Author Archives: Thiago Da Silva Tavares

“The Game Has Begun” do THUNDER FORCE é eleito um dos melhores álbuns do ano pelo site REVISTA FREAK ao lado de ANGRA e CRYPTA

Créditos da foto: Márcio Baltazar

Lançado em dezembro, o debut da banda gaúcha THUNDER FORCE, intitulado “The Game Has Begun”, ficou entre os cinco melhores álbuns do ano em lista escolhida pelo redator Geraldo Andrade, do site Revista Freak. Figurando ao lado de lançamentos das bandas Angra, Nervosa, Edu Falaschi Crypta, o THUNDER FORCE alcança novos territórios e se destaca no cenário Heavy Metal nacional. Na publicação do site, o redator comentou: “Não posso deixar de citar uma banda que vem do Rio Grande do Sul, Thunder Force, que nos presenteou com seu álbum de estreia. Um heavy metal pesado, técnico e de alta qualidade. Letras muito interessantes, que falam de um personagem da segunda guerra mundial. É muito bom ver que todo o trabalho e dedicação da banda, resultou nesse ótimo trabalho de estreia. Só nos resta torcer, para que a banda não pare por aí, que esse seja apenas o início de uma longa história no heavy metal brasileiro”.

Confira a lista de melhores do ano:

Este poderoso álbum de estreia do THUNDER FORCE, já está disponível em todas as plataformas digitais. A banda, formada em 2005 em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, traz em seu álbum um Heavy Metal pesado, técnico e poderoso, com influências do Progressivo ao Thrash Metal. “The Game Has Begun”, gravado por Cristian Dal Solio no Fabrica Sonora Studio e mixado e masterizado pelo renomado produtor Adair Daufembach, traz uma temática variada, com letras que abordam conceitos de estratégia e um personagem da Segunda Guerra Mundial.

Márcio Oliveira (vocal), Leonardo Fernandes (guitarra), Marlon Martins (guitarra) Raul Giacomin (baixo) e Gabriel Brunelli (bateria) também participam da tradicional votação de melhores do ano pelos leitores da revista ROADIE CREW, concorrendo na categoria de melhor álbum nacional e nas categorias individuais dos músicos.

Para votar no THUNDER FORCE, acesse:

https://roadiecrew.com/esta-aberta-a-votacao-melhores-de-2023-da-roadie-crew-vote-agora-mesmo

Assista ao vídeo clipe de “Soulbreaker”:

Assista ao lyric vídeo de “Five Hundred Days”:

Ouça “The Game Has Begun” no Spotify:

Sepultura esgota segundo show em São Paulo e abre nova data da tour de despedida “Celebrating life through death” na capital paulista

No ano em que completa 40 anos de estrada, banda dá adeus aos palcos em uma turnê global que vai virar um álbum com 40 músicas

No fim de 2023, o Sepultura causou uma grande comoção ao anunciar que pararia as suas atividades. Antes de dizer “adeus”, contudo, a banda que levou o nome do Brasil mundo afora e passou pelos palcos mais importantes do mundo vai rodar o globo com uma turnê de despedida. No Brasil, a tour intitulada “Celebrating life through death” terá realização da 30e. Após a grande procura pelas apresentações de São Paulo, marcadas para os dias 6 e 7 de setembro, no Espaço Unimed, o grupo formado por Andreas Kisser, Derrick Green, Eloy Casagrande e Paulo Jr anuncia uma oportunidade extra para o público paulistano viver esse capítulo tão importante na trajetória do Sepultura: no dia 8 de setembro, a banda volta a subir ao palco do Espaço Unimed. A venda de ingressos inicia no dia 9 de janeiro, ao meio-dia, no site da Eventim. Vale lembrar que ainda há tíquetes disponíveis para as outras datas da turnê  pelo país.

A seguir, um comunicado do Sepultura para os amigos, parceiros, imprensa e, claro, para SepulNation:

“O Sepultura vai parar. Vai morrer. Uma morte consciente e planejada.
Nos próximos 18 meses, vamos celebrar 40 anos junto aos nossos fãs em uma tour de despedida que vai passar por todo o planeta.


Celebrar acima de tudo o presente, o hoje. Um momento muito especial na nossa rica e vitoriosa carreira.


Depois de 40 anos de altos e baixos, 80 países visitados de diferentes culturas, de diferentes visões políticas e religiosas, levando as cores e ritmos brasileiros para o mundo, mostrando um Brasil mais realista e menos caricato, mais pesado e agressivo.


Depois de lançar o Quadra, um dos melhores álbuns da nossa história. Sobreviver a uma indesejável e insana Pandemia através da SepulQuarta, uma experiência maravilhosa que virou um álbum e que nos manteve unidos e fortes seguindo em frente. Depois de mudanças e aprendizados, nós vamos parar.
A tour de 40 anos está sendo gravada e vai virar um disco ao vivo de 40 músicas registradas em 40 cidades diferentes num momento em que estamos com a mais elevada energia no palco. União e conexão total.


Estamos felizes e muito agradecidos com tudo que aconteceu na nossa história, fizemos grandes álbuns e shows, cultivamos amizades, conhecemos nossos ídolos, ajudamos a colocar o metal brasileiro no mapa mundial e, agora, deixamos a cena com o sentimento de dever cumprido.
Temos os melhores fãs do mundo, que nos apoiam com elogios e críticas, que são exigentes e inteligentes, que evoluem junto com a banda, são sempre leais e amam verdadeiramente o Sepultura. Sem vocês nada disso seria possível. Este álbum e esta tour são para a SepulNation, nós amamos vocês!

Eutanásia, o direito a morte digna. Direito de escolha de ser livre quando se nasce e quando se morre!”

No Brasil, a turnê “Celebrating life through death” será realizada pela 30e. “O Sepultura é uma das bandas mais relevantes do nosso país, se tornou referência e levou a nossa música aos quatro cantos do mundo. É muito simbólico estarmos com eles em um capítulo tão importante dessa trajetória”, afirma Pepeu Correa, CEO da 30e. 

Serviço:

SEPULTURA

Turnê de despedida – Celebrating life through death
Produção: 30e


BELO HORIZONTE

Data: 1 de março
Local: Arena Hall
Horário de Abertura da casa: 19h
Classificação Etária: Entrada e permanência de crianças/adolescentes de 05 a 15 anos de idade, acompanhados dos pais ou responsáveis, e de 16 a 17 anos, desacompanhados dos pais ou responsáveis legais.
Ingressos:
Início das vendas: 11 de dezembro, 12h
Vendas online em: eventim.com.br
Bilheteria oficial: Loja Eventim – Shopping 5ª Avenida (a partir de 11/12)  R. Alagoas, 1314 – Belo Horizonte

Ingressos:
Pista Premium – R$ 100,00 (meia-entrada legal) | R$ 120,00 (entrada social) | R$ 200,00 (inteira)
Arquibancada – R$ 75,00 (meia-entrada legal) | R$ 90,00 (entrada social) | R$ 150,00 (inteira)
Suítes – R$ 125,00 (meia-entrada legal) | R$ 150,00 (entrada social) | R$ 250,00 (inteira)


JUIZ DE FORA

Data: 2 de março
Local: Estacionamento Cultural
Horário de Abertura da casa: 19h
Classificação Etária: Entrada e permanência de crianças/adolescentes de 05 a 15 anos de idade, acompanhados dos pais ou responsáveis, e de 16 a 17 anos, desacompanhados dos pais ou responsáveis legais.
Início das vendas: 11 de dezembro, 12h
Vendas online em: eventim.com.br
Bilheteria oficial: Zine Cultural (a partir de 11/12) Praça Menelick de Carvalho, nº 150 – Juiz de Fora

Ingressos:
Pista Premium – R$ 100,00 (meia-entrada legal) | R$ 140,00 (entrada social) | R$ 200,00 (inteira)|
Pista – R$ 75,00 (meia-entrada legal) | R$ 105,00 (entrada social) | R$ 150,00 (inteira)


BRASÍLIA

Data: 9 de março
Local: Arena Lounge
Horário de Abertura da casa: 19h
Classificação Etária: Entrada e permanência de crianças/adolescentes de 05 a 15 anos de idade, acompanhados dos pais ou responsáveis, e de 16 a 17 anos, desacompanhados dos pais ou responsáveis legais.
Início das vendas: 11 de dezembro, 12h
Vendas online em: eventim.com.br
Bilheteria oficial: Loja Eventim Brasília Shopping (a partir de 11/12) – SCN QD 05 Bloco A Subsolo 2 – Loja Q054

Ingressos:
Pista Premium – R$ 100,00 (meia-entrada legal) | R$ 120,00 (entrada social) | R$ 200,00 (inteira)
Pista – R$ 75,00 (meia-entrada legal) | R$ 90,00 (entrada social) | R$ 150,00 (inteira)


UBERLÂNDIA

Data: 15 de março
Local: Castelli
Horário de Abertura da casa: 19h
Classificação Etária: Entrada e permanência de crianças/adolescentes de 05 a 15 anos de idade, acompanhados dos pais ou responsáveis, e de 16 a 17 anos, desacompanhados dos pais ou responsáveis legais.
Início das vendas: 11 de dezembro, 12h
Vendas online em: eventim.com.br
Bilheteria oficial: Espaço Laser (a partir de 11/12) – Av. Paulo Gracindo, 15 – Loja 70 – Morada da Colina, 38411-145

Ingressos:
Pista Premium – R$ 100,00 (meia-entrada legal) | R$ 120,00 (entrada social) | R$ 200,00 (inteira)
Pista – R$ 75,00 (meia-entrada legal) | R$ 90,00 (entrada social) | R$ 150,00 (inteira)


