (bateria e percussão). No entanto, para a continuidade da banda, Marcus Dotta cedeu o lugar para André Kim, que a partir de agora assume integralmente as baquetas da Hatematter.

“Mesmo após a pandemia, não me imaginava tirando o pó do pedal duplo e treinando blast beats no café da manhã. Agora, com a Hatematter, a música voltou a fazer parte do meu cotidiano e poder voltar a tocar tem sido uma energia muito boa”, comentou André Kim.

Hatematter convida os ouvintes a mergulharem nesta jornada sonora e emocionalmente poderosa de “Antithesis“, testemunhando a verdadeira força da música como meio de superação e expressão.

HATEMATTER NAS REDES:

Facebook: @hatematterofficial
Instagram: @hatematter
Youtube:
 @hatematter
Spotify: https://sptfy.com/hatematter

Assessoria de Imprensa: JZ PRESS (@jzpressassessoria)

Headspawn eleva às raizes nordestinas e o Groove Metal a novos patamares com o álbum “Parasites”.

Crédito: Fotos por Renata Luna (@renatalunafoto)

Originária de João Pessoa, Paraíba, a sensação mescla o som pesado do Slipknot, Soulfly e Sepultura com a melancolia do Alice In Chains, incorporando ritmos e raízes regionais!

O power trio paraibano de Groove Metal, Headspawn, lançou em todas plataformas digitais seu álbum de estreia, “Parasites”, composto por 10 faixas que capturam intensamente o peso tribal do metal moderno, enriquecido com sonoridades tipicamente nordestinas, resultando em uma massa sonora original e vibrante com nuances de New Metal.

Ouça “Parasites” em https://onerpm.link/895135590988

Assista ao Lyric Video de “Everybody Hates Somebody” em https://www.youtube.com/watch?v=AdG5-0vxlxo

Assista ao Lyric Video de “Sinking Jetsam” em https://www.youtube.com/watch?v=VaEmRhg0bxQ

Assim como seus EPs anteriores, “Pretty Ugly People” (2021) e “Pretty Ugly People Live” (2022), todos amplamente elogiados pela imprensa e por músicos consagrados como Jairo Guedz (The Troops Of Doom, ex-Sepultura), Marcelo Pompeu (Korzus), Leandro Caçoilo (Viper, Caravellus), Marco Nunes (Chaosfear) e Johnny Moraes (Hevilan, ex-Warrel Dane), “Parasites” não apenas representa um marco para Alf Cantalice (vocal/guitarra), J.P. Cordeiro (baixo) e Marconi Jr. (bateria), mas também celebra a influência e a vitalidade do Metal Nordestino que ressoa em todos os cantos do Brasil.

HEADSPAWN NAS REDES:

Facebook: @headspawnofficial
Instagram: @headspawn_official
Youtube: @headspawnchannel

Contra a fé cega, o Symphonic Dark Metal do Apocrifus lança novo single

Crédito: Fotos por Gladimir Purper

O mais recente single da one-man band de Symphonic Dark Metal, Apocrifus, intitulado “Slave Of Illusion”, foi lançado no Dia das Bruxas em todas as plataformas de streaming. Continuando a sonoridade de “Into The Infinity Of Silence”, o primeiro single do retorno das atividades da banda agora liderada exclusivamente pelo músico e produtor Gladimir Purper (Creationism Denied, Guitar Metal Solos), “Slave Of Illusion” combina a sonoridade sombria com o tema da fé cega, que envolve acreditar em algo sem questionar, mesmo quando não existem evidências concretas para sustentá-la.

Ao narrar a história da “mão invisível”, na qual os poderosos controlam tudo e manipulam a humanidade como peças em um jogo para servir a seus sinistros objetivos, “Slave Of Illusion” se revela, essencialmente, uma crítica à ilusão enganosa de escolha. Na realidade, frequentemente nos falta o controle, uma vez que mentes corruptas tomam decisões em nosso lugar, em busca incessante de mais poder e exploração.

Gladimir comentou sobre esse tema: “Lamentavelmente, algumas pessoas no poder se valem dessa fé para manipular as massas em nome de uma moralidade fictícia. Elas se apresentam como líderes virtuosos, mas, na realidade, são corruptas e egoístas, explorando a fé das pessoas para atingir seus próprios objetivos. A reflexão aqui proposta destaca a importância de manter a consciência da manipulação e da necessidade de questionar, em vez de aderir passivamente a ideias.”

Escolha seu streaming favorito e ouça “Slave Of Illusion” em https://onerpm.link/983584174085

Incorporando influências e referências da sonoridade sombria do Black Metal mais orquestrado, o Apocrifus, não pode ser completamente classificado dentro desse estilo. Isso ocorre devido às temáticas exploradas em suas letras, que se concentram no autoconhecimento e nas premissas do lado sombrio da natureza humana.

Sobre a sonoridade do Apocrifus, o músico explicou: “Eu não estou familiarizado nem acompanho a maioria das bandas de Black Metal atuais, porque percebo que muitas delas tendem a sobrecarregar o teclado com efeitos, perdendo de vista a musicalidade. Minha abordagem busca resgatar os riffs de guitarra e a essência do metal, em vez de se envolver na competição de quem consegue tocar mais rápido ou de forma mais brutal. Sempre busco equilibrar adequadamente a melodia, as orquestrações, as harmonias vocais e os coros, juntamente com a dose certa de peso.”

Ambas as faixas farão parte do álbum “Reflections Of Darkness”, que trará 10 músicas envolventes, compostas, gravadas, mixadas e masterizadas por seu próprio mentor, cujo lançamento está programado para o dia 23 de novembro desse ano.

APOCRIFUS nas redes:

https://www.instagram.com/apocrifus_official
https://www.youtube.com/@apocrifus

Siegrid Ingrid lança o aguardado e brutal novo álbum “Back From Hell”

Após 24 anos de hiato, lenda paulistana do metal lança terceiro álbum

Foto (Crédito: Luiz Berenguer)

Siegrid Ingrid, banda que encabeçou uma geração no início dos anos 90 com sua incrível sonoridade crossover entre Thrash Metal, Hardcore, Death Metal, Deathcore e até Grindcore, lançou no dia 5 de novembro “Back From Hell” em todas plataformas digitais, após 24 anos do clássico “The Corpse Falls” (1999).

O quinteto formado atualmente por M.Punk (vocal), Borô (guitarra), André Gubber (guitarra), Luiz Berenguer (baixo) e Herbert Loureiro (bateria), explora uma ampla gama de ideias musicais em “Back From Hell”, sem negligenciar momentos mais elaborados, fugindo de modismos e mantendo-se atualizado dentro do estilo que o consagrou. São 9 faixas brutais (e uma introdução) que permanecem fiéis às suas marcas registradas do passado, sempre trazendo letras provocativas, caóticas e contemporâneas, além de um instrumental super pesado e agressivo.

Escolha sua plataforma preferida e ouça “Back From Hell” em https://onerpm.link/989681372981

Assista ao videoclipe de “Nojo” em https://youtu.be/yjSRmoITYVA

Confira o Lyric Video de “Never Again” em https://youtu.be/EovqNJ2G_jU

A banda ainda contou com as participações mais que especiais de Rohh Krammer (Nephall), na faixa “Never Again“, Henrique Fogaça (Oitão), na esmagadora numa espécie de grindcore/hardcore “Fuck! I Hate You”, e Mayara Puertas (Torture Squad), que também fez um trabalho espetacular em “Dead Inside”, faixa que aborda os inaceitáveis abusos contra mulheres.

Produzido por Michel Oliveira no Sputnik Studio/SP, com vocais gravados e captados no Dual Noise/SP, “Back From Hell” terá sua versão física em CD Slipcase lançada dia 2 de dezembro através da parceria entre os selos Voice MusicTumba Records, Cogumelo RecordsRock Brigade RecordsFuck It All RecordsBC Noise RecordsTu Pank RecordsLokaosUndergrind RecordsTwo Beers Or Not Two Beers e Cianeto Discos.

“Como o próprio título do álbum sugere, estamos, de fato, renascidos do inferno e com sangue renovado! Nossa essência sonora permanece inalterada, porém agora estamos repletos de energia e inovação”, concluiu M. Punk.

Confira o Siegrid Ingrid na quinta-feira, dia 9 de novembro no programa Autoral Brasil, da rádio Kiss FM, e na sexta-feira no Roadie Crew Online Fest.

Back From Hell (Intro)
Nojo
In Search Of Light
Drásticas Consequências
Never Again 
(feat. Rohn Krammer Schroder)
Fuck! I Hate You (feat. Henrique Fogaça)
Dead Inside (feat. Mayara Puertas)
Templo dos Vermes
The Visionary
Suffocated

Arte de capa por Herbert Loureiro
Arte de capa adicional e layout por Wanderley ‘Perna’ (WDesigner)

SIEGRID INGRID NAS REDES:

Facebook: @SiegridIngridOfficial
Instagram: @SiegridIngrid.Official
YouTube: @SiegridIngridOfficial497

E-Mail para contato: siegridingrid@yahoo.com

Assessoria de Imprensa: JZ PRESS (@jzpressassessoria)

Hugo Mariutti e All is Allowed juntos em show inédito!

Sábado, dia 25 de novembro, a partir das 23h, na Jai Club, em São Paulo, teremos duas apresentações bombásticas: o renomado guitarrista e produtor Hugo Mariutti (ex-Shaman, André Matos, Henceforth), apresentando seu novo álbum solo “The Last Dance”, e os Modern Rockers do All Is Allowed, divulgando seu primeiro álbum, “#341”.

Local: Jai Club
Endereço: Rua Vergueiro, 2676 – Vila Mariana/SP (ao lado do Metrô Ana Rosa)

Ingressos:

Lote 1: R$ 30,00 (antecipado – valor promocional)
Lote 2: R$ 40,00
Lote 3: R$ 50,00

Ingressos online em: https://hoppin.com.br/hugomariutti_aia

“Nossa expectativa é que a galera queira conhecer o nosso som ao vivo para sentir o peso da nossa banda. Também teremos músicas novas que serão lançadas entre dezembro deste ano e janeiro do próximo ano. Logicamente, tocaremos nossos EPs, e posso garantir que vai ser pesado demais (risos). Claro, celebrar e dividir o palco com o Hugo novamente depois de muitos anos, após tocarmos juntos no Henceforth, será incrível”, comentou Frank Santos (vocalista do All Is Allowed).

Hugo Mariutti

Divulgando o seu mais recente álbum solo, intitulado “The Last Dance” e lançado em junho deste ano, o talentoso guitarrista, vocalista e compositor, conhecido por suas contribuições nas bandas de Rock e Heavy Metal Henceforth, Shaman e André Matos, está explorando uma abordagem mais introspectiva e alternativa. Este novo trabalho incorpora diversas influências da música e do Rock britânicos, como o rock alternativo, o post-punk, e elementos das décadas de 50, 60 e 70. Sucessor dos excelentes álbuns “A Blank Sheet Of Paper” (2014) e “For A Simple Rainy Day” (2017), e dos singles “Gone” (2019) e “Why” (2022), “The Last Dance” demonstra como o artista está se distanciando do estilo que o consagrou, mas sempre oferecendo uma perspectiva musical refrescante, intrigante e de qualidade.

Mariutti descreve o disco como “uma mistura eclética e britânica com influências que vão desde Gerry & The Pacemakers, The Clash, The Smiths, Joy Division, Beatles até Radiohead e Arctic Monkeys.

All Is Allowed

Diretamente da cidade de Campinas/SP, a All Is Allowed, banda que abriu os shows dos americanos do Red Fang no Brasil, apresenta com maestria uma sonoridade autoral abrangente, mesclando de forma contemporânea diversas influências inspiradas nos anos clássicos do Rock, que vão do Stoner Rock, Metal até o Grunge, com uma personalidade única que encantará qualquer fã de música pesada.

No álbum “#341”, que é essencialmente uma combinação dos dois EPs “Into The Storm” (2021) e “Just Keep Walking” (2022), adicionando uma faixa inédita e exclusiva intitulada “The Watcher” exclusiva para a versão em CD, podemos destacar não apenas o cuidado na produção, mas também uma abordagem sonora contemporânea que transita de maneira fluida por várias subgêneros do metal pesado, hard rock, grunge e southern rock. Toda essa gama de influências não só cria uma experiência musical como também harmoniza com maestria o passado e o presente.

As variações rítmicas e os arranjos intrincados foram criados de maneira natural e orgânica, visando realçar os cativantes ganchos gerados pelas melodias envolventes de Frank Santos, ex-parceiro de Hugo Mariutti no Henceforth.

A atual formação da banda é composta por Frank Santos (vocais), Guto Aielo (bateria, ex-Orckout), Felippe Benassi (guitarra) e Piccolo, o recém-chegado baixista que traz consigo no dna influências do metal e hard rock de ícones como Jason Newsted (ex-Metallica), Geezer Butler (ex-Black Sabbath, Heaven & Hell, Ozzy Osbourne) e Tim Commerford (ex-Rage Against The Machine).

Com o time completo, o All Is Allowed está pronto para apresentar sua distinta e original sonoridade, influenciada por bandas como Black Sabbath, Soundgarden, Alice In Chains, Tool, Stone Temple Pilots, Creed, Alter Bridge e Black Label Society não só nos palcos, mas também em novo material que já está já se encontra em fase de pré-produção.

All Is Allowed nas redes:

Spotify: https://sptfy.com/allisallowed
Facebook
@allisallowedofficial
Instagram: 
@all.is.allowed
Youtube:
 @allisallowed9389
Email:
 official.all.is.allowed@gmail.com

Hugo Mariutti nas redes:

Facebook@hugomariutti
Instagram: 
@hugomariutti
Youtube:
 @HugoMariuttiofficial

Headspawn: Sensação do Groove Metal brasileiro lança segundo e explosivo single

Crédito: Fotos por Renata Luna (@renatalunafoto)

Proveniente do vibrante cenário do metal nordestino, o promissor power trio paraibano de Groove Metal, Headspawn, orgulhosamente apresenta “Sinking Jetsam”, o segundo single de seu tão aguardado álbum completo intitulado “Parasites”.

“Sinking Jetsam”, também lançado em lyric video, é uma explosão de peso, energia, melodia e agressividade. Sua mensagem é transmitida com uma urgência e intensidade marcante pelo vocalista Alf Cantalice, abordando de maneira clara o processo de desassociação entre a figura do parasita e do hospedeiro. Essa narrativa simboliza a libertação de algo que ameaça drenar a vida, permitindo afastar esse obstáculo do caminho e avançar com determinação.

Ouça “Sinking Jetsam” em https://onerpm.link/770495981725
Produzido, mixado e masterizado por Victor Hugo Targino

Ouça “Sinking Jetsam” em https://onerpm.link/770495981725
Produzido, mixado e masterizado por Victor Hugo Targino

Alf Cantalice compartilha suas impressões sobre sua sonoridade:

“Um riff de guitarra meio funkeado, envolvente e groovado, sustentado por sessões de baixo e bateria implacáveis que martelam incessantemente. Curiosamente, essa faixa foi a penúltima a ser criada para o álbum ‘Parasites’, e manteve sua forma original praticamente inalterada desde o primeiro ensaio.”

Já executada nos shows da banda, “Sinking Jetsam” foi escolhida como segundo single devido a ótima resposta resposta do público. “Acreditamos que ela pode se tornar um grande sucesso do Headspawn”, comenta J.P. Cordeiro (baixo).

Marconi Jr. destaca que esta faixa é a mais direta do álbum, com um riff inicial impactante que é um prenúncio do que está por vir. “Ela combina Groove Metal com influências sutis do regionalismo nordestino, e tanto a letra quanto a interpretação vocal transmitem uma sensação de inquietação e desejo de libertação”, comentou o baterista.

Da mesma forma que os EPs anteriores receberam elogios de músicos renomados, como Jairo Guedz (The Troops Of Doom, ex-Sepultura), Marcelo Pompeu (Korzus), Leandro Caçoilo (Viper, Caravellus) e outros, todos que tiveram acesso ao material estão unânimes em seus elogios, descrevendo-o como uma obra diferenciada, madura, tecnicamente impressionante e vibrante.

A partir de 17 de novembro, prepare-se para uma experiência musical verdadeiramente arrebatadora e pungente com o lançamento oficial de “Parasites”. Este álbum não apenas representa uma conquista para o trio, mas também celebra a influência e a vitalidade do Metal Nordestino que ressoa em todos os cantos do Brasil.

Para fãs de: Slipknot, Soulfly, Sepultura, Machine Head, Godsmack, Alice In Chains, Stone Sour, Gojira

HEADSPAWN NAS REDES:

Facebook: @headspawnofficial
Instagram: @headspawn_official
Youtube:
 @headspawnchannel
Spotify: https://is.gd/headspawnspotify

Assessoria de Imprensa: JZ PRESS (@jzpressassessoria)

Siegrid Ingrid ressurge revigorado do inferno com novo videoclipe!

Foto (Crédito: Luiz Berenguer)

Prestes a lançar o aguardado terceiro álbum da carreira, os paulistanos do SIEGRID INGRID, banda que encabeçou uma geração no início dos anos 90 com sua incrível sonoridade crossover entre Thrash Metal, Hardcore, Death Metal, Deathcore e até Grindcore, disponibilizaram o videoclipe para a nova e brutal faixa “Nojo”, segundo single extraído de seu novo álbum, “Back From Hell”.

M.Punk, vocalista e membro fundador, comenta sobre “Nojo”“A música se sobressai por sua abordagem direta e incisiva, mesclando momentos de profundidade com trechos acelerados carregados de intensidade. Optamos por mantê-la em português, assegurando que a mensagem seja transmitida de forma clara. Esta é nossa forma de expressar nossa perspectiva e de criticar sem rodeios a hipocrisia da sociedade em que estamos imersos.”

André Gubber, guitarrista, completa sobre sua temática dizendo: “Essa letra representa um manifesto que aborda a completa descrença na humanidade. Sua inspiração surgiu, sobretudo, a partir do pensamento utópico de diversos filósofos, pensadores e influenciadores contemporâneos que tentaram idealizar a transformação positiva da sociedade durante a pandemia, romantizando a ideia de uma humanidade mais unida e fraterna. A letra enfatiza a certeza de que tal transformação nunca se concretizará.”

Assista “Nojo” em https://youtu.be/yjSRmoITYVA
Vídeo dirigido e editado por Michel Oliveira

Back From Hell (Intro)
Nojo
In Search Of Light
Drásticas Consequências
Never Again 
(feat. Rohn Krammer Schroder)
Fuck! I Hate You (feat. Henrique Fogaça)
Dead Inside (feat. Mayara Puertas)
Templo dos Vermes
The Visionary
Suffocated

Produzido, mixado e masterizado por Michel Oliveira, no Sputnik Studio, São Paulo/SP
Vocais gravados no Dual Noise Studio, em São Paulo/SP
Arte de capa por Herbert Loureiro
Arte de capa adicional e layout por Wanderley ‘Perna’ (WDesigner)

Neste novo álbum, o quinteto composto por M.Punk (vocal), Borô (guitarra), André Gubber (guitarra), Luiz Berenguer (baixo) e Herbert Loureiro (bateria), explora uma ampla gama de ideias musicais, mantendo uma sonoridade extremamente agressiva e peso avassalador, mas sem negligenciar de momentos mais elaborados. Essa abordagem contemporânea se reflete nas letras provocativas e caóticas, que seguem a tradição e a essência da brutalidade que sempre caracterizou a sonoridade da banda em seus álbuns anteriores.

“Back From Hell”, primeiro registro oficial do SIEGRID INGRID em 24 anos, foi produzido por Michel Oliveira, no Sputnik Studio/SP, com vocais gravados no Dual Noise Studio/SP, e será oficialmente lançado nas plataformas digitais dia 5 de novembro. 

No início de dezembro, “Back From Hell” também será lançado no formato CD Slipcase através da parceria entre os selos Voice MusicTumba Records, Cogumelo RecordsRock Brigade RecordsFuck It All RecordsBC Noise RecordsTu Pank RecordsLokaosUndergrind RecordsTwo Beers Or Not Two Beers e Cianeto Discos.

“Como o próprio título do álbum sugere, estamos, de fato, renascidos do inferno e com sangue renovado! Nossa essência sonora permanece inalterada, porém agora estamos repletos de energia e inovação”, concluiu M. Punk

SIEGRID INGRID NAS REDES:

Facebook: @SiegridIngridOfficial 
Instagram: @SiegridIngrid.Official
YouTube: @SiegridIngridOfficial497
Spotify: https://spoti.fi/3PK9OuZ

E-Mail para contato: siegridingrid@yahoo.com

Assessoria de Imprensa: JZ PRESS (@jzpressassessoria)

Symphony Towers desbrava o Heavy/Power Metal com versatilidade em seu quinto e novo álbum “Isolation”

Fotos por Mr. Suttiphong Sringam

A one-man band de Heavy/Melodic Power Metal Symphony Towers, que teve seu início na pitoresca cidade gaúcha de Torres em março de 2017, mas hoje radicada em Bangkok, na Tailândia e liderada pelo multi-instrumentista Janilson Quadros, lançou no dia 25 de outubro em todas plataformas digitais de streaming seu quinto trabalho, o aguardado álbum intitulado “Isolation”.

“Isolation” apresenta um cativante conjunto de seis faixas que mergulham profundamente na temática do isolamento, explorando as nuances desse estado, muitas vezes provocador de sentimentos ambíguos e adversos.

Assista ao Lyric Video de “War, Religion and Hell”, primeiro single, em https://youtu.be/wHkr2ba4T_w

As letras do álbum exploram uma ampla gama de temas, desde a busca pela realização de sonhos até a solidão, tristeza, a infinita procura por fé e alívio, guerras e conflitos relacionados à religião, e a uma conexão com uma entidade religiosa superior, ou seja, representam a busca por inspiração na continuidade da vida, mesmo quando isso implica enfrentar emoções conflitantes.

Com a primorosa produção de Roger Fingle (conhecido por seu trabalho em “Blood Tears” e “Seduced By Suicide”), “Isolation” habilmente demonstra a capacidade do projeto de manter sua distinta identidade musical, elevando-a a um nível de excelência que certamente encantará os ouvidos dos fãs do gênero, graças às camadas épicas e elementos progressivos incorporados.

Ouça “Isolation” em https://onerpm.link/367400323098

Gravado por Janilson Quadros, em seu Home Studio, em Bangkok, Tailândia.
Mixagem e Masterização por Roger Fingle (Blood Tears, Seduced by Suicide) no Estúdio Nitro, em Caxias do Sul/RS.

Arte de capa por Mario Candiota

Janilson Quadros compartilha suas reflexões sobre o novo álbum: “A criação deste disco representou um desafio significativo, pois demandava a preservação do nosso estilo característico dos álbuns anteriores, ao mesmo tempo em que buscávamos evoluir musicalmente, incorporando elementos de power metal. No entanto, ao concluí-lo, acredito que alcançamos um equilíbrio notável, entregando um trabalho que se revela cativante e envolvente para os ouvintes.”

A trajetória da banda foi uma jornada marcada por desafios e mudanças constantes nas formações, mas em todos os momentos manteve-se firme ao compromisso inabalável com a sua arte lançando o EP de estreia, “Time, Life and Death”, em 2017.

Sob a liderança solo do vocalista e multi-instrumentista Janilson Quadros, atualmente residindo em Bangkok, Tailândia, a banda/projeto continua a conquistar uma base sólida de seguidores desde seus primórdios. Essa fidelidade é fruto de sua sonoridade contagiante, uma fusão híbrida de Heavy Metal clássico e Power Metal, enriquecida com nuances do Prog Metal, em uma abordagem influenciada por bandas notáveis como Judas PriestHelloweenIron MaidenAngraNightwishStratovariusWithin Temptation e Theocracy.

Em 2020, após Janilson assumir a liderança como um projeto solo, foi lançando na sequência “Scars of Mankind” (EP/2020), “Fate Within the Shadows” (Álbum/2021), “Lost in Somewhere” (Álbum/2022) e, agora, o mais recente álbum “Isolation” (2023), sempre demonstrando uma notável evolução musical e refletindo a sua paixão pela criação de músicas envolventes e a determinação em continuar aprimorando sua versatilidade como músico e compositor do estilo. 

SYMPHONY TOWERS nas redes:

https://sptfy.com/symphony_towers
https://www.instagram.com/symphonytowersofficial
https://www.youtube.com/@symphonytowers3148

Assessoria de Imprensa: JZ Press (@jzpressassessoria)

Paulistanos do Alternata preservam o espírito clássico do Rock nacional em seu novo single

Créditos das fotos: Anderson Hildebrando (@andersonh_fotografia)

A banda de rock paulista, Alternata, está de volta com o lançamento de seu segundo single, “Peggy”, que promete transportar o ouvinte duas décadas atrás devido suas raízes profundas e uma história envolvente que ressurge das cinzas.

Originalmente composta por Kako Amaral (vocal/violão, ex-Mártires) e Mr. Newton, ex-integrante das primeiras encarnações da banda, baseia-se em uma história real que cativou os corações daqueles que a conheceram (Peggy). 

Agora, com uma nova roupagem sob direção musical de Dani Plothow (baixo/teclado, ex-Weedevil), mixagem e masterização por Davi Menezes – renomado por seu trabalho com bandas como Ratos de Porão e Dead Fish, “Peggy” conta a história de uma personagem de classe média alta que decide romper com sua bolha e explorar a realidade do cotidiano da maioria das pessoas. Aquilo que antes era apenas tema de reportagens ganha novo significado quando ela decide abandonar sua zona de conforto e se aventurar pelo mundo. 

A sucessora de “Nuances”, primeiro single do Alternata lançado em julho, “Peggy” também está enraizada na sonoridade do pós-punk, transportando os ouvintes para a década de noventa e abordando temas como a extinta FEBEM (Fundação Estadual do Bem-Estar do Menor), as diferenças sociais, o preconceito e, por fim, instigando todos a encararem a vida de frente.

Gravada nos estúdios Greenhouse, localizados em São Paulo/SP, onde a Alternata está dedicando-se incansavelmente à criação de seu aguardado álbum conceitual de estreia, intitulado “Sobre o Tempo” e com previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2024, todas as pistas apontam para algo incrível e de qualidade está se formando.

Para completar a formação da Alternata, temos Diamantte (bateria/percussão, ex-Usina Reggae) e Flávio ‘Lobão’ Xavier (guitarras, ex-Mártires). Com esse time de músicos incríveis, a banda traz a promessa de injetar uma dose extra de energia e autenticidade no cenário do Hard Rock e Rock N’ Roll nacional, mantendo-se fiel à sonoridade oitentista e clássica que caracteriza esse movimento.

Preparado para viajar no tempo e vivenciar a autenticidade do Rock como nunca antes? Permita-se! Alternative-se com a Alternata!

Ouça “Peggy” no Spotify em https://sptfy.com/alternata_peggy

Mixagem e masterização por Davi Menezes
Direção musical por Dani Plothow
Arte de capa por Lil Amaral

Enquanto estão completamente imersos na produção de seu aguardado álbum de estreia, a banda não diminui o ritmo, dedicando-se simultaneamente à criação de conteúdos empolgantes. Isso inclui vídeos “making of”, ensaios, gravações, e emocionantes takes acústicos, todos os quais serão generosamente compartilhados nas redes sociais da banda. Com essa iniciativa, a Alternata busca reacender o interesse do público jovem pelo cenário do rock, apresentando-se como uma opção de destaque em meio a uma cena cultural notavelmente diversificada.

“Sobre o Tempo”, cuja narrativa em 12 faixas autorais se debruçará sobre duas décadas de estrada na cena e nos movimentos culturais de São Paulo, e será lançado nos primeiros meses de 2024.

Para fãs de: Golpe de Estado, Camisa de Vênus, Titãs, Barão Vermelho, Ira, Rolling Stones, Beatles, The Who

MAIS SOBRE O ALTERNATA:

Emergindo em 2020, a Alternata é um quarteto de músicos experientes, trazendo à cena rock paulistana décadas de vivência em projetos musicais diversos. Com um repertório que se desenvolveu ao longo de duas décadas, a banda mergulha nas complexidades do cotidiano de uma metrópole, abordando temas políticos, sociais e filosóficos, além das intricadas teias das relações humanas. Seu som é uma homenagem ao eterno Rock N’ Roll, que se aventura por uma vasta gama de influências, incluindo o Hard Rock, Pop Rock, Blues, Folk, Ska e até toques de Reggae, sem qualquer preconceito ou limitação artística.

ALTERNATA nas redes:

Facebook: https://www.facebook.com/alternatarock
Instagram: https://www.instagram.com/alternatarock
Bandcamp: https://alternata.bandcamp.com
YouTube: https://www.youtube.com/@alternatarock3915
E-mail: alternata.banda@gmail.com