Tag Archives: Vulcano

Confira a segunda parte do RENATOCAST com Zhema Rodero do VULCANO

Créditos da foto: Necroshorns (https://www.instagram.com/necroshorns)

Está no ar a segunda parte de uma trilogia especial sobre o VULCANO com o guitarrista Zhema Rodero no podcast RENATOCAST, apresentado por Renato Sanson. Na primeira parte do bate-papo, disponibilizado no mês de outubro, Zhema compartilhou insights sobre a formação da banda e a transição do Rock and Roll para um som mais extremo. O ex-baixista, agora guitarrista, também detalhou a experiência de gravação do álbum “Live!” e explicou as dificuldades de comunicação com outras bandas nos anos 1980 e sublinhou a importância dos fanzines no desenvolvimento da cena metálica da época.

Nesta segunda parte do especial, Zhema foi indagado sobre a parte temática do VULCANO e a importância na composição das letras e de que forma isto é trabalhado na banda. O guitarrista citou o ex-membro Carli Cooper, chamando-o de “mestre da minha classe”, referente à sua influência no início da década de 1980, relembrando momentos de descobertas líricas e que vieram a influenciar seu estilo de compor nas décadas seguintes. Segundo Zhema, seu estilo de composição segue uma regra, onde um percentual da letra conta exatamente o que ele tem em mente, e o percentual restante aplica-se uma fórmula que prende mais o ouvinte, através de um refrão marcante, por exemplo. De acordo com Zhema, tanto um riff ou um refrão poderão conquistar o ouvinte de imediato, mas afirmou que não há uma fórmula exata de composição que prenderá o ouvinte.

Além disso, o bate-papo seguiu para a área da tecnologia, tanto das mídias físicas quanto da internet, onde foram abordados os prós e contras de tantas mudanças, que de uma forma ou de outra afetam o mundo da música e nosso dia a dia. Zhema lembrou inclusive quando surgiu o CD de forma massiva, onde era dito que seria a “morte do vinil”. No campo da internet, destacou-se a facilidade com que os contatos podem ser feitos, mas ao mesmo tempo acabam fazendo com que percamos muito tempo conectados, não sobrando tempo nem para ler um livro. Zhema citou ainda uma fala de Carli Cooper, que chama a atual geração de “geração polegar”, devido a utilização dos polegares para escrever no celular. Confira mais acessando o podcast!

Ouça o podcast no Spotify:

Hellish War confirmado para o Summer Breeze Brasil 2024

Com quase 30 anos de carreira, o Hellish War é considerado um dos grupos de heavy metal tradicional mais relevantes do Brasil. A banda já participou de outros grandes festivais, inclusive na Europa, onde excursionou duas vezes

Há quase 30 anos o Hellish War vem mantendo a tradição de se fazer heavy metal à maneira clássica. Novas bandas e novas tendências desapareceram tão rapidamente quanto surgiram, ao passo que o Hellish War segue firme mantendo vivo esse legado.

Considerado um dos grupos de heavy metal tradicional mais relevantes do Brasil, o Hellish War passou por pouquíssimas mudanças no line-up e é formado por Bil Martins (vocal), Vulcano (guitarra), Daniel Job (guitarra), JR (baixo) e Daniel Person (bateria).

“Defender Of Metal”, o clássico álbum de estreia do quinteto, foi lançado em 2001 e propagou pelos sete mares a proposta musical da banda: uma sonoridade alicerçada no heavy metal inglês e alemão da década de 80. “Defender Of Metal” tornou-se obra cult, sendo considerado por alguns headbangers alemães da velha guarda como “o melhor disco brasileiro de heavy metal de todos os tempos”!

“Heroes Of Tomorrow”, de 2008, trouxe a banda para níveis superiores em termos de técnica e musicalidade. Não obstante, foi a prova de que era possível se extrair o melhor das produções contemporâneas sem descaracterizar a essência do heavy metal antigo. A imprensa na época também destacou as características “europeias” do som do Hellish War: “Heroes Of Tomorrow é um trabalho que muitas bandas europeias gostariam de ter lançado…”, publicou o site grego Metal Temple.

A primeira turnê europeia do Hellish War aconteceu em 2009 e significou o coroamento de um trabalho. Batizada de “European First Assault Tour”, o Hellish War fez oito shows pela Alemanha, Bélgica e Suíça, incluindo três apresentações em festivais, entre eles o mítico “SwordBrothers Festival” na Alemanha. “Live In Germany”, lançado pela Hellion Records em 2010, é o primeiro disco ao vivo da carreira e trouxe o registro dessa turnê. O álbum foi eleito pelo site Heavy Metal Brasil como um dos “melhores discos ao vivo do heavy metal brasileiro de todos os tempos” e praticamente encerrou um ciclo na história da banda.

Lançado na Europa em 2013 pela gravadora alemã Pure Steel Records, “Keep It Hellish” marcou a entrada do vocalista Bil Martins e proporcionou a segunda passagem do Hellish War pelo velho mundo somando sete apresentações em seis países diferentes: Alemanha, Bélgica, Suíça, França, Holanda e Polônia.

“Wine Of Gods” é o título do quarto e mais recente disco de estúdio da banda e foi financiado pelo Proac Editais, programa de investimento direto do Governo do Estado de São Paulo através da Secretaria da Cultura e Economia Criativa. “Wine OF Gods” é apontado por imprensa e público como um dos melhores trabalhos da carreira do quinteto paulista. Além de ter ficado entre os cinco álbuns mais vendidos da loja Die Hard, “Wine Of Gods” colecionou elogios de alguns dos mais importantes jornalistas e críticos de rock do país: “Melhor álbum do Hellish War!” (Leandro Coppi – Roadie Crew); “Uma aula de como se fazer o estilo” (Vitor Franceschini – Arte Metal); “Assombroso no quesito música de qualidade” (Celso Lopes – Rumors Mag). Entre as dez faixas que compõe o disco, “Warbringer” traz a participação especial de Chris Boltendahl do Grave Digger.

Ao longo de sua carreira, o Hellish War já teve o privilégio de tocar ao lado de algumas de suas maiores influências como Saxon, Grave Digger, Armored Saint e o Steve Grimmett’s Grim Reaper, com quem o grupo realizou uma turnê de três shows no Brasil em 2022. E além dos festivais na Europa, aqui no Brasil o Hellish War também já foi atração de importantes eventos como o Roça ‘N’ Roll e o renomado Abril Pro Rock. Mais eis que um dos mais importantes acontecimentos para a carreira da banda é agora anunciado, quase 30 anos depois: a confirmação do Hellish War como uma das atrações do festival Summer Breeze Brasil edição 2024!

Depois do Hellish War ter sido finalista do concurso “New Blood” da edição 2023 do Summer Breeze Brasil, eis que chegou o momento da banda finalmente se apresentar nesse festival de origem alemã que é um dos maiores do mundo! O Hellish War será uma das atrações do terceiro dia do Summer Breeze Brasil que em 2024 acontece nos dias 26, 27 e 28 de Abril no Memorial da América Latina em São Paulo. Nessa edição do festival irão se apresentar alguns dos nomes mais relevantes de toda a história do heavy metal mundial como Mercyful Fate, Anthrax, Exodus, Overkill, Forbidden, Gamma Ray, Hammerfall, Tygers Of Pan Tang, Carcass, Death Angel, Epica, Killswitch Engage, Lacuna Coil, Within Temptation, etc. Entre as bandas brasileiras escaladas para o festival, além do Hellish War também estão outros grandes nomes como Angra, Dr. Sin, Edu Falaschi, Korzus, Ratos de Porão, Torture Squad, entre outros.

Os ingressos para o Summer Breeze Brasil 2024 já estão à venda online com preços que vão de R$ 575,00 a R$ 3300,00: https://www.clubedoingresso.com/evento/summerbreeze2024.
A loja Consulado do Rock, na Galeria do Rock em São Paulo, também é o ponto de venda físico oficial com preços sem taxa de conveniência e parcelamento em até 6x no cartão.
Além das atrações musicais, o Summer Breeze Brasil também conta com diversas experiências e ativações para toda família, entre elas estão a feira geek, feira de tatuagem e a Horror Expo, além de venda de vinis, espaço kids com monitores, áreas de descanso, palestras, gastronomia diversa e um lounge com acesso prioritário, incluindo open bar e open food.

