Tag Archives: Ase Music

Area 55 inicia nova era com single ‘Never Too Late’

Trazendo uma letra que fala sobre superação, single antecipa novo álbum

O Area 55, criado em Los Angeles (EUA) pelos músicos brasileiros Julio Federici (vocal, ex-King of Bones), Mika Jaxx (guitarra, ex-Sioux 66 e React), Gui Bodi (baixo, Disciples of Babylon e Artur Menezes) e Boll3t (bateria, ex-Aboleth e Hecatombe), apresenta “Never Too Late”, primeiro single após o álbum “One Ocean” (2020). Produzido pela banda, com mixagem, masterização e reamp a cargo de Brendan Duffey, single traz uma letra que fala sobre superação.

“Sabe aquele momento em que nos arrependemos de não ter feito algo lá no passado, que deveria ser feito, e nos omitimos ou não demos prosseguimento? Nunca é tarde! Você tem o controle das suas ações e ainda pode fazer, desde que mantenha a chama acesa dentro de si”, explicou Julio Federici, que gravou os vocais tendo Adriano Daga como engenheiro de som.

Ouça o single “Never Too Late” em https://www.youtube.com/watch?v=kRfZHLZ3Ur4

“O single ‘Never Too Late’ marca o início de uma nova fase. Nosso segundo álbum está pronto e sinto que achamos o nosso som! Tivemos liberdade para incluir novos elementos eletrônicos e sintetizadores, e pensar fora da caixinha, tanto a banda quanto a produção. Experimentamos novas afinações e muitas outras coisas”, declarou Mika Jaxx. “O segundo álbum de qualquer banda é sempre uma responsabilidade maior, pois é o momento de reafirmar e concretizar todo um trabalho. Sinto que o nosso novo álbum é bastante forte e, sem perder a raiz e a essência do Area 55, traz elementos novos e atuais”, completou Federici.

Ouça no Streaming: https://linktr.ee/area55la

Site relacionado: https://area55official.com/
Facebook: https://www.facebook.com/area55official
Instagram: https://www.instagram.com/area55official/

Contato: info@area55official.com

Hammerhead Blues lança novo single após show com Glenn Hughes

Crédito: Julia Missagia

“Windmill’s Kiss” é o sexto single extraído do novo álbum, “After The Storm”

O power trio Hammerhead Blues, que foi uma das atrações de abertura de Glenn Hughes em São Paulo, apresenta “Windmill’s Kiss”, sexto single do álbum “After The Storm”, gravado no Estúdio Urutu (SP). Otavio Cintra (vocal e baixo), Luiz Cardim (guitarra) e Willian Paiva (bateria) novamente contaram com a participação de Jimmy Diniz Pappon (Bombay Groovy) no órgão Hammond. “É uma das minhas músicas preferidas dessa nova leva. O arranjo de ‘Windmill’s Kiss’ flerta com o estilo de composição das baladas de Jimi Hendrix e Curtis Mayfield. A letra surgiu decorrente de algumas noites mal dormidas e fala sobre ausência e distanciamento sob a ótica de um personagem que não está mais vivo”, detalhou Luiz Cardim.

Segundo Otavio Cintra, trata-se de “uma balada cheia de soul que é uma das minhas favoritas de executar ao vivo”. Willian Paiva, por sua vez, acrescentou afirmando que esta foi uma das últimas músicas a entrar no repertório do novo álbum e acabou ganhando destaque como single. “Quando Luiz me mostrou-a, gostei tanto que em poucos minutos já tínhamos o arranjo de bateria e uma ótima atmosfera na sala de ensaio. A música cede espaço para lindas melodias que só poderiam ser cantadas pela voz do Otavio. É uma das minhas preferidas do novo álbum”.

Ouça o single “Windmill’s Kiss” em https://www.youtube.com/watch?v=J453_z3_28o

Sobre o show com Glenn Hughes, Cardim concluiu: “Vai ficar para sempre na memória, pois dividimos o palco com uma lenda que crescemos ouvindo. Conquistamos a atenção do público da Vip Station lotada. Com certeza, é um dos momentos mais incríveis que o Hammerhead Blues me proporcionou. Uma verdadeira celebração de quase 10 anos de estrada, luta e amor ao que fazemos”.

Site relacionado: https://linktr.ee/hammerheadblues

E-mail: hammerheadblues@gmail.com

Krakkenspit apresenta lyric video ‘Lava Pit’

Crédito: Ivana Micheli

Faixa que integra o EP “Krakkenspit I” fala de superação

A banda goiana Krakkenspit, que conta com Márcio Cruvinel (vocal), Aldo Guilherme (guitarra), Julian Stella (baixo) e Bruno Dias (bateria), apresenta o lyric video de “Lava Pit”, faixa de abertura do EP “Krakkenspit I”. “A música ‘Lava Pit’, que abre o EP, trata da angústia vivida por alguém que perdeu tudo na vida e, a partir de migalhas e sucatas, se pôs de pé novamente. O tema é o eterno drama humano da queda em desgraça, a história de alguém que foi do topo ao chão, seguida das dores e sofrimentos do reerguimento”, comentou Cruvinel.

Confira o lyric video criado por Gabby Vessoni em https://youtu.be/WleZkEH1ZUA

Produzido pela própria banda e tendo Geovani Maia como engenheiro de som e responsável pela mixagem, com masterização a cargo de Francisco Arnozam, o EP “Krakkenspit I” foi gravado no estúdio Fantom Studio, em Goiânia (GO), e teve arte de capa de Sandro Cruvinel (Numen Design). “Musicalmente, a essência da banda tem raízes no peso de clássicos com Black Sabbath, Queensrÿche e Faith No More, associada ao estilo moderno e à sonoridade de bandas como Alter Bridge e Slipknot”, revelou o vocalista.

– BIO –
Em 1985, surgiu em Goiânia o Terminator, que posteriormente levou à formação do Krakkenspit. Em 2016, o baterista Márcio Cruvinel assumiu o papel de vocalista ao lado do guitarrista Aldo Guilherme. A formação foi completada por Julian Stella no baixo e Ítalo Brunno na bateria, resultando no lançamento da Demo “Fear My Name” em 2017. Posteriormente, Bruno Dias assumiu as baquetas e já figurou no tributo “Go No Faith” (2020), homenageando o Faith No More com uma versão intensa de “From Out Of Nowhere”, do clássico “The Real Thing” (1989). Na sequência, em março de 2023, veio o EP “Krakkenspit I”, com as faixas “Lava Pit”, “Fear My Name” e “Charon’s Obol”.