PORTO ALEGRE

Data: 21 de março
Local: Araújo Vianna
Horário de Abertura da casa: 19h
Classificação Etária: Entrada e permanência de crianças/adolescentes de 05 a 15 anos de idade, acompanhados dos pais ou responsáveis, e de 16 a 17 anos, desacompanhados dos pais ou responsáveis legais.
Início das vendas: 11 de dezembro, 12h
Vendas online em: eventim.com.br
Bilheteria oficial: Arena do Grêmio (a partir de 11/12) Portão 2 – Av. Padre Leopoldo Brentano, 110 – Humaitá – Porto Alegre

Ingressos:
Plateia Gold – R$ 125,00 (meia-entrada legal) | R$ 150,00 (entrada social) | R$ 250,00 (inteira)
Plateia Baixa Central – R$ 112,50 (meia-entrada legal) | R$ 135,00 (entrada social) | R$ 225,00 (inteira)
Plateia Baixa Lateral – R$ 100,00 (meia-entrada legal) | R$ 120,00 (entrada social) | R$ 200,00 (inteira)
Plateia Alta Central – R$ 75,00 (meia-entrada legal) | R$ 90,00 (entrada social) | R$ 150,00 (inteira)
Plateia Alta Lateral – R$ 62,50 (meia-entrada legal) | R$ 75,00 (entrada social) | R$ 125,00 (inteira)


CURITIBA

Data: 22 de março
Local: Live
Horário de Abertura da casa: 19h
Classificação Etária: Entrada e permanência de crianças/adolescentes de 05 a 15 anos de idade, acompanhados dos pais ou responsáveis, e de 16 a 17 anos, desacompanhados dos pais ou responsáveis legais.
Início das vendas: 11 de dezembro, 12h
Vendas online em: eventim.com.br
Bilheteria oficial: Estádio Major Antônio Couto Pereira (a partir de 11/12)  Bilheteria 2 do Estádio – Ao lado da entrada da administração – Rua Amâncio Moro S/N – Alto da Glória – Curitiba

Ingressos: 
Pista – R$ 100,00 (meia-entrada legal) | R$ 120,00 (entrada social) | R$ 200,00 (inteira)
Mezanino – R$ 75,00 (meia-entrada legal) | R$ 90,00 (entrada social) | R$ 150,00 (inteira)


FLORIANÓPOLIS

Data: 23 de março
Local: Arena Opus
Horário de Abertura da casa: 19h
Classificação Etária: Entrada e permanência de crianças/adolescentes de 05 a 15 anos de idade, acompanhados dos pais ou responsáveis, e de 16 a 17 anos, desacompanhados dos pais ou responsáveis legais.
Início das vendas: 11 de dezembro, 12h
Vendas online em: eventim.com.br
Bilheteria oficial: Arena Opus (a partir de 11/12) SC-281, 4000 – Sertão do Maruim, São José – SC

Ingressos:
Pista – R$ 100,00 (meia-entrada legal) | R$ 120,00 (entrada social) | R$ 200,00 (inteira)


SÃO PAULO

Data: 6 e 7 de setembro (ESGOTADOS) | Data extra: 8 de setembro
Local: Espaço Unimed
Horário de Abertura da casa: 19h
Classificação Etária: Entrada e permanência de crianças/adolescentes de 05 a 15 anos de idade, acompanhados dos pais ou responsáveis, e de 16 a 17 anos, desacompanhados dos pais ou responsáveis legais.
Ingressos:
Início das vendas: 11 de dezembro, 12h
Vendas online em: eventim.com.br
Bilheteria oficial: Espaço Unimed (a partir de 11/12) R. Tagipuru, 795 – Barra Funda, São Paulo – SP, 01156-000

Ingressos:
Pista Premium – R$ 125,00 (meia-entrada legal) | R$ 150,00 (entrada social) | R$ 250,00 (inteira)
Pista – R$ 75,00 (meia-entrada legal) | R$ 90,00 (entrada social) | R$ 150,00 (inteira)
Camarotes – R$ 175,00 (meia-entrada legal) | R$ 210,00 (entrada social) | R$ 350,00 (inteira)
Mezanino – R$ 150,00 (meia-entrada legal) | R$ 180,00 (entrada social) | R$ 300,00 (inteira)

Instituição capixaba do hardcore/metal volta as atividades e anuncia nova formação

Após anos de silêncio e afastamento do cenário musical a banda Puritan, muito conhecida por suas apresentações enérgicas e intensas pelo Espirito Santo e outros estados do Brasil, está de volta as atividades e com uma nova formação.

Formada no ano de 2008, a Puritan tem em sua discografia 4 seminais álbuns que são até hoje reconhecidos pela energia de suas composições e, nessa nova fase de sua carreira passa a contar com a presença de Bob Nielsen, figura conhecida no circuito underground capixaba, na guitarra, se unindo aos fundadores Bruno Max e Fábio Kiefer.

Ainda não há planos para novas gravações, mas a nova encarnação da Puritan já tem data para estrear nos palcos, o que acontecerá no Mocanoia, evento que acontecerá nos dias nos dias 31 de maio, 1º e 2 de junho na cidade de Vila Velha/ES, no renomado Correria Music Bar.

Confira o clipe de “Não Devo Nada a Ninguém”, do álbum “Sucursal do Inferno” (2017)

Ouça Puritan nas plataformas de streaming:

Spotify: http://tinyurl.com/2ksbx7tm

Deezer: https://www.deezer.com/br/artist/104481

– – –

Puritan é:

Bruno Max – Vocal/Baixo

Fábio Kiefer – Bateria

Bob Nielsen – Guitarra

Contato:

Instagram: https://www.instagram.com/puritanmetal/

APOCALYPTICA retorna ao Brasil para cinco shows neste mês

O quarteto retorna ao Brasil com sua turnê “Cell-0”, que passará por São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre.

APOCALYPTICA é formado por músicos que se declaram verdadeiros exploradores musicais, sempre em busca de desbravar territórios inexplorados onde eles possam se expressar musicalmente. Com “Cello-0”, o nono álbum de estúdio da banda, o ambicioso quarteto não apenas retornou às suas raízes, isto é, não possuem mais o auxílio de um vocalista, mas também viajaram mais fundo para lugares mais longínquos no universo da música instrumental. Aquela primeira paixão que impulsionou o APOCALYPTICA a se formar em 1993 em Helsinque, na Finlândia, agora carrega camadas mais ricas de conhecimento e experiência, levando a banda a uma realização fundamental para um novo caminho criativo.
 
Com toda esta nova inspiração, a banda aterrissa em solo brasileiro para cinco shows que para os integrantes Eicca ToppinenPerttu KivilaaksoPaavo Lötjönen e Mikko Sirén serão inesquecíveis. O show de São Paulo, marcado para acontecer na tradicional casa de shows Carioca Club, no dia 19 de Janeiro é para Eicca Toppinen um dos momentos mais esperados da turnê, pois marca o retorno da banda à cidade após uma bem-sucedida apresentação na primeira edição do festival alemão no Brasil, o Summer Breeze, que ocorreu em 2023.
 
Eicca comentou: “As apresentações do Apocalyptica estão sendo um verdadeiro banquete para os fãs que curtem a mescla entre sinfonia e heavy metal, e o nosso mais recente álbum “Cell-0″ prova que estamos em um patamar único em nossas carreiras como músicos. Queremos fazer um show completo para os nossos fãs, desta vez com músicas deste novo álbum”.
 
A banda trabalhou com o renomado produtor e engenheiro Andrew Scheps, que já colaborou com bandas como Red Hot Chili PeppersLana Del ReyMetallica e Black Sabbath, entre muitos outros. O produtor mixou o álbum no Monnow Valley Studios, no sul do País de Gales, no Reino Unido, e a banda não poderia estar mais feliz com os resultados.
 
“Admiramos o trabalho de Andrew há muito tempo, e ele trouxe clareza essencial para a mixagem”, diz Perttu“Misturar violoncelos cria mais problemas do que qualquer outro instrumento com qualquer outra banda. Nós todos tocamos o mesmo instrumento, no mesmo nível e desta vez, com Andrew, encontramos um equilíbrio perfeito e clareza entre todos nós. Isso nos deixou mais do que empolgados para experimentar essas músicas ao vivo.”
 
Tudo prova que a banda está preparada para trazer e fazer um show imperdível para a maior cidade da América Latina, tocando não apenas seus clássicos, como também sucessos de bandas renomadas mundialmente como o Metallica, que lançou o quarteto ao estrelato.

Confira o serviço completo para o show do APOCALYPTICA:
 
APOCALYPTICA – 19 de Janeiro – Sexta-Feira
Cidade: São Paulo/SP
Local: Carioca Club
Abertura da casa: 19h30
Vendas online: Clube do Ingresso (confira valores e setores):
https://www.clubedoingresso.com/evento/apocalyptica-sp
Ingresso solidário: entregue 1kg de alimento não perecível no acesso ao evento.
Classificação etária: 16 anos.
Menores de 16 anos somente acompanhados dos pais ou responsável legal.

Após 15 anos sem lançamentos, Kavla retorna com videoclipe do single “Business” 

Formado por Sandro Silva (guitarra), Fábio Silva (guitarra), Allan Ortona (vocal), Dill Ferrari (bateria), Marcelo Eiger (baixo) e Erick Scaryus (teclados), banda paulistana de Hard & Heavy volta com música em português e prepara novo álbum de estúdio para 2024

Crédito Foto: Victor Estaban Navile

Sabe aquele sonho de ter uma banda de Rock, lançar discos, fazer shows memoráveis e ter fãs cantando sua música? O Kavla é uma banda que conquistou tudo isso. Passados 15 anos desde o lançamento do álbum “Surreal”, os músicos retornam com força total em 2024 para o lançamento de um novo álbum, cantado em português, shows, videoclipe e muito mais. Como prévia deste novo trabalho, o grupo lança o videoclipe do single “Business”, faixa que já está disponível no Spotify da banda.

Assista o videoclipe de “Business”https://youtu.be/hMGrQy1lspI?si=-IbXXXFg5J7WS-2m
Ouça a música no Spotifyhttps://open.spotify.com/intl-pt/album/67BXrJGeeYIDYCOMpyRAVO
Assista making off do videoclipe de “Business”https://youtu.be/8I_pTJAD3ag?si=sepdoE6RpFLdKe5i

A vida de músico no Brasil é uma montanha-russa de emoções e muita coisa acontece no meio desse caminho. Com muita coisa acontecendo no decorrer da trajetória do grupo, em paralelo alguns músicos do Kavla se tornaram empreendedores e tiveram suas carreiras individuais no mercado de tecnologia. Este fato fez com que a banda entrasse em um hiato – natural, visto que este tipo de trabalho requer muita energia. E é disso que fala o single “Business”, nova música do Kavla. A faixa pode ser ouvida em todas as plataformas de streaming e assistida graças a um videoclipe, gravado e dirigido por Daniel Mazza, que traduziu perfeitamente a vida de um empresário. A música foi produzida pelo produtor e vocalista Thiago Bianchi (Noturnall, Finally Home, ex-Shaman), no estúdio Fusão.

Sobre a música “Business”, o guitarrista Sandro Silva explica“Minha rotina de trabalho como empreendedor no mercado de tecnologia por 30 anos fez com que escrevesse sobre esse tema na música “Business”, e acho que vou “tocar” em muita gente que vive essa mesma realidade hoje em dia. Espero que gostem da música e do clipe, nos veremos em breve no show de lançamento do novo álbum “Intenso”, teremos muitas surpresas por lá. It´s Kavla!

“Dirigir o videoclipe de “Business” da banda Kavla foi uma experiência desafiadora, visando capturar a dualidade entre a vida de empresário e a paixão pela música. O roteiro destacou o cotidiano agitado do protagonista, navegando entre ambientes corporativos e espaços artísticos, simbolizando a tensão entre o mundo dos negócios e a expressão artística. A performance da banda, inserida em escritórios e estúdios, reforçou essa dicotomia, enquanto a escolha de cores intensificou as emoções. Espero que o público sinta a profundidade da narrativa visual que criamos para “Business”, uma ode à constante batalha entre responsabilidade profissional e paixão pela música”, explicou o diretor do videoclipe de “Business”, Daniel Mazza.

Sobre o Kavla:

Fundada em agosto de 1992 pelos talentosos irmãos Fábio Silva e Sandro Silva, juntamente com Marcos Vinny, Gerson Grecco e Venícius Jr., o Kavla rapidamente se destacou como uma força a ser reconhecida no panorama do Metal brasileiro durante a década de 90. Inspirados por ícones como Van Halen, Whitesnake, Dio e Iron Maiden, o grupo cativou fãs com um Hard Rock/Heavy Metal autêntico e cheio de personalidade.

O marco inicial se deu em 1993 com o lançamento da Demo “Man Enough to Cry”, apresentando a faixa-título que se tornaria um dos maiores hits da banda. Após performances memoráveis nos principais bares e teatros de São Paulo, o Kavla conquistou seu espaço ao dividir palcos com nomes como Viper, Angra, Anjos da Noite, Rata Blanca (Argentina), Gamma Ray, entre outros.

O ano de 1995 marcou um passo ousado, quando a banda entrou em estúdio para gravar seu álbum de estreia, “Dream or Reality”, produzido por Átila Ardanuy e enriquecido por participações especiais de Kiko Loureiro, Luiz De Boni e Fernando Fernandes. O álbum não apenas consolidou o Kavla no cenário nacional, mas também resultou em um grandioso show de lançamento no Aeroanta, em São Paulo.

Em 1997, o Kavla foi escolhido para abrir o espetáculo da banda alemã Gamma Ray, conquistando uma audiência de mais de 3.500 pessoas no Teatro dos Vampiros, em São Paulo com participação ao vivo de Kiko Loureiro na balada “Wild Soul”. Com mais de 150 shows na bagagem, o videoclipe de “Every Day, Every Night” consolidou a presença da banda na mídia especializada, tornando-se um sucesso nas rádios e revistas especializadas.

Entretanto, em 1998, motivos pessoais levaram à pausa nas atividades do Kavla, permanecendo inativo até meados de 2004. Em agosto daquele ano, os irmãos Fábio e Sandro Silva retomaram a jornada musical com uma nova formação, dando origem ao EP “Impersonal World” em 2005.

O EP, produzido por Fábio Ribeiro, mostrou um Kavla mais maduro e técnico, com composições mais pesadas e diretas. A banda, após alguns desafios de saúde, viu a entrada da talentosa Nina Pará na bateria. O retorno aos palcos foi triunfante, incluindo participações em eventos importantes e a abertura para a banda holandesa After Forever, tocando para mais de 2.500 pessoas no Cie Hall, em São Paulo.

Em 2008 a Kavla gravou e lançou (apenas disponível no Spotify) o seu segundo disco chamado “Surreal” que teve as participações, nada mais nada menos, de Edu Ardanuy (Sinistra, Ex- Dr.Sin) na música “Runnin´from Falling” (baita solo do Edu por sinal) e o próprio produtor Thiago Bianchi nos vocais na música “No Answers”, ouçam por lá.

Atualmente, o Kavla já tem o novo álbum “Intenso” gravado com o renomado produtor Thiago Bianchi (Noturnall), visando o lançamento do terceiro álbum oficial no primeiro semestre de 2024. Este novo capítulo promete ser uma celebração da resiliência e da evolução musical do Kavla, reafirmando seu lugar de destaque no cenário do Heavy Metal brasileiro.

Mais informações sobre o Kavla:
https://www.instagram.com/kavlaoficial/

APOTEOM lança vídeo clipe de “Outlaw”

Crédito da foto: Peterson Sanches

Após ter lançado o vídeo clipe de “Outlaw” de forma exclusiva na 45º edição do “Roadie Crew – Online Festival”, realizado em parceria da revista Roadie Crew com a produtora Som do Darma, os gaúchos da banda APOTEOM disponibilizam o vídeo em seu canal no YouTube, encerrando o ano com mais uma ação de divulgação de seu terceiro álbum, “Beautiful Lies”. Pedro Ferreira (guitarra/vocal), Gabriel Leão (guitarra), Maurício Tôrres (baixo) e Pablo Castro (bateria) agradecem à Roadie Crew e ao Som do Darma pelo convite em participara o evento e aos espectadores que elogiaram o som da banda, e agora convidam o público a conferir o material no canal da banda: “Ficamos muito contentes em poder participar do festival ao lado de tantas bandas excelentes, e agora contamos com todos para assistirem o vídeo e compartilharem, pois “Outlaw” é uma das nossas músicas preferidas do álbum e gostaríamos de fazê-la chegar ao maior número de headbangers”.

O vídeo clipe de “Outlaw” contou com a direção e roteiro de Peterson Sanches, tendo a participação do ator Bruno Chaves. A produção ficou a cargo do Fantom Group, com as filmagens com a banda sendo realizadas em um hangar no Aeroporto de Caçapava do Sul. As filmagens com o ator foram realizadas no estúdio do Fantom Group. Assim como a sonoridade da banda não segue apenas um determinado subgênero do Metal, as músicas do álbum abrangem uma série de assuntos. “Outlaw”, por exemplo, fala sobre “o momento em que vivemos na “cultura do cancelamento” sobre o medo de se expor, por ser marcado como “gado”, e questiona se vale a pena estar “fora da caixa” e ser um “Outlaw”, um fora da lei da internet…”.

“Beautiful Lies” foi gravado no Fantom Group e foi produzido por Maurício Tôrres e Pedro Ferreira, com capa criada pelo artista gráfico Rômulo Dias. No repertório de sete faixas do trabalho, há as participações especiais do músico nativista Leônidas Dutra Gomes (gaita e violão) na faixa “After The Apocalypse”Matheus Oliveira, vocalista da banda Vakan em “Brave To The Grave” e Luana Palma, vocalista das bandas Finita e Churril, em “While The World Is Burning”. Para 2024 o quarteto promete mais shows e outros projetos, que serão divulgados no decorrer dos próximos meses.

Assista ao vídeo clipe de “Outlaw”:

Ouça o álbum “Beautiful Lies” no Spotify:

Seawalker lança novo álbum, ‘Overcome’

“Overcome” está disponível nas plataformas de streaming e terá versão física lançada em parceria com a Tales from the Chaos Records

Foto Filipe Duarte (Crédito: Iana Domingos)

O grupo mineiro de heavy/thrash metal Seawalker apresenta o novo álbum, “Overcome”, que está disponível em todas as plataformas de streaming e terá a versão no formato físico lançada em parceria com a Tales from the Chaos Records. O sucessor do debut “Earthcode” (2011) e do EP “Evolve and Decay” (2022) foi produzido por André Mendonça e pelo vocalista e baixista Filipe Duarte. Musicalmente, a banda apresenta um thrash mesclado com o heavy metal. “Costumamos dizer que estamos em algum lugar debaixo do espectro thrash metal. As principais influências vêm de bandas como Metallica, Rage, Megadeth e Slayer”, detalhou Filipe Duarte.
 
O repertório de “Overcome” traz as faixas do EP “Evolve and Decay”, um cover de “Refuse/Resist” (Sepultura) e outras inéditas. O material registrado por Filipe Duarte (vocal e baixo), Daniel Saymon e Stéfano Mazzochi (guitarras) e Riccardo Linassi (bateria) foi antecipado por diversos singles e videoclipes, começando por “Breathe and Burn”, que conta com a participação especial de Bruno Paraguay, do Eminence.
 
“As letras de ‘Overcome’ apresentam temas como a hipocrisia da sociedade moderna, distúrbios de personalidade, além de ecologia em forma de denúncias sobre o desmatamento e queimadas ilegais na Amazônia na faixa ‘Post Amazon World’ e ufologia na faixa ‘Hidden’, que também saiu em clipe”, declarou o fundador Filipe Duarte. “A temática da Ufologia é fascinante. Ainda não temos uma resposta definitiva sobre a existência ou não de vida extraterrestre. Seguimos buscando respostas na ciência para esta questão, e a música fala justamente desta busca e deste questionamento. A letra busca apenas relatar a casuística amplamente conhecida e estudada por ufólogos sérios, bem como também divulgada na mídia de um modo geral”, acrescentou. 


Confira o videoclipe “Hidden”, produzido por Bruno Paraguay, em https://youtu.be/gl29Ei7KE0c
 
Repertório:
1- Intro (Ignis Ardet)
2- Words are Dying
3- Evolve and Decay
4- Post Amazon World
5- Hidden
6- Breathe and Burn
7- Giant Maze
8- See Another Day
9- Hoax
10- Breathe and Burn (Alternate Version)
11- Refuse/Resist (Sepultura Tribute)
 
Ouça “Overcome” no Spotify em https://tinyurl.com/2rb6xau4
 
A formação atual do Seawalker, que traz o fundador Filipe Duarte ao lado de Léo Vieira (guitarra), Marcus Batista (guitarras e vocal) e Samuel Bernardo (bateria), vem se preparando para shows em promoção a “Overcome”. “Temos agendada a participação no tradicional festival Camping Rock, que vai ser realizado no feriado de Corpus Christi, de 30 de maio a 2 de junho de 2024, em Araçaí (MG)”, adiantou.
 
Redes Sociais:
Facebook: www.facebook.com/seawalkermetal
Instagram: www.instagram.com/seawalkermetal
Twitter: www.twitter.com/seawalkermetal
 
E-mail: seawalkermetal@gmail.com

Exciter: Trio celebra os 40 anos de ‘Heavy Metal Maniac’ em tour latino-americana em abril ao lado do Bat

Ícones do Metal oitentista, a banda canadense Exciter celebra os 40 anos de um de seus maiores clássicos; “Heavy Metal Maniac” (1983), o primeiro do trio. E junto do Exciter, estará a revelação do Speed Metal, Bat, banda norte-americana que conta com os guitarristas do Municipal Waste – outra banda consolidada no mundo todo – Ryan Waste (no Bat, ele é o vocalista e baixista) e Nick Poulos.

As produtoras Xaninho e Chamuco Productions apresentam as 3 datas do Brasil. Garanta já o seu ingressos nos links de cada show:

EXCITER + BAT Brasil Shows 2023

04.04 – Belo Horizonte/MG, Caverna Club

Ingressos: https://www.bilheto.com.br/comprar/1979/exciter

05.04 – Brasília/DF, Toinha

Ingressos: https://www.clubedoingresso.com/evento/exciter-brasilia

06.04 – São Paulo/SP, Jai Club

Ingressos: https://www.bilheto.com.br/comprar/1978/exciter  

O Exciter foi formado em 1980, em Ontario/Ottawa, no Canadá, e não demorou para se destacar na cena, graças ao seu Heavy Metal veloz e agressivo – por isso, o titulo de ‘Speed Metal’, uma ponte para o que viria a ser o Thrash Metal, poucos anos depois.

O trio também ficou bastante conhecido pela peculiaridade de ter o baterista Dan Beehler como vocalista principal. Completavam a formação, John Ricci (guitarra) e Allan Johnson (baixo e backing vocals).

Após idas e vindas de integrantes ao longo dos anos, o Exciter se reuniu com sua formação clássica em 2014. John Ricci resolveu abandonar a música em 2018, sendo substituído pelo prodígio Daniel Dekay.

A discografia do Exciter conta com onze álbuns de estúdio, mas os grandes destaques são os clássicos do inicio da carreira, como “Heavy Metal Maniac” (83), “Violence & Force” (84), “Long Live The Loud” (85) e “Unveiling the Wicked” (86) – discos dos quais constam os clássicos que compõem o setlist da turnê.

O Bat foi formado em Richmond, Virginia/EUA, em 2013, por Ryan Waste (baixo e vocal, Municipal Waste), Nick Poulos (guitarra, Muincipal Waste) e Felix Griffin (bateria, Blunt Force Trauma, ex-D.R.I.,ex-M.O.D.). Felix saiu em 2019 e foi substituído por Chris Charge.

A discografia do Bat conta com os excelentes “Wings of Chains” (full lenght de 2016) e “Axestasy” (EP de 2019).

Mais informações:

www.xaninhodiscos.com.br

“Bloody Blasphemy” do GOD DETHRONED ganha versão em formato slipcase no Brasil pela CIANETO DISCOS

O selo brasileiro CIANETO DISCOS lançou no mercado brasileiro uma versão especial do clássico “Bloody Blasphemy”, terceiro álbum de estúdio da banda holandesa de Death Metal GOD DETHRONED, lançado em 1999 pela gravadora Metal Blade Records. Disponível em CD com caixa acrílica + slipcase, este álbum é considerado como um dos trabalhos mais significativos e influentes da banda, consolidando sua posição no cenário do Metal extremo. “Bloody Blasphemy” mantém o estilo característico da banda, que é conhecido por suas composições agressivas e atmosfera sombria. A produção do álbum é robusta e contribui para a entrega impactante das músicas. Os elementos técnicos e a mixagem são bem executados, capturando a ferocidade e a intensidade da música do GOD DETHRONED.

“Bloody Blasphemy” foi gravado no estúdio Unholy Ground entre o outono e inverno de 1998 e lançado em 6 de abril do ano seguinte, ratificando a evolução do grupo, que trazia em suas fileiras Henri (vocal/guitarra), Jens (guitarra), Beef (baixo) e Roel (bateria). Como o título sugere, “Bloody Blasphemy” lida com temas blasfemos e obscuros. As letras exploram conceitos ligados à blasfêmia, anti-religião e outras temáticas. A abordagem lírica agressiva é complementada pela música intensa, criando uma atmosfera coesa ao longo do álbum. Algumas faixas marcantes do álbum são “The Execution Protocol”, “Firebreath” e a enigmática “Soul Capture 1562”, com seus longos 8 minutos de duração.

“Soul Capture 1562”, um dos destaques do álbum,descreve uma narrativa envolvendo um navio em meio a mares turbulentos, enfrentando desafios sobrenaturais. O capitão desafia Deus e um espírito maligno, resultando em uma maldição que condena o navio a vagar eternamente pelos mares. A referência ao ano “1562” sugere uma ambientação histórica, relacionada a eventos como o transporte de escravos, citados na letra. O narrador expressa desafio e desespero diante das forças sobrenaturais que amaldiçoaram sua jornada, buscando compreender o preço a ser pago por suas ações. O tema aborda elementos como desafio a poderes divinos, maldições, e a inevitabilidade de um destino amaldiçoado.

Para os aficionados em história e sua ligação com o cenário Heavy Metal, sabe-se que em outubro de 1562 o corsário John Hawkins realiza o primeiro de vários trajetos de comércio de escravos, atacando navios negreiros portugueses ao largo da costa oeste africana e transportando à força os africanos escravizados a bordo para colônias espanholas nas Américas, com o objetivo de vendê-los. Hawkins chega à ilha de Hispaniola, nas Índias Ocidentais Espanholas, onde vende ilegalmente os africanos escravizados para colonos locais, visto que sua presença viola as leis espanholas.

Confira o track list do álbum:

1. Serpent King

2. Nocturnal

3. The Execution Protocol

4. Boiling Blood

5. A View of Ages

6. Soul Capture 1562

7. Under the Golden Wings of Death

8. Firebreath

9. Bloody Blasphemy

Para adquirir o álbum, acesse:

www.cianetodiscos.com.br

Ouça o álbum via Spotify:

Assista ao vídeo clipe de “Under the Golden Wings of Death”:

Contatos:

Site: www.cianetodiscos.com.br

E-mail: info@cianetodiscos.com.br

Bandcamp: www.cianeto.bandcamp.com

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

The Troops of Doom revela título e novidades sobre o novo álbum

Mixagem e masterização do sucessor de “Antichrist Reborn” ficarão a cargo de Jim Morris no cultuado estúdio Morrisound

Crédito: Divulgação TTOD

Alex Kafer (vocal e baixo), Jairo “Tormentor” Guedz (guitarra), Marcelo Vasco (guitarra) e Alexandre Oliveira (bateria) iniciarão as gravações do segundo álbum completo do The Troops of Doom em janeiro no estúdio Audio Porto, em Porto Alegre (RS). “A Mass To The Grotesque”, título escolhido para o sucessor do debut, “Antichrist Reborn” (2022), tem previsão de lançamento para o primeiro semestre de 2024 através do selo português Alma Mater Records, que tem como sócio Fernando Ribeiro, vocalista do Moonspell.

O produtor escolhido, André Moraes, é músico, autor de trilhas sonoras para cinema, teatro e televisão, além de diretor de filmes e videoclipes. Ele já foi indicado a um Grammy Latino e um MTV Video Music Brasil. Trabalhou como produtor do álbum “Dante XXI”, do Sepultura, além de ter sido responsável pela trilha sonora do filme “Lisbela e o Prisioneiro”. “Toda essa parte de produção e captura do álbum será feita no Brasil, enquanto a mixagem e masterização ficará a cargo do grande Jim Morris, no lendário estúdio Morrisound, na Flórida”, revelou Jairo Guedz. “Tudo para esse álbum foi escolhido de forma meticulosa. O que poderia ser mais animal do que ter o disco mixado no estúdio onde os maiores clássicos do death metal dos anos 80 e 90 foram mixados? Nossa ideia foi levar a produção desse disco a outro patamar”, acrescentou Marcelo Vasco.

Alex Kafer vai na mesma linha e enaltece a escolha: “Ter o nosso álbum mixado e masterizado nesse patrimônio do Death Metal da velha guarda, de onde saiu discos como ‘Leprosy’ (Death), ‘Altars of Madness’ (Morbid Angel), ‘Deicide’ (Deicide) e ‘Arise’ (Sepultura), apenas para mencionar alguns, é fantástico.”

Já Alexandre Oliveira enfatiza o fato desta ser a primeira vez que todos gravarão juntos. “Estaremos no estúdio, produzindo e gravando juntos de verdade, já que os nossos trabalhos anteriores foram feitos remotamente. Isso vai trazer uma riqueza ainda maior para a nossa música. O estúdio Áudio Porto é considerado um dos melhores do Brasil e teremos ainda o talento de André Moraes nos assessorando. Vai ser sensacional.”

Confira o segundo video report sobre a pré-produção em https://www.youtube.com/watch?v=_3E1vzcoTuY

Além disso, a banda será uma das atrações do festival Summer Breeze Open Air Brasil, que ocorre em abril de 2024. Em agosto será a estreia nos palcos europeus, já sendo anunciado como parte do cast do festival Milagre Metaleiro 2024, que acontece em Pindelo dos Milagres, em Portugal. Em breve novas datas da turnê europeia serão anunciadas.

Sites relacionados:
www.thetroopsofdoom.com
https://www.almamaterrecords.com
www.facebook.com/thetroopsofdoom
www.instagram.com/thetroopsofdoom

Confira os produtos do merch em https://www.thetroopsofdoom.com/loja

Contato: info@thetroopsofdoom.com

Kauan Calazans fala de esperança e positividade em ‘Mentalize (Vem Coisa Boa)’

Com uma sonoridade expansiva, single tem forte base de violão que dialoga com folk rock e levadas pop

Foto: Fernando “Flash” Deslandes

O músico carioca Kauan Calazans, com 15 anos de estrada, compartilha boas energias e força de vontade por meio da arte com a nova música da sua carreira solo, a radiante ‘Mentalize (Vem Coisa Boa). O single, gravado no renomado estúdio Toca do Bandido (RJ), chega nas plataformas digitais pelo selo Toca Discos.

‘Mentalize (Vem Coisa Boa)’ nas plataformas de streaming, ouça aqui: https://links.altafonte.com/KauanCalazans_Mentalize.

Mentalize é uma música que acalma a alma. Com energia solar e leveza nas melodias, é uma música que, acima de tudo, acredita na felicidade da existência. Fala da importância de vivermos o agora, de acordar e desbravar o mundo – como um mantra, mentaliza que vem coisa boa!

A sonoridade expansiva de ‘Mentalize (Vem Coisa Boa)’ tem uma forte base de violão que dialoga com folk rock e levadas pop, além de um frescor de brasilidade que completa a aura da canção.

A mensagem diz muito sobre a essência Calazans. Funciona, ainda, como um abraço de esperança àqueles que experimentaram momentos de dor. Com ‘Mentalize (Vem Coisa Boa)’, Calazans busca inspiração para seguir em frente; motivação em si mesmo a achar o equilíbrio entre o corpo e a mente.

A produção de ‘Mentalize (Vem Coisa Boa)’ é assinada por Felipe Rodarte, com direção artística de Constança Scofield.

O artista
Kauan Calazans, músico carioca com mais de 15 anos de estrada, é ex-vocalista da banda Linear (com Ruxell) e Folks, esta última que participou de grandes festivais, como Rock in Rio, SXSW (o que rendeu uma tour nos EUA) e Festival Suiça Bahiana, além de dividir palco com grandes artistas como The Kooks, Marky Ramone, Iggy Pop, The Cult, O Rappa, Frejat entre outros.

Kaun agora está em processo de lançar o primeiro álbum solo. O primeiro single desta fase é ‘Libélula’, que agora ganha companhia de ‘Mentalize (Vem Coisa Boa)’.

Kaun Calazans nas redes
https://www.instagram.com/kauancalazans

SUMMER BREEZE BRASIL TRAZ MELHORIAS PARA SUA SEGUNDA EDIÇÃO EM 2024

Com organização já bastante elogiada em sua primeira edição, realizada em 2023, o tradicional festival de rock se estabelece de vez em solo brasileiro e promete trazer ainda mais conforto, segurança e experiências em 2024

A segunda edição do Summer Breeze Open Air do Brasil, que acontecerá nos dias 26, 27 e 28 de abril de 2024 no Memorial da América Latina (SP), promete proporcionar uma experiência ainda melhor aos espectadores. Como já anunciado, o evento contará com três dias de festival e uma grade maior de atrações, com um aumento significativo de 45% de nomes confirmados quando comparado com a edição que ocorreu em 2023.

O concurso New Blood ganhou um upgrade e contemplará bandas de toda a América Latina. Em 2023, o New Blood foi disputado apenas por bandas nacionais e teve como campeã a mineira Electric Gypsy. O material enviado pelos artistas será analisado por uma curadoria selecionada pelo festival e a banda vitoriosa poderá tocar no palco do Summer Breeze Open Air do Brasil.

Uma das grandes ações do Summer Breeze Brasil é a parceria com o GRAACC, elaborada em 2022 para a primeira edição e que está mantida para a segunda edição, com o intuito de arrecadar fundos para a instituição através da venda de ingressos solidários. O festival fez uma visita à sede para entregar as doações arrecadadas e pôde ver de perto todo o trabalho incrível que é feito lá.

Até o dia 31 de dezembro, os ingressos solidários para o Summer Breeze Brasil 2024 estão disponíveis de forma online pelo clube do ingresso e na versão física na loja Consulado do Rock, na Galeria do Rock em São Paulo. A cada ingresso solidário vendido, R$20,00 (vinte reais) são doados ao GRAACC para auxiliar no tratamento de crianças e adolescentes.

Outra modalidade de ingressos solidários, válidos até a data do evento, é o que promove a doação de alimentos, que devem ser levados nas datas da realização do festival e entregues no momento da entrada. Para 2024, a organização espera arrecadar cerca de 40 toneladas. “Esta é uma maneira que encontramos de deixar o ingresso menos oneroso para quem não tem o benefício da meia-entrada de estudante ao mesmo tempo que ajudamos pessoas em situação de vulnerabilidade“, comenta Claudio Vicentin – CEO do Summer Breeze Brasil.

Outras iniciativas que deram certo em 2023 seguem implementadas na edição de 2024 e serão aperfeiçoadas. Entre elas, a implantação de bebedouros de água gratuitos e a realização do podcast sobre o evento com mais informações para os mais ansiosos. Ativações como lojinhas com merchandising das bandas, tendas de autógrafos com parte dos artistas, feira de tatuagem, feira do terror, além de uma grande praça de alimentação com comidas e bebidas variadas também farão parte do contexto geral da experiência trazida pelo Summer Breeze Open Air do Brasil.

Tudo isso trabalhará em conjunto com melhorias na implantação da estrutura do festival. “Nós percebemos na prática a necessidade de melhorarmos alguns pontos arquitetônicos do festival para 2024. Por isso, estamos redesenhando alguns aspectos do projeto com a finalidade de melhorarmos a circulação do público, principalmente, os com mobilidade reduzida. Além disso, mexemos na distribuição dos banheiros e na engenharia de som. Nosso intuito é aperfeiçoar detalhes a cada ano para trazer sempre uma experiência ainda melhor que a do ano anterior“, completa Vicentin.

Recentemente, o festival anunciou seu line-up completo e trará como headliners bandas consagradas no cenário do rock como WITHIN TEMPTATIONHAMMERFALLANTHRAXKILLSWITCH ENGAGESEBASTIAN BACHMR. BIGEPICA e um dos grandes nomes do heavy metal mundial: o MERCYFUL FATE.

Liderado pelo vocalista King Diamond, o Mercyful Fate é um dos grupos mais cultuados no mundo todo e é também referência para o surgimento de diversos outros subgêneros dentro da cena do heavy metal, como o black metal, por exemplo. O som distinto praticado pela banda vem com vocais versáteis, incluindo agudos e falsetes, guitarras bem trabalhadas e uma temática voltada ao ocultismo, satanismo e histórias de horror. O título de seu primeiro álbum, “Melissa”, era o apelido do crânio que o vocalista usava como parte do cenário e de suas performances. A formação atual traz King Diamond, Hank Shermann e Mike Wead (guitarras) e Matt Thompson (bateria, substituindo Bjarne T. Holm), além de Pontus Egberg (baixo) no lugar do saudoso Timi Hansen – a baixista Becky Baldwin (Fury) e Joey Vera (baixo, Armored Saint) também chegaram a substituir Hansen.

O festival ainda terá uma das bandas mais requisitadas pelo público – a holandesa de metal sinfônico EPICA, que recentemente lançou um álbum ao vivo intitulado ‘Live At The AFAS Live” gravado em Amsterdã (HOL). Além deles e das outras bandas previamente anunciadas também estarão presentes DARK TRANQUILLITYCULTURA TRES e o icônico vocalista DINO JELUSIĆ, membro permanente do TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA desde 2016.

Os ingressos estão disponíveis de forma online, através do Clube do Ingresso. Confira os valores:

·      Summer Card Social: por dia (mediante doação de 1kg de alimento não perecível): R$650,00 

·      Ingresso para todos os dias (Pass): R$1.650 / R$3.300 (inteira)

·      Summer Lounge Pass (todos os dias necessário ingresso de acesso ao evento): R$2.100

Opções individuais por dia consultar no site do Clube do Ingresso.

RITUALIST lança vídeo com surpreendente versão para “Caught Somewhere in Time” do IRON MAIDEN

Créditos da foto: Leonardo Gomes (@leogomesfotografia)

Ao mesmo tempo em que divulga seu primeiro álbum, intitulado Tales of Life and Death”, a banda gaúcha RITUALIST lança um vídeo com uma surpreendente versão para a clássica “Caught Somewhere in Time”, do IRON MAIDEN. O cover foi gravado ao vivo no estúdio LST Records, do produtor Lucas Santorum, que ficou responsável pela mixagem do áudio e edição do vídeo. A formação contou com a participação especial do baterista Guilherme Oliva, dos baluartes do Metal gaúcho SPARTACUS. Além de Oliva, participou o guitarrista Jonathan Motta, um amigo próximo da banda e que colaborou na composição da música “Darkness”, contida no debut. Além disso, o guitarrista está colaborando ainda mais ativamente com a banda nas composições do próximo trabalho. No baixo, participou Dermival Estlin Jr. (ex-Stomia), que a partir de agora assume oficialmente o posto de novo baixista do RITUALIST. O line-up é fechado com Rogério Reis na guitarra e Ricardo Janke no vocal.

Assista ao vídeo:

Segundo o vocalista, o intuito deste vídeo foi de manter a banda na ativa enquanto selecionam um novo baterista: “Escolhemos este clássico do Maiden tanto pela paixão que temos pelo “Somewhere in Time”, quanto pela sua técnica absurda, onde todos os músicos se destacam. Através do vídeo queremos seguir nossa busca por um novo baterista, que esteja disposto a tocar Metal tradicional e composições próprias. Quem tiver interesse na vaga, basta entrar em contato!”.

Sobre “Caught Somewhere in Time”, trata-se da faixa de abertura do sexto álbum de estúdio do IRON MAIDEN, intitulado “Somewhere in Time”, lançado em 1986. A música foi escrita pelo baixista e principal compositor da banda, Steve Harris. O álbum “Somewhere in Time” foi o primeiro do Maiden a apresentar elementos de sintetizadores e teclados, adicionando uma dimensão diferente ao som tradicional da banda. A letra da música aborda temas de viagem no tempo e explora a ideia de estar preso em algum lugar entre o passado e o presente. A música começa com uma introdução de teclado sintetizado antes de se transformar em riffs de guitarra intensos, características marcantes da banda. A habilidade vocal de Bruce Dickinson é evidente ao longo da faixa, enquanto a instrumentação complexa destaca a técnica excepcional dos membros da banda.

Assista ao lyric vídeo de “Temple of Madness”:

Ouça o álbum “Tales of Life and Death” no Spotify:

Contatos:

Facebook: https://www.facebook.com/ritualistband

Instagram: https://www.instagram.com/ritualist.oficial

YouTube: https://www.youtube.com/@ritualist1024

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Boom Boom Kid faz dois shows em janeiro de 2024 no Sesc Paulista

Shows da banda argentina acontecem dias 18 e 19/01; ingressos começam a ser vendidos em 9/01/2024

A icônica banda argentina de punk Boom Boom Kid, com mais de 20 anos de carreira e conhecida por um dos shows mais incendiários e divertidos do cenário latino-americano, retorna a São Paulo em janeiro de 2024 para dois shows exclusivos no Sesc Paulista, nos dia 18 e 19/01, ambos às 19h. A realização é da Powerline Music & Books.

Boom Boom Kid é o nome artístico do argentino Carlos Rodríguez, também conhecido como Nekro. O carismático BBK é um ícone do punk rock no país vizinho – uma figura buena onda também muito respeitado e admirado pelo público brasileiro desde os tempos de sua primeira banda, a Fun People.

A banda ganhou holofotes, público e elogios na mídia sul-americana pela sua sonoridade única, rápida e divertida: são músicas que misturam uma grande variedade de estilos que vão do hardcore bruto às baladas, do punk ao pop e até boleros, cantadas ora em inglês, ora espanhol.

As letras trazem temas como vegetarianismo, igualdade de gênero, ação não-violenta, celebração da alegria infantil, ética DIY, canções de amor nostálgicos etc.

Um dos discos mais icônicos do BBK é Okey Dokey, de 2001, que foi alvo de concorridos shows especiais da banda no Brasil, em meados de 2022, e também com realização da Powerline Music & Books.

É um registro com 22 músicas que carregam um peculiar senso de humor com tamanha sinceridade, recheadas de distorções e com a urgência sonora do punk rock/hardcore.

Em uma recente entrevista ao jornal argentino La Nación, BBK falou sobre a importância de Okey Dokey à sua trajetória artística e ao rock sul-americano.

“Foi um novo começo, um ‘vamos lá’, após o fim de um ciclo. E ao mesmo tempo foi uma continuação dessa bela loucura em que vivo, de colocar cor onde não há. Okey Dokey significava ‘deixe-o saber que está tudo bem’, para mim: Okey Dokey, seja você, simplesmente isso”.

Serviços

Boom Boom Kid dia 18/01 no Sesc Paulista

Data: 18 de janeiro de 2024
Horário: 19h
Local: Sesc Paulista
Endereço: Av. Paulista, 119 – Bela Vista, São Paulo – SP
Classificação etária: 16 anos

Boom Boom Kid dia 19/01 no Sesc Paulista

Data: 19 de janeiro de 2024
Horário: 19h
Local: Sesc Paulista
Endereço: Av. Paulista, 119 – Bela Vista, São Paulo – SP
Classificação etária: 16 anos

Machine Gunner: conheça a nova faixa da banda, Runaway

Crédito: Raphael Mastandréa – @rapha.mast / @mastandrea.bands

Unindo elementos da New Wave of Traditional Heavy Metal (NWOTHM), Hard Rock e A.O.R (Adult Oriented Rock), o Machine Gunner aposta em uma sonoridade conhecida e bastante celebrada por muitos Headbangers pelo mundo afora.

Formada em 2023, a banda tem em seu guitarrista (que também é integrante do Blazing Fire) Arthur Barghini e em seu baixista e vocalista Kevin Tricanico (com respectivas sedes em Roma e Dublin) sua base fundamental para o som único que resgata a essência famosa dos anos 80.

“Runaway” celebra a junção dos elementos citados acima, soando como uma grande homenagem aos anos dourados do Heavy Metal, cativante e enérgica, e claro, transmitindo uma mensagem atemporal de inspiração e determinação. 

A letra escrita por Arthur Barghini, guitarrista da banda, onde desenvolveu melodia e letra, produção feita por Arthur Barghini e Kevin Tricanico, mixagem e masterização por Kevin Tricanico é um chamado para lutar pelos sonhos e objetivos, ressoando com a ideia de perseverança em face dos desafios.

Links:

YouTube:

https://www.youtube.com/@MachineGunnerofficial

Instagram:

https://www.instagram.com/machinegunnerofficial/

Links dos membros da banda

@arthur.barghini – Guitarra

@_jb_guitar – guitarra

@kevintricanico – vocal/ baixo

@x_metalheaven_x – bateria

Edu Falaschi presenteia fãs no Natal com novo videoclipe de “Sacrifice”, gravado no Ópera de Arame, em Curitiba

Novo single de “Eldorado” ganha vídeo inédito que mostra parte da nova cenografia do novo álbum

O vocalista Edu Falaschi acaba de lançar novo videoclipe de “Sacrifice”, faixa que representa a temática do disco “Eldorado” através da direção de Daniel Mazza. A gravação para o videoclipe conta com cenas do show que aconteceu em Curitiba/PR, no dia 10 de Novembro de 2023, no tradicional Teatro Ópera de Arame.

Com cenas da estrutura do Teatro Ópera de Arame, banda e dos fãs, o videoclipe transmite a energia do que é o show de Edu Falaschi e mostra um pouco do novo palco do vocalista. “Sacrifice” foi composta e produzida por Edu Falaschi e Roberto Barros, co-produzida por Paulo Albino, mixado e masterizado por Dennis Ward na Alemanha

Assista ao videoclipe de “Sacrifice”: https://youtu.be/Ae93zACOASY?si=bQ5-KntcEula2QHc

Edu Falaschi comenta com entusiasmo o lançamento de “Sacrifice”:

“Essa foi uma nova proposta de clipe onde, saímos da idéia de estórias com atores, personagens, etc, para focar no resultado final de quando se lança um disco, que é o show em si, ao vivo, ao lado dos fãs, é ai que se tem a real dimensão do que foi feito, eu queria muito captar isso, a emoção e participação dos fãs e ter esse registro eternizado num video clipe”

Durante participação no Flow Podcast, o vocalista Edu Falaschi anunciou a participação especial de Roy Khan, cantor da banda Conception e ex-vocalista do Kamelot em evento de lançamento de “Eldorado” no Tokio Marine Hall, em São Paulo, no próximo dia 27 de janeiro de 2024.

Roy Khan, que tem visita confirmada no Brasil, no dia 8 de março com a sua banda Conception, é um cantor de poucas participações especiais, mas que topou vir ao show de Edu Falaschi pela qualidade do trabalho apresentado pelo cantor brasileiro. Outros convidados especiais confirmados são o violonista Fábio Lima, conhecido nacionalmente por sua técnica e musicalidade ímpar e de José Andrëa, a voz lendária da maior banda de metal em espanhol, Mägo de Oz, que participa no álbum “Eldorado” na música “Señores Del Mar (Wield the Sword)” e em Q’equ’m.

A banda de Edu Falaschi para o show de São Paulo será formada por Roberto Barros (guitarra), Diogo Mafra (guitarra), Raphael Dafras (baixo), Aquiles Priester (bateria) e Fábio Laguna (teclado). Misturando elementos históricos, ficção e mixagem cinematográfica, “Eldorado” viaja no tempo e traz músicas com influências latinas, flamenco, músicas latinas e astecas com instrumentos inusitados. Com o vocalista Edu Falaschi no comando, os músicos mostram porque são considerados exímios musicistas, ao mesmo tempo, que carregam uma sensibilidade musical acima da média e melodias que cativam de primeira.

SERVIÇO:
Data: 27/01/2024
Local: TOKIO MARINE HALL
Endereço: Rua Bragança Paulista, 1281 – Vila Cruzeiro – São Paulo/SP
Horário: 22h
Abertura dos portões: 20h
Ingressos: https://www.eventim.com.br/artist/edu-falaschi/
Classificação etária: 16 anos – Menores de 16 anos somente acompanhados dos pais ou responsável legal.
A Eventim não se responsabiliza por compras efetuadas em canais não oficiais.

SOBRE ELDORADO

Edu Falaschi lançou seu mais recente álbum intitulado “Eldorado”, uma parte essencial de uma trilogia conceitual que cativa os ouvintes com 11 faixas inéditas e uma emocionante faixa bônus em espanhol. Além disso, o álbum conta com participações especiais de artistas notáveis como José Andrëa, a lendária voz por trás da banda espanhola Mago De Oz, Sara Curruchich, uma cantora indígena Maia, e Fábio Lima, um dos renomados violonistas do mundo.

Ouça “Eldorado”: https://onerpm.link/eldorado
Assista “Tenochtitlán”: https://youtu.be/JVnGajp62O8
Ouça “Tenochtitlán”: https://onerpm.link/Tenochtitlan

A trilogia, da qual “Eldorado” é a segunda parte, mergulha os ouvintes em uma saga envolvente centrada no personagem Jorge, protagonista da história anterior “Vera Cruz”. Este álbum também marca o segundo lançamento da carreira solo de Edu Falaschi, trazendo uma nova dimensão à sua expressão artística.

Se em “Vera Cruz”, a adaptação da história ambientada entre Brasil e Portugal no período de invasão e colonização do nosso país é narrada no romance, assinado por Fábio Caldeira, em “Eldorado”, nosso personagem viaja para o período asteca, onde o imperador Montezuma, um dos grandes imperadores, dominava os territórios latinos. É com esse conceito que o ouvinte viaja no tempo e aquece os corações com músicas que cativam desde o início.

“Eldorado” não é apenas um álbum musical; é uma jornada pela rica tapeçaria da música latina ao longo das eras. A história se desenrola desde os tempos pré-coloniais até a modernidade, explorando as várias vertentes e influências que moldaram essa cultura milenar. Com músicas em espanhol e línguas nativas, o álbum apresenta ritmos, harmonias e melodias que capturam a essência dessa riqueza cultural e artística.

As participações especiais adicionam profundidade e autenticidade à experiência musical. José Andrëa, uma voz icônica da banda Mago De Oz, traz sua energia única para o álbum. Sara Curruchich, cantora indígena Maia, compartilha sua voz cativante, mergulhando o álbum nas tradições ancestrais. E Fábio Lima, renomado violonista, contribui com sua maestria instrumental, enriquecendo as faixas com sua musicalidade única.

Outras informações:
http://www.edufalaschi.com.br

Siriusfall expande obra conceitual com videoclipe de “Sacrifice”

Revelação do cenário nacional vem obtendo grande repercussão com o álbum de estreia e encerra o ano disponibilizando vídeo inédito

Foto: Mateus Cantaleano

A banda Siriusfall segue colhendo os frutos do lançamento do álbum de estreia, o conceitual Origin. Além da grande receptividade da imprensa e dos fãs, a banda foi a grande vencedora do VII FestBandas CWB, concurso de grupos autorais de Curitiba que contou com mais de 300 inscritos.

Além desse prêmio, que mais uma vez comprova a força do trabalho da Siriusfall, outra novidade da banda aos fãs é o lançamento do videoclipe “Sacrifice”, faixa do novo disco.

Assista o videoclipe “Sacrifice”: https://www.youtube.com/watch?v=hrsq6gtBfJw

A música aborda os sacrifícios que precisamos fazer diariamente, sejam eles de relacionamento, tempo ou dinheiro, levando o ouvinte a pensar se a jornada por seus próprios objetivos é persistência ou teimosia. O desfecho dessa análise fica a cargo do ouvinte. Dessa forma, o grupo segue ampliando sua base de fãs e entra em 2024 com muitos planos e determinação.

A Siriusfall tomou forma em 2021, em Curitiba, com o renomado vocalista Matheus Ribeiro, e atualmente também conta com Willian Progolli e Edd Frank (guitarras), Gabriel Schneider (baixo) e Carlos Groove (bateria). Com um ritmo incessante de trabalho, o grupo almeja alcançar novos territórios, com uma sonoridade que mescla o peso e complexidade, oriundos do Heavy Metal, aliados a refrões e melodias cativantes do Hard Rock.

Ouça Origin: https://open.spotify.com/intl-pt/album/76JhT6NOat2ujSIe3lpGjX

As influências da Siriusfall vão desde bandas clássicas dos anos 1980, como Europe, Gotthard, Whitesnake e Helloween, até nomes mais recentes como Dynazty, Eclipse, Myrath e H.E.A.T. Apesar de recentemente formada, a Siriusfall possui na bagagem diversos singles lançados, videoclipe e lyric vídeo em seu canal oficial do YouTube, que somam mais de 15 mil views em todas as plataformas de streaming. Fique por dentro das novidades em @siriusfall_official.

TOXIC CARNAGE lança single e lyric vídeo de “Pyramid of Death”, que aborda o ódio e a cegueira da humanidade

Créditos da foto: Chris Justtino

Os thrashers do TOXIC CARNAGE chegam ao final de 2023 com o aguardado single e lyric vídeo de “Pyramid of Death”, que antecipa o lançamento de seu novo álbum, previsto para o primeiro semestre do ano que vem. Formada em 2008 em Mairinque, São Paulo, a banda tem uma trajetória marcada por destruição musical e uma presença consolidada na cena do Thrash Metal brasileiro. Em 2010, lançaram o EP “Storm of Hate”, contendo nove faixas, incluindo um cover do Kreator. Colaboraram com outras bandas, lançando splits como “Cursed Carnage” em 2013 e “Beer Drinkers and Hellraisers” em 2015.

Em 2016, lançaram a coletânea “Total Carnage”, reunindo o melhor de sua obra até então. Em 2017, deram passos significativos com o single “Violence and Beer” e o split “Preachers of the Fallen Fate” em parceria com a banda grega Rapture. Discutiram mudanças, incluindo logotipo e transição para o Black/Thrash, retornando às raízes de bandas como Toxic Holocaust. Em 2019, lançaram seu primeiro álbum completo, “Doomed From The Beginning”. Durante a pandemia de 2020, divulgaram o single “Nuclear Addiction”, indicando uma evolução sonora. Atualmente, a banda está trabalhando no lançamento de seu segundo álbum, consolidando sua presença na cena thrasher.

Lançado em novembro, “Pyramid of Death” traz Robson Dionisio (baixo/vocal), Roberlei Cristiano (guitarra) e Bruno Campos (bateria) usando e abusando de sua experiência no Thrash Metal, com destaque para a letra da música, que aborda a temática da ganância e do ódio que têm cegado a humanidade ao longo dos tempos. A música fala da manipulação mental ao longo de muitos anos, resultando em uma sociedade segregada. Apresenta a ideia de harmonia como uma utopia simples, permitindo que a humanidade tolere suas próprias correntes, sem perceber que está cega para sobreviver, apenas para terminar a vida em dor. De acordo com Robson Dionisio“A metáfora de uma pirâmide interminável de morte é usada para descrever a sociedade, onde o lixo daqueles no topo alimenta os que estão abaixo, transformando o mundo em um monte de resíduos. O progresso é comparado a ventos envenenados, pintando o mundo em tons de cinza”.

A arte da capa, condizente com o trabalho, traduz perfeitamente a mensagem da letra, que alerta para a falsa noção de recursos infinitos, enquanto uma minoria (1%) constrói barricadas para se proteger. A visão, sob o ponto de vista da banda, é descrita como trágica, um retrato do fracasso humano, mostrando a imagem da desigualdade e da decadência. A letra destaca a exploração, venda e mentiras que permeiam a vida, resultando em uma existência frustrada e a sensação de ser explorado até o fim, enquanto as engrenagens giram e matam a cada respiração.

Assista ao lyric vídeo:

Ouça a música no Bandcamp:

https://toxiccarnage.bandcamp.com/track/pyramid-of-death

Ouça a música no Deezer:

https://www.deezer.com/en/album/507225961

Ouça a música no Spotify:

Contatos:

YouTube: https://www.youtube.com/user/robzotoxic

Facebook: https://www.facebook.com/toxiccarnagethrash  

Instagram: https://www.instagram.com/toxic_carnage_thrash

Bandcamp: https://toxiccarnage.bandcamp.com

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Ouça agora “From Deeply In Hell”, novo single do Infernal Course

“From Deeply In Hell” é sucessor dos dois clássicos álbuns do grupo, o debute “The Devil’s Sentence of Destruction” e o super elogiado “Impaled Society”

Crédito Foto: Lincon Fermiano

Formado na cidade de São Roque, interior de São Paulo, em 2001, o Infernal Course é uma das bandas mais respeitadas e admiradas pelas fãs de metal extremo no Brasil.
Isso porque, além da comprovada qualidade técnica e criativa, o grupo sempre manteve-se fiel à estética original do death metal old school, dando sequência ao legado iniciado pelos grandes pioneiros do estilo como Possessed, Morbid Angel, Deicide, Sodom e Death.

Desde sua primeira demo autointitulada, que foi considerada pela renomada revista Valhalla como a “Melhor Demo Tape de 2003”, o Infernal Course vem construindo uma base fiel de fãs e seguidores. Tanto é que o debute “The Devil’s Sentence of Destruction” foi um dos lançamentos mais aguardados do estilo em 2009. Quando o sucessor “Impaled Society” foi lançado em 2016, o Infernal Course já era um nome relevante da cena nacional do metal e o álbum foi super elogiado pela imprensa especializada. “Fallen Gods” e “Marching In Hell”, que estão o tracklist, tornaram-se clássicos do death metal brasileiro de todos os tempos.

Passado consolidado, eis que um novo curso infernal está para ser trilhado com “From Deeply In Hell”, novo single que o Infernal Course acaba de lançar.
De acordo com o baixista e vocalista Marcel Infernal, “From Deeply In Hell” é um testemunho da evolução técnica e criativa da banda.
“From Deeply In Hell traz toda agressividade e peso da velha escola do death metal. É uma composição avassaladora, com muita energia, que personifica essa nova formação do Infernal Course.”

A capa de “From Deeply In Hell” foi elaborada pelo próprio Marcel Infernal e pelo guitarrista Paulo Serafim. Paulo comentou sobre a ideia conceitual da capa que reflete a letra da música.
“Usamos a figura de uma criança para ilustrar a inocência da humanidade em crer em algumas instituições que muitas vezes tornam a vida das pessoas um verdadeiro inferno. Não queremos destruir as instituições, mas sim que o ser humano acorde e pense por si mesmo ao invés de seguir cegamente algum líder.”

Para ouvir “From Deeply In Hell” nas plataformas digitais, acesse:
Spotify: https://spoti.fi/3RuyXN1
Deezer: https://bit.ly/3NB6WSW

Apple Music: https://bit.ly/4aphIWb
Youtube: https://bit.ly/48lGGnu

Assista também o vídeo de uma performance ao vivo em estúdio de “From Deeply In Hell”: https://www.youtube.com/watch?v=LgKwDJNQGQw

“From Deeply in Hell” é o primeiro de uma trilogia de singles. Os próximos lançamentos, “Feast from the Devil” e “The Evil Is By Your Side”, farão parte do próximo álbum da banda, ainda sem título definido, programado para ser lançado em julho de 2024.

Mais Informações:
www.instagram.com/infernalcourse
www.facebook.com/InfernalCourse
www.youtube.com/infernalcourse666 

Mentoria de Leandro Caçoilo & Cintia Oliveira: Transformando sonhos de viver com a música em realidade

Vocalista une forças com especialista em desenvolvimento humano para lançar uma mentoria revolucionária no universo da música

Foto: Aline Cristo

Leandro Caçoilo, renomado vocalista das bandas Viper e Caravellus, com mais de 20 anos de experiência, e sua esposa, Cintia Oliveira, especialista em desenvolvimento humano com pós-graduação em neurociências e comportamento, estão unindo seus conhecimentos para lançar o Projeto Mentoria de Leandro & Cintia: Quero Viver de Música, E Agora?”.

O projeto surge como uma resposta à crescente demanda por orientação e apoio no cenário musical, especialmente para aqueles que desejam empreender nesse universo desafiador. Com um método próprio, Leandro e Cintia prometem oferecer uma combinação única de conhecimentos em técnica vocal, música, negócios e autoconhecimento.

A mentoria consistirá em 10 encontros virtuais, cada um com uma abordagem específica para abranger diferentes aspectos da jornada musical e empreendedora. O projeto inclui um encontro de abertura e boas-vindas com Leandro e Cintia, quatro encontros com Leandro, quatro com Cintia e um encontro de encerramento conjunto como bônus especial.

Sobre a mentoria, Leandro Caçoilo conta de onde surgiu a ideia de passar seus conhecimentos para frente“Estou no mercado há mais de 20 anos, não é novidade o quanto eu amo o que faço, não somente cantar, como também ensinar. Conhecimento existe para ser compartilhado, conduzir outras pessoas na realização de um sonho é um grande motivador para mim, eu não tive apoio ou incentivo quando iniciei, tampouco alguém mais experiente que pudesse me guiar, instruir, tive meus mestres, sim, mas não neste formato que pretendo entregar na nossa mentoria. Sei que a minha experiência e amor pela música podem fazer a diferença na vida de outros profissionais que buscam esse caminho. Além disso, frequentemente me perguntam: O que você fez para conseguir viver de música no Brasil? Qual sua estratégia? E por aí vai. A ideia de con vidar a minha esposa para fazer parte do projeto deve-se ao fato de ela trazer uma competência muito específica e eficaz quando se fala em comportamento humano, ou seja, desenvolver habilidades emocionais, fortalecer a autoestima, trabalhar crenças limitantes, etc., e isso acaba sendo um dos diferenciais do projeto.”

Cintia Oliveira, especialista em desenvolvimento humano, conta como pode agregar na carreira de uma pessoa que queira viver de música“Ao longo destes pouco mais de 8 anos ao lado do Leandro pude constatar que o meio artístico, ou, mais especificamente, o mundo da música, possui algumas peculiaridades. Além de ser muito disputado e pouco valorizado, é desafiador, exige uma dedicação extrema além de uma habilidade, eu diria, acima da média, para lidar bem com as frustrações. Não basta ter talento e estudar, desenvolver suas habilidades musicais, é preciso muita maturidade emocional, capacidade de reconhecer e gerenciar as próprias emoções, desta forma, usá-las em benefício próprio. Pessoas com baixa inteligência emocional, por mais talentosas que sejam, enfrentarão grandes dificuldades para desenvolver boas rela&c cedil;ões interpessoais, tomar decisões assertivas, fundamentais no meio, afetando, inclusive, a sua saúde mental. É preciso muito autoconhecimento, regulação emocional, para criar boas conexões humanas, fator crucial para quem deseja construir uma carreira no meio artístico, sobretudo atualmente, onde a oferta de grandes músicos é cada vez maior. O diferencial? Equilíbrio emocional. É aí que eu entro.”

Principais Elementos do Projeto:

Experiência Combinada: Leandro Caçoilo e Cintia Oliveira trazem mais de duas décadas de experiência combinada para orientar os participantes em suas jornadas musicais e empreendedoras.

Conteúdo Abrangente: Os 10 encontros virtuais abordarão temas como técnica vocal, negócios na indústria musical, desenvolvimento pessoal e muito mais, oferecendo uma visão completa para os participantes.

Participações Especiais: O projeto contará com participações especiais de profissionais renomados no cenário musical, proporcionando insights valiosos e oportunidades únicas de aprendizado.

Perfil Comportamental Personalizado: Cada participante receberá um relatório completo e personalizado com seu perfil comportamental, fornecendo uma compreensão aprofundada de suas habilidades e áreas de desenvolvimento.

Leandro e Cintia estão entusiasmados em lançar este projeto inovador e estão confiantes de que ele será um divisor de águas para aqueles que sonham em viver de música. As inscrições estão abertas, e os interessados podem obter mais informações no contato@eucintiaoliveira.com.br ou WhatsApp (11) 94108-4474. Os 5 primeiros inscritos terão uma condição especial de lançamento e os alunos de São Paulo terão a oportunidade de uma sessão presencial com o Leandro em seu estúdio. As vagas são limitadas!

Sobre Leandro Caçoilo:
Nascido em 31 de maio de 1980, em São Paulo, Leandro deu seus primeiros passos no mundo da música aos 15 anos, ao integrar a banda Orion, formada por amigos. Seu talento vocal brilhou desde o início, interpretando covers de bandas renomadas como Manowar, Iron Maiden, Led Zeppelin e Deep Purple. Com uma trajetória musical que se estende por mais de duas décadas, Caçoilo traz consigo um currículo repleto de colaborações notáveis, tendo deixado sua marca em bandas como Eterna, Soulspell, Seventh Seal, Viper, Caravellus e Endust, além de recentemente ter integrado a banda de Dennis Stratton, primeiro guitarrista do Iron Maiden, em turnê pelo Brasil. Além de sua destacada carreira como intérprete, Caçoilo atua como professor há 18 anos, com especialização em Rock ‘n’ Roll, transmitindo seu conhecimento e paixão pela música a uma nova gera&c cedil;ão de talentos.

Sobre Cintia Oliveira:
Gaúcha, natural de Novo Hamburgo, RS, a capital do calçado, com mais de 20 anos de experiência no mundo corporativo, na área comercial, de vendas, viajou o mundo trabalhando com exportação de calçados. Atualmente, atua como consultora para processos seletivos, treinamentos e mentoria com foco na manutenção da saúde mental, bem-estar e autoconhecimento. Pós-graduação em Neurociências e comportamento, Business Coach, fascinada pela pesquisa e estudo da relação entre nosso cérebro e as nossas emoções. Também é autora do livro “Por trás do meu sorriso” contando um pouco da sua trajetória de superações e conquistas, pessoais e profissionais.

Para mais informações sobre a mentoria de Leandro e Cintia:
Instagram Leandro: https://www.instagram.com/leandro_cacoilo/
Instagram Cintia: https://www.instagram.com/eucintiaoliveiraoficial/