Assista o vídeo de “Falcon”, ao vivo em São Paulo, produzido pela Starship Videos, e que garantiu uma vaga para o Hellish War na fase final do concurso “New Blood” do Summer Breeze Brasil 2023:
https://www.youtube.com/watch?v=WvvgbmgL54I

Ouça também “Wine Of Gods” nas plataformas digitais:
Spotify: https://spoti.fi/33bJsuG
Deezer: http://bit.ly/2M68TbY
iTunes: https://apple.co/2OFK7RN
Youtube: http://bit.ly/33iVKRX

Mais Informações:
www.facebook.com/hellishwar
www.instagram.com/hellishwar

SESC BELENZINHO RECEBE VULCANO

Banda de Death Metal faz show de comemoração dos 42 anos de carreira 

Foto: Rodney Assunção

Em setembro Sesc Belenzinho recebe a banda Vulcano. O show acontece no dia 29 na Comedoria, com ingressos de R$ 12 (Credencial Sesc) a R$ 40 (inteira). 

Formada por Zhema (guitarra), Luiz Carlos Louzada (vocais), Gerson Fajardo (guitarra), Cleiton Nunes (baixo) e Bruno Conrado (bateria), a banda santista de metal extremo apresenta show de seus 42 anos de carreira que conta com 12 discos de estúdio, entre dezenas de outros lançamentos como o novo disco Stone Orange (2022).   

Reconhecida mundialmente como os pioneiros do “Metal Extremo” na América do Sul, e avalizado pelo sucesso das últimas quatro turnês pelo vasto continente Europeu, o VULCANO completa em 2023 quarenta e dois anos de carreira e reconhecido mundialmente como os pioneiros do “Metal Extremo” na América do Sul. 

Neste período a banda produziu quatorze álbuns inéditos, dois singles 7″, oito “split albuns” com outras bandas Brasileiras e Européias, Além de um DVD oficial.   

Alternando o peso e a densidade do Black Metal com a rapidez e a brutalidade do Death Metal, o Vulcano forjou sua identidade sonora quando esses subgêneros ainda nem existiam, e por isso são frequentemente citados como influenciadores da nova geração do “Metal Extremo”. Esta banda de senhores “cinquentões” não mostra nenhum tipo de cansaço, somente nos últimos três anos, lançaram nada menos que quatro álbuns – The ManThe KeyThe Beast (2013), Wholly Wicked (2014), LIVE II – Stockholm Attack (2014) e The Awakening an Ancient and Wicked Soul (2014). 

VULCANO 
Dias 29 de setembro de 2023. Sexta, 20h30 
Local: Comedoria (400 lugares) 
Valores: R$ 40 (inteira); R$ 20 (Meia entrada), R$ 12 (Credencial Sesc) 
Ingressos à venda no portal sescsp.org.br e nas bilheterias das unidades Sesc 
Classificação: 14 anos 
Duração: 90 minutos 

SESC BELENZINHO 
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000. 
Belenzinho – São Paulo (SP) 
Telefone: (11) 2076-9700 
sescsp.org.br/Belenzinho 

Estacionamento 

De terça a sábado, das 9h às 21h. Domingos e feriados, das 9h às 18h. 

Valores: Credenciados plenos do Sesc: R$ 5,50 a primeira hora e R$ 2,00 por hora adicional. Não credenciados no Sesc: R$ 12,00 a primeira hora e R$ 3,00 por hora adicional. 

Transporte Público 

Metro Belém (550m) | Estação Tatuapé (1400m) 

Neves Records relança compacto histórico do Vulcano

“Om Pushne Namah”, registro de estreia do Vulcano, foi lançado originalmente em julho de 1983

A Neves Records resgatou um registro histórico do Vulcano ao relançar o compacto “Om Pushne Namah” em vinil de 10 polegadas, que traz as músicas originais remasterizadas e novas versões, rearranjadas e regravadas. Lançado originalmente em julho de 1983 com uma tiragem de 500 cópias, o compacto trouxe as faixas “Cidade dos Porcos” e “Perdido, Achado e Regenerado”. “A Neves Records nos deu a oportunidade de comemorar os 40 anos de lançamento do nosso primeiro registro musical, que saiu originalmente em 7 polegadas e agora em vinil de 10 polegadas. O material vem com a capa original de um lado e no outro a que foi feita por Jean Luciano e que deveria ter saído na época. Não foi porque achei que era um tanto quanto futurista, mas hoje vejo que tem tudo a ver com as músicas”, comenta o guitarrista e fundador do Vulcano, Zhema Rodero. “As músicas originais de um lado remasterizadas e de outro lado as mesmas músicas regravadas e rearranjadas por mim e por uma equipe de amigos que convidei para participar do projeto. O encarte traz um farto material gráfico, tudo muito bem feito e bem produzido pela Neves Records”, completa.

O relançamento, que traz encarte com história (texto de Ricardo Batalha), fotos, letras e ficha técnica, vem em duas versões, sendo uma com vinil branco (edição limitada em 100 cópias, com patch, pôster e encarte de 8 páginas) e outra com vinil preto (edição regular em 250 cópias com encarte de 8 páginas). Há ainda uma versão limitada do teste de prensagem (10 cópias), com vinil preto autografado no selo por Zhema Rodero e patch.

Para adquirir, acesse: https://www.nevesrecords.com.br/search/?q=Vulcano+-+Om+

Site relacionado: http://www.vulcanometal.com.br/

Vulcano: Pioneiros do Black Metal brasileiro estarão na XV edição do Setembro Negro Festival 2023

A lenda do Metal oitentista – e pioneiros do que se convencionou chamar de Black Metal – estará na 15ª edição do Setembro Negro Festival; sim, o Vulcano com seus mais de 40 anos de estrada, fará o seu show no sábado, dia 09, das 18:35 às 19:15.

O Vulcano foi formado em 1981 na cidade de Santos, num tempo em que ainda não havia muitos gêneros dentro do Heavy Metal. No entanto, eles podem ser considerados um dos pioneiros do Black Metal, graças a suas letras que começavam a enveredar por temas sobre ocultismo, morte e o mal – o embrião do Vulcano foi formado em 1980, com o nome de Astaroth, durando um ano, assim. O então jovem Zhema Rodero (e único membro original) surgiu como guitarrista, de 1981 à 1983.

O primeiro registro da banda é o raro compacto “Om Pushne Namah” (1983) – que no ano passado ganhou uma nova versão. Zhema foi para o baixo e eles lançaram seu primeiro disco completo, só que ‘ao vivo’; “Live!” (1985), gravado na cidade de Americana/SP. Esse disco é um dos maiores clássicos do Metal nacional – sendo cultuado no mundo todo. Em 1986 saiu o primeiro ‘full album’ de estúdio, “Bloody Vengeance”, disco que misturava o Black e o Death Metal, com letras cada vez mais obscuras e pesadas (a começar peça perturbadora capa!) – esse é outro clássico cultuado mundo afora. No próximo lançamento, “Anthropophagy” (1987), Zhema retornou ao seu instrumento de origem, a guitarra, onde ele reina até os dias atuais. No total são doze álbuns de estúdio, três álbuns ‘ao vivo’ e dois EP’s. O ‘full lenght’ mais recente é “Stone Orange” (2022).

Além de Zhema (guitarra), o Vulcano conta com Luiz Carlos Louzada (vocais), Gerson Fajardo (guitarra), Cleiton Nunes (baixo) e Bruno Conrado (bateria).

Assista a versão ‘live in studio’ de “Evil Empire” de 2021:

A 15ª edição do festival traz bandas de vários estilos, como Heavy Metal, Death Metal, Thrash Metal, Black Metal, GrindCore, Gothic, Sludge e Doom Metal. Ao todo são 30 bandas, 03 dias, sendo 10 bandas por dia.

Siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/582417270456029

LOCAL: CARIOCA CLUB (R. CARDEAL ARCOVERDE, 2899 – PINHEIROS)
TEL. 11 3813-8598 – Aceita-se cartão de crédito, debito e dinheiro.

NGRESSOS:

PISTA:
1º LOTE PISTA MEIA – R$ 230
1º LOTE PISTA PROMO + 1kg – R$ 230
1º LOTE PISTA INTEIRA – R$ 460
1º LOTE PISTA COMBO (3 dias) MEIA/PROMO +1kg – R$ 550
1º LOTE PISTA COMBO (3 dias) INTEIRA – R$ 1.100

CAMAROTE:
1º LOTE CAMAROTE MEIA – R$ 330
1º LOTE CAMAROTE PROMO + 1kg – R$ 330
1º LOTE CAMAROTE INTEIRA – R$ 660
1º LOTE CAMAROTE COMBO (3 dias) MEIA/PROMO +1kg – R$ 790
1º LOTE CAMAROTE COMBO (3 dias) INTEIRA – R$ 1.580

INGRESSOS SEM TAXA DE SERVIÇO/CONVENIÊNCIA APENAS NA BILHETERIA DO CARIOCA CLUBE, EM DINHEIRO, DE 2A À 6A DAS 12H ÀS 18H.

INGRESSOS ONLINE:
https://www.clubedoingresso.com/evento/setembronegro

Acompanhe os canais oficiais da Tumba Productions para novidades:
www.tumbaproductions.com.br
www.facebook.com/tumbaproductions
www.instagram.com/tumbaprod

Distro Rock lançará segundo volume da coletânea Paragonia

Lançamento do selo Distro Rock traz somente bandas paraenses de metal

O selo Distro Rock lançará no segundo volume da coletânea Paragonia, que traz somente bandas paraenses de metal. O layout e a capa, que traz a presença do curupira, protetor da floresta e uma das lendas do folclore brasileiro, foram criados por Fernando Lima (Drowned), que já trabalhou em artes para bandas como Holocausto, Chaos Synopsis, Lobotomia, Overdose, In Nomine Belialis, Vulcano, Witchhammer, Zênite, Chakal, Sarcófago, NervoChaos, Sextrash, Drowned e outras.

“Dez anos depois da primeira edição da coletânea Paragonia, quis reunir bandas mais novas e as da velha guarda do metal paraense que estavam apresentando músicas novas em nossa cena. Assim, tive ideia de fazer a segunda edição, caprichada com CD slipcase e pôster de 32×23 cm”, declarou Andre Bocão, proprietário da Distro Rock. “Além disso, quis fazer uma grande homenagem ao guardião da floresta, o folclórico curupira, que faz uma visitinha na chegada dos portugueses em terras tupiniquins”, acrescentou.

O guitarrista Marcos Amorim (Drowned) foi o responsável pela masterização e mixagem. Além do próprio Drowned, Amorin já fez trabalhos de gravação e mixagem para nomes como Impurity, Preceptor, Paradise in Flames, Hammurabi, Defacer, Perpetual Dusk, Mutilator, Sarcófago, Witchhammer, Holocausto, entre outros.

Confira as bandas participantes:
A RED NIGHTMARE (DeathCore) – facebook.com/ARedNightmare
ABLE TO RETURN (Death Metal) – instagram.com/abletoreturn
ATTACK KAMIKAZE (Thrash Metal) – facebook.com/attackkamikazeoficial
DEAD LEVEL (Stoner Doom) – facebook.com/deadlevelstoner
JOLLY JOKER (Heavy/Thrash Metal) – facebook.com/jjokerband
KALIBAN (Thrash Metal) – instagram.com/sidney.kc/
MANDIBULA (Death Metal) – facebook.com/Mandibula.death
NOCTURNAL BLEED (Death Metal) – instagram.com/nocturnalbleedoficial
REGHIA (Prog Metal) – facebook.com/rhegiaofficial
SOLEDAD (Heavy Metal Tradicional) – instagram.com/soledad_metalband

Paragonia teaser no YouTube: https://youtu.be/NcSvkM-qHFQ

O lançamento oficial será feito durante a oitava edição do “Carnival Diablo Fest”, que ocorrerá no dia 26 de fevereiro de 2023 no Botequim Pub, em Belém (PA). Para adquirir o material, que sairá em CD acrílico Slipcase com pôster 32×23, entre em contato através do fone (91) 98120-9464.

Site relacionado: www.distrorock.com
Facebook: https://www.facebook.com/distrorockbr

Angra: puzzle da capa de “Angels Cry” é um dos destaques da Corbe Toys

Quebra-cabeça traz a arte de capa criada pelo artista José Alberto Torquato

A arte de capa do icônico álbum de estreia do Angra, “Angels Cry” (1993), criada pelo artista José Alberto Torquato, que se baseou na imagem de uma estátua localizada no cemitério São Paulo, na rua Cardeal Arcoverde, é um dos destaques da linha de puzzles da Corbe Toys.

A relação de Torquato com o trabalho do saudoso vocalista Andre Matos já vinha desde os tempos de Viper, pois foi o artista responsável pelas capas dos álbuns “Soldiers of Sunrise” (1987) e “Theatre of Fate” (1989). Com o Angra, além da criação do logotipo e da arte de “Angels Cry”, criou as capas de “Holy Land” (1996) e dos EPs “Evil Warning” (1994) e “Freedom Call” (1996). Além de Angra e Viper, Torquato criou artes para bandas como Korzus, Vodu, Metralion, Panic, Vulcano, Wizards e Eterna.

O cultuado “Angels Cry” traz a clássica “Carry On”, um dos grandes sucessos da carreira do Angra. “É a canção mais emblemática de ‘Angels Cry’. Essa música é um hino mundial e representa muito para muita gente. Se você perguntar qual é meu maior sucesso, respondo que é ‘Carry on’. E olha que a compus aos 21 anos, quando o Angra ainda era embrionário”, declarou Andre Matos certa vez à revista Roadie Crew.

Corbe Toys
A empresa Corbe Toys surgiu com a missão de entreter e propor questionamentos e reflexões por meio de produtos que representam ícones culturais do Brasil e do exterior. “Nossa missão é oferecer aos consumidores produtos de qualidade, como action figures e quebra-cabeças (puzzles). Acredito que formas lúdicas e divertidas podem despertar o interesse em nossa diversificada cultura. Já estão no mercado os puzzles do Ratos de Porão (‘Brasil’), Angra (‘Angels Cry’) e Sepultura (‘Schizophrenia’), mas os próximos lançamentos da Corbe Toys incluem Krisiun, Korzus, Sarcófago, Warfare Noise I (coletânea) e o action figure do ex-vocalista do Iron Maiden, Paul Di’Anno, que será lançado em novembro”, declarou o empresário Luís Aizcorbe. “Os quebra-cabeças da marca apresentam capas de álbuns musicais e obras de arte, mas são lançamentos de tiragem única e não terão relançamentos posteriores”, completou.

Puzzle
A linha Puzzle da Corbe Toys surgiu com o objetivo de incentivar o cuidado com a saúde mental por meio do colecionismo. Os quebra-cabeças da marca apresentam capas de discos e obras de arte, destacando em seu conteúdo uma variada seleção de artistas, além de figuras populares inusitadas. Produzida por fabricantes líderes no setor, a linha segue os mais altos padrões de qualidade do mercado e disponibiliza nas embalagens dos produtos um suporte diferenciado para não danificar as peças, conhecido como berço.

Para adquirir o puzzle de 600 peças de “Angels Cry”, acesse: https://corbestore.com.br/produto/quebra-cabeca-do-angra-600-pecas/

Mais informações em https://corbestore.com.br/
Mídias sociais: @corbetoys

E-mail: falecom@corbetoys.com.br

Hellion Records orgulhosamente anuncia o lançamento do novo álbum de um dos ícones do Metal Nacional, VULCANO.

O novo álbum intitulado “Eye in Hell” será lançado no início de 2020 pela Hellion Records. A banda que recentemente assinou um contrato com o selo Mighty Music da Dinamarca, encontra-se atualmente numa extensa turnê na Europa.

A arte da capa será feita por Roberto Toderico Art (Tygers Of Pan Tang, Pestilence (official), Sinister) e a masterização do álbum será feita no Medley Studios (Artillery, Thorium, Glenn Hughes) em Copenhagen, Dinamarca. Mais informações em breve!

Confira todo o catálogo da Hellion Records pelo link abaixo:

http://www.hellion.com.br/site2/index.asp

VULCANO: Divulgada as primeiras datas da “Europe Stormed Tour”, confira!

Um dos principais nomes do Metal Extremo sul-americano, o VULCANO, já se prepara para desembarcar na Europa pela sexta vez na carreira.

A banda divulgou em seu Facebook as primeiras datas da “Europe Stormed Tour”, que acontecerá entre os dias 08 de novembro e 07 de dezembro e passará pela Noruega, Polônia, República Tcheca, Finlândia, Suécia, Holanda, Bélgica, França, Espanha, Portugal e Inglaterra, confira:

Organizada pela ‘Artery Global Agency – UK’, a turnê terá mais datas anunciadas em breve, aguarde. Para mais informações, escreva para stephen.moss@arteryglobal.com.