“Além de lançar novos vídeos, estamos trabalhando no primeiro álbum full, que terá 10 faixas e está em adiantado processo de pré-produção. Ao mesmo tempo, seguimos realizando shows e teremos duas apresentações em Anápolis/GO: dia 2 de dezembro no Black Sabbar, e dia 9 de dezembro, no 4º Marcelo Tattoo Party”, concluiu Cruvinel.

Contato:
Site: https://www.krakkenspit.com/
Facebook: https://www.facebook.com/krakkenspit/
Instagram: https://www.instagram.com/krakkenspit/

E-mail: krakkenspit@gmail.com

La Iglesia será palco da primeira edição da Krampus Party

Crédito: Léo Xavier

Evento com shows do Antrvm, Hatematter e Black Laguna será realizado no sábado, 9 de dezembro

O La Iglesia será palco da primeira edição da Krampus Party, que tem como conceito reunir música e entretenimento numa festa de fim de ano e contará com shows do Antrvm, Hatematter e Black Laguna, além do podcast A Hora do Pesadelo, que apresentará seu material e o novo curta metragem. O evento, que contará com o Youtuber e filmmaker Leo Ronki na discotecagem, será realizado no dia 9 de dezembro, a partir das 20h. Os ingressos antecipados já estão à venda pelo Clube do Ingresso.

O Antrvm, que conta com Victor Cutrale (vocal, ex-Furia Inc), Yohan Kisser (Sioux 66) e Victor Henrique nas guitarras, Bruno Nicolozzi (Worst, baixo) e Matt Carrilho (Kryour, bateria), fará o show de lançamento do EP de estreia, “Defiler”. “Para nós é importante transformar as apresentações em eventos que converse com outros públicos do underground. Todas as bandas do cast são influenciadas por filmes de horror, então nada melhor do que reunir tudo isso num evento só. Estamos excitados em poder tocar nosso primeiro EP na íntegra. Será um show foda!”, comentou Victor Cutrale.

Já o Hatematter, formado atualmente por Luiz Artur (vocal), André Martins (baixo), André Buck e Thiago M. Ribeiro (guitarras), Rafael Augusto Lopes (sintetizadores e orquestrações) e André Kim (bateria), fará lançamento de seu quarto álbum, “Antithesis”, enquanto que o Black Laguna fará o show de retorno aos palcos.

Serviço – Krampus Party:
Data: 09 de dezembro (sábado)
Atrações: Antrvm, Hatematter e Black Laguna
Convidados especiais: A Hora do Pesadelo – podcast voltado para o universo do horror no cinema
Discotecagem: Leo Ronki
Local: La Iglesia
Endereço: Rua João Moura, 515 – Galpão 6, Pinheiros – São Paulo/SP
Abertura: 20h
Início dos shows: 21h
Ingressos – R$ 40
Antecipado em https://www.clubedoingresso.com/evento/krampusparty-1ed-laiglesiaborratxeria
Apoio: Haunted Brewing

Instagram:
https://www.instagram.com/iglesia_borratxeria
https://www.instagram.com/antrvm.official
https://www.instagram.com/hatematter
https://www.instagram.com/blacklagunaoficial
https://www.instagram.com/leoronki
https://www.instagram.com/hauntedbrewing
https://www.instagram.com/ahoradopesadelopodcast

Manifesto Bar recebe show de lançamento do novo álbum do Tuatha de Danann

Grupo mineiro atualmente promove o oitavo álbum da carreira, “The Nameless Cry”

A banda de Varginha (MG) Tuatha de Danann, que ostenta o incontestável título de “pioneiro do folk metal brasileiro”, fará o show de lançamento do novo álbum, “The Nameless Cry”, oitavo da carreira, no dia 8 de dezembro, a partir das 20h, no Manifesto Bar (SP).

Contando atualmente com Bruno Maia (vocal, guitarra, flauta e mais um monte de instrumentos), Giovanni Gomes (baixo e vocais), Edgard Brito (teclado), Raphael Wagner (guitarra) e Rafael Delfino (bateria e vocais), a banda teve início em 1995 como Pendragon, adotando posteriormente o nome Tuatha de Danann inspirado na mitologia celta e tendo como significado “Povo da Deusa Danú”.

No final de 1999, lançaram o debut, “Tuatha de Danann”, seguido por “TingaralatingaDun” (2001) e o EP experimental “The Delirium Has Just Began…” (2002). Depois, com “Trova di Danú” (2004), os mineiros usaram instrumentos como violinos, craviolas, flautas, gaitas de fole e harmônica, cativando o público com suas viagens celtas e medievais. A turnê chegou ao exterior, com a banda se apresentando na França e Alemanha, obtendo destaque no festival Wacken Open Air, onde foi considerada a melhor estrangeira da batalha de bandas “Metal Battle”.

Após diversas apresentações pelo Brasil, lançaram o trabalho acústico “Accoustic Live” (DVD, 2009). Retornaram em 2015 com “Dawn of a New Sun”, com participação de Martin Walkyier, criador do folk metal. Em 2018, lançaram “Your Wall Shall Fall” com Walkyier e excursionaram com Eluveitie durante a promoção de “The Tribes of Witching Souls” (EP). Seus álbuns mais recentes, “In Nomine Éireann” (2020) e “The Nameless Cry” (2023), homenageiam a cultura e a música celtas. Já a compilação “…of trovas and spells” (2021) reúne faixas escolhidas por fãs e músicos, abrangendo toda a carreira da banda.

Ingressos à venda em https://bilheto.com.br/comprar/1874/tuatha-de-danann

Manifesto Bar
Endereço: Rua Iguatemi, 36, Itaim Bibi
Fone: (11) 2574-5256 | WhatsApp (11) 94557-0228
E-mail: info@manifestobar.com.br

Sites relacionados:
https://www.tuathadedanann.art.br
https://www.manifestobar.com.br

Instagram:
https://www.instagram.com/Tuathaofficial/
https://www.instagram.com/manifestobar/

Mattilha: tradicional Canil Fest ocorre neste sábado (2) no La Iglesia

Crédito: Anne Godoneo

8ª edição do Canil Fest contará com shows das bandas Mattilha, WeeDevil e A Última Theoria

A Mattilha, que atualmente conta com Gabriel Martins (vocal), Victor Guilherme (guitarra), Camilla Rodrigues (baixo) e Ian Bueno (bateria), vem promovendo o novo EP, “Coração Anárquico”, que marcou uma nova fase para a banda paulistana criada em novembro de 2010. Tendo na bagagem dois álbuns de estúdio, três EPs, diversos singles, mais de 6 milhões de plays no Spotify e mais de 250 shows pelo Brasil, o grupo realizará no sábado, 2 de dezembro, mais uma edição do tradicional Canil Fest. O evento contará com a presença das bandas WeeDevil e A Última Theoria.

Criado em 2014 para o lançamento do debut da Mattilha, “Ninguém é Santo”, o Canil Fest é a festa anual em que Cachorrada e a Canil Records celebram, com música boa e amigos, as conquistas do ano. “Chegamos à oitava edição do Canil Fest em 2023. O baile da firma, o erguer da taça comemorando a jornada. Nessas oito edições, mais de 20 bandas de diferentes nichos do rock abrilhantaram nosso baile. Esse ano convidamos WeeDevil e A Última Theoria, comemorando o lançamento do EP ‘Coração Anárquico’, que já passou dos 600 mil plays somente no Spotify”, comentou o vocalista Gabriel Martins.

Formada em 2019 e contando com Mauren McGee (vocal), Dark Jordão e Renan Casarin (guitarras), Daiana (baixo) e Flavio Cavichioli (bateria), a banda Weedevil destaca-se no cenário de stoner/doom metal. O álbum de estreia, “The Return” (2022), reforça a proposta marcada por influências do Black Sabbath. Acostumada a participar de grandes eventos, como o festival Dopesmoke em 2022, a Weedevil atualmente trabalha na promoção do split-EP com a mexicana Electric Cult, “Cult of Devil Sounds”.

Serviço – Canil Fest:
Atrações: Mattilha, WeeDevil e A Última Theoria
Data: 2 de dezembro (sábado)
Local: La Iglesia
Endereço: Rua João Moura, 515 – Galpão 6, Pinheiros – São Paulo/SP
Abertura: 21h
Início dos shows: 22h
Ingressos – R$ 40 | Antecipado em https://www.clubedoingresso.com/evento/canilfest-viii

Instagram:
https://www.instagram.com/iglesia_borratxeria/
https://www.instagram.com/MATTILHA_CREW/
https://www.instagram.com/weedevildoom/
https://www.instagram.com/aultimatheoria/

Worst retorna de turnê pela Europa e agenda data no La Iglesia

Crédito: Leonardo Benaci @leonardobenaciproducoes

Promovendo o álbum “Resurrected”, grupo paulistano de hardcore se apresenta dia 3 de dezembro (domingo)

O grupo paulistano de hardcore Worst, formado por Thiago Monstrinho (vocal), César Covero (guitarra), Bruno Nicolozzi (baixo) e Lucas Nascimento (bateria), voltará ao palco do La Iglesia após concluir uma extensa turnê pela Europa, que passou pela Bélgica, França, Holanda, Espanha, Portugual, Alemanha, República Tcheca e País Basco. O evento, que ainda contará com a presença da banda Repressor, será realizado no dia 3 de dezembro (domingo), a partir das 18h.

“Foi de longe a melhor de todas as tours que fizemos na Europa! Todos os shows foram brutais e demos sold out de segunda e terça-feira. Aquele continente é diferenciado em relação à música pesada. A cultura deles tem sede por hardcore e metal. É muito forte o movimento lá, não tem muito mimimi e a galera cola pra ouvir o som, cantar junto e se divertir”, comentou Monstrinho. “Vamos fechar o ano no La Iglesia pra comemorar na nossa casa. Ano que vem estaremos nos meses de junho, julho e agosto na Europa para mais de 50 shows, mais de 10 festivais grandes… Estamos muito felizes, colhendo o fruto de um trabalho duro e verdadeiro e queremos compartilhar tudo isso com vocês no dia 3 de dezembro”, acrescentou.

O mais recente álbum, “Resurrected”, saiu em junho pela 1054 Records, com distribuição mundial na Europa, EUA, Japão e Austrália e lançamento em vinil pela gravadora portuguesa Hellxis Records. O material foi gravado no Dharma Studios ao lado de Rodrigo Oliveira.

Serviço:
Atração: Worst
Abertura: Repressor
Data: 03 de dezembro (domingo)
Horário: abertura 18h / Shows 19h
Local: La Iglesia
Endereço: Rua João Moura, 515 – Galpão 6, Pinheiros – São Paulo/SP
Ingressos em https://www.clubedoingresso.com/evento/worst-laiglesiaborratxeria-03-12

Instagram:
https://www.instagram.com/iglesia_borratxeria/
https://www.instagram.com/worsthcband/
https://www.instagram.com/repressormetal/

Confira o clipe de “You Can’t Handle It!” (Worst), dirigido por Luringa, em https://youtu.be/4J9dAeEHU5Y?si=-lSkLekN18xAEe46

First Fear: single ‘Rise Above’ traz Carlos Zema (Heaven’s Guardian)

Baixista Breno Pessoa e guitarrista Cláudio Bezerra contaram com participação do vocalista Carlos Zema (Heaven’s Guardian)

“Rise Above”, novo single do First Fear, projeto idealizado pelo baixista Breno Pessoa e o guitarrista Cláudio Bezerra, traz a presença do vocalista Carlos Zema (Heaven’s Guardian, Immortal Guardian, Outworld e Soulspell). A colaboração entre Breno Pessoa e Carlos Zema remonta aos primórdios de suas carreiras musicais. Ambos compartilharam experiências na banda Nemesis, que posteriormente evoluiu para Heaven’s Guardian. “Ter Carlos Zema nessa música, participando também como letrista e contribuindo para as melodias, fecha um ciclo que iniciou no começo de nossa trajetória musical. Minha primeira banda, Nemesis, evoluiu para Heaven’s Guardian quando recrutou Carlos Zema e atualmente eles promovem um grandioso CD com orquestra, chamado ‘Chronos’, tendo como produtor Roy Z (Bruce Dickinson, Helloween, Judas Priest e outros)”, declarou Breno Pessoa.

“Rise Above” vem acompanhada de um lyric video criado por Luciano Figueiredo, vocalista das bandas Tsavo e Pilantropia. Assim como o single “Lord of the Storm”, a produção ficou a cargo de Bruno Ladislau (Vitalism, ex-Andre Matos Solo), com mixagem e masterização realizadas por Andreas Asbeck.

Confira o lyric video em https://youtu.be/FO3u9KUowXQ

“Rise Above” emerge como uma celebração em honra ao pai do baixista e sogro do guitarrista. A letra se desdobra como um profundo diálogo entre pai e filho, explorando jornadas de superação frente às complexidades da existência. “A letra aborda questões de superação e as diversas batalhas que superamos no decorrer da vida. Ela fala também de resiliência, caráter, dignidade e, principalmente, em gratidão pelos ensinamentos recebidos. Apesar de todas as dificuldades quem enfrentamos na vida, ainda prevalecemos”, detalhou Breno Pessoa.

Ouça nas plataformas de streaming em https://onerpm.link/504951182223

– BIO –
O First Fear surgiu em 2019 com a união do baixista Breno Pessoa e o guitarrista Cláudio Bezerra, e a primeira música, que viria a se tornar “Lord of the Storm”, foi concebida com ensaios junto ao baterista Thiago Simmonds. O projeto ganhou forma quando Bruno Ladislau se ofereceu para produzir a faixa no segundo semestre de 2020. Assim, “Lord of the Storm” foi lançada no final de 2021, contando com a destacada participação de Mario Pastore.

O conceito, pelo nome, também se baseia em abordar medos e inseguranças do ser humano de forma sempre positiva, tentando sair do clichê do lirismo que comumente vemos no heavy metal e suas vertentes. O logotipo e monograma, criados por Carlos Fides (Noturnall, Edu Falaschi, Kamelot, Evergrey, FlowerLeaf, Alchemia e outros), possuem um conceito inspirado na antiguidade e ancestralidade. Ambos foram desenvolvidos a partir da primeira forma de escrita conhecida pela humanidade, a escrita cuneiforme, buscando uma conexão simbólica com raízes históricas.

Contatos:
Instagram: https://www.instagram.com/firstfearband
Facebook: https://www.facebook.com/firstfear
E-mail: bjpessoa@gmail.com

Apoio: SJ (@sjguitarbass)

The Troops of Doom renova com a Alma Mater Records e trabalha em segundo álbum

Com produção de André Moraes, sucessor de “Antichrist Reborn” está previsto para o primeiro semestre de 2024

Foto (Crédito: Divulgação TTOD)

Depois de um período movimentado de muitos shows na América do Sul, divulgando “Antichrist Reborn” (2022), o The Troops of Doom colocou o pé no freio por um ótimo motivo: a preparação pelo tão aguardado segundo álbum completo do grupo, que foi confirmado como uma das atrações do festival Summer Breeze Open Air Brasil em 2024.

Desde o lançamento de “Antichrist Reborn”, Alex Kafer (vocal e baixo), Jairo “Tormentor” Guedz (guitarra), Marcelo Vasco (guitarra) e Alexandre Oliveira (bateria) realizaram shows por todo o Brasil e América do Sul. “E foram shows muito importantes, como o festival Abril Pro Rock em Recife, o Sesc Belenzinho (SP), que inclusive foi nosso primeiro show completo e que deu sold out. Fizemos shows ao lado dos Cavalera, que foram históricos, além de termos passado por várias cidades do Brasil e países como Argentina, Chile e Peru ao lado do I Am Morbid, de David Vincent (ex-Morbid Angel). Foi um período conturbado, no bom sentido, e já sinto falta dessa vida na estrada, mas resolvemos dar uma pausa por um motivo muito plausível, que é o nosso disco novo”, comentou Jairo Guedz.

Recentemente, a banda renovou contrato com o selo português Alma Mater Records, que tem como sócio Fernando Ribeiro, vocalista do Moonspell. Ainda não existe uma data de lançamento, mas os planos são para o primeiro semestre de 2024. “Fernando e Pedro, da Alma Mater Records, não estão medindo esforços e realmente acreditam em nosso potencial. São pessoas incríveis, super profissionais e compram o barulho da gente, nos apoiando em todas as decisões e trabalhando da maneira correta para que tudo aconteça bem. Estamos felizes por termos renovado o contrato com eles”, declarou Alexandre Oliveira.

Sobre as novas composições, Marcelo Vasco adianta que a “coisa está tomando forma”: “Jairo e eu estivemos juntos em outubro onde moro, na Serra Gaúcha, trabalhando na pré-produção do disco, que está praticamente pronta. Estamos agora na parte das letras e encaixes de vocal. O título do álbum já foi escolhido e tem muita coisa foda sendo arquitetada. Estamos preparando algo realmente especial. Podem confiar!”

Confira o report #1 do novo álbum em https://www.youtube.com/watch?v=DZl_Oo6ji-c

O produtor escolhido, André Moraes, é músico, autor de trilhas sonoras para cinema, teatro e televisão, além de diretor de filmes e videoclipes. Ele já foi indicado a um Grammy Latino e um MTV Video Music Brasil. Trabalhou como produtor do álbum “Dante XXI”, do Sepultura, além de ter sido responsável pela trilha sonora do filme “Lisbela e o Prisioneiro”. “Marcelo, André e eu somos amigos de longa data e não nos vemos pessoalmente há mais de 20 anos. Esse reencontro, e pelo motivo que é, vai ser fantástico para todos nós”, contou Alex Kafer. “O novo álbum resgata ainda mais a essência do velho death metal dos anos 80 e início de 90. Ele terá um cuidado meticuloso na produção, gravação, mixagem e masterização, batendo na tecla de trazer de volta aquele verdadeiro som orgânico e ‘vintage’ da época, sem mencionar a parte estética. Em suma, tudo está sendo escolhido a dedo para que o resultado seja impressionante”, acrescentou.

“Estamos dando a luz a um material que nos dá muito orgulho! O trabalho está sendo intenso e estamos focados em cada detalhe, para que a experiência que esse disco passe seja inesquecível, principalmente para os fãs do metal da velha guarda, fãs dos primeiros álbuns do Sepultura dos quais eu participei, além de outras influências da época, que são parte do som do The Troops, como Slayer, Celtic Frost, Kreator… Mas, claro, tudo isso com aquele nosso molho próprio”, concluiu Jairo Guedz.

Sites relacionados:
www.thetroopsofdoom.com
www.facebook.com/thetroopsofdoom
www.instagram.com/thetroopsofdoom

Confira os novos produtos do merch em https://www.thetroopsofdoom.com/loja

Contato: info@thetroopsofdoom.com

Statues on Fire faz show de lançamento do álbum ‘IV’ no La Iglesia

Crédito: Fabio Ponce

Evento ocorre no dia 18 de novembro (sábado), a partir das 20h

O Statues on Fire surgiu há dez anos da fusão de membros dos extintos Nitrominds e Musica Diablo, liderados pelo guitarrista e vocalista André Alves. Com uma proposta de mesclar o hardcore do Nitrominds e o thrash metal do Musica Diablo, a banda é completada por Lalo Tonus (baixo), Regis Ferri (guitarra) e Alex Silva (bateria). O grupo fará o lançamento do novo álbum, “IV”, no dia 18 de novembro (sábado) no La Iglesia (SP). A banda de hardcore Freak Fur fará a abertura do evento e o início dos shows está programado para 21h.

Apesar da expectativa de ser uma continuação do Nitrominds no Brasil, o Statues on Fire conquistou um novo público com sua abordagem mais melódica, influenciada por uma ampla gama de estilos, desde punk até metal e outros gêneros. O grupo acumula seis turnês pela Europa e se consolida entre as grandes bandas do punk e hardcore do Brasil. O álbum “IV”, em que a banda ataca o chamado “Bolsonarismo”, foi produzido por Nobru Bueno (Carol Cabrino, Dinho Ouro Preto, Hateen). Gravado no Rising Power Estúdios e Nobru Bueno Estúdios, tem distribuição pelo selos Rookie Records (ALE) e Snubbed Records (EUA).

Serviço:
Atrações: Freak Fur e Statues on Fire
Sábado, 18 de novembro
Abertura: 20h | Início: 21h
Local: La Iglesia
Endereço: Rua João Moura, 515 – Galpão 6, Pinheiros – São Paulo/SP
Ingressos: https://www.clubedoingresso.com/evento/statuesonfire
Classificação etária: +18

Instagram:
https://www.instagram.com/iglesia_borratxeria/
https://www.instagram.com/statuesonfire/
https://www.instagram.com/freakfur.oficial/

The Troops of Doom lança vídeo para cover do Celtic Frost

Cover de “The Usurper” saiu como bônus da versão importada do álbum “Antichrist Reborn”

“The Usurper”, música original do grupo suíço Celtic Frost, foi incluída como faixa bônus exclusiva na versão importada da edição em CD do álbum de estreia do The Troops of Doom, “Antichrist Reborn”, lançada pela Alma Mater Records. Agora, para celebrar o clássico “To Mega Therion”, o The Troops of Doom lançou um vídeo para o cover. “O Celtic Frost é uma das minhas bandas de metal favoritas e som deles é, definitivamente, uma grande inspiração na música do The Troops of Doom, especialmente o icônico ‘To Mega Therion’. Então, esse vídeo é a nossa homenagem a essa banda incrível, que é um dos maiores pilares do death metal de todos os tempos”, afirma o guitarrista Jairo Guedz.

Confira o vídeo em https://www.youtube .com/watch?v=JbXNgPo0_lY

“Antichrist Reborn”, que sucede os EPs “The Rise of Heresy” (2020) e “The Absence of Light” (2021), saiu no exterior pela gravadora de Fernando Ribeiro (Moonspell), a Alma Mater Records, em CD digipack, cassete e vinil. No Brasil, o material, que traz arte da capa pintada por Sergio “AlJarrinha” Oliveira, artista por trás da arte original de “Bestial Devastation” (Sepultura), tem lançamento da Voice Music e Rock Brigade Records. O álbum foi mixado pelo produtor sueco Peter Tägtgren no icônico The Abyss Studio e masterizado por Jonas Kjellgren no Blacklounge Studio, na Suécia.

Discografia:
The Rise of Heresy (EP, 2020)
The Absence of Light (EP, 2021)
Antichrist Reborn (CD, 2022)
Prelude to Blasphemy (EP, 2023)

The Troops of Doom:
Alex Kafer (vocal e baixo)
Jairo “Tormentor” Guedz (guitarra)
Marcelo Vasco (guitarra)
Alexandre Oliveira (bateria)

Sites relacionados:
www.thetroopsofdoom.com
www.facebook.com/thetroopsofdoom
www.instagram.com/thetroopsofdoom
www.almamaterrecords.com

Contato: info@thetroopsofdoom.com

La Iglesia em noite de hardcore, thrash e crossover com Presto?, Macakongs 2099 e Phrenesy

Em noite de hardcore, thrash e crossover, o La Iglesia receberá as bandas Presto?, Macakongs 2099 e Phrenesy no sábado, 4 de novembro, a partir das 20h.

Foto: Jacqueline Sales

Com nome foi inspirado nos gibis de Wolverine, a banda brasiliense Macakongs 2099 foi formada em 1998 com o objetivo de tocar hardcore pesado com letras em português e inglês. Atualmente, o grupo promove o álbum “Amor”, produzido pelo baixista e vocalista Phú (ex-DFC).
 
Também de Brasília vem a banda brasiliense de thrash metal Phrenesy, formada por Wendel Aires (vocal), Tiago Teobaldo e Fabricio Rocha (guitarras), Aluisio Lima (baixo) e Josefer Ayres (bateria), que atualmente promove o seu segundo álbum, “Fears Apocalypse”. “Estamos ansiosos para fazer um show à altura que a galera de São Paulo merece! Esperamos que seja destruidor”, comentou o vocalista Wendel Aires.
 
Já a banda paulistana Presto? foi formada em 1999 com a proposta de tocar um hardcore cru, rápido e direto, mesclando com o crossover e grindcore. Entre os destaques da discografia estão os álbuns, “A.Q.N.P.” (2000) e “Ódio Puro Concentrado” (2002), “Atentado Sonoro” (2004), “Inferno na Terra” (2007) e “Comportamento Macabro” (2009).

Serviço:
Data: 04 de novembro (sábado)
Atrações: Presto?, Macakongs 2099 e Phrenesy
Local: La Iglesia
Endereço: Rua João Moura, 515 – Galpão 6, Pinheiros – São Paulo/SP
Abertura: 20h | Início dos shows: 21h
Ingressos: R$ 40
Antecipado em https://www.clubedoingresso.com/evento/macakongsprestophrenesy-laiglesiaborratxeria
 
Instagram:
https://www.instagram.com/iglesia_borratxeria/
https://www.instagram.com/phrenesyband
https://www.instagram.com/macakongs_2099/
https://www.instagram.com/danielonepresto/

Faces of Death: o impacto thrash do novo álbum, ‘Evil’

Crédito: Fabiana Brum

Sylvio Miranda, Laurence Miranda, Luiz Amadeus e Niko Teixeira resgatam a fúria do thrash metal dos anos 80 e 90

O grupo paulista Faces of Death, formado por Laurence Miranda (vocal e guitarra), Luiz Amadeus (guitarra), Sylvio Miranda (baixo) e Niko Teixeira (bateria), apresenta o novo álbum, “Evil”. O sucessor de “Usurper of Souls” (2020) foi gravado no Audiolab Extreme Studios, em Taubaté (SP), e traz capa criada pelo renomado Marcelo Vasco. O material, que está disponível nas plataformas de streaming, tem a versão física lançada através da parceria entre os selos Impaled Records, Master Records, Gerunda Produções e Gate Of Doom Records. “‘Evil’ é o álbum que sempre quis gravar, pois é um resgate às minhas origens, ou seja, o metal dos anos 80/90 tanto nas composições quanto na produção”, comenta Laurence Miranda. “As letras falam sobre coisas que realmente aconteceram no Brasil. Por exemplo, a faixa ‘A Monster In The Park’ fala sobre o assassino em série conhecido como o Maníaco do Parque, enquanto ‘Kiss of Death’ aborda a tragédia sem precedentes na Boate Kiss e toda a revolta com a impunidade”, acrescenta.

Segundo o guitarrista Luiz Amadeus, “Evil” foi feito para ser agressivo e técnico. “Ele foi feito para soar como thrash metal dos anos 80/90, porém com um toque atual. Procuramos fazer tudo com muita gana e explorar ao máximo as partes técnicas de cada um da banda.”

O material foi antecipado pelo singles “Evil”, lançado em lyric video (veja em https://youtu.be/xL4FEnflfJ0) e “Stronger Than You”, que veio como uma homenagem ao Sepultura. “Não queria fazer um cover, então decidi compor uma música e usar algumas partes das letras como ‘I live my life for myself’ e ‘Stronger Than Hate’, e aí ficou ‘Stronger Than You'”, explica Laurence Miranda. “Há uma ‘intro’ que remete à ‘Bestial Devastation’ (Sepultura), ‘Nightmare Theatre’ (Exorcist) e ‘The Number of the Beast’ (Iron Maiden). Enfim, ‘Evil’ é um álbum para os fãs de metal old school”.

Confira “Evil” na íntegra em https://www.youtube.com/watch?v=7bPpMNBFaW0

Ouça o álbum nas plataformas de streaming em https://facesofdeath.hearnow.com/

Contatos:
Site: http://facesofdeath.com.br
Instagram: https://www.instagram.com/facesofdeathofficial/
Facebook: https://www.facebook.com/FacesofDeathBand 
E-mail: facesofdeath@hotmail.com

Excoria estreia com single e lyric video ‘Trilha de Sangue’

Faixa traz a presença de André Cabelo (Chakal) nos backing vocals

Incorporando influências de diversas vertentes do metal, a banda mineira Excoria apresenta o primeiro single, intitulado “Trilha de Sangue”, que conta nos backing vocals com a participação de André Cabelo (Chakal), que também foi o produtor e comandou as gravações no Estúdio Engenho, em Belo Horizonte (MG).

Confira o lyric video de “Trilha de Sangue” em https://www.youtube.com/watch?v=7ahQCJ47j1o

Enquanto isso, os músicos já se encontram em uma fase avançada de gravação das demais faixas, que em breve estarão acessíveis ao público.

Ouça no Spotify em
https://open.spotify.com/track/4Jiz7TbyB1CXdbW6LO4gAn?si=SEMCFRxfTsC_snY_SPudHA

Site relacionado: https://linktr.ee/excoria

Mídias sociais:
Instagram: https://www.instagram.com/excoriamg
Facebook: https://www.facebook.com/excoria.2023/

E-mail: excoriamg@gmail.com

Tchandala: show com a Crypta e novo single a caminho

Crédito: Thaís Gueiros

Além do single, a banda está empenhada na composição de um novo álbum conceitual, que explora o tema dos “7 pecados capitais”

A banda sergipana de heavy metal Tchandala, formada por Dejair Benjamim (vocal), Siuari Damaceno (guitarra), Eddie Varg (guitarras), Igor Hudson (baixo) e Anthony Cavalcante (bateria), lançará no dia 17 de novembro em todas as plataformas digitais o single “Continuos Flow”. Nessa mesma data, fará a abertura da Crypta em Aracaju/SE. O baterista Afonso Ramalho, conhecido por seu trabalho com Karne Krua e Maua, assumirá as baquetas neste show, substituindo temporariamente Anthony Cavalcante.

A letra de “Continuous Flow” é um mergulho profundo nos desafios do pensamento sobre o tempo e suas implicações na existência humana. Sob o olhar perspicaz do historiador Hermeson Pidele, incita reflexões sobre o passado, o presente, o futuro, a vida, a morte, a permanência e a finitude, oferecendo uma jornada pelo mais inquietante e misterioso elemento de nossa existência. “O ponto de partida é a pergunta agostiniana, e o destino é a reflexão pessoal de cada indivíduo sobre sua própria relação com o tempo”, comentou o vocalista Dejair Benjamim.

A arte do single ficou a cargo de Carlos Fides, responsável por grandes capas do metal mundial como Kamelot, Evergrey, Shaman, Edu Falaschi, Almah e outros. Já a gravação, mixagem e masterização ficaram a cargo do produtor Fabrício Rossini.

Além do single, a banda está empenhada na composição de um novo álbum conceitual, explorando o tema dos “7 pecados capitais”. “O pano de fundo será o tema ‘Os 7 pecados capitais’ e, mais uma vez, manteremos nossa parceria na parte lírica com o historiador e professor Hermeson Pidele. A previsão do início das gravações está marcado para o início do próximo ano”, concluiu Dejair Benjamim.

Discografia:
Fantastic Darkness (2002)
Mirror of a Decade (EP, 2007)
Fear of Time (2012)
Resilience (2017)
Turning the Hourglass (EP, 2018)
We Are (single, 2021)  
Celebration (coletânea, 2021)
Searching Our Souls (single, 2022)
Start Over (coletânea, 2023)

Instagram: www.instagram.com/tchandalaofficial
Facebook: www.facebook.com/Tchandala
YouTube: www.youtube.com/tchandala

Serviço:
Atrações: Crypta, Tchandala e Berzerkers
Data: 17 de novembro (sexta-feira)
Abertura das Portas: 20h
Local: Complexo Cultural Gonzagão
Endereço: Av. José Carlos Silva, 2296, Farolândia – Aracajú/SE
Classificação: +16
Ingressos: https://www.bilheto.com.br/comprar/1740/crypta
Infos: https://www.instagram.com/rockvivoeventos/

La Iglesia recebe Macaco Bong, NDK e The Apartment Cats

Evento da Marã Música ocorre na sexta-feira (27)

Em evento da Marã Música, empresa especializada em marketing e RP dentro do mercado musical, o La Iglesia receberá as bandas Macaco Bong, NDK e The Apartment Cats na sexta-feira (27), a partir das 20h.

A banda de rock instrumental Macaco Bong, que conta com Bruno Kayapy (guitarra), Igor Carvalho (baixo) e Marcus Fachini (bateria), promove seu nono álbum de estúdio, “Live Garage”. Além de incorporar influências do heavy metal e riffs intensos, o trio optou por capturar a essência de suas performances ao vivo, destacando a diferença entre assistir a um show do Macaco Bong e ouvir um disco da banda, que planeja lançar um segundo volume de “Live Garage”. O material incluirá músicas regravadas de seu catálogo e uma faixa inédita, mantendo a ênfase na sonoridade ao vivo que caracteriza o álbum original.

A banda de rock alternativo NDK, originalmente conhecida como No Ducky, foi formada em 2005 em Jundiaí (SP). Rike (vocal), Caio e Fer Lavinhati (guitarras), Julio Pires (baixo) e Gustavo Santos (bateria) praticam um som eclético que incorpora elementos do rap, rock, eletrônico e pop, com letras que inspiram força, atitude e coragem. Ao longo de sua trajetória, participaram de aberturas de shows de artistas renomados e marcaram presença em festivais nacionais e eventos universitários em São Paulo, destacando-se pela maturidade sonora em cada projeto lançado, como “Vício” (2010), “NDK” (2015), “Impermanência” (2017, EP) e “O Selenita” (2020).

A abertura ficará a cargo da banda paulistana The Apartment Cats, formada em 2019 e que tem Foo Fighters e Pearl Jam entre suas principais influências.

Serviço – Marã Música no La Iglesia:
Data: 27 de outubro (sexta-feira)
Atrações: Macaco Bong, NDK e The Apartment Cats
Local: La Iglesia
Endereço: Rua João Moura, 515 – Galpão 6, Pinheiros – São Paulo/SP
Abertura: 20h | Início dos shows: 21h
Ingressos: R$ 40
Antecipado em https://www.clubedoingresso.com/evento/macacobong-ndk

Instagram:
https://www.instagram.com/iglesia_borratxeria/
https://www.instagram.com/maramusicamkt/
https://www.instagram.com/macaco.bong
https://www.instagram.com/ndkoficial
https://www.instagram.com/theapartmentcatsband

Antrvm lança single inspirado em obra de Shakespeare e clipe dirigido por Jacaré Banguela

Crédito: Léo Xavier

“A Pound Of Flesh”, que combina elementos do death com o thrash metal moderno, foi inspirada em “O Mercador de Veneza”, de Shakespeare

O projeto de metal extremo Antrvm, que conta com Victor Cutrale (vocal, ex-Furia Inc), Yohan Kisser (Sioux 66) e Victor Henrique nas guitarras, Bruno Nicolozzi (Worst, baixo) e Matt Carrilho (Kryour, bateria), apresenta seu terceiro single e videoclipe, “A Pound of Flesh”. O novo single marca uma fusão de influências, combinando elementos do death metal com o thrash metal moderno, resultando em uma sonoridade que traz mais groove e peso ao EP “Defiler”, programado para ser lançado no final de novembro.

Confira o videoclipe dirigido pelo comediante Rodrigo Fernandes, mais conhecido como Jacaré Banguela, com direção de fotografia e movimento de Leonardo Benaci, em https://youtu.be/fV_taxDXJ4Y

A letra da música é inspirada na obra “O Mercador de Veneza”, uma das peças mais famosas de William Shakespeare e que aborda temas como preconceito, vingança, justiça e amor. “Quando Cutrale me falou que a letra se baseava no ‘O Mercador de Veneza’, começamos a imaginar qual seria a versão contemporânea desse ‘acordo por uma libra de carne’ e chegamos à relação entre patrão e empregado, bem como modelos em sites sensuais. São dois universos que, embora aparentem ser distantes, filosoficamente são semelhantes. Foi nesse contexto que concebemos a narrativa do videoclipe”, detalhou o comediante Jacaré Banguela.

“Um dos desafios reais era contar essa história sem cair em vulgaridades e ao mesmo tempo enfatizar a semelhança entre esses dois tipos de ‘mercados’. Tanto o mundo corporativo quanto o profissional de modelos buscam extrair algo dos seus ‘clientes’. É nesse momento que podemos observar quem está disposto a pagar o preço”, acrescentou o vocalista Victor Cutrale.

O Antrvm fará a sua estreia nos palcos ao lado do Project46, Emphuria, Laboratori e Blackning no dia 22 de outubro (domingo), no Santo Rock Bar, em Santo André (SP). Ingressos em https://www.clubedoingresso.com/evento/project46-santoandre.

Ouça no Spotify em https://tinyurl.com/yc32ffmd

Instagram:https://www.instagram.com/antrvm.official/

Site relacionado: https://linktr.ee/antrvm

Corpse Party reúne Sujera, InDharma, Emphuria e Sea Smile no La Iglesia

Crédito: Andre Resende

Evento ocorre no dia 28 de outubro (sábado), a partir das 20h, no La Iglesia (SP)

A “Corpse Party”, que ocorre no dia 27 de outubro (sexta-feira), a partir das 20h, no La Iglesia (SP), promete ser uma explosão de som pesado e muita atitude na união das bandas Sujera, InDharma, Emphuria e Sea Smile. A apresentação do evento será do Chuva TV.

Do lado Leste de São Paulo, o Sujera fala sobre a realidade das ruas e as piores vivências do cotidiano. Entre as principais influências do grupo formado por Marcel Serra e Gustavo Moretti nos vocais, Felipe Fratuci e Rafael Carvalho (guitarras), Johnny Lande (baixo) e Thiago Rosa (bateria) estão o hardcore, rap e o new metal.

Já o InDharma, que conta com NegoMax nas rimas, Dropallien na guitarra, BeatZ e vocais, Rappa Nui nos cantos e berros, Mounir Sobh (baixo, Laboratori), Guilherme Figueiredo (bateria) e Dj Noé nas Pick Ups, foi idealizado com a intenção de unir tribos e estilos musicais que compartilham de uma atitude em comum, resgatada pelas raízes de cada integrante e potencializada pela bagagem cultural do rap, rock e new metal. A banda busca a interação e identificação ativa com as minorias que sofrem com os cenários subsequentes do país, com letras em português. Com uma roupagem musical moderna, traz reflexões, desabafos e questionamentos através de expressões artísticas abordando temas em suas letras que vão da união, autoconhecimento, saúde mental, diversão e inclusão.

Emphuria nasceu da crença de que cada ser humano deve ser ouvido e por isso usa seu espaço para dar voz a todos que se sentirem conectados à verdade da banda, levando como propósito a empatia e a coletividade, trazendo letras que vão desde os nossos sentimentos mais profundos até causas e questionamentos sociais. Os músicos demonstram um equilíbrio fundamental entre a técnica e o feeling, somados à amplitude vocal de Gui Buxini, que transita naturalmente entre vozes clean, agudos e scream explosivos, transmitindo emoções quase palpáveis. Nu Metal, Pop e Rap fundem-se entre grooves, beats e graves, que mostram um grupo preparado para o mundo, herdando a criatividade e a explosividade de Linkin Park, Bring Me the Horizon e Fever 333.

O grupo paulistano de metalcore Sea Smile, consolidando o retorno do vocalista Dinho Oliveira, se apresentará novamente no La Iglesia com a formação atual, que registrou os singles “Exaustão” e “Adrenalina”. Formado em maio de 2010, o quarteto possui cinco EPs e dois álbuns, “Vortex” e “Sobrevivência”. Além das músicas autorais, a banda ganhou notoriedade por lançar releituras em versões pesadas de hits do pop e do rap nacional, como “Raplord” do Haikaiss e “K.O.” da Pablo Vittar. O Sea Smile já dividiu o palco com bandas nacionais e internacionais, como Eyes Set to Kill, We Came As Romans, Bullet For My Valentine e Jinjer.

Serviço – “Corpse Party”:
Atrações: Sujera, InDharma, Emphuria e Sea Smile
Apresentação: Chuva TV
Data: 28 de outubro (sábado)
Horário: 20h (abertura) | 21h (shows)
Local: La Iglesia
Endereço: Rua João Moura, 515 – Galpão 6, Pinheiros – São Paulo/SP
Ingressos em https://www.clubedoingresso.com/evento/corpseparty-28-10

Instagram:
https://www.instagram.com/iglesia_borratxeria/
https://www.instagram.com/seasmilerock/
https://www.instagram.com/emphuria/
https://www.instagram.com/indharma/
https://www.instagram.com/sujerahc
https://www.instagram.com/chuva_tv

Hammerhead Blues: novo single e show com Glenn Hughes

Quinto single do álbum “After The Storm” vem com uma pegada Buffalo Springfield e Mountain

Crédito: Julia Missagia

O power trio Hammerhead Blues, que foi confirmado para abrir o show de Glenn Hughes no dia 11 de novembro no Vip Station (SP), apresenta “Traveller”, quinto single do álbum “After The Storm”, gravado no Estúdio Urutu (SP). Otavio Cintra (vocal e baixo), Luiz Cardim (guitarra) e Willian Paiva (bateria) novamente contaram com a participação de Jimmy Diniz Pappon (Bombay Groovy) no órgão Hammond.

“Esta música mostra bem dois lados da forma que gostamos de compor, indo do mais tranquilo ao mais pesado em alguns segundos. É um som denso, com uma pegada meio Buffalo Springfield, meio Mountain…”, analisou Otavio Cintra. “Ela vem, na verdade, de uma das primeiras músicas que fiz na vida e que foi resgatada do esquecimento poucos anos atrás, quando revirava cadernos antigos. Encontrei um punhado de acordes com uma melodia e somei a alguns riffs pesados e tortos de guitarra ao que era uma música folk. E, além disso, recrutamos mais uma vez Jimmy Pappon para engrossar o groove no Hammond”, acrescentou.

Ouça o single “Traveller” em https://www.youtube.com/watch?v=viauqW7q6e0

Sobre o show com o lendário vocalista e baixista Glenn Hughes em São Paulo, Luiz Cardim comentou: “O convite de abertura para Glenn Hughes foi uma das coisas mais legais que aconteceram nesses quase dez anos de banda. A obra dele faz parte de nosso DNA musical, pois crescemos ouvindo Deep Purple, Trapeze, Black Sabbath e várias outras obras que ele registrou. É uma alegria e uma honra participar desse evento. Estamos preparando um set especial, que conta a história da banda e introduz o álbum ‘After the Storm’, que em breve estará disponível em todas as plataformas”.

Serviço – Glenn Hughes (SP):
Data: 11 de novembro (sábado)
Atrações: Glenn Hughes, Hammerhead Blues e Red Water
Local: Vip Station
Endereço: Rua Gibraltar, 346 – Santo Amaro, São Paulo/SP
Ingresso: https://www.clubedoingresso.com/evento/glennhughes-sp
Produção: Solid Music



Rhegia prepara show especial em Belém para apresentar ‘The Battle of Deliverance’ na íntegra

Evento será realizado no Teatro Waldemar Henrique, em Belém (PA) no dia 1º de novembro

A banda paraense Rhegia está prestes a levar os fãs para uma jornada musical inesquecível com a apresentação de seu álbum de estreia, o conceitual “The Battle of Deliverance”, na íntegra. Após o lançamento oficial ocorrido em abril e a divulgação de clipes para “Beyond the Last Bend of the River”, “A Place for the Ancient Souls” e “Tears of Hope”, Bianca Palheta (vocal), Saulo Caraveo (guitarra), Naoto Shibata (baixo), Amanda Alencar (violoncelo) e Celso Lavoisier (bateria) estão prontos para agitar o palco do Teatro Waldemar Henrique. Os ingressos para o espetáculo único agendado para o dia 1º de novembro, a partir das 19h, estão à venda.

O álbum conceitual foi gravado e produzido no Shokran Studios, em Caxias do Sul (RS). Financiado pela Lei Aldir Blanc, “The Battle of Deliverance” apresenta 12 faixas inéditas que mergulham nas histórias e lutas dos povos originários da Amazônia, destacando sua contínua batalha em defesa de sua ancestralidade, cultura e território. Produzido por Tiago Della Vega e com direção vocal de Guilherme De Siervi, o álbum conta com participações especiais de Mayara Puertas (Torture Squad), Angel Sberse (ex-Malvada), Hanna Paulino e Yaka Hunikuin, indígena da aldeia Hunikuin do Acre. O trabalho também inclui uma releitura especial de “Anjos e Arcanos,” composição do paraense Ricardo Smith, que é homenageado postumamente pela banda.

A Rhegia surgiu na cena metal brasileira em 2017 e desde então tem participado de festivais, conquistando um público crescente. Em 2019, lançou o EP “Shadow Warrior,” que celebra a cultura amazônica, suas lendas e encantamentos, misturando mitologia, ficção e realidade. O EP recebeu elogios e reconhecimento na mídia especializada, preparando o terreno para o lançamento do debut, “The Battle of Deliverance.”

Confira o vídeo de “A Place for the Ancient Souls”, faixa que fala do mais belo refúgio guardado pelos guardiões da floresta em algum lugar além da última curva do rio, em https://youtu.be/XPHZuqQ0BLo

Para mais informações sobre o evento, produzido por Fernanda Rabelo e Saulo Caraveo, compra de ingressos e contratações, entre em contato através do whatsapp (91) 981776414.

Redes Sociais:
Instagram: https://www.instagram.com/rhegiaofficial/
Facebook: https://www.facebook.com/rhegiaofficial/

Site relacionado: https://linktr.ee/Rhegia

E-mail: bandarhegia@gmail.com