Em paralelo, o VULCANO anunciou recentemente o nome e previsão de lançamento do seu vindouro full length. Intitulado “Eye In Hell”, este será o 11º álbum dos santistas e será distribuído mundialmente em CD e LP pela gravadora dinamarquesa Mighty Music (Blood Red Throne, Blitzkrieg, Artillery e outras) início de 2020, confira: https://sanguefrioproducoes.com/n/2278

PRODUTORES: Leve o VULCANO para seu evento, escreva para contatovulcano@gmail.com ou no WhatsApp/Telegram pelo número (46) 98838-7204 – Sangue Frio Produções – e solicite mais informações.

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/VULCANOMETAL
http://www.vulcanometal.com/
https://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Vulcano/20

VULCANO: Atração principal do ‘Dia do Metal’ no ‘Festival Samamba Rock 2019’

Após 8 anos de espera, os headbangers do Distrito Federal podem comemorar: o VULCANO está de volta!

Isso mesmo, a banda foi confirmada como a principal atração do ‘Dia do Metal’ – que acontecerá no dia 26/10/2019 – no ‘Festival Samamba Rock 2019’, que contará também com Bastard (BA), Cara de Porco (RJ), Mofo (DF) e muito mais. Confira:

O evento, que acontece desde 1998, ocorrerá desta vez nos dias 25 e 26 de outubro reunindo diferentes estilos musicais. A organização reservou duas vagas para bandas que queiram se apresentar, passando por uma seletiva, saiba mais acessando os links abaixo:

Edital: http://institutosolidart.com.br/editalregras.pdf

Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScCtmB2z265eHliejgSMZqFVzu9fNttuDVxMjP3aO-49xZxGQ

Em paralelo, o VULCANO anunciou recentemente o nome e previsão de lançamento do seu vindouro full length. Intitulado “Eye In Hell”, este será o 11º álbum dos santistas e será distribuído mundialmente em CD e LP pela gravadora dinamarquesa Mighty Music (Blood Red Throne, Blitzkrieg, Artillery e outras) início de 2020, confira: https://sanguefrioproducoes.com/n/2278

https://youtu.be/ceRUx6eo2AQ

Contato para shows: contatovulcano@gmail.com

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/VULCANOMETAL
http://www.vulcanometal.com/
https://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Vulcano/20

VULCANO: Ao lado de Two Old Men e Mordeth em Campinas/SP

Após 15 anos o VULCANO retorna a cidade de Campinas/SP para uma das últimas apresentações da turnê de divulgação do “Live III – From Headbangers To Headbangers”, já que encontram-se em estúdio trabalhando em um novo álbum.

A banda estará ao lado de Two Old Men (Santos/SP) e Mordeth (Rio Claro/SP), no dia 23/08/2019 no conhecido ‘Hey Bulldog’ em evento que conta com apoio do selo Heavy Metal Rock, confira:

Link do evento para mais informações: https://www.facebook.com/events/332221450805628/

Conheça um pouco mais sobre as bandas presentes neste festival:

VULCANO – Formado em 1981, a formação atual conta com Zhema Rodero (guitarra), Luiz Carlos Louzada (vocais), Diaz (baixo), Gerson Fajardo (guitarra) e Bruno Conrado (bateria). Com uma discografia invejável, a banda segue incansável e já está gravando o próximo disco de inéditas, com lançamento previsto para o segundo semestre de 2019.

https://youtu.be/Z4xmI5ERaow

TWO OLD MEN – Duo santista que faz música pesada transitando por várias vertentes do Metal/Rock, usando gaita e distorções sem se prender a rótulos, formado por Paulo Ferramenta (bateria e vocais) e Cláudio Cardoso (gaita e vocais).

https://youtu.be/_oioBMcjaBM

MORDETH – Formada no final do anos 80, o trio natural de Rio Claro/SP e é formado por Vlad (vocais e guitarra) Wit (baixo) e Roge (bateria). Com 3 álbuns e 3 EP’s lançados, o grupo desponta na cena do Sci-fi Metal sul-americano.

https://youtu.be/UpMIkKRKQsU

Contato para assessoria de imprensa: www.sanguefrioproducoes.com/contato
Sites relacionados:
https://www.facebook.com/VULCANOMETAL
http://www.vulcanometal.com/
https://www.sanguefrioproducoes.com/bandas/Vulcano/20

SETEMBRO NEGRO VOLTA COM MAIS PESO E ATRAÇÕES INTERNACIONAIS NO CARIOCA CLUB EM PINHEIROS

Por Thiago Tavares

Nos dias 29 e 30 de Setembro de 2018, aconteceu no Carioca Club em Pinheiros a 12° edição do Setembro Negro, festival esse que voltou após uma pausa de cinco anos, festival tradicionalíssimo por trazer grandes nomes do Black Metal, Death Metal, Trash Metal, Doom Metal e Grind/Crust.

E mediante a esta pausa, a organização preparou um set de peso para os dois dias para a galera sair satisfeito e não reclamar de nada e pelo que presenciei nos dois dias, tive percepções positivas do povo que presenciou os shows.

No primeiro dia, os shows iniciaram as 14:00 pontualmente com a primeira banda brasileira. O Human Atrocity subiu ao palco trazendo o mais puro e brutal Death Metal. Atualmente, o grupo vem trabalhando com a demo Crowdede Tombs, lançada em 2015 composta por quatro faixas: The Blacknight Of The Crossroad, Darkness Of Words, Stench Of Death e Human Atrocity. Atualmente, trabalham nas músicas do primeiro disco, onde a se depender da apresentação no festival, se tratará de um ótimo álbum. Hoje, o Human Atrocity é formado por Rafael (vocal), Herman Sepulchral (guitarra), e Renata Death (bateria).

A segunda banda a se apresentar vem do nordeste brasileiro, região essa que vem com grandes descobertas no cenário do metal e que com certeza, a organização do festival teve visão e trouxe uma das bandas mais conhecidas daquela região. Pioneiros no Gravity Blast, o Infested Blood de Pernambuco foi uma das bandas que me mais me chamou atenção no festival, devido a sua agressividade devido ao  gênero musical. O trio de Pernambuco formado por Diego Do Urden (vocal e guitarra), Eduardo Baenre (baixo), Jhoni Rodrigues (bateria), já possui quatro discos de trabalho, no qual vem conquistando seu espaço aos poucos. Sua apresentação foi um ponto fora da curva, afim de acabar com os ouvidos do público de tão bom que eram as músicas.

E as bandas internacionais começam a aparecer no festival e agressividade começa a aumentar e animar a galera que começa a chegar em maior quantidade.

A terceira a se apresentar vem da Alemanha e praticamente incendiou o placo do Carioca Club. Formado em 1993 naquele país, o Purgatory apareceu para estourar os tímpanos, aliás, trata-se de uma das maiores forças do Death Metal alemão e já possuem uma carreira com oito álbuns gravados e dois EP’s, com destaque ao último trabalho intitulado Ωmega Void Tribvnal de 2016. Hoje, o grupo é formado por: Peter Wehner (baixo), Dreier (vocal), René Kögel (vocal e guitarra), Lutz Götzold (bateria). Já era o prenuncio de que a coisa já estava esquentando.

Já no meio da tarde, lá para as 16:30, subiu ao palco mais uma banda europeia, mais precisamente da Noruega, da cena do Black Metal.

Também formada em 1993, a Aeternus apresentou suas composições, também puxando para o Death Metal. Uma ótima banda que fez sua apresentação com peso e maestria, onde o público paulista gostou do que viu, e que com certeza levam bons frutos de sua passagem, não só por São Paulo, mas em outros países da América do Sul no qual tinha apresentações marcadas, logo que é a primeira vez que se apresentam no continente. Hoje, a banda é formada por: Ares (vocal e guitarra), Phobos (bateria) e Frode Kilvik (baixo) e possui no cartel sete álbuns de estúdio e dois EP’s.

Mais uma banda norueguesa que esteve no Carioca e se apresentou em seguida foi o Taake, no qual tocou o terror e deu continuidade as apresentações do Black Metal daquele país. O grupo é bastante conhecido na Europa e possui sete álbuns de estúdio, sendo o último intitulado Kong Vinter e seis EP’s gravados. Atualmente, é formado por: Gjermund Fredheim (guitarra e vocal), Aindiachaí (guitarra), Frode Kilvik (baixo), Brodd (bateria) e Hoest (vocal), este último vocalista do Death Cult e do Gorgoroth, que deu trabalho para a organização do festival devido a empolgação de sua performance, ocorrendo pequenos problemas técnicos que foram brevemente solucionados.

Adentrando a noite, isso aproximadamente as 18:25, abriram os portais do inferno em sua literalidade para uma clássica banda de Death Metal, considerada essa a primeira banda de Metal Extremo do país com 37 anos de carreira. Da Baixada Santista, o Vulcano vem com a experiência do gênero no Brasil, onde apresentou grandes sucessos e composições recentes, fora a realização de muito mosh pit nos clássicos da banda. Para se ter uma ideia, a banda possui dez álbuns de estúdio gravados e um EP, onde dificilmente ver uma banda do Death Metal brasileira atingir essa marca, devido a persistência da galera. Hoje, a banda é formada por: Zhema Rodero (guitarra), Arthur Von Barbarian (bateria), Luiz Carlos Louzada (vocal), Carlos Diaz (baixo) e Gerson Fajardo (guitarra).

Chegando próximo as 19:30, o portal do inferno continuava aberto para dar espaço para uma banda clássica do rock americano. A banda Coven da vocalista Esther “Jinx” Dawson, já chegou ao palco de uma forma inusitada: dentro de um caixão em pé. Após a introdução, revela-se ao público mascarada e logo após a primeira música, dá as caras para a galera para seguir com músicas de cunho satânico, mas que não soam tão pesado. O grande destaque da banda é o primeiro álbum, lançado em 1969 considerado o mais pesado de todos, intitulado Witchcraft Destroys Minds & Reaps Souls. A apresentação fez a galera ficar em êxtase devido a performance da Esther com uma sonorização vocal diferenciada.

A última banda do dia ficou por conta de uma lenda do Speed/Trash Metal mundial. Com oito álbuns de estúdio e um EP ao vivo, a banda canadense Razor subiu ao palco as 20:45, como previsto pela organização e era a atração mais esperada pelo público que compareceu ao primeiro dia de festival. Os canadenses não decepcionaram os presentes e a apresentação foi sensacional. Mas ainda tinha muito metal pela frente pois haveria o segundo dia a desbravar.

Já o segundo dia, o festival abriu espaço primeiramente para as bandas brasileiras. A primeira a se apresentar foi o Manager Cadavre, da região do Vale do Paraíba. Do gênero Crust/Hardcore, a banda veio com uma porradaria de responsa, onde gostei do que vi e não ficou devendo. A banda é formada por Nata de Lima (vocal), Marcelo Augusto (guitarra), Marcelo Kruszynsk (bateria) e Jonas Godói (baixo). A banda possui três EP’s.

Segunda banda do nordeste brasileiro a adentrar ao Setembro Negro e colocar terror na galera é considerada uma das potências do Death Metal do Nordeste. O Decomposed God de Luiz Boeckmann (vocal), Marco Antonio Duarte (guitarra), Jean Marcel (baixo) e Wagner Campos (bateria) compareceu para divulgar seu mais recente trabalho aos paulistas intitulado Storm Of Blasphemies onde era visível perceber uma apresentação agitada e o potencial da banda.

Logo em seguida, começa o segmento do Black Metal com a terceira banda brasileira do dia, uma das referências nacionais no segmento. Do Paraná ao palco do Setembro Negro, o Amen Corner há uma gama de trabalhos lançados desde sua fundação em 1992. Gostei bastante da apresentação da banda paranaense que, onde a galera também demonstrou aprovar a atração.

Em seguida, o belga do Enthroned agitou a galera que compareceu ao Carioca, onde começou a brotar mais gente chegando junto para apreciar uma das maiores potências do Black Metal da Bélgica e considero um dos destaques do segundo dia de festival com um show impecável com riffs potentes. A banda que possui dez álbuns e dois EP’s é formada por Nornagest (vocal), Neraath (guitarra), Norgaath (baixo), Shagãl (guitarra) e Menthor (bateria)

O início da noite se aproximava e mais uma banda gringa chegava para deixar sua marca registrada no Setembro Negro. Os americanos do Morbid Saint chegaram querendo quebrar tudo, ao ponto de fazer muito mosh da primeira a última música executada. Eles também me surpreenderam com um som bastante pesado com riffs rápidos e ríspidos. Com o último trabalho intitulado Destruction System na estrada, a banda é formada por  Cliff Wagner (vocal), Jay Visser (guitarra), Martin Russel Gesch (guitarra), Bob Zabel (baixo) e DJ Bagemehl (bateria).

Mas o público aguardava de forma ansiosa a apresentação do Schirenc Plays Pungent Stench, liderado pelo vocalista da lendária banda austríaca Pungent Stench, Mr. Martin Schirenc, última banda essa uma das mais importantes formações do Death Metal no inicio dos anos 90, onde a apresentação foi baseado nos clássicos do trio austríaco, com um set agressivo.

Logo após, as 20h30 vem a banda sueca Wolfbrigade com uma linha musical do Hardcore/Punk Crust. Formada em 1995 possuem seis álbuns gravados e dois EP’s.

Para encerrar os trabalhos, pois ninguém é de ferro, as 21h45 sobem ao palco mais uma banda aguardada pelo público. Formada por Tomas “Tompa” Lindberg (vocal), Martin Larsson (guitarra), Jonas Stålhammar (guitarra), Jonas Björler (baixo) e Adrian Erlandsson (bateria), a banda sueca At the Gates veio ao Setembro Negro para divulgar seu mais novo trabalho intitulado To Drink from the Night Itself e trouxeram uma energia fora do comum ao público que curtiram bastante as músicas deste trabalho e músicas de trabalhos anteriores.

Sob uma visão geral, o festival só teve pontos positivos, no qual deve-se destacar a pontualidade da entrada das bandas, cumprimento de horários, o espaço cedido as bandas brasileiras para ampliarem a divulgação de seus trabalhos, a vinda das bandas gringas. Todas essas ações fazem respeitar o público que compareceu em peso e que curtiram as dezesseis bandas que se apresentaram ao longo desses dois dias. Sendo assim, parabenizo a Tumba Produções e ao Edu Lane, organizadores do festival que mandaram muito bem. Agora, resta aguardar a próxima edição da porradaria, marcada para os dias 07 e 08 de setembro de 2019.

Em nome do Ponto ZerØ, agradecemos ao Luciano Piantonni, da LP Metal Press pelo fornecimento da credencial ao evento.

Páginas relacionadas:
www.facebook.com/TheOfficialCoven/
www.facebook.com/AtTheGatesOfficial/
www.facebook.com/RazorThrashBand/
www.facebook.com/lycanthropunks/
www.facebook.com/Schirenc.Plays.Pungent.Stench/
www.facebook.com/taakeofficial/
www.facebook.com/Frater.Silurian/
www.facebook.com/morbidsaintofficial/
www.facebook.com/VULCANOMETAL/
www.facebook.com/Aeternusofficial/
www.facebook.com/AMEN-CORNER
www.facebook.com/decomposedgodofficial/
www.facebook.com/mangercadavre/
www.facebook.com/Purgatory666/
www.facebook.com/infested.blood/
www.facebook.com/humanatrocityband/
www.facebook.com/lpmetalpress/
www.facebook.com/SetembroNegroFestival
www.facebook.com/tumbaproductions






Setembro Negro: Festival acontece no final de semana em SP. Veja a programação

Neste final de semana acontece a volta de um dos festivais mais tradicionais do Brasil; o Setembro Negro, que depois de um hiato, chega em sua 12ª edição, e acontece nos dias 29 (sábado) e 30/09 (domingo), no Carioca Club (R Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – Sao Paulo/SP)

O cast do festival contará com as bandas Aeternus, Enthroned, Human Atrocity, Morbid Saint, Schirenc Plays Pungent Stench, Purgatory, Razor, Vulcano, At The Gates, Manger Cadavre?, Wolfbrigade, Amen Corner, Decomposed God, Taake, Infested Blood e Coven.

Para outras informações sobre o Setembro Negro, siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/2045030379098810/

Produzido pela Tumba Productions – que está de volta com força total – o “Setembro Negro Festival” não acontecia há 5 anos, tempo em que a produtora esteve em estado de hibernação – motivo de uma maior celebração na volta da produtora, que é pioneira no gênero.

No festival já se apresentaram diversas lendas da musica extrema como Autopsy, Gorgoroth, Morbid Angel, Belphegor, Dark Funeral, Keep Of Kalessin, Enthroned, Ragnarok, Hate, Destroyer 666, Sadus, Severe Torture, Hate Eternal, Incantation, Averse Sefira, Subtera, Nephast, Valhalla, Miasthenia, Unearthly, Impurity, Ophiolatry, entre tantos outros mais.

SERVIÇO: 12ª Edição FESTIVAL SETEMBRO NEGRO
Dias: 29 e 30 de Setembro (Sábado e domingo)
Local: Carioca Club Pinheiros (R Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – São Paulo/SP)
Tel. (11) 3813-8598 / www.cariocaclub.com.br

PROGRAMAÇÃO:

Sábado (29/09)
13:00 – ABERTURA PORTAS
14:00 – 14:30 – HUMAN ATROCITY (30”)
14:45 – 15:20 – INFESTED BLOOD (35”)
15:35 – 16:15 – PURGATORY (40”)
16:30 – 17:10 – AETERNUS (40”)
17:25 – 18:10 – TAAKE (45”)
18:25 – 19:15 – VULCANO (50”)
19:30 – 20:30 – COVEN (60”)
20:45 – 21:55 – RAZOR (70”)

Domingo (30/09)
14:00 – ABERTURA PORTAS
15:00 – 15:30 – MANGER CADAVRE (30”)
15:45 – 16:20 – DECOMPOSED GOD (35”)
16:35 – 17:15 – AMEN CORNER (40”)
17:30 – 18:10 – ENTHRONED (40”)
18:25 – 19:10 – MORBID SAINT (45”)
19:25 – 20:15 – SCHIRENC PLAYS PUNGENT STENCH (50”)
20:30 – 21:30 – WOLFBRIGADE (60”)
21:45 – 22:55 – AT THE GATES (70”)

INGRESSOS:
http://www.clubedoingresso.com/setembronegrofestival
Página oficial do festival: www.facebook.com/SetembroNegroFestival
Página oficial da Tumba Produções: www.facebook.com/tumbaproductions
E-mail: tumbaprod@uol.com.br

Páginas relacionadas:
www.facebook.com/TheOfficialCoven/
www.facebook.com/AtTheGatesOfficial/
www.facebook.com/RazorThrashBand/
www.facebook.com/lycanthropunks/
www.facebook.com/Schirenc.Plays.Pungent.Stench/
www.facebook.com/taakeofficial/
www.facebook.com/Frater.Silurian/
www.facebook.com/morbidsaintofficial/
www.facebook.com/VULCANOMETAL/
www.facebook.com/Aeternusofficial/
www.facebook.com/AMEN-CORNER
www.facebook.com/decomposedgodofficial/
www.facebook.com/mangercadavre/
www.facebook.com/Purgatory666/
www.facebook.com/infested.blood/
www.facebook.com/humanatrocityband/
www.facebook.com/lpmetalpress/
www.facebook.com/SetembroNegroFestival
www.facebook.com/tumbaproductions






Setembro Negro Fest: Programa Pegadas de Andreas Kisser faz especial do festival que acontece na semana que vem

Na semana que vem acontece a volta de um dos festivais mais tradicionais do Brasil; o Setembro Negro, que depois de um hiato, chega em sua 12ª edição, e acontece nos dias 29 (sábado) e 30/09 (domingo), no Carioca Club (R Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – Sao Paulo/SP)

O cast do festival contará com as bandas Aeternus, Enthroned, Human Atrocity, Morbid Saint, Schirenc Plays Pungent Stench, Purgatory, Razor, Vulcano, At The Gates, Manger Cadavre?, Wolfbrigade, Amen Corner, Decomposed God, Taake, Infested Blood e Coven.

O programa Pegadas de Andreas Kisser da 89FM, apresentou um especial sobre o festival. O guitarrista do Sepultura e seu filho Yohan Kisser, destacaram a importância do Setembro Negro. Ouça, aqui:

https://soundcloud.com/user-912278236/pegadas-09-09-18-especial-setembro-negro-fest

Para mais informações sobre o Setembro Negro, siga a página do evento no Facebook:

https://www.facebook.com/events/2045030379098810/

SERVIÇO: 12ª Edição FESTIVAL SETEMBRO NEGRO
Dias: 29 e 30 de Setembro (Sábado e domingo)
Local: Carioca Club Pinheiros (R Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – São Paulo/SP)
Tel. (11) 3813-8598 / www.cariocaclub.com.br

PROGRAMAÇÃO:

Sábado (29/09)
13:00 – ABERTURA PORTAS
14:00 – 14:30 – HUMAN ATROCITY (30”)
14:45 – 15:20 – INFESTED BLOOD (35”)
15:35 – 16:15 – PURGATORY (40”)
16:30 – 17:10 – AETERNUS (40”)
17:25 – 18:10 – TAAKE (45”)
18:25 – 19:15 – VULCANO (50”)
19:30 – 20:30 – RAZOR (60”)
20:45 – 21:55 – COVEN (70”)

Domingo (30/09)
14:00 – ABERTURA PORTAS
15:00 – 15:30 – MANGER CADAVRE (30”)
15:45 – 16:20 – DECOMPOSED GOD (35”)
16:35 – 17:15 – AMEN CORNER (40”)
17:30 – 18:10 – ENTHRONED (40”)
18:25 – 19:10 – MORBID SAINT (45”)
19:25 – 20:15 – SCHIRENC PLAYS PUNGENT STENCH (50”)
20:30 – 21:30 – WOLFBRIGADE (60”)
21:45 – 22:55 – AT THE GATES (70”)

INGRESSOS:
http://www.clubedoingresso.com/setembronegrofestival

Página oficial do festival: www.facebook.com/SetembroNegroFestival

Página oficial da Tumba Produções: www.facebook.com/tumbaproductions

E-mail: tumbaprod@uol.com.br

Páginas relacionadas:
www.facebook.com/TheOfficialCoven/
www.facebook.com/AtTheGatesOfficial/
www.facebook.com/RazorThrashBand/
www.facebook.com/lycanthropunks/
www.facebook.com/Schirenc.Plays.Pungent.Stench/
www.facebook.com/taakeofficial/
www.facebook.com/Frater.Silurian/
www.facebook.com/morbidsaintofficial/
www.facebook.com/VULCANOMETAL/
www.facebook.com/Aeternusofficial/
www.facebook.com/AMEN-CORNER
www.facebook.com/decomposedgodofficial/
www.facebook.com/mangercadavre/
www.facebook.com/Purgatory666/
www.facebook.com/infested.blood/
www.facebook.com/humanatrocityband/
www.facebook.com/lpmetalpress/
www.facebook.com/SetembroNegroFestival
www.facebook.com/tumbaproductions






Infested Blood: Trio pernambucano leva seu brutal Death Metal ao Setembro Negro Festival

O Infested Blood é uma das representantes brasileiras no festival Setembro Negro, que acontece nos dias 29 e 30/09, e também contará com as bandas Aeternus, Enthroned, Morbid Saint, Schirenc Plays Pungent Stench, Purgatory, Human Atrocity, Vulcano, At The Gates, Manger Cadavre?, Wolfbrigade, Amen Corner, Decomposed God, Taake, Razor e Coven.

Para mais informações, siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/2045030379098810/

A banda foi formada em 1999, no Recife (PE), na linha do Death Metal mais extremo, com letras ao melhor estilo ‘grotesque themes’ e Sci-Fi.

O Infested Blood possui três álbuns de estúdio; “Tme Masters Of Grotesque” (03), “Tribute To Apocalypse” (07) e “Demonweb Pits” (13).

Em sua formação está Diego Do’Urden (guitarra e vocal), que também é vocalista e baixista da lenda baiana do black metal, Mystifier. Além dele, o Infested Blood traz Eduardo Baerne (baixo) e Jhoni Rodrigues (bateria).

Assista o vídeo deles tocando no “Live Hellcife 2016”:
https://www.youtube.com/watch?v=O4WvL80i2_o

Acompanhe o Infested Blood em seu Facebook oficial:
https://www.facebook.com/infested.blood/

SERVIÇO: 12ª Edição FESTIVAL SETEMBRO NEGRO
Dias: 29 e 30 de Setembro (Sábado e domingo)
Local: Carioca Club Pinheiros (R Cardeal Arcoverde, 2899 – Pinheiros – Sao Paulo/SP)
Tel. (11) 3813-8598 / www.cariocaclub.com.br

PROGRAMAÇÃO:

Sábado (29/09)
13:00 – ABERTURA PORTAS
14:00 – 14:30 – HUMAN ATROCITY (30”)
14:45 – 15:20 – INFESTED BLOOD (35”)
15:35 – 16:15 – PURGATORY (40”)
16:30 – 17:10 – AETERNUS (40”)
17:25 – 18:10 – TAAKE (45”)
18:25 – 19:15 – VULCANO (50”)
19:30 – 20:30 – RAZOR (60”)
20:45 – 21:55 – COVEN (70”)

Domingo (30/09)
14:00 – ABERTURA PORTAS
15:00 – 15:30 – MANGER CADAVRE (30”)
15:45 – 16:20 – DECOMPOSED GOD (35”)
16:35 – 17:15 – AMEN CORNER (40”)
17:30 – 18:10 – ENTHRONED (40”)
18:25 – 19:10 – MORBID SAINT (45”)
19:25 – 20:15 – SCHIRENC PLAYS PUNGENT STENCH (50”)
20:30 – 21:30 – WOLFBRIGADE (60”)
21:45 – 22:55 – AT THE GATES (70”)

INGRESSOS:
http://www.clubedoingresso.com/setembronegrofestival
Página oficial do festival: www.facebook.com/SetembroNegroFestival
Página oficial da Tumba Produções: www.facebook.com/tumbaproductions
E-mail: tumbaprod@uol.com.br
Imprensa/credenciamento: lpmetalpress@gmail.com

Páginas relacionadas:
www.facebook.com/TheOfficialCoven/
www.facebook.com/AtTheGatesOfficial/
www.facebook.com/RazorThrashBand/
www.facebook.com/lycanthropunks/
www.facebook.com/Schirenc.Plays.Pungent.Stench/
www.facebook.com/taakeofficial/
www.facebook.com/Frater.Silurian/
www.facebook.com/morbidsaintofficial/
www.facebook.com/VULCANOMETAL/
www.facebook.com/Aeternusofficial/
www.facebook.com/AMEN-CORNER
www.facebook.com/decomposedgodofficial/
www.facebook.com/mangercadavre/
www.facebook.com/Purgatory666/
www.facebook.com/infested.blood/
www.facebook.com/humanatrocityband/
www.facebook.com/lpmetalpress/
www.facebook.com/SetembroNegroFestival
www.facebook.com/tumbaproductions






Vulcano, do Hellish War, em mais uma turnê com Tim “Ripper” Owens

Conhecido como uma das grandes vozes do metal contemporâneo, Tim “Ripper” Owens, que fez história substituindo Rob Halford no Judas Priest, além de passagens por Iced Earth e Yngwie Malmsteen, está de volta ao Brasil para uma série de shows. A turnê faz parte da “Demolition & Jugulator Celebrate Tour 2017“ onde o músico celebra o repertório dos dois discos lançados com o Judas Priest. Essa é a segunda parte da turnê, complementar aos shows que o vocalista fez na América do Sul em maio desse ano.

A banda que acompanha Ripper no Brasil é exclusivamente formada por músicos brasileiros, entre eles o guitarrista do Hellish War, Vulcano.

Vulcano já havia feito todas as últimas turnês sul-americanas ao lado de Ripper (Julho de 2014, Outubro de 2015, Setembro de 2016) e juntou-se mais uma vez ao vocalista este ano para os shows em maio. Agora o músico completa a segunda parte da turnê que inclui as seguintes datas:

29/09 – Tribos’s Bar em Maringá/PR
30/09 – Gillan’s Inn em São Paulo/SP
03/10 – Joker’s Bar em Curitiba/PR
04/10 – Embaixada Do Rock em São Leopoldo/RS
05/10 – Skatto Bar em Santa Maria/RS
06/10 – Wox Club em Pomerode/SC
07/10 – Botequim em Belém/PA
08/10 – Fanzine Rock Bar em São Luís/MA

Vulcano é o membro fundador do Hellish War. Há mais de 20 anos o Hellish War vem mantendo a tradição de se fazer heavy metal à maneira clássica. Novas bandas e novas tendências desapareceram tão rapidamente quanto surgiram, ao passo que o Hellish War, em meio à efemeridade do metal moderno, segue mantendo viva uma tradição. “Defender Of Metal”, o disco de estreia lançado em 2001, é considerado um clássico do estilo no Brasil e na Europa, onde o grupo já excursionou duas vezes. “Defender Of Metal” não só projetou a carreira do Hellish War internacionalmente, mas moldou a personalidade musical do grupo que foi aprimorada nos trabalhos subsequentes, “Heroes Of Tomorrow” de 2008 e o premiado “Keep It Hellish” de 2013. O disco ao vivo “Live In Germany” (2010) também veio recheado de clássicos do debute e provou o poder de fogo dessas faixas entre o público europeu.

Em comemoração aos 15 anos de seu lançamento, “Defender Of Metal” será relançado digitalmente nas próximas semanas e vai trazer como bônus a regravação da faixa título com os vocais do atual frontman Bil Martins.

Além de Bil e Vulcano, completam a formação do Hellish War o guitarrista Daniel Job, o baixista JR e o baterista Daniel Person.

Confira o videoclipe oficial da música “Keep It Hellish” do Hellish War: https://youtu.be/tn04YgvLH1I

Confira também a regravação que o grupo acabou de lançar da música “The Lake” do Bathory: https://youtu.be/lryTPRk6-LA

Mais Informações:
www.hellishwar.com.br
www.facebook.com/hellishwar
www.twitter.com/hellishwar
www.youtube.com/hellishwarofficial
www.timripperowens.com/
www.openroadagency.com






THE CROSS: confirmado show ao lado do Vulcano e Malefactor na Bahia

A banda soteropolitana THE CROSS, pioneira do Doom Metal no Brasil, confirmou mais um importante show no estado da Bahia, em suporte ao seu debut álbum homônimo, lançado no Brasil pela Eternal Hatred Records.

O evento, que também contará com as presenças das bandas Vulcano e Malefactor, será realizado no próximo dia 12 de agosto (sábado), às 19h00, na Concha Acústica Roger Batera, em Lauro de Freitas. Os ingressos do primeiro lote estão fixados em R$30,00, enquanto que o segundo lote está fixado em R$50,00.

Para mais informações sobre o referido evento, basta entrar em contato com a assessoria do grupo, através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.

Para mais informações sobre as atividades da banda THE CROSS e dos demais artistas da empresa, basta entrar em contato com a MS Metal Press através do e-mail contato@msmetalagencybrasil.com.






Anthares Fest: Vulcano convida fãs para show que acontece no mês que vem

No mês que vem acontecerá o show comemorativo de 30 anos de um dos discos mais emblemáticos do Metal nacional; O icônico “No Limite da Força”, do Anthares, que será apresentado na integra, no dia 15/07 (sábado), na Clash Club (R. Barra Funda, 969, São Paulo – Próximo ao metrô Barra Funda)

Além do Anthares, também se apresentam as bandas Vulcano, Warsickness e DER.

O Vulcano – que na ocasião tocará o clássico “Blood Vengenace” na íntegra – gravou uma mensagem convidando os fãs para o evento. Assista, aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=R2ZZlggN-vs&feature=youtu.be

Para mais informações, siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/809720749181199/

Formado em 1983, em São Paulo, por Henrique “Poço” (vocal), Cristian (guitarra), Zé Aranha (guitarra), Pardal (baixo) e Evandro Jr. (bateria), a banda lançou em 1987, aquele que se tornaria um dos maiores clássicos do Speed/Thrash Metal, “No Limite da Força”. Depois de um período em “hibernação”, a banda retornou, e em 2015, lançou seu segundo álbum, “O Caos da Razão”, que recebeu excelentes críticas, por manter as características e o ‘feeling’ do material antigo. A formação atua traz Diego Nogueira (vocal), Eduardo Toppeman (guitarra), Mauricio (guitarra), além dos fundadores, Pardal e Evandro Jr.

O Vulcano é um dos percussores do Black Metal/Death Metal – sendo referência para inúmeras bandas da Escandinávia. Na ocasião irão apresentar na integra o seu primeiro álbum de estúdio, “Bloody Vengeance”, de 1986. A banda está divulgando seu décimo álbum, “XIV”.

O Warsickness é da nova geração do Thrash Metal, e vem de Itapevi/SP. Eles estão divulgando seu álbum de estreia, “Stay Drunk In Hell” (2015).

Já o D.E.R. é uma banda paulista de Grindcore formada em 1997, sendo considerada uma das mais brutais do gênero, no país. Eles estão divulgando o EP “Rancor” (2017)

Os ingressos físicos já estão disponíveis na Mutilation Records da Galeria do Rock!

SERVIÇO:
Clash Club Apresenta:
ANTHARES – 30 ANOS NO LÍMITE DA FORÇA
Bandas convidadas: Vulcano (tocando “Bloody Vengeance” na íntegra!), Warsickness e D.E.R.
Dia: 15/07 (Sábado)
Local: Clash Club (Rua Barra Funda, 969, São Paulo – próximo ao metrô Barra funda)

Ingressos/valores:
1º lote: R$ 25,00
2º lote: R$ 30,00
Bilheteria: R$ 35,00
Camarote: R$50

Ponto de venda:
Mutilation Records (Galeria do Rock Rua 24 De Maio, 62 – 2º Andar – Loja 370 – São Paulo)

Ingressos online:
http://www.znstore.com.br/merch/anthares/ingressos1/ingresso-anthares-show-de-30-anos-do-album-no-limite-da-forca-1-lote/

Páginas relacionadas:
www.facebook.com/antharesmetal
www.facebook.com/VULCANOMETAL
www.facebook.com/warsickness
www.facebook.com/dergrindon






Anthares: Show de 30 anos do “No Limite da Força” em SP em Julho

No dia 15/07 (sábado), São Paulo recebe o show comemorativo de um dos discos mais emblemáticos do Metal nacional; O icônico “No Limite da Força”, do lendário Anthares, que será apresentado na integra, em um show especialíssimo de 30 anos, que acontecerá na Clash Club (R. Barra Funda, 969, São Paulo – Próximo ao metrô Barra Funda)

Além do Anthares, também se apresentam as bandas Vulcano, Warsickness e DER.

Siga a página do evento no Facebook:
https://www.facebook.com/events/809720749181199/

Formado em 1983, em São Paulo, por Henrique “Poço” (vocal), Cristian (guitarra), Zé Aranha (guitarra), Pardal (baixo) e Evandro Jr. (bateria), a banda lançou em 1987, aquele que se tornaria um dos maiores clássicos do Speed/Thrash Metal, “No Limite da Força”.

Depois de um período em “hibernação”, a banda retornou, e em 2015, lançou seu segundo álbum, “O Caos da Razão”, que recebeu excelentes críticas, por manter as características e o ‘feeling’ do material antigo. A formação atua traz Diego Nogueira (vocal), Eduardo Toppeman (guitarra), Mauricio (guitarra), além dos fundadores, Pardal e Evandro Jr.

O Vulcano é outra banda brasileira, que carrega o status de “lenda”. A banda é uma das percussoras do Black Metal/Death Metal – sendo referência para inúmeras bandas da Escandinávia. Na ocasião irão apresentar na integra o seu primeiro álbum de estúdio, “Bloody Vengeance”, de 1986. A banda está divulgando seu décimo álbum, “XIV”

O Warsickness é da nova geração do Thrash Metal, e vem de Itapevi/SP. Eles estão divulgando seu álbum de estreia, “Stay Drunk In Hell” (2015).

Já o D.E.R. é uma banda paulista de Grindcore formada em 1997, sendo considerada uma das mais brutais do gênero, no país. Eles estão divulgando o EP “Rancor” (2017)

SERVIÇO:
Clash Club Apresenta:
ANTHARES – 30 ANOS NO LÍMITE DA FORÇA
Bandas convidadas: Vulcano (tocando “Bloddy Vengeance” na íntegra!), Warsickness e D.E.R.

Dia: 15/07 (Sábado)
Local: Clash Club (Rua Barra Funda, 969, São Paulo – próximo ao metrô Barra funda)

Ingressos/valores:
1º lote: R$ 25,00
2º lote: R$ 30,00
Bilheteria: R$ 35,00
Camarote: R$50

Ponto de venda:
Mutilation Records (Galeria do Rock Rua 24 De Maio, 62 – 2º Andar – Loja 370 – São Paulo)

Ingressos online:
http://www.znstore.com.br/merch/anthares/ingressos1/ingresso-anthares-show-de-30-anos-do-album-no-limite-da-forca-1-lote/

Páginas relacionadas:
www.facebook.com/antharesmetal
www.facebook.com/VULCANOMETAL
www.facebook.com/warsickness
www.facebook.com/dergrindon






Vulcano, do Hellish War, e Will Costa, do Higher, em turnê pela América do Sul com Tim “Ripper” Owens

Conhecido como uma das grandes vozes do metal contemporâneo, Tim “Ripper” Owens, que fez história substituindo Rob Halford no Judas Priest, além de passagens por Iced Earth e Yngwie Malmsteen, está de volta à América do Sul para uma série de shows. A turnê faz parte da “Demolition & Jugulator Celebrate Tour 2017“, onde o músico celebra o repertório dos dois discos lançados com o Judas Priest.

A parte sul-americana da turnê teve início quinta-feira da semana passada, dia 04/05, com um show em Curitiba/PR. Depois seguiram para São Paulo com uma apresentação explosiva no Gillan’s Inn e fecharam a passagem pelo Brasil em Colatina/ES.

A banda que acompanha Ripper no Brasil é exclusivamente formada por músicos brasileiros, entre eles o guitarrista do Hellish War, Vulcano, e o baixista do Higher, Will Costa.

Ambos já haviam feito a última turnê sul-americana ao lado de Ripper em Outubro de 2015 e juntaram-se mais uma vez ao vocalista este ano.

Vulcano é o membro fundador do Hellish War. Há mais de 20 anos o Hellish War vem mantendo a tradição de se fazer heavy metal à maneira clássica. Novas bandas e novas tendências desapareceram tão rapidamente quanto surgiram, ao passo que o Hellish War, em meio à efemeridade do metal moderno, segue mantendo viva uma tradição. “Defender Of Metal”, o disco de estreia lançado em 2001, é considerado um clássico do estilo no Brasil e na Europa, onde o grupo já excursionou duas vezes. “Defender Of Metal” não só projetou a carreira do Hellish War internacionalmente, mas moldou a personalidade musical do grupo que foi aprimorada nos trabalhos subsequentes, “Heroes Of Tomorrow” de 2008 e o premiado “Keep It Hellish” de 2013. O disco ao vivo “Live In Germany” (2010) também veio recheado de clássicos do debute e provou o poder de fogo dessas faixas entre o público europeu.

Confira o videoclipe oficial da música “Keep It Hellish” do Hellish War: https://youtu.be/tn04YgvLH1I

Já Will Costa é o integrante mais novo, porém não menos importante, do Higher. O disco de estreia do Higher colecionou declarações calorosas como “Nove canções perfeitas” (Metal Samsara);  “Surpreendente” (Portal Reidjou); “Som único” (Galeria Musical); “Pesado e criativo, difícil de rotular” (A Música Continua A Mesma); “Indispensável” (Metal Revolution). O álbum também entrou para a lista de Melhores do Ano de diversos jornalistas e críticos respeitados. Na eleição realizada entre os leitores do site Heavynroll, Cezar Girardi foi considerado o segundo “Melhor Vocalista de Metal do Brasil” e Gustavo Scaranelo o terceiro “Melhor Guitarrista”. No momento o grupo está em processo de composição de seu segundo trabalho.

Confira o videoclipe oficial da música “Lie” do Higher: https://youtu.be/yehGyF5WULo

Mais seis datas estão agendadas para Tim “Ripper” Owens e sua banda brasileira na América do Sul essa semana:

08/05 – Iquique @ Disco 7 (Chile)
09/05 – Santiago @ Blondie (Chile)
10/05 – Bogotá @ Ozzy Bar (Colômbia)
12/05 – Guayaquil @ Teatro Centro de Arte (Equador)
13/05 – Rio Bamba @ Teatro Alfonso Chávez Jara (Equador)
15/05 – Lima @ Sargento Pimienta (Peru)

Mais Informações:
HELLISH WAR
www.hellishwar.com.br
www.facebook.com/hellishwar
www.twitter.com/hellishwar
www.youtube.com/hellishwarofficial

HIGHER
www.higherband.com
www.facebook.com/highermetal
www.soundclound.com/highermetal
www.twitter.com/highermetal
TIM “RIPPER” OWENS
www.timripperowens.com/
www.openroadagency